Você está na página 1de 13

http://www.youtube.com/watch?

v=gCrq45kksK4
(1-7) Lisa Bevere - A Mulher Confiante Luta Como Uma Garota

Esta tem sido uma tremenda conferência! Quero dizer que tem sido incrível ver as filhas
do Deus Altíssimo adorando perante ele! Estou muito animada com o que está começando em
suas vidas! Estou muito animada com o que vcs levarão daqui.
Eu era uma excelente pagã antes de me tornar cristã. Quando eu estudava numa
universidade no Arizona, queria entrar pro time da "ginástica sexual feminina", aos 19 anos de
idade. Eu não tinha um referencial cristão. Então eu fui salva aos 21 anos e foi o maior choque
da minha vida! Pensei: "Meu Deus! Sou totalmente imoral! Nem acredito nas escolhas que já
fiz!"
Depois, em cada gravidez minha, eu orava por um filho homem. Eu não queria uma filha
ruim como eu! Eu pedia: "Deus, me dá um filho, me dá um filho!" E quando cada um deles
nascia menino, eu pensava: "Graças a Deus, nunca terei uma filha como eu." Mas quantas
sabem que Deus ama nos fazer enfrentar aquilo que tememos? Ele quer te levar de volta ao
começo. Deus me fez escrever um livro sobre pureza sexual, -- o assunto que eu nunca mais
queria tocar – na visão de uma filha que conheceu o arrependimento.
Nós vivemos em um pesadelo sexual. E regras não irão te libertar. Precisamos ter um
sonho, e Deus quer cantar uma canção de ninar e contar uma estória para filhas jovens e
maduras, para colocar de volta pra dormir o que foi despertado de forma errada. Pureza sexual
não é um assunto para as jovens. Pureza sexual é um assunto para Mulheres! E é tempo de nós,
como mães e filhas e avós na casa de Deus, nos apossarmos disso novamente!
Nunca estive tão animada com o que Deus está fazendo no meio de suas filhas! Eu estive
observando e aguardando por 25 anos pelo que começo a ver agora! Por 25 anos tenho
procurado pelas filhas de Deus. Quando me converti e cheguei no meio evangélico, fui logo
dizendo: "Olha eu aqui!" Mas entenda que foi meu marido John quem me levou a Cristo, em
nosso primeiro encontro!
Ele me convidou a um piquenique e na faculdade se alguém te chama e diz "comida de graça",
vc vai! Lembro que cheguei lá com o John e as pessoas estavam cantando. Mas não canções
legais, como as que temos hoje. Eles cantavam canções ruins! A 25 anos atrás, vc tinha que
gostar da música, mesmo que fosse ruim! Lá estava eu sentada,eu que fui nascida católica, e pra
ser sincera, nunca tinha escutado o evangelho em toda minha vida. As pessoas levantavam as
mãos e eu dizia:
"Abaixa a mão! Olha o hinário aqui, qual o seu problema? Vc quer fazer alguma pergunta?" "A
letra está bem aqui, na sua frente!"
Pois na faculdade, se alguém levanta a mão vc acha que é uma pergunta! Fiquei nervosa
com aquilo e resolvi ler a letra da música. E li especialmente um verso que dizia que Jesus
cobre a tua vida. Que Deus não mais te vê,mas vê seu Filho em vc. Perguntei se Deus poderia
mesmo
me olhar um dia e não ver mais meu pecado. John sempre foi bom, só me disse: "É." Mas eu
tinha muito a ser coberto! Aquela noite andamos pelo campus, finalmente o interrompi, pois ele
pregou por 2 horas e meia! Minha mãe me falou sobre algo chamado arrebatamento. Ela pôs um
livro na estante e disse: "Isso é sobre o arrebatamento. Toda nossa família partirá, mas vc não.
Quando desaparecermos, vc precisa ler isto." Pensei "O que? Aonde eles vão?" Peguei o livro...
Deus destruindo o mundo. "Deus vai destruir o mundo!" pensei. Então fiquei com raiva, "Não
vou adorar um deus que vai destruir o mundo!" Mas, naquela noite, ouvindo o testemunho do
John, eu tive medo. Tive medo dele ser arrebatado e eu ficar sentada naquele banco e ser
destruída com o mundo.
Me lembro que perguntei:"O que preciso fazer? Quero fazer essa coisa de cristão agora mesmo!
Como é? Acendemos velas? Quero fazer isso! Quero fazer!" Ele disse:"Não acabei de pregar."
Quando ele terminou, o temor de Deus estava sobre mim. Eu dizia "Sim! Sim!" Ele disse:
"Confesse seus pecados." "...Pra vc? E se eu não lembrar?" "Então diga: Sou pecadora" Eu
disse: "Sou pecadora." Ele disse: "Tem mais uma coisa, a insensibilidade ao Espírito Santo." Me
lembro, quando ele começou a falar em línguas, pensei: "Isso não vai funcionar com o pessoal
da faculdade.
Vai ser meio estranho." Mas eu queria tudo que Deus tinha pra mim! Perguntei se Deus sabia do
que eu precisava. E eu não duraria nem dois dias se Deus não tivesse me enchido com o
Espírito Santo ali mesmo. Então eu tinha acabado de nascer de novo, fui cheia do Espírito
Santo, curada. E John me disse: "Agora vc é salva." Perguntei o que era isso. Ele disse: "Agora
vc está completa outra vez: Espírito, alma e corpo." Ele não tinha ideia de que eu era anoréxica,
não sabia dos meus problemas emocionais. Eu tomei posse daquilo! "Então não preciso mais ter
intolerância a lactose?"
"Ok, Deus... não sei do que ela está falando..." Ele só tinha 22 anos! "Não sei do que ela está
falando." Falei: "Não posso comer queijo, eu gosto muito de queijo!" "Ok, Deus, se tu podes
salvá-la, então certamente pode cuidar dessa... coisa do queijo."
Então no primeiro encontro com John eu nasci de novo, fui cheia do Espírito e curada! E decidi:
"Acho que posso casar com ele também." Qualquer um que faça tudo isso no primeiro encontro,
vc pode se casar com ele! Então estamos casados a 24 anos, temos 4 filhos lindos, glória a
Deus, sem filhas. Só filhas espirituais. Só filhas espirituais.
Mas eu amo os homens. Eu amo os homens. E ter filhos homens, me fez querer ser uma
Mulher melhor, sinceramente. Posso mostrar uma foto dos meus 4 meninos? Sou tão orgulhosa
deles! Tem uma foto que eles vão mostrar. Queria dizer que acredito em casamento arranjado.
