Você está na página 1de 11

1 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.

com/ead-ufpi/
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA – CEAD/UFPI-UAB/CAPES
CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO - TUTOR: RANILDO LOPES
1 CONCEITOS FUNDAMENTAIS
1.1.5 Atividades Complementares
1. Complete: O método experimental é o mais usado por ciências como:
Química, da Física etc.
2. As ciências humanas e sociais, para obterem os dados que buscam, lançam mão de que método?
Embora mais difícil e menos preciso, o método estatístico.
3. O que é Estatística?
A Estatística é uma parte da Matemática Aplicada que estuda métodos para a coleta, a organização,
descrição, análise e interpretação de dados. Todo o seu estudo objetiva, entre outros, a tomada de decisões.
4. Cite as fases do método estatístico.
Coleta de Dados, Crítica dos Dados, Apuração dos Dados, Exposição ou Apresentação dos Dados e Análise dos
resultados
5. Para você, o que é coletar dados?
A coleta é direta quando feita sobre elementos informativos de registro obrigatório (nascimentos, casamentos e
óbitos, importação e exportação de mercadorias), elementos pertinentes aos prontuários dos alunos de uma
faculdade ou, ainda, quando os dados são coletados pelo próprio pesquisador através de inquéritos e questionários,
como é o caso das notas de verificação e de exames, do censo demográfico etc.
A coleta direta de dados pode ser classificada relativamente ao fator tempo em:
a. contínua (registro) – quando feita continuamente, tal como a de nascimentos e óbitos e a de freqüência dos
alunos às aulas;
b. periódica – quando feita em intervalos constantes de tempo, como os censos (de 10 em 10 anos) e as
avaliações periódicas dos alunos;
c. ocasional – quando feita extemporaneamente, a fim de atender a uma conjuntura ou a uma emergência, como
no caso de epidemias que assolam ou dizimam rebanhos inteiros.
A coleta se diz indireta quando é inferida de elementos conhecidos (coleta direta) e/ou do conhecimento de outros
fenômenos relacionados com o fenômeno estudado. Como exemplo, podemos citar a pesquisa sobre a mortalidade
infantil, que é feita através de dados colhidos por uma coleta direta.
6. Para que serve a crítica dos dados?
Obtidos os dados, eles devem ser cuidadosamente criticados, à procura de possíveis falhas e imperfeições, a fim de
não incorrermos em erros grosseiros ou de certo vulto, que possam influir sensivelmente nos resultados.
A crítica é externa quando visa às causas dos erros por parte do informante, por distração ou má interpretação
das perguntas que lhe foram feitas; é interna quando visa observar os elementos originais dos dados da coleta.
7. O que é apurar dados?
Nada mais é do que a soma e o processamento dos dados obtidos e a disposição mediante critérios de
classificação. Pode ser manual, eletromecânica ou eletrônica.
8. Como podem ser apresentados ou expostos os dados?
Por mais diversa que seja a finalidade que se tenha em vista, os dados devem ser apresentados sob forma
adequada (tabelas ou gráficos), tornando mais fácil o exame daquilo que está sendo objeto de tratamento
estatístico e ulterior obtenção de medidas típicas.
9. As conclusões, as inferências pertencem a que parte da Estatística?
Estatística Indutiva ou Inferencial, que tem por base a indução ou inferência, e tiramos desses resultados
conclusões e previsões.
10. Cite três ou mais atividades do planejamento empresarial em que a Estatística se faz necessária.
Podemos conhecer a realidade geográfica e social, os recursos naturais, humanos e financeiros disponíveis, as
expectativas da comunidade sobre a empresa, e estabelecer suas metas, seus objetivos com maior possibilidade
de serem alcançados a curto, médio ou longo prazo. Na seleção e organização da estratégia a ser adotada no
empreendimento, ainda, na escolha das técnicas de verificação e avaliação da quantidade e da qualidade do
produto e mesmo dos possíveis lucros e/ou perdas.
1.2 População e Amostra
1.2.1 Atividades Complementares
1. Identifique (a) a amostra e (b) a população. Determine, também, se é provável também que a amostra seja
representativa da população.
a. Um repórter da Veja se coloca em uma esquina e pergunta a 10 adultos se acham que o atual presidente está
fazendo um bom trabalho.
Amostra: os 10 adultos selecionados; População: todos os adultos; não representativa
b. O Datafolha pesquisa 5000 famílias selecionadas aleatoriamente e verifica que entre as televisões em uso 19%
estão ligadas no programa O Aprendiz (com base em dados da Folha de São Paulo).
c. Em uma pesquisa Gallup de 1059 adultos selecionados aleatoriamente, 30% responderam “sim” quando lhes foi
perguntado “você tem uma arma em casa?”.
Amostra: os 1059 adultos selecionados; População: todos os adultos; representativa
1.3.1 Atividades Complementares
1. Determine se o valor dado é uma estatística ou um parâmetro.
a. O Senado atual do Brasil compõe-se de 75 homens e 6 mulheres. Parâmetro
b. Uma amostra de estudantes é selecionada e a média do número de livros-texto comprados é 4,2.
c. Uma amostra de estudantes é selecionada e a média de tempo de espera na fila para comprar livros-texto é 0,65
h. Estatística
2 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/
d. Em um estudo de todos os 2223 passageiros a bordo do Titanic, verificou-se que 706 sobreviveram quando ele
afundou.
2. Determine se os valores dados são de um conjunto de dados discreto ou contínuo.
a. O salário de presidente de George Washington era de $25.000 por ano, e o valor atual do salário do presidente é
de $400.000. Contínuo
