Você está na página 1de 3

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO


DIRETORIA TÉCNICO PEDAGÓGICA
DEPARTAMENTO DE 3º E 4º CICLOS / EJA
COORDENAÇÃO TÉCNICA PEDAGÓGICA DE LÍNGUA PORTUGUESA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA 1

Componente curricular: Língua Portuguesa

Ano: 9º Período: 1º bimestre

Tema: Produção de crônicas verbais e visuais

Objetos de conhecimento

Construção da textualidade
Consideração das condições de produção; Estratégias de produção: planejamento, textualização e revisão/edição
Habilidades

(EF89LP35) Criar contos ou crônicas (em especial, líricas), crônicas visuais, minicontos, narrativas de aventura e de ficção
científica, dentre outros, com temáticas próprias ao gênero, usando os conhecimentos sobre os constituintes estruturais e
recursos expressivos típicos dos gêneros narrativos pretendidos, e, no caso de produção em grupo, ferramentas de escrita
colaborativa.
(EF69LP51) Engajar-se ativamente nos processos de planejamento, textualização, revisão/ edição e reescrita, tendo em
vista as restrições temáticas, composicionais e estilísticas dos textos pretendidos e as configurações da situação de
produção – o leitor pretendido, o suporte, o contexto de circulação do texto, as finalidades etc. – e considerando a
imaginação, a estesia e a verossimilhança próprias ao texto literário.
Objetivos

 Planejar e produzir uma crônica sobre o local de vivência.


 Produzir uma crônica visual sobre esse mesmo local.
Organização

Tempo Espaço Material


Etapa 1 1 aula (50 min)  Sala de aula  Material de uso diário (lápis, canetas, caderno, etc.)
 Texto que fale sobre a relação entre a crônica e a fotografia.
Sugestão: "Inspiração" traz crônica visual de SP. Folha de
S.Paulo, 19 fev. 2004. Disponível em: <http://linkte.me/c2604>.
Acesso em: 12 nov. 2018.
 Fotografias que retratem o cotidiano de cidades. Sugestões:
Fotos de Arnaldo Papparlado. Disponíveis em:
<http://linkte.me/f9bn2>. Fotos de Alexandre Ermel. Disponíveis
em: <http://linkte.me/a2ky7>. Acessos em: 12 nov. 2018.
Etapa 2 2 aulas (100 min)  Sala de aula  Material de uso diário (lápis, canetas, caderno, etc.)
 Computadores com acesso à internet
Etapa 3 1 aula (50 min)  Sala de informática  Material de uso diário (lápis, canetas, caderno, etc.)
 Computadores com software de edição de texto e acesso à
internet
Desenvolvimento
Etapa 1
Aula 1

Inicie a aula perguntando aos alunos o que eles já sabem sobre o gênero crônica. Conduza a conversa de modo que
recordem que se trata de um gênero textual, originalmente, veiculado nos meios de comunicação. Além disso, relembre
que ela pode ser classificada como: jornalística, quando traz reflexões a partir de acontecimentos cotidianos; histórica,
PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
DIRETORIA TÉCNICO PEDAGÓGICA
DEPARTAMENTO DE 3º E 4º CICLOS / EJA
COORDENAÇÃO TÉCNICA PEDAGÓGICA DE LÍNGUA PORTUGUESA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA 1

quando retrata um período histórico; e humorística, quando se vale do humor para criar narrativas que criticam aspectos
da sociedade. Reforce que, apesar dessa nomenclatura, esses textos podem apresentar características de um ou mais
tipos, ou seja, uma crônica jornalística pode ter elementos cômicos, por exemplo.
Após esse momento de revisão, explique aos alunos que nesta aula eles irão planejar a escrita de uma crônica sobre o
cotidiano da cidade onde vivem e que, em seguida, vão imaginar uma fotografia que dialogue com a temática do texto e
que o acompanhe. Para que eles compreendam a relação entre a crônica e a fotografia, apresente alguns textos que
tratam desse assunto e que podem servir de modelo para a atividade. Uma sugestão é fazer a leitura compartilhada da
notícia “’Inspiração’ traz crônica visual de SP”, da Folha de S.Paulo (disponível em: <http://linkte.me/c2604>; acesso em:
12 nov. 2018). A partir dessa leitura, mostre aos alunos que os autores das crônicas publicadas no livro Inspiração
construíram imagens verbais para retratar algumas características da cidade de São Paulo, como o excesso de
informações e a velocidade da vida na metrópole. Isso foi feito com a intenção de fazer os leitores refletirem a respeito
dos benefícios e malefícios da vida nessa cidade. Se possível, apresente algumas das fotografias mencionadas no texto
da Folha para que a turma perceba de que forma elas também retratam a dinamicidade de São Paulo e dialogam com as
crônicas.
Depois disso, escreva na lousa algumas questões que podem orientar os alunos no planejamento da crônica:
 Que características do local onde vivo gostaria de ressaltar na minha crônica?