Eu adoraria... Lá estão eles! Addinson está curvado pois tem 1.90m e John não quer ninguém
mais alto que ele na foto! Então, tem muita competição lá em casa. Addison tem 20 anos,
Austin tem 17, Alec tem 15 e Ardim, que é um fofo, no colo do pai, tem 11 anos. Eu amo meus
meninos, e digo que viver numa casa cheia de testosterona, fez muitas coisas comigo. Por
exemplo, começaram a nascer pelos no meu queixo. Não sei porque, acho que sentar no sofá
cheio de testosterona de alguma forma fez com que fosse transmitida pra mim. Mas isso me deu
realmente uma paixão, vcs sabem que homens e mulheres são mesmo diferentes! Nós temos
forças diferentes, temos desejos diferentes e devemos administrar a vida diferentemente.
Quero falar sobre ser uma Mulher Confiante à luz do que significa "Lutar Como Uma
Garota". Veja, lutar como uma Garota geralmente significa um soco fraco, um beliscão,
até morder, eu já fiz tudo isso, honestamente, pois tirando o meu filho mais novo, todo mundo é
mais forte do que eu! Eles riem de mim, dizem:"Mãe, o que foi isso?" "Era pra ser um soco?
Não senti nada!" "Deixa eu tentar de novo!" "Mãe, mãe... teu punho é tão pequeno! Não
queremos que vc quebre ele, vc é fraca mãe!" Então a força de uma Mulher não está no seu
físico. Há uma força diferente que a Mulher tem. E precisamos entender que ser uma Mulher
Confiante não é agir como um homem. Por 46 anos as feministas mentiram pra nós dizendo:
"Se quiser ser poderosa como Mulher, seja um homem!" "Seja um homem, entre no mudo dele,
derrote-o, destrua-o, humilhe-o. Vai, tome o lugar dele." Por 46 anos enquanto todas tentávamos
ser o homem, acho que perdemos a arte do que é ser uma Mulher. E Deus está reformando a
imagem de uma Mulher cristã. Deus está dizendo que não se trata de ser passiva, não se trata de
ser chorona. Mas diz respeito a ser poderosa, apaixonada!
E Deus procura por mulheres que não se ressentirão por serem mulheres. Vc precisa
compreender, a igreja precisa entender isso direito. Pois um ataque ao gênero é um ataque à
imagem de Deus. Gênesis 1:27 diz que Deus criou o ser humano à sua imagem, macho e fêmea.
Ele não os misturou, seu plano não foi homogêneo ou andrógino. Mas disse: "Deve haver
macho e deve haver fêmea, isso capta a minha imagem." Então um ataque ao gênero é um
ataque à própria imagem de Deus! Vc precisa entender, nós precisamos de muita clareza e de
verdade nessa área! Então qual o DNA do homem? X e Y, certo?X e Y. Imagine Adão
caminhando,X e Y, Deus gostou disso.
Mas pensou: "Eu imagino como seria se eu pegasse o X e elevasse ao quadrado..." "Gostaria de
saber como seria o X ao quadrado." Então a mulher estava dentro do homem, como uma
protetora oculta do seu coração. Adão estava nomeando todas as coisas, mas Deus o observava
dizendo:
"Não é bom que Adão esteja só, mas ele não sabe disso." "Então vou dar a ele uma tarefa:
Nomeie todos, Adão, todos os pares." E quando todos estavam em seu lugar, nomeados e em
pares,
Adão disse: "Não há ninguém igual a mim. São diferentes." E transmitiu esse anseio pra Deus,
que disse: "Adão, vc entregaria tua vida, pra eu tirar essa vida do lado do teu corpo, pra que ela
não mais fique escondida?" Foi Deus quem quis que a criação ouvisse o som da voz de Adão,
mas também quis que a criação ouvisse o som da voz de Eva.
Então a Mulher foi trazida pra fora e recebeu expressão feminina. E quando ela entrou
em cena, Adão se tornou completo. Em Eva todas as fraquezas de Adão se tornaram fortes.
Qual era sua fraqueza? Seu coração. Seu coração. O homem é fisicamente mais forte do que a
Mulher e usa sua força física para criar uma atmosfera para que a Mulher floresça, em sua força
do coração. Quando a Mulher chega, ela fala a linguagem do coração do homem, ela vê algo
nele que ninguém mais vê. A Mulher consegue ver algo em seus filhos, seus amigos, no seu
marido, que ninguém mais vê. E precisamos ser Mulheres guardiãs do coração para virmos a
elevar a vida.
Então a vida de Adão era limitada a ele mesmo mas quando Eva apareceu, de repente ele
tinha legado. Sua vida foi estendida, continuaria além dele mesmo. Ele possuía semente, mas
não onde plantar antes de Eva. Deus viu isso e disse: "É mesmo extraordinário." E Deus
abençoou Adão e Eva, em Gênesis 1:28. Por que abençoar, porque espirraram? Não, ele disse:
"Vou providenciar em suas vidas tudo que vcs precisarem." Vcs tem tudo que precisam pra
fazer tudo que Deus tem pra vcs. A bênção do Deus Altíssimo está sobre tua vida! Está dentro
de vc esperando pra sair.
Vc só precisa tomar posse! Então Deus os abençoa e lhes dá algo incrível! Ele os dá algo
chamado "Domínio". Ele diz: "Vos darei domínio sobre a terra." "Vos darei domínio sobre as
aves.
Vos darei domínio sobre os peixes." "Vos darei domínio sobre as plantas. Vos darei domínio
sobre os animais." Só houve uma coisa sobra a qual Deus não deu domínio a eles, vcs sabem o
q?
Quem souber diga alto. Ouvi "árvore da vida". Ok, "um ao outro". A única coisa sobre a qual
Adão e Eva não receberam domínio foi um ao outro. Ele não deu a Eva domínio sobre Adão.
Ele não deu a Adão domínio sobre Eva. Eles eram co-líderes, estavam lado a lado. Eram
incompletos um sem o outro! Por que motivo trabalhariam um contra o outro? Co-líderes. E
Deus olhou para eles:
um homem, uma Mulher, um coração e chamou de excelente em todos os aspectos. Excelente
em todos os aspectos. Agora quero dizer uma coisa: Mulheres Confiantes não agem como
homens, mas outro fato sobre Mulheres Confiantes é que gostam de outras Mulheres. Elas
gostam de outras Mulheres. Eu me identifiquei com Mulheres da plateia por anos, dizendo:
"Quantas aqui não gostam de Mulheres?" Elas se perguntavam: "Ela realmente perguntou, numa
conferência pra Mulheres quantas aqui não gostam de Mulheres?" "Acho que foi isso mesmo!"
E algumas levantavam as mãos, dizendo: "Eu gosto da pessoa ao meu lado, mas não gosto de
Mulheres em geral." "Eu me irrito com Mulheres." Eu ficava irritada também! Eu dizia pro
John como queria ter nascido homem! Quero dizer, eu penso como homem, sei que fisicamente
sou Mulher, mas Mulheres me irritam! Elas falam coisas que não pensam de verdade, pensando
coisas que não falam! Mas os caras são diretos com vc. Se estão com raiva eles te dão um soco!