b. Um estudante de estatística obtém dados amostrais e encontra que o peso médio dos carros na amostra é de
1200 Kg.
c. Em uma pesquisa com 1059 adultos, verificou-se que 39% deles tinham armas em suas casas (com base em
uma pesquisa do Gallup). Discreto
d. Quando 19.218 máscaras de gás do exército americano foram testadas, verificou-se que 10.322 delas eram
defeituosas (com base em dados da revista Times).
1.4 Variáveis Qualitativas Nominais e Ordinais
1.4.1 Atividades Complementares
1. Classifique as variáveis em qualitativas ou quantitativas (contínuas ou descontínuas):
a. Universo: alunos de uma faculdade. Variável: cor dos cabelos - ... Qualitativa
b. Universo: casais residentes em uma cidade. Variável: número de filhos - ... Quantitativa Discreta
c. Universo: as jogadas de um dado. Variável: o ponto obtido em cada jogada - ... Quantitativa Discreta
d. Universo: peças produzidas por certa máquina. Variável: número de peças produzidas por hora - ...
Quantitativa Discreta
e. Universo: peças produzidas por certa máquina. Variável: diâmetro externo - ... Quantitativa Contínua
2. Quais das variáveis abaixo são discretas e quais são contínuas:
a. População: alunos de uma cidade. Variável: cor dos olhos.
b. População: estação meteorológica de uma cidade.
Variável: precipitação pluviométrica, durante um ano. Quantitativa Contínua
c. População: Bolsa de Valores de São Paulo.
Variável: número de ações negociadas. Quantitativa Discreta
d. População: funcionários de uma empresa.
Variável: salários. Quantitativa Discreta
e. População: pregos produzidos por uma máquina.
Variável: comprimento. Quantitativa Contínua
f. População: casais residentes em uma cidade.
Variável: sexo dos filhos.
g. População: propriedades agrícolas do Brasil.
Variável: produção de algodão. Quantitativa Contínua
h. População: segmentos de reta.
Variável: comprimento. Quantitativa Contínua
i. População: bibliotecas da cidade de Ipatinga.
Variável: número de volumes. Quantitativa Discreta
j. População: aparelhos produzidos em uma linha de montagem.
Variável: número de defeitos por unidade. Quantitativa Discreta
k. População: indústrias de uma cidade.
Variável: índice de liquidez. Quantitativa Contínua
3. Determine qual dos quatro níveis de mensuração (nominal, ordinal, intervalar, razão) é mais
apropriado.
a. Altura das jogadoras de basquete da seleção brasileira. razão
b. Classificação de “encontro as cegas” como fantástico, bom, médio, fraco, inaceitável.
c. Classificação da revista Consumer Reports em “melhor comprar, recomendado, não recomendado”. ordinal
d. Números do seguro social.
e. O número de respostas “sim” recebidas quando se perguntou a 1250 motoristas se alguma vez tinham usado o
telefone celular enquanto dirigiam. razão
f. Códigos postais (CEP).
4. Além do Básico
a. Interpretação do Aumento da Temperatura. Na tirinha do desenho “Born Loser” de Art Sansom, Brutus
expressa satisfação com o aumento da temperatura de 1º para 2º. Quando perguntam a ele o que há de tão bom
em relação a 2 º, ele responde “É duas vezes mais quente do que essa manhã”. Explique por que Brutus está
errado mais uma vez.
Sem qualquer ponto inicial natural, as temperaturas estão no nível intervalar de mensuração; razões tais
como “dobro” não tem significado.
b. Interpretação da Pesquisa Política. Um pesquisador entrevista 200 pessoas e lhes pergunta sobre o partido
político de sua preferência. Ele codifica as respostas como 0 (para PT), 1 (para PSDB), 2 (para PMDB), 3 (para
quaisquer outras respostas). Ele calcula, então, a média dos números e obtém 0,95. Como se pode interpretar esse
valor?
c. Escala para Classificação de Comida. Um grupo de estudantes desenvolve uma escala de classificação da
qualidade da comida da lanchonete, com 0 representando “neutra: nem boa nem ruim”. Dão-se números negativos
para refeições ruins e números positivos para refeições boas, com o valor absoluto dos números correspondendo a
seriedade da má ou boa qualidade. As três primeiras refeições tiveram classificações 2, 4 e -5. Qual é o nível de
mensuração para tal classificação? Justifique sua escolha.
Ordinal ou intervalar são respostas razoáveis, mas ordinal faz mais sentido porque as diferenças entre valores não
são, provavelmente, significativas. Por exemplo, a diferença entre uma comida classificada como 1 e uma comida
3 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/
classificada como 2 não é, provavelmente, a mesma entre uma comida classificada como 9 e uma comida
classificada como 10.
1.6 Tabelas de freqüência
1.6.4 Atividades Complementares
4. Verificou-se, em 1993, o seguinte movimento de importação de mercadorias: 14.839.804 t, oriundas da Arábia
Saudita, no valor de US$ 1.469.104.000; 10.547.889 t, dos Estados Unidos, no valor de US$ 6.034.946 e; 561.024
t, do Japão, no valor de US$ 1.518.843.000. Confeccione a série correspondente e classifique-a, sabendo que os
dados a cima forma fornecidos pelo Ministério da Fazenda.
IMPORTAÇÃO DE MERCADORIAS
BRASIL - 1993
QUANTIDADE VALOR
PAÍSES
(t) (US$ 1.000)
Arábia Saudita 14.838.804 1.469.104
Estados Unidos 10.547.889 6.034.946
Japão 561.024 1.519.943
5. Complete a tabela abaixo:
Nº DE DADOS RELATIVOS
ESCOLAS
ALUNOS POR. 1 POR 100
A 175 0,098 9,8
B 222 ... ...
C 202 ... ...
D 362 ... ...
E 280 ... ...
F 540 ... ...
Total 1781 1,000 100,0
Cálculos: A → 175 x 1  1781 = 0,098
8. Considere a série estatística:
ALUNOS
PERÍODOS %
MATRICULADOS
1ª 546
2ª 328
3ª 280
4ª 120
Total 1.274
Complete-a, determinando as porcentagens com uma casa decimal e fazendo a compensação, se necessário. 42,9
+ 25,7 + 22,0 + 9,4 = 100
9. Uma faculdade apresentava, no final do ano, o seguinte quadro:

