Você está na página 1de 12

Capítulo II

Filosofia de vida...
a- CRENÇA:

Com respeito à crenças tanto para os hindus como para os ciganos, a religiosidade é muito forte e norteia
muito de seu comportamento, impondo normas e fundamentos importantes, que devem ser respeitados e
obedecidos
Os ciganos, ao deixarem a Índia, não carregaram suas divindades. Eles possuíam na sua língua apenas
uma palavra para designar Deus (Del, Devel). Eles se adaptaram facilmente às religiões dos países onde
permaneceram. No mundo bizantino, tornaram-se cristãos. Já no início do século XIV, em Creta, praticavam o rito
grego. Nos países conquistados pelos turcos, muitos ciganos permaneceram cristãos enquanto que outros
renderam-se ao Islã. Desde suas primeiras migrações em direção ao Oeste eles diziam ser cristãos e se conduziam
como peregrinos.
Mitologicamente o Povo Cigano está ligado à Kalí - a deusa negra da mitologia hindu, associada a figura
de Santa Sara, cujo mistério envolve o das "virgens negras", que na iconografia cristã representa a figura de Sara,
a serva (de origem núbia) que teria acompanhado as três Marias: Jacobina, Salomé e Madalena, e, junto com José
de Arimatéia fugido da Palestina numa pequena barca, transportando o Santo Graal (o cálice sagrado), que seria
levado por elas para um mosteiro da antiga Bretanha.
Diz o mito que a barca teria perdido o rumo durante o trajeto e atracado no porto de Camargue, às
margens do Mediterrâneo, que por sua vez ficou conhecido como "Saintes Maries de La Mer", transformando-se
desde então num local de grande concentração do Povo Cigano.
Santa Sara é comemorada e reverenciada todos os anos, nos dias 24 e 25 de maio, através de uma
longa noite de vigília e oração, pelos ciganos espalhados no mundo inteiro, com candeias de velas azuis, flores e
vestes coloridas; muita música e muita dança, cujo simbolismo religioso representa o processo de purificação e
renovação da natureza e o eterno "retorno dos tempos".
Muitas ciganas que não conseguiam ter filhos faziam promessas a ela, no sentido de que,
se concebessem, iriam à cripta da Santa, em Saintes-Maries-de-La-Mer no Sul da França, fariam uma noite de
vigília e depositariam em seus pés como oferenda um Diklô, o mais bonito que encontrassem. E lá existem
centenas de lenços, como prova que muitas ciganas receberam esta graça, Deve ter nascido deste gesto de Sara
Kali, a tradição de toda mulher casada usar um lenço, que é a peça mais importante do seu vestuário, a prova
disto é que quando quer se oferecer um belo presente a uma cigana, se diz”dalto chucar diklô”,( te dou um bonito
lenço).
Embora não se tenha notícia de sua beatificação, sua história e milagres, a fez Padroeira Universal
dos ciganos.
E com respeito à suas crenças, tanto para os hindus como para os ciganos, a religiosidade é muito
forte e norteia muito de seu comportamento, impondo normas e fundamentos importantes, que devem ser
respeitados e obedecidos
O cigano não gosta de ser chamado de cigano pelo sentido pejorativo que os gadjos lhe
conferem., e sim Rom - homem, pai de família. Romí - mulher, mãe de família.

O grande lema do Povo Cigano é: "O Céu é meu teto; a Terra é minha pátria e a Liberdade é minha
religião", traduzindo um espírito essencialmente nômade e livre dos condicionamentos das pessoas normais
geralmente cerceadas pelos sistemas aos quais estão subjugadas.
Em sua maioria, os ciganos são artistas (de muitas artes, inclusive a circense); e exímios ferreiros,
fabricando seus próprios utensílios domésticos, suas joias e suas selas. Levam uma vida muito simples:
consertando panelas, vendendo cavalos, fazendo artesanato (principalmente em cobre - o metal nobre desse povo),
lendo as cartas do Tarot e a "buena dicha" (a boa sorte).
Na verdade cigano que se preza, lê os olhos das pessoas (os espelhos da alma) e tocam seus
pulsos (para sentirem o nível de vibração energética) e só então é que interpretam as linhas das mãos.
.
ESTE É O SÍMBOLO CIGANO:

A Estrela de 5 pontas (pentagrama) representa os 5 sentidos:

1) TATO
2) AUDIÇÃO
3) PALADAR
4) OLFATO
5) VISÃO

E também o ser humano com os 5 elementos, no caso a ponta superior a Cabeça e o elemento Eter (vide
desenho).
Este símbolo, que é o selo dos curandeiros que interpretavam como um convite para o encontro dos
“senhores do fogo”.

