Você está na página 1de 216

Disciplina de

Empreendedorismo
e Inovação

Manual do
Estudante
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae

Disciplina de
Empreendedorismo e Inovação

Manual do Estudante

Sebrae
Brasília-DF
2017
© 2017. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae
Todos os direitos reservados
A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei nº
9.610/1998).

Informações e contatos
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae
Unidade de Capacitação Empresarial e Cultura Empreendedora
SGAS 605 – Conjunto A – CEP: 70200-904 – Brasília/DF
Telefone: (61) 3348-7343
www.sebrae.com.br

Presidente do Conselho Deliberativo Nacional


Robson Braga de Andrade

Diretor-Presidente
Guilherme Afif Domingos

Diretora Técnica
Heloisa Regina Guimarães de Menezes

Diretor de Administração e Finanças


Vinicius Lages

Unidade de Capacitação Empresarial e Cultura Empreendedora


Mirela Malvestiti

Coordenação Nacional
Flávia Azevedo Fernandes
Fernando Cenirio dos Santos

Equipe Técnica
Claudio Afranio – Sebrae MG
Adrianne M. Brito
Agnaldo de Almeida Dantas

Consultores Conteudistas
Lacy de Oliveira Silva – Excelência Pessoal Treinamento LTDA
Yuri Gitahy – Krenak Consultoria e Treinamento Ltda

Consultoras Educacionais
Flavia Azevedo Fernandes
Lacy de Oliveira Silva – Excelência Pessoal Treinamento Ltda.

Unidade de Gestão de Marketing

Editoração
Rosana Carla de Figueiredo S586d Silva, Lacy de Oliveira.

Disciplina de empreendedorismo e inovação: manual do


Revisão Ortográfica estudante. / Lacy de Oliveira Silva, Yuri Gitahy – Brasília :
Discovery – Formação Profissional Ltda. – ME Sebrae, 2016.

214 p. il.
Diagramação
Vanessa Farias Kassabian ISBN

1. Empreendedorismo 2. Inovação I. Sebrae II. Gitahy, Yuri III.


Fernandes, Flávia Azevedo (col.)

CDU – 658
Sumário
 Apresentação...........................................................................10

 Módulo 1 - Empreendedorismo................................................15
Apresentação do Módulo 1................................................................................... 16

Encontro 1 - Começando do começo................................................................... 17


Atividade de abertura ...................................................................................... 18
Atividade 1 - O empreendedorismo................................................................. 21
Atividade 2 - O empreendedor......................................................................... 28
Atividade 3 - Meus sonhos.............................................................................. 29
Atividade de encerramento.............................................................................. 30
Resumo do Encontro 1.................................................................................... 31
Encontro 2 - Atitude empreendedora................................................................... 32
Atividade 1 - Apresentação das atividades solicitadas no último encontro...... 33
Atividade 2 - O que eu quero na vida............................................................... 34
Atividade 3 - O que é felicidade?..................................................................... 36
Atividade de encerramento.............................................................................. 37
Resumo do Encontro 2.................................................................................... 39
Encontro 3 - Inspiração.......................................................................................... 40
Atividade 1 - Apresentação das atividades solicitadas no último
encontro - flow................................................................................................. 41
Atividade 2 - Apresentação das atividades solicitadas no último encontro -
entrevista com um empreendedor.................................................................. 42
Atividade de encerramento.............................................................................. 45
Resumo do Encontro 3.................................................................................... 47
Sumário
Encontro 4 - Motivando-se para empreender...................................................... 48
Atividade 1 - Apresentação das atividades solicitadas no último encontro -
texto, vídeo e... ação!...................................................................................... 49
Atividade 2 - Motivação 3.0............................................................................. 50
Atividade 3 - Oportunidades de negócios........................................................ 52
Atividade de encerramento.............................................................................. 53
Resumo do Encontro 4.................................................................................... 54
Encontro 5 - Criatividade....................................................................................... 55
Atividade 1 - Grupos criativos.......................................................................... 56
Atividade 2 - Bloqueadores do pensamento criativo........................................ 57
Atividade 3 - Potencializando a criatividade...................................................... 58
Atividade 4 - Desenvolvendo a criatividade...................................................... 59
Atividade de encerramento.............................................................................. 61
Resumo do Encontro 5.................................................................................... 62
Referências Módulo 1............................................................................................ 63

 Módulo 2 - Inovação.............................................................. 67
Apresentação do Módulo 2................................................................................... 68

Encontro 1 - Entendendo inovação...................................................................... 69


Atividade 1 - Entendendo inovação.................................................................. 70
Atividade 2 - Gênios x loucos........................................................................... 72
Atividade 3 - Entendendo o risco de empreender e inovar.............................. 73
Atividade de encerramento...............................................................................74
Resumo do Encontro 1.................................................................................... 75
Encontro 2 - Brincando de inovar......................................................................... 76
Atividade 1 - Inovação e tipos de empreendedorismo..................................... 77
Atividade 2 - Jogo dos balões problemáticos ................................................. 78
Atividade de encerramento.............................................................................. 80
Resumo do Encontro 2.................................................................................... 81
Encontro 3 - Inspiração inovadora........................................................................ 82
Atividade 1 - Analisando histórias.................................................................... 83
Atividade 2 - Apresentação do convidado........................................................ 86
Atividade 3 - Mesa-redonda............................................................................. 87
Atividade de encerramento.............................................................................. 88
Encontro 4 - Discutindo tendências..................................................................... 89
Atividade 1 - Estudos de caso ......................................................................... 90
Atividade de encerramento.............................................................................. 96
Encontro 5 - Medindo o potencial da inovação................................................... 97
Atividade 1 - Conceito de startup..................................................................... 98
Atividade 2 - Mudando o mundo...................................................................... 99
Atividade 3 - Medindo o potencial de uma inovação......................................100
Atividade 4 - Propondo uma inovação.............................................................103
Atividade de encerramento.............................................................................104
Anexos Módulo 2 - Encontro 4............................................................................105

 Módulo 3 - Ferramentas.......................................................109
Apresentação do Módulo 3..................................................................................110

Encontro 1 - Problema x solução......................................................................... 111


Atividade de abertura ..................................................................................... 112
Atividade 1 - Definindo seu problema............................................................. 113
Atividade 2 - Definindo sua solução................................................................ 117
Atividade 3 - Colhendo feedback....................................................................118
Sumário
Encontro 2 - Definindo personas........................................................................ 122
Atividade 1 - Descobrindo personagens........................................................ 123
Atividade 2 - Definindo personas................................................................... 125
Atividade de encerramento............................................................................ 131
Encontro 3 - O trabalho a ser feito..................................................................... 132
Atividade 1 - O trabalho a ser feito................................................................ 134
Atividade 2 - A proposta de valor................................................................... 139
Atividade de encerramento............................................................................ 143
Encontro 4 - Validando hipóteses....................................................................... 144
Atividade 1 - O cartão de teste...................................................................... 146
Atividade 2 - O cartão de aprendizado........................................................... 151
Atividade 3 - Validando suas hipóteses.......................................................... 153
Atividade de encerramento............................................................................ 156
Encontro 5 - Proposta de valor e segmento de clientes................................... 158
Atividade 1 - O quadro de Modelo de Negócio.............................................. 160
Atividade 2 - Modelando seus clientes e proposta de valor.......................... 165
Atividade de encerramento............................................................................ 167

 Módulo 4 - Modelagem.........................................................169
Apresentação do Módulo 4................................................................................. 170

Encontro 1 - Gerando receita.............................................................................. 171


Atividade 1 - Relacionamento com o cliente................................................... 174
Atividade 2 - Gerando receita.........................................................................177
Atividade de encerramento.............................................................................179
Encontro 2 - Distribuindo seu produto............................................................... 180
Atividade 1 - Canais de distribuição............................................................... 183
Atividade 2 - Definindo parceiros................................................................... 186
Atividade de encerramento............................................................................ 188
Encontro 3 - Definindo a operação..................................................................... 189
Atividade 1 - Recursos-chave......................................................................... 192
Atividade 2 - Atividades-chave....................................................................... 195
Atividade de encerramento............................................................................ 198
Encontro 4 - Estruturando o projeto................................................................... 199
Atividade 1 - Estrutura de custos................................................................... 202
Atividade 2 - Estruturando seu projeto........................................................... 205
Encontro 5 - Conseguindo investimento........................................................... 208
Atividade 1 - Formas de financiamento......................................................... 209
Atividade 2 - Apresentação de projetos......................................................... 213
APRESENTAÇÃO
Apresentação

Caro(a) estudante,

A Disciplina de Empreendedorismo e Inovação compõe o Programa Nacional de Educação


Empreendedora do Sebrae, que foi criado para promover o desenvolvimento de competências
empreendedoras e a inserção sustentada no mundo do trabalho. O programa é abrangente
e contempla as educações básica, técnica e superior.

Uma das premissas do programa é que a construção de metodologias segue os princípios


dos Referenciais Educacionais do Sebrae, que preconizam uma educação voltada para
o desenvolvimento do ser humano nas dimensões cognitiva (saber aprender/conhecer),
atitudinal (saber ser e conviver a partir de valores cultuais e também dos que transcendem
tempo e espaço) e operacional (saber fazer), propiciando a aquisição ou o desenvolvimento
de competências.

Este manual contém exercícios e espaço para suas anotações, de forma que você possa,
em outros momentos, recorrer a ele para recordar algum tema que desejar.

A disciplina foi elaborada para a utilização da metodologia de Sala de Aula Invertida, de


forma que você participará ativamente na construção dos conhecimentos necessários ao
desenvolvimento de suas competências, com autonomia e autorresponsabilização. Esta
metodologia propicia o estudo dos temas abordados em situações fora da sala de aula, para
que se possa vivenciá-los de forma simulada, presencial e interativamente. Assim, você
poderá potencializar importantes características que facilitam ao empreendedor alcançar o
sucesso desejado.

❖❖ Competências gerais

O objetivo da Disciplina de Empreendedorismo e Inovação é propiciar condições


para que você desenvolva competências nas dimensões de natureza a seguir
descritas.

✓✓ Conhecer conceitos de empreendedorismo e inovação;

✓✓ Conhecer ferramentas desenvolvedoras de modelo mental empreendedor;

✓✓ Entender os diferentes tipos de inovação e sua relação com o empreendedorismo;

✓✓ Identificar possibilidades de desenvolvimento de práticas inovadoras;

✓✓ Analisar tendências inovadoras e sua aplicação no ambiente dos negócios;

12
✓✓ Reconhecer como importante os conceitos de empreendedorismo e inovação;

✓✓ Desenvolver um modelo mental favorável ao empreendedorismo e à inovação;

✓✓ Julgar como importante o reconhecimento dos tipos inovação e sua relação com o
empreendedorismo;

✓✓ Desenvolver a capacidade de perceber oportunidades para propor práticas


inovadoras;

✓✓ Predispor-se a adotar posturas autônomas e criativas frente a desafios no ambiente


de negócios;

✓✓ Aplicar os conhecimentos sobre empreendedorismo e inovação adquiridos, por


meio de práticas inovadoras;

✓✓ Exercitar ferramentas para desenvolvimento de modelo mental favorável ao


empreendedorismo e à inovação;

✓✓ Exercitar a busca de oportunidades para propor práticas inovadoras;

✓✓ Elaborar um projeto empreendedor com potencial inovador.

❖❖ Estrutura da disciplina

A disciplina está estruturada em quatro módulos, com 80 horas de aplicação


presencial com os estudantes.

Os módulos da disciplina estão organizados em encontros. Cada módulo é


composto por cinco encontros.

❖❖ Conteúdo dos módulos

✓✓ Módulo 1 – Empreendedorismo;

✓✓ Módulo 2 – Inovação;

✓✓ Módulo 3 – Ferramentas;

✓✓ Módulo 4 – Modelagem.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
13
1
MÓDULO
EMPREENDEDORISMO
Módulo 1
Empreendedorismo


Apresentação do Módulo 1
Neste primeiro módulo você iniciará sua jornada para o empreendedorismo por meio do
autoconhecimento e poderá desenvolver os fatores que pavimentam a estrada do bem
viver.

