Você está na página 1de 4

1 // GUILHERME CARVALHAL RIBAS, CONSIDERAÇÕES SOBRE A EVOLUÇÃO FILOGENÉTICA DO SISTEMA

NERVOSO, O COMPORTAMENTO E A EMERGÊNCIA DA CONSCIÊNCIA. REVISTA BRASILEIRA DE


PSIQUIATRIA. 2006;28(4):326-38 (ID 27305)
PSICOLOGIA EXPERIMENTAL, FISIOLÓGICA E COMPARATIVA > BASES BIOLÓGICAS DO COMPORTAMENTO
50 PONTOS
551 SEGUNDOS

O autor do texto, "Considerações sobre a evolução logenética do  sistema nervoso, o comportamento e a
emergência  da consciência", Guilherme Carvalhal Ribas,  trata dos aspectos genéricos da evolução
logenética do sistema nervoso, relacionando o comportamento com as funções cognitivas que
caracterizam o ser humano, utilizando a logênese do sistema nervoso como uma premissa para o estudo
do comportamento. Sobre o texto, marque a alternativa correta. 

Nos organismos mais complexos  o sistema nervoso proporciona adaptação ao meio ambiente
através de propriedades como a irritabilidade, condutibilidade e contratilidade. 

O Hipotálamo é responsável, dentre outras funções, pelas complexidades dos estímulos


sensitivos gerais. 

Segundo Edelman, a consciência inferior é a do ser humano, composta pelo pensamento pessoal
considerando passado, presente e futuro. 

Uma visão progressiva das complexidades nervosa e comportamental ao longo da evolução,


acarreta em questionamentos sobre o conceito de ontogênese. 

O que diferencia o cérebro humano dos demais animais é a presença de substância cinzenta e
branca. 

Resolução da questão
Veja abaixo o comentário da questão:

O hipotálamo  é responsável pelos estímulos sensitivos gerais, funções orgânicas e controle


neuroendócrino. 

Comentário da sua resposta:


Colocamos abaixo uma breve explicação sobre a alternativa que você marcou errada:

O hipotálamo é responsável pelos estímulos sensitivos gerais.


 

 Enviar para revisão

2 // HELOISA HELENA FARES (ID 49725)


PSICOLOGIA EXPERIMENTAL, FISIOLÓGICA E COMPARATIVA > NEUROANATOMOFISIOLOGIA
50 PONTOS
247 SEGUNDOS

Somos indivíduos! Esta a rmação nos faz pensar em individualização do ser.... e é isso, cada um de nós
segue condutas diferenciadas ao longo da vida e em diferentes situações que nos são apresentadas.
Algumas ações  são comuns à todos os seres: chorar, ter fome, se defender de um perigo. As diferentes
formas de agir, às quais denominamos conduta, são fruto da viciação das atitudes   traduzidas como
caminhos cerebrais sinápticos (também chamadas memórias). Sendo assim, em uma sinapse (ou local de
contato  entre dois neurônios) devemos considerar algumas estruturas envolvidas e, cujo perfeito
funcionamento garantirá a propagação do impulso elétrico e da resposta, condições às quais denominamos
popularmente de ação e reação.
 

Assinale a alternativa que contém todas as estruturas envolvidas no contexto "SINÁPTICO".

vesículas sinápticas > fenda sináptica > neurotransmissores > receptores;


 

fenda sináptica > neurotransmissores > receptores > botão sináptico;


 

fenda sináptica > receptores de neurotransmissores;


 

fenda sináptica > neurotransmissores > receptores.


 

botão sináptico > vesículas sinápticas > neurotransmissores > fenda sináptica  > receptores; 
 

Resolução da questão
Veja abaixo o comentário da questão:

botão sináptico > vesículas sinápticas > neurotransmissores > fenda sináptica  > receptores;

O encontro entre dois neurônios estabelece uma estrutura denominada sinapse; na platermina do
neurônio pré sináptico, vesículas produtoras de hormônios (NTs) liberam substâncias moduladoras da
condução elétrica no espaço (fenda) sináptico que, por a nidade química, se ligam à receptores dos
neurônios pós sinápticos, permitindo assim, a condução do estímulo e/ou da resposta.

