Você está na página 1de 91

Página 1

Produtos de Segurança

Série SSG 300M


Guia de instalação e configuração de hardware
Juniper Networks, Inc. Empresas
1194 North Mathilda Avenue

Sunnyvale, CA 94089

EUA
408-745-2000

www.juniper.net
Número da peça: 530-020825-01, revisão 04

Página 2

Aviso de direitos autorais

Copyright © 2008 Juniper Networks, Inc. Todos os direitos reservados.

Juniper Networks, o logotipo da Juniper Networks, NetScreen e ScreenOS são marcas registradas da Juniper Networks, Inc. nos Estados Unidos e
outros países. Todas as outras marcas comerciais, marcas de serviço, marcas registradas ou marcas de serviço registradas neste documento são de propriedade da Juniper
Redes ou seus respectivos proprietários. Todas as especificações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. A Juniper Networks não assume responsabilidade por qualquer
imprecisões neste documento ou qualquer obrigação de atualizar as informações deste documento. A Juniper Networks se reserva o direito de alterar, modificar,
transferir ou revisar esta publicação sem aviso prévio.

Declaração da FCC

As informações a seguir referem-se à conformidade da FCC com dispositivos de classe A: Este equipamento foi testado e considerado em conformidade com os limites de uma classe A
dispositivo digital, de acordo com a parte 15 das regras da FCC. Esses limites foram criados para fornecer proteção razoável contra interferência prejudicial quando o
o equipamento é operado em um ambiente comercial. O equipamento gera, usa e pode irradiar energia de radiofrequência e, se não estiver instalado e
utilizado de acordo com o manual de instruções, pode causar interferência prejudicial às comunicações de rádio. A operação deste equipamento em ambiente residencial
é provável que a área cause interferência prejudicial; nesse caso, os usuários deverão corrigir a interferência às suas próprias custas.

As informações a seguir são para conformidade com a FCC dos dispositivos da Classe B: O equipamento descrito neste manual gera e pode irradiar radiofrequência
energia. Se não for instalado de acordo com as instruções de instalação da Juniper Networks, poderá causar interferência na recepção de rádio e televisão.
Este equipamento foi testado e considerado em conformidade com os limites para um dispositivo digital de Classe B, de acordo com as especificações na parte 15 da norma FCC.
regras. Essas especificações foram projetadas para fornecer proteção razoável contra essa interferência em uma instalação residencial. No entanto, não há
garantir que não ocorram interferências em uma instalação específica.

Se este equipamento causar interferência prejudicial à recepção de rádio ou televisão, que pode ser determinada desligando e ligando o equipamento, o usuário
é encorajado a tentar corrigir a interferência de uma ou mais das seguintes medidas:

∎ Reoriente ou reposicione a antena receptora.

∎ Aumente a separação entre o equipamento e o receptor.

∎ Consulte o revendedor ou um técnico experiente de rádio / TV para obter ajuda.

∎ Conecte o equipamento a uma tomada em um circuito diferente daquele ao qual o receptor está conectado.

Cuidado: Alterações ou modificações feitas neste produto podem anular a garantia e a autoridade do usuário para operar este dispositivo.

aviso Legal

A LICENÇA DE SOFTWARE E A GARANTIA LIMITADA DO PRODUTO ACOMPANHANTE ESTÃO ESTABELECIDAS NO PACOTE DE INFORMAÇÃO ENVIADO
COM O PRODUTO E SÃO INCORPORADOS NESTE ESTA REFERÊNCIA. SE VOCÊ NÃO PODE LOCALIZAR A LICENÇA DE SOFTWARE OU LIMITAR
GARANTIA, ENTRE EM CONTATO COM O REPRESENTANTE DA JUNIPER NETWORKS PARA UMA CÓPIA.
2∎

Page 3

Índice
Sobre este guia 5

Organização ................................................. .................................................. 5


Convenções ................................................. .................................................. ..6
Convenções da interface do usuário da Web .............................................. ................ 6
Convenções da interface da linha de comandos .............................................. ........ 6
Solicitando Suporte Técnico ............................................... ........................... 7
Ferramentas e recursos on-line de auto-ajuda ........................................... ............. 7
Abrindo um Caso com JTAC ............................................. ............................ 8
Comentários ................................................. .................................................. ...... 8

Capítulo 1 Visão geral do hardware 9

Painel frontal ................................................ .................................................. .... 9


Descrições de portas ................................................ ..................................... 11
Botão de energia................................................ ........................................... 11
Redefinir Pinhole de Configuração ............................................... ................................. 11
LEDs de status do dispositivo ............................................... ................................... 12
LEDs da porta Ethernet ............................................... ................................... 13
Slots de módulo de interface física .............................................. ................. 13
Portas USB ................................................ ............................................... 13
Ponto de Descarga Eletrostática ............................................... .................... 14
Painel traseiro ................................................ .................................................. ... 14
Entrada de energia CA ............................................... .......................................... 15
Bloco de terminais CC ............................................... .................................... 15
Ponto de aterramento ................................................ ...................................... 15
Bