Você está na página 1de 16

COLÉGIO GUARULHOS

TRABALHO DE CONCLUSÃO DO ENSINO


FUNDAMENTAL

ISADORA PEREIRA LEITE, JULIA OLIVEIRA, KAUAN SIQUEIRA,


LUANA SILVA, MILENA DELGHINGARO, ROBERTA CARVALHO

GÊNEROS TEXTUAIS
REPORTAGEM

Guarulhos – SP
2018
COLÉGIO GUARULHOS
TRABALHO DE CONCLUSÃO DO ENSINO
FUNDAMENTAL

ISADORA PEREIRA LEITE, JULIA OLIVEIRA, KAUAN SIQUEIRA,


LUANA SILVA, MILENA DELGHINGARO, ROBERTA CARVALHO

GÊNEROS TEXTUAIS
REPORTAGEM

Trabalho de Conclusão de Ensino


Fundamental como requisito de
aprovação parcial na disciplina
Português do 9º ano do Colégio
Guarulhos.
Professora Orientadora: Gilmara De
Oliveira da Silva.

Guarulhos – SP
2018
ISADORA PEREIRA LEITE, JULIA OLIVEIRA, KAUAN SIQUEIRA, LUANA SILVA,
MILENA DELGHINGARO, ROBERTA CARVALHO

GÊNEROS TEXTUAIS
Reportagem

Relatório final, apresentado ao Colégio


Guarulhos, como parte das exigências
para a conclusão do Ensino Fundamental
II.

__________, ___de__________de_____

BANCA EXAMINADORA

________________________________________
Prof. Gilmara de Oliveira da Silva
(Orientadora – Colégio Guarulhos)

________________________________________
Prof. Aroldo de Abreu Neiva
(Vice Coordenador – Colégio Guarulhos)

________________________________________
Prof. Cledenir Cordiolli Jr.
(Diretor – Colégio Guarulhos)

Guarulhos – SP
2018
Dedicamos este trabalho aos nossos
professores, a nossa orientadora Gilmara
e a todos aqui presentes por seus
ensinamentos, paciência е confiança ао
longo das supervisões das nossas
atividades no decorrer do ano. É um
prazer para nós, tê-los na banca
examinadora.

Guarulhos – SP
2018
AGRADECIMENTOS

Agradecemos a Deus por ter me dado saúde e força para superar as


dificuldades, a este colégio, a equipe de professores e coordenação, a nossa
orientadora Gilmara, pelo suporte no pouco tempo que lhe coube, pelas suas
correções e incentivos.
Aos nossos pais, pelo amor, incentivo e apoio incondicional.
E a todos que direta ou indiretamente fizeram parte da nossa formação, o nosso
imenso obrigado.

Resumo
Guarulhos – SP
2018
A reportagem é um gênero jornalístico que necessita de muitas informações. Deve
ter um conteúdo mais completo que a notícia.
A reportagem é um tipo de texto que tem o intuito de informar ao mesmo tempo que
prevê criar uma opinião nos leitores.
Apresenta uma estrutura similar à da notícia, a reportagem é mais ampla e menos
rígida na estrutura textual, a estrutura de uma reportagem é dívida em partes:
Manchete, Título principal e secundário, Lide, Corpo do texto.
Notícia e Reportagem diferem no seguinte aspecto: a primeira notícia um fato, e a
segunda precisa ir além de uma simples notificação, estabelecendo relações de
causa e efeito.
Alguns tipos de reportagem: Expositiva, Interpretativa, Opinativa, Reportagem de
ação, Reportagem de fatos e Reportagem Documental.
E finalizando para fazer uma boa reportagem é preciso que os fatos sejam bem
expostos com rigor e objetividade; devem ser relatar os fatos com clareza; o ponto
de vista deve ser original em seu enfoque.

