Você está na página 1de 34

AUTORIDADE NACIONAL DE EMERGÊNCIA E PROTEÇÃO CIVIL

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFICIOS

04.03.2020
SCIE NA ANEPC
EVOLUÇÃO DA ÁREA DE SCIE

SNB SNBPC ANPC ANPC ANEPC

1980 2003 2007 2008 2014 2020

RJSCIE
Sede Sede Sede Sede ?
5 Inspeções Regionais 18 CDOS 18 CDOS 18 CDOS
DNPE/ UPRA
Gabinete Técnico Div. Segurança DNPE/ Direção Serviços
Núcleo Certificação
contra Incêndios 2 Divisões
e Fiscalização
Projetos Projetos Projetos Projetos /Vistorias / MAP’s
Vistorias Vistorias Vistorias Inspeções Regulares e extraordinárias
Legislação Legislação Legislação Legislação
Notas técnicas Notas técnicas Notas técnicas Notas técnicas / Cadernos Técnicos
Registo e Credenciação de entidades
Reconhecimento de ações de formação
Registo de técnicos autores
Presidente

Direção Nacional de
Planeamento de Emergência

Direção de Serviços de
Segurança Contra Incêndio
em Edifícios

Divisão de Verificação e Divisão de Regulamentação,


Fiscalização Normalização e Credenciação

Gabinetes técnicos
distritais
QUADRO TÉCNICO

Eng.
electrotecnica
8%
Eng. mecânica
8%

Arquitectura
Eng. civil
25%
59%

39 Técnicos superiores
(Inscritos na OA, OE, OET)
INTERLIGAÇÃO DE ÁREAS

MAP
Legislação de SCIE anterior a Municípios
2009
Inspeções
SERVIÇOS SCIE
Leis, Portarias,
Projeto
Decreto-lei Despachos

Notas Cadernos Vistoria


LEGISLAÇÃO
Técnicas Técnicos

CREDENCIAÇÃO DE TÉCNICOS

APSEI EMPRESAS DE SCIE SCIE Técnicos Municipais

Bombeiros Sapadores e
Mistos
Sistemas e
Liga Bombeiros
Equipamentos AÇÕES FORMAÇÃO Bombeiros Voluntários
Portugueses

Normas
Portuguesas
Técnicos autores Ordens profissionais

CT46 Técnicos municipais


Municípios
Bombeiros Sapadores

Bombeiros Voluntários

Técnicos responsáveis
INCÊNDIOS URBANOS
INCÊNDIOS URBANOS/ DISTRITO (2018)

Lisboa 1169
Porto 1061
Setúbal 543
Braga 518
Aveiro 493
Leiria 399
Coimbra 380
Viseu 311
Faro 310
Santarém 261
Vila Real 194
Bragança 192
Viana do Castelo 176
Castelo Branco 175
Guarda 166
Beja 119
Évora 99
Portalegre 54
ESTATISTICA INCÊNDIOS URBANOS

506
444 428
6622 6620 363 354

6389

6256
6217 66 59 60 43 55
33 41 26 28
15

2014 2015 2016 2017 2018 2014 2015 2016 2017 2018
mortos feridos graves assistidos

Total incêndios urbanos Vitimas de incêndios urbanos


INCÊNDIOS URBANOS – Diurno/Noturno

37,45% 37,58% 37,56% 36,18% 37,18%

2014 2015 2016 2017 2018


noturno diurno
ESTRATÉGIA
de GESTÃO da ÁREA
VISÃO
Ser reconhecido como um serviço de excelência na regulação das
matérias de SCIE.

MISSÃO
Garantir a implementação do regime jurídico de segurança contra
incêndio em edifícios, através da gestão e dinamização de todas as
atividades de verificação, regulamentação, normalização e fiscalização.
Operacionalizaç
ão

Requisitos dos clientes Avaliação de Satisfação do cliente


Legislação
Planeamento Liderança desempenho

Melhoria
CANAIS DE COMUNICAÇÃO COM O CLIENTE

https://eportugal.gov.pt

Contacto
www.prociv.pt
800 203 203

scie@prociv.pt
CICLO DE DESENVOLVIMENTO DOS SERVIÇOS

REGULAMENTAÇÃO APLICAÇÃO FISCALIZAÇÃO


Estudo de SCIE, Parcerias/ VISTORIAS,
Protocolos, Credenciação, LEGISLAÇÃO PROJETOS / MAP INSPEÇÃO REGULAR INCÊNDIO URBANO
Normalização, Formação E EXTRAORDINÁRIA