b-SIMBOLOGIA

Os ciganos são livres como uma águia, maliciosos como uma raposa e sensuais e prudentes como uma
serpente.
Através dos hieróglifos, os ciganos, podem decifrar uma mensagem, e geralmente os ciganos o utilizam
para: Praticas de Magia, Dar avisos , ou ainda alertar, os companheiros. E por esses hieróglifos pode- se entender
melhor a personalidade dos ciganos., veja a seguir:
 HIERÓGLIFO DA ÁGUIA
Símbolo que é um alvo, que representa o Pássaro a ser abatido. A Águia é o animal da liberdade, é exatamente
como o cigano: Não se prende a lugar algum. Seu lar, é o céu infinito e a única lei que obedece, é a sua própria
LEI. O nômade respeita-a e teme-a ao mesmo tempo, ela representa a força e a violência.

 HIERÓGLIFO DO CORVO
Duas meia luas, em face da outra, o hieróglifo do corvo traduz, o equilíbrio e a justiça, também enviado pela
sabedoria, quando comete um erro, prejudicial aos seus semelhantes, o corvo voa em alta velocidade, até cair e
morrer. Para os ciganos, esta, é uma lição de vida: “Mais vale morrer, do que perder a honra”.

 HIERÓGLIFO DO RATO
Ao contrário dos gadjes, que vem o rato um animal impuro, e transmissor de doenças, os ciganos acreditam que há
muito o que se aprender, com este animal. Seu hieróglifo, simboliza a necessidade de ser inteligente e se agir com
organização. Alguns ciganos usavam ratos para guarda pessoal a noite.

 HIERÓGLIFO DO GATO
O gato é um animal de ficar horas esperando o momento certo para abater a sua presa. Ao representá-lo o cigano
exalta a importância de sermos prudentes e cautelosos.

 HIERÓGLIFO DO MOCHO ou CORUJA


Simboliza a vidência, pois vigia quando o restante das criaturas dormem ou tateiam na penumbra, a coruja fica
atenta para cada detalhe da floresta, mergulhada na escuridão. Seu hieróglifo – frequentemente empregado na
feitiçaria – é a meia lua deitada tendo acima 2 olhos ou uma estrela de 5 pontas com 2 olhos.

 HIERÓGLIFO DO LOBO ou RAPOSA


Este animal é visto pelos ciganos como verdadeiro exemplo de comportamento. Nunca mata a não ser para se
alimentar, ou para eliminar um rival no amor. Respeita os mais velhos do grupo, e pode se tornar um fiel
companheiro do homem. Muitos ciganos na Europa adotam lobos como animais de estimação.

 HIERÓGLIFO DO SAPO
Ao lado da coruja, e do morcego, o sapo é um dos animais favoritos dos magos e dos videntes. Simboliza a luz, a
sabedoria e a feminilidade.

 HIERÓGLIFO DO MORCEGO
O morcego é cego e surdo, mas nada lhe passa despercebido. Ele simplesmente, não tem olhos ou ouvidos, para as
ilusões do mundo, para as imagens mentirosas, como a coruja, também habita as noites escuras e seus sentidos
captam as verdades mais profundas que existem muito além das aparências. Por este motivo, representa a mais
plena lucidez.

 HIERÓGLIFO DA SERPENTE
Como quase todas as civilizações antigas, os ciganos associam a imagem da serpente, a feminilidade, a força, a
energia e ao sexo.

 HIERÓGLIFO DO LAGARTO
Seu símbolo é uma bengala, inspira-se na sua capacidade de se desprender da cauda, quando se sente preso ou
ameaçado. Representa a fragilidade.

 HIERÓGLIFO DA POMBA
A pomba está entre um dos poucos animais que o cigano despreza. È um pássaro sem vontade própria, fraco que
se deixa amestrar em poucas horas. Além disso, os ciganos, consideram a pomba cruel, capaz de matar apenas por
prazer. Seu hieróglifo é um machado símbolo da destruição insensata.

A BANDEIRA CIGANA

A Bandeira como símbolo de um grupo, têm seu significado "encantado" ! Esta bandeira foi instituída
como símbolo internacional de todos os Ciganos do mundo no ano de 1971, pela Internacional Gypsy Committee
Organized no " First World Romani Congress " - Primeiro Congresso Mundial Cigano - realizado em Londres.