Os temas deste módulo estão estruturados da seguinte maneira:

✓✓ Encontro 1 – Começando do começo;

✓✓ Encontro 2 – Atitude empreendedora;

✓✓ Encontro 3 – Inspiração;

✓✓ Encontro 4 – Motivando-se para empreender;

✓✓ Encontro 5 – Potencializando o poder criativo.

A duração prevista é de um encontro semanal; entretanto, sua Instituição de Ensino


Superior (IES) poderá optar por dois encontros semanais. As atividades foram estruturadas
para permitir essa divisão.

Desejamos-lhe sucesso! Que sua carreira como empreendedor – quer seja em seu
próprio negócio, quer seja trabalhado em alguma organização – possa lhe proporcionar a
realização pessoal e profissional que deseja.

16
Encontro 1
Começando do começo
Neste encontro você conhecerá a estrutura da disciplina, em uma perspectiva sistêmica,
permitindo a percepção de como os temas e as atividades integram-se, facilitando seu
processo de aprendizagem.

Serão abordados os temas empreendedorismo e empreendedor, e você poderá refletir


sobre seu próprio desenvolvimento como empreendedor.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Empreendedorismo;

✓✓ Empreender;

✓✓ Características do empreendedor.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
17
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade de abertura

18
Nesta atividade você terá a oportunidade de se apresentar, conhecer seus colegas e
entender a estrutura da disciplina. Além disso, fará uma atividade em grupo na qual deverá
seguir os seguintes passos:

✓✓ Formar grupos com até seis pessoas, segundo a orientação do professor;

✓✓ Eleger um colega para cronometrar o tempo de cada fase da atividade;

✓✓ Criar, com seus colegas de grupo, uma estratégia para entrevistar os demais
grupos, obtendo respostas que complementem as frases dos cartões que vocês
receberam. Lembre-se de que vocês também serão entrevistados. Vocês têm 5
minutos para esta fase de planejamento;

✓✓ Realizar as entrevistas após definida a estratégia, anotando os aspectos principais


(15 minutos);

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
19
Módulo 1
Empreendedorismo

✓✓ Após as entrevistas, o grupo deverá fazer uma síntese das respostas para as
frases 1 e 2;

✓✓ Sintetizar as respostas das frases 3 e 4, eliminando as repetidas e unindo as


similares;

✓✓ Transcrever as sínteses das frases 3 e 4 para as folhas de flip-chart. Vocês têm 20


minutos para esta fase;

✓✓ Eleger um relator para apresentar os resultados dos grupos, lendo a síntese das
frases 1 e 2; em seguida, a síntese das frases 3 e 4, colocando as folhas de flip-
chart na parede com fita-crepe. Vocês terão 5 minutos para a apresentação.

Use o espaço a seguir para suas anotações.

20

Atividade 1 - O empreendedorismo
Você assistirá a uma exposição oral feita pelo professor para conhecer o empreendedorismo:
do que se trata, como surgiu e os principais estudos na área.

Reflita: para você, o que significa empreendedorismo? Não se preocupe se o que você
pensa está academicamente correto ou não. O importante agora é que você pense no
assunto, e depois, junto com seus colegas e o professor, construa o conceito, compare
com o que dizem os especialistas e crie um significado importante.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
21
Módulo 1
Empreendedorismo

Use o espaço a seguir para suas anotações.

22
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
23
Módulo 1
Empreendedorismo

24
Veja, a seguir, os centros de pesquisa mais proeminentes sobre o empreendedorismo no
Brasil e no mundo, segundo pesquisa realizada pelo Sebrae.

As organizações estão listadas por país:


✓✓ África do Sul: South African Institute for Entrepreneurship;

✓✓ Argentina: Secretaría Pequeña y Mediana Empresa y Desarrollo Regional; 


✓✓ Áustria: University of Vienna; 


✓✓ Brasil: Endeavor; 


✓✓ Chile: Corporación de Fomento de la Producción; 


✓✓ China: China Institute for Small and Medium-sized Enterprises;

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
25
Módulo 1
Empreendedorismo

✓✓ Coreia: Korea Development Institute; 


✓✓ Espanha: European Institute for Entrepreneurship; 


✓✓ Estados Unidos: 


❍❍ Babson College; 


❍❍ Deloitte Institute of Innovation and Entrepreneurship;

❍❍ Entrepreneurship Research Institute;

❍❍ Harvard Arthur Rock Center for Entrepreneurship;


❍❍ Kauffman Foundation;


❍❍ Lester Center for Entrepreneurship Berkeley;


❍❍ Martin Trust Center for MIT Entrepreneurship;


❍❍ Michigan Samuel Zell & Robert H. Lurie Institute for Entrepreneurial Studies;


❍❍ The Entrepreneurship Center at Stanford Engineering.

✓✓ Inglaterra: Centre For Entrepreneurial Learning – University of Cambridge Judge


Business School; 


✓✓ Israel: 


❍❍ Small and Medium Business Agency;


❍❍ The Miriam and Georg Faktor Entrepreneurial Center – Tel Aviv University.

✓✓ Japão: Small and Medium Enterprise Agency; 


✓✓ Portugal: Associação Nacional de Jovens Empresários; 


✓✓ Reino Unido: Institute of Enterprise and Entrepreneurs; 


✓✓ Suíça: Zhaw School of Management and Law; 


✓✓ União Europeia: IES Social Entrepreneurship Institute. 


26
Existem tipos diferentes de empreendedorismo e estes tipos variam conforme o autor.
Nesta disciplina você entenderá estes quatro tipos, que serão analisados com mais
profundidade no Módulo 2.

Use o espaço a seguir para suas anotações.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
27
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade 2 - O empreendedor
Você se lembra de quem foi seu herói preferido na infância? Por que ele foi escolhido como
herói preferido? Quais eram as características mais importantes dele?

Nesta atividade você será convidado a refletir sobre as características dos heróis e compará-
las com as características do empreendedor. Use o espaço a seguir para fazer as anotações
que o professor sugerir.

28

Atividade 3 - Meus sonhos
Você participará de uma atividade na qual poderá refletir sobre a importância dos sonhos
para o empreendedor. Siga as orientações do professor.

Agora, utilizando o método SMART, selecione um sonho da sua lista de sonhos que deseja
realizar e o transforme em uma meta.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
29
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades a serem realizadas fora da sala de aula. Siga as orientações
do professor.

Orientações sobre a atividade a ser realizada fora


da sala de aula
✓✓ Forme um grupo de até cinco pessoas com outros colegas, seguindo a
orientação do professor;

✓✓ Formem um grupo em uma mídia social para se comunicarem para a


realização da tarefa;

✓✓ Antes da próxima aula, encontre-se com seus colegas e leia o texto


“Quem é o empreendedor?
As implicações de três revoluções
tecnológicas na construção
do termo empreendedor”, disponível em:
<http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/RAM/article/view/213/213>.
Elabore, com eles, uma síntese segundo a compreensão que tiverem do
texto;

✓✓ Pesquisem dois vídeos sobre empreendedorismo com, no máximo, 10


minutos. Assistam, discutam e elaborem uma síntese de cada, relatando o
aprendizado do grupo;

✓✓ Escolham um dos filmes para comentarem na próxima aula. É


imprescindível que todos os estudantes tenham condições de relatar as
tarefas.

30

Resumo do Encontro 1
Tema Ideias principais

Disposição para identificar problemas e oportunidades e investir


recursos e competências na criação de um negócio, projeto ou
Empreendedorismo movimento que seja capaz de alavancar mudanças e gerar um
impacto positivo.

Um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e


realiza visões, o que pode acontecer na criação de um negócio
Empreendedor ou em uma atividade com vínculo empregatício, ou, ainda, ao
desenvolver projetos sociais.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
31
Módulo 1
Empreendedorismo

Encontro 2
Atitude empreendedora
Neste encontro você terá a oportunidade de pensar o empreendedorismo como um caminho
para o alcance da felicidade e contribuição para a felicidade de outras pessoas.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Propósito;

✓✓ Felicidade x produtividade.

32

Atividade 1 - Apresentação das
atividades solicitadas no último
encontro
Agora você terá a oportunidade de compartilhar as aprendizagens obtidas nas atividades
solicitadas no último encontro. Siga as orientações do professor.

Lembre-se de anotar observações, conclusões, ideias etc. para futuras referências.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
33
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade 2 - O que eu quero na vida

“Para um veleiro que não sabe em qual porto atracar, qualquer vento serve”.

Ditado popular

Nesta atividade você poderá refletir sobre seus propósitos na vida para ter mais chance de
sucesso como empreendedor.

Faça os exercícios seguindo a orientação do professor com empenho, para obter todo
proveito possível.

Exercício A Exercício B Exercício C


Qualidades pessoais Livros Websites

Coisas que gosto de fazer:

34
Sensações:

❖❖ Meus propósitos

✓✓ Selecione, em sua lista de coisas que gosta de fazer, as que podem se tornar
ideias de negócio;

✓✓ Preencha as lacunas a seguir, considerando todas as listas que elaborou:

❍❍ Por meio de ........ (qualidades), obter mais ........ (sensações), realizando ...... (o
que gosta de fazer).

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
35
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade 3 - O que é felicidade?
Durante muito tempo, felicidade e trabalho não se misturavam. Até hoje existe essa
dicotomia em muitas organizações. Ainda existem muitas pessoas que consideram
piegas falar de felicidade. Entretanto, importantes estudos sobre o nível de felicidade e
produtividade tornaram o tema relevante e a busca da felicidade deixa de ser um tabu no
mundo corporativo.

Você fará uma atividade para refletir sobre a importância desse tema para o empreendedor.
Lembre-se de anotar suas percepções.

36

Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades a serem realizadas fora da sala de aula. Siga as orientações
do professor.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
37
Módulo 1
Empreendedorismo

Orientações sobre a atividade a ser realizada


fora da sala de aula
✓✓ Antes da próxima aula, leia o texto “Mihaly Csikszentmihalyi:
estado de flow (fluxo) como elemento de realização e alta
performance”, disponível em: <http://editorarevistas.mackenzie.
br/index.php/RAM/article/view/213/213> e elabore uma síntese,
segundo a compreensão que tiver do texto;

✓✓ Escolha um empreendedor da sua comunidade que você admira.


Entreviste essa pessoa utilizando o seguinte roteiro:

❍❍ O que te motivou a empreender?

❍❍ Quando você começou a empreender? O que você fez?

❍❍ Você já fracassou alguma vez? O que fez?

❍❍ Que características você considera que tem e que te ajudaram


como empreendedor?

❍❍ Quais dicas você daria a uma pessoa que deseja começar a


empreender?

38

Resumo do Encontro 2
Tema Ideias principais

O propósito – o que se deseja realizar com tal intensidade que


O empreendedor e a definição de
dá significado à vida e que deixa um legado é a base para um
propósitos
empreendedorismo de sucesso.

Pessoas felizes produzem mais e melhor. Trabalhar garantindo


Empreendedorismo e felicidade: alta
a felicidade produz endorfinas, o que torna as atividades mais
produtividade com qualidade de vida
agradáveis.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
39
Módulo 1
Empreendedorismo

Encontro 3
Inspiração
O estado de flow ou estado de fluxo é um estado de concentração intensa ao se realizar
alguma atividade, e que, em geral, produz bons sentimentos. Neste encontro você terá
a oportunidade de analisar as condições para acessar o estado de flow, potencializando
seus resultados, e lhe será apresentada a ferramenta effectuation para a criação de
empreendimentos.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Flow;
✓✓ Effectuation.

40

Atividade 1 - Apresentação das
atividades solicitadas no último
encontro - flow
Nesta atividade você compartilhará com sua turma as aprendizagens obtidas nas tarefas
solicitadas no último encontro.

Preencha o quadro a seguir conforme as orientações do professor.

Anote suas percepções para futuras referências.

3) 2) COMO AGIU 4)
OBSTÁCULOS QUALIDADES
SUPERADOS

1) SEUS MOMENTOS DE FLOW

5) COMO SE SENTIU

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
41
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade 2 - Apresentação das
atividades solicitadas no último
encontro - entrevista com um
empreendedor
Relate aos seus colegas o resultado obtido na entrevista realizada com o empreendedor
que você escolheu. Depois de ouvir os colegas e discutir o tema, anote suas percepções
para futuras referências.

