Você está na página 1de 25

ARÉA: CIÊNCIAS HUMANAS

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS DE LINGUAGENS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL

1- Compreender a si e ao outro como identidades diferentes, de forma a exercitar o


respeito à diferença em uma sociedade plural e promover os direitos humanos.
2- Analisar o mundo social, cultural e digital e o meio técnico-científico-informacional com
base nos conhecimentos das Ciências Humanas, considerando suas variações de
significado no tempo e no espaço, para intervir em situações do cotidiano e se
posicionar diante de problemas do mundo contemporâneo.
3- Identificar, comparar e explicar a intervenção do ser humano na natureza e na
sociedade, exercitando a curiosidade e propondo ideias e ações que contribuam para a
transformação espacial, social e cultural, de modo a particpar efetivamente das
dinâmicas da vida social.
4- Interpretar e expressar sentimentos, crenças e dúvidas com relação a si mesmo, aos
outros e as diferentes culturas, com base nos instrumentos de investigação das
Ciências Humanas, promovendo o acolhimento e a valorização da diversidade de
indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades,
sem preconceitos de qualquer natureza.
5- Comparar eventos ocorridos simultaneamente no mesmo espaço e em espaços
variados e eventos ocorridos em tempos diferentes no mesmo espaço e em espaços
variados.
6- Construir argumentos, com base nos conhecimentos das Ciências Humanas, para
negociar e defender ideias e opiniões que respeitem e promovam os direitos humanos
e a consciência socioambiental, exercitando a responsabilidade e o protagonismo
voltados para o bem comum e a construção de uma sociedade justa, democrática e
inclusiva.
7- Utilizar as linguagens catográfica, gráfica e iconográfica e diferentes gêneros textuais e
tecnologias digitais de informação e comunicação no desenvolvimento do raciocínio
espaço-temporal relacionado a localização, distância, direção, duração,
simultaneidade, sucessão, ritmo e conexão.
HISTÓRIA

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS DE HISTÓRIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL

1- Compreender acontecimentos históricos, relações de poder e processos e mecanismos


de transformação e manutenção das estruturas sociais, políticas, econômicas e
culturais ao longo do tempo e em diferentes espaços para analisar, posicionar-se e
intervir no mundo contemporâneo.
2- Compreender a historicidade no tempo e no espaço, relacionando acontecimentos e
processos de transformação e manutenção das estuturas sociais, políticas,
econômicas e culturais bem como problematizar os significados das lógicas de
organização cronológica.
3- Elaborar questionamentos, hipóteses, argumentos e proposições em relação a
documentos, interpretações e contextos históricos específicos, recorrendo a diferentes
linguagens e mídias, exercitando a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos, a
cooperação e o respeito.
4- Identificar interpretações que expressem visões de diferentes sujeitos, culturas e povos
com relação a um mesmo contexto histórico, e posicionar-se criticamente com base em
princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.
5- Analisar e compreender o movimento de populações e mercadorias no tempo e no
espaço e seus significados históricos, levando em conta o respeito e a solidariedade
com as diferentes populações.
6- Compreender e problematizar os conceitos e procedimentos norteadores da produção
historiográfica.
7- Produzir, avaliar e utilizar tecnologias digitais de informação e comunicação de modo
crítico, ético, e responsável, compreendendo seus significados para os diferentes
grupos ou estratos sociais.
Quadro 6 - Organizador curricular: História – 6º ano

6º ano
CAMPOS OBJETOS DE
DE CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO O
 Diferentes formas de perceber o
A questão do
tempo, reflexões
tempo,
sincronias Identificar diferentes formas  sobre o sentido das cronologias:
de compreensão tempo da natureza,
História: e diacronias:
reflexões sobre da noção de tempo e de  tempo cronológico e tempo
tempo,espa periodização dos
o histórico (diferentes
ço e formas
de registro sentido das processos históricos  calendários, linhas do
cronologias (continuidades e rupturas). tempo, simultaneidades,
sincronias e diacronias, sucessão e
duração).
 Conceito de História.
 O historiador e seu trabalho.
Identificar a gênese da  Quem faz História, sujeito histórico.
Formas de produção do saber
registro da  Noção de documentos e fontes
História: histórico e analisar o
história e históricas.
tempo,espa significado das fontes que
ço e formas da produção do originaram determinadas  História memória / História e
de registro conhecimento formas de registro em narrativa.
histórico sociedades e épocas  Diferentes referenciais de
distintas. periodização histórica.
 Formas de registro da História e da
produção do conhecimento.
 As teorias e as hipóteses
científicas e diferentes narrativas
Identificar as hipóteses sobre o surgimento da espécie
científicas sobre o humana (controvérsias, embates e
surgimento da espécie diálogos).
humana e sua historicidade
 Os processos migratórios e
e analisar os significados
tecnológicos dos primeiros grupos
dos mitos de fundação.
humanos (hipóteses, embates e
Conhecer as teorias sobre diálogos) e as transformações
As origens da a origem do homem produzidas no meio ambiente no
humanidade, americano. decorrer do tempo.
História:
Seus Descrever modificações da  As hipóteses sobre a chegada dos
tempo,espa
deslocamentos e natureza e da paisagem grupos humanos ao continente
ço e formas
os realizadas por diferentes americano e sul-americano.
de registro
processos de tipos de sociedade, com
 Sítios arqueológicos no Brasil, em
sedentarização destaque para os povos
Santa Catarina e no município.
indígenas originários e
povos africanos, e discutir a  Ocupação do território catarinense
natureza e a lógica das e Povos originários em Santa
transformações ocorridas. Catarina e no município
(sambaquianos, grupos indígenas:
Identificar geograficamente
Jê (Kaingang e
as rotas de povoamento no
território americano.  Xokleng/Laklãnõ e Tupi Guarani:
Mby’a). Seus registros, linguagens
e tecnologias.
Quadro 6 - Organizador curricular: História – 6º ano