Summary
Guarulhos – SP
2018
The report is a journalistic genre that needs a lot of information. It should have more
complete content than the news.
The report is a type of text that is intended to inform at the same time that it provides
for creating an opinion in the readers.
It presents a structure similar to that of the news, the report is broader and less rigid
in the textual structure, the structure of a report is debt in parts: Headline, Principal
and secondary title, Lide, Body of text.
News and Report differ in the following aspect: the first news a fact, and the second
needs to go beyond simple notification, establishing relationships of cause and effect.
Some types of reporting: Expositive, Interpretive, Opinion, Action reporting, Facts
reporting and Documentary reporting.
And finishing to make a good report it is necessary that the facts must be exposed
with rigor and objectivity; they should be reporting the facts clearly; the point of view
must be original in its approach.

Guarulhos – SP
2018
“A busca da verdade depende da
boa reportagem. ”

(Carl Bernstein)

SUMÁRIO
Guarulhos – SP
2018
1 INTRODUÇÃO......................................................................................................10

1.1 Reportagem.................................................................................................10

2 CLASSIFICAÇÃO DA REPORTAGEM:................................................................10

2.1 O que é uma reportagem?..........................................................................10

2.2 Estrutura básica de uma reportagem:.........................................................11

2.3 Principais características da reportagem:...................................................11

2.4 Pontos positivos da reportagem:.................................................................12

2.5 Pontos negativos da reportagem:...............................................................12

3 DIFERENÇA ENTRE REPORTAGEM E NOTÍCIA: .............................................13

4 TIPOS DE REPORTAGEM: .................................................................................13

4.1 Expositiva: ...................................................................................................13

4.2 Interpretativa:...............................................................................................13

4.3 Opinativa: ....................................................................................................13

4.5 Reportagem de Fatos:.................................................................................14

4.6 Reportagem Documental:............................................................................14

5 COMO FAZER UMA REPORTAGEM: ................................................................14

6 CONCLUSÃO.......................................................................................................15

7 REFERÊNCIAS....................................................................................................16

Guarulhos – SP
2018
1 INTRODUÇÃO

1.1 Reportagem

A reportagem é um gênero jornalístico que necessita de muitas informações.


Deve ter um conteúdo mais completo que a notícia. Para começar a pensar em fazer
uma reportagem jornalística de sucesso, o profissional de Jornalismo precisa além
de todo conhecimento técnico e básico de Jornalismo, utilizar uma linguagem clara e
objetiva, pois é necessário atingir e ser entendido por todos os tipos e estilos de
leitores.

Iremos analisar e explicar tudo sobre a reportagem, como ela é feita, o que é
necessário para que fique completa, coesa, e com todas as exigências realizadas,
para tornar a informação que chega ao leitor mais completa e explicativa.

2 CLASSIFICAÇÃO DA REPORTAGEM:

2.1 O que é uma reportagem?

A Reportagem é um tipo de texto que tem o intuito de informar ao mesmo


tempo que prevê criar uma opinião nos leitores, portanto, ela possui uma função
social muito importante como formadora de opinião.
A Reportagem pode ser um texto expositivo, informativo, descritivo, narrativo
ou opinativo.
Desse modo, ela pode tanto se aproximar da notícia quanto dos artigos
opinativos, porém não deve ser confundida com eles.
Expositivo e Informativo porque ele expõe sobre um determinado assunto,
com o intuito principal de informar o leitor.
Podem também ser textos descritivos e narrativos, uma vez que descrevem
ações e incluem tempo, espaço e personagens.
E por fim, é um texto opinativo, ou seja, o repórter apresenta juízos de valor
sobre o que está sendo discorrido.

Guarulhos – SP
2018
Geralmente são textos mais longos, opinativos e assinados pelos repórteres,
enquanto as notícias são textos relativamente curtos e impessoais que possuem o
intuito de somente informar o leitor de um fato atual ocorrido.
Em resumo, podemos dizer que a notícia faz parte do jornalismo informativo,
enquanto as reportagens fazem parte do chamado jornalismo opinativo.
Por esse motivo, a reportagem é um texto que precisa de mais tempo para
ser elaborado pelo repórter, donde se desenvolve um debate sobre um tema, de
modo mais abrangente que a notícia.

