Você está na página 1de 1

importância de dinamizar e otimizar o tempo e o espaço de uma instituição educacional, este

trabalho visa possibilitar maior diversidade de atividades esportivas, culturais e recreativas,


para assim despertar nos aluno um sentimento de satisfação e realização e dispor uma gama
maior de possibilidades de lazer. Tem- se a intenção de promover atividades esportivas,
recreativas e educacionais no horários regular de aula, enfatizando o contexto educacional,
lúdico e participativo, sem exigências e limitações, com a perspectiva de motivar e atingir o
maior numero de aluno. Assim, demonstrar, possibilitar e desenvolver os vários benefícios
físicos, cognitivos, psicomotores e sócio- afetivo. Diagnóstico A prática esportiva é incentivada
pelos pais. Em estudo, Durand (1988), constatou que 95% dos pais mostram-se favoráveis a
que seus filhos realizem atividades, 86% acreditam ter essas atividades uma importância às
intelectuais. Os dados apresentados pelo autor, são ainda mais significativos ao relatarem que
67% dos entrevistados entendem que deveriam ocorrer nas escolas a prática de atividades
físicas diariamente e que 99% dos pediatras consideram positivas as praticas esportivas das
crianças. Na busca de possíveis informações sobre as possíveis contribuições que a prática de
atividade física, dessa forma estruturada e organizada, pode promover para o aluno, encontra-
se em Matsudo (2001), uma relação de benefícios proporcionados pelas atividades realizadas
em turmas de treinamento (ACD). Biológicos: Diminuição da pressão arterial, controle do peso
corporal, resistência física, aumento da densidade óssea e melhora da força muscular.
Psicológicos: Aumento da auto- estima, diminuição da depressão, redução do isolamento
social, aumento do bem- estar e alivio do stress. Escolares: Aumento da freqüência nas aulas,
aumento da responsabilidade, redução de distúrbios de comportamento, diminuição do uso
de drogas e melhora na relação com os pais. Para Vargas Neto e Voser (2001), a aventura
esportiva é uma experiência enriquecedora e insubistituível, pois o esporte fomenta nas
crianças a maturidade, o crescimento e o desenvolvimento. O outro fator relatado pelos
autores como contribuição das atividades é o combate à degeneração hipocinética, ao cada
vez maior sedentarismo das crianças, com horas de inatividade frente a televisão,
computadores, e jogo eletrônicos, atividades que podem entre outros problemas de saúde,
gerar deformação na coluna vertebral ( Manné, Codina, 1992). Objetivos Gerais
Desenvolvimento corporal harmônico; Aquisição do controle corporal; Desenvolvimento das
habilidades motoras; Condicionamento dos sistemas orgânicos a suprir demandas diárias e de
emergência; Desenvolvimento de habilidades de utilização dos movimento como instrumento
de comunicação e expressão; Utilização sadia das horas de lazer; Aquisição de
comportamentos e valores referentes ao ajustamento pessoal e social;

ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO ENSINO FUNDAMENTAL

Você também pode gostar