6º ano
CAMPOS
OBJETOS DE
DE HABILIDADES CONTEÚDOS
CONHECIMENTO
ATUAÇÃO
Identificar aspectos e  Aspectos culturais e sociais dos
formas de registro das povos da antiguidade em
Povos da Antiguidade sociedades antigas na diferentes continentes
na África (egípcios), África, no Oriente Médio e (ameríndios, africanos,
no Oriente Médio nas Américas, distinguindo asiáticos).
(mesopotâmicos)enas alguns significados  Cidades da Antiguidade em
A inveção presentes na cultura diferentes contextos e espaços.
do mundo Américas (pré-
colombianos) material e na tradição oral  Ancestralidade e Oralidade nas
clássico e o dessas sociedades. diversas sociedades.
contraponto  Povos indígenas brasileiros,
com outras Identificar os espaços
Os povos indígenas territoriais ocupados e os catarinenses - organização
sociedades originários do atual social, política, econômica,
aportes culturais,
território brasileiro e científicos, sociais e cultural, científica, tecnológica.
seus hábitos culturais econômicos dos astecas,  Considerar a simultaneidade
e sociais maias e incas e dos povos dos diferentes povos nos
indígenas de diversas diversos espaços e contextos.
regiões brasileiras.
Discutir o conceito de  O diálogo cultural dos gregos e
A inveção
Antiguidade Clássica, seu romanos com outros povos.
do mundo
O Ocidente Clássico: alcance e limite na  A influência de outros povos na
clássico e o
aspectos da cultura tradição ocidental, assim construção cultural dos gregos
contraponto
na Grécia e em Roma como os impactos sobre e romanos e seu legado para o
com outras
outras sociedades e mundo ocidental.
sociedades
culturas.
 Conceito de Império e
As noções de Explicar a formação da expansionismo.
cidadania e política na Grécia Antiga, com ênfase  Exemplos de impérios entre
Grécia e em Roma na formação da polis e nas diferentes sociedades e
•Domínios e transformações políticas, diferentes continentes na
expansão das sociais e culturais. Antiguidade.
culturas grega e Caracterizar o processo de  As diferentes formas de
romana formação da Roma Antiga organização política na África e
e suas configurações em outros continentes: reinos,
•Significados do
sociais e políticas nos impérios, cidades-estados e
conceito de “império”
Lógicas de períodos monárquico e sociedades linhageiras,
e as lógicas de
organizaçã republicano. matriarcais ou aldeias.
conquista, conflito e
o política  Cidadania e política partindo da
negociação dessa Associar o conceito de
realidade do estudante e
forma de organização cidadania a dinâmicas de
considerando as experiências
política. inclusão e exclusão na
grega e romana (os não-
As diferentes formas Grécia e Roma antigas.
cidadãos, diferentes papéis da
de organização Conceituar “império” no mulher e da criança) – Este item
política na África: mundo antigo, com vistas pode atender também a
reinos, impérios, à análise das diferentes habilidade “Descrever e analisar
cidades- estados e formas de equilíbrio e os diferentes papéis
sociedades desequilíbrio entre as  sociais das mulheres no mundo
linhageiras ou aldeias partes envolvidas. antigo e nas sociedades
medievais”.
Quadro 6 - Organizador curricular: História – 6º ano

6º ano

CAMPOS DE OBJETOS DE
HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO CONHECIMENTO
 O processo de
transição dos mundos
antigo para o medieval.
A passagem do  A ocupação do Império
mundo antigo para Identificar e analisar diferentes
Romano por outros
Lógicas de o mundo medieval formas de contato, adaptação
povos: processos de
organização ou exclusão entre populações
A fragmentaçã do inclusão e exclusão
política em diferentes tempos e
poder político na dos povos não
espaços.
Idade Média romanos na sociedade
romana. Ascenção e
 queda do Império
Romano.
 O Mediterrâneo como
O Mediterrâneo
espaço de interação
como espaço de Descrever as dinâmicas de
Lógicas de comercial, cultural e
interação entre as circulação de pessoas,
organização social entre as
sociedades da produtos e culturas no
política sociedades da Europa,
Europa, da África e Mediterrâneo e seu significado.
da África e do Oriente
do Oriente Médio
Médio.
Senhores e servos  Relações Sociais,
no mundo antigo e relações de trabalho:
no medieval. escravidão e trabalho
Caracterizar e comparar as livre, servidão, em
dinâmicas de abastecimento e diferentes
Escravidão e temporalidades e
as formas de organização do
trabalho livre em entre diferentes
Trabalho e trabalho e da vida social em
diferentes espaços/sociedades do
formas de diferentes sociedades e
temporalidadese mundo antigo.
organização períodos, com destaque para
espaços (Roma
social e as relações entre senhores e  Organização e posse
Antiga, Europa
cultural servos. da terra no feudalismo.
medieval e África)
Diferenciar escravidão,
servidão e trabalho livre no
Lógicas comerciais mundo antigo.
na Antiguidade
romana e no mundo
medieval
O papel da religião Analisar o papel da religião  A religião cristã como
Trabalho e cristã,dos mosteiros cristã na cultura e nos modos elemento cultural do
formas de e da cultura na de organização social no mundo ocidental.
organização Idade Média período medieval.
social e
O papel da mulher Descrever e analisar os  A função e os papéis
cultural
na Grécia, em diferentes papéis sociais das das mulheres nas
Roma e no período mulheres no mundo antigo e sociedades grega,
medieval nas sociedades medievais. romana e medieval.
Quadro 7 - Organizador curricular: História – 7º ano