MATRÍCULAS
PERÍODOS
MARÇO NOVEMBRO
1º 480 475
2º 458 456
3º 436 430
4º 420 420
Total 1.794 1.781
a. Calcule a taxa de evasão por período. 1,0%; 0,4%; 1,4%; 0%
b. Calcule a taxa de evasão da faculdade. 0,7%
10. Considere a tabela abaixo:
EVOLUÇÃO DAS RECEITAS DO CAFÉ
INDUSTRIALIZADO JAN./ABR. - 2007
VALOR
MESES
(US$ milhões)
Janeiro 33,3
Fevereiro 54,1
Março 44,5
Abril 52,9
Total 184,8
Dados fictícios.
a. Complete-a com uma coluna de taxas percentuais.
b. Como se distribuem as receitas em relação ao total? 18,0 + 29,3 + 24,1 + 28,6 = 100,0
c. Qual o desenvolvimento das receitas de um mês para o outro? 162,5 ; 82,3; 118,9
d. Qual o desenvolvimento das receitas em relação ao mês de janeiro?
100,0; 162,5; 133,6; 158,9
11. São Paulo tinha, em 1992, uma população de 32.182,7 mil habitantes. Sabendo que sua área terrestre é de
248.256 km2, calcule a sua densidade demográfica.
129,6 hab/km2
12. Considere que Minas Gerais, em 1992, apresentou (dados fornecidos pelo IBGE):
4 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/
 população: 15.957,6 mil habitantes;
 superfície: 586.624 km2;
 nascimentos: 292.036;
 óbitos: 92.281.
Calcule:
a. o índice de densidade demográfica; 27,2 hab/km2
b. a taxa de natalidade; 18,3%
c. a taxa de mortalidade. 6,2%
13. Uma frota de 40 caminhões, transportando, cada um, 8 toneladas, dirige-se a duas cidades A e B. Na cidade A
são descarregados 65% desses caminhões, por 7 homens, trabalhando 7 horas. Os caminhões restantes seguem
para a cidade B, onde 4 homens gastam 5 horas para o seu descarregamento. Em que cidade se obteve melhor
produtividade? Cidade B
14. Um professor preencheu um quadro, enviado pela D.F., com os seguintes dados:
PROMOVI- RETIDOS TOTAL GERAL
SÉRIE Nº DE Nº DE EM NÃO-
DOS SEM SEM RECUPE-
E ALUNOS ALUNOS RECU- RECU- PROMO-
RECUPE- RECU- RADOS RETIDOS
TURMA 30.03 30.11 PERAÇÃO PERADOS VIDOS
RAÇÃO PERAÇÃO
1º PER 49 44 35 03 06 05 01 40 04
2º PER 49 42 42 00 00 00 00 42 00
3º PER 47 35 27 00 08 03 05 30 05
4º PER 47 40 33 06 01 00 01 33 07
Total 192 161 137 09 15 08 07 145 16
Calcule:
a. a taxa de evasão, por período; 10,2%; 14,3%; 25,5%; 14,9%
b. a taxa de evasão total; 16,1%
c. a taxa de aprovação, por período; 90,9%; 100%; 85,7%; 82,5%
d. a taxa de aprovação geral; 90,1%
e. a taxa de recuperação, por período; 83,3%; -; 37,5%; 0%
f. a taxa de recuperação geral; 53,3%
g. a taxa de reprovação na recuperação geral; 46,7%
h. a taxa de aprovação, sem a recuperação; 85,1%
i. a taxa de retidos, sem a recuperação. 5,6%
1.6.5 Distribuição de Freqüência - 1.6.6 Atividades Complementares
1) Conhecidas as notas de alunos:
84 68 33 52 47 73 68 61 73 77
74 71 81 91 65 55 57 35 85 88
59 80 41 50 53 65 76 85 73 60
67 41 78 56 94 35 45 55 64 74
65 94 66 48 39 69 89 86 42 54
Obtenha a distribuição de freqüência, tendo 30 para limite inferior da primeira classe e 10 para intervalo de classe.
xi 30 ι— 40 ι— 50 ι— 60 ι— 70 ι— 80 ι— 90
ι— 100
fi 4 6 9 11 9 7 4
1) Os resultados do lançamento de um dado 50 vezes foram os seguintes:
6 5 2 6 4 3 6 2 6 5
1 6 3 3 5 1 3 6 3 4
5 4 3 1 3 5 4 4 2 6
2 2 5 2 5 1 3 6 5 1
5 6 2 4 6 1 5 2 4 3
Forme uma distribuição de freqüência sem intervalos de classe.
xi 1 2 3 4 5
6
fi 6 8 9 7 10
10
3) Considere as notas de um teste de inteligência aplicada a 100 alunos:
64 78 66 82 74 103 78 86 103 87
73 95 82 89 73 92 85 80 81 90
78 86 78 101 85 98 75 73 90 86
86 84 86 76 76 83 103 86 84 85
76 80 92 102 73 87 70 85 79 93
82 90 83 81 85 72 81 96 81 85
68 96 86 70 72 74 84 99 81 89
71 73 63 105 74 98 78 78 83 96
95 94 88 62 91 83 98 93 83 76
94 75 67 95 108 98 71 92 72 73
Forme uma distribuição de freqüência.

