Você está na página 1de 107

Parceiros da Machbert e alguns

MachbertFoundation em gestores veio da Wirth co. no


Abril/1992 para distribuir Brasil, a Machbert
produtos de Montabert da França
Entre outros fabricantes de
diversos paises

0
Cidade de Sorocaba tem 600.000 pessoas, 90
km da cidade de São Paulo, muito boas Estado de São Paulo, com 36 milhões
comunicações aos outros Estados-Membros e de pessoas tem cerca de 35% do
em torno de 0,5% do consumo brasileiro produto interno bruto

1
SCHAEFF

MACHBERT
D’BEDARD PRODUCTS

MORIN &
KLAC
MGF
P&V tools 2
Quota de mercado total no
Brasil 44%

Rompedores
Médios 65%

Rompedores
Rompedores Pequenos 30%
grande 65%.

3
Total de área de 3.200 m ² Workshop
com 750 m2, 24 pessoas

Estoque de Rompedores e
peças de reposição, em
torno de US$ 3,5 milhões
(preços de venda)
Sistema Micro Sigs
para gerenciar todos
os departamentos

4
Dept. de serviço com todas
as ferramentas necessárias
para um produto com
Treinamento para
suporte muito bom clientes,
funcionários e
Oficina, agentes
incluindo um
Torquímetro
hidráulico

Um Flowmeter digital
para cada Técnico
Carro de serviço

Serviços realizados:
• Durante 2010 quase 250 visitas técnicas;
• De 2007 a 2010, cerca de 1.500 visitas Tech.. 5
José ALBERTO Moreira, engenheiro mecânico, mais de 26 anos de
experiência em empresas como TRW-Mission (missão de Sandvik
real) e Wirth Gmbh co., nos departamentos de engenharia, de serviço
e de vendas de produto – Diretor Geral

LUIZ ANTONIO Lopes, Departamento técnico, mais de


20 anos de experiência em departamentos de produção
e serviço de empresas como Wirth Gmbh
(equipamentos de perfuração) – Diretor Técnico

RUI Máximo da Fonseca, cerca de 20 anos de


experiência em serviços e departamentos de
vendas de importantes empresas como Wirth
Gmbh e Sthill – Diretor Comercial

6
LÚCIO Fabiano, quase 40 anos de experiência em
equipamentos hidráulicos, cerca de 18 anos com
Machbert, cerca de 350 empresas emergentes de
Rompedores (100% incluindo o assembly do kit
hidráulico) – Supervisor Técnico

7
Durante 1997 e 98 introduzimos no Machbert um sistema de qualidade Total,
apoiado pelo Instituto do SEBRAE, incluindo um Manual com procedimentos

Campanha publicitária e libera sobre palavras e outros anexos

Exposições em algumas partes do Brasil

8
Aluguel de rompedores &
demonstração para venda

1-140, 270, 900, modelos de V32 e


Betoneira
9
Reunião anual com
nossas equipes de
vendas e serviço
representantes e
nossos
profissionais locais

10
Calcário, Grupo Votorantim, V55
Liebherr 954 lit., divisão de blocos e
produção, 6 milhões de toneladas por
ano, incluindo uma extensão de
contrato e a garantia de serviço por 5
anos -

CPA 225 Cat 320, Komatsu PC150,


Fiatallis FE105 e FH200W, em
pedreiras de granito e empresas de
construção (grupos de Camargo Correa
e Odebrecht)

11
Mach 4500, um Machbert
estacionário boom juntos um
95HD de Montabert ou 140,
aplicação em pequenas
trituradores

Braço CM4120 no britador,


mineração de ouro Crixas -GO

Mais de 20 Rompedores montados na


Cat, Mtb 625, 900 e V32 Cat 966 R/C e
950F

12
V43 em um Liebherr 942 lit., aplicação
subaquática 7,0 m de profundidade,
Odebrecht co. (o maior construction do
Brasil), grande hidrelétrica no centro do
Brasil.