7º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
Explicar o significado
A construção da de “modernidade” e
ideia de suas lógicas de
modernidade e inclusão e exclusão, na
seus impactos concepção europeia.
O mundo na concepção
moderno e a de História  Conceito(s) de Modernidade/ “Velho e
Identificar conexões e
conexão interações entre as Novo Mundo”.
entre A ideia de “Novo sociedades do Novo  Ideologias coloniais (catequização e
sociedades Mundo” ante o Mundo, da Europa, da escravização). Eurocentrismo e
africanas, Mundo Antigo: África e da Ásia no etnocentrismo e implicações para os
americanas e permanências e contexto das indígenas
européias rupturas de navegações e indicar a
saberes e complexidade e as
práticas na interações que
emergência do ocorrem nos Oceanos
mundo moderno Atlântico, Índico e
Pacífico.
Identificar aspectos e  Os povos ameríndios entre os séculos
processos específicos VII e XV: Formas de organização
O mundo
Saberes dos das sociedades política, social e cultural, tecnologias,
moderno e a
povos africanos africanas e americanas arquitetura e urbanismo, cidades e
conexão
e pré- antes da chegada dos rotas de comércio, arte / trocas
entre
colombianos europeus, com culturais.
sociedades
expressos na destaque para as  Os povos africanos entre os séculos
africanas,
cultura material formas de organização VII e XV: Formas de organização
americanas e
e imaterial social e o política, social e cultural; tecnologias,
européias
desenvolvimento de arte, arquitetura e urbanismo, cidades
saberes e técnicas. e rotas de comércio.
Humanismos:
Humanismos uma nova visão Identificar as principais
 Teocentrismo e Racionalismo.
, de ser humano e características dos
de mundo. Humanismos e dos  Relações sociais, culturais
Renasciment Renascimentos e estabelecidas no mundo a partir das
os e o Novo Renascimentos experiências humanistas do
analisar seus
Mundo Artísticos significados. renascentismo.
e culturais.
 Conceito de reformas religiosas;
relação com o humanismo, a
Identificar e relacionar
Humanismos imprensa, as mudanças econômicas e
Reformas as vinculações entre
, políticas da Europa.
as reformas religiosas
religiosas: a  Reformas religiosas e processos
Renasciment e os processos
cristandade migratórios para o novo mundo
os e o Novo culturais e sociais do
fragmentada período moderno na  Repercussões das reformas religiosas
Mundo
Europa e na América. no Brasil e em Santa Catarina.
 Reformas religiosas e intolerância
religiosa (passado e presente).
Quadro 7 - Organizador curricular: História – 7º ano

7º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
 Tecnologias de navegação e a
Humanismos Comparar as expansão marítima ao longo da
, As descobertas História entre diferentes povos, rotas e
científicas e a navegações no
Renasciment Atlântico e no continentes.
expansão
os e o Novo marítima Pacífico entre os  Desenvolvimento tecnológico e
Mundo séculos XIV e XVI. científico e poder político entre os
séculos XIV e XVI.
Descrever os
A formação e o processos de
A funcionamento formação e  Transição da Idade Média para a Idade
organização das monarquias consolidação das Moderna na Europa: crise do sistema
do poder e europeias: a monarquias e suas feudal e a formação do capitalismo
as dinâmicas lógica da principais mercantil, formação dos Estados
do mundo centralização características com Nacionais, ascensão da burguesia,
colonial política e os vistas à desenvolvimento das cidades.
americano conflitos na compreensão das
 Absolutismo e Mercantilismo.
Europa razões da
centralização
política.
Descrever as formas  Registros de viajantes e navegadores
de organização das em Santa Catarina no início do período
sociedades colonial.
americanas no  A chegada dos Europeus na América
A conquista da tempo da conquista e os conflitos.
América e as com vistas à
A compreensão dos  Invasões e expansão na América
formas de portuguesa.
organização mecanismos de
organização
do poder e alianças, confrontos  A colonização das Américas e as
política dos
as dinâmicas e resistências. diferentes resistências indígenas;
indígenas e
do mundo missões jesuíticas e escravização
europeus:
colonial Analisar os indígena.
conflitos,
americano diferentes impactos
dominação e  Colonialismo e pacto colonial; alianças,
conciliação da conquista resistências e conflitos entre os povos
europeia da América ameríndios e europeus.
para as populações
ameríndias e  Mitas, encomienda, permanências da
identificar as formas colonização nas sociedades da
de resistência. América Latina atual.
Quadro 7 - Organizador curricular: História – 7º ano