A roda vermelha no centro da bandeira simboliza a vida, representa o caminho a percorrer e o já percorrido. A
tradição, como continuísmo eterno, se sobrepõe ao azul e ao verde, com seus aros representando a força do fogo,
da transformação e do movimento.
O azul representa os valores espirituais, a paz, a ligação do consciente com os mundos superiores, significando
libertação e liberdade.
O verde representa a Mãe Natureza, a terra, o mundo orgânico, a força da luz do crescimento vinculado com as
matas, com os caminhos desbravados e abertos pelos Ciganos. Representa o sentimento de gratidão e respeito pela
terra, de preservação da natureza pelo que ela nos oferece, proporcionando a sobrevivência do homem e a
obrigação de ser respeitada pelo homem, que dela retira seus suprimentos, devendo mantê-la e defendê-la.

c- RELIGIÕES:
O Credo
Os ciganos não possuem pajés ou curandeiros, ou ainda um feiticeiro em particular, pois cada cigano e
cigana tem seus talentos para a magia, possui dons místicos, sendo portanto um feiticeiro em si mesmo. Todo
povo cigano se considera portador de virtudes doadas por Deus como patrimônio de berço, cabendo à cada um
desenvolver e aprimorar seus dons divinos da melhor e mais adequada maneira.
Existem autores que citam que cada grupo cigano tem seu feiticeiro particular denominado kakú, porém
isso pode variar de clã para clã, para alguns essa palavra significa apenas tio.
O ciganos não são politeístas. Adoram e veneram um só Deus, mas tais como vários povos viveram e
vivem em estreito contato com a natureza, veem as naturais manifestações desta como divindades. Assimilam dos
astros do céu, abençoam e pedem bençãos à chuva, as águas dos rios, cachoeiras, às árvores das matas,
respeitando os trovões, a força devastadora dos raios e o fogo, que aquece, protege e purifica. Admiram os
pássaros, as flores, os animais, toda a forma de vida que brota da natureza, pois entendem que todas são maneiras
de Deus se revelar aos homens, sendo tratados portanto com carinho e respeito. Eles compreendem que o ar é
energia vital, o elemento vivificante da vida e oram para que as ventanias, tufões e vendavais não destruam seus
acampamentos e seus lares (tendas ou tcheras)
O povo Cigano é místico por essência e trazem latente na alma a religiosidade e o amor pelas divindades
e, dentro de seu mundo espiritual, mantém seu equilíbrio e harmonia cultuando a grande Kali. Santa Sara Kali é
tida como a santa do povo cigano. Hoje mais do que nunca, devido a cultura dos ciganos entrar em quase todos os
países, os não ciganos passaram a conhecer e venerar o culto a Santa Sara.
Santa Sara Kali, esta presente em toda tenda cigana, com sua tradicional veste azul-céu e o rosto negro. A
lenda nos conta que os inimigos do Nazareno , que naquela época não eram poucos, condenaram por diversas
artimanhas as três Marias. Maria Madalena, Maria Jacobé (mãe do Tiago menor) e Maria Salomé (mãe de São
João). Elas deveriam ser jogadas ao mar, numa barca sem remos ou previsões, acompanhadas tão somente de uma
das escravas de José de Arimatéia, Sara a Kali ( Kali em romanês, quer dizer negra).
Esse barco teria miraculosamente apostado numa praia próxima a foz do RIO PETIT-RHÔNE, onde hoje
se encontra a igreja de SAINTES-MAIES-DE-LA-MER ( Santa Marias Vindas do Mar), um lugar de peregrinação
e de culto para Santa Sara Kali, que foi quem converteu os ciganos para o Cristianismo.
Das Marias, a história não guarda vestígios ou mesmo seus destinos, mas quanto a Sara, dizem que ela foi
cuidada pelo povo cigano e o ajudou a tornar-se unido e a desenvolver-se como povo e como cultura.

d – ASTROLOGIA:

As dimensões do Cosmo são tão grandes que se utilizássemos as unidades de distancia familiares,
como metros ou milhas, escolhidas pela sua utilização na Terra, fariam pouco sentido. Medem-se então as
distâncias com a velocidade da luz.
Assim, como poderiam entender sobre o Cosmo, a caminhada das estrelas, o Sol e a Lua, gente que vivia
numa terra dividida em castas, cheia de religiões pagãs e mitos tribais, como os ciganos?
Como poderiam entender de luas e saber de sóis os caldeus, os pais da astrologia? Mesmo assim eles
tentavam. Armavam seus observatórios toscos e perscrutavam as estrelas. Destas pesquisas nasceu a astrologia,
pseudociência, mas que tem adeptos em todo o mundo e que traz alguma verdade, pois é algo sentido e não
racionalizado pelos antigos.
Assim como não entende o Cosmo, o homem não pode entender a Deus; no entanto, tenta, cria, sonda e
procura voltar-se sempre para Deus. Daqui da Terra, lugar de céus azuis de nitrogênio, oceanos de água verde,
tépidas florestas e prados ondulantes, um mundo positivamente belo, nós, seres humanos, buscamos a Deus.
Assim, os ciganos, como todos os povos da Terra, amam a Deus e sabem que como criaturas criadas tem de haver
um Criador.
E através da observação dos astros criaram sua astrologia pouco ou nada divulgada no Ocidente. Não é
uma ciência, como logicamente o é a Astronomia; tem falhas, mas em relação ao tipo humano dos caldeus é
divulgada por toda a parte, mas tem também mistérios e seus encantos.
Como a astrologia dos caldeus, a dos ciganos tem também doze signos. Cada um deles tem suas
características, planetas regentes, influências e lendas. Não nasceu no entanto de Cláudio Ptolomeu que a criou
dos restos das crenças babilônicas enquanto trabalhava na famosa Biblioteca de Alexandria. Foi criada pelos
kakus (feiticeiros, sábios, velhos, tios), ciganos em suas caminhadas pelas estradas banhadas de luar e pelas lendas
vindas da velha e misteriosa Índia.
A astrologia é a arte de predizer os futuros acontecimentos humanos pela posição das estrelas ou de outros
corpos celestes. Seu estudo começou nas antigas civilizações mesopotâmicas e a crença na eficácia desta arte
espalhou-se para a Grécia, no século IV antes de Cristo, e para Roma antes da era cristã.
Na índia e na China a astrologia incorporou largamente as teorias e crenças dos gregos, do mesmo modo
que no Egito, a partir de Cláudio Ptolomeu e seus estudos na Biblioteca de Alexandria. A astrologia grega,
desenvolvida pelos árabes no século VII e VIII, teve grande influência na Europa.
Quando os árabes invadiram a Índia no século VIII levaram consigo esta astrologia que os ciganos
aprenderam e acrescentaram a ela suas observações pelas caminhadas.
Na Babilônia ela era considerada um dos meios para conseguir interpretar a vontade dos deuses. O
segundo meio era o exame das entranhas dos animais sacrificados. Está ligada aos antigos cultos do Sol e da Lua e
da dependência dos céus para a fortuna e a colheita. Além do Sol e da Lua, a astrologia se baseava nos cinco
planetas então conhecidos e em algumas estrelas mais importantes. Assim, ela era baseada em conhecimentos
astronômicos empíricos. Não é uma ciência e sim uma arte adivinhatória, onde vale mais a sensibilidade do que a
razão.
Os gregos foram os primeiros a traçar horóscopos individuais, tendo por base a posição dos planetas. Em
sua estada na Grécia, os ciganos, sempre ligados em assuntos místicos, aprenderam algo desta técnica.
Como os babilônios, os ciganos aceitam a teoria da elipse, representando o curso do Sol durante o ano,
dividida por doze constelações, cada divisão com trinta graus. Pesquisas atuais revelam que o fenômeno da
precessão dos equinócios já era conhecido pelos astrônomos da Babilônia. Os árabes divulgaram e acrescentaram
fatos a estas teorias.
Cores, metais, pedras, plantas e animais foram ligados a cada planeta e a cada signo. Dos planetas,
idêntica associação de ideias abrangeu as constelações do Zodíaco, que, em um estágio mais avançado da
astrologia, foram colocadas em pé de igualdade com os planetas quanto à influência sobre os horóscopos
individuais. Assim também a cada um dos doze signos do Zodíaco atribuem-se características e influências
próprias. As influências benéficas ou maléficas de cada planeta, juntamente com as do Sol e da Lua, são
modificadas pelo signo presente do horóscopo. Dessa forma, Júpiter pode mostrar riqueza num signo e fama ou
beleza em outro. Saturno pode indicar pobreza em um, má sorte em outro, feiura em outro ainda.
Os ciganos, como todos os povos místicos, levam a sério a astrologia. Inicialmente havia só cinco
planetas influindo; hoje sabem que existem mais quatro gravitando em tomo do Sol. Toda a astrologia antiga
acreditava também na força dos quatro elementos: terra, cor marrom; ar, azul; água, verde; fogo, vermelho.
Tentando conhecer as leis dos céus ou suas regras, os ciganos, os caldeus, os magos e pensadores antigos
buscavam encontrar respostas que até hoje ainda estão encobertas. Mesmo os maiores astrônomos atuais não
conseguiram ainda entender muito do Cosmo, dos planetas e das constelações.

A MISSÃO DOS DOZE CIGANOS:

Para entendermos porque e para que estamos na Terra, Deus destinou uma missão a cada um dos doze signos.

“Era manhã quando Deus parou diante de suas doze crianças e em cada uma delas plantou a semente da vida
humana, uma por uma, elas dirigiram-se a ele para receber seu dom e conhecer sua missão.”

