Você está na página 1de 2

Livro: Engenharia Ambiental: Fundamentos, Sustentabilidade e Projeto (2012)

Autores: James R. Mihelcic & Julie Beth Zimmerman

Capítulo em análise: Capitulo 1 – Engenharia e Desenvolvimento Sustentável: O capítulo define


desenvolvimento sustentável e revisa a história global da sustentabilidade e como se deu desenvolvimento
deste conceito nas últimas décadas. Além de revisar várias questões emergentes relacionadas com
população, desenvolvimento urbano, água, energia, saúde e ambiente construído. Apresenta os desafios,
compromissos e oportunidades para os futuros engenheiros.

Tópicos do Capítulo:

1.1. Antecedentes: Comenta sobre o advento do movimento ambientalista nos Estados Unidos, além de
relacionar desenvolvimento e problemas ambientais, destacando o papel dos engenheiros na melhora
das condições de vida no mundo sem danificar o meio ambiente.
1.2. Definindo Sustentabilidade: Traz uma definição de engenharia sustentável, desenvolvendo o conceito
de sustentabilidade e apresenta um panorama histórico de discussões, como a Conferência de
Estocolmo, que contribuíram para o desenvolvimento de tal conceito.
*Obs1: Conferência de Estocolmo – Princípios de sustentabilidade; Criação da UNEP (Programa
Ambiental das Nações Unidas)
Limites do Crescimento: Limitações dos recursos naturais mundiais (ações que prejudicavam os países
em desenvolvimento).
Nosso Futuro Comum (Relatório de Brundtland, 1987) – Estimula a Rio 92 (Cúpula da Terra);
Desenvolvimento da Agenda 21 na Rio 92.
Rio +10 (2002) – ODM (Objetivos de Desenvolvimento do Milênio).
1.3. Questões que Afetarão a Prática da Engenharia no Futuro: Apresenta seis subdivisões que resumem
alguns dos desafios que os engenheiros enfrentarão neste século para atingir o objetivo da
sustentabilidade global, regional e local.
1.3.1. População e Urbanização: Relaciona o impacto do crescimento populacional com os desafios para se
criar um futuro sustentável.
1.3.2. Saúde: Traz a correlação entre a saúde e o desenvolvimento sustentável, abordando fatores como a
ausência de saneamento e ineficiência no abastecimento de água na resultância de problemas de
saúde.
1.3.3. Escassez de Água, Conflito e sua Resolução: Trabalha conceitos como estresse hídrico e escassez de
água, comenta sobre possíveis conflitos ou cooperações em relação a água e apresenta o desafio de
encontrar soluções econômicas sustentáveis para problemas de infraestrutura da água.
1.3.4. Energia e Clima: Comenta sobre o consumo de energia nos Estados Unidos (EUA) e sobre os
impactos e consequências das mudanças climáticas causados pelos processos de obtenção de
energia, como por exemplo a queima de combustíveis fósseis.
1.3.5. Compostos Químicos tóxicos e Recursos Finitos: Discorre sobre uso, geração e despejo de produtos
químicos tóxicos e seus impactos nos sistemas naturais e humanos, além de comentar sobre a
dependência social de recursos não renováveis.
1.3.6. O Fluxo de Materiais e o Ambiente Construído: Trabalha conceitos como o ambiente construído, o
fluxo de materiais e a energia incorporada, analisando os impactos que o desenvolvimento das
construções humanas têm sobre o ambiente.
1.4. A Revolução da Sustentabilidade: Apresenta a revolução da sustentabilidade, fazendo um paralelo com
as revoluções agrícola e industrial e ressaltando que os engenheiros podem contribuir significativamente
para o sucesso de tal revolução, que está apenas no início.

Você também pode gostar