7º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
Analisar, com base em
documentos históricos,  Invasões europeias no período
diferentes colonial (franceses, holandeses e
interpretações sobre as espanhóis) e as consequências desse
dinâmicas das processo para as populações
sociedades americanas indígenas e africanas.
A estruturação no período colonial.  Tratados e acordos territoriais entre
A dos vice-reinos Espanha e Portugal na América do Sul
Analisar a formação
organização nas Américas (conflitos pelo domínio do sul do
histórico-geográfica do
do poder e Resistências Brasil). Guerras guaraníticas.
território da América
as dinâmicas indígenas,
portuguesa por meio de  Expulsão dos povos indígenas:
do mundo invasões e
mapas históricos. Guarani, Kaingang, Xokleng/Laklãnõ
colonial expansão na
Identificar a distribuição de seus territórios.
americano América
portuguesa territorial da população  A formação dos vice-reinos na
brasileira em diferentes América do Sul e Central.
épocas, considerando a  O processo de interiorização do Brasil
diversidade étnico- – tropeirismo em Santa Catarina e no
racial e étnico-cultural Brasil, ciclo do ouro, pecuária
(indígena, africana, (rotas...).
europeia e asiática).
Caracterizar a ação dos
europeus e suas
lógicas mercantis
As lógicas visando ao domínio no
Lógicas mercantis e o mundo atlântico.  Domínio colonial europeu e
comerciais e domínio europeu Descrever as dinâmicas Mercantilismo.
mercantis da sobre os mares comerciais das  As rotas comerciais entre Europa,
modernidade e o contraponto sociedades americanas África e Ásia.
Oriental e africanas e analisar
suas interações com
outras sociedades do
Ocidente e do Oriente.
Lógicas As lógicas Discutir o conceito de  As lógicas internas das sociedades
comerciais e internas escravidão moderna e africanas: Gana, Mali, Songai, Iorubás
mercantis da das suas distinções em e Bantos.
modernidade sociedades relação ao escravismo  O olhar dos viajantes sobre a África.
africanas antigo e à servidão
medieval.  Mecanismos e as dinâmicas de
comércio de escravizados e suas
As formas de Analisar os diferentes fases. A escravidão
organização das mecanismos e as moderna e as formas de tráfico.
sociedades dinâmicas de comércio Trabalho escravo e trabalho infantil no
ameríndias de escravizados em tempo presente.
suas diferentes fases,
identificando os  Relações comerciais entre Europa,
agentes responsáveis África e América, a partir do século
A escravidão XIV.
pelo tráfico e as regiões
moderna e o
e zonas africanas de  As formas de resistência à
tráfico de
procedência dos escravização em Santa Catarina, no
escravizados
escravizados. Brasil e na África.
Lógicas  Transição das relações mercantis para
Discutir a passagem do o capitalismo.
comerciais e A emergência do
mercantilismo para o
mercantis da capitalismo  Diferentes dinâmicas de
capitalismo.
modernidade desenvolvimento do capitalismo.
Quadro 8 - Organizador curricular: História – 8º ano

8º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
Identificar os principais  A Construção do
Mundo aspectos conceituais Conceito de
contemporân A questão do do iluminismo e do Contemporaneidade.
eo: O Antigo iluminismo e da liberalismo e discutir a
Regime em ilustração relação entre eles e a  Iluminismo: ideias políticas,
crise organização do mundo econômicas, científicas, filosóficas e
contemporâneo. artísticas

Identificar as
particularidades
Mundo político-sociais da
As revoluções
contemporân Inglaterra do século
inglesas e os
eo: O Antigo XVII e analisar os
princípios do
Regime em
liberalismo Desdobramentos  Conceito histórico de revolução.
crise
posteriores à  Relações de trabalho e produção:
Revolução Gloriosa. impactos sociais, ambientais, nas
Revolução relações de trabalho e na
Analisar os impactos organização do mercado mundial.
Mundo Industrial e seus
da Revolução
contemporân impactos na  Transformações políticas, sociais,
Industrial na produção
eo: O Antigo produção e filosóficas e seus desdobramentos
e circulação dos
Regime em circulação de pelo mundo: Revoluções dos
povos, produtos e
crise povos, produtos séculos XVII e XVIII.
culturas.
e culturas  Declarações dos Direitos Humanos
Identificar e relacionar e do Cidadão.
Mundo
os processos da
contemporân Revolução
Revolução Francesa e
eo: O Antigo Francesa e seus
seus desdobramentos
Regime em desdobramentos
na Europa e no
crise
mundo.
Explicar os
movimentos e as
rebeliões da América
Mundo Rebeliões na portuguesa,  Movimentos sociais, políticos e
contemporân América articulando as econômicos na América Portuguesa
eo: O Antigo portuguesa: as temáticas (Ex.: Conflitos nativistas,
Regime em conjurações
locais e suas interfaces Conjuração Mineira e a Baiana).
crise mineira e baiana
com processos
ocorridos na Europa e
nas Américas.
Quadro 8 - Organizador curricular: História – 8º ano

8º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
Aplicar os conceitos de Estado,
nação, território, governo e país
para o entendimento de conflitos
e tensões.
Identificar e contextualizar as
especificidades dos diversos
processos de independência nas
Américas, seus aspectos
populacionais e suas
Independência conformações territoriais.
dos Estados Conhecer o ideário dos líderes  Processos de
Unidos da dos movimentos independentistas Independência na América.
América e seu papel nas revoluções que  Características e
levaram à independência das desdobramentos
colônias hispano-americanas. (históricos, sociais,
Independências
Conhecer as características e os políticos, econômicos,
na América
principais pensadores do Pan- culturais).
espanhola
americanismo.
Os processos  Revolução Haitiana: um
Identificar a Revolução de São
de exemplo singular.
A revoluçãodos Domingo como evento singular e
independência escravizados em desdobramento da Revolução  Chegada da Família Real
nas Américas São Domingo e Francesa e avaliar suas Portuguesa e suas
seus múltiplos implicações. consequências.
significados e Identificar e explicar os  Independência do Brasil -
desdobramentos protagonismos e a atuação de rupturas e continuidades.
: o caso do Haiti diferentes grupos sociais e
 Construção das
étnicos nas lutas de
sociedades pós-coloniais.
independência no Brasil, na
Os caminhos até América espanhola e no Haiti.  Governos pós-
a independência Caracterizar a organização independência na América.
do Brasil política e social no Brasil desde a
chegada da Corte portuguesa, em
1808, até 1822 e seus
desdobramentos para a história
política brasileira.
Analisar o processo de
independência em diferentes
países latino-americanos e
comparar as formas de governo
neles adotadas.
 Povos escravizados no
final do período colonial:
Discutir a noção da tutela dos indígenas e africanos
A tutela da grupos indígenas e a participação (relações de poder,
população dos negros na sociedade concentração e
Os processos brasileira do final do período expropriação material,
indígena, a
de colonial, identificando processos de resistência,
escravidão dos
independência permanências na forma de violências, preconceitos,
negros e a tutela
nas Américas preconceitos, estereótipos e estereótipos e
dos egressos da
escravidão violências sobre essas permanências). Destacam-
populações no Brasil e nas se esses
Américas.
 processos em Santa
Catarina.
Quadro 8 - Organizador curricular: História – 8º ano