Mas as irmãs louvam a Deus na sua frente e nas suas costas te dão uma facada! "John, eu
simplesmente não gosto de Mulheres!" Eu não devia mesmo gostar desse aspecto feminino, mas
eu não entendia o propósito original para as filhas de Deus.
As Mulheres nunca foram feitas para agir assim! Somos guardiãs do coração! Os
primeiros nove capítulos de Provérbios personificam a sabedoria como substantivo feminino.
Mulheres não deveriam ser fúteis, fofoqueiras. Fomos feitas pra ser extraordinárias filhas do
Rei! Então o que eu não gostava nas Mulheres ninguém deveria gostar! Lembro que John teve
uma experiência traumática, pois quando me pediu em casamento foi aí que me dei conta de
que sou Mulher!
Claro, eu sempre soube disso, mas me veio como uma bomba que eu estava pra começar a viver
o papel de uma Mulher pro resto da vida, pois John certamente não iria faze-lo por mim!
Lembro de John falando como eu me submeteria a ele e eu disse: "Não diga isso de novo!"
"Não diz a palavra com S outra vez, para!" E conversamos, noivamos,e eu pensava mais e mais:
"Odeio ser Mulher! Odeio ser Mulher! É tão limitador!" O John disse: "Ok, vou te levar até
uma amiga pra vcs conversarem." Fomos então até a casa dela,e ele disse: "Ela me disse que
odeia ser Mulher e, bem, estamos noivos. Vc pode dar um jeito nisso?" Lembro que ela veio até
mim, a 25 anos atrás, colocou a mão nos meu ombro e disse: "Querida, eu entendo." Eu dizia:
"Obrigado! Obrigado!" Não sei, mas a 25 anos atrás era suficiente ser compreendida por achar
limitador ser Mulher. Mas não é suficiente agora. Não é mais suficiente pois isso sequer é
verdade!
Na verdade, como já dissemos, havia um problema no paraíso: era que o homem estava
só.
E Deus tinha resposta a esse problema. Era a Mulher. Mulher, vc não é um problema na casa de
Deus. Vc é uma resposta! Filhas do Altíssimo, vcs não são um problema no mercado. Vcs são
uma resposta! Filhas, vcs não são um problema em nenhuma área da vida, da família. Vcs são
uma resposta! Mas sabe de uma coisa? Se vc crer que é um problema por tempo suficiente,
começa a agir como um. Começa a enxergar com uma mentalidade de problema. Mas Deus
busca Mulheres que vão acordar todo dia e dizer: "Sabe, existe algum problema neste mundo
para o qual eu fui especialmente preparada para ser a resposta." "Eu sou uma resposta, não um
problema."
Olhe pra sua irmã e diga:"Irmã" Olhe e diga: "Irmã, vc é uma resposta, não um problema."
As Mulheres geralmente acham que homens são respostas e que outras Mulheres são
problemas. Toda revista diz que se vc conseguir o homem, então será feliz...
Quantas são casadas aqui? Faça um sinal... Glória a Deus. Vc conseguiu o homem? Isso
resolveu todos os teus problemas? Não! Não é pra ser assim! O homem não é tua resposta nem
o teu problema! Deus é tua resposta!
Deus é tua resposta e precisamos que nossa fonte de vida seja Deus! Então filhas, vcs
são uma resposta e não um problema, e a feminilidade de vcs é uma resposta, não um problema.

Mas quantas sabem que a queda prejudicou muitas áreas? Quantas sabem que havia um plano
original, então veio a queda e, de repente, aquela que era a resposta, da qual Adão disse "esta é
o que eu queria" e deu sua costela "Era exatamente o que eu procurava..."
Agora Adão está com raiva de Deus. "Deus, esta Mulher que trouxeste, não sei como veio parar
aqui. Eu só queria dormir, e ela apareceu! Não sei, não lembro de ter pedido por ela!
Essa Mulher que tu me deste é um problema, não uma resposta." Começou a mudar de opinião
de acordo com a maré. Vemos que Deus havia lhes dado o domínio, mas com a queda, tudo
começou a mudar. "Domínio" na sua forma caída para o homem se tornou em "Dominação" e o
"Domínio" da Mulher com a queda se tornou em "Manipulação". Pois se eu não posso vencê-
los pela força, vencerei pela manipulação. A "ordem" dos dois que eram um só se transforma
em "desordem", ou "caos". A bíblia diz que o desejo da Mulher seria alcançar a posição do seu
marido e ele a governaria, e a multiplicação agora se torna em divisão. Sabe de uma coisa? A
queda bagunçou uma porção de áreas. Perdemos nosso relacionamento com Deus, perdemos
nosso relacionamento com o planeta e perdemos nosso relacionamento uns com os outros. Mas
quantas sabem que não estamos mais debaixo da queda? A bíblia diz que Jesus veio fazer o
que? Buscar e salvar...
Algumas dizem "o perdido" mas é muito importante saber esse versículo. A bíblia diz
que Jesus veio buscar e salvar "aquele que estava perdido" ou ainda "o que estava perdido". E o
que estava perdido? Tudo! Tudo! Relacionamento de irmã com irmã, relacionamento de irmão
com irmão, relacionamento de marido com esposa, relacionamento de pais e filhos... Não
apenas nosso relacionamento com Deus! Nós nos permitimos sermos encurralados como
cristãos e pregamos um evangelho que diz: "Para onde vc irá quando morrer?" Queremos ir
para o céu? Ótimo!
Mas não se trata de onde vc irá quando morrer. Morremos no momento em que nascemos de
novo!
E a vida que vc vive não é mais tua vida, é a vida que Jesus providenciou pra vc. Se trata de
tomar de volta TUDO que estava perdido! A bíblia diz que Jesus veio para que tenhamos vida e
vida com abundância, ou vida plena, que significa "Domínio". Domínio.
Satanás não quer que vc saiba o quanto é poderosa! Ele tem medo da revelação das filhas
de Deus mais do que quase qualquer outra coisa! É por isso que por 40, quase 50 anos ele
tentou fazer vc agir como um homem. Por que ele iria ter medo de Mulheres que agem como se
fossem homens
mais do que teria medo de homens que agem como se fossem Mulheres? Não é uma posição de
força, Mulheres. Isso nos leva pra longe da nossa força! Como Mulheres Confiantes temos que
entender bem a questão do gênero e compreender: não se trata do lugar de destino mas de tomar
de volta o que se perdeu. Sabe, vou dizer honestamente, eu vivi em cadeias a minha vida cristã
por anos até nascer meu segundo filho. E quando tive meu segundo filho... Bem, o primeiro
puxou ao John, seu pai, mesmo senso de justiça, de verdade, preto no branco. Já o segundo
puxou a mim, com tendência à rebelião. Do tipo... "Por quê? Por quê? Por que não posso vir até
aqui?" Me lembro na criação dele, eu sempre dava uma escolha pra ele pensar que havia
escolhido me obedecer.