Registo de entidades 773 Elaboração de diplomas Parecer de projeto Vistorias


Registo de técnicos autores legais Parecer de MAP Inspeções regulares
Reconhecimento de ações Cadernos técnicos
formação Notas técnicas
Credenciação de técnicos e
bombeiros
Comissões técnicas de
normalização

Alterações ao RT SCIE Verificação técnico/ pericial


(avaliação do cumprimento do
RT SCIE)
SERVIÇOS DE SCIE
TOTAL SERVIÇOS POR ANO

15878
14794 15284
14171
13011

2014 2015 2016 2017 2018


SERVIÇOS DE SCIE 2018

Credenciação Inspeção
entidades; 0,02% extraordinária; 1,32%
Registo projetistas; Vistoria; 5,55% Inspeção extraordinária
0,79% por denúncia; 1,54%
Registo empresas;
1,78% Inspecção Regular;
9,61%

Projeto; 28,97%

Medidas de
Autoproteção;
50,42%
SERVIÇOS DE SCIE

13,21% 13,24% 15,16% 14,33% 16,04%

86,79% 86,76% 84,84% 85,67% 83,96%

2014 2015 2016 2017 2018

Análise Fiscalização
SERVIÇOS DE SCIE – CLIENTE EXTERNO

8966

7655 7616 7742

6329

4448
4146
3751 3868
3449

1068 1476
1254 1257 1021
853
684 801 900
436
2014 2015 2016 2017 2018

Inspeção Regular Medidas de Autoproteção Projeto Vistoria


CATEGORIA DE RISCO DOS SERVIÇOS (2018)

4ª C. R. – 284
3ª C.R. – 1183 2%
8%

1ª C.R. – 6113
42%

2ª C.R. - 6939
48%
CLIENTES

Sociedades/
Fundos
investimento
Administração
2%
pública Singulares
1% 9%

Coletivas
88%
Lei 123/ 2019
Alterações ao RJ SCIE
PROJETOS (14º - A)

ÂMBITO DE APLICAÇÃO JUSTIFICAÇÃO DA INTERVENÇÃO MÉTODOS


Obras de reconstrução (DL 95/2019) ARICA:2019
Obras de alteração Principio da proteção e valorização do existente
Obras de ampliação Principio da sustentabilidade ambiental
Principio da melhoria proporcional e progressiva

Sujeito a aceitação pela Projetista determina


ANEPC (2ª, 3ª e 4º CR) medidas de SCI a
ou implementar e
Câmara municipal (1ª CR) fundamenta na memória
descritiva
ELABORAÇÃO DE PROJETOS E MAP

Projeto e
Utilização-tipo Categoria de risco Requisitos para elaboração
Medidas de autoproteção
1ª Medidas de autoproteção Não existem
Técnicos inscritos nas ordens profissionais
de 23/10/2019 a 15/07/2020
todas (OA, OE, OET)
2ª, 3ª e 4ª
Técnicos inscritos nas ordens profissionais
a partir de 15/07/2020
(OA, OE, OET) e registados na ANEPC
REQUISITOS DE REGISTO DE
TÉCNICOS AUTORES NA ANEPC

- Experiencia profissional www.prociv.pt


- Curso 128h eportugal.gov.pt

Assinatura de Entrega de Pedido de Decisão final


protocolos processo na registo Pagamento de Publicação na
com ordens respetiva efetuado em taxa (54, 84€) (atribuição de lista publica
profissionais ordem eportugal.gov.pt número)

Existirá novo curso


Devolução de taxa
para técnico autor
paga anteriormente
VISTORIAS

A ANEPC realiza as seguintes vistorias:

Para emissão de licença de utilização Para efeitos de licença de funcionamento

 Determinada pelo Presidente da Câmara  Determinada por entidade licenciadora, no


Municipal nos termos do art.º 64.º e 65.º âmbito de legislação especial em matéria
do RJUE (Regime Jurídico da Urbanização de autorização de funcionamento
e Edificação), aprovado pelo Decreto-Lei (exemplo: combustíveis, lares, centros de
n.º 555/99, de 16 de dezembro, na sua saúde, clinicas, hospitais, etc).
redação atual.

