Você está na página 1de 10

Escola: Secundaria Alberto Sampaio

Nome: Mariana Da Silva Carvalho


Data: 03/06/2019
Professor: João Rodrigues
Disciplina: Geografia, 10ºano

Humidade
Atmosférica
INTRODUÇÃO:

Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Geografia A e tem como tema principal a Humidade
Atmosférica.
Nele serão focados vários temas, nomeadamente, o que é a humidade atmosférica, como é libertada a
humidade, tipos de precipitação e fatores da variação da precipitação.

O QUE É A HUMIDADE ATMOSFERICA

A humidade atmosférica é a quantidade de vapor de água existente na atmosfera e mede-se em gramas


por metro cubico (g/m3).
O vapor de água na atmosfera vai variando conforme a temperatura, sempre que o ar aquece a quantidade
de vapor de água aumenta e quando arrefece essa diminui.
Quando a atmosfera atinge o valor máximo de vapor de água numa determinada temperatura, dá-se o
ponto de saturação, logo quanto mais elevada for a temperatura, maior será o seu ponto de saturação.

Imagem nº1

Página 2 de 10
Página 3 de 10
HUMIDADE ATMOSFERICA

A humidade atmosférica pode ser libertada sobe duas formas: Formas de condensação, e sobe a Forma de
precipitação.
Na forma de condensação pode ocorrer a libertação por:

 Orvalho – gotículas de água que se formam quando o vapor de água entra em contacto com as
superfícies frias e condensa.

Imagem nº2

 Geada – camadas de cristais de gelo que se formam nas folhagens ou em superfícies expostas à
baixas temperaturas.

Imagem nº3

 Nevoeiro/Neblina – gotículas de água suspensas no ar desde o solo até pequenas altitudes.

Imagem nº4

 Nebulosidade – céu coberto por nuvens.

Imagem nº5

Página 4 de 10
Na forma de precipitação pode ocorrer pela forma de:

 Pluviosidade / Chuva – fenómeno meteorológico que consiste na precipitação de água sobre a terra.

Imagem nº6

 Neve – ocorrência meteorológica que consiste na precipitação de flocos formados por cristais de
gelo.

Imagem nº7

 Granizo/Saraiva – é a forma de precipitação que consiste na queda de pedaços irregulares de gelo.

Imagem nº8

Página 5 de 10
TIPOS DE PRECIPITAÇÃO

Há três tipo de chuvas:

 Chuvas orográficas ou de relevo - São


provocadas por a subida forçada do ar quando
encontra uma montanha:
- Ao subir, o ar
húmido arrefece, dando-se a condensação e a
precipitação;

 Chuvas convectivas ou de convecção - Há


um grande aquecimento da superfície
terrestre;
- O ar
húmido sobe, arrefece, condessa e ocorre a
precipitação;

 Chuvas ciclónicas ou frontais - Resultam da


colisão de duas massas de ar com
características opostas;
- O ar quente como é mais
leve, eleva-se sobre o ar frio;
- O ar quente ao subir
arrefece, condensa e ocorre a precipitação.

Imagem nº9

Página 6 de 10
FATORES DA VARIAÇÃO DA PRECIPITAÇÃO

A variação da precipitação à superfície do globo resulta da ação conjunta de vários fatores:


 Altitude;
 Continentalidade ou proximidade do mar;
 Exposição geográfica das vertentes;
 Distribuição dos centros de pressão;
 Correntes marítimas

Na Altitude: As regiões de maior altitude registam valores mais elevados de precipitação, sobretudo de tipo
orográfico (ex.: Serra da Estrela, Geres). O sul do país, com um relevo mais aplano, apresenta menores
quantitativos de precipitação.

Na Continentalidade ou proximidade do mar: As regiões do litoral registam valores mais elevados de


precipitação, pois os ventos marítimos vão perdendo humidade ao longo do seu trajeto para o interior do
continente.

Na Exposição geográfica das vertentes:

 No caso do relevo concordante: paralelos à linha da costa, dificultam a propagação


dos ventos húmidos na vertente voltada a oeste. -ex.: Barreira de condensação.

 No caso do relevo discordante: perpendiculares à linha da costa, facilitam a


propagação para o interior dos ventos húmidos de oeste (interior) -ex.: Cordilheira
Central.

Imagem nº10

Na Distribuição dos centros de pressão:

Página 7 de 10
 Nas regiões de altas pressões, a precipitação é escassa, pois o ar é subsidente. (ex. regiões polares)
 Nas regiões de baixas pressões, a precipitação é elevada, pois o ar é ascendente. (ex. região
equatorial)

Imagem nº11

Nas Correntes marítimas: Os lugares que recebem correntes marítimas quentes registam maiores valor de
precipitação do que nos lugares que recebe, correntes frias porque a água quente favorece a evaporação que
forma nuvens que precipitam

DISTRIBUIÇÃO DA PRECIPITAÇÃO EM PORTUGAL

Em Portugal, a distribuição da precipitação caracteriza-se por uma grande irregularidade a nível temporal e
espacial.
Ao longo do ano, as precipitações mais elevadas registam-se no final do outono, no inverno e no início da
primavera.

Imagem nº12

Página 8 de 10
Na irregularidade especial, em Portugal Continental, a precipitação diminui de norte para sul e do litoral
para o interior.
Os valores mais elevados de precipitação registam-se no Noroeste e nas áreas de montanha e os valores
mais baixos no vale superior do Douro e no sul do país.

CONCLUSÃO:

Apos a realização deste trabalho pude concluir que a humidade do ar é um tema de


importante compreensão, pois a umidade do ar é um importante climático, pois ela pode
interferir na variação das temperaturas, nos regimes de chuva e na sensação térmica.

Página 9 de 10
BIBLIOGRAFIA:

IMAGENS:

Imagem 1: http://conceitosdehidrologia.blogspot.com/2009/04/ponto-de-saturacao.html
Imagem 2: https://pt.dreamstime.com/gotas-de-orvalho-na-grama-verde-imagens-de-stock-image-free-
716394
Imagem 3: http://www.engeplus.com.br/noticia/clima/2018/confira-a-galeria-de-fotos-de-geada-na-serra-
catarinense
Imagem 4: https://beira.pt/portal/noticias/neblina-ou-nevoeiro-matinal/
Imagem 5: https://www.dnoticias.pt/madeira/nebulosidade-marca-tempo-ate-domingo-FX2213676
Imagem 6: https://www.bonde.com.br/bondenews/londrina/chuva-forte-pode-continuar-nesta-quinta-
feira-em-londrina-492736.html
Imagem 7: https://ominho.pt/aviso-amarelo-devido-ao-vento-chuva-neve/
Imagem 8: https://portugues.infogranizo.com/m/granizo-de-grandes-dimensoes/~
Imagem 9: http://www.historiaegeografia.com/elementos-e-fatores-que-compoem-o-clima/clima-
desenho/
Imagem 10: https://pt.slideshare.net/abarros/factores-do-clima-temperatura-presentation
Imagem 11: https://pt.slideshare.net/cesanto/geografia-292044
Imagem 12: https://www.slideshare.net/ildageo/especificidade-do-clima-portugus

CONTEÚDO ESCRITO:

https://pt.slideshare.net/beatriz_cortez_antunes/temperatura-e-humidade-do-ar-26866298

https://prezi.com/dyd8cbyk-na0/humidade-atmosferica/

Fotocopias fornecidas.

Página 10 de 10