Pois não obedeceria se eu dissesse "Não pode fazer isso!" Ao receber um limite ele logo sentia
compulsão de quebrá-lo. Me lembro que ele era tão destemido, logo quando nasceu ele se virou
com 20 segundos de idade. Colocamos ele sobre a barriga, ele se virou de novo! "Acho que ele
quer ficar de costas." Ele andou de bicicleta sem as rodinhas de apoio aos dois anos e um mês.
Não três, dois anos e um mês! Addison, o mais velho, quando tiramos as rodinhas era cauteloso,
nós empurrávamos a bicicleta, ele olhava pra trás o tempo todo, "Não solta!" "Ok." O segundo
olhou a bicicleta, apontou as rodinhas, resmungou, gritou! John disse: "Vamos tirar. Ele vai
subir, cair, nós ajudamos a subir de novo." Seguramos uma vez, e ele disparou! "Puxa vida!"
Achei que nem desse pra andar sem as rodinhas! Ele era totalmente destemido. Mas algo
aconteceu por volta dos 3, 4 anos de idade. Comecei a ouvi-lo dizer coisas que eram medos que
eu tinha, mas nunca tinha dito a ele! Como: "Não posso fazer isso." "Quem disse que não pode?
Quem disse isso? Vc pode fazer o que quiser!" Um dia eu orava e perguntei: "Deus, por que ele
está com tanto medo? De onde está vindo isso?" O Espírito Santo respondeu: "Lisa, teus filhos
vão ouvir só uma destas duas opções:
Ou escutarão as minhas promessas, ou os teus medos. Vc precisa enfrentar teus medos pra
posicioná-los a receber minhas promessas." Não me libertei de mim mesma por minha causa,
pois já me acostumara ao cativeiro. Mas eu me libertei por causa do meu filho! Disse: "Não
verei mais o meu filho caminhar em medo depois de ver que Deus o fez tão ilimitado!" E Deus
sente o mesmo a teu respeito! Deus te preparou pra fazer muito mais abundantemente além
daquilo que pedimos,
pensamos, esperamos e cremos! Mas não pode fazer sem vc! Pois é de acordo com seu poder
trabalhando em vc. Então ele tem que afastar os medos, que é o próximo tópico: "Mulheres
Confiantes enfrentam seus medos." Vc enfrenta os medos, não foge deles! Algumas aqui
ouviram outras pregações sobre "sair do barco" e "alcançar seu lugar de força". Posso ouvir em
meu espírito dizerem: "Eu não tenho força! É por isso mesmo que estou no barco!" Às vezes
quando enfrenta seu medo vc encontra sua força. Está escondida lá. Não sei se sabem mas sou
aleijada. Tiveram que por a mesinha deste lado pois se pusessem do outro eu poderia tropeçar e
danificar a iluminação.
Sou totalmente cega deste olho. Este olho é de plástico. Perdi um olho pro câncer aos 5 anos de
idade. Nessa idade um espírito de medo veio sobre a minha vida com muita força. Em casa eu
brincava com a lanterna, minha mãe reparou uma pupila dilatada, a outra não, me levaram pro
hospital, tiraram meu olho e, na manhã seguinte, eu acordei furiosa! Achei um absurdo, me
senti violentada! Quando acordei na sala de cirurgia arranquei o curativo! Foi a primeira coisa
que eu fiz! Eu estava com muita, muita raiva! Porque eu tinha medo! Medo! A raiva encobre o
medo. Me lembro que muitas coisas na minha vida eram respostas automáticas. Eu tinha medo,
queria evitar situações que me amedrontavam. Nunca fui líder de torcida. Nunca falei em
público no colégio.
Eu cresci em Indiana...
No ensino médio era preciso fazer "discurso" ou "debate" para se formar.
Só a ideia de ficar de frente a uma plateia e falar era aterradora. Mas argumentar e tentar vencer,
de jeito nenhum! Então não fiz debate, fiz discurso. Me lembro de entrar na classe, ir pra frente
e ficar só olhando pra eles. O professor disse: "Tudo bem, saia e recomece" Eu estava
preparada! Até demais, tinha anotações, tudo! "Ok, saia e volte." Eu voltei, olhei para eles e
ouvi alguém sussurrar: "Cíclope. Caolha." Eu recolhi minhas coisas e corri pra fora da sala. Fui
até a coordenadoria e disse:
"Não é justo! Não posso passar em discurso! Eu sou aleijada, vcs tem que entender que é difícil
demais pra mim ficar de pé perante 12 pessoas e discursar!" E me disseram: "Sabe, vc está
certa.
Vamos dispensar vc dessa matéria, vc não falará em público nunca!" Eu NUNCA falarei em
público! "Vamos te dispensar disso, faça outra matéria no lugar." "Farei isso!" Então lembrei e
disse: "Aproveitando, há outra matéria que tem sido muito difícil" "Qual?" Respondi:
"Datilografia." "Datilografar é impossível pra mim." Na época tínhamos as máquinas de
escrever e o papel assim. Eu ficava: "Cadê minha mão? Cadê as teclas?" Não consigo enxergar
pra escrever! Quando me viro, não vejo nada! Às vezes se os dedos ficavam uma tecla a mais
pro lado, só tinha xingamentos! Trinta palavras por minuto assim: s(A%l#hqp*xr@
"Eu não consigo!" "Sabe de uma coisa, vc pode pagar alguém pra datilografar seus trabalhos"
Disse: "Eu vou mesmo!" Então eu saí daquela sala me sentindo livre! Como se tirasse uma
tonelada dos ombros! "Nunca vou datilografar!" "Nunca vou falar em publico! Estou livre!"
E Deus dava risada! Deus ria muito! Ele dizia: "Bebê, sabemos que é muito difícil pra vc agora.

Vamos te dar um descanso na datilografia, pois logo vc estará escrevendo seus livros ou
editando os do seu marido pro resto da vida. Vc não quer falar para 12 pessoas? Sabemos que é
muito difícil.
Vamos esperar, logo serão centenas, milhares! Vamos te por na TV pra te levar ao limite da
diarréia!
Faremos isso por vc. Veja, Deus não está interessado nas áreas em que vc é forte e por isso ele é
fraco. Deus está interessado nas áreas em que ele é forte na sua vida. Vc foi feita para dar a ele
toda a glória! Vc foi feita sob medida. E Deus acha engraçado! Engraçado! "Vídeos mais
engraçados do mundo no céu. Vamos ver a Lisa vomitar, vejamos..." Deus ama isso! Ele é como
um pai/mãe
que sabe que quando vc enfrenta o que teme se torna destemido. Filhas, ele as quer totalmente
livres para que possam ser totalmente dele. É para a liberdade que Cristo vos libertou. Não para
um ministério. Não para o paraíso. Não para vc parar de irritar seu marido. É para a liberdade
que Cristo vos libertou! Deus te equipou com tudo que precisa! Ouvi a palavra da Joyce
ontem... não há mais desculpas. Não há nada que não tenha sido entregue em suas mãos neste
evento. A presença de Deus. O ensinamento sobre liderança de John Maxwell. Vcs tiveram essa
atmosfera de céus abertos e receberam cada ferramenta que precisavam, apresentadas de todos
os ângulos.
