Você está na página 1de 4

PLANO DE ELETIVA 1º SEMESTRE 2020

SER E CRIAR: a construção social dos indivíduos através da arte e da


TÍTULO:
cultura
Através da formação artístico-cultural dos estudantes, buscar-se-á
realizar trocas de experiências com pessoas, espaços e projetos de
transformação sociocultural, para que se conheça tais modelos de
atuação, de modo que a comunidade em que vivem seja refletida e
compreendida, a fim de se construir um projeto de intervenção direta
sobre esta localidade. Importa que os estudantes possam compreender
como a participação ativa dos atores envolvidos em um projeto coletivo
molda a sociedade e os próprios sujeitos, influenciando sobre seu
comportamento, projeto de vida e futuro.
EMENTA:
Um ou mais projetos culturais serão pensados, construídos e escritos
coletivamente, de forma a serem encaminhados à Administração pública
local como proposta direta de intervenção na comunidade, de forma a
garantir acesso público e gratuito aos estudantes e aos demais populares,
integrando escola-sociedade-poder público, incutindo nos estudantes o
interesse e a compreensão da importância e dos modos em que a atuação
política pode se dar [seja através do voto, da atuação sociocultural, da
participação ativa, da transformação artística e cultural de uma
sociedade, entre outros].
DISCIPLINA E ANO: HISTÓRIA | 6º e 7º anos
PROFESSORA
É notável a ausência de eventos, atividades e espaços de cultura, arte e
lazer em Lupércio e seu distrito de Santa Terezinha, onde residem os
alunos para o qual esse projeto de direciona. Desta forma, buscar-se-á,
através da formação artístico-cultural dos estudantes, trocas de
experiências com pessoas, espaços e projetos de transformação
sociocultural, para que se conheça tais modelos de atuação, pense a
comunidade em que vivem, construam um projeto de intervenção na
referida localidade e possam compreender como a participação ativa dos
atores envolvidos molda a sociedade e os próprios sujeitos,
influenciando sobre seu comportamento, projeto de vida e futuro.
JUSTIFICATIVA Um ou mais projetos culturais serão desenvolvidos, como explica a
ementa, integrando escola-sociedade-poder público, garantindo não
apenas o cumprimento de competências e habilidades previstas pela
BNCC e pelo Currículo Paulista, em consonância com a formação
histórico-cultural dos estudantes envolvidos, como incutindo nos
estudantes o interesse e a compreensão da importância e dos modos em
que a atuação política pode se dar (através do voto, da atuação
sociocultural, da participação ativa, da transformação artística e cultural
de uma sociedade, entre outros), tornando-os cidadãos ativos e
conscientes de sua importância no processo de transformação dos
território e sociedade.
Integrar Projeto de Vida e Eletivas, constituindo, a partir da arte e da
cultura, noções de participação ativa, engajamento social, formação
cultural e construção pessoal, além de cidadania. Objetiva-se que,
através de projetos de arte, cultura e lazer voltados à comunidade onde
OBJETIVO vivem, os estudantes consigam compreender a escola, a cultura e a
sociedade como um grande tecido coeso, construído por e através dele,
que o auxilia na sua formação pessoal e profissional, interferindo
diretamente sobre sua vida.
Valorizar-se-ão atividades práticas, orais, ilustrativas e escritas. Desta
forma, serão utilizados como metodologia de trabalho deste plano o
desenvolvimento de seminários e debates; criação de gráficos e tabelas;
interpretação de textos, imagens e filmes; criação de um projeto de
transformação sociocultural na comunidade onde moram e
autoavaliação. As atividades escritas serão integradas às ações do MMR,
para auxiliar na recuperação e aprofundamento de habilidades
defasadas.
Na perspectiva de tornar o estudante sujeito ativo no processo de ensino-
METODOLOGIA aprendizagem, os debates serão orientados pelo professor de modo a
instigar a reflexão e a expressão de ideias e opiniões. O estudante será
avaliado através da participação, sendo observadas sua proatividade,
autonomia, capacidade de expressão do conhecimento
adquirido/trocado, capacidade de ouvir e ponderar sobre as opiniões e
reflexões dos demais colegas e do professor, de forma respeitosa,
exercitando a tolerância como prática recorrente nas relações sociais.
Também serão observados a autocrítica e o autorreconhecimento no
processo de aprendizagem, através dos quais o estudante deverá
perceber e reconhecer o aprendizado adquirido.
PROJETOS DE VIDA: Jogos. Música. Esporte. Tecnologia. Linguagens Artísticas. Turismo.
DURAÇÃO Primeiro semestre letivo de 2020 [04/março a 08/julho de 2020, aprox.].
CRONOGRAMA: ____/____: Apresentação da ementa e do cronograma de atividades e
trabalhos propostos;
____/____: Pesquisa sobre ações de transformação social no Brasil e no
mundo através da arte e da cultura;
____/____: Debate sobre os projetos levantados na pesquisa: como
eram, o que propunham, como foram desenvolvidos, e o que
efetivamente se transformou/surgiu a partir deles?
____/____: Construção de roteiros de perguntas para realização de
entrevista;
____/____: Entrevista sobre a realidade artístico-cultural local com a
comunidade e pesquisa sobre o panorama regional através de
notícias/mídias sociais;
____/____: Criação de gráficos e tabelas a partir da pesquisa local
desenvolvida;
____/____: Pesquisa/aula sobre elaboração de projetos: experiências
existentes;
____/____: Pesquisa/aula sobre elaboração de projeto: como
criar/escrever um projeto;
____/____: Pesquisa/aula sobre elaboração de projeto: para onde
encaminhar um projeto;
____/____: Brainstorm para levantamento de propostas de eventos e
atividades artísticas, culturais e de lazer que possam ser desenvolvidas
na comunidade;
____/____: Preparação de roteiro de entrevista com um produtor
cultural, a ser convidado para palestra;
____/____: Palestra e entrevista com produtor cultural;
____/____: Mapeamento do território: o que há e onde podem ser
realizados os eventos/atividades propostos no brainstorm?
____/____: Mãos na massa I: Elaborando o projeto: escrita da
Introdução e Objetivos (gerais e específicos);
____/____: Mãos na massa II: Elaborando o projeto: escrita da
Justificativa e Metodologia;
____/____: Mãos na massa III: Elaborando o projeto: escrita do
Cronograma e propostas de orçamento;
____/____: Mãos na massa IV: Revisão do projeto escrito e criação de
ofício encaminhando a proposta à Prefeitura Municipal de Lupércio e
sua Secretaria Municipal da Cultura;
____/____: Análise da resposta do poder público e encaminhamentos
[em caso de aprovação].
E se não der certo? Como realizar o(s) projeto(s) proposto(s) ainda que
não haja incentivo ou apoio financeiro dos órgãos públicos;
____/____: Produtores de eventos em ação: Planejamento do evento
"CULMINÂNCIA" das Eletivas na U.E.;
____/____: CULMINÂNCIA: apresentação dos projetos propostos,
ações realizadas e balanço da CULMINÂNCIA organizada pelos
estudantes.
 Conhecimento: Valorizar e utilizar os conhecimentos
historicamente construídos sobre o mundo físico, social, cultural e
digital para entender e explicar a realidade, continuar aprendendo e
colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e
inclusiva.
 Pensamento científico, crítico e criativo: Exercitar a curiosidade
intelectual e recorrer à abordagem própria das ciências, incluindo a
investigação, a reflexão, a análise crítica, a imaginação e a
criatividade, para investigar causas, elaborar e testar hipóteses,
formular e resolver problemas e criar soluções (inclusive
tecnológicas) com base nos conhecimentos das diferentes áreas.
 Repertório cultural: Valorizar e fruir as diversas manifestações
artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de
práticas diversificadas da produção artístico - cultural.
 Comunicação: Utilizar diferentes linguagens — verbal (oral ou
visual- -motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e
COMPETÊNCIAS digital —, bem como conhecimentos das linguagens artística,
GERAIS ALINHADAS matemática e científica, para se expressar e partilhar informações,
(BNCC E experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir
CURRÍCULO sentidos que levem ao entendimento mútuo.
PAULISTA)  Cultura digital: Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de
informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e
ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se
comunicar, acessar e disseminar informações, produzir
conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria
na vida pessoal e coletiva.
 Trabalho e projeto de vida: Valorizar a diversidade de saberes e
vivências culturais e apropriar-se de conhecimentos e experiências
que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do
trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu
projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e
responsabilidade.
 Responsabilidade e cidadania: Agir pessoal e coletivamente com
autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e
determinação, tomando decisões com base em princípios éticos,
democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