ÁRIES:
Para você, dou a primeira semente, a qual você terá a honra de plantar e para cada semente plantada um milhão de
novas sementes se multiplicarão em suas mãos, você não terá tempo para vê-las crescer, pois, tudo que plantar
criará mais sementes para serem plantadas. Você será o primeiro a penetrar no solo da mente dos homens com
minha ideia, mas não é seu trabalho alimentar a ideia, nem questioná-la, sua vida é ação, e a única ação que
atribuo a você é começar a tornar os homens cientes de minha criação, para que seja um bom trabalho, dou-lhe a
virtude do auto respeito.
E Áries voltou ao seu lugar.

TOURO:
Para você, dou o poder de fazer da semente a substância, seu trabalho é grande e exige paciência, pois você
precisa terminar tudo que foi começado ou as sementes se perderão ao vento, você não questionará ou mudará de
ideia no meio do caminho, nem dependerá de outros para fazer o que pedi, para isso dou-lhe o dom da força. Use-
a com sabedoria.
E Touro voltou ao seu lugar.

GÊMEOS:
para você, dou as perguntas sem respostas para que possa trazer a todos compreensão do que o homem vê ao seu
redor, você nunca saberá porque os homens falam ou ouvem, mas em sua procura pela resposta encontrará meu
dom do conhecimento.
E Gêmeos voltou ao seu lugar.

CÂNCER:
para você dou a tarefa de ensinar aos homens sobre emoção, minha ideia é você causar-lhes risos e lágrimas para
que tudo que vejam e pensem desenvolva com plenitude interior, para isso dou-lhe o dom da família, para que sua
plenitude possa se multiplicar.
E Câncer voltou ao seu lugar.

LEÃO:
para você, dou o trabalho de mostrar minha criação para o mundo em todo seu esplendor, mas você precisa tomar
cuidado com o orgulho e sempre se lembrar de que a criação é minha, não sua. Pois, se você se esquecer disto, os
homens irão desprezá-lo, há muita alegria no trabalho, se ele for bem feito, para isso você terá o dom da honra.
E Leão voltou ao seu lugar.

VIRGEM:
para você, peço uma análise de tudo que o homem tem feito com a minha criação, você examinará seus caminhos
minunciosamente e o lembrará de seus erros, para que por seu intermédio minha criação possa ser aperfeiçoada,
para isso dou-lhe o dom da pureza de pensamento.
E Virgem voltou ao seu lugar.

LIBRA:
Para Libra, dou a missão de servir, pois o homem deve estar ciente de seu serviço em favor dos outros. E para que
ele possa aprender a cooperar, bem como ter a habilidade de enxergar o outro lado de suas ações. Eu o colocarei
em todos os lugares onde haja discórdia e, pelos seus esforços, lhe darei o “dom do amor”.

ESCORPIÃO:
Para Escorpião, dou uma tarefa muito difícil. Você terá habilidade de conhecer a mente dos homens mas, não
permito a você que fale sobre o que aprender. Muitas vezes você será magoado pelo que vê e, por cauda da dor, se
afastará de mim e esquecerá de que não sou eu, e sim a perversão da minha ideia que está causando sua dor. Você
terá tanto do homem, que chegará a conhecê-lo como animal, e lutará tanto com seus próprios instintos que
perderá seu caminho. Mas quando você finalmente voltar a Mim, Escorpião, eu terei para você o supremo “dom
do propósito”.

SAGITÁRIO:
“Sagitário”, eu peço a você para fazer rir os homens, pois por causa das imperfeições das minhas ideias, eles se
tornaram amargos. Ao provocar risos, você dará esperança ao homem e, com esperança, voltará seus olhos pra
Mim. Você tocará muitas vidas, mesmo que só por um momento e conhecerá a impaciência em cada vida que
tocar. Pra você, Sagitário, eu dou o dom da abundância infinita, pois você deve espalhar generosidade suficiente
para poder penetrar em cada canto de escuridão e torná-lo iluminado.

CAPRICÓRNIO:
De você, Capricórnio, peço o suor do seu rosto, para que possa ensinar os homens a trabalhar. Sua tarefa não é
fácil, pois você sentirá o trabalho de todos os homens sobre o seus ombros. Mas, para que possa vencer seus
desafios, dou-lhe o dom da responsabilidade.

AQUÁRIO:
Para você Aquário, dou o conceito do futuro, para que o homem possa ver outras possibilidades. Você terá a dor
da solidão, pois eu não permito personalizar meu amor. Mas, para abrir os olhos do homem para novas
possibilidades, eu lhe dou o dom da liberdade, para que, com liberdade, possa continuar a servir a humanidade
sempre que necessário.