Foi tão incrível, houve provisão pra vcs em todas as áreas! Chegou o momento! Vcs não
querem ter limites. Não querem viver num reino pequeno. Querem que Deus alargue suas vidas.
A próxima coisa que quero dizer sobre Mulheres Confiantes: Elas sabem manejar suas espadas.
Elas sabem manejar suas espadas. John mandou trazer uma espada de dois gumes da Alemanha.
Gosto de fingir que sou "sarada", não sou, mas gosto de fingir que sou assim, forte. Bem, a
espada estava na mesa dele eu decidi que queria empunhá-la. Fui no escritório pegar a espada.
Quando tentei, pra começar o cabo era largo demais, difícil de segurar! Mas eu me via como a
Coração Valente, Xena, a Princesa Guerreira! Então peguei e quando levantei, meu braço
começou a tremer! Foi então que lembrei, meu tríceps não é bom. Meus filhos gostam do meu
tríceps. Eles balançam ele!
Eles entram na cozinha... "Olha o braço da mamãe!" "Mãe, vc tem braços molengas!" "Olha,
balança o braço da mamãe!" "Para! Isso é maldade! Sua esposa vai ficar uma fera com você
por balançar os tríceps dela. Não toque..." "Mas é bonitinho!" "Não tem nada de bonito em
balançar tríceps! Não façam isso comigo!" "Ok, essa arma é de dois gumes, então não posso
levantar com um braço só." A ponta nem saiu da mesa. "Vou levantar com os dois!" Lá estava
eu de pé no escritório, tentando não quebrar os abajures do John. Então pensei: "Não se fica em
pé com uma espada num escritório! Vc tem que se olhar no espelho!" Lá vou eu manobrando
com a espada até o banheiro, tentando não estragar as paredes no caminho. Eu me olho no
espelho e tento parecer intimidadora com minha espada! Então ouvi o Espírito Santo falar
comigo: "Eu confiei a lâmina da minha espada..." Vcs sabem que a palavra dele é como espada
de dois gumes! "...para meus filhos, para executarem justiça, juízo e proteção.
Mas para minhas filhas eu dou a parte lisa da espada, para transferir honra e título." Eu
estava bem até este nível, mas assim que levantei e cheguei até os tríceps, tivemos um
problema.
Mulheres, somos ungidas para separar os homens como príncipes do Deus Altíssimo. Podemos
transferir título, legado e honra. Devemos usar a ministração da Palavra de Deus para elevar a
vida, preservar a vida, estender a vida, subir o nível da vida! Quando os homens conquistavam
o Oeste construíram bares e bordéis. Só quando as Mulheres chegaram, chegaram também as
escolas e as igrejas. A Mulher dá ao homem uma razão para seu trabalho. E precisamos
daqueles que empunhem a espada em justiça. E precisamos daquelas que empunhem a espada
na corte, para transferir honra e glória. As Mulheres são descritas, definidas como a glória dos
homens. Isso me aborrecia muito!
"O homem é a glória de Deus, a Mulher é a glória do homem!" Eu quero ser a glória de Deus!
Quero que John seja a minha glória! Não quero ser a glória de homens! Quero ser a glória de
Deus!
Só que juntos, macho e fêmea, como a humanidade, representam a glória de Deus!
Mas no relacionamento homem-Mulher, a Mulher é a glória. Precisamos definir glória pra
entender o que isso significa. Glória é aquilo que inspira temor reverente, admiração ou
esplendor.
Veja, se eu for ao banheiro dos meus filhos lá não encontrarei nenhum perfume, nada que atraia
para um relacionamento. Creio que rapazes são os melhores poupadores de água!
"Pra que dar descarga se outros ainda vão usar?" Não entendo. Passo pelos banheiros...
Como pode ser difícil puxar a descarga assim? "Legal mãe! Faça isso!" Eu nem vou muito ao
andar de cima ver as toalhas no chão. Não há nada que traga um perfume, nada que traga
beleza.
Na verdade meu filho de 11 está celebrando coisas que fedem no momento.
Ele diz: "Mãe, cheira minha axila!" "Ok, muito masculino. Ótimo."
"Olha os meus pelos!" puxando os fios. "Ok. Lindo! Muito legal." Então caras são totalmente
diferentes. Mas se vc for ao meu banheiro, há perfume, há creme hidratante. Há elementos de
beleza. Por quê? Pois quero que quando meu marido me veja, deseje me atrair pra si.
São as Mulheres que fazem a conexão no relacionamento. Somos nós que atraímos o homem
para dentro. E isso é um tremendo privilégio.
O que me leva a outra coisa que as Mulheres Confiantes são: Guardiãs do coração. A
bíblia diz em Provérbios 31 que "o coração do seu marido está nela confiado". Não há missão
mais nobre
do que guardar o coração de alguém. Vc poderia guardar seus pertences mas guarda o seu
coração.
E sabe de uma coisa? Sou casada a 24 anos. E nos primeiros quatro anos eu errei muito, muito
mesmo. Quando não tem crianças te observando vc faz muitas coisas estúpidas! Nos primeiros
quatro anos, John e eu parecíamos dois lutadores de telequete. John queria interromper minha
conversa e bloquear a porta. Sabe o que eu fazia? Dava ré e me jogava contra ele! "Homem
nenhum vai me prender numa sala que eu não queira ficar!" Eu me jogava nele, brigávamos,
mas sempre havia o milagre domingo de manhã ao chegar no estacionamento da igreja:
virávamos Barbie e Ken
e acenávamos pra todo mundo! "Olá! Glória a Deus, vamos entrar!" E segurávamos as mãos um
do outro no culto. Todos achavam bonito, mas não, era comunicação. Porque em certos pontos
da mensagem como: "Maridos, amem suas esposas" eu apertava a mão dele! E em outras como:
"Melhor habitar num canto do telhado do que com uma Mulher rixosa" ele é que apertava a
minha!
A gente ficava apertando as mãos, e nos diziam: "Eu vejo a mão de Deus sobre vcs." Só se for
pra nos acertar: "Já chega! Se vcs continuarem se tratando assim, vou ter acertar os dois!" Nos
primeiro 4 anos a gente realmente não sabia como tratar um ao outro! Até tentamos nos abrir
para alguns casais, tipo: "Ei... vc já brigou com teu marido e no fim viu que estava com um
abajur na mão?
Já aconteceu?" "Não." "Nem comigo! Nunca! Nós... Deus nos uniu, eu e John somos um só!