8º ano
CAMPOS
OBJETOS DE
DE HABILIDADES CONTEÚDOS
CONHECIMENTO
ATUAÇÃO
Identificar e analisar
o equilíbrio das
Brasil: Primeiro forças e os sujeitos
Reinado envolvidos nas
disputas políticas
durante o Primeiro e
O Período o Segundo Reinado.
Regencial e as Identificar, comparar  Primeiro Reinado: aspectos políticos,
contestações ao e analisar a econômicos e sociais (Constituição de
poder central diversidade política, 1824).
social e regional nas  Revoltas do Período Regencial:
O Brasil do rebeliões e nos (Cabanagem, Balaiada, Malês,
Segundo movimentos Farroupilha/Lanceiros Negros, República
Reinado: política contestatórios ao Juliana, Sabinada) desdobramentos,
Brasil no e economia poder centralizado. mudanças e permanências.
século XIX Relacionar as  Segundo Reinado: Economia do café e
transformações modernização, Lei de terras, Guerra do
•A Lei de Terras e territoriais, em razão Paraguai e mecanismo de recrutamento
seus de questões de dos escravizados.
desdobramentos fronteiras, com as  A Província de Santa Catarina no
na política do tensões e conflitos contexto da Guerra do Paraguai.
Segundo Reinado durante o Império.  Imigração Europeia no Brasil e em Santa
Identificar as Catarina durante o Segundo Reinado.
•Territórios e questões internas e
fronteiras: a externas sobre a
atuação do Brasil na
Guerra do Guerra do Paraguai
Paraguai e discutir diferentes
versões sobre o
conflito.
Formular
questionamentos  Escravismos e processos de libertação
sobre o legado da de Povos africanos escravizados (A
escravidão nas legislação a serviço de quem?).
Américas, com base  Escravismos, movimentos indígenas,
na seleção e formas de resistência à dominação
O escravismo no
consulta de fontes capitalista na América Latina.
Brasil do século
de diferentes  O papel social das mulheres
XIX: plantations e
naturezas. escravizadas, mantenedoras dos
revoltas de
Brasil no costumes, da cultura, da religiosidade e
escravizados,
século XIX Identificar e sua participação nos movimentos de
abolicionismo e
políticas relacionar aspectos resistência.
migratórias no das estruturas  Escravizados e libertos em Santa
Brasil Imperial sociais da Catarina no século XIX: Escravos
atualidade com os urbanos, de ganho, rurais, domésticos.
legados da  Territórios negros em Santa Catarina -
escravidão no Brasil Comunidades Quilombolas.
e discutir a  O legado da escravidão e a política de
importância de ações afirmativas.
ações afirmativas.
Brasil no Políticas de Identificar e analisar  Políticas de extermínio indígena durante
século XIX extermínio do as políticas oficiais o Império.
indígena durante com relação ao  Representação social e legal dos
indígenas durante o Império.
 A criação e ação do SPLTIN (SPI) -
“Bugres” e “bugreiros” em Santa Catarina.
o Império indígena durante o Criação das reservas indígenas.
Império.  Imigração europeia em Cocal do Sul
 A construção da identidade Sul
Cocalense (política, economia, sociedade
e religião)
Quadro 8 - Organizador curricular: História – 8º ano

8º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
A produção do
imaginário
nacional Discutir o papel das
brasileiro: culturas letradas, não
 Os Movimentos culturais no Brasil
Brasil no cultura popular, letradas e das artes na
do século XIX e a construção da
século XIX representações produção das
identidade nacional.
visuais, letras e identidades no Brasil
o do século XIX.
Romantismo
Estabelecer relações
causais entre as
Configuraçõe Nacionalismo, ideologias raciais e o
s do mundo revoluções e as determinismo no
no século novas nações contexto do  Unificação da Itália e da Alemanha.
XIX europeias imperialismo europeu e  Imperialismo europeu: ideologias
seus impactos na raciais e determinismo.
África e na Ásia.  Segunda Revolução
Uma nova Reconhecer os Industrial: transformações
ordem principais produtos, tecnológicas, na exploração do
econômica: as utilizados pelos trabalho.
demandas do europeus, procedentes  Conceito de trabalhador,
Configuraçõe capitalismo do continente africano operário e trabalho no contexto
s do mundo industrial e o durante o imperialismo da Revolução Industrial.
no século lugar das e analisar os impactos
 Movimento Operário durante a
XIX economias sobre as comunidades
Revolução Industrial.
africanas e locais na
 Teorias anticapitalistas:
asiáticas nas forma de organização
socialismos e anarquismos
dinâmicas e exploração
globais econômica.  Os EUA e sua política
expansionista/Guerra civil.
Caracterizar e
Os Estados contextualizar  Organização social e política na
Configuraçõe América Latina; movimentos sociais
Unidos da aspectos das relações
s do mundo de resistência na América Latina -
América e a entre os Estados
no século século XIX.
América Latina Unidos da América e a
XIX
no século XIX América Latina no  Imperialismo e Neocolonialismo na
século XIX. América, África e Ásia (dominação
Identificar e cultural, econômica, política, de
contextualizar o mentalidades e as
Configuraçõe O imperialismo
protagonismo das  resistências dos povos nativos).
s do mundo europeu e a
populações locais na
no século partilha da África
resistência ao
XIX e da Ásia
imperialismo na África
e Ásia.
Quadro 8 - Organizador curricular: História – 8º ano