2.2 Estrutura básica de uma reportagem:

Embora apresenta uma estrutura similar à da notícia, a reportagem é mais


ampla e menos rígida na estrutura textual.
Ela pode incluir as opiniões e interpretações do autor, entrevistas e
depoimentos, análises de dados e pesquisa, causas e consequências, dados
estatísticos, dentre outros. A estrutura básica de uma reportagem é dividida em três
partes.
 Manchete: compõe-se de frases curtas e objetivas; apresenta-se em letras de
maior destaque, visando despertar o interesse do leitor para o que se quer
comunicar.
 Título Principal e Secundário: as reportagens, tal qual as notícias, podem
apresentar dois títulos, um principal e mais abrangente (chamado de
Manchete), e outro secundário (uma espécie de subtítulo) e mais específico.
 Lide: na linguagem jornalística a Lide corresponde aos primeiros parágrafos
dos textos jornalísticos, os quais devem conter as informações mais
importantes que serão discorridas pelo autor. Portanto, a Lide pode ser
considerada uma espécie de resumo, donde as palavras chave serão
apontadas.
 Corpo do Texto: Desenvolvimento do texto, sem perder de vista o que foi
apresentado na Lide. Nessa parte, o repórter reúne todas as informações e as
apresenta num texto coeso e coerente.

2.3 Principais características da reportagem:

Segue abaixo as principais características do gênero reportagem:

 Textos em primeira e terceira pessoa


 Presença de títulos
Guarulhos – SP
2018
 Temas sociais, políticos, econômicos
 Linguagem simples, clara e dinâmica
 Discurso direto e indireto
 Objetividade e subjetividade
 Linguagem formal
 Textos assinados pelo autor

Observe um fragmento de reportagem feita sobre um trabalho de Fernanda


Montenegro no cinema internacional:

“Na hora em que o diretor de filmes como Quatro casamentos e um funeral, O


sorriso de Monalisa e Harry Potter e o cálice de fogo telefonou chamando-a para sua
adaptação cinematográfica do livro O amor nos tempos da cólera, de Gabriel García
Márquez, ela lhe perguntou: – Por que não uma colombiana?
Newell insistiu: – Eu quero seus olhos. Venha para cá fazer o filme comigo. ”

O Globo, 22 dez. 2007.

Para que a informação seja o mais completa e objetiva possível, o jornalista


deve elaborar uma investigação exaustiva, durante a qual procurará resumir dados e
testemunhos de outras pessoas. Na reportagem costumam-se integrar várias formas
discursivas, em especial a descrição, a narração e a entrevista.

2.4 Pontos positivos da reportagem:

Uma ampla relação entre jornalista e fonte, pois é difícil uma matéria completa
e segura quando se tem uma má correlação com a fonte.
A grande quantidade de conteúdo para pesquisas, temos por exemplo o
“Google acadêmico” que tem uma vasta área de conhecimento de grandes nomes.

2.5 Pontos negativos da reportagem:

Nem todas as informações tem fontes seguras. Muitas vezes, os jornalistas


comentem o erro de não apurar no mínimo três fontes seguras.

Guarulhos – SP
2018
Com a rapidez da internet, jornalistas deixam de apurar a fonte pessoalmente
e acabam acreditando no “virtual”, que pode ser uma mentira.

3 DIFERENÇA ENTRE REPORTAGEM E NOTÍCIA

No que se refere aos aspectos do gênero textual, reportagem e notícia


apresentam semelhanças e diferenças. Os pontos em que se assemelham são
estruturais, ou seja, é comum identificarmos em ambas os mesmos elementos
constituintes.
Notícia e reportagem diferem no seguinte aspecto: a primeira notifica um fato,
e a segunda precisa ir além de uma simples notificação, estabelecendo relações de
causa e efeito, questionando, apresentando diferentes pontos de vista, dados etc.

4 TIPOS DE REPORTAGEM:

Existem seis principais tipos de reportagem, confira abaixo quais são e o que
significam.
4.1 Expositiva:

Na expositiva, os fatos são apresentados simples e objetivamente.

4.2 Interpretativa:

Na interpretativa, são estabelecidas conexões entre os acontecimentos e


apresentados comentários sobre eles, são feitos com mais detalhes.