42
Preencha o quadro a seguir conforme orientações do professor.

1. Comece com o que você tem (habilidades, recursos, conhecimentos, experiências) sem esperar por condições
ideais, ou não sairá do lugar.

2. Perdas aceitáveis: preveja o pior cenário. Até quando 3. Explore as possibilidades: e se... por que não... como
você vai aguentar? Do que terá que abrir mão? usar o que você tem e criar valor para as pessoas?

4. Forme parcerias: pessoas ou empresas que podem 5. O futuro é imprevisível... mas criado agora. Anote todas
colaborar com você. as metas que você quer alcançar em curto, médio e longo
prazos.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
43
Módulo 1
Empreendedorismo

44

Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades a serem realizadas fora da sala de aula. Siga as orientações
do professor.

Orientações sobre a atividade a ser realizada fora


da sala de aula
✓✓ Participe de um grupo de até cinco pessoas com outros colegas, seguindo
a orientação do professor.

Grupo 1

✓✓ Antes da próxima aula, leia o texto “Empreendedorismo e effectuation:


um estudo de caso sobre o processo de decisão”, disponível em:
<http://www.anpad.org.br/admin/pdf/2014_EnANPAD_ESO348.pdf> e
elabore uma síntese, segundo a compreensão que tiver do texto.

Grupo 2

✓✓ Encontre um problema na rotina da sua casa e proponha uma mudança


para resolvê-lo, utilizando a abordagem effectuation. Você deverá
convencer sua família/amigos/parentes a passar a adotar aquela nova
rotina e trazer suas impressões para discussão com a turma.

Grupo 3

✓✓ Reúna-se com seus colegas e assista ao vídeo “Motivação 3.0”, disponível


em: <https://www.youtube.com/watch?v=J_tTf2g-7AI>. Anote as
principais ideias.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
45
Módulo 1
Empreendedorismo

46

Resumo do Encontro 3
Tema Ideias principais

Estado de intensa concentração, de entrega na realização de alguma


tarefa.
Flow
A percepção do tempo fica alterada e, em geral, há sensação de prazer
e envolvimento.

Effectuation ou abordagem efetiva. Abordagem descrita por Saras


Sarasvathy, demonstra que os empreendedores, em geral, não se
preocupam com planos detalhados: constroem seus negócios a partir
do conhecimento que já têm, com os recursos disponíveis, e buscam
pessoas que possam colaborar com eles. Criou uma ferramenta
composta por três perguntas e cinco princípios básicos que, se
combinados, resultam na conduta empreendedora.
Effectuation Três perguntas: a) “quem sou eu?”; b) “o que eu sei fazer?”; e c) “quem
eu conheço?”.
Cinco princípios:
1. Comece com o que se tem;
2. Defina perdas aceitáveis;
3. Explore as possibilidades;
4. Cresça por meio de parcerias;
5. O futuro é imprevisível.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
47
Módulo 1
Empreendedorismo

Encontro 4
Motivando-se para empreender
A motivação é uma condição interna que permite ao indivíduo mobilizar suas energias e
os recursos para a ação. Neste encontro será apresentado o conceito de motivação 3.0,
a motivação intrínseca. O estado de motivação para empreender facilita a percepção das
oportunidades e a escolha do Modelo de Negócios.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Motivação 3.0;

✓✓ Oportunidades de negócios.

48

Atividade 1 - Apresentação das
atividades solicitadas no último
encontro - texto, vídeo e... ação!
Mais um momento para você expor o que aprendeu e aprender mais um pouco com os
colegas. Nas trocas, as aprendizagens são ampliadas.

Em seguida, participará de um jogo que ajudará a desenvolver ainda mais suas competências.

Lembre-se de anotar suas percepções.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
49
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade 2 - Motivação 3.0
Às vezes a preguiça e o desânimo tomam conta? Normal. Se sua motivação for 3.0, isso
passa rápido, porque na motivação 3.0 o desejo de realização é impulsionador.

Nesta atividade você poderá aprender como desenvolvê-la.

50
Anote aqui o grau de importância dos seus propósitos.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
51
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade 3 - Oportunidades de
negócios
Você participará de uma atividade que lhe proporcionará o desenvolvimento da percepção
de oportunidades de negócios. Siga as orientações do professor.

Necessidades/tendências Negócio

O que gosto de fazer Negócio


(propósitos)

Lembre-se: as oportunidades de negócio podem ser percebidas a partir da reflexão sobre


as necessidades da comunidade (ou das pessoas, de forma geral) e da reflexão sobre
como transformar algo que gosta de fazer em negócio.

Anotações:

52

Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades solicitadas no último encontro. Siga as orientações do
professor.

Orientações sobre a atividade a ser realizada fora


da sala de aula
Participe de um grupo de até cinco pessoas com outros colegas, seguindo a
orientação do professor;

Antes da próxima aula, pesquise um texto sobre criatividade e empreendedorismo.


Leia e elabore uma síntese, segundo a compreensão que tiver do texto.

✓✓ Grupo 1 – Criar uma paródia de uma música conhecida. Usar o tema


empreendedorismo.

✓✓ Grupo 2 – Criar três propostas de ilustração que se tornará a logo da


turma.

✓✓ Grupo 3 – Criar um jogo para ser aplicado na turma em 15 minutos.

✓✓ Grupo 4 – Criar um vídeo sobre criatividade. No máximo 10 minutos.

✓✓ Grupo 5 – Criar uma apresentação em PowerPoint com cinco slides


informando como desenvolver a criatividade. Usar apenas imagens.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
53
Módulo 1
Empreendedorismo


Resumo do Encontro 4
Tema Ideias principais

Proposta por Daniel Pink, a motivação 3.0 refere-se à motivação


intrínseca, composta pelos elementos: propósito, autonomia e
Motivação 3.0 excelência.
Empreendedor automotivado atinge melhor desempenho, é mais
resiliente e persistente.

A busca de oportunidades é uma das características de comportamento


Busca de oportunidades empreendedor das situações que podem favorecer a criação de um
negócio.

54
Encontro 5
Criatividade
Neste encontro você terá a oportunidade de analisar as condições para desenvolver a
criatividade como base para a inovação.

❖❖ Conteúdo do encontro

✓✓ Criatividade.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
55
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade 1 - Grupos criativos
Você participará de uma atividade em grupo para compartilhar as aprendizagens obtidas
com as atividades realizadas fora da sala de aula. Siga as orientações do seu professor.

Anotações:

56

Atividade 2 - Bloqueadores do
pensamento criativo
Será que a criança é mais criativa do que o adulto? Quais são os fatores bloqueadores da
criatividade?

Nesta atividade você terá a oportunidade de responder essas e outras perguntas que você
tenha sobre criatividade.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
57
Módulo 1
Empreendedorismo


Atividade 3 - Potencializando a
criatividade
Você já sabe que a criatividade não é um dom, mas uma condição humana que pode
ser potencializada e dirigida. Nesta atividade você fará um exercício para aprender a
potencializar sua criatividade.

58

Atividade 4 - Desenvolvendo a
criatividade
Você já sabe como desbloquear e potencializar sua criatividade. Agora conhecerá algumas
técnicas que ajudam a desenvolvê-la. Anote as dicas sobre como utilizar cada uma delas.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
59
Módulo 1
Empreendedorismo

Crie sua metáfora para o empreendedor como se ele fosse:

Uma peneira: __________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Um guarda-chuva: ______________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Um caleidoscópio: _____________________________________________________________

_____________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Uma nuvem: __________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

60

Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades a serem realizadas fora da sala de aula. Siga as orientações
do professor.

Orientação para atividades fora da sala de aula


✓✓ Assistir ao vídeo da Universidade de São Paulo (USP) intitulado
“Conceitos de inovação”, disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=0H1QjD1fi6Q>;

✓✓ Assistir ao vídeo da USP intitulado “Tipos de inovação”, disponível em:


<https://www.youtube.com/watch?v=jueaPN_3Kt8>;

✓✓ Assistir aos vídeos “Dez tipos de inovação – parte 1” e “Dez tipos de


inovação – parte 2”, de Agnaldo Dantas pela TV Sebrae, disponíveis em:
<https://tv.sebrae.com.br/media/2336/> e <http://tv.sebrae.com.br/
media/5nu25l/>;

✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos


vídeos vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
61
Módulo 1
Empreendedorismo


Resumo do Encontro 5
Tema Ideias principais

A criatividade é a capacidade que todos os indivíduos possuem para


criar.
Pode ser desenvolvida por meio das experiências de vida e também
Criatividade
por meio de ferramentas e técnicas apropriadas.
A criatividade permite inovar, encontrar soluções para problemas e
antecipar-se a eles, criando tendências.

62

Referências Módulo 1
ALDRICH, H. E. The emergence of entrepreneurship as an academic field: a personal essay
on institutional entrepreneurship. Research Policy, v. 41, p. 1240-1248, 2012.

ANDERSON, A. R. Conceptualising entrepreneurship as economic “explanation” and the


consequent loss of “understanding”. International Journal of Business and Globalisation,
v. 14, issue 2, p. 145-157, 2015.

AUDRETSCH, D. B.; BELITSKI, M. The missing pillar: the creativity theory of knowledge
spillover entrepreneurship. Small Business Economics, v. 41, issue 4, p. 819-836, 2013.

DOLABELA, F. Oficina do empreendedor: a metodologia do ensino que ajuda a transformar


conhecimento em riqueza. São Paulo: Editora Cultural, 1999.

DUHIGG, C. O poder do hábito: porque fazemos o que fazemos na vida e nos negócios.
Rio de Janeiro: Objetiva, 2012.

FAIA, V. S.; ROSA, M. A. G.; MACHADO, H. P. V. Alerta empreendedor e as abordagens


causation e effectuation sobre empreendedorismo. RAC, v. 18, n. 2, p. 196-216, mar./abr.
2014.

FILLION, L. J. Empreendedorismo: empreendedores e proprietários-gerentes de pequenos


negócios. Revista de Administração, São Paulo, v. 34, n. 2, p. 5-28, abr./jun. 1999.

FILION, L. J.; DOLABELA, F. Boa ideia! E agora? Plano de Negócio, o caminho seguro
para criar e gerenciar sua empresa. São Paulo: Editora de Cultura, 2000.

FISHER, G. Effectuation, causation, and bricolage: a behavioral comparison of emerging


theories in entrepreneurship research. Entrepreneurship Theory and Practice, v. 36, p.
1019-1051, Sept. 2012.

HALL, L. M. Liberte-se! Estratégias para a autorrealização. Rio de Janeiro: Qualitymark


Editora, 2012.

KELLEY, T.; KELLEY, D. Confiança criativa: libere sua criatividade e implemente suas ideias.
São Paulo: HSM do Brasil, 2014.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
63
Módulo 1
Empreendedorismo

MACHADO, H. P. V.; NASSIF, V. M. J. Empreendedores: reflexões sobre concepções históricas


e contemporâneas. RAC, v. 18, n. 6, p. 892-899, nov./dez. 2014.

MARTES, A. C. B. Weber e Schumpeter: a ação econômica do empreendedor. Revista de


Economia Política, São Paulo, v. 30, n. 2, p. 254-270, jun. 2010.

MOSER-WEEMAN, A. Cinco faces de um gênio: como descobrir e desenvolver a genialidade


e a criatividade humana. São Paulo: Alegro, 2001.

PINK, D. H. Motivação 3.0: os novos fatores motivacionais para a realização pessoal e


profissional. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

SARASVATHY, S. D.; MENON, A. R.; KUECHLE, G. Failing firms and successful entrepreneurs:
serial entrepreneurship as a temporal portfolio. Small Business Economics, v. 40, p. 417-
434, 2013.

SCHUMPETER, J. A. The theory of economic development. Cambridge: Harvard


University Press, 1934.

SEBRAE – SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. Boas


Práticas de Facilitação de Aprendizagem: orientações para os consultores no Sebrae MG.
Belo Horizonte: Sebrae MG, 2011.

______. Disciplina de Empreendedorismo – Módulo 1 – O Empreendedor: Manual do


Professor. Sebrae: Brasília, 2013.

______. Relatório da Pesquisa Bibliográfica sobre Empreendedorismo. Brasília: Sebrae,


2015.

