Você está na página 1de 15

Apostila Distribuicao de

Energia UMCTEC
Distribuição e Utilização de Energia
Universidade Federal de Goiás (UFG)
14 pag.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
Redes Aéreas de Distribuição Prof. Abelardo

1 - SISTEMA ELÉTRICO DE POTÊNCIA (Noções)

1.1 - Introduço

O Sistema Elét rico de Potência (SEP) é um conj unto de todas as instalaçes e


e!ui"amentos destinados # $eração% transmissão e distribuição de ener$ia
elétrica. (A.&.'..  '&R*+,-  Sistemas Elétricos de Potência 
erminolo$ia).
O!"et#$o → %er&r
%er&r'' tr&ns(
tr&ns(#t#
#t#rr e d#str#
d#str#!u#
!u#rr ener)#
ener)#&
& e*+tr#
e*+tr#,&
,& atendendo a
determinados "adres de confabilidade% disponibilidade% qualidade% segurança
e custos% com o mnimo im"acto ambiental.
 Con#&!#*#d&de representa a probabilidade de componentes, partes e
sistemas realizarem suas funções requeridas por um dado período de
tempo sem falhar . Re"resenta também o tem"o !ue o com"onente%
"arte ou sistema le/ar0 "ara fal1ar (2).
 D#s.on#!#*#d&de é definida como a "robabilidade !ue o sistema esteja
o"erando ade!uadamente !uando re!uisitado "ara uso. Em outras
"ala/ras% é a "robabilidade !ue um sistema não est0 indis"on/el
!uando re!uisitado seu uso (2).
 /u&*#d&de da ener$ia é a condição de com"atibilidade entre sistema
su"ridor e car$a atendendo critérios de conformidade senoidal

e (
amplitude da tensão, requência, desequilíbrios de tensão e corrente
orma de onda).

 Seur&nç& est0 relacionado com a 1abilidade do sistema de res"onder


a dist3rbios !ue "ossam ocorrer no sistema. Em $e ral os sistemas
elétricos são construdos "ara continuar o"erando a"4s ser submetido a
uma contingência.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
1

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
Redes Aéreas de Distribuição Prof.
Abelardo

1.1.0 - %er&ço

Obtémse ener$ia elétrica% a "artir da con/ersão de al$uma outra forma


de
ener$ia% utili5andos e m0!uinas elétricas rotati/as ($eradores)% nas !uais
se
utili5am turbinas 1idr0ulicas ou a /a"or "ara se obter o conjugado
mecânico.
1.1. - S#ste& de Tr&ns#sso

rans"orta a ener$ia elétrica dos centros de $eração aos de consumo.

1.1.2 - S#ste& de D#str#!u#ço


1.1.2.1 - Rede de Su!-Tr&ns#sso
Su!-Tr&ns#sso

em a função de trans"ortar a ener$ia elétrica das subestaçes de


transmissão #s subestaçes de distribuição e aos consumidores%
o"erando em tenses de 6+%*% ,7% 88 e 968 :;.
1.1.2.0 - Su!est&ções de d#str#!u#ço

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
São su"ridas "ela rede de subtransmissão e são res"ons0/eis
"ela
transformação da tensão de subtransmissão "ara a de distribuição
"rim0ria
(96%8 :;).

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
Redes Aéreas de Distribuição Prof.
Abelardo

1.0 - S#ste&s de d#str#!u#ço r#3r#&


As redes de distribuição "rim0ria (média tensão) emer$em das
SEs de distribuição e o"eram% no caso da rede aérea% radialmente% com
"ossibilidade de transferência de blocos de car$a entre circuitos "ara o
atendimento da o"eração em condiçes de contin$ência% de/ido #
manutenção correti/a% "re/enti/a e outras situaçes.
1. - Redes de D#str#!u#ço
As redes de distribuição alimentam consumidores residenciais e
industriais de médio e "e!ueno "orte% consumidores comerciais e de
ser/iços.
&) Redes de M+d#& Tenso
Os troncos dos alimentadores em"re$am% usualmente% condutores de
seção
66,%+ <=< "ermitindo% na tensão de 96%8 :;% o trans"orte de 9><;A
de
"otência
car$a m0?ima% !ue face a necessidade de transferência de blocos de
entre alimentadores% fica limitada em torno de 8 <;A. Estas redes
atendem os
consumidores "rim0rios e aos transformadores de distribuição
(estaçes
transformadoras). Podem ser aéreas ou subterr@neas% sendo !ue as
"rimeiras
são mais difundidas de/ido ao seu custo menor% e% as se$undas têm
$rande
a"licação em 0reas de maior densidade de car$a (5ona central de
uma
metr4"ole).
!) Redes e 4&#5& Tenso (4T)
O objeti/o das redes em bai?a tensão é trans"ortar eletricidade das redes
de média tensão "ara os consumidores de bai?a tensão.
A rede & re"resenta o níel fnal na estrutura de um sistema de
"otência. m
$rande n3mero de consumidores% setor residencial% é atendido "elas
redes em
&. ais redes são em $eral operadas manualmente % nas tenses de
>>-B9>C
; ou 68-B>>- ;..