PEIXES:
Peixes, eu lhe darei a tarefa mais difícil de todas. Peço-lhe para reunir todas as tristezas do homem e enviá-las pra
Mim. Suas lágrimas serão minhas lágrimas. A tristeza que você incorporará é o efeito da incompreensão da minha
ideia pelo homem. Mas você lhe dará compaixão para que ele possa tentar novamente. Para esta tarefa, a mais
difícil de todas, dou a você o meu maior dom. Você será a única das minhas doze crianças com o poder de me
compreender. Mas o dom da compreensão é só para você, Peixes, poios quando você tentar transmiti-lo ao homem
ele não o ouvirá.

Então Deus disse: “Cada um de vocês é perfeito, mas vocês não saberão disso antes de cumprir sua missão”.
E as crianças saíram, cada uma determinada a fazer seu trabalho o melhor possível, para que pudessem receber
seu dom.
Mas Deus sorriu quando disse: “Vocês voltarão a Mim muitas vezes pedindo para serem dispensadas de sua
missão, e cada vez Eu concederei a vocês seus desejos. Vocês irão por incontáveis encarnações antes de
completarem a missão original que lhes determinei. Eu lhes dou um tempo incontável para fazê-la, mas somente
quando ela estiver feita, vocês poderão estar novamente comigo.”

Os signos ciganos
Conheces as Leis dos Céus? Poderás estabelecer as suas regras na Terra?
Cada povo viu as constelações a seu modo e deu nome aos signos a seu modo. Por exemplo: a constelação do
hemisfério norte, chamada a Ursa Maior na América do Norte, é, na França, conhecida como a Caçarola. Assim os
ciganos a chamam até hoje. Na Inglaterra, o mesmo grupo de sete estrelas é chamado de o Arado. Na China dos
mandarins, era chamado de o Burocrata Celestial. Na Idade Média e para os ciganos kalderachs, ela se chama a
Carruagem. Os antigos gregos a chamaram Ursa Maior e a um maior grupo de estrelas que se encerra dentro dela;
a Ursa Maior foi chamada pelos antigos egípcios de Procissão do Touro, Homem e Hipopótamo com um
Crocodilo Atrás. Assim, os nomes para as constelações e para os signos zodiacais podem mudar de povo para
povo, conforme os vêem de seu país.

Vejamos então quais os nomes que os zíngaros deram a seus signos do Zodíaco.
Punhal, Coroa, Candeias, Roda, Estrela, Sino, Moeda, Adaga, Machado, Ferradura, Taça e Capelas.

Eis a relação dos 12 signos:

O HORÓSCOPO CIGANO
Os ciganos sempre foram ligados em quiromancia e muitas outras formas de magia. Na Núbia, próximo
ao deserto de Saara, observando as estrelas e os corpos celestes, eles criaram o seu próprio horóscopo. Confira o
seu:

SIGNOS CIGANOS

Punhal
Período: de 21 de março a 20 de abril
Signo Zodiacal: Áries
Metal regente: Ferro
Perfume: Lavanda
Dia da Sorte: Terça-feira
Pedra: Jaspe Verde
Pedra: Esmeralda
SIMBOLISMO- O Punhal é a imagem da luta e vontade de vencer. Representa honra, vitória e êxitos. Os ciganos
também usavam o punhal para abrir matas, sendo então, símbolo de superação e pioneirismo. A pessoa sob esta
influência é uma pessoa irrequieta, firme e dona de si mesma. Ousada, tem uma personalidade forte e odeia ser
subestimada. Quando isso ocorre, torna-se agressiva. Ama demais, é fiel e adora sexo. Não é econômica, mas sabe
controlar o dinheiro. Se sai bem em esportes, artes marciais e cargos de chefia e liderança. São pessoas plenas de
energia, vitalidade, determinação e coragem. Capazes de superar os mais difíceis obstáculos. São espontâneas e
dinâmicas.

Coroa
Período: de 21 de abril a 20 de maio
Signo Zodiacal: Touro
Metal regente: Cobre
Perfume: Rosa
Dia da Sorte: Sexta-feira
Pedras: Safira Azul e/ou Esmeralda
Cores: Verde claro e Rosa
SIMBOLISMO- Relaciona-se ao ouro e a nobreza. É símbolo de amor puro,força,poder e elegância, o que torna a
pessoa desse elemento valorizada e importante. A pessoa sob esta influência luta pelo que quer, pois a estabilidade
financeira lhe é fundamental. Nasceu para administrar e querer ser dona de seu próprio trabalho. É fiel no amor,
sensível e não suporta que brinquem com seus sentimentos. Gosta das artes e tem grande criatividade artística.
Possuem enorme capacidade de amar, é romântica e emotiva. É objetiva e firme nas suas intensões; gostam de
conforto.

