Você está na página 1de 16

Dados R1' 660

N1 550
M1 s1' 36,300.00
M2
s 400 B1' 134.721936
e1 50
tensão do solo 0.02 e 52.3609679
B1 135
bp1 30 R1'' 628.571429
Kmar 1.1
A 34571.4286

VERIFCAÇÃO DA TOLERANCIA

0,95.R1'' <R1'< 1,05.R1''


597.14 660 660

Área da sapata

S1 (cm²) 34571.43

Fazendo B1=B1'=135 cm tem-se o comprimento da base da sapata

A1 (cm) 256.0847 adota-se 260.00

Verifica-se

A1/B1 1.925926 <= 3

ESFORÇOS MAXIMOS NA VIGA ALAVANCA

2.1) ESFORÇO SOLICITANTE NA SEÇÃO X=Bp1

p1 (KN/cm) 4.656085
q1 (KN/cm) 18.33333
M1L (KN.cm) -6154.762
V1L (KN) -410.3175

2.2) V2L E M2L (SEÇÃO X=B1) E MOMENTO FLETOR MÁXIMO

V2L (KN) 78.57143


X MAX (CM) 118.125
M MAX (KN.cm) -24234.38
M2L (KN.cm) -23571.43
dados resultados
sapatas centrada
Area da sap. (cm²)
Nk (KN) 240.60 B (cm)
Mk (KN.cm) 5,583.77 A (cm)
Tensão admisivel do solo 0.03
bp (cm) Lador menor 15.00 verificações das tensões na base da sapata
ap (cm) Lado maior 30.00
Tensão do aço (Mpa) 500.00 y (cm)
cobrimento (cm) 5.00 I (cm4)
e (cm)
A/6 (cm)
Caso 1
caso 2
caso 3
Vefiricação

Caso 1

Tensão max (KN/cm²) 0.051 >>>>>> Não OK!

Hsapata (cm) 36.6666667 adotado 75

25
H0 (cm) adotado 25
15

balanço das sapatas, com balanço iguais

ca=cb=c (cm) 55.00 adotado 107.5

ângulo da superficie inclinada

(ângulo) 0.46511628

calculos dos momentos fletores

h/2 37.5 Ok
2h 150 Ok
c 107.5
h/2 < c < 2h

e (cm) 23.21

tensão maxima teórica

Tensão Maxima 0.06856


Tensão Minima 0.00019
Distância ente a extremidade da sapata e a seção de referência S1a
xa (cm) 112.00

Tensão no solo na posição da seção de referencia S1a


P1,a (KN/cm²) 0.01386

Forças resultantes das tensões no solo, para o diagrama de tensões


P1 (KN) 1.55227749
P2 (KN) 3.06
M1a,d (KN.cm) 22094.7131
Pmed (KN/cm²) 0.03437143

A distancia entre a extremindade da sapata ea seção de referencia S1b é:


Xb (cm) 109.75
M1b,d (kN.cm) 28980.4204

Armadura a flexão

As,A (cm²) 8.54


transformando em armadura em cm²/m
As,A (cm²/m) 12.2011621
Armadura Mínima (cm²) 6.30 utilizar armadura calculada

As,B (cm²) 11.20


transformando em armadura em cm²/m
As,B (cm²/m) 8.00179674
Armadura Mínima (cm²) 2.63 utilizar armadura calculada

recomenda-se espaçamento entre 10 e 20cm


resultados
sapatas centrada sapatas exencentricas
8,822.00 excentri. (cm) 23.21
86.7244660372241 Momento (KN.cm) 5583.77
101.72 B (cm) 66.4153596692813
A (cm) 132.83
ficações das tensões na base da sapata B<2,5A ok

70
16006666.6666667
23.21
23.3333333333333
se (e<a/6), força dentro do núcleo central de inércia
se (e=a/6), Ponto de aplicação da força no limite do Nucleo central
se (e>a/6), Ponto de aplicação da força fora do Nucleo central
Caso 1

Caso 2

Tensão max (KN/cm²) 0.051 >>>>>> Não OK!