xi 62 ι— 68 ι— 74 ι— 80 ι— 86 ι— 92 ι— 98 ι— 104
ι— 110
5 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/
fi 5 14 16 24 16 13 10 2

4) A tabela abaixo apresenta as vendas abaixo de um determinado aparelho elétrico, durante um mês, por uma
firma comercial:
14 12 11 13 14 13
12 14 13 14 11 12
12 14 10 13 15 11
15 13 16 17 14 14
Forme uma distribuição de freqüência sem intervalos de classe.

xi 10 11 12 13 14 15 16
17
fi 1 3 4 5 7 2 1
1

5) Complete a tabela abaixo:

i CLASSES fi fri Fi Fri

1 0 ‫—׀‬ 8 4 .... .... ....


2 8 ‫—׀‬ 16 10 .... .... ....
3 16 ‫—׀‬ 24 14 .... .... ....
4 24 ‫—׀‬ 32 9 .... .... ....
5 32 ‫—׀‬ 40 3 .... .... ....
∑ = 40 ∑ = 1,00

fri: 0,1; 0,25; 0,35; 0,225; 0,075


Fi: 4; 14; 28; 37; 40
Fri: 0,1; 0,35; 0,70; 0,925; 1,000

6) Dada a distribuição de freqüência:

xi 3 4 5 6 7 8
fi 2 5 12 10 8 3

Determine:
a. ∑ fi 40
b. As freqüências relativas; 0,05; 0,125; 0,3; 0,25; 0,2; 0,075
c. As freqüências acumuladas; 2; 7; 19; 29; 37; 40
d. As freqüências relativas acumuladas. 0,05; 0,175; 0,475; 0,725; 0,925; 1,000

7) A tabela abaixo apresenta uma distribuição de freqüência das áreas de 400 lotes:

ÁREAS 300 ι— 400 ι— 500 ι— 600 ι— 700 ι—800 ι— 900 ι— 1.000 ι— 1.100 ι—
(m2) 1.2000
Nº DE 14 46 58 76 68 62 48 22 6
LOTES

Com referência a essa tabela, determine:


a. a amplitude total; 900
b. o limite superior da quinta classe; 800
c. o limite inferior da oitava classe; 1000
d. o ponto médio da sétima classe; 950
e. a amplitude do intervalo da segunda classe; 100
f. a freqüência da quarta classe; 76
g. a freqüência relativa da sexta classe; 0,155
h. a freqüência acumulada da quinta classe; 0,262
i. o número de lotes cuja área não atinge 700 m2; 194
j. o número de lotes cuja área atinge e ultrapassa 800 m2; 138
k. a percentagem dos lotes cuja área não atinge 600 m2; 29,5%
l. a percentagem dos lotes cuja área seja maior ou igual a 900 m2; 19%
m. a percentagem dos lotes cuja área é de 500 m2, no mínimo, mas inferior a 1.000 m2; 78%
n. a classe do 72º lote; i = 3
o. até que classe estão incluídos 60% dos lotes. i = 5

8) A distribuição abaixo indica o número de acidentes ocorridos com 70 motoristas de uma empresa de ônibus:
6 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/

Nº ACIDENTES 0 1 2 3 4 5 6 7
Nº MOTORISTAS 20 10 16 9 6 5 3 1

Determine:
a. o número de motoristas que não sofreram nenhum acidente; 20
b. o número de motoristas que sofreram pelo menos 4 acidentes; 15
c. o número de motoristas que sofreram menos de 3 acidentes; 46
d. o número de motoristas que sofreram no mínimo 3 e no máximo 5 acidentes; 20
e. a percentagem dos motoristas que sofreram no máximo 2 acidentes. 65,7%

9) Complete os dados que faltam na distribuição de freqüência:


a.

i xi fi fri Fi

1 0 1 0,05 ....
2 1 .... 0,15 4
3 2 4 .... ....
4 3 .... 0,25 13
5 4 3 0,15 ....
6 5 2 .... 18
7 6 .... .... 19
8 7 .... .... ....
∑ = 20 ∑ = 1,00

fi: 1; 3; 4; 5; 3; 2; 1; 1
fri: 0,05; 0,15; 0,2; 0,25; 0,15; 0,1; 0,05; 0,05
Fi: 1; 4; 8; 13; 16; 18; 19; 20
b.

i CLASSES xi fi Fi fri

1 0 ‫ —׀‬2 1 4 .... 0,04


2 2 ‫ —׀‬4 .... 8 .... ....
3 4 ‫ —׀‬6 5 .... 30 0,18
4 .... 7 27 .... 0,27
5 8 ‫ —׀‬10 .... 15 72 ....
6 10 ‫ —׀‬12 .... .... 83 ....
7 .... 13 10 93 0,10
8 14 ‫ —׀‬16 .... .... .... 0,07
∑ = .... ∑ = ....

xi: 3; 9; 11; 15
fi: 18; 11; 7
Fi: 4; 12; 57; 100
fri: 0,08; 0,15; 0,11

1.7 Gráficos Estatísticos


1.7.3 Cartograma

2 MEDIDAS ESTATÍSTICAS - 2.1 Medidas de Tendência Central - Média Aritmética (X)


Exemplos: Sabendo-se que a produção leiteira diária de vaca A, durante uma semana, foi de 10, 14, 13, 15, 16,
18 e 1 litros, temos, para produção média da semana:
X = (10 + 14 + 13 + 15 + 16 + 18 +1) : 7 = 14
Logo: X = 14 litros
2.1.1.1 Desvio em Relação à Média
Desvio em relação ã média é a diferença entre cada elemento de um conjunto de valores e a média aritmética.
2.1.4 Atividades Complementares
1) Considerando os conjuntos de dados:
a. 3, 5, 2, 6, 5, 9, 5, 2, 8, 6 x = 5,1; Md = 5; Mo = 5
b. 20, 9, 7, 2, 12, 7, 2, 15, 7 x = 11; Md = 9; Mo = 7
c. 51,6; 48,7; 50,3; 49,5; 48,9 x = 49,8; Md = 49,5; Mo = 
d. 15, 18, 20, 13, 10, 16, 14 x = 15,1; Md = 15; Mo = 
Calcule:
I. a média; II. a mediana; III. a moda.