1. Que recursos linguísticos podem ser utilizados para destacar essas características?

2. Que cenas cotidianas exemplificam as características da cidade onde vivo?

3. Como essas cenas podem ser descritas?

4. Como posso construir meu texto a fim de provocar reflexão no leitor?

5. Qual seria a imagem ideal para representar esse cotidiano?

Em seguida, oriente-os a respondê-las no caderno.


Etapa 2
Aula 2

Nesta aula, os alunos vão elaborar a primeira versão da crônica sobre o local onde vivem. Porém, antes disso, retome
com eles as questões propostas na aula anterior. Então, sugira que releiam as respostas dadas de maneira a verificar se
são pertinentes ou se repensaram alguma estratégia para a escrita da crônica. Enquanto eles realizam essa tarefa,
aproveite para sanar possíveis dúvidas e reorientar o trabalho conforme as necessidades de cada um. Auxilie-os, também,
na etapa de escrita do texto.
Aula 3

No início desta aula, peça aos alunos que formem duplas de trabalho para revisar os textos escritos na aula anterior.
Então, sugira a eles que troquem o texto com o colega, de maneira que um possa corrigir o texto do outro. Em seguida,
transcreva o quadro abaixo na lousa para que os alunos tenham uma referência dos critérios que devem ser considerados
nessa avaliação. Aproveite esse momento para esclarecer dúvidas sobre a matriz de correção e sugira aos alunos que a
copiem no caderno para se orientar melhor nessa tarefa.
Não Em parte Sim

O local onde o autor vive está retratado adequadamente na crônica?

A crônica permite que o leitor reflita sobre algo relacionado ao local


onde o autor vive?
PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
DIRETORIA TÉCNICO PEDAGÓGICA
DEPARTAMENTO DE 3º E 4º CICLOS / EJA
COORDENAÇÃO TÉCNICA PEDAGÓGICA DE LÍNGUA PORTUGUESA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA 1

A linguagem da crônica contribui para a construção da imagem que


se quer transmitir da região?
Há desvios ortográficos no texto?

O texto segue as regras de concordância prescritas pela norma-


padrão?
A pontuação é expressiva? Ela está de acordo com a norma-padrão?

Oriente as duplas a escrever um bilhete para o colega com os aspectos positivos e negativos da crônica, sugerindo
melhorias. Depois disso, cada aluno deve reler seu texto a partir dos apontamentos do colega, verificando as alterações
necessárias. Então, deve escrever uma segunda versão, a qual deve ser entregue a você para a correção.
Como tarefa de casa, peça aos alunos que tirem uma fotografia de algo que dialogue com o conteúdo da crônica e levem-
na para a escola na aula seguinte. Caso avalie que não há como garantir que todos tenham acesso a câmeras fotográficas
e/ou impressoras, organize uma visita ao laboratório de informática da escola (se estiver disponível) e oriente os alunos
a procurar fotografias que, na opinião deles, “dialoguem” com o tema da crônica.
Etapa 3
Aula 4

Antes desta aula, providencie a correção dos textos. Então, no dia planejado para esta atividade, devolva as crônicas aos
alunos, pedindo a eles que verifiquem seus comentários e alterações. Depois disso, se achar oportuno, leve os alunos ao
laboratório de informática e solicite que digitem a versão final dos textos, incorporando seus apontamentos. Se julgar
oportuno, providencie a impressão das crônicas e das fotos previamente selecionadas, a fim de organizar uma exposição
desse conteúdo para a comunidade escolar.
Avaliação

Durante a realização desta sequência, observe o comportamento dos alunos: atente-se às perguntas e intervenções ao
longo das aulas e verifique o empenho e a contribuição de cada um deles nas etapas de produção textual (planejamento,
escrita, revisão, reescrita). Como critérios de avaliação da produção final, você pode utilizar o quadro sugerido na aula 3.
Para finalizar, avalie o desempenho dos alunos por intermédio de algumas questões, como:
 Os alunos elaboram o texto seguindo todas as instruções e orientações?
 Os alunos empregam vocabulário e recursos linguísticos adequados ao conteúdo da crônica?
 Os alunos escrevem textos com correção ortográfica e gramatical?
 Os alunos estabelecem relação entre texto verbal e não verbal, isto é, a fotografia “dialoga” com a crônica verbal?