8º ano

CAMPOS DE OBJETOS DE
HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO CONHECIMENTO
Pensamento e
cultura no século
XIX: darwinismo e
racismo
O discurso  Discursos de dominação
civilizatório nas (darwinismo social, dicotomia
Américas, o Identificar as tensões e civilização-barbárie, discursos
silenciamento dos os significados dos cientificistas).
saberes indígenas e discursos civilizatórios,  Movimentos sociais/indígenas
Configuraçõe as formas de avaliando seus de resistência na América
s do mundo integração e impactos negativos Latina no século XIX.
no século XIX destruição de para os povos
indígenas originários e  Políticas de genocídio e tutela
comunidades e povos dos povos indígenas.
indígenas as populações negras
nas Américas.  Mecanismos de marginalização
A resistência dos e exclusão das populações
povos e afro-brasileiras.
comunidades
indígenas
diante da ofensiva
civilizatória
Quadro 9 - Organizador curricular: História – 9º ano

9º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
 Processo de Implantação da
República do Brasil (conceito de
república e cidadania); Contexto
social, econômico e político no
desenvolvimento da República.
Primeira República (1889-1930):
Descrever e (Ex. República da Espada, Revolta
contextualizar os da Armada, Constituição de 1891,
Experiências
principais aspectos coronelismo, voto de cabresto).
republicanas e
sociais, culturais,
práticas  Revolução Federalista: Floriano
O nascimento econômicos e políticos
autoritárias: as Peixoto e Florianópolis.
da República da emergência da
tensões e  As reformas urbanas no Brasil
no Brasil e os República no Brasil.
disputas do Republicano e os processos: de
processos mundo segregação social, racial
históricos até contemporâneo Caracterizar e (favelização) e de modernização
a metade do compreender os ciclos nos centros urbanos.
século XX da história republicana,
A proclamação  Movimentos sociais (Canudos,
identificando
da República e Cangaço, Chibata, Movimento
particularidades da
seus primeiros Operário, Tenentismo, Revolta da
história local e regional
desdobramentos Vacina, Sufragistas, Movimento
até 1954.
Negro, Coluna Prestes). Guerra do
Contestado em Santa Catarina.
Desdobramentos pós movimento do
Contestado
 (territorial, social, econômico,
político).
A questão da
inserção dos
negros no Identificar os
período mecanismos de
republicano do inserção dos negros na
 Inserção social do negro no
O nascimento pós-abolição sociedade brasileira
contexto pós- abolição. Quilombolas
da República pós-abolição e avaliar
remanescentes.
no Brasil e os os seus resultados.
Os movimentos  Formas de organização e
processos
sociais e a resistência dos afrodescendentes
históricos até Discutir a importância
imprensa negra; no início do período republicano.
a metade do da participação da
século XX a cultura afro-  Territórios quilombolas em Santa
brasileira como população negra na
Catarina.
elemento formação econômica,
política e social do
de resistência e Brasil.
superação das
discriminações
Quadro 9 - Organizador curricular: História – 9º ano

9º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
Primeira
O República e Identificar os processos
nascimento suas de urbanização e
da República características modernização da
no Brasil e os
Contestações e sociedade brasileira e
processos
dinâmicas da avaliar suas contradições  Ocupação, urbanização e
históricos até
vida cultural no e seus impactos na região industrialização no Brasil e em
a metade do
Brasil entre 1900 em que vive. Santa Catarina.
século XX
e 1930
 Movimentos artísticos e culturais
O no Brasil
nascimento
 (“modernismos”).
da República Identificar e discutir o
O período
no Brasil e os papel do trabalhismo
varguista e suas
processos como força política, social
contradições
históricos até e cultural no Brasil,
a metade do
século XX
O A emergência da
nascimento vida urbana e a
da República segregação
espacial em diferentes escalas
no Brasil e os  O período varguista e suas
(nacional, regional,
processos O trabalhismoe contradições (questões
cidade, comunidade).
históricos até seu trabalhistas, populismo, ditadura,
a metade do protagonismo questões econômicas,
século XX político campanha de nacionalização e
influência cultural, Integralismo e
O Identificar e explicar, em Comunismo).
nascimento meio a lógicas de inclusão
e exclusão, as pautas dos 
da República A questão
no Brasil e os indígena durante povos  Resistência em Santa Catarina e
processos a República (até indígenas, no contexto no Brasil no período varguista.
históricos até 1964) republicano (até 1964), e  Contexto e representação das
a metade do das populações Pautas dos povos indígenas e
século XX afrodescendentes. africanos e políticas públicas
Identificar as para esses povos até 1964.
transformações ocorridas 
no debate sobre as  Movimentos sociais no século
O questões da diversidade XX no Brasil.
nascimento no Brasil durante o século
XX e compreender o  Movimento Operário no Brasil e
da República em Santa Catarina.
Anarquismo e significado das mudanças
no Brasil e os
protagonismo de abordagem em relação  Movimentos de luta pela terra:
processos
feminino ao tema. Ligas camponesas e MST.
históricos até
a metade do 
século XX Relacionar as conquistas  Os movimentos feministas.
de direitos políticos,
sociais e civis à atuação
de movimentos sociais.
Quadro 9 - Organizador curricular: História – 9º ano

