Você está na página 1de 3

ATO DA DIRETORIA N° 001, DE 15 DE MARÇO DE 2020.

Estabelece, no âmbito da Ordem dos Advogados do Brasil -


Seccional de Pernambuco, medidas temporárias de prevenção
ao contágio pelo Novo Coronavírus (COVID-19), considerada a
classificação de pandemia pela Organização Mundial de Saúde.

A DIRETORIA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - SECCIONAL DE PERNAMBUCO, no uso


de suas atribuições legais e regimentais,

CONSIDERANDO que a classificação da situação mundial do novo coronavírus como pandemia


significa o risco potencial de a doença infecciosa atingir a população mundial de forma
simultânea, não se limitando a locais que já tenham sido identificados como de transmissão
interna;

CONSIDERANDO o decreto nº 48.809, de 14 de março de 2020, que regulamenta, no âmbito do


estado de Pernambuco, medidas temporárias para enfrentamento da emergência de saúde
pública de importância internacional decorrente do coronavírus;

CONSIDERANDO a existência de advogados(as) dentre os casos já confirmados de COVID-19 e


outros(as) dentre os(as) que estão sendo investigados(as);

CONSIDERANDO que o COVID-19 tem taxa de mortalidade que se eleva entre idosos e pessoas
com doenças crônicas;

CONSIDERANDO a necessidade de se aliar a prevenção e evitar uma maior disseminação do vírus


com a necessidade de manutenção da subsistência da advocacia, especialmente a autônoma.

R E S O L V E:

Art. 1º Ficam suspensos todos os eventos, audiências de processos ético-disciplinares, sessões


e reuniões presenciais que seriam realizadas pela Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional de
Pernambuco (OAB/PE), Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE) e Escola
Superior da Advocacia (ESA/PE) no período de 16 a 31 de março de 2020.

Parágrafo 1°. Poderão ser realizadas reuniões e eventos por videoconferência;


Parágrafo 2°. Não estão suspensos os prazos nos procedimentos ético-disciplinares, devendo o
protocolo de petições e requerimentos ocorrer pelo e-mail ted@oabpe.org.br, ou mediante
protocolo presencial na sede da OAB.

Art. 2º Ficam mantidos os serviços administrativos e o atendimento nas sedes da OAB/PE,


CAAPE, ESA, Subseccionais e salas de advogados, devendo o(a) advogado(a), sempre que
possível, fazer uso dos canais eletrônicos e telefônicos de atendimento.

Parágrafo único. As funcionárias da OAB/PE, CAAPE e ESA/PE em qualquer momento


gestacional, todos aqueles com sessenta anos de idade ou mais ou pertencentes ao grupo
classificado como de risco para o COVID-19, ficam automaticamente afastados presencialmente
do trabalho pelo mesmo período previsto no artigo anterior, devendo, sempre que possível e
sob orientação da chefia imediata, prestar os seus serviços sob o regime de teletrabalho.

Art. 3º Fica instituído comitê para avaliar a situação do COVID-19, assim como para
acompanhamento junto aos tribunais situados no estado de Pernambuco das medidas para
conciliar o funcionamento do Judiciário com a seguinte composição:

- Bruno de Albuquerque Baptista, OAB/PE 19.805, presidente.

- Ingrid Zanella Andrade Campos, OAB/PE 26.254, vice-presidente.

- Ana Luiza Mousinho, OAB/PE 26.090.

- Ivo Tinô do Amaral Junior, OAB/PE 16.151.

- Fernando Ribeiro Lins, OAB/PE 16.788.

- Marina Roma, OAB/PE 18.238.

- José Diógenes de Sousa Junior, OAB/PE 22.241.

- Taciana Maria Costa Magalhães Santana, OAB/PE 16.193.

Art. 4º A CAAPE envidará todos os esforços para colaborar com a prevenção assim como na
assistência aos(às) advogados(as) com a COVID-19, especialmente os(as) pertencentes ao grupo
de risco.

Art. 5º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.


Recife, 15 de março de 2020.

Bruno de Albuquerque Baptista


Presidente

Ingrid Zanella Andrade Campos


Vice-presidente

Ana Luiza Mousinho


Secretária-geral

Ivo Tinô do Amaral Junior


Secretário-geral adjunto

Frederico Preuss Duarte


Diretor Tesoureiro

Fernando Ribeiro Lins


Presidente da CAAPE

Mario Bandeira Guimarães Neto


Diretor-geral da ESA-PE