Você está na página 1de 13

11/04/2019 Unidade de Aprendizado

O Empirismo Inglês

APRESENTAÇÃO

Olá!

Nesta unidade você conhecerá a tradição filosófica chamada de "empirismo inglês".

O empirismo é a teoria que aborda que todo nosso conhecimento provém sempre dos nossos
sen dos.

Bons estudos!

Ao final desta unidade você deve apresentar os seguintes aprendizados:

• Explicar a formação filosófica no que envolve o empirismo.

• Apontar os conceitos per nentes ao tema.

• Dis nguir o raciocínio filosófico e a compreensão da teoria do conhecimento.

DESAFIO

Para os empiristas, em especial Locke e Hobbes, o homem é um animal polí co, mas, fadado a
não conseguir exercer sua plena liberdade. Suas filosofias polí cas apontam modos de se

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 1/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

pensar a relação humana a par r da construção de um pacto entre os homens que permi ria
que as jus ças fossem sanadas e que ninguém vivesse num estado onde todos estariam
contra todos.

Neste contexto seu desafio será apresentar uma solução, seguindo o pensamento dos
contratualistas, para o seguinte caso:
- Não há sociedades, cidades, não há leis ou regras, apenas pessoas vivendo sem muitas
crenças, verdades, conhecimentos, afastadas uma das outras em bandos familiares brigando
por alimento e abrigo.

Como poderia você pensar uma forma de garan r a segurança de todos?

INFOGRÁFICO

Neste infográfico você será apresentado às principais ideias de cada pensador,


correspondentes à unidade sobre a tradição empirista em Filosofia.

Figura 1

CONTEÚDO DO LIVRO

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 2/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

Neste trecho do livro você entrará em contato com o filósofo Thomas Hobbes e sua teoria
polí ca. Para Hobbes o homem precisa abandonar seu estado de natureza se quiser viver com
jus ça e em sociedade, além disso, demonstra como o filósofo interpreta tal condição e suas
proposições para garan r o modo de governo que garanta paz e convívio social com base no
contrato.

Acompanhe um trecho da obra Filosofia: textos fundamentais comentados, de Laurence


Bonjour e Ann Baker. Inicie sua leitura no tópico: "Livro II : Das ideias, dos capítulos I ao VI" na
página 95 e prossiga o raciocínio lendo o tópico: "O Contrato Social, Extraído de Segundo
Tratado sobre o Governo, finalizando no parágrafo "Todavia, desejarei que aqueles que fazem
essa objeção (...)" na página 554.

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 3/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 4/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 5/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 6/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 7/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 8/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 9/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

DICA DO PROFESSOR

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 10/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

No vídeo que se segue você conhecerá três principais pensadores do período e suas
contribuições para o entendimento da Filosofia.

Conteúdo disponível na plataforma virtual de ensino. Con ra!

EXERCÍCIOS

1) O que quer dizer Empirismo?


a) É a concepção de que o conhecimento provém da racionalidade.
b) É a concepção na qual o conhecimento provém da experiência.
c) É a filosofia moral dos filósofos racionalistas.
d) É a filosofia moral que se baseia no governo de um só.
e) É a teoria do conhecimento que aponta que a experiência é incapaz de chegar à verdade.

2) Qual a principal questão apontada por Locke sobre o conhecimento?


a) Que a racionalidade sobressai à experiência.
b) O conhecimento, as ideias, provêm, primariamente, dos sen dos que temos e das
experiências consequentes àquilo que sen mos.
c) Que o conhecimento é alcançado através da intensa reflexão.
d) Que a Filosofia deve se basear em elementos menos abstratos na busca pelo
conhecimento, se apoiando, assim, no Racionalismo.
e) As ideias complexas são oriundas exclusivamente do raciocínio.

3) O que David Hume aponta sobre a causalidade?


a) A causalidade é o resultado de como nós, seres humanos, percebemos os acontecimentos
no mundo juntando-os em causa e efeito.
b) Que a percepção humana é capaz de inferir com precisão a relação entre causa e efeito.
c) A relação entre causa e efeito não é fruto da indução.
d) Que somente através da racionalidade chegamos ao conhecimento dos fatos.

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 11/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

e) Que a relação entre efeito e causa não está assentada na reflexão que fazemos, mas
apenas se a constatamos pela experiência.

4) Qual a consequência da teoria polí ca de Thomas Hobbes?


a) A construção da crí ca ao Empirismo pelo Racionalismo.
b) A construção de uma teoria liberal de governo.
c) A criação de uma teoria polí ca pautada no racionalismo.
d) A construção de uma tradição na qual a moral se baseia pela virtude.
e) A formação de um pensamento socialista.

5) O Empirismo opõe-se ao Racionalismo porque:


a) Pelo fato do Racionalismo desprezar, no primeiro momento, a experiência sensível.
b) O Empirismo se baseia no uso exclusivo da razão para se alcançar conhecimento.
c) O Racionalismo privilegia a experiência sensível na busca pelo conhecimento.
d) Pelo fato de o Empirismo, desprezar, em todos os momentos, a racionalidade.
e) Pela razão de o Empirismo apresentar uma teoria do conhecimento baseada em crenças
simples.

NA PRÁTICA

A par r dos conhecimentos adquiridos veja uma situação onde ele se faz presente em nosso
dia a dia.

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 12/13
11/04/2019 Unidade de Aprendizado

Figura 2

O conhecimento que João tem do bolo que tanto gosta é o resultado de um processo causal
entre o preparo e o gosto, na qual só pôde ser garan do através da experiência de cada
etapa.

SAIBA +

Para ampliar seu conhecimento a respeito desse assunto, veja abaixo a(s) sugestão(ões) do
professor:

Considerações sobre o fundamento moral da propriedade.


Conteúdo disponível na plataforma virtual de ensino. Con ra!

Poderes invisíveis versus poderes visíveis no Leviatã de Thomas Hobbes.


Conteúdo disponível na plataforma virtual de ensino. Con ra!

https://sagahcm.sagah.com.br/sagahcm/ua/2355/2/191/indexprint.html 13/13