Você está na página 1de 2

Bibliografia

BAJER, Paula. Processo penal e cidadania. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editora, 2002.

BASEGGIO, Caroline A.; WEIMER, Rodrigo de A. Guia de solicitação de documentos judiciais e


seus concessionados Tabelionato e Registro Civil. Porto Alegre: Arquivo Público do Estado do Rio
Grande do Sul, 2020. Disponível em:
<https://www.apers.rs.gov.br/upload/arquivos/202003/17111649-guia-de-solicitacao-de-
documentos.pdf > Acesso em: 19 mar. 2020.

BELLOTO, Heloísa Liberalli. Como fazer análise diplomática e análise tipológica de documento
de arquivo. São Paulo: Arquivo do Estado / Imprensa Oficial do Estado, 2002.

BLOCH, Marc. Apologia da história ou o ofício do historiador. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

CHAMON, Carla Simone. O bem da alma: a terça e a tercinha do defunto nos inventários do séc.
XVIII da Comarca do Rio das Velhas. Varia História. Belo Horizonte, 12, Dezembro / 93.
Disponível em:
<https://static1.squarespace.com/static/561937b1e4b0ae8c3b97a702/t/572779c77da24f738c4bc6a9/
1462204874371/04_Chamon%2C+Carla+Simone.pdf>. Acesso em: 19 mar. 2020.

FLEXOR, Maria Helena Ochi. Abreviaturas. Manuscritos dos séculos XVI ao XIX. Rio de Janeiro:
Arquivo Nacional, 2008.

HOGETOP, Denise. Descrição das tipologias da espécie documental “processo judicial” do


acervo do poder judiciário, custodiado pelo Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul.
Porto Alegre: Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul, 2016. Disponível em:
<http://www.apers.rs.gov.br/upload/arquivos/202003/12100039-descricao-de-processos-judiciais-
poder-judiciario.pdf> Acesso em: 19 mar. 2020.

LARA, Sílvia. Campos da Violência. Escravos e senhores na Capitania do Rio de Janeiro 1750-
1808. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.
MIRANDA, Márcia Eckert. Continente de São Pedro: Administração Pública no Período Colonial.
Porto Alegre: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul / Ministério Público do
Estado do Rio Grande do Sul / CORAG, 2000.

MOREIRA, Paulo Roberto Staudt. Podem minha cabeça e orelhas levar, mas meu corpo não : Os
processos criminais como fontes para a investigação das culturas negras meridionais. In: PESSI,
Bruno S.; SILVA, Graziela S. Documentos da escravidão : processos crime : o escravo como vítima
ou réu. Porto Alegre: CORAG, 2010.

OLIVEIRA, Lelio Luiz de. A prestação de contas com a morte: um olhar sobre os testamentos e
inventários post-mortem (nordeste paulista, séculos XVIII e XIX). Resgate – Rev. Interdiscip. Cult.
Campinas: vol. 25 n. 2 [34], jul-dez. 2017. Disponível em:
<https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8649575>. Acesso em: 19
mar. 2020.

PENNA, Eduardo Spiller. Pajens da casa imperial. Jurisconsultos, escravidão e a lei de 1871.
Campinas: Editora da Unicamp, 2001.

SCHWARTZ, Stuart. Burocracia e sociedade no Brasil colonial. São Paulo: Perspectiva, 1979.

SILVA, De Plácido. Vocabulário Jurídico. Rio de Janeiro / São Paulo: Forense, 1967 (2a edição)

SODRÉ, Elaine Leonara de Vargas. A disputa pelo monopólio de uma força (i)legítima. Estado e
Administração Judiciária no Brasil Imperial (Rio Grande do Sul, 1833-1871). Rio de Janeiro:
Gramma, 2018.