Hsapata (cm) 36.66667 adotado 95

31.66667
H0 (cm) adotado 35
15

balanço das sapatas, com balanço iguais

ca=cb=c (cm) 55.00 adotado 140

ângulo da superficie inclinada

(ângulo) 0.428571

calculos dos momentos fletores

h/2 47.5 Ok
2h 190 Ok
c 140
h/2 < c < 2h

e (cm) 23.21

tensão maxima teórica

Tensão Maxima 0.06856


Tensão Minima 0.00019
Distância ente a extremidade da sapata e a seção de referência S1a
xa (cm) 144.50

Tensão no solo na posição da seção de referencia S1a


P1,a (KN/cm²) - 0.00201

Forças resultantes das tensões no solo, para o diagrama de tensões


P1 (KN) -0.290822
P2 (KN) 5.10
M1a,d (KN.cm) 25178.43
Pmed (KN/cm²) 0.034371

A distancia entre a extremindade da sapata ea seção de referencia S1b é:


Xb (cm) 142.25
M1b,d (kN.cm) 48685.56

Armadura a flexão

As,A (cm²) 7.57


transformando em armadura em cm²/m
As,A (cm²/m) 10.81426
Armadura Mínima (cm²) 6.30 utilizar armadura calculada

As,B (cm²) 14.64


transformando em armadura em cm²/m
As,B (cm²/m) 10.45535
Armadura Mínima (cm²) 3.68 utilizar armadura calculada

recomenda-se espaçamento entre 10 e 20cm


"B" adotado ------> 70
"A" adotado-------> 140.00

Caso 3

Tensão max (KN/cm²) 0.051 >>>>>> Não OK!

Hsapata (cm) 36.66667 adotado 30

10
H0 (cm) adotado 15
15

balanço das sapatas, com balanço iguais

ca=cb=c (cm) 55.00 adotado 55.00

ângulo da superficie inclinada

(ângulo) 0.272727

calculos dos momentos fletores

h/2 15 Ok
2h 60 não Ok
c 107.5
h/2 < c < 2h

e (cm) 23.21

tensão maxima teórica

Tensão Maxima 0.06856


Tensão Minima 0.00019
Distância ente a extremidade da sapata e a seção de referência S1a
xa (cm) 59.50

Tensão no solo na posição da seção de referencia S1a


P1,a (KN/cm²) 0.03950

Forças resultantes das tensões no solo, para o diagrama de tensões


P1 (KN) 2.350213
P2 (KN) 0.86
M1a,d (KN.cm) 9412.706
Pmed (KN/cm²) 0.034371

A distancia entre a extremindade da sapata ea seção de referencia S1b é:


Xb (cm) 57.25
M1b,d (kN.cm) 7885.815

Armadura a flexão

As,A (cm²) 10.19


transformando em armadura em cm²/m
As,A (cm²/m) 14.5541
Armadura Mínima (cm²) 6.30 utilizar armadura calculada

As,B (cm²) 3.05


transformando em armadura em cm²/m
As,B (cm²/m) 2.177356
Armadura Mínima (cm²) 1.58 utilizar armadura calculada

recomenda-se espaçamento entre 10 e 20cm


dados resultados
Nk (KN) 240.60 sapatas centrada
Tensão admisivel do solo 0.03 Area da sap. (cm²) 8,822.00
bp (cm) Lador menor 15.00 excentri. (cm) 23.21
ap (cm) Lado maior 30.00 Momento (KN.cm) 5,583.77
Tensão do aço (Mpa) 500.00 B (cm) 66.4153596692813
cobrimento (cm) 5.00 A (cm) 132.83
B<2,5A ok
verificações das tensões na base da sapata
y (cm) 70
I (cm4) 16006666.6666667
e (cm) 23.21
B/6 (cm) 11.67
Caso 1 se (e<a/6), força dentro do núcleo central de in
caso 2 se (e=a/6), Ponto de aplicação da força no limi
caso 3 se (e>a/6), Ponto de aplicação da força fora do
Vefiricação Caso 3

Caso 1 Caso

Tensão max (KN/cm²) 0.051 >>>>>> Não OK! Tensão max (KN/cm²)

Hsapata (cm) 36.6666667 adotado 75 Hsapata (cm)

25
H0 (cm) adotado 25 H0 (cm)
15

balanço das sapatas, com balanço iguais balanço das sapatas,

ca=cb=c (cm) 55.00 adotado 107.5 ca=cb=c (cm)

ângulo da superficie inclinada ângulo da super

(ângulo) 0.46511628 (ângulo)

calculos dos momentos fletores calculos dos mom

h/2 37.5 Ok h/2


2h 150 Ok 2h
c 107.5 c
h/2 < c < 2h h/2 < c < 2h

e (cm) 23.21 e (cm)


tensão maxima teórica tensão maxim

Tensão Maxima 0.06856 Tensão Maxima


Tensão Minima 0.00019 Tensão Minima

Distância ente a extremidade da sapata e a seção de referência S1a Distância ente a extremidade da sapata e a seç
xa (cm) 112.00 xa (cm)