Montabert 70 e 140 rompedores em robôs,


Brokk co., plantas, de cimento em forno,
Grupo Votorantim (o maior fabricante de
cimento no Brasil)

13
Rompedor V45 em Komatsu PC400,
argila de mineração para azulejo,
produção

Rompedor V32 Demolição


Sambódromo RJ

14
Oito V32 e um V1200 para o grande
projeto "Bolívia-Brasil gasoduto",
Komatsu PC 200 e 220, calcário,
granito e basalto, incluindo
aplicativos subaquáticos, cerca de
1.500 km de extensão

15
Tramac estacionária operando junto
Montabert 270, 900 e rompedor V32

Gneiss quarry

Ouro mineração
subterrânea, 900 m de
profundidade

Maior mineração de ferro


brasileiro , V32 em TR-11

16
GDK co., uma co. de grande
construtora no nordeste do
Brasil. Nós mudamos seus
Rompedores H130 V1200,
V32, V1600 etc. Após 1,5 ano
eles já têm dez Montabert de
produção, aplicativos na
Bolívia (tubulação) e Brasil
(gasodutos, etc.)

17
Um grande projeto na cidade do Rio
de Janeiro, chamado "Linha
Amarela", um grande freeway,
incluindo túneis, material granito,
cerca de seis V32

18
V55 Liebherr 944 lit., Rio Tietê, cidade
de São Paulo, para aumentar a
profundidade do Rio (mais de 2,5 m)

19
20
Caçamba Britadora no equipamento
Case CX220

Caçamba Britadora no equipamento Cat 320 C obra


dentro da Petrobras RJ

21
22
23
24
25
26
Auto Betoneira na obra de construções
de 2500 casas em Maceió -Alagoas

Auto Betoneira na obra do Cadeião RJ

27
Visão geral
Martelos
32 modelos

Peso começando 78Kg

Tendo cinco opções

Preço de venda começando


em $14.300 29
Martelos

5,800 Kg

Tendo cinco opções

Selling price of
$250,000A
30
LIGHT RANGE

MEDIUM RANGE

HEAVY RANGE

31
PRODUÇÃO EM DEMOLIÇÃO
Linha Silver Clip – Concreto sem ferragem

SC50 80-180

SC42 70-160

SC36 60-140

SC28 35-90

SC22 25-75

SC16 15-50

SC12 10-20

SC8
5–15

Demolição : Produção em m3 por 8 horas de trabalho (min.-max.) em concreto


PRODUÇÃO EM ESCAVAÇÃO

V 65 300 - 1200

V 55 110 - 570

V 45 55 - 280

V 1800 50 - 250

V 32 40 - 120

V 1200 35 - 110

30 - 90
MTB 900

0 200 400 600 800 1000 1200

Escavação: Produção em m3 por 8 horas de trabalho (min.-max.).


MONTABERT PRODUCT LINE

Leve

MONTABERT SC6 SC8 SC12 SC16 SC22


SC28 SC36 SC42
MEDIO
MONTABERT SC50 700 900

PESADO

MONTABERT V1200 V1600 V32 V45 V4500 V55


V65
34
35
MONTABERT PRODUCT LINE
MEDIO
MONTABERT SC50 700 900

Operation

36
MONTABERT 900
CARACTERISTICAS:
• PESO: 1100 Kg
• FLUXO: 100 a 150 l/min
• PRESSÃO DE TRABALHO: 125 Bar
• CONTRA PRESSÃO MAXIMA: 10 Bar
• DIAMETRO PONTEIRO: 118 mm

CARACTERISTICAS ESPECIAL:
• SUSPENSION BLANDA, ESTANDART
• SUSPENSION DURA, OPCIONAL
• VALVULA DE RECUPERACION DE ENERGIA
• PARADA AUTOMATICA
• VERSION SILENCIADA, OPCIONAL