2) O salário-hora de cinco funcionários de uma companhia, são:


R$ 75,00; R$ 90,00; R$ 83,00; R$ 142,00 e R$88,00
7 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/
Determine:
a. a média dos salários-hora; R$ 96,00
b. o salário-hora mediano. R$ 88,00

3. As notas de um candidato, em seis provas de um concurso, foram: 8,4; 9,1; 7,2; 6,8; 8,7 e 7,2.
Determine:
a) a nota média; 7,9
b) a nota mediana; 7,8
c) a nota modal. 7,2

4. Considerando a distribuição abaixo:

xi 3 4 5 6 4 8
fi 4 8 11 10 8 3

Calcule:
a) a média; 5,4
b) a mediana; 5
c) a moda. 5

5. Em uma classe de 50 alunos, as notas obtidas formaram a seguinte distribuição:

NOTAS 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Nº DE
1 3 6 10 13 8 5 3 1
ALUNOS

Determine:
a) a nota média; 5,9
b) a nota mediana; 6
c) a nota modal. 6

6. Determine a média aritmética de:


a. 64,5
VALORES 50 60 80 90
QUANTIDADES 8 5 4 3

b. 58,8
xi 50 58 66
fi 20 50 30
7. Determine os desvios em relação à média dos seguintes dados: 6, 8, 5, 12, 11, 7, 4, 15. Determine a soma dos
desvios. -2,5; -0,5; -3,5; 3,5; 2,5; -1,5; -4,5; 6,5

8. Calcule a média aritmética das distribuições de freqüência abaixo:


a. 5,3 b. 172,4 cm
NOTAS fi ESTATURAS
fi
0 ι— 2 5 (cm)
2 ι— 4 8 150 ι— 158 5
2 ι— 4 14 158 ι— 166 12
2 ι— 4 10 166 ι— 174 18
2 ι— 4 7 174 ι— 182 27
∑ = 44 182 ι— 190 8
∑ = 70
c. R$ 843,00 d. 159,4 kg
SALÁRIOS (R$) fi PESOS (kg) fi
500 ι— 700 18 145 ι— 151 10
700 ι— 900 31 151 ι— 157 9
900 ι— 1.100 15 157 ι— 163 8
1.100 ι— 1.300 3 163 ι— 169 6
1.300 ι— 1.500 1 169 ι— 175 3
1.500 ι— 1.700 1 175 ι— 181 3
1.700 ι— 1.900 1 181 ι— 187 1
∑ = 70 ∑ = 40
9. Calcule a mediana de cada uma das distribuições do exercício 8.
a. 5,3 b. 174 cm c. R$ 810,00 d. 157,8 kg

10. Calcule a moda de cada uma das distribuições do exercício 8.


a. 5 b. 178 cm c. R$ 800,00 d. 148 kg
8 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/

11. Você fez dois trabalhos num semestre e obteve as notas 8,5 e 5,5. Qual deve ser a nota que você deve tirar no
3º trabalho para que a média dos três seja 7: 7

12. Numa empresa, vinte operários têm salário de R$ 4.000,00 mensais; dez operários têm salário de R$ 3.000,00
mensais e trinta têm salário de R$ 2.000,00 mensais. Qual é o salário médio desses operários: X = 2.833,33

13. Explique a relação média aritmética e média ponderada. Pesquise caso necessário.
A média ponderada nada mais é do que a média aritmética considerando o valor xn ocorrendo pn vezes.

14. Numa grande empresa, em três setores pesquisados num determinado dia, foram constatadas faltas de
funcionários, assim distribuídos:
* 4% no setor administrativo;
* 8% no setor de produção;
* 12% no setor comercial.