Somos ungidos... somos ungidos."Mas era mentira! E as pessoas achavam melhor não admitir
que tinham problemas... Então preferiam ficar à distancia, como se fossemos leprosos, Como se
casamento ruim fosse contagioso.
Lembro que fomos então consertando as coisas pelo caminho, às vezes o conserto não
dava certo. Mas basicamente nos primeiros 4 anos, nós brigamos. Eu usava minha unção para
ser crítica.
Quantas sabem que antes de casar com seu marido vc costumava ter uma visão do homem que
ele poderia ser se colaborasse com vc? Ele era legal quando vcs namoravam. Mas de repente, a
unção vem sobre você e vc consegue enxergar cada falha que ele tem. Coisas que a mãe dele
não detectou em 22 anos! Mas eu: "Vejo esse defeito. Eu vejo! Posso te ajudar com isso! Sou
tua resposta, irmão!
Deixa eu te ajudar com isso agora mesmo!" E John tinha suas próprias visões de uma esposa
doce, colaboradora e submissa. Então causamos muito estrago. Vcs nunca edificarão seu
casamento
apontando as fraquezas um do outro. Vc edifica seu casamento mostrando os pontos fortes um
do outro. É assim que a Mulher sábia edifica sua casa. Temos que ser Mulheres que
propositalmente
edificam a vida de outras pessoas. Edificamos a vida de nossos maridos, filhos, amigos, com as
nossas palavras. Porque temos acesso mais íntimo, conseguimos trabalhar mais profundamente.
Mas também por termos acesso mais íntimo, quando a influência feminina é para o mal
a coisa fica muito, muito ruim. Veja, eu fui decepcionada pelos homens, mas fui ferida pelas
minhas irmãs. Por quê? Porque tinham acesso ao meu coração. Lembra no jardim de infância,
se quisesse jogar bola com os garotos eles mandavam uma bolada bem no teu rosto! Se
aguentasse, diziam:
"Ok, pode jogar."Ou te davam um empurrão daqueles! "Ok, essa não vai ficar choramingando.
Pode entrar no time." Mas as Garotas não se relacionavam assim. As Garotas de 5 anos de idade

já estavam fechadas em suas panelinhas, escondendo os corações e almas. E ficavam fechadas,


se vc se aproximasse mas não fosse parte daquele grupo, recebia uma... jogada de cabelos. Uma
virada de ombros. Nada disso é novo, já acontece a muito tempo! Os meninos não te queriam se
chorasse.
Mas as Garotas queriam que vc chorasse! "Eu quero... quero te ver chorar. Quero ver que
consigo ter algum acesso." Acho que um pouco disso é por não aprendermos a valorizar a nossa
feminilidade e esse acesso íntimo que recebemos para construir e restaurar. Então, como
Mulheres Confiantes, não vamos voltar pra casa dizendo: "Ei! Estou cansada de você me
jogando pra baixo!
Estou fazendo o mesmo em tudo que vc me prejudicou! Estou tomando o controle!"
Não faremos isso! Voltaremos para casa, agora edificadas e vamos edificar! Vamos edificar!
Vamos declarar vida e bênção e força! Digo isso a vcs pois eu sei, eu sei que quando estamos
nessa atmosfera, "Sim, farei isso!" Satanás vem imediatamente para roubar a palavra!
Imediatamente, antes mesmo de voltarmos pra casa. Vc precisa guardá-la,precisa ser
firme com isso! E precisa decidir que não será roubada em NADA do que Deus colocou em tua
vida hoje!
Como Mulheres Confiantes vamos edificar outras vidas, pois entendemos que guardamos os
seus corações. Somos as guardiães dos corações de nossos filhos! Sabe, dois anos atrás vim a
uma conferência e a Joyce Meyer pregou sobre a estória de Abraão,como Deus falou com ele:
"Quero que saia da tenda. Não espie pela janela nem pela porta..."
Eu conheço bem a passagem, então quando alguém fala sobre Abraão minha mente diz "Já sei!"
Meu cérebro diz que a mensagem é conhecida. Foi quando o Espírito me disse: "Você, escute!
Escute!" Então eu ouvi.
Decidi que ia ouvir como se fosse pela primeira vez. Ouvi Joyce falar sobre Abraão
saindo da tenda pra contar as estrelas. E enquanto escutava naquela reunião, o Espírito Santo
me disse: "Leva teu filho mais velho pra fora da tenda, sua e do John, e diga a ele pra contar as
estrelas." Veja, precisamos ser capazes de posicionar nossos filhos para que vejam coisas que
nós nunca vimos! Creio que somos mães diante de uma geração que verá face a face coisas que
nós
só vimos à distância. Creio que falamos com pessoas jovens que por sua vez falarão
diretamente a coisas que nós só sussurramos em oração. E creio que eles tomarão em suas mãos
coisas que nós apenas pegamos em espírito. Eles precisam sair da tenda do que nós
conhecemos, do que fizemos, do que vimos, pois o que vi não é suficiente para me satisfazer.
Não sei quanto a vc, mas quero algo mais do que eu já vi! E são as Mulheres que tem essa
capacidade de ter algo mais dentro delas.
O não visto que é dado à luz, ao que é visto. Débora foi uma tal Mulher. Débora foi juíza
em Israel por vinte anos. Por vinte anos ela se sentava para isso debaixo de sua palmeira.
Quando li isso pensei: "Amei esse trabalho! Posso sentar debaixo da palmeira e julgar pessoas o
dia inteiro!
Seria um emprego ótimo pra mim! Eu já julgo e não recebo por isso, tenho praticado para isso
por anos, adoraria ser Débora!" Mas sabe de uma coisa? Nada muda quando vc se senta e julga.
Por vinte anos ela falou sobre a luta interna de Israel. Israel lutava internamente, enquanto isso
os inimigos à sua volta se tornavam mais fortes. Novecentas carruagens de ferro perseguindo os
homens. Uma Mulher sentada debaixo da palmeira. O que ela poderia fazer, afinal penso que
não a consideravam uma ameaça. Mas veio o dia em que Débora acordou não como profetisa, o
que seria ótimo, ser a juíza e a autoridade máxima espiritual, ninguém poderia discordar dela!
"Ei, sou a profetisa! Aval legal e aval divino." Débora -- Chefe do Mundo.
Mas não foi o que ela fez! Naquele dia ela acordou e se levantou como mãe em Israel
.Ela não ficou sentada julgando mas olhou em volta e disse: "O modo como as coisas estão
não é como deveriam estar e eu vou usar minha influência e minha vida para ver as coisas
mudarem
do modo como são para o modo como devem ser." Onde estão as mães na casa de Deus que
estão fartas de sentar-se e julgar? Mulheres Confiantes não sentam e julgam, elas dizem: "Vou
me por de pé na brecha para ver as coisas mudarem!" E quando Débora despertou, ela declarou
força para um homem chamado Baraque. Quando as Déboras despertarem, os príncipes
começarão a se erguer!