Tensão no solo na posição da seção de referencia S1a Tensão no solo na posição da seção de referen
P1,a (KN/cm²) 0.01386 P1,a (KN/cm²)

Forças resultantes das tensões no solo, para o diagrama de tensões Forças resultantes das tensões no solo, para o
P1 (KN) 1.5522784 P1 (KN)
P2 (KN) 3.06 P2 (KN)
M1a,d (KN.cm) 22094.7103 M1a,d (KN.cm)
Pmed (KN/cm²) 0.03437143 Pmed (KN/cm²)

A distancia entre a extremindade da sapata ea seção de referencia S1b é: A distancia entre a extremindade da sapata ea
Xb (cm) 109.75 Xb (cm)
M1b,d (kN.cm) 28980.4204 M1b,d (kN.cm)

Armadura a flexão Armadura a flexão

As,A (cm²) 8.54 As,A (cm²)


transformando em armadura em cm²/m transformando em armadura em cm²/m
As,A (cm²/m) 12.2011605 As,A (cm²/m)
Armadura Mínima (cm²) 6.30 utilizar armadura calculada Armadura Mínima (cm²)

As,B (cm²) 11.20 As,B (cm²)


transformando em armadura em cm²/m transformando em armadura em cm²/m
As,B (cm²/m) 8.00179674 As,B (cm²/m)
Armadura Mínima (cm²) 2.63 utilizar armadura calculada Armadura Mínima (cm²)

recomenda-se espaçamento entre 10 e 20cm recomenda-se espaçamento entre 10 e 20cm


"B" adotado ------> 70
"A" adotado-------> 140.00

núcleo central de inércia


ão da força no limite do Nucleo central
ão da força fora do Nucleo central

Caso 2 Caso 3

0.051 >>>>>> Não OK! Tensão max (KN/cm²) 0.051 >>>>>>

36.66667 adotado 95 Hsapata (cm) 36.66667 adotado

31.66667 10
adotado 35 H0 (cm) adotado
15 15

anço das sapatas, com balanço iguais balanço das sapatas, com balanço iguais

55.00 adotado 140 ca=cb=c (cm) 55.00 adotado

ângulo da superficie inclinada ângulo da superficie inclinada

0.428571 (ângulo) 0.272727

calculos dos momentos fletores calculos dos momentos fletores

47.5 Ok h/2 15 Ok
190 Ok 2h 60 não Ok
140 c 107.5
h/2 < c < 2h

23.21 e (cm) 23.21


tensão maxima teórica tensão maxima teórica

0.06856 Tensão Maxima 0.06856


0.00019 Tensão Minima 0.00019

e da sapata e a seção de referência S1a Distância ente a extremidade da sapata e a seção de referência S1a
144.50 xa (cm) 59.50

a seção de referencia S1a Tensão no solo na posição da seção de referencia S1a


- 0.00201 P1,a (KN/cm²) 0.03950

es no solo, para o diagrama de tensões Forças resultantes das tensões no solo, para o diagrama de tensões
-0.29082 P1 (KN) 2.350213
5.10 P2 (KN) 0.86
25178.43 M1a,d (KN.cm) 9412.704
0.034371 Pmed (KN/cm²) 0.034371

dade da sapata ea seção de referencia S1b é: A distancia entre a extremindade da sapata ea seção de referencia S1b é:
142.25 Xb (cm) 57.25
48685.56 M1b,d (kN.cm) 7885.815

Armadura a flexão

7.57 As,A (cm²) 10.19


a em cm²/m transformando em armadura em cm²/m
10.81426 As,A (cm²/m) 14.5541
6.30 utilizar armadura calculada Armadura Mínima (cm²) 6.30 utilizar armadura calculada

14.64 As,B (cm²) 3.05


a em cm²/m transformando em armadura em cm²/m
10.45535 As,B (cm²/m) 2.177356
3.68 utilizar armadura calculada Armadura Mínima (cm²) 1.58 utilizar armadura calculada

entre 10 e 20cm recomenda-se espaçamento entre 10 e 20cm


Não OK!

30

15

ço iguais

55.00

ada

tores
de referência S1a

grama de tensões

ção de referencia S1b é:

tilizar armadura calculada

tilizar armadura calculada