Você está na página 1de 1

Carta de Intenção

Ao Consulado Canadense,

Eu, Caroline Arruda Pereira dos Santos, Brasileira, solteira, nascida em 25 de Abril de 1998, natural
do Estado de São Paulo, filha de José Pereira dos Santos e Renilda Paulina de Arruda Reis,
passaporte nº FW294168, residente na Rua Manuel Vila D’Alba, 413 - Itaim Paulista, São Paulo –
SP, CEP: 08111-570, venho por meio desta carta requerer a concessão do visto para estudar inglês
no curso da ILAC – International Language Academy of Canada, no Canadá, pelos motivos a seguir
expostos:

Sou estudante do curso técnico de Canto Lírico na Escola Municipal de Música do Estado de São
Paulo, instituição administrada pela Fundação do Theatro Municipal que é referência na formação de
profissionais musicistas em toda a América Latina, na qual estou no terceiro semestre e com
previsão de término em 2021. Ingressei no mercado de trabalho esse ano e exerço o cargo de
professora na Escola de Música Symphoni, empresa que oferece mais de 57 cursos voltados a
artes, na qual eu faço parte do departamento de canto, ademais também atuo como cantora três
vezes por semana no Coral Jovem da Escola de Música do Estado de São Paulo - Tom Jobim.

Atualmente, meu principal objetivo profissional é vincular-me à Julliard School, localizada em Nova
York e ao coral britânico Monteverdi Choir, duas empresas renomadas no mundo das artes.
Entretando desde que comecei meus estudos notei que além de possuir a qualificação educacional,
ter o inglês avançado é essencial para atingir esse objetivo, digo isso porque já tive a oportunidade
de participar de aulas com professores e maestros estrangeiros e eles utilizavam o inglês como
idioma principal, e também porque o requisito básico para ingressar nos grandes coros
internacionais é o nível avançado do idioma, uma vez que a língua inglesa está presente em mais de
150 países e por isso se torna a base da comunicação mundial.

Apesar de já ter realizado alguns cursos de inglês aqui no Brasil, na escola de idiomas Wizard, não
consegui ter a imersão no idioma exigida para alcançar a fluidez na fala, pois as aulas só eram
ministradas duas vezes por semana e depois no dia-a-dia o contato com o inglês é mínimo. Desta
forma, decidi aproveitar meu período de férias de 04 semanas da empresa para ter a imersão 24
horas e assim conseguir aprimorar minhas habilidades do inglês, principalmente a conversação.

A escolha pelo Canadá se deu por ser um país cujo sistema de ensino internacional é referência
mundial, é mais próximo ao Brasil e também pela segurança, o que tranquiliza meus meus familiares
enquanto estiver fora. Durante o processo de escolha da instituição de ensino, me deparei com a
ILAC, escola que ganhou por 5 anos consecutivos como melhor instituição de ensino para
estrangeiros na América do Norte, na qual vou estudar um curso de inglês intensivo de 30 lições por
semana, das 8h30 às 13h30, e também terei contato com o idioma na minha acomodação, pois
estarei hospedada em uma casa de familia. Para a realização dessa viagem, conto com a
colaboração e apoio da minha mãe, Renilda Paulina de Arruda Reis, que sempre investiu em minha
vida acadêmica e me incentiva diariamente a perseguir meus sonhos profissionais.

Agradeço antecipadamente pelo tempo disposto para analisar minha documentação de visto e me
coloco à disposição para quaisquer dúvidas.

Atenciosamente,

______________________________________________________

Caroline Arruda Pereira dos Santos

Você também pode gostar