9º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
O mundo em Identificar e relacionar as
 Primeira Guerra Mundial
conflito: Primeira dinâmicas do capitalismo e
e reflexos no Brasil.
Guerra Mundial suas crises, os grandes conflitos
mundiais e os conflitos vivenciados  A Revolução Russa e a
na Europa. ruptura com o
A questão da capitalismo.
Totalitarismo Palestina  A crise capitalista de
Identificar as especificidades e os
E conflitos 1929.
desdobramentos mundiais da
mundiais A Revolução Revolução Russa e seu significado  Movimentos totalitários
Russa histórico. no mundo: A
emergência do fascismo
e do nazismo.
A crise Analisar a crise capitalista de 1929
capitalista de  A Segunda Guerra
e seus desdobramentos em relação
1929 Mundial, participação
à economia global.
brasileira com destaque
A emergência do para os
fascismo e do Descrever e contextualizar os desdobramentos em
nazismo processos da emergência do Santa Catarina.
Totalitarismo
A Segunda fascismo e do nazismo, a  O horror nuclear:
E conflitos consolidação dos estados
Guerra Mundial Hiroshima e Nagasaki –
mundiais totalitários e as práticas de
Judeus e outras
extermínio (como o holocausto).  Imigração Japonesa em
vítimas do
Santa Catarina.
holocausto
O colonialismo
na África
 Processos de
As guerras
Caracterizar e discutir as dinâmicas Independência da África
Totalitarismo mundiais, a crise
do colonialismo no continente e da Ásia. Conflitos
do colonialismo
E conflitos africano e asiático e as lógicas de geopolíticos e étnicos no
e o advento
mundiais resistência das populações locais contexto dos processos
dos diante das questões internacionais. de Independência da
nacionalismos África e da Ásia.
africanos e
asiáticos
Discutir as motivações que levaram
à criação da Organização das
Nações Unidas (ONU) no contexto
do pós-guerra e os propósitos
dessa organização.  A Organização das
A Organização Nações Unidas (ONU) e
Totalitarismo das Nações a questão dos Direitos
Unidas (ONU) e Relacionar a Carta dos Direitos
E conflitos Humanos ao processo de afirmação Humanos.
a questão dos
mundiais Direitos dos direitos fundamentais e de  A importância da
Humanos defesa da dignidade humana, efetivação dos Direitos
valorizando as instituições voltadas Humanos.
para a defesa desses direitos e
para a
identificação dos agentes
responsáveis por sua violação.
Quadro 9 - Organizador curricular: História – 9º ano

9º ano
OBJETOS DE
CAMPOS DE
CONHECIMENT HABILIDADES CONTEÚDOS
ATUAÇÃO
O
Identificar e analisar
processos sociais,
econômicos, culturais e
políticos do Brasil a partir
O Brasil da era  O Contexto político, econômico,
de 1946.
Modernizaçã JK e o ideal de social e cultural do Brasil nas
o, ditadura uma nação décadas de 1950 e 1960.
civil-militar e moderna: a Descrever e analisar as  A industrialização do Brasil
de urbanização e relações entre as
redemocratiz seus  Santa Catarina e
transformações urbanas e
ação: o Brasil desdobramentos as implicações do
seus impactos na cultura
após 1946 em um país em desenvolvimento econômico.
brasileira entre 1946 e
transformação 1964 e na  Centros econômicos e políticos.
produção das
desigualdades regionais e
sociais.
Identificar e compreender
o processo que resultou
na ditadura civil-militar no
Brasil e discutir a  O Contexto político, econômico,
emergência de questões social e cultural do Brasil nas
Os anos
relacionadas à memória e décadas de 1960 e 1970.
1960:
à justiça sobre os casos
de violação dos direitos  A ditadura civil-militar.
revolução  O modelo de Nação durante a
humanos.
Modernizaçã cultural? Ditadura e as contradições com
o, ditadura a pauta política dos grupos
civil-militar e Discutir os processos de indígenas e quilombolas no
A ditadura civil-
de resistência e as propostas Brasil.
militar e os
redemocratiz de reorganização da
processos de  Movimentos artísticos, culturais,
ação: o Brasil sociedade brasileira
resistência religiosos e educacionais.
após 1946 durante a ditadura civil-
militar.  Mecanismos de enfrentamento
As questões dos regimes autoritários.
indígena e negra  Meios de
dentificar e relacionar as
e a ditadura comunicação social e
demandas indígenas e
quilombolas como forma as influências.
de contestação ao modelo
desenvolvimentista da
ditadura.
O processo
Modernizaçã de  O processo de
o, ditadura redemocratizaçã Discutir o papel da redemocratização.
civil-militar e o mobilização da sociedade
 A Novembrada em Santa
de brasileira do final do
A Constituição Catarina.
redemocratiz período ditatorial até a
ação: o Brasil de 1988 e a Constituição de 1988.  Movimentos Sindicais e
após 1946 emancipação políticas dos trabalhadores.
das cidadanias
Quadro 9 - Organizador curricular: História – 9º ano