Calcule a média de faltas desse dia, considerando que, no setor de produção, há 200 funcionários, o setor
administrativo tem 50 funcionários e o setor comercial tem 75 funcionários. X = (16 + 2 + 9) / 325 = 8,3%
15. Um carro, numa viagem, andou 5 horas a 60 km por hora. Determine a velocidade horária média nessas 8
horas de viagem. 76,25 km/h
16. A média aritmética entre 50 números é igual a 38. Dois números são retirados: o número 55 e o 21. Calcule a
média aritmética dos números que restaram. 38
17. Um ourives fez uma liga fundindo 200 g de ouro 14 k (quilates) com 100 g de ouro 16 k. O número que dá a
melhor aproximação em quilates de ouro obtido é: positivo
a) 14,5 k b) 14,6 k xc) 14,7 k d) 15,0 k e) 15,5 k
18. Num concurso de vestibular para dois cursos A e B, compareceram 500 candidatos para o curso A e 100
candidatos para o curso B. Na prova de Matemática, a média aritmética geral, considerando os dois cursos, foi 4,0.
Mas, considerando apenas os candidatos ao curso A, a média cai para 3,8.
A média dos candidatos ao curso B, na prova de Matemática, foi: positivo
a) 4,2 xb) 5,0 c) 5,2 d) 6,0 e) 6,2
19. Seja M a média aritmética de 15 números quaisquer. Subtraindo-se 10 unidades de cada um desses números,
obtêm-se 15 novos números, cuja média aritmética é:
a) M – 15 b) M + 150 xc) M – 10 d) M + 10 e) 10 M positivo
20. Considere um grupo formado por cinco amigos com idade de 13, 13, 14, 14 e 15 anos. O que acontece com a
média de idade desse grupo, se um sexto amigo com 16 anos juntar-se ao grupo? positivo
a) Permanece a mesma b) Diminui 1 ano c) Aumenta 12 anos
d) Aumenta mais de 1 ano xe) Aumenta menos de 1 ano
21. A média aritmética dos números pares de dois algarismos é: positivo
a) 50 b) 51 c) 52 d) 53 xe) 54
22. A média aritmética de um grupo de 120 pessoas é de 40 anos. Se a média aritmética das mulheres é de 35
anos e dos homens é de 50 anos, qual o número de pessoas de cada sexo, no grupo?
(∑ ih + ∑ im)/120 = 40 .: ∑ ih/h = 50 .: ∑ im/m = 50 .: h + m = 120 → 80 homens e 40 mulheres
23. Sabe-se que a média aritmética de 5 números inteiros distintos, estritamente positivos, é 16. O maior valor
que um desses inteiros pode assumir é: positivo
a) 16 b) 20 c) 10 xd) 70 e) 100
24. Num país, a população feminina é 51% do total. A idade média da população feminina é 38 anos e da
masculina é 36. Então, a idade média da população, em anos, é: positivo
xa) 37,02 b) 37,00 c) 37,20 d) 36,60 e) 37,05
25. Numa população, a razão do número de mulheres para o de homens é de 11 para 10. A idade média das
mulheres é 34 e a idade média dos homens é 32. Então, a idade média da população é aproximadamente: positivo
a) 32,9 b) 32,95 c) 33,00 xd) 33,05 e) 33,10

2.2 Medidas de Dispersão ou de Variabilidade - 2.2.2 Variância e Desvio Padrão


Fases para o cálculo da média pelo processo breve:
1) Abrimos uma coluna para os valores xi (ponto médio).
2) Escolhemos um dos pontos médios (de preferência o de maior freqüência) para o valor de x0.
3) Abrimos uma coluna para os valores de y1 e escrevemos zero na linha correspondente a classe onde se encontra
o valor de x0; a seqüência -1, -2, -3, ..., logo acima do zero, e a seqüência 1, 2, 3, ..., logo abaixo.
4) Abrimos uma coluna para os valores do produto fiyi, conservando os sinais + ou -, e, em seguida, somamos
algebricamente esses produtos.
5) Abrimos uma coluna para os valores do produto fiyi2, obtidos multiplicando cada fiyi pelo seu respectivo yi, e, em
seguida, somamos esses produtos.
6) Aplicamos a fórmula.
Exercício resolvido: 2.2.4 Atividades Complementares
1) Calcule a amplitude total dos conjuntos de dados:
a. 1, 3, 5, 9 8 b. 20, 14, 15, 19, 21, 22, 20 8
c. 17,9; 22,5; 13,3; 16,8; 15,4; 14,2 9,2 d. 20, 14, 15, 19, 21, 22, 20 20
2) Calcule a amplitude total das distribuições:
a. 6
9 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/
xi 2 3 4 5 6 7 8
fi 1 3 5 8 5 4 2

b. 0,7
CLASSES 1,5 ι— 1,6 ι— 1,7 ι— 1,8 ι— 1,9 ι— 2,0 ι— 2,1 ι— 2,2
fi 4 8 12 15 12 8 4

3) Calcule os desvios padrões dos conjuntos de dados do exercício 1.


a. 2,96 b. 2,81 c. 3,016 d. 7,04
4) Calcule os desvios padrões das distribuições do exercício 2. a. 1,51 b. 0,159
5) Dada a distribuição relativa a 100 lançamentos de 5 moedas simultaneamente:

Nº DE CARAS 0 1 2 3 4 5
FREQÜÊNCIAS 1 14 34 29 16 3

Calcule o desvio padrão. 1,13

6) Calcule o desvio padrão da distribuição: 4,45

CLASSES 2 ι— 6 ι— 10 ι— 14 ι— 18 ι— 22
fi 5 12 21 15 7

7) Calcule os desvios padrões das distribuições do exercício 8, capítulo 2.1.4.


a. 2,43 b. 8,8 cm c. R$ 229,00 d. 9,93 kg
8) Sabendo que um conjunto de dados apresenta para média aritmética e para desvio padrão, respectivamente,
18,3 e 1,47, calcule o coeficiente de variação. 8,03%
9) Em um exame final de Matemática, o grau médio de um grupo de 150 alunos foi 7,8 e o desvio padrão, 0,76.
Em que disciplina foi maior a dispersão? Estatística
10) Medidas as estaturas de 1.017 indivíduos, obtivemos X = 162,2 cm e s = 8,01 cm. O peso médio desses
mesmos indivíduos é 52 kg, com um desvio padrão de 2,3 kg. Esses indivíduos apresentam maior variabilidade em
estatura ou em peso? estatura
11) Um grupo de 85 moças tem estatura média de 160,6 cm, com um desvio padrão igual 5,97 cm. Outro grupo de
125 moças tem uma estatura média de 161,9 cm, sendo o desvio padrão igual a 6,01 cm. Qual é o coeficiente de
variação de cada um dos grupos? Qual o grupo mais homogêneo?
3,72% e 3,71%, respectivamente; o segundo grupo
12) Um grupo de 100 estudantes tem uma estatura média de 163,8 cm, com um coeficiente de variação de 3,3%.
Qual o desvio padrão desse grupo? 5,41