37
HP

BP

03/11/2011 Formation 38
HP

BP

03/11/2011 Formation 39
HP

BP

03/11/2011 Formation 40
HP

BP

03/11/2011 Formation 41
HP

BP

03/11/2011 Formation 42
HP

BP

03/11/2011 Formation 43
HP

BP

03/11/2011 Formation 44
HP

BP

03/11/2011 Formation 45
HP

BP

03/11/2011 Formation 46
HP

BP

03/11/2011 Formation 47
HP

BP

03/11/2011 Formation 48
HP

BP

03/11/2011 Formation 49
HP

BP

03/11/2011 Formation 50
HP

BP

03/11/2011 Formation 51
HP

BP

03/11/2011 Formation 52
HP

BP

03/11/2011 Formation 53
HP

BP

03/11/2011 Formation 54
HP

BP

03/11/2011 Formation 55
HP

BP

03/11/2011 Formation 56
HP

BP

03/11/2011 Formation 57
HP

BP

03/11/2011 Formation 58
HP

BP

03/11/2011 Formation 59
HP

BP

03/11/2011 Formation 60
PLACA DE FIXAÇÃO
A BREAKER
SUSPENSÃO SUPERIOR
CÂMARA ALTA
ENTRADA DE ÓLEO

ENTRADA DE GRAXA

ESPAÇADOR

PISTÃO
CARCAÇA
CÂMARA
BAIXA

CILINDRO

VEDAÇÃO DO PISTÃO
GUIA FRONTAL

PONTEIRO
61
Rompedor Médio

SC50 700 MS 900 MS


500 kg 1017 kg 1151 kg
dia 95 mm dia 112 mm dia 118 mm
7 t / 14 t 12 t / 20 t 15 t / 25 t 62
MONTABERT PRODUCT LINE
MEDIUM
MONTABERT SC50 700 900

63
MONTABERT PRODUCT LINE
Rompedor Médio Placa do
Amortecedor Superior
Soft Hard

64
5.4
Housings top suspension
Heavy range

 Suspensão larga

65
5.4 Housings lower suspension
Heavy range

 Suspensão inferior
amortecimento e
centralizando o corpo do
rompedor, fácil de
substituir

 Placas de apoio
de suspensão

66
5.3
MS

Medium range

Simplicidade e capacidade de
adaptação
Suspensão

Válvula de recuperação de
energia
Controle de pressão de entrada

Carcaça com vedação sonora

67
DIAFRAGMA
FLANGE INFERIOR FLANGE SUPERIOR

GIRO ACUMULADOR

BACK HEAD

DISTRIBUIDOR
VÁLVULA
REGULADORA DE
PRESSÃO

VÁLVULA DE
RECUPERAÇÃO SUSPENSÃO INFERIOR
DE ENERGIA

ÊMBOLO
PINO DE FIXAÇÃO

GUIA DO
IMPULSO DO
PISTÃO IMPULSO PISTÃO 68
CÂMARA DE NITROGÊNIO
Drenar o óleo da câmara de nitrogênio
Desapertar os parafusos
Limpar a camarâ.
Limpa diafragma
Verifique todos os furos não estão conectados com borracha. Limpe se
necessário.
Montar um novo diafragma
Lubrificar o diafragma face superior com lubrificante de silicone (Rhodorsyl)
montar um novo diafragma
Aperte a tampa (valores no manual de oficina)

Diafragma Novo Óleo de silicone


antes da montagem

SILICONE OIL
RHODORSYL HUILE 47 V 1000 RHONE POULENC
Reference number IR MONTABERT 5 Litres
CPN 86341971 ( 067714 ) 69
BUCHA SUPERIOR
HASTE
IMPULSO

GUIA FRONTAL
PINO DE
RETENÇÃO

PLACAS DE DESGASTE

BUCHA INFERIOR

70
COMO FUNCIONA O ACUMULADOR
•Retorno do óleo.
•O fluxo de HP que vem a escavadeira e a câmara alta é insuficiente. É necessário fluxo de acumulado
restaurado durante o movimento ascendente do êmbolo.
•Fig. 1 arranque do pistão.
•Fig acumulador restaura o fluxo, a velocidade dos aumentos de pistão.
•Fig o pistão adquiriu a energia cinética necessária, O choque ocorre. O diafragma retorna à sua forma original,
antes de iniciar outro ciclo.
Upper Flange

Diafragma
HUILE Nitrogen nitrogen
oil Flange inferior

Câmara alta
HP HP
HP

V+

V++
Câmara baixa V+++

FIG 1 FIG 2 FIG 3

71
PARADA AUTOMÁTICA
Proteção
de vedação
em branco
Se a ferramenta não é
aplicada no material a
Parada
passagem do óleo fica Automatica
travado. O Pistão
desce mais do que
durante a greve
normal, a HP é
dirigido para o via
linha de retorno um
sulco de pistão. O
separador é
completamente parado

72
Montabert Vantagens

73
TODA A ENERGIA PASSA A
FERRAMENTA E O TERRENO
TRANSMISSÃO DE ONDAS DE CHOQUE
COMEÇA NA PARTE INFERIOR DA
STROUGH DO PISTÃO TOPO.

74
PRESSÃO NO BLOCO PARA DIVISÃO

Quando o bloco de dividir o próximo golpe lança a ferramenta,


porque não há nenhum material em frente a ferramenta atinge os
dois pinos de retenção.

Neste tipo de trabalho, você deve definir a pressão de trabalho de


separador (10 a 15 bar abaixo do padrão)..

75
5.1
Ciclos de operação
Introduction Global Range

NITROGEN PISTON DIAPHRAGM


ACCUMULATOR ACCUMULATOR

Krupp Montabert
Berco Nitrogen
Rammer
Furukawa (G)
Seals Atlas- Copco
Komatsu
NPK Indeco
Oil Cervetti
Okada
D&A Idromeccanica
Demo DMB Piston OMD
Dainong (DNB)
Hannwoo Rotair
Piston Socomec
Hyup Sung
Komac seals
Tabe
Sangi Furukawa (F)
Soosan
Topa
Stanley
Tool
76
Transmissão de ondas
de choque
Porquê Montabert ?

OK

77
Onda de choque de eficiência

TRAPEZOIDALPISTON'SSHAPE COMMONPISTON'SSHAPE
3500 3500
3000 3000
2500 2500
2000 2000
1500 1500
1000 1000
500 1 2 3 500 1 2 3
0 0

1 2 1 2
3 12
00
10
3
13
12
36

78
PONTEIROS MONTABERT
Moil point Long moil point Blunt tool Chisel

79
CORROSÃO
CORROSÃO PROVOCA UMA ALTERAÇÃO SUPERFICIAL DE AÇO, QUE PODE RESULTAR EM UMA RUPTURA ACIDENTAL
FERRAMENTA, PRECISA TOMAR PROVIDÊNCIAS
DURANTE O ARMAZENAMENTO, OU QUANDO NÃO UTILIZADOS PARA UMA FERRAMENTA DE DIANTE DE GRAXA DE
COLOCAR MUITO TEMPO.

FRIO
FRIA pode causar fragilidade da ferramenta (menos de 5 ° c.).
Providências a tomar
FERRAMENTA DE ARMAZENAMENTO EM UM LUGAR TEMPERADA
OPERAÇÃO DO ROMPEDOR A baixa pressão durante 5 minutos para ferramenta de calor (rpm mais baixa do motor).

INCIDENTES MECÂNICOS

DANOS PARA A FERRAMENTA PODEM SER A CAUSA DE UMA QUEBRA DE


FERRAMENTA PREMATURA.

80
QUEBRA DEVIDA

À FLEXÃO DEFEITO DO AÇO

LINHAS DE FADIGAS

ÁREA DE QUEBRA
REPENTINA

PONTO FRACO PONTO FRACO


COMEÇA FORA COMEÇA DENTRO
FERRAMENTA QUEBRADA FERRAMENTA QUEBRADA
COM MOVIMENTO DE DEVIDA DEFEITO NO
FLEXÃO.. MATERIAL
81
FLEXÃO SOFRENDO FLEXÃO

PONTEIRO DE ROMPEDOR
COM O MOVIMENTO DE
ALAVANCA

82
DESGASTE E QUEBRA DE PONTEIRO

PARA EVITAR EXCESSIVO ATRITO ENTRE A FERRAMENTA E BUCHA


APLIQUE PRESSÃO SOBRE ROMPEDOR NA INCLINAÇÃO CORRETA EM
RELAÇÃO AO MATERIAL SENDO ROMPIDO.