______. Missão, visão e estratégia. Portal Sebrae, [s.d.]. Disponível em: <https://www.
sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/conheca_estrategia>.

STEWART, D.; SIMMONS, M. O playground dos negócios: onde criatividade e comércio


se encontram. Rio de Janeiro: Alta Books, 2013.

VIRGOLIM, A. M. R.; FLEITH, D. S.; NEVES-PEREIRA, M. S. Toc, toc... plim, plim! Lidando
com as emoções, brincando com o pensamento através da criatividade. 13. ed.
Campinas: Papirus, 2013.

64
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
65
2
MÓDULO
INOVAÇÃO
Módulo 2
Inovação


Apresentação do Módulo 2
Caro(a) estudante,

O segundo módulo da Disciplina de Empreendedorismo e Inovação é focado em introduzir


os primeiros conceitos de inovação, combiná-los com o que foi aprendido no Módulo 1 e
preparar a turma para o que será praticado nos módulos seguintes.

Trazendo exemplos, situações e histórias de empreendedores reais, o Módulo 2 está


divido em cinco encontros presenciais e mantém a abordagem de Sala de Aula Invertida
encontrada no Módulo 1. Desta forma, os estudantes poderão se preparar e aprender
conceitos de forma antecipada, e o tempo em sala será dedicado à discussão, à
experimentação e à interação vivencial entre professor e estudantes.

Os temas seguem a seguinte estrutura de encontros:

✓✓ Encontro 1 – Entendendo inovação;

✓✓ Encontro 2 – Brincando de inovar;

✓✓ Encontro 3 – Inspiração inovadora;

✓✓ Encontro 4 – Discutindo tendências em inovação;

✓✓ Encontro 5 – Medindo o potencial da inovação.

Desejamos-lhe sucesso neste trabalho, em direção ao empreendedorismo!

68
Encontro 1
Entendendo inovação
Caro(a) estudante,

Este encontro visita diferentes aspectos do conceito de inovação. Contamos com o seu
empenho nas atividades de Sala de Aula Invertida.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Inovação, descoberta e invenção;

✓✓ Empreendedorismo inovador;

✓✓ Propensão ao risco.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
69
Módulo 2
Inovação


Atividade 1 - Entendendo inovação
Qual é o conceito de inovação e por que ele é importante?

No encontro anterior, você estudou a criatividade como uma capacidade, como uma
característica de todos os seres humanos. Analisou o que a bloqueia, como desbloqueá-la
e como desenvolvê-la. Agora, a partir deste encontro, poderá entender a criatividade na
prática: a inovação. Além disso, poderá compartilhar com seus colegas suas aprendizagens
como atividades extraclasse. Acompanhe as orientações do seu professor e anote tudo o
que julgar relevante para futuras referências.

70
Inovação é uma invenção que se realiza no mercado por meio de uma empresa, tem uma
aplicação econômica e não necessariamente precisa ser algo muito complexo. A inovação
não é fruto do acaso, e sim decorrente de trabalho sistemático que pode ser gerenciado
para aumentar as chances de sucesso.

Anotações:

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
71
Módulo 2
Inovação


Atividade 2 - Gênios x loucos
Você participará de um jogo didático para facilitar a sedimentação do seu conhecimento
e o desenvolvimento de suas competências como empreendedor. Siga as instruções do
professor.

72

Atividade 3 - Entendendo o risco de
empreender e inovar
Se uma inovação é tão positiva economicamente, como foi visto na atividade anterior, do
que vale empreender sem propor uma inovação?

Nesta atividade você terá a oportunidade de conversar sobre a importância da inovação no


empreendedorismo. Lembre-se de anotar tudo o que considerar importante para futuras
referências.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
73
Módulo 2
Inovação


Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades extraclasse. Siga as orientações do professor.

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
Você deverá:

✓✓ Assistir ao vídeo “Empreendedorismo social: o que é isso?”, de Mara


Mourão no TEDxDanteAlighieriSchool, disponível em: <https://www.
youtube.com/watch?v=w7v41GlFSvo>;

✓✓ Assistir à matéria “Empreendedores criam negócios sociais”,


do Canal Futura, disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=kdOBMYeqBgE>;

✓✓ Assistir ao vídeo “Dez tipos de inovação – parte 3”, de Agnaldo Dantas pela
TV Sebrae, disponível em: <http://tv.sebrae.com.br/media/lWuobZ/>.

Anote as principais ideias de cada vídeo e leve suas anotações para apresentá-las no
próximo encontro.

74

Resumo do Encontro 1
Tema Ideias principais

Descobertas podem ou não se tornar produtos. Invenções podem


Inovação, descoberta e invenção ser prototipadas, mas nunca chegarem ao mercado. Inovações são
produtos levados com sucesso ao mercado por meio de empresas.

Empreendedores têm objetivos e motivações diferentes. Aqueles


Empreendedorismo inovador
que inovam têm mais chances de criar negócios sustentáveis.

Cada pessoa reage e se orienta de formas diferentes em


Propensão ao risco relação a correr riscos, seja na vida pessoal, seja na atividade
empreendedora, seja no ato de buscar uma inovação.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
75
Módulo 2
Inovação

Encontro 2
Brincando de inovar
Este encontro visita diferentes aspectos do conceito de inovação.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Tipos de empreendedorismo;

✓✓ Descrição de problemas para facilitar a proposição de soluções.

76

Atividade 1 - Inovação e tipos de
empreendedorismo
Nesta atividade você conhecerá os tipos de empreendedorismo existentes e poderá fazer
uma autoavaliação para reconhecer com qual tipo você mais se identifica.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
77
Módulo 2
Inovação


Atividade 2 - Jogo dos balões
problemáticos
Você participará de um interessante jogo que propiciará descrever problemas, de forma a
facilitar a proposição de soluções. Siga as orientações do professor.

78
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
79
Módulo 2
Inovação


Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades extraclasse. Siga as orientações do professor.

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Assistir ao vídeo de Tallis Gomes, fundador do Easy Taxi: <https://www.
youtube.com/watch?v=ydKk7P3d7LE>;

✓✓ Assistir ao filme “Decisões extremas” (2010), com Brendan Fraser e


Harrison Ford;

✓✓ Assistir ao vídeo “Dez tipos de inovação – parte 4”, de Agnaldo Dantas pela
TV Sebrae, disponível em: <http://tv.sebrae.com.br/media/ZBuVpK/>;

✓✓ Leve suas perguntas e dúvidas relacionadas à inovação por meio do


empreendedorismo, e sobre como esses temas seriam aplicados por um
empreendedor experiente para o próximo encontro.

80

Resumo do Encontro 2
Tema Ideias principais

É possível exercer diversos tipos de empreendedorismo, mas alguns


têm mais chance de trazer uma inovação, enquanto outros podem ser
Tipos de empreendedorismo
menos inovadores, mas ainda assim trazer um grande impacto na vida
de um grupo menor de pessoas.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
81
Módulo 2
Inovação

Encontro 3
Inspiração inovadora
Este encontro propõe um mergulho em profundidade na história de um(a) empreendedor(a)
do mundo real, e lhe permitirá interagir com ele para chegar às suas próprias conclusões
sobre a história contada.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Histórias de empreendedorismo e protagonismo de seus atores;

✓✓ Desafios para empreender uma inovação.

82

Atividade 1 - Analisando histórias
Nesta atividade você terá a oportunidade de conhecer histórias inspiradoras e poderá
analisá-las, descobrindo aspectos importantes para sua jornada como empreendedor.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
83
Módulo 2
Inovação

Tallis sempre conta em vídeos situações que atestam sua boa gestão de risco ao longo
de carreira. Ele agia de forma arriscada, mas sempre conseguiu resolver tais situações e
mitigar os riscos. Isso é muito importante na carreira de um empreendedor, principalmente
dos que desejam inovar.

Quando propôs o aplicativo de táxi pela primeira vez, uma inovação aos olhos da época,
Tallis ouviu: “se isso fosse bom mesmo, já teriam feito nos Estados Unidos”. Além disso,
existiam dezenas de aplicativos de táxi no Brasil no mesmo ano que o Easy Taxi foi lançado.
A concorrência era alta e o mercado muito fragmentado.

Após os comentários, anote suas conclusões sobre essa história.

84
O filme “Decisões extremas” é baseado na vida de John Crowley, um pai que luta para
salvar os seus dois filhos doentes.

Após as discussões sobre o filme, anote suas percepções para futuras referências.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
85
Módulo 2
Inovação


Atividade 2 - Apresentação do
convidado
Agora é a hora de ouvirmos uma história ao vivo, na sala de aula. Receba o empreendedor
que será entrevistado e anote tudo o que julgar relevante para futuras referências.

86

Atividade 3 - Mesa-redonda
Nesta atividade você terá a oportunidade de conversar com um empreendedor e aprender
com suas experiências. Siga as orientações do professor para elaboração das perguntas.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
87
Módulo 2
Inovação


Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades extraclasse. Siga as orientações do professor.

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Assistir ao vídeo da Associação das Empresas de Tecnologia do Estado de
Santa Catarina (Acate), intitulado “Superando o abismo da inovação”, de
Joni Hoppen, disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=qIkD_
VDKSk8>;

✓✓ Assistir ao vídeo da USP, intitulado “Tipos e graus de inovação”, disponível


em: <https://www.youtube.com/watch?v=tYwmOvUsOKQ>;

✓✓ Assistir ao vídeo “Dez tipos de inovação – parte 5”, de Agnaldo Dantas pela
TV Sebrae, disponível em: <http://tv.sebrae.com.br/media/y2urxv/>;

✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos


vídeos vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

88
Encontro 4
Discutindo tendências
O propósito deste encontro é oportunizar a aplicação de suas aprendizagens em situações
encontradas no mundo corporativo.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Estratégias inovadoras para empresas;

✓✓ Tipos de inovação;

✓✓ Ecossistema de inovação.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
89
Módulo 2
Inovação


Atividade 1 - Estudos de caso
Nesta atividade você estudará a inovação aberta e, em seguida, fará um estudo de caso
segundo as orientações do professor.

90
Você tem assistido ao vídeo “Dez tipos de inovação” como atividade prévia a cada
encontro do Módulo 2, que foi dividido em pequenos vídeos para facilitar a compreensão
das táticas de inovação propostas pelo livro de mesmo nome. Acompanhe a explicação da
classificação destes dez tipos de inovação.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
91
Módulo 2
Inovação

Atividade 2 – Discutindo tendências em inovação

Nesta atividade você assistirá a uma exposição oral e fará um exercício sobre a curva de
Rogers.

92
A inovação deve ser encarada, cada vez mais, como um processo constante nas empresas.
Hoje, empresa que não inova perde competitividade e corre o risco de ser ultrapassada
rapidamente.

A Tripla Hélice – projetos e inovações estabelecidos em conjunto por empresas, universidades


e poder público – é muito importante e passível de financiamento subsidiado em diversas
esferas. Um exemplo simples (e bastante comum) são os editais de inovação que destinam
verba federal a inovações que melhorem a saúde de uma região carente do país. Para
fazer uso deles, uma empresa estabelece um projeto conjunto com a universidade e
seleciona estudantes e cientistas para comporem o time de pesquisa. Ao final, a empresa
comercializa a solução, o governo amplia sua adoção e os acadêmicos conseguem utilizar
seus conhecimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) aplicados.

Para sugerir melhores práticas em gestão de pesquisa, desenvolvimento e inovação, a


Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) criou a ABNT NBR 16501:2011: Diretrizes
para Sistemas de Gestão da Pesquisa, do Desenvolvimento e da Inovação (PD&I), disponível
para compra em: <http://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=088796#>.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
93
Módulo 2
Inovação

O sociólogo Everett Rogers publicou, em 1962, o livro “Difusão das inovações” com uma
pesquisa interessante. Ele propôs que existia uma curva bastante característica para adoção
das inovações, e que ela seguia o que está mostrado no slide.

Geoffrey Moore atualizou a pesquisa iniciada com a curva de Rogers, e, com essa contribuição,
tornou-se um dos especialistas mais citados em inovação no mundo. Ele definiu o abismo da
inovação – representado na imagem do slide –, que indica a difícil travessia de uma inovação
potencial entre seu público experimental e o começo do mercado em massa. É nesse ponto
que grande parte das inovações potenciais morrem e, justamente por isso, Os Módulos
3 e 4 da disciplina serão focados em trazer ferramentas e experimentos para melhorar o
potencial de sucesso de uma inovação, além de ajudar a caracterizar quais seriam os tipos
de públicos a serem atingidos primeiro.

