Você está na página 1de 2

O livro ‘’historia dos fatos econômicos contemporâneos, de Maurice

niveau , traz em seu primeiro capitulo , intitulado ‘’ a revolução industrial


na inglarterra (1761-1830) uma descrição clara á respito do período de
industrialização da Inglaterra,bem como seus motivos e consequências.

Inicia-se o texto conectando fatos do feudalismo com o inicio da revolução


industrial, colocando que o desenvolvimento agrícola foi fundamental
para o período,devido a diversos fatores,como o aumento da renda
agrícola que aumentou as perspectivas do mercado,o aumento nos índices
populacionais,ocasionada pela melhora na alimentação,e a procura de
ferramentas para a produção agrícola,que gera a busca pelo ferro.

Já os cercamentos se tornaram uma das causas do desemprego


agrícola,devido a rápida extensão da pratica e do desenvolvimento
industrial.Com os cercamentos,grandes propriedades se
formaram,gerando uma grande quantidade de mão de obra que foi
forçada a buscar emprego nas fabricas das cidades.Os cercamentos
geraram aumento na produtividade,que também foi incentivada pela
melhora na tecnologia agreicola,mas ao mesmo tempo também geraram
custos sociais,suportados pela população.

O progresso no setor agrícola,com a busca cada vez maior de alimentos


devido ao aumento populacional,permitiu o surgimento de grandes
centros urbanos.Com esse crescimento,foi necessária uma nova
organização nos transportes,gerando a necessidade de se construir novas
estradas,que foramn construídas muitas vezes em espaços gerados pelos
cercamentos, e canais,para facilitar o desenvolvimento populacional e as
trocas.

A partir de 1750,como descreve Niveau, ocorreu na Inglaterra um grande


aumento populacional,o qual ainda é alvo de discussões a respeito de suas
causas.Mas,pode-se assumir que o aumento na taxa de fecundidade e os
casamentos precoces acompanharam a industrialização.Alem disso,taxas
de natalidade e fecundidade foram influenciadas pela revolução agrícola,e
do progresso na medicina e na higiene.

Maurice Niveau descreve ainda o surgimento e as consequências das


novas tecnologias,relacionando a acumulação do capital com o uso de
novas invenções,transformando condições sociais,de vida e
trabalho.Melhorias em maquinários na indústria têxtil permitiram
satisfazer as necessidades de tecelões,aumentando a produção,a procura
pelos fios e o preço dos produtos.Já aqs novas tecnologias que foram
criadas para o uso do ferro foram de suma importância,afinal,a lenha
usada no tratamento de minério de ferro era escassa,sendo necessária a
importação de ferro da Noruega.O uso dp carvão como combustível por
sua vez,foi impostante para que maquinas de ferro a vapor cada vez
maiores fossem produzidas,contribuindo para a aexpansão da indústria.

Por fim,o autor conclui o capitulo um da obra relacionando as grandes


invenções e seus autores,bem como os impactos no desenvolvimento
industrial da época.