NO YES

NO G
R
E
A
S
E

83
GUIA FRONTAL & BUCHAS

Todas as dimensões estão no manual de oficina


Dimensão m e n correspondem ao maior diâmetro da ovalização.
M&N
HASTE IMPULSO
Coloque o guia frontal horizontalmente. Monte uma nova ferramenta para verificar o desgaste da
bucha superior.
Medir a distância (L) entre o rosto marcante de ferramenta e o topo da bucha superior.
Substituir a bucha se desgaste limite for atingido.
BUCHA
Verifique ovalização da bucha superior (M). Substituir a bucha se desgaste limite for atingido.
Verifique ovalização da frente acabar com bucha (N). Substituir a bucha se desgaste limite for 84
atingido.
DESGASTE DA BUCHA

VERIFIQUE REGULARMENTE O
DESGASTE
CONSULTE P MANUAL E VERIFIQUE
Solution DESGASTE MAXIMO PERMITIDO
OS DANOS PARA A
FACE DO PISTÃO E PONTEIRO BUCHAS DE MUDANÇA DESGASTADA
QUANDO NECESSÁRIO
Tempo & desgaste
LUBRIFICAR REGULARMENTE A CADA
1 HORA DE TRABALHO DO
ROMPEDOR
PONTEIR E PISTÃO
DESALINHADO

85
PRESSURIZAÇÃO QUANDO TRABALHO EMBAIXO
DE ÁGUA
1 Este kit está disponível para todos os ROMPEDORES da MONTABERT.
2 Ele é necessário para aplicação subaquática liberar o ar para a câmara impressionante
para impedir a quebra de selo de pistão devido à pressão de recolha de água se o choque é
aplicado sobre a ferramenta que a câmara está cheia de água.
3 Ele é necessário em túneis, ambientes empoeirados para liberar o ar fora da Câmara
impressionante para evitar a contaminação.

3.5 4 4.5
3
2.5 5
2 5.5
1.5 6
1
0.5 7
6.5 ENTRADA
0 7.5
DE AR

SAÍDA DE
AR PELA
BUCHA DO
PONTEIRO
86
OK OK OK
OK

2° 2°

STOP STOP STOP

87
OK OK OK

3 2 1

STOP STOP STOP

1 88
OK OK OK

AIR

STOP STOP STOP

89
OK OK OK

STOP STOP STOP

90
OK
OK OK

0° C.
60°C STARTING -10° C.
OIL TANK

1 2

STOP

STOP STOP

0° C.
80°C
STARTING -10° C.
OIL TANK

91
OK OK OK

OK

EVERY WEEK EVERY WEEK EVERY WEEK

STOP STOP STOP

NO

INSTRUCTION
MANUAL

MANUEL
D’INSTRUCTIONS 92
OK OK OK

15sec

90°
90°

STOP STOP STOP

30sec

93
OK OK OK

EVERY WEEK

STOP STOP STOP

94
AUTOLUB
OK OK OK
8 - 10 x AUTOLUB
40sec 40sec

GREASE ....
60min

STOP STOP
AUTOLUB
STOP
20min
AUTOLUB

GREASE

95
-TRABALHO EM VAZIO
-FALTA DE LUBRIFICAÇÃO
-SUPER AQUECIMENTO DEVIDO OPERAÇÃO ACIMA DE 15 SEGUNDOS
-DESGASTE EXCESSIVO DA BUCHA, CAUSANDO DESALINHAMENTO
COM O PISTÃO
-EQUIPAMENTO PORTADOR COM VAZÃO ACIMA DO RECOMENDADO
PARA O ROMPEDOR

96
97
98
99
100
101
102
103
104
105
106