13) Uma distribuição apresenta as seguintes estatísticas: s = 1,5 e CV = 2,9%. Determine a média da distribuição.
51,7
14) Obtenha o desvio padrão de cada um dos jogadores A e B, de basquete, em relação aos pontos por partida,
conforme a tabela abaixo: Positivo
A 26 32 28 30 27 31
B 15 45 19 42 31 22
15) Considere as notas de três alunos em Matemática nos quatro bimestres de um mesmo ano. O professor de
Matemática escolherá um deles para representar a turma numa competição de Matemática, o que tiver a melhor
regularidade. Qual deles será escolhido? Positivo
1º Bim 2º Bim 3º Bim 4º Bim Média
Aluno A 9,5 8,5 9,0 9,5 ....
Aluno B 8,5 10,0 10,0 8,0 ....
Aluno C 10,0 7,5 9,5 9,5 ....
16) Considere as idades dos alunos de 3 grupos A, B e C: Positivo
Grupo A 15 anos 15 anos 15 anos 15 anos 15 anos
Grupo B 18 anos 14 anos 13 anos 13 anos 17 anos
Grupo C 16 anos 15 anos 13 anos 16 anos 15 anos
Então:
a) obtenha a média de idade de cada grupo;
b) calcule a variância de cada grupo;
c) calcule o desvio padrão de cada grupo.
17) Numa competição de salto triplo, três atletas disputavam apenas uma vaga para uma olimpíada entre
faculdades de uma cidade. Cada atleta fez 4 tentativas obtendo os seguintes resultados: Positivo
Atleta I 16,50 m 15,81 m 16,42 m 16,12 m
Atleta II 13,90 m 17,01 m 16,82 m 15,10 m
Atleta III 15,70 m 16,02 m 16,95 m 17,00 m
a) Qual deles obteve melhor média?
b) Qual deles foi o mais regular nessas quatro tentativas?
18) Responda: Positivo
a) Quando numa pesquisa o desvio padrão é zero?
10 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/
b) Quando que uma distribuição é considerada homogênea?
20) Em relação aos números 1, 4, 16 e 4, obtenha: Positivo
a) a média geométrica;
b) a média aritmética;
c) a média harmônica.
21) Numa escola é adotado o seguinte critério: a nota da primeira prova é multiplicada por 1, a nota da segunda
prova é multiplicada por 2 e a nota da última prova é multiplicada por 3. Os resultados, após somados, são
divididos por 6. Se a média obtida por esse critério for maior ou igual a 6,5, o aluno é dispensado das atividades de
recuperação. Suponha que um aluno tenha tirado 6,3 na primeira prova e 4,5 na segunda. Quanto precisará tirar
na terceira para ser dispensado da recuperação? Positivo
22) Para votar, cinco eleitores demoraram, respectivamente, 3 min 38 s, 3 min 18 s, 2 min 46 s, 2 min 57 s e 3
min 26 s. Qual foi a média do tempo de votação (em minutos e segundos) desses eleitores? Positivo
3.8 Exercícios Resolvidos
1) Qual a probabilidade de sair o ás de ouros quando retiramos uma carta de um baralho de 52 cartas? p = 1/52
2) Qual a probabilidade de sair um rei quando retiramos uma carta de um baralho de 52 cartas? p = 4/52 = 1/13
3) Em um lote de 12 peças, 4 são defeituosas. Sendo retirada uma peça, calcule:
a. a probabilidade de essa peça ser defeituosa. p = 4/12 = 1/3
b. a probabilidade de essa peça não ser defeituosa. p = 1 - 1/3 = 2/3
4) No lançamento de dois dados, calcule a probabilidade de se obter soma igual a 5.
p = 4/36 = 1/9
5) De dois baralhos de 52 cartas retiram-se, simultaneamente, uma carta do primeiro baralho e uma carta do
segundo. Qual a probabilidade de a carta do primeiro baralho ser um rei e a do segundo ser o 5 de paus?
p1 = 4/52 = 1/13 p2 = 1/52 p = p1 x p2 = 1/676
6) Uma urna A contém: 3 bolas brancas, 4 pretas, 2 verdes; uma urna B contém: 5 bolas brancas, 2 pretas, 1
verde; uma urna C contém: 2 bolas brancas, 3 pretas, 4 verdes. Uma bola é retirada de cada urna. Qual é a
probabilidade de as três bolas retiradas da primeira, segunda e terceira urnas serem, respectivamente, branca,
preta e verde?
p1 = 3/9 = 1/3 p2 = 2/8 = 1/4 p3 = 4/9 p = p1 x p2 x p3 = 1/27
7) De um baralho de 52 cartas retiram-se, ao acaso, duas cartas sem reposição. Qual a probabilidade de a primeira
carta ser o ás de paus e a segunda ser o rei de paus?
p1 = 1/52 p2 = 1/51 p = p1 x p2 = 1/2652
8) Qual a probabilidade de sair uma figura quando retiramos uma carta de um baralho de 52 cartas?
pr = 4/52 = 1/13 pd = 1/13 pv = 1/13 p = p1 + p2 + p3 = 3/13
ou p = 12/52 = 3/13
9) Qual a probabilidade de sair uma carta de copas ou de ouros quando retiramos uma carta de um baralho de 52
cartas?
Pc = 13/52 = 1/4 po = 13/52 = 1/4 p = pc+ po= ½
10) No lançamento de um dado, qual a probabilidade de se obter um número não-inferior a 5? p = 1/6 + 1/6 =
1/3
11) São dados dois baralhos de 52 cartas. Tiramos, ao mesmo tempo, uma carta do primeiro baralho e uma carta
do segundo. Qual a probabilidade de tirarmos uma dama e um rei, não necessariamente nessa ordem?
p1 = 4/52 x 4/52 = 1/169 p2 = 4/52 x 4/52 = 1/169 p = p1 + p2 = 2/169
12) Dois dados são lançados conjuntamente. Determine a probabilidade de a soma ser 10 ou maior que 10.
n(10) = 3  p10 = 3/36
n(11) = 2  p11 = 2/36 p = p1 + p2 + p3 = 6/36 = 1/6
n(12) = 1  p12 = 1/36
3.9 Atividades Complementares
1) Determine a probabilidade de cada evento:
a. um número par aparece no lançamento de um dado. 1/2
b. uma figura aparece ao se extrair uma carta de um baralho de 52 cartas. 3/13
c. uma carta de ouros aparece ao se extrair uma carta de um baralho de 52 cartas.
1/4
d. uma só coroa aparece no lançamento de três moedas. 3/8
2) Um número inteiro é escolhido aleatoriamente dentre os números 1, 2, 3, ..., 49, 50. Determine a probabilidade
de:
a. o número ser divisível por 5; 1/5
b. o número terminar em 3; 1/10
c. o número ser divisível por 6 ou por 8; 1/25
d. o número ser divisível por 4 e por 6. 2/25
3) Dois dados são lançados simultaneamente. Determine a probabilidade de:
a. a soma ser menor que 4; 1/12
b. a soma ser 9; 1/9
c. o primeiro resultado ser maior que o segundo; 5/12
d. a soma ser menor ou igual a 5. 5/18