9º ano
CAMPOS
OBJETOS DE
DE HABILIDADES CONTEÚDOS
CONHECIMENTO
ATUAÇÃO
Identificar direitos civis, políticos
e sociais expressos na
Constituição de 1988 e
relacioná- los à noção de
cidadania e ao pacto da
sociedade brasileira de combate
a diversas formas de
preconceito, como o racismo.
A história recente do Analisar as transformações
Brasil: políticas, econômicas, sociais e
transformações culturais de 1989 aos dias  O Movimento das
políticas, atuais, identificando questões Diretas Já.
econômicas, sociais prioritárias para a promoção da  A Constituição de 1988
e culturais de 1989 cidadania e dos valores e a emancipação das
Modernizaç aos dias atuais. democráticos. cidadanias
ão, ditadura Os protagonismos da Relacionar as transformações (analfabetos,
civil-militar sociedade civil e as da sociedade brasileira aos indígenas, negros,
e de alterações da protagonismos da sociedade jovens, mulheres,
redemocrati sociedade brasileira civil após 1989. população LGBTQIA+,
zação: o Discutir e analisar as causas da refugiados, imigrantes,
Brasil após A questão da idosos, pessoas com
violência contra violência contra populações
1946 marginalizadas (negros, deficiência).
populações
marginalizadas indígenas, mulheres,  Constituição de 1988 e
homossexuais, camponeses, determinação de
O Brasil e suas pobres etc.) com vistas à direitos fundamentais e
relações tomada de consciência e à equidade.
internacionais na era construção de uma cultura de
da globalização paz, empatia e respeito às
pessoas.
Relacionar aspectos das
mudanças econômicas, culturais
e sociais ocorridas no Brasil a
partir da década de 1990 ao
papel do País no cenário
internacional na era da
globalização.
A Guerra Fria:
confrontos de dois  A Guerra Fria:
modelos políticos confrontos de dois
modelos políticos.
Identificar e analisar aspectos da
 Tensões
A Revolução Chinesa Guerra Fria, seus principais
internacionais:
História e as tensões entre conflitos e as tensões
(Revolução Chinesa,
recente China e Rússia geopolíticas no interior dos
Revolução Cubana,
blocos liderados por soviéticos e
Guerra do Vietnã,
estadunidenses.
A Revolução Cubana Guerra das Coreias).
e as tensões entre  A Questão Palestina e
Estados Unidos da o Estado de Israel.
América
Quadro 9 - Organizador curricular: História – 9º ano

9º ano
CAMPOS
OBJETOS DE
DE HABILIDADES CONTEÚDOS
CONHECIMENTO
ATUAÇÃO
Descrever e analisar as  Ditaduras na América Latina e a
experiências ditatoriais na Operação Condor.
América Latina, seus  Descolonização na África e na
procedimentos e vínculos Ásia e a formação de novos
com o poder, em nível países.
nacional e internacional, e a
atuação de movimentos de  Migrações e Imigrações em
contestação às ditaduras. Santa Catarina, no Brasil e no
As experiências mundo (migrações por fuga de
História conflitos étnicos e políticos,
ditatoriais na
recente Comparar as características problemas econômicos, entre
América Latina
dos regimes ditatoriais latino- outros).
americanos, com especial  Globalização e exclusão.
atenção para a censura
política, a opressão e o uso  Globalização e a supressão das
da força, bem como para as fronteiras e enfraquecimento
reformas dos Estados-Nação.
econômicas e sociais e seus  Globalização e o novo mercado
impactos. mundial.
 Movimentos (neo) Totalitários
Os processos de
Descrever e avaliar os no Mundo (Neonazismo,
História descolonização conflitos geopolíticos).
processos de descolonização
recente na África e na na África e na Ásia.  A Era Digital.
Ásia
 Sociedades de consumo e
Analisar mudanças e
consumo de massa.
permanências associadas ao
processo de globalização,  Revoluções tecnológicas.
considerando os argumentos  Processos de globalização e os
dos movimentos críticos às conflitos do século XXI.
políticas globais. Movimentos Sociais: A pauta
dos Direitos Humanos:
marchas, movimentos
O fim da Guerra Analisar as transformações
LGBTQIA+, Movimento Negro,
Fria e o processo nas relações políticas locais
luta pela terra, luta pela
História de globalização e globais geradas pelo
moradia, lutas dos povos
recente Políticas desenvolvimento das
tradicionais, direitos da mulher,
econômicas na tecnologias digitais de
direitos dos idosos, direitos da
América Latina informação e comunicação.
criança e adolescente e de
pessoas com deficiência.
Discutir as motivações da  O papel dos coletivos: direitos e
adoção de diferentes movimentos dos povos
políticas econômicas na indígenas na atualidade em
América Latina, assim como Santa Catarina; juventudes em
seus impactos sociais nos Santa Catarina e no Brasil:
países da região. movimentos estudantis, “Passe
História Os conflitos do Analisar os aspectos Livre”, Ocupações de escolas; e
recente século XXI e a relacionados ao fenômeno do populações quilombolas.
questão do terrorismo na  Desmobilização dos
terrorismo contemporaneidade, movimentos sociais
Pluralidades e incluindo os movimentos
diversidades migratórios e os choques
identitárias na entre diferentes grupos e
atualidade culturas.
As pautas dos
povos indígenas
no século XXI e Identificar e discutir as
suas formas de diversidades identitárias e
inserção no seus significados históricos
debate local, no início do século XXI,
regional, nacional combatendo qualquer forma
e internacional de preconceito e violência.

Você também pode gostar