 Diretor de obra ou Diretor de fiscalização


de obra, devem entregar termo de
responsabilidade na câmara municipal (com
o pedido da LU)
1º CATEGORIA DE RISCO – CÂMARAS MUNICIPAIS

Competências de SCIE a assumir pelos municípios até 01/ janeiro/ 2021:

 Aprovar soluções de SCIE no âmbito da análise de projetos entregues ao abrigo do art.º 14º (Perigosidade atípica)
 Analisar projetos de SCIE de 1ª categoria de risco, entregues ao abrigo do art.º 14º-A

 Parecer a medidas de autoproteção de 1º CR


 Receber comunicações de alterações de responsável de segurança, no âmbito de medidas de autoproteção de 1ª CR

 Realização de inspeções regulares de 1ª CR (de 6 em 6 anos, apenas nas UT’s IV-Escolares e V-Hospitalares e Lares de idosos)
 Realizar inspeções extraordinárias de 1ª CR
 Instrução e decisão de processos de contraordenação resultantes de inspeções extraordinárias de 1ºCR

 Realização de vistorias de 1ªCR

 Valor das coimas: 90% para o município e 10% para a entidade fiscalizadora
1º CATEGORIA DE RISCO
PROCEDIMENTO PARA O MUNICIPIO INICIAR SERVIÇOS

Delegação de
Sistema para Definir serviço
Publicar taxas competências
Nº de entidade gestão dos responsável
de serviços de no elemento
Credenciar MB ou pedidos ou pelo
SCIE na que irá emitir
técnicos protocolo com protocolo com tratamento
respetiva decisões
municipais AMA (para AMA para das
tabela (Presidente da
receber taxas) utilização de contraordenaç
municipal Câmara
backoffice ões
Municipal)

- Aguarda alteração à P64/2009

- Técnicos inscritos nas ordens


- Formação especifica
PRÓXIMAS AÇÕES
PRÓXIMAS AÇÕES

Novas
EXTERNAS

Publicação em
funcionalidades
DRE da revisão
para clientes Credenciação de
Novos serviços Livro amarelo de Portarias. Registo de
(área reservada, técnicos
no eportugal eletrónico Publicação de técnicos autores
SMS, municipais
cadernos e
faturas/recibos,
notas técnicas
etc)
INTERNAS

Novo Alteração do Anuário de


Digitalização Aumento do Estudos de
backoffice atendimento segurança
de processos quadro caraterização
(gestão de telefónico contra
SCIE técnico de SCIE
serviços SCIE) linha 800 incêndio
LEGISLAÇÃO DE SCIE

DESCRIÇÃO DIPLOMA 1ª alteração 2ª alteração 3ª alteração obs.

Lei 123/ 2019 de


Regime Jurídico de SCIE DL 220/ 2008 DL 224/2015 DL 95/2019
18/out
Regulamento Técnico de SCIE Portaria 1532/ 2008 Portaria nº x/ 2019

Credenciação de entidades para emissão de


Portaria 64/ 2009 Portaria 136/ 2011 Portaria nº x/ 2019
pareceres, vistorias e inspeções de SCIE

Registo de empresas de comercialização,


instalação e/ou manutenção de produtos e Portaria 773/ 2009 Portaria nº x/ 2019
equipamentos de SCIE
Acreditação de técnicos responsáveis pela
comercialização, instalação e manutenção de Despacho 10738/ 2011
produtos e equipamentos de SCIE
Carga de incêndio modificada Despacho 2074/ 2009 Despacho nº x/ 2020
Ultima atualização: Despacho
Taxas de SCIE Portaria 1054/ 2009 Portaria nº x/ 2019
3457/2019 de 28/ mar
Sistema Informático de SCIE Portaria 610/ 2009
Cartão de identificação Portaria nº 197/2016 Portaria nº x/ 2019
Transferência de competências para os municípios
Lei nº 50/ 2018
(1ª CR)
www.prociv.pt

scie@prociv.pt

800 203 203 http://eportugal.gov.pt