Agora, siga as orientações do professor para fazer um interessante exercício em grupo


sobre cada faixa da curva.

94
Lembre-se de que:

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
95
Módulo 2
Inovação


Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá
orientações sobre as atividades extraclasse. Siga as orientações do professor.

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Leia o artigo “O que é uma startup”, disponível no site do Sebrae: <http://
www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/sebraeaz/o-que-e-uma-startup,61691
3074c0a3410VgnVCM1000003b74010aRCRD>;

✓✓ Baixe o livro “Explosão da inovação” e leia da página 100 a 134, para facilitar
o entendimento da técnica aplicada no próximo encontro. O livro está
disponível gratuitamente em: <http://www.games4b.com.br/g4beta/?page_
id=1322>;

✓✓ Crie um resumo com os tópicos mais interessantes dos vídeos vistos e dos
artigos lidos. Tais tópicos devem ser registrados no Manual do Estudante e
dúvidas e comentários devem ser levados para discussão em sala de aula.

96
Encontro 5
Medindo o potencial da inovação
Este encontro fecha o Módulo 2 com a proposta de consolidar sua aprendizagem em
duas direções: entender como buscar negócios inovadores de alto desempenho e avaliar
diferentes ideias de negócio com potencial inovador.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Startup;

✓✓ Oportunidades para inovar.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
97
Módulo 2
Inovação


Atividade 1 - Conceito de startup
O que é uma startup? Quais são suas características? Como iniciar uma startup de
sucesso? Nesta atividade você poderá responder a essas e outras perguntas que você
tenha sobre o tema.

98

Atividade 2 - Mudando o mundo
Você participará de uma atividade divertida, na qual poderá exercitar o desenvolvimento
de protótipos de ideias inovadoras.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
99
Módulo 2
Inovação


Atividade 3 - Medindo o potencial de
uma inovação
Toda ideia ou oportunidade de negócio pode ser avaliada com critérios claros, mesmo que
as percepções ou opiniões que as avaliam sejam subjetivas.

Márcio Abraham e Ricardo Bonacorci, autores do livro “Explosão da inovação”, proem a


sigla MACCS, que significa motivação, autonomia, conhecimento, capital e sistema como
uma ferramenta de avaliação do potencial inovador de uma ideia. Assista à exposição do
professor sobre esse tema e anote o que julgar importante.

100
O diagrama neste slide pode ser usado para classificar e priorizar inovações potenciais.
Você poderá testar esse método agora. Siga as orientações do professor.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
101
Módulo 2
Inovação

102

Atividade 4 - Propondo uma
inovação
Nesta atividade você comporá um grupo para elaborar um projeto de inovação, utilizando as
competências desenvolvidas e desenvolvendo novas competências.

Anote todas as decisões tomadas em relação ao grupo formado, segundo solicitações do


professor.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
103
Módulo 2
Inovação


Atividade de encerramento
Nesta atividade você terá a oportunidade de avaliar sua aprendizagem e receberá orientações
sobre as atividades extraclasse. Siga as orientações do professor.

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ • Cada time deve se reunir e decidir se irá manter sua ideia de projeto
inovador ou escolher outra. O limite para essa decisão é o Encontro 1 do
Módulo 3.

104

Anexos Módulo 2 - Encontro 4

❖❖ Anexo 1 – Estudo de caso em inovação aberta

Caso 1 – Aquela empresa de petróleo


A empresa PetroGás já possui uma história de 50 anos na exploração de petróleo e gás
natural. Mesmo com todo o mercado mundial dependendo de seu produto – e bilhões de
dólares de demanda garantindo a sustentabilidade da empresa no futuro –, a PetroGás vem
enfrentando problemas.

Ao mesmo tempo em que precisa abastecer o país com os derivados do petróleo e gás,
a empresa precisa pensar em expandir seus mercados e exportar cada vez mais (afinal, o
câmbio é favorável para vender lá fora). Só não contava com uma coisa: gradativamente, o
desempenho geral da empresa vem caindo, e, mesmo com grandes volumes de vendas,
seu lucro é cada vez menor e ela está perto de fechar o ano no prejuízo.

A empresa detectou diversas causas para esse problema de desempenho: a queda no preço
mundial do petróleo, a necessidade de achar novos poços, reduzir os custos de exploração,
encontrar novas fontes de receita ou novos produtos, melhorar seus processos internos...
São tantas causas possíveis que fica até difícil começar a resolver o problema.

O conselho da empresa já tentou atacar diversos desses itens, mas ainda sem sucesso
consistente. Enquanto a discussão continua, as ações da empresa continuam caindo e
caindo.

Caso 2 – Aquela empresa de cosméticos


A EsmalteTop tem apenas cinco anos de mercado, e foi uma das poucas empresas que não
sofreu com a crise econômica. Ao longo dos anos, os sócios descobriram que o segmento
de cosméticos é muito resistente à economia ruim, e que o principal público-alvo da empresa
– mulheres jovens – continua reservando um pedaço do orçamento para ficar mais bonito,
atraente e se sentir bem consigo mesmo.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
105
Módulo 2
Inovação

Por outro lado, o mercado é muito competitivo e diversas pequenas fabricantes de esmaltes,
como a EsmalteTop, estão concorrendo pelo orçamento do mesmo público consumidor. Os
sócios da empresa decidiram, então, tirar uma folga para um retiro estratégico, chamando
também os três funcionários mais criativos da empresa para pensarem todos juntos. O
objetivo era gerar fortes vantagens competitivas para a EsmalteTop nos próximos um e dois
anos, mas as principais dúvidas continuavam:

✓✓ Devemos focar em crescer mercado com preço baixo ou em aumentar a margem


com preços mais altos?

✓✓ Quem mais seria um possível público consumidor que não está sendo trabalhado
pelos concorrentes agora, trazendo-nos uma dianteira de mercado caso
começasse a comprar da nossa empresa?

✓✓ Devemos manter o foco em esmaltes ou diversificar para outros produtos de


cosméticos?

✓✓ Devemos esquecer novidades e continuar produzindo o que já fazemos hoje, mas


inovar com outras formas de distribuição?

O maior acionista da empresa, um engenheiro químico bilionário, faltou ao compromisso de


participar da reunião. Mesmo assim, como principal influenciador nas decisões estratégicas,
ele deixou um recado: a EsmalteTop não teria dinheiro para investir nisso, e deveria resolver
o problema com uma estratégia de inovação aberta.

106
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
107
3
MÓDULO
FERRAMENTAS
Módulo 3
Ferramentas


Apresentação do Módulo 3
Caro(a) estudante,

O terceiro módulo da Disciplina de Empreendedorismo e Inovação foi construído para,


gradualmente, aplicar o aprendizado dos módulos anteriores no planejamento de um
negócio inovador.

Fortemente fundamentado em ferramentas, o Módulo 3 está novamente dividido em


cinco encontros presenciais em Sala de Aula Invertida. Desta forma, você poderá se
preparar e aprender conceitos de forma antecipada, e o tempo em sala será dedicado à
discussão, à experimentação e à interação vivencial entre você, seu professor e a turma.

No Módulo 3, as atividades propiciarão um ambiente de constante validação para que


você e seus colegas de sala possam desenvolver as competências definidas para a
disciplina.

Os temas estão estruturados da seguinte maneira:

✓✓ Encontro 1 – Problema x solução;

✓✓ Encontro 2 – Criando personas;

✓✓ Encontro 3 – O trabalho a ser feito;

✓✓ Encontro 4 – Validando hipóteses;

✓✓ Encontro 5 – Proposta de valor e segmentos de clientes.

A duração prevista para cada encontro continua a mesma.

Bom trabalho!

110
Encontro 1
Problema x solução
Este encontro trata sobre a importância de se definir bem o problema e a solução abordados
no seu projeto empreendedor inovador.

❖❖ Conteúdo do encontro

✓✓ Redação de problemas.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
111
Módulo 3
Ferramentas


Atividade de abertura
Foi definido, ao final do Módulo 2, que os grupos se reuniriam para se certificarem de que
iriam manter sua ideia anterior, ou propor uma nova. Escreva aqui a ideia que seu grupo
decidiu trabalhar:

Escreva aqui o nome que vocês decidiram para o projeto:

E o nome dos componentes do grupo:

112

Atividade 1 - Definindo seu
problema
Exatamente qual problema vocês estão tentando resolver?

E como você descreve a potencial inovação que desejam trabalhar?

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
113
Módulo 3
Ferramentas

Sua solução é uma vitamina ou um analgésico? Por quê?

114
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
115
Módulo 3
Ferramentas

Reescreva seu problema da melhor forma possível:

Para suas dúvidas e anotações:

116

Atividade 2 - Definindo sua solução

Reescreva sua solução da forma mais clara e precisa possível:

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
117
Módulo 3
Ferramentas


Atividade 3 - Colhendo feedback
A próxima atividade é uma tentativa de sistematizar a coleta de feedback junto a pessoas
desconhecidas, com o objetivo de realizar uma primeira validação sobre cada solução. Isso
já foi feito em exercícios de encontros anteriores, mas agora algumas dicas e objetivos
irão melhorar a eficiência nessa coleta de feedback.

118
O primeiro objetivo é descobrir se essa pessoa tem realmente esse problema, mas isso
não deve ser perguntado de forma direta. A melhor forma é citar o problema que o grupo
escreveu no começo do encontro de hoje de maneira descritiva. Usando os exemplos dos
slides anteriores, pode-se abordar a pessoa e dizer:

✓✓ Você provavelmente acompanha os noticiários e sabe que muitas pessoas ainda


passam fome no Brasil, principalmente os moradores de rua. Você já passou por
essa situação, ou conhece alguém próximo a você que passa por isso?

✓✓ A situação econômica no Brasil não está fácil, e o número de desempregados é


grande. Quando jovem, você precisou procurar emprego sem sucesso, ou alguém
próximo de você tem dificuldade de encontrar emprego por não ter experiência?

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
119
Módulo 3
Ferramentas

Dicas importantes para colher feedback:

✓✓ Nunca empurre a solução no entrevistado – em outras palavras, nunca pergunte


“você usaria uma solução que resolvesse esse problema?”, pois isso está
claramente incentivando a pessoa a dizer “sim”;

✓✓ Ao falar com entrevistados para validação, você está em modo escuta – para
aprender –, e não em modo venda – para evitar empurrar o produto no cliente;

✓✓ O objetivo não é confirmar que tudo vai dar certo, e sim buscar pistas do que
pode dar errado. Nesta fase, é mais importante aprender com a invalidação do que
simplesmente receber um “sim” para tudo que se propõe ao entrevistado;

✓✓ Incentive os entrevistados a compartilhar suas frustrações e seus sentimentos em


relação ao problema. Isso pode trazer ótimas conclusões sobre outros problemas a
serem resolvidos;

✓✓ Incentive os entrevistados a compartilhar suas expectativas sobre uma solução


interessante para esse problema (ou se eles mesmos pensaram em alguma);

✓✓ Quando você explicar sua solução aos entrevistados, pergunte: “em uma escala de
0 a 10, quanto essa solução parece ser boa para resolver este problema?”.

A partir de agora, seu grupo tem algum tempo para planejar e realizar as seguintes
atividades:

✓✓ Decidir quais perguntas fará aos entrevistados;

✓✓ Definir quem irá abordar (e onde) para as entrevistas;

✓✓ Gravar alguns vídeos para registro da atividade;

✓✓ Sintetizar o aprendizado com as principais conclusões tiradas a partir das


entrevistas.

120
O que você achou mais interessante ou difícil nesse processo? Anote aqui para compartilhar
com a turma mais tarde.

Para suas dúvidas e anotações:

Orientações sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Assistir ao vídeo “Design thinking – solucionando problemas complexos”,
de Ricardo Ruffo no TEDxObjetivoSorocaba, disponível em: <https://www.
youtube.com/watch?v=7fcqb2a5_ok>;

✓✓ Assistir ao vídeo “Livro design thinking – personas”, disponível em: <https://


www.youtube.com/watch?v=GR2m-z_msAg>;

• Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos vídeos vistos,
registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e comentários para discussão
em sala de aula.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
121
Módulo 3
Ferramentas

Encontro 2
Definindo personas
Este encontro será focado na aplicação prática de uma das ferramentas propostas pela
metodologia de design thinking: a criação e o refinamento de personas. Isso ajudará você a
visualizar melhor seu cliente-alvo e a definir os próximos passos na validação do seu projeto
inovador.