4.3 Opinativa:

Na opinativa, os fatos são apresentados evidenciando-se a opinião do


repórter.

4.4 Reportagem de Ação:

A reportagem de ação, aquela que contempla um relato que prende o leitor


pela parte mais atraente logo em seu início;

Guarulhos – SP
2018
4.5 Reportagem de Fatos:

A reportagem de fatos, essa que apresenta relatos diretos e objetivos sobre


determinados acontecimentos;

4.6 Reportagem Documental

A reportagem documental, essa que nos leva a citações para os relatos


concretos e objetivos.

5 COMO FAZER UMA REPORTAGEM:

A reportagem é um gênero jornalístico informativo que amplia uma notícia.


Consiste em uma informação mais ou menos extensa sobre algum problema, fato ou
sucesso na atualidade. Pode tratar dos mais variados temas, sempre que estes
sejam relevantes cara o público e estejam conectados com a realidade.

A boa reportagem traz diferentes perspectivas do fato tratado para que, diante
da informação dada, o leitor tire suas próprias conclusões. Às vezes, quando o tema
é polêmico, entrevistam-se diferentes especialistas no assunto que dão opiniões
divergentes e complementares.

Para fazer uma boa reportagem, o repórter deve levar em conta as seguintes
normas:

 Os fatos devem ser expostos com rigor e objetividade, sem que haja opiniões
pessoais sobre eles.
 Devem-se relatar os fatos com clareza. Só se pode escrever claramente
sobre assuntos que se conhecem com profundidade; portanto, em toda
reportagem é imprescindível a documentação prévia.
 E necessário utilizar uma linguagem precisa, com palavras apropriadas e de
uso comum. Porém, quando o tema necessitar, convém utilizar jargões
técnicos. Por exemplo, em uma reportagem sobre astronautas, devem-se usar
termos como órbita ou cabine pressurizada.
 O ponto de vista deve ser original em seu enfoque: o jornalista levará a seus
leitores um novo modo de ver as coisas; será capaz de revelar novos ou
desconhecidos aspectos sobre o assunto.
 É conveniente que o texto tenha um começo atrativo e um desenvolvimento
interessante.

Compartilhe:

Guarulhos – SP
2018
6 CONCLUSÃO

Neste trabalho, obtivemos a certeza de que a reportagem é um tema importante,


e que deve ser muito valorizado por todos, por aqueles que recebem, leem ou
assistem com frequência reportagens tanto quanto pelos próprios cidadãos que
exercem a profissão do jornalista, repórter, entre outros.

A reportagem é importante de todas as maneiras, pois mantem a comunicação


mundial, incluindo temas como: violência, mudanças políticas, eleições, acidentes,
evoluções tecnológicas, e tantos outros temas que são necessários para nosso
conhecimento sobre o mundo e tudo que acontece ao seu redor, e para nosso
desenvolvimento intelectual.

É perceptível que a reportagem necessita de fatos concretos, de argumentos


válidos para um bom desenvolvimento do conteúdo falado ou escrito, de
aprofundamento no que está sendo dito, de pesquisas com fontes seguras para que
a informação transmitida ao leitor seja correta, pois nos dias atuais existem muitas
notícias falsas, as famosas Fake News, onde mentem sobre diversos assuntos,
pegando artefatos, que façam parecer real, causando impacto negativo na
sociedade, e na comunicação. Impondo na população a falta de confiança em
notícias pequenas ou reportagens grandes.

A reportagem deve ser muito valorizada pelo leitor, pelo grande tempo e
dedicação que é dado para que a informação chegue a nós de maneira original,
rígida, com opiniões, argumentos, dados que comprovem o dito, coisas atrativas,
manchetes, entre outras características do gênero.

Guarulhos – SP
2018
7 REFERÊNCIAS

https://www.coladaweb.com/como-fazer/reportagem

https://www.todamateria.com.br/genero-textual-reportagem/

https://www.infoescola.com/jornalismo/reportagem/

https://luizarochavillar.wordpress.com/2016/09/14/pontos-positivos-e-negativos-no-
jornalismo/

https://brainly.com.br/tarefa/9413006

Guarulhos – SP
2018