Quando as mães na casa de Deus começarem a despertar, não virão jogando os homens de lado.
Virão dizendo:"Não é Deus convosco? Ide e enfrentai o inimigo,vocês o derrotarão!"
Precisamos de Mulheres que estarão ao lado dos homens declarando a palavra de Deus a
eles, em força! Mas Baraque foi cativo e oprimido por tanto tempo! Ele disse: "Sabe de uma
coisa, Débora? Eu irei, mas só se vc for comigo." "Ok, mas da forma que vc quer, a honra ficará
com uma Mulher." E não falava de si mesma. Falava de uma de minhas Mulheres favoritas,
Jael. Jael, a violenta. Jael, a cananita. Jael, aquela que habita em tendas. O que é incrível sobre
Jael é que seu marido foi o espia que enviou mensagem a Sísera de que os israelitas estavam se
agrupando.
Eis então uma associação da família dela com o inimigo. Mas sabe de uma coisa? Quando Deus
começa a fazer algo, todas as associações e alianças velhas chegam ao fim. Amo o salmo 45 que
diz: "Esquece a casa de teu pai pois o Rei se encantou de tua formosura."
Meu pai nasceu em St Louis. Meu pai era um alcoólatra. Creio no chamado de Deus pra
vida dele, mas ele nunca o cumpriu. E viveu sua vida realmente em desespero. Quando fomos
avaliar nosso casamento, John tinha todos os pontos positivos, eu tinha todos os negativos.
Lembro da família dele dizendo: "Houve muitos divórcios naquela família, nós nunca tivemos."
E lembro que nos primeiros anos ouvi algumas vezes: "Isso não é do nosso lado da família,
deve ser do seu lado."
Eu dizia: "É tudo meu, tenho certeza que tudo de ruim vem da minha linhagem!" Mas não se
trata da nossa linhagem natural. Se trata da nossa linhagem espiritual!
Pois diz o salmo 45 que "ao invés da semelhança do teu pai estabelecerás os teus filhos
como príncipes, à semelhança do teu marido". Jesus está estabelecendo linhagem real para suas
filhas. Vc pode separar os teus filhos, pode separar as vidas que vc tem no teu círculo de
influência para legado e honra. Então aquele exército se agrupa, vão para o vale, vem o inimigo
e o que acontece? As rodas caem de suas carruagens! Eles se lembram do que aconteceu com os
egípcios
e entram em pânico! Israel diz:"Deus finalmente está lutando por nós!" E perseguiram seus
inimigos pelo caminho e os derrotaram, e Sísera foge para a tenda de Jael pois sabia que acharia
refúgio lá. O nome Jael significa "valor". Deus usou uma mãe dona de casa para derrotar o
comandante do exército inimigo! Não me diga que não pode fazer algo pois você não está em
um púlpito! Se vc der valor ao lugar onde está, se vc compreender que quando Deus começa a
fazer algo, ele sempre ungirá o que vc tiver à mão! Jael tinha uma estaca da tenda. Eu não sei o
que tem na sua mão,mas vc sabe! Vc tem algo na mão que Deus quer ungir para que vc possa
derrotar o inimigo que tem cercado sua vida. Ela o matou com a estaca, eu teria atirado nele,
mas veja não sou muito boa com estacas. Se eu perseguisse alguém com uma, não seria
ameaçador. Mas sabe de uma coisa? Ela não correu no campo de batalha com a estaca. Ela
esperou até que ele estivesse na área dela. O que nos dá outra pista do que uma Mulher
Confiante faz.
Mulheres Confiantes atacam quando o inimigo está próximo. Deus nunca usou a Mulher
no campo de batalha. A não ser como encorajamento, segurando o estandarte. Joana DArc
estava com o exército francês. Ela segurava a bandeira e levantava os olhos para o céu.
Mulheres são as porta-bandeiras. Somos aquelas que dizem: "Existe uma razão por trás de tua
luta." Mas quando o inimigo entra na tua casa, vc não precisa ligar pro disque-oração, não
precisa ligar pro teu pastor. Vc o derrota com o que estiver em tuas mãos! Filhas, vcs tem
autoridade! Não tolerem mais o inimigo.
Mulheres Confiantes também compreendem que há poder no momento. Deus sempre está no
"agora". Ele está sempre no presente. Teu agora é a ligação entre o passado e o futuro.
Vc está no momento "agora" que irá determinar como processará as coisas passadas e se
aproximará das coisas futuras. E as Mulheres são parceiras com Deus em questão de tempo
certo.
Foi a mãe de Jesus que disse: "Bem, Jesus, eles estão sem vinho, vc precisa fazer algo a
respeito."
E o que Jesus respondeu? "Mulher, não é chegada a minha hora." Eu nunca seria mãe de Jesus
pois descendo de Cicilianos, eu teria batido o pé dizendo: "Já chega! Já são trinta anos de
escândalo, Jesus! Trinta anos ouvindo: Que estória é essa de gravidez milagrosa? Ele é só um
carpinteiro!
Jesus, estes são meus amigos. Vc vai transformar essa água em vinho agora mesmo ou ficará
um mês de castigo, entendeu? Entendeu, Jesus?" Deus disse "Desculpe Lisa, mas é melhor vc
nascer daqui a dois mil anos, nunca daria certo."
Mulheres entendem o tempo certo,nós entendemos. Antes de ter meu primeiro filho,
pensei que tivesse controle sobre o tempo. Lembro que eu ouvia uma fita chamada "Parto
Sobrenatural",
(se funcionou pra vc, glória a Deus). Eu ouvia aquela fita tantas vezes com o John, que ele
próprio poderia dar à luz de forma sobrenatural! Nós ouvíamos na ida e volta do trabalho. Eu
escolhi um dia: "Quarta-feira! Quarta-feira é meu dia, vou colocar esse guri pra fora num piscar
de olhos!
Tenho ancestrais indígenas, nós os deixamos cair tranquilamente no mato! Não será nenhum
problema!" Me lembro de ficar cada vez maior até que uma costela de soltou do lugar.
Eu fiquei tão enorme! Nunca fui aquela grávida bonitinha... "Sim, estou no décimo mês de
gravidez e ganhei vinte quilos." Não, não. Eu ganhei cinquenta quilos. Além do peso do bebê.
Eu acreditava que para um bom bebê tinha que engordar no mínimo quarenta!
Me lembro na gravidez do Addison, uma costela soltou e pensei: "Não posso acreditar, não tem
mais espaço nenhum!" Então fiquei com vermes. Não sei se alguém aqui já teve, um dia
escovava os dentes e vi essa linha vermelha, do quadril até o umbigo!
Liguei pro médico: "Tem um verme atacando meu bebê! Um verme vermelho perto do
estômago!"