A abela 9 mostra um dia$rama com a re"resentação dos /0rios

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
se$mentos de um sistema de "otência com seus res"ecti/os n/eis de
tensão.

Tenso (67) C&o de 8re& do s#ste&


P&dron#:&d& E5#stente &*#,&ço de ot9n,#&
-%>>-B-%9>C -%99- Distribuição
-%68-B-%>>-
96%8 -%>6-B-%99*
99%7 secund0ria (&)
Distribuição
6+%* >>%* "rim0ria (<) D#str#!u#ço
6+%*
88%- Subtransmissão
,7%-
(A)
968%-
968%-
>6-%- ++-%-
ransmissão ransmissão
6+*%- C*-%-
*--%-
T&!e*& 1 - Tensões usu&#s e s#ste&s de ot9n,#&.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
Redes Aéreas de Distribuição Prof.
Abelardo

1..1 - Con,e#tos !3s#,os d& D#str#!u#ço


Rede de D#str#!u#ço A+re& ;r!&n& → Parte inte$r ante do !istema
de

"istribuição
, &d& #$rea% *o,&*#:&d& dentro de .er<(etro ur!&no
ur!&no de
de
*o,&*#d&de .
Rede de d#str#!u#ço &+re& rur&* → Rede de Distribuição s#tu&d& or&
do er<etro ur!&no de ,#d&des .

Rede de D#str#!u#ço Pr#(3r#& → Parte de uma Rede de Distribuição


!ue alimenta transformadores de distribuição e B ou pontos de entrega
sob uma mesma tensão "rim0ria nominal.

A*#(ent&dor de D#str#!u#ço → Parte da Rede de Distribuição Prim0ria


!ue alimenta% diretamente ou "or intermédio de seus ramais% os
transformadores de distribuição da concession0ria eBou consumidores.
Tron,o de A*#(ent&do r → Parte de um Alimentador de Distribuição
Tron,o
!ue trans"orta a "arcela "rinci"al da car$a total.

R&&*
R&&* de A*#e
A*#ent&d
nt&dor
or → Parte de um Alimentador de Distribuição !ue
deri/a
do ronco de Alimentador e !ue alimenta diretamente os transformadores
de
distribuição e B ou "ontos de entre$a de consumidores em tensão "rim0ria.
Rede de D#str#!u# ço Se,und3r# & → Rede elétrica !ue le/a ener$ia
D#str#!u#ço
dos transformadores de distribuição aos "ontos de entre$a.

R&(&* L#)&ç o → =onjunto de condutores e acess4rios !ue li$am


R&(&* de L#)&ço
uma Rede de Distribuição Secund0ria a uma ou mais unidades de
consumo.
C&r
C&r& Inst
nst&*&d
&*&d&& → Soma das "otências nominais (em :) dos
e!ui"amentos de uma unidade de consumo !ue% uma /e5
concludos os trabal1os de instalação% estão em condiçes de entrar em
funcionamento.
De(&nd
De(&nd& & → Potência (:;A ou :)% re!uisitada "or determinada
car$a instalada% durante um inter/alo de tem"o es"ecificado.
'ormalmente se considera a "otência média de 9* minutos.

De(&
De(&nd
nd&
& M35#(& → <aior de todas as demandas re$istradas ou
M35#(&

ocorridas durante um inter/alo de tem"o es"ecificado.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
De&nd& S#u*t=ne& → Soma das demandas /erificadas num mesmo
inter/alo de tem"o es"ecificado.
De&nd& S#u*t=ne& M35#& → <aior das demandas
simult@neas re$istradas durante um inter/alo de tem"o es"ecificado.
>&to
>&torr de De&
De&ndnd&& → Relação entre a demanda m0?ima de uma
instalação% /erificada em um inter/alo de tem"o es"ecificado e a
corres"ondente car$a instalada total.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
Redes Aéreas de Distribuição Prof.
Abelardo

>&tor de C&r)& → Relação entre a demanda média obtida com base


no
consumo e a demanda m0?ima no mesmo inter/alo de tem"o es"ecificado.