Comentário da sua resposta:


Colocamos abaixo uma breve explicação sobre a alternativa que você marcou errada:
esta é a alternativa correta e que bem representa a sequência completa dos eventos; o botão
sinaptico é o ponto de encontro entre os dois neurônios, as vesiculas, por sua vez, são estruturas
localizadas na placa terminal neuronal e que liberam os hormônios (neurotransmissores) na fenda
sináptica.

 Enviar para revisão

3 // HELOISA HELENA FARES (ID 49818)


PSICOLOGIA EXPERIMENTAL, FISIOLÓGICA E COMPARATIVA > NEUROANATOMOFISIOLOGIA
0 PONTOS
1186 SEGUNDOS

Ao ser colocada a mão em uma chapa quente, por exemplo, o movimento de retirada da mão é re exo e
involuntário e inconsciente (OLIVEIRA,2005). Outras situações semelhantes podem ser observadas em
nosso dia a dia, como por exemplo, a freada brusca de um carro que nos coloca em alerta, ou mesmo as
expressões de SUSTO, quando nos deparamos repentinamente com o perigo. Esta situações todas são
monitoradas por nosso hipotálamo, mas processadas de forma inconsciente. A ordem é dada pela medula
espinal, e não pelo Cérebro (Cortex). Chamamos este fenômeno de inconsciente.....não existe
governabilidade sobre tirar ou não a mão, gritar e pular diante do perigo ou até sentir o coração disparar.
Fisiologicamente, estamos exempli cando:

que estas ações não são funções siológicas conhecidas, uma vez que não envolvem sistemas de
vias aferentes e eferentes.
 

que estas ações são atos conscientes, pois cada indivíduo reage de uma forma distinta.
 

o ato re exo ou ato medular, que é inconsciente.


 

as funções cerebelares, já que nosso cerebelo é responsável pelo equilibrio;


 

o sistema de recompensa cerebral, já que tudo que não nos dá prazer é traduzido por
nocicepção;
 

Resolução da questão
Veja abaixo o comentário da questão:

"o ato re exo ou ato medular, que é inconsciente".

 
Esta resposta explica o fenômeno inconsciente de luta pela sobrevivência, ligada à função hipotalâmica.
O Ato Re exo inclui os mecanismos de  defesa e fuga, ações elaboradas em nivel medular sem
interferência imediata das funções cerebrais.

Comentário da sua resposta:


Colocamos abaixo uma breve explicação sobre a alternativa que você marcou errada:

esta resposta é incorreta, pois aqui estamos falando de prazer ou desprazer consciente. 
 

 Enviar para revisão

4 // KROTON (ID 49817)


PSICOLOGIA EXPERIMENTAL, FISIOLÓGICA E COMPARATIVA > NEUROANATOMOFISIOLOGIA
50 PONTOS
16 SEGUNDOS

0:00

Frequentemente ouvimos e assistimos piadas, videos e charges de indivíduos com alteração de conduta, por
terem injerido bebidas com teores alcoólicos variáveis; a quantidade para produção de   efeitos   diversos
variam  de indivíduo para indivíduo, mas uma coisa é certa......após uns "goles a mais" estas pessoas exibem
"comportamentos" fora do normal, podendo variar dos "chatos" a "agressivos".

Este fenômeno de viciação, também conhecido como dependência química, tem bases siológicas
relacionadas ao funcionamento do Sistema Nervoso Central (SNC).

Qual das a rmativas abaixo apresenta uma forma de justi car cienti camente esta ocorrência?

O SNC tem a nidade química pelo álcool presente em destilados e fermentados indistintamente;
isto posto, é evidente que, a relação estabelecida entre Cortéx e seus registros ca anulada por
ação do álcool, permitindo, então, uma manifestação Hipotalâmica intensa e sem freio.
 

Não existe qualquer relação entre Cortex cerebral e Hipotálamo; o Cortex recebe informações
das vias aferentes, oriundas de diferentes regiões do corpo humano. O que acontece no caso
citado é apenas uma variação hormonal desencadeada pelo álcool e que favorece a coragem do
individuo.
 

Bebidas alcóolicas são utilizadas para diminuir a ansiedade e, assim, "dar coragem" ao indivíduo
para expressar seus sentimentos.
 

Você também pode gostar