Ele respondeu: "Ok, isso é só uma estria, não é verme nenhum." Eu estava em estado de nervos,
realmente. Me lembro que meu umbigo vinha pra fora até aqui, coloquei um bandaid em cima,
pois tinha vergonha. Se fosse hoje eu provavelmente iria fazer um buraco no vestido e por um
piercing nele, mas na época tentávamos ser modestas...
Fiquei com aquela barrigona, me perguntavam: "Ainda está grávida?" "Não! Agora só
estou gorda, quer que eu sente em vc?" O John: "Querida, querida, fica aqui. Ela só está um
pouco sensível, sabe?" Quando o parto atrasou duas semanas, fui ao médico que disse:
"Teremos que induzir seu parto. Não há espaço, vc não consegue respirar, seu marido parece
exausto."
Pois eu o fazia caminhar toda noite, bebendo molho de carne. Eu dizia: "Caminhe
comigo, John! Caminhe! Vc não se importa? Ore pra eu ter dilatação,vc não orou o suficiente!
Como terá um ministério um dia se nem consegue fazer sua Mulher entrar em trabalho de
parto?"
Pobre do John, falava com meu barrigão o tempo todo: "Bebê, eu te ordeno que seja obediente e
venha pra fora!" O médico disse: "Cuidamos disso amanhã de manhã. Venha e induziremos o
parto." Eu vivia em Dallas na época, então fiz o que qualquer Mulher de lá faria. Fui à
manicure.
E retoquei as luzes do cabelo antes do parto. Fiz unhas francesas e luzes. Eu costumava ser
loira. Eu era ridícula loira! Não sei por que ninguém me dizia que eu parecia uma palhaça!
Então cheguei no hospital às seis da manhã usando todas as joias, maquiagem, cabelo
produzido. E todas as enfermeiras quando me viram: "Não vou pegar essa, não vou!" "Não
atendo essa, ela não sabe o que veio fazer aqui." "Não vou atender essa Mulher." Me perguntei
por que todas estavam de má vontade! "Não atendo essa!"
Finalmente uma enfermeira muito mal-encarada me diz: "Entre naquela sala, tire todas
as joias, pare de sorrir, tire toda a roupa e vista esta camisola incrivelmente feia que
providenciamos pra vc, que amarra nas costas e deixa a bunda de fora. Vá e faça isso." "Por
que? Posso vestir duas?" "Sim, te daremos mais uma." Eu estava apavorada de o bumbum
aparecer! Eu tinha visto vídeos e chorei com a humilhação das Mulheres rolando na maca, os
bumbuns aparecendo!
"John! Vc cobre meu bumbum a qualquer custo! Me promete!" "Querida, eu vou lá e te cubro
com o cobertor" "Me promete!""Com certeza, prometo sim." Eles vem e fazem várias coisas
humilhantes com vc. Me checaram a dilatação. "O que vc faz aqui? Vc tem zero dilatação. E
nem está madura!" "Madura? Ninguém me disse, não orei por isso! Espera, vamos orar pra eu
ficar madura agora!" "Não, vamos fazer o seguinte: Vamos te colocar em observação por doze
horas e vamos te mandar pra casa." "Mas sem bebê?" "Sem bebê, pois vc ainda não está nem
um pouco pronta pra isso." Então ela começa um exame intravaginal.
Perguntei: "Não vai estourar minha bolsa?" "Não tem como,nem consigo chegar perto." Ela
prossegue o exame, no começo eu não sentia quase nada.
Então foi como se meu estômago estivesse ficando duro como essa mesinha. Foi
aumentando e começou a doer pra valer! Lembro que disse: "OK, está começando a doer, já
deve ter uns cinco centímetros de dilatação! Provavelmente já posso ter o bebê agora mesmo!"
Disseram: "Não vamos nem checar. Vc não tem nada ainda. Devem ser contrações." "Alguma
coisa está acontecendo!Está doendo muito!" Eu me agarrava nos ferros da cama! Fiz meu
marido prometer que eu não tomaria medicação paga, pois queria que fosse ao natural. Foi a
coisa mais antinatural que já experimentei na vida! Depois de dez horas em trabalho de parto,
minhas contrações vinham com intervalos de trinta segundos, duravam um minuto e meio. Eu já
não falava mais, só entortava aqueles ferros. Sem anestesia. A médica veio com algo parecendo
uma agulha de crochê -- bem, estou tentando prevenir a gravidez na adolescência aqui – e ela
estourou a minha bolsa. Eles tinham um papel especial pra teste e diziam: "Isso foi água da
bolsa!"
Colocaram o papel perto de mim pra provar. Perguntei: "É só isso?" "Bem, vc tem meio
centímetro de dilatação e isso foi água da bolsa." Doze horas depois eu ainda estava só com
meio centímetro de dilatação. Mas nesse momento, algo aconteceu. O turno mudou. E a
malvada, maléfica enfermeira carrancuda foi pra casa. E uma nova enfermeira veio e ela olhou
a minha ficha médica, viu as contrações lá em cima e me disse: "Meu bem, vamos fazer com
que isso não doa mais."
Me lembro de abraçá-la e dizer: "Obrigada! Obrigada!" E acusar meu marido: "Ele não queria
me dar a medicação paga! Ele não queria!" "Mas ela me fez prometer!""Ele não queria!"
A enfermeira disse: "Senhor, o senhor precisa sair agora. Por favor, saia agora." Trouxeram
então a anestesia geral. Lembro de abraçar minha barriga enorme com os braços e pernas pois
diziam que é preciso se segurar, ficar quieta na hora da anestesia. Por quê? Porque dizem pra
ficar quieta na contração e na anestesia? Enfim...
Uma hora e meia depois eu tinha o meu bebê! Por quê? Bem, é fato comprovado que
quando Mulheres são deixadas aos cuidados de parteiras malvadas, não fazem progresso! Mas
com Mulheres Confiantes, há mudança de turno e vc não fica à mercê de parteiras malvadas.
Vc está aos cuidados de Mulheres que disseram: "Querida, vamos fazer com que isto doa o
mínimo possível! Mas vc não entende, vc estará com vida em seus braços em apenas alguns
minutos."
Quero terminar com uma oração. Salmo 68 versos 11 e 12, Diz: "O Senhor anuncia a
vitória, e multidões de Mulheres" -- não apenas a Joyce Meyer – "multidões de Mulheres" --
não apenas a Darlene Zschech – "multidões de Mulheres" -- não apenas a Beth Moore –
"bradam as boas-novas. Reis inimigos e seus exércitos fogem enquanto as Mulheres repartem
os despojos." Filhas do Deus Altíssimo, é tempo de bradar a vitória que já está consumada.
Fiquem de pé, vamos,fiquem de pé!
Quero que digam: Vitória!Vitória! Vitória! Está consumado!Eu vou para casa e vou despojar
cada inimigo que cercou a minha vida, em nome de Jesus! Obrigada. Obrigada.

tradução e legendas: wayblessed01@gmail.com