COMPETÊNCIAS  Compreender a si e ao outro como identidades diferentes, de forma a


ESPECÍFICAS exercitar o respeito à diferença em uma sociedade plural e promover
ALINHADAS os direitos humanos.
(BNCC E  Analisar o mundo social, cultural e digital e o meio técnico-
CURRÍCULO científico-informacional com base nos conhecimentos das Ciências
Humanas, considerando suas variações de significado no tempo e no
espaço, para intervir em situações do cotidiano e se posicionar diante
de problemas do mundo contemporâneo.
 Identificar, comparar e explicar a intervenção do ser humano na
natureza e na sociedade, exercitando a curiosidade, a autonomia, o
senso crítico e a ética, propondo ideias e ações que contribuam para a
transformação espacial, ambiental, social e cultural de modo a
participar efetivamente das dinâmicas da vida social.
 Interpretar e expressar sentimentos, crenças e dúvidas com relação a
si mesmo, aos outros e às diferentes culturas, com base nos
PAULISTA) instrumentos de investigação das Ciências Humanas, promovendo o
acolhimento e a valorização da diversidade de indivíduos e de grupos
sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades, sem
preconceitos de qualquer natureza.
 Construir argumentos, com base nos conhecimentos das Ciências
Humanas, para negociar e defender ideias e opiniões que respeitem e
promovam os direitos humanos e a consciência socioambiental,
exercitando a responsabilidade e o protagonismo voltados para o
bem comum e a construção de uma sociedade justa, democrática e
inclusiva.

BIESDORF, R.; WANDSCHEER, M. ARTE, UMA NECESSIDADE


HUMANA: FUNÇÃO SOCIAL E EDUCATIVA. Itinerarius
Reflectionis/UFG [revista digital], v.2, n.11, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular.


Brasília: MEC, 2017. Disponível em:
<http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_20dez_site.pdf>.
Acesso em: 20 de fevereiro de 2020.

DOMINGOS, Armani. Como elaborar projetos? Guia prático para


elaboração e gestão de projetos sociais. Porto Alegre: Tomo Editorial,
2006.

REFERÊNCIAS FISCHER, Ernest. A necessidade da arte. 9. ed. Rio de Janeiro:


Guanabara Koogan, 1987.

RASMUSSSEN, Bruna. Como a arte está ajudando a transformar


cidades ao redor do mundo. Hypeness [conteúdo online]. 2015.
Disponível em: <https://www.hypeness.com.br/2015/10/como-a-arte-
esta-ajudando-a-transformar-cidades-ao-redor-do-mundo/> Acesso em
19 de fevereiro de 2019.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Currículo Paulista.


São Paulo: SEDUC, 2019. Disponível em:
<https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/wp-
content/uploads/sites/7/2019/09/curriculo-paulista-26-07.pdf>. Acesso
em: 20 de fevereiro de 2020.

Você também pode gostar