4) Uma moeda é lançada duas vezes. Calcule a probabilidade de:


a. não ocorrer cara nenhuma vez; 1/4
b. obter-se cara na primeira ou na segunda jogada. 1/2
11 TUTOR. RANILDO LOPES- Probabilidade https://ueedgartito.wordpress.com/ead-ufpi/
5) Um inteiro entre 3 e 11 será escolhido ao acaso.
a. qual a probabilidade de que este número seja ímpar? 3/7
b. qual a probabilidade de que este número seja ímpar e divisível por 3? 1/7

6) Uma carta é retirada ao acaso de um baralho de 52 cartas. Qual a probabilidade de que a carta retirada seja
uma dama ou uma carta de copas? 4/13

7) No lançamento de dois dados, qual é a probabilidade de se obter um par de pontos iguais? 1/6

8) Em um lote de 12 peças, 4 são defeituosas. Sendo retiradas aleatoriamente 2 peças, calcule:


a. a probabilidade de ambas serem defeituosas; 1/11
b. a probabilidade de ambas não serem defeituosas; 14/33
c. a probabilidade de ao menos uma ser defeituosa. 19/33

9) No lançamento de um dado, qual é a probabilidade de sair o número 6 ou um número ímpar? 2/3

10) Duas cartas são retiradas ao acaso de um baralho de 52 cartas. Calcule a probabilidade de se obterem:
a. dois valetes; 1/221
b. um valete e uma dama. 4/663

11) Um casal planeja ter três filhos. Determine a probabilidade de nascerem:


a. três homens; 1/8
b. dois homens e uma mulher. 3/8

12) Uma moeda é lançada três vezes. Calcule a probabilidade de obtermos:


a. três caras; 1/8
b. duas caras e uma coroa; 3/8
c. uma cara somente; 3/8
d. nenhuma cara; 1/8
e. pelo menos uma cara; 7/8
f. no máximo uma cara. 1/2

13) Um dado é lançado duas vezes. Calcule a probabilidade de:


a. sair um 6 no primeiro lançamento; 1/6
b. sair um 6 no segundo lançamento; 1/6
c. não sair 6 em nenhum lançamento; 25/36
d. sair um 6 pelo menos. 11/36
14) Uma urna contém 50 bolas idênticas. Sendo as bolas numeradas de 1 a 50, determine a probabilidade de, em
uma extração ao acaso:
a. obtermos a bola de número 27; 1/50
b. obtermos uma bola de número par; 1/2
c. obtermos uma bola de número maior que 20; 3/5
d. obtermos uma bola de número menor ou igual a 20. 2/5
15) Uma loja dispõe de 12 geladeiras do mesmo tipo, das quais 4 apresentam defeitos.
a. Se um freguês vai comprar uma geladeira, qual a probabilidade de levar uma defeituosa? 1/3
b. Se um freguês vai compras 2 geladeiras, qual é a probabilidade de levar 2 defeituosas? 1/11
c. Se um freguês vai compras 2 geladeiras, qual é a probabilidade de levar pelo menos uma defeituosa? 19/33

16) Um par de dados é atirado. Encontre a probabilidade de que a soma seja 10 ou maior que 10 se:
a. um 5 aparece no primeiro dado; 1/18
b. um 5 aparece pelo menos em um dos dados. 1/12
17) Lança-se um par de dados. Aparecendo dois números diferentes, encontre a probabilidade de que:
a. a soma seja 6; 1/9
b. o 1 apareça; 5/18
c. a soma seja 4 ou menor que 4. 1/9
18) Um lote é formado por 10 peças boas, 4 com defeitos e 2 com defeitos graves. Uma peça é escolhida ao acaso.
Calcule a probabilidade de que:
a. ela não tenha defeitos graves; 7/8
b. ela não tenha defeitos; 5/8
c. ela seja boa ou tenha defeitos graves. 3/4
19) Considere o mesmo lote do problema anterior. Retiram-se 2 peças ao acaso. Calcule a probabilidade de que:
a. ambas sejam perfeitas; 3/8
b. pelo menos uma seja perfeita; 7/8
c. nenhuma tenha defeitos graves; 91/120
d. nenhuma seja perfeita. 1/8