De(&
De(&nd
nd&
demanda& D#$e
D#$ers
rs#
##,
#,&d& → =ontribuição de um consumidor "ara a
&d&
m0?ima do $ru"o a !ue "ertence e !ue est0 alimentado "ela mesma
fonte de
ener$ia elétrica.  também a demanda resultante da car$a% tomada
em
conjunto de um $ru"o de consumidores li$ados em um mesmo circuito.
/ued& de Tenso → Diferença entre as tenses elétric as e?istentes em
dois "ontos distintos de um circuito% "ercorrido "or corrente elétrica%
obser/adas no mesmo instante.
>&tor de Pot9n,#& → Relação entre a "otência ati/a e a "otência a"arente.

Consu
Consu(o(o → Fuantidade de ener$ia elétrica (:1) absor/ida em um
dado inter/alo de tem"o.

Consu#dores Ese,#&#s → =onsumidores cujas car$as


ocasionam flutuaçes de tensão na rede% necessitando% "ortanto% de
uma an0lise es"ecfica "ara o dimensionamento elétrico da mesma.

67A T+r#,o → Potência limite de carre$amento do


transformador% estabelecida em função de suas caractersticas do ti"o
de cur/a de car$a% adotando m0?imo de 96- 2.

C?&$
C?&$es
es de Prot
Proteç
eço
o → =1a/es utili5adas com a finalidade b0sica de
"roteção dos circuitos "rim0rios de distribuição ou de e!ui"amentos
neles instalados% desli$ando automaticamente os circuitos ou
e!ui"amentos !ue esteja m sob condiçes de defeito ou sob tensão ou
correntes anormais.
C?&$es
C?&$es >us<$e#
>us<$e#ss de D#str#!
D#str#!u#ç
u#çoo → =1a/es com função "rinci"al de
"rote$er ou isolar automaticamente "arte da rede% baseado em
"rinc"io térmi co% atra/és de sobrea!uecimento e fusão de um elo
condutor fus/el !uando atin$ido o limite de corrente "réestabelecido.

C?&$es
C?&$es Se,,#o
Se,,#on&do
n&dor&s
r&s T#o
T#o >&,&
>&,& → =1a/es com função "rinci"al de
"ermitir
cone?ão ou descone?ão de "arte da rede nas manobras "or ocasião
das
o"eraçes de flu?o de car$a% de manutenção% de reforma ou de

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
construção%
atra/és de fec1amento ou abertura de um com"onente em forma de
barra
met0lica basculante condutora% e o"erado mecanicamente com au?lio de
/ara
de manobra.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
Redes Aéreas de Distribuição Prof.
Abelardo

0- REDES AÉREAS DE DISTRI4;I@O

0.1 - Introduço → São redes


"rim0rias e
secund0rias% cujo trans"orte de ener$ia
elétrica
das subestaçes aos consumidores é
feito%
atra/és% de condutores% $eralmente de
alumnio
n3% instalados em estruturas constitudas
de
"ostes% cru5etas% isoladores% ferra$ens
e

acess4rios.
0.1.1 - Redes &+re&s ur!&n&s
São redes !ue atendem os
consumidores
residenciais% comerciais e industriais
situados na
%rea urbana dos munic"ios.
tili5am%
$eralmente% transformadores trif0sicos "ara
o
abai?amento da tensão% "ara su"rimento
dos
consumidores em &% tanto residenciais%
como
comerciais e industriais de "e!ueno
"orte.
tili5am% também% "oste de concreto do
ti"o
circular ou du"lo .

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
0.1.0 - Redes &+re&s rur&#s

São a!uelas !ue su"rem


os
consumidores situados na %rea
rural
dos munic"ios. De/ido
abai?a
densidade de car$a
utili5amse
redes monof0sicas
(faseBneutro) e
transformadores monof0sicos.
Os
"ostes das estruturas
são%
$eralmente% de madeira.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
Redes Aéreas de Distribuição Prof.
Abelardo

0.0 - MATERIAIS DE REDES DE DISTRI4;I@O AÉREA

>#ur& 2 - Poste de ,on,reto du*o T &r& d#str#!u#ço e ,#r,u*&r


&r&
tr&ns#sso
0.0.1 - POSTES → São os elementos b0sicos das estruturas.
São
es"ecificados "elas suas dimenses $eométricas (altura)% material%
forma e
"ela resistência # fle?ão (m0?imo esforço 1ori5ontal). E?em"loG Poste
de
concreto% seção circular% 99 m% 6-- H$. Podem ser de madeira% concreto e
aço.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)
>#ur& B - Ar&ço do suorte de erro do oste de ,on,reto ,#r,u*&r

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: rafael-meneses-2 (rafaelmeneses6555@gmail.com)

Você também pode gostar