Candeias
Período: de 21 de maio a 20 de junho.
Signo Zodiacal: Gêmeos
Metal regente: Níquel
Perfume: Floral
Dia da Sorte: Quarta-feira
Pedras: Topázio e/ou Magnetita
Cores: Amarelo e Ocre
SIMBOLISMO- Representa as luzes e a verdade, portanto a sabedoria e a clareza de ideias. As candeias eram
usadas para iluminar os acampamentos. Também simbolizam a esperteza e a vivacidade. A pessoa sob esta
influência é comunicativa e tem uma inteligência brilhante, fazendo muitos amigos. Adora estudar e pesquisar,
principalmente, o que se relaciona a ela mesma. É romântica e nunca desiste de uma conquista, mesmo que não se
envolva por completo. Quando quer algo, consegue. São comunicativas e inquietos. Criam boas coisas. São
habilidosos e com rapidez de raciocínio. Não se prendem a nada.

Roda
Período: de 21 de junho a 21 de julho.
Signo Zodiacal: Câncer
Metal regente: Prata
Perfume: Rosa
Dia da Sorte: Segunda-feira
Pedra: Esmeralda
Cores: Branco e Prateado
SIMBOLISMO- Por representar o ir e vir e estar relacionada à Lua, pela sua forma arredondada, as pessoas
regidas por esse signo tem urna forte ligação com as mulheres e gestantes em geral. A emoção é a palavra que
traduz seu jeito. A Roda move sua vida na alegria e na tristeza. É dócil e tranquila, mas, quando se irrita, sai de
baixo. É um pouco insegura e tem uma certa tendência à nostalgia. Ama com intensidade e sente muito ciúme.
Pessoas extremamente emocionais e intuitivas. Eternos românticos. Tem grande capacidade de observação e boa
vontade para ajudar os outros.

Estrela
Período: de 22 de julho a 22 de agosto.
Signo Zodiacal: Leão
Metal regente: Ouro
Perfume: Sândalo
Dia da Sorte: Domingo
Pedra: Rubi
Cores: Amarelo, Laranja e Dourado
SIMBOLISMO- A estrela do oriente possui seis pontas, formando dois triângulos iguais, que indicam a igualdade
entre o que está a cima e o que está a baixo. Representa sucesso e evolução interior. A pessoa que nasce sob esta
influência é otimista e alto astral, nasceu para brilhar. Curte a vida intensamente e tem um talento especial para
atrair as pessoas. Vive rodeada de amigos, mas tem mania de querer que tudo seja como deseja. Conseguirá
ótimas oportunidades nas artes cênicas. Possuem irresistível atração pelo poder. São pessoas determinadas, creem
leais e sempre em boa sorte e quase sempre generosas e positivas.

Sino
Período: de 23 de agosto a 22 de setembro.
Signo Zodiacal: Virgem
Metal regente: Níquel
Perfume: Gardênia
Dia da Sorte: Quarta-feira
Pedras: Ágata e Turmalina
Cores: Azul marinho e Verde
SIMBOLISMO- Exatidão e perfeição. Nos séculos passados, era usado como relógio, e os ciganos o associaram à
pontualidade, à disciplina e à firmeza. A pessoa sob esta influência é bastante organizada, ambiciosa, que supera
sempre suas próprias expectativas. Acha que a vida é para ser aproveitada nos mínimos detalhes, porém, com
consciência e sem exageros. Muito inteligente, analisa e critica tudo o que está ao seu redor. Se sai bem
trabalhando com administração. Pessoas altamente supersticiosas e místicas, apreciam a ordem e gostam de
planejar suas atividades. São tímidas e desconfiadas.

Moeda
Período: de 23 de setembro a 22 de outubro.
Signo Zodiacal: Libra
Metal regente: Cobre
Perfume: Alfazema
Pedra: Diamante rosa
Dia da Sorte: Sexta-feira
Cores: Rosa e Azul
SIMBOLISMO- A moeda é associada ao equilíbrio e à justiça e relacionada à riqueza material e espiritual, que é
representada pela cara e coroa. Para os ciganos, cara é o ouro físico, e coroa, o espiritual. A pessoa sob esta
influência é sensível, charmosa, vive de amores e sentimentos. Tem que estar apaixonada sempre. As atenções se
voltam para você facilmente. Tem talentos artísticos e decorativos. Adora ajudar as pessoas e vive para isso. Razão
pela qual está sempre cercada de amigos e companheiros. Pessoas de sensibilidade e e dedicação, força progresso.
Corajoso, quase sempre bem sucedidas no amor.