❖❖ Conteúdo do encontro

✓✓ Definição de personas.

122

Atividade 1 - Descobrindo
personagens
Esse é o trabalho para seu grupo agora!

Compilem todos os registros de entrevistas que fizeram no encontro anterior.

Tentem encontrar os perfis de entrevistados que melhor se encaixaram no problema e na


solução apresentados a eles.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
123
Módulo 3
Ferramentas

Caso não tenham entrevistado ninguém que se encaixe no perfil do cliente-alvo, definam
rapidamente qual é esse perfil (ou perfis, caso seja nítido que o grupo tenha mais de um
tipo de cliente).

Definam de um a três personagens, deem um nome fictício a eles e descrevam suas


características gerais em um parágrafo.

Para suas anotações:

124

Atividade 2 - Definindo personas
O exemplo de persona mostrado neste e no próximo slide representam o principal cliente
do Desafio Universitário Empreendedor, competição de inovação realizada anualmente
pelo Sebrae.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
125
Módulo 3
Ferramentas

e n ç ã o
At
que
o ag or a se rá cr iar de uma a duas personas
O trabalho do seu grup to do cliente. Cada persona
deve ser –
u en te nd im en
aprofundem o se uipe.
enso entre todos da eq
se possível – um cons

126
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
127
Módulo 3
Ferramentas

128
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
129
Módulo 3
Ferramentas

130

Atividade de encerramento
Registre aqui suas maiores dúvidas, dificuldades e aprendizados para compartilhar mais
tarde com a turma:

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Ler o livro “Guia essencial para novos empreendedores – volume 3 –
modelagem”, da página 16 a 35;

✓✓ Assistir ao vídeo “Canvas da proposta de valor”, do professor


Marcelo Nakagawa, disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=DUdyyk8gPY0>;

✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos


vídeos vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
131
Módulo 3
Ferramentas

Encontro 3
O trabalho a ser feito
Este encontro aprofunda seu entendimento sobre as personas criadas no encontro anterior.
Por meio do quadro “job to be done” (trabalho a ser feito) e “value proposition Canvas”
(quadro da proposta de valor), você poderá entender melhor as necessidades, as dores e os
ganhos de seus potenciais clientes e definir o que precisa fazer para atendê-los.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Quadro job to be done;

✓✓ Proposta de valor.

132
Com as duas ferramentas de hoje, você poderá entender melhor as necessidades, as
dores e os ganhos de seus potenciais clientes – tudo isso para adaptar melhor seu projeto
inovador a essas necessidades.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
133
Módulo 3
Ferramentas


Atividade 1 - O trabalho a ser feito

134
Repare no exemplo de que, em nenhum ponto do quadro do trabalho a ser feito, é possível
dizer se a solução é um aplicativo, curso, aula on-line, competição ou qualquer outra coisa.
Esse é o papel dessa ferramenta: focar o que deve ser atingido, e não a tecnologia ou o
método que implanta a solução.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
135
Módulo 3
Ferramentas

e n ç ã o
At
atividade:
vo cê e seu grupo nesta
Esse é o trabalho para
rmente;
ir a de sc riç ão da s pe rsonas definidas anterio
✓✓ Reun de trabalho
en tre si e pr ee nc he r ao menos um quadro
✓✓ Discutir r aprendido;
r fe ito de ac or do co m o que acabou de se
a se
o pode –
nh a m ais de um a pe rsona principal, o grup ,
✓✓ Caso te qu ad ro s de trabalho a ser feito
– cr iar m ais
caso tenha tempo
um para cada persona.

PERSONA 1: _______________________________

DORES

GANHOS

136
JOB TO BE DONE FUNCIONAL

JOB TO BE DONE EMOCIONAL

PERSONA 2: _______________________________

DORES

GANHOS

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
137
Módulo 3
Ferramentas

JOB TO BE DONE FUNCIONAL

JOB TO BE DONE EMOCIONAL

Para suas anotações, dúvidas e comentários:

138

Atividade 2 - A proposta de valor

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
139
Módulo 3
Ferramentas

Você reparou na semelhança deste quadro com o de trabalho a ser feito? Como você
preencheria o bloco “produtos e serviços” para o seu negócio, consolidando todos os
blocos restantes em uma lista de coisas que efetivamente serão seus produtos e serviços?

140
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
141
Módulo 3
Ferramentas

Consolide, no espaço a seguir, tudo o que viu neste encontro até agora em uma frase que
represente bem a proposta de valor do seu projeto!

142

Atividade de encerramento
Quais foram suas maiores dificuldades e desafios no encontro de hoje? E o que aprendeu
de mais relevante? Compartilhe aqui:

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Leia o e-book gratuito “Sua ideia ainda não vale nada”, da Bizstart, disponível
em: <http://www.spei.edu.br/pdfs/empreendedorismo/sua-ideia-ainda-nao-
vale-nada.pdf>;

✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos


vídeos vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

Para seus comentários e dúvidas:

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
143
Módulo 3
Ferramentas

Encontro 4
Validando hipóteses
Este encontro propõe sistematizar o processo de validação de hipóteses – ou seja, como
você define se suas ideias estão ou não no caminho certo – e incentivar um comportamento
diferente no seu hábito empreendedor.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Cartão de teste;

✓✓ Cartão de aprendizado.

144
A validação de um projeto inovador envolve escutar o cliente para ajustar as expectativas
do empreendedor, e, então, rever a estratégia. Validar não significa confirmar que a ideia
do empreendedor sobre o produto ou cliente estava correta: a melhor validação não é
aquela que confirma que o empreendedor estava certo, mas sim a que mostra novos
caminhos para evitar erros que seriam cometidos no futuro.

Registre aqui seu aprendizado sobre o processo de validação – as discussões em sala


sempre geram ideias e insights interessantes!

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
145
Módulo 3
Ferramentas


Atividade 1 - O cartão de teste
Cartões de teste são úteis para validar hipóteses sobre produtos, serviços, precificação ou
outros itens importantes. Eles podem ser usados sempre que o empreendedor precisar
validar uma suposição e usar o aprendizado para replanejar o negócio.

146
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
147
Módulo 3
Ferramentas

Esse exemplo do Desafio Universitário Empreendedor é bastante ilustrativo: leia os


campos em sequência e veja como fica clara uma narrativa que demonstra a estratégia
dessa validação em específico.

148
Qual é sua hipótese mais arriscada? Aquela que, se você invalidar, todo o negócio vai por
água abaixo? Escreva aqui:

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
149
Módulo 3
Ferramentas

Crie agora ao menos um cartão de teste para essa hipótese, considerando a persona a
que ela se refere. Caso tenha mais de uma hipótese importante ou mais de uma persona
principal, seu grupo pode – caso tenha tempo – criar mais cartões de teste, um para cada
hipótese.

Seu espaço para anotações:

150

Atividade 2 - O cartão de
aprendizado
A segunda ferramenta a ser trabalhada hoje é o cartão de aprendizado. Trata-se de uma
forma simples de relatar o aprendizado com a validação, justamente para garantir o relato
correto das atividades e análise objetiva dos resultados.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
151
Módulo 3
Ferramentas

O slide acima mostra o exemplo do Desafio Universitário Empreendedor. Veja que


é importante nomear o cartão de aprendizado para ser catalogado pela equipe e
posteriormente analisado em conjunto com outros. Esse exemplo recebeu um nome
idêntico ao seu cartão de testes correspondente.

Leia os campos em sequência: fica novamente clara uma narrativa que demonstra o
aprendizado dessa validação em específico – e também os próximos passos da equipe.

152

Atividade 3 - Validando suas
hipóteses
Tudo que você e seus colegas de turma exercitaram no Módulo 3 até este momento
será colocado em prática agora por meio do uso dos dois cartões, e esta será a primeira
validação da turma com uma metodologia melhor especificada – afinal, as anteriores foram
feitas de acordo com a sua intuição.

e n ç ã o
At .
mais importante do dia
Aqui começa a atividade

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
153
Módulo 3
Ferramentas

O que você e seu grupo irão fazer juntos – normalmente, não fica ninguém em sala de aula
para essa atividade:

✓✓ Defina dois cartões de teste para validação. Pelo menos um cartão já foi criado na
atividade do início do encontro de hoje, e o segundo pode ser criado agora – basta
escolher uma segunda hipótese importante para validar;

✓✓ Divida o trabalho entre a equipe, de forma a validar os dois cartões de teste com
o máximo de pessoas que conseguirem encontrar pessoalmente, desde que
se encaixem na persona esperada. Pode-se usar videoconferência ou ligação de
telefone, mas sugere-se fortemente o encontro presencial;

✓✓ Crie dois cartões de aprendizado relatando os resultados do grupo para a validação


dos cartões de teste correspondentes.

154
Seu espaço para anotações:

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
155
Módulo 3
Ferramentas


Atividade de encerramento
Quais foram os maiores desafios e dificuldades de hoje?

Se você achou o tempo muito curto, lembre-se de que pode dedicar o tempo que
quiser ao projeto fora da sala de aula!

156
Orientação sobre as atividades a serem realizadas
fora da sala de aula
✓✓ Assistir ao vídeo “Canvas do Modelo de Negócios” do Sebrae MG,
disponível em: <http://youtu.be/WUAQBV52bNU>;

✓✓ Ler as páginas 46 a 55 do livro “Guia essencial para novos empreendedores


– volume 3 – modelagem”;

✓✓ Ver a vídeo-aula “Como montar um Canvas do Modelo de Negócios”,


disponível em: <http://youtu.be/3Pz09KLzFRc>;

✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos


vídeos vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
157
Módulo 3
Ferramentas

Encontro 5
Proposta de valor e segmento de
clientes
Este encontro realiza o fechamento do Módulo 3, com a introdução do quadro de Modelo de
Negócios, permitindo que você e sua equipe planejem melhor o negócio e como o processo
da validação deverá direcionar sua caminhada empreendedora.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ O quadro;

✓✓ Diferença entre Plano e Modelo de Negócio.

158
Com tudo o que foi definido no Módulo 3 até agora, como modelar o negócio para validar a
empresa – e não o produto – que sua equipe quer criar? Este é o primeiro encontro focado
na modelagem do negócio, e, para isso, será usada a ferramenta do quadro de Modelo de
Negócio.

Aproveite esse espaço para anotar comentários relevantes que você tenha feito ou ouvido
em sala!

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
159
Módulo 3
Ferramentas


Atividade 1 - O quadro de Modelo de
Negócio
Todo negócio tem uma fórmula, uma mecânica, uma lógica que permite que ele funcione
de forma sustentável. O autor Alexander Osterwalder, a partir de sua tese de doutorado
publicada em 2009, juntou-se a centenas de voluntários em todo o mundo para criar o livro
“Geração de Modelos de Negócios”.

Neste livro, Osterwalder explica que as hipóteses de um empreendedor sobre um negócio


podem ser regidas por nove blocos simples dispostos em um quadro de Modelo de
Negócios. Desta forma, ao serem vistos juntos, os blocos explicam o mínimo necessário
sobre o funcionamento do negócio.

160
Para suas dúvidas e anotações:

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
161
Módulo 3
Ferramentas

Esse é o Modelo de Negócio da Nespresso. Veja se você consegue decifrar pelo menos
alguns blocos antes que o professor faça, e escreva aqui:

162
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
163
Módulo 3
Ferramentas

Esse é o quadro de Modelo de Negócio preenchido para o exemplo do Desafio Universitário


Empreendedor.

164

Atividade 2 - Modelando seus
clientes e proposta de valor

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
165
Módulo 3
Ferramentas

e n ç ã o
At
s:
atividade ? Ela tem dois objetivo
Pronto para a próxima
dor:
r do is blo co s do qu ad ro do seu projeto inova
✓✓ Preenche o código de
en to s de cli en te s e propostas de valor. Siga -its
segm
do an te rio rm en te (p eça mais cores de post
cores explica
ssário);
ao professor, caso nece
de
os cli en te s pe lo m en os uma das hipóteses
✓✓ Validar com ão ao seu segmento de
cliente
ta de va lor em re laç
propos ma validação
rre sp on de nt e – m as não vale repetir a mes ção
co
an te rio r. É pe rm itid o fazer uma nova itera
do encont ro tenha
aç ão an te rio r, ca so o Cartão de Aprendizado
da valid
ação.
redirecionado esta valid

Anote aqui suas ideias principais e comentários que queira compartilhar em sala:

166

Atividade de encerramento
Para registrar seu aprendizado e os insights interessantes, use o espaço a seguir:

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Ler as páginas 56 a 61 do livro “Guia essencial para novos empreendedores
– volume 3 – modelagem”;

✓✓ Continuar validando suas hipóteses de proposta de valor e segmentos de


clientes, entrevistando mais e mais clientes ou criando novas direções de
validação para os dois blocos. Levar os cartões de teste e aprendizado para
o próximo encontro;

✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos


materiais vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
167
4
MÓDULO
MODELAGEM
Módulo 4
Modelagem


Apresentação do Módulo 4
Caro(a) estudante,

O quarto e último módulo da Disciplina de Empreendedorismo e Inovação combina todos


os conceitos e vivências dos módulos anteriores em um passo bastante intenso.

Ele tem forte interação prática, e com uma característica marcante: quanto mais os
grupos dedicarem seu tempo fora da sala de aula e melhor aproveitarem a interação
com o professor em sala, mais destacados e diferenciados serão seus projetos frente
aos restantes.

Esses serão os temas principais dos encontros:

✓✓ Encontro 1 – Gerando receita;

✓✓ Encontro 2 – Distribuindo seu produto;

✓✓ Encontro 3 – Definindo a operação;

✓✓ Encontro 4 – Estruturando o projeto;

✓✓ Encontro 5 – Conseguindo investimento.

170
Encontro 1
Gerando receita
Este encontro já começa bastante dinâmico e trabalhando as diferentes fontes de receita
para o negócio.

❖❖ Conteúdo do encontro

✓✓ O quadro: relacionamento com o cliente e fontes de receita.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
171
Módulo 4
Modelagem

Caso você já tenha pensado em como irá monetizar o seu negócio, como você explicaria
isso a uma pessoa desconhecida? Anote aqui e compare com as anotações de outros
colegas de grupo – será que a descrição foi a mesma?

172
Esses serão os dois blocos tratados no encontro de hoje. Você sabe definir rapidamente
sobre o que cada um trata?

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
173
Módulo 4
Modelagem


Atividade 1 - Relacionamento com o
cliente
O bloco de relacionamento com o cliente no quadro de Modelo de Negócios tenta
determinar qual é o formato da relação empresa-cliente, e não necessariamente explicar
que o cliente irá utilizar o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) para se relacionar com
a empresa. Ele é um dos mais difíceis de acertar no quadro, porque grande parte das
pessoas o confunde com canais – por isso, preste atenção redobrada nesta etapa.

174
Aproveite para registrar e depois discutir com o grupo: qual o formato usado pelo seu
negócio inovador?

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
175
Módulo 4
Modelagem

Para o exemplo já conhecido do Desafio Universitário Empreendedor, escolheu-se o


formato “colaboração” – pela tentativa de integrar os participantes e propiciar constante
interação – e o conceito “superação” para sintetizar o vínculo emocional esperado que o
Desafio desperte em seu cliente principal: o universitário com perfil empreendedor.

Para suas dúvidas e anotações:

A partir de agora, você e seu grupo terão tempo para três tarefas principais:

✓✓ Discutir quais são suas hipóteses de relacionamento com clientes;

✓✓ Criar ao menos um cartão de testes para validar essas hipóteses;

✓✓ Já tentar validar o cartão de testes e criar um cartão de aprendizado, para garantir


que realmente existe algum fundamento nas hipóteses sobre este bloco.

176

Atividade 2 - Gerando receita
O bloco de fontes de receita no quadro de Modelo de Negócios tenta determinar como o
dinheiro entra na empresa, de acordo com cada segmento de cliente ou proposta de valor.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
177
Módulo 4
Modelagem

Aproveite para registrar e depois discutir com o grupo: quais formatos de receita serão
usados pelo seu negócio inovador?

Para suas dúvidas e anotações:

A partir de agora, você e seu grupo terão tempo para três tarefas principais:

✓✓ Discutir quais são suas hipóteses de fontes de receita;

✓✓ Criar ao menos um cartão de testes para validação dessas hipóteses;

✓✓ Já tentar validar o cartão de testes e criar um cartão de aprendizado, para garantir


que realmente existe um interesse do cliente em pagar por meio daquela fonte de
receita.

178

Atividade de encerramento
Qual foi a maior dificuldade durante este encontro? Por quê?

Para suas dúvidas e anotações:

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Continuar validando suas hipóteses de relacionamento de clientes e fontes
de receita, entrevistando mais e mais clientes ou criando novas direções de
validação para os dois blocos. Levar os cartões de teste e aprendizado para
o próximo encontro;
✓✓ Assistir aos vídeos de Pedro Quintanilha sobre mais dois blocos do quadro
de Modelo de Negócios:
❍❍ Canais de distribuição, disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=KBCxVt0pw-M>;
❍❍ Parceiros-chave, disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=jh_e9mKun1I>.
✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos
materiais vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
179
Módulo 4
Modelagem

Encontro 2
Distribuindo seu produto
Este encontro trabalha aspectos relativos à distribuição do seu Modelo de Negócio inovador.

❖❖ Conteúdo do encontro

✓✓ O quadro: canais de distribuição e parceiros-chave.

180
Você já tem alguma ideia sobre como irá fazer o cliente descobrir que seu produto existe?
Anote aqui e guarde para discutir com seu grupo mais tarde.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
181
Módulo 4
Modelagem

Esses serão os dois blocos tratados no encontro de hoje. Você sabe definir rapidamente
sobre o que cada um trata?

Para suas dúvidas e anotações:

182

Atividade 1 - Canais de distribuição
Se um Modelo de Negócio é a forma como uma empresa cria, entrega e captura valor, é
por meio dos canais que esta entrega e captura se dão.

Aproveite para registrar e depois discutir com o grupo: quais canais serão usados nas
diferentes fases do seu negócio?

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
183
Módulo 4
Modelagem

Para o exemplo já conhecido do Desafio Universitário Empreendedor, escolheu-se como


canais eletrônicos o site do Desafio, jogos on-line, redes sociais, e-mails e vídeos prévios à
competição. Como canais mais importantes, existem os eventos presencial da semifinal e
da final nacional, além de um forte trabalho na imprensa e nas universidades para divulgar
o Desafio.

Para suas dúvidas e anotações:

184
A partir de agora, você e seu grupo terão tempo para três tarefas principais:

✓✓ Discutir quais são suas hipóteses de canais;

✓✓ Criar ao menos um cartão de testes para validar essas hipóteses;

✓✓ Já tentar validar o cartão de testes e criar um cartão de aprendizado, para garantir


que realmente existe viabilidade ou utilidade em algum desses canais.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
185
Módulo 4
Modelagem


Atividade 2 - Definindo parceiros
O bloco de parceiros-chave (ou principais) tenta determinar os potenciais parceiros que
irão alavancar a distribuição ou que terão forte sinergia com a proposta de valor do projeto.
Cá entre nós, parcerias são uma das coisas mais planejadas e menos bem executadas na
maioria das empresas. Se os empreendedores planejassem suas parcerias utilizando o
quadro de Modelo de Negócio, elas trariam menos dores de cabeça no futuro!

186
Aproveite para registrar e depois discutir com o grupo: quais parceiros têm sinergia com
seu projeto – não só quem você precisa, mas que também teria a ganhar com seu produto
ou serviço?

Para suas dúvidas e anotações:

A partir de agora, você e seu grupo terão tempo para três tarefas principais:

✓✓ Discutir quais são suas hipóteses de parceiros-chave;

✓✓ Criar ao menos um cartão de testes para validação dessas hipóteses;

✓✓ Já tentar validar o cartão de testes e criar um cartão de aprendizado, para garantir


que realmente existe um interesse desse tipo de parceiro.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
187
Módulo 4
Modelagem


Atividade de encerramento
Qual foi a maior dificuldade durante este encontro? Por quê?

Para suas dúvidas e anotações:

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Continuar validando suas hipóteses sobre canais e parceiros-chave,
entrevistando mais e mais clientes ou criando novas direções de validação
para os dois blocos. Levar os cartões de teste e aprendizado para o próximo
encontro;
✓✓ Assistir aos vídeos de Pedro Quintanilha sobre mais dois blocos do quadro
de Modelo de Negócios:
❍❍ Atividades-chave, disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=eFcHkhzqKFM>;
❍❍ Recursos-chave, disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=-
f4uHIiUZaY>.
✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos
materiais vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

188
Encontro 3
Definindo a operação
Este encontro irá exigir bastante da capacidade analítica e estratégica tanto sua quanto de
seu grupo, porque ele exercita a visão sobre o negócio como se ele já estivesse operacional.

❖❖ Conteúdo do encontro

✓✓ O quadro: atividades-chave e recursos-chave.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
189
Módulo 4
Modelagem

Você sabe definir o que são ativos de uma empresa? Tente conceituar isso a seguir e
compare a definição com a de seus colegas.

190
Os dois blocos marcados em vermelho serão os blocos tratados no encontro de hoje:
ativos e recursos-chave (ou principais). Eles estão fortemente ligados à operação de um
negócio, porque concentram todas as hipóteses relativas aos processos e ativos críticos.

Se você já enxerga alguma atividade-chave ou recurso-chave – pelo menos um –, registre-o


a seguir para discutir com seu grupo mais tarde.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
191
Módulo 4
Modelagem


Atividade 1 - Recursos-chave
Recursos-chave são os ativos mais críticos que o negócio necessita para entregar sua
proposta de valor, e para torná-la um diferencial frente a seus concorrentes. Esse é são
um dos blocos que mais geram dúvidas no quadro de Modelo de Negócio – então, basta
lembrar de que eles não são todos os ativos da empresa, somente os críticos, e que
podem diferenciar o negócio dos outros.

192
Aproveite para registrar e depois discutir com o grupo: quais recursos-chave você imagina
agora para seu negócio?

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
193
Módulo 4
Modelagem

Para o exemplo já habitual do Desafio Universitário Empreendedor, escolheu-se como


recursos principais tudo aquilo que será crítico para o sucesso do projeto:

✓✓ A base de participantes, que, se não for grande, irá limitar o alcance do programa;

✓✓ A rede de facilitadores, que permite a realização simultânea junto a universitários


em todo o Brasil;

✓✓ A rede de universidades participante do Desafio Universitário Empreendedor, que


irá ativar mais e mais universitários;

✓✓ A equipe interna, que cuida da criação e da gestão dos editais públicos, que
permitem que os universitários inscrevam-se no programa;

✓✓ A plataforma de jogos on-line, que permite aumentar a escala da competição sem


a presença física;

✓✓ O conteúdo especializado criado pelo Sebrae para educar os universitários sobre


empreendedorismo e inovação;

✓✓ A sede do Sebrae, que, com auditórios e salas, reduz muito os custos na


realização de eventos relativos ao Desafio.

Para suas dúvidas e anotações:

A partir de agora, você e seu grupo terão tempo para três tarefas principais:

✓✓ Discutir quais são suas hipóteses de recursos-chave;

✓✓ Criar ao menos um cartão de testes para validar essas hipóteses;

✓✓ Já tentar validar o cartão de testes e criar um cartão de aprendizado, para garantir


que realmente existe viabilidade ou utilidade nesses recursos (e se a equipe é
capaz de criá-los).

194

Atividade 2 - Atividades-chave
O bloco de atividades-chave está muito ligado ao bloco que os participantes acabaram
de aprender – recursos-chave –, porque muitas vezes existe uma atividade principal para
gerir cada recurso principal listado. Eles serão os processos mais importantes de uma
empresa – e, normalmente, para manter cada recurso-chave, é necessário um processo
que o suporte, mantenha-o sempre atualizado e à frente de outros concorrentes.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
195
Módulo 4
Modelagem

Aproveite para registrar e depois discutir com o grupo: quais atividades parecem ser as
mais críticas para a manutenção do negócio?

196
Com o exemplo do Desafio Empreendedor, fica mais fácil visualizar como atividades e
recursos-chave estão ligados:

✓✓ Um processo crítico é a renovação do formato e conteúdo do Desafio, com


constantes atualizações de técnicas, ferramentas e exemplos;

✓✓ Existe uma grande necessidade de sempre manter os competidores atentos às


novas etapas e com forte engajamento ao longo de toda a competição. Para isso,
planejou-se uma atividade-chave de atração e engajamento de universitários;

✓✓ Com os editais públicos, é preciso uma grande atenção jurídica para evitar brechas
e problemas – garantindo que o regulamento é justo e premia os vencedores por
merecimento;

✓✓ Por se tratar de uma grande instituição, a equipe do Desafio Universitário


Empreendedor precisa estar sempre buscando orçamento e parceiros para
financiar as atividades. Sempre que o formato da competição muda, pode-se
precisar de mais dinheiro para realizá-la. Existe um processo constante para isso;

✓✓ Por serem um recurso-chave, as universidades também precisam de uma atenção


constante – o relacionamento periódico com as instituições de ensino participantes
do Desafio Universitário Empreendedor é crucial para garantir a inscrição de mais e
mais universitários.

Para suas dúvidas e anotações:

A partir de agora, você e seu grupo terão tempo para três tarefas principais:

✓✓ Discutir quais são suas hipóteses de atividades-chave;

✓✓ Criar ao menos um cartão de testes para validação dessas hipóteses;

✓✓ Já tentar validar o cartão de testes e criar um cartão de aprendizado, para garantir


que realmente existe viabilidade de a equipe realizar essa atividade-chave (ou
quem devem encontrar para isso).

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
197
Módulo 4
Modelagem


Atividade de encerramento
Qual foi a maior dificuldade durante este encontro? Por quê?

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Continuar validando suas hipóteses sobre recursos e atividades-chave,
entrevistando mais e mais clientes ou criando novas direções de validação
para os dois blocos. Levar os cartões de teste e aprendizado para o próximo
encontro;

✓✓ Assistir aos vídeos de Pedro Quintanilha sobre o último bloco do quadro de


Modelo de Negócios – estrutura de custos, disponível em: <https://www.
youtube.com/watch?v=ZW1OTarXpSw>;

✓✓ Criar um resumo com os tópicos mais interessantes para o aluno nos


materiais vistos, registrá-lo em seu Manual do Estudante e levar dúvidas e
comentários para discussão em sala de aula.

198
Encontro 4
Estruturando o projeto
Este encontro realiza o fechamento de todos os encontros prévios do Módulo 4, garantindo
que você e seu grupo olhem seu Modelo de Negócio como um todo e sejam capazes de
estruturar seus custos e resumir todo o modelo em seus itens principais.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ O quadro: estrutura de custos;

✓✓ Estruturação da apresentação.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
199
Módulo 4
Modelagem

Você sabe definir o que serão os principais custos do seu negócio? Tente escrevê-los a
seguir para comparar suas ideias com as de seus colegas.

200
Para suas dúvidas e anotações:

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
201
Módulo 4
Modelagem


Atividade 1 - Estrutura de custos
O último bloco do quadro tem um motivo claro para ser visto por último: os custos gerados
por todos os outros blocos serão analisados para formar a estrutura de custos.

Para suas dúvidas e anotações:

202
Um bom exemplo é o bloco de estrutura de custos do Desafio Universitário Empreendedor:

✓✓ Os custos variáveis com viagens, seja para os facilitadores que viajam pelo Brasil,
seja para os mais de 100 finalistas que precisam viajar para Brasília (sem contar os
prêmios, que envolvem viagens internacionais);

✓✓ O custo fixo de realizar um encontro anual para sempre atualizar a capacitação dos
facilitadores (multiplique os custos de passagem e hotel para 50 professores por
vários dias de capacitação);

✓✓ O custo variável de prêmios e brindes para participantes em diferentes etapas da


competição;

✓✓ O custo fixo de manutenção da plataforma de jogos (sendo sempre atualizada e


revista);

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
203
Módulo 4
Modelagem

✓✓ O custo fixo de gerar conteúdo constante para o Desafio Universitário


Empreendedor;

✓✓ Os custos variáveis de marketing, seja junto à imprensa, seja nos sites, anúncios e
trabalho de aproximação com universidades.

Para suas dúvidas e anotações:

A partir de agora, você e seu grupo terão tempo para três tarefas principais:

✓✓ Discutir quais são suas hipóteses de estrutura de custos;

✓✓ Criar ao menos um cartão de testes para validar essas hipóteses;

✓✓ Já tentar validar o cartão de testes e criar um cartão de aprendizado, para garantir


que parte desses custos possam ser cobertos pela equipe.

204

Atividade 2 - Estruturando seu
projeto
Começa agora sua última corrida em direção ao final da disciplina. Você e seu grupo iniciam
a jornada da última atividade da disciplina, e que irá se estender até o próximo encontro.

Seu grupo deve montar uma apresentação para vender a ideia de seu projeto. No próximo
encontro, cada grupo terá 10 minutos para convencer uma banca de jurados de que seu
negócio é mais inovador do que o dos grupos restantes, e, por isso, sugere-se uma
apresentação de dez slides (de forma balanceada, um slide por minuto).

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
205
Módulo 4
Modelagem

Esse slide mostra um gabarito de como a apresentação pode ser estruturada. Todas as
respostas estão nos materiais prévios da disciplina!

✓✓ A capa contém o nome do projeto e dos seus integrantes;

✓✓ O problema está descrito nas dores do quadro de trabalho a ser feito (job to be
done);

✓✓ Os clientes e tamanho do mercado podem ser obtidos com as análises de


personas e pelo segmento de cliente (do quadro de Modelo de Negócio);

✓✓ A solução está descrita na proposta de valor do quadro de Modelo de Negócio e


nos ganhos funcionais do quadro de trabalho a ser feito (job to be done);

✓✓ Para falar sobre métodos de validação, basta mostrar os maiores desafios


encontrados ao se criar os cartões de teste;

✓✓ Para falar sobre o aprendizado com a validação, basta mostrar os maiores


aprendizados ao se criar os cartões de aprendizado;

✓✓ O modelo financeiro mostra o que é necessário equilibrar entre as fontes de


receita e a estrutura de custos;

✓✓ É importante mostrar a estratégia da equipe e os próximos passos para


desenvolver o negócio, e isso inclui também os principais canais de distribuição;

✓✓ Para terminar, o grupo deve convencer a banca de que realizou o melhor trabalho e
que apresentou o negócio de maior potencial inovador.

Divida as tarefas entre os participantes de sua equipe e comece logo a criar sua
apresentação. Bom trabalho!

Atividade de encerramento

Qual foi a maior dificuldade durante este encontro? Por quê?

206
Para suas dúvidas e anotações:

Orientação sobre as atividades a serem realizadas


fora da sala de aula
✓✓ Aproveitar a última deixa para validar as hipóteses mais críticas sobre todo
o Modelo de Negócio, pois isso poderá ser crucial para o aprendizado até o
último encontro;

✓✓ Assistir ao vídeo de Tomás Duarte sobre como fazer um pitch


de alto impacto, disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=lx2F7vd57NI>;

✓✓ Assistir ao vídeo de Bruno Peroni sobre como apresentar ideias


para investidores, disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=eezlSqkqcaU>;

✓✓ Finalizar sua apresentação de 10 minutos e enviar ao professor por e-mail


antes do início do próximo encontro.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
207
Módulo 4
Modelagem

Encontro 5
Conseguindo investimento
Este encontro fecha a disciplina de uma forma mais competitiva e claramente consolidada
como uma disputa de projetos entre os estudantes. O objetivo é mostrar às equipes como
cada uma delas estruturou e validou seu projeto, e como conseguiu consolidá-lo em uma
apresentação coesa.

❖❖ Conteúdos do encontro

✓✓ Formas de financiamento;

✓✓ Apresentação dos projetos para banca.

208

Atividade 1 - Formas de
financiamento
Tirar um projeto do papel não é fácil, e existem diversas alternativas para conseguir
capital de apoio para isso. Mesmo assim, cada fonte de capital é aplicável a um momento
específico.

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
209
Módulo 4
Modelagem

Existem seis tipos principais de financiamento para empresas inovadoras:

✓✓ Capital próprio: é o mais caro de todos, porque se trata do seu próprio dinheiro
(ou de familiares);

✓✓ Crédito bancário: é o segundo tipo de financiamento mais caro de todos; os


juros são altos, e é necessário pagar de volta em prazos curtos (ou a dívida cresce
demais). Qualquer banco oferece esse tipo de financiamento;

✓✓ Crédito de fomento: é o financiamento oferecido por bancos de desenvolvimento


público (usualmente estatais). Os juros são bem mais baixos, e é necessário pagar
o banco de volta– mas o prazo de carência para esse pagamento é bem maior.
Exemplos são o BDMG e o Badesul, entre outros;

✓✓ Capital de subvenção: é oferecido por diversas fontes, normalmente agências


financiadoras de inovação e fundações de amparo à pesquisa. Esse tipo de
financiamento não tem necessidade de reembolso, e diversos editais são
publicados ao longo de todo o ano em todos os estados brasileiros;

✓✓ Investidores-anjo: são pessoas físicas (normalmente executivos e profissionais


mais experientes) que compram uma fatia da empresa em troca de capital de
financiamento. Ao contrário do crédito bancário, eles não ganharão juros, como em
um empréstimo: eles apostam que venderão sua participação acionária no futuro,
caso a empresa cresça bastante e multiplique seu capital;

✓✓ Fundos de investimento: são entidades jurídicas que trabalham de forma similar


aos investidores-anjo, mas com quantias bem maiores de capital (e também maior
cobrança e supervisão das atividades do empreendedor).

210
Os tipos principais de financiamento aplicam-se a diferentes momentos do projeto:

✓✓ Até a ideia se transformar em um protótipo, é difícil conseguir algum tipo de


financiamento – por isso utiliza-se capital próprio até conseguir formatar um
produto funcional. Poucas empresas conseguem chegar até este ponto;

✓✓ Com um produto inicial em mãos – ou serviço já funcional, mesmo que em


pequena escala – pode-se sobreviver com capital de editais de subvenção. Eles
permitem que a empresa utilize pequenas quantias adicionais de crédito bancário
ou de bancos de fomento, caso necessário;

✓✓ Investidores-anjo oferecem capital de risco a produtos inovadores e promissores,


mas normalmente investem em um projeto para cada 100 que passam pelo
seu processo de avaliação. O capital de anjos permite que a empresa inicie sua
operação e atinja seus primeiros meses de vendas;

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
211
Módulo 4
Modelagem

✓✓ Uma vez que as vendas começam a se estabilizar e crescer, a empresa passa


para um estágio chamado de tração. É a partir deste ponto que ela pode se tornar
interessante para fundos de investimento, que aportarão quantias maiores, até que
a empresa atinja uma escala bem maior de crescimento.

Para suas dúvidas e anotações:

212

Atividade 2 - Apresentação de
projetos

Esses serão os critérios de pontuação na competição de projetos:

✓✓ A viabilidade do Modelo de Negócio apresentado, na opinião dos jurados;

✓✓ O potencial percebido e aparente de inovação do projeto;

✓✓ O tamanho do mercado que o produto aborda – quanto maior, melhor;

Disciplina de Empreendedorismo e Inovação


« Manual do Estudante
213
Módulo 4
Modelagem

✓✓ A competitividade desse mercado – ou seja, se o número de concorrentes é baixo


ou já é um mercado muito concorrido;

✓✓ Se o time mostra que é capaz de executar o projeto, e o aprendizado que obteve


durante a disciplina;

✓✓ A qualidade da apresentação final.

Garanta que você já enviou sua apresentação ao professor. Cada grupo terá 10 minutos de
apresentação, e os jurados terão 2 minutos para dar um feedback.

Sucesso!

214
Disciplina de Empreendedorismo e Inovação
« Manual do Estudante
215

Você também pode gostar