Adaga
Período: de 23 de outubro a 21 de novembro.
Signo Zodiacal: Escorpião
Metal regente: Ferro
Perfume: Almíscar
Pedras: Opala e Topázio
Dia de Sorte: Terça-feira
Cores: Púrpura e Marrom
SIMBOLISMO- A adaga é entregue ao cigano quando ele sai da adolescência e ingressa na vida adulta. Por isso, é
associada também à morte, ou seja, às mudanças necessárias que a vida nos oferece para crescermos. A pessoa sob
esta influência tem um temperamento forte e enigmático, se torna irresistível e respeitada. Possui uma mente
analítica, percebendo tudo o que está ao seu redor. Sempre procura se aprofundar no que está à sua volta, seja no
amor ou no trabalho. Ama de maneira sensual e arrebatadora. Pessoas de coração bom. Possuem temperamento
for- te, apaixonado e sedutor; crítico e observador. São muitos radicais.

Machado
Período: de 22 de novembro a 21 de dezembro.
Signo Zodiacal: Sagitário
Metal regente: Estanho
Perfume: Jasmim
Pedras: Safira e Turquesa
Dia de Sorte: Quinta-feira
Cores: Púrpura e Violeta
SIMBOLISMO- O machado é o destruidor de bloqueios e barreiras. Ele simboliza a liberdade, pois rompe com
todas os obstáculos que a natureza impõem. A pessoa sob esta influência tem a liberdade como a palavra que mais
gosta de falar e curtir. Aventureira, jamais permanece parada em um só lugar. É como o vento, que tudo toca, em
tudo está, mas em nada fica. Otimista, até as dores para você são sinais de alegria. Apaixona-se e se desapaixona
facilmente. Se dá bem com trabalhos sem rotinas em que possa aprender sempre. Pessoas de personalidade forte,
possuem auto disciplina. Trabalhadoras e dedicadas. Conseguem superar os obstáculos.

Ferradura
Período: de 22 de dezembro a 20 de janeiro.
Signo Zodiacal: Capricórnio
Metal regente: Chumbo
Perfume: Cítrico
Pedras: Ônix e Quartzo
Dia de Sorte: Sábado
Cores: Preto, Cinza e Verde-escuro
SIMBOLISMO- A ferradura representa o esforço e o trabalho. Os ciganos têm a ferradura como um poderoso
talismã, que atrai a boa sorte, a fortuna e afasta o azar. A pessoa sob esta influência tem seu bom senso, às vezes se
torna séria demais. Tem, então, que se soltar um pouco mais. Raramente, confia em alguém. Busca amores
estáveis e concretos. Pretende casar e ter filhos. É completamente familiar, ama os poucos amigos e se dedica à
profissão. Pessoas fortes, lutadoras, benevolentes, comunicativas e otimistas.

Taça
Período: de 21 de janeiro a 19 de fevereiro.
Signo Zodiacal: Aquário
Metal regente: Alumínio
Perfume: Canela
Pedra: Água marinha
Dia de Sorte: Sábado
Cores: Laranja e Marrom claro
SIMBOLISMO- União e receptividade, pois qualquer líquido cabe nela e adquire sua forma. Tanto que, no
casamento cigano, os noivos tomam vinho em uma única taça, que representa valor e comunhão. A pessoa sob esta
influência sente uma grande preocupação com os assuntos à sua volta. Inteligente, humana, inquieta, tem vários
amigos sinceros. Original, está sempre inovando. Vive atrás da felicidade. No amor, aprecia a sinceridade e a
fidelidade. Pessoas que gostam da verdade; idealistas e cordiais. De temperamento variável, pensam num amanhã
melhor.

Capela
Período: de 20 de fevereiro a 20 de março corresponde ao signo de Peixes.
Signo Zodiacal: Peixes
Metal regente: Platina
Perfume: Glicínia
Pedra: Ametista
Dia de Sorte: Quinta-feira
Cores: Violeta e Azul
SIMBOLISMO- Representa o grande Deus. É sinal de religiosidade e fé. É o local em que todos entram em
contato com seu Deus interno e desperta a força e o amor. A pessoa sob esta influência é emotiva, sensível, leal,
justa, espiritualizada e sonhadora, é o próprio amor encamado. Tem muita força espiritual e dons para a
clarividência. Ama cegamente e, às vezes, se desilude. É romântica e carinhosa. Quanto ao trabalho, gosta de tudo
o que se relaciona a ajudar ao próximo. Pessoas ligadas ao misticismo; sensíveis e sentimentais. Confiam na vida
e em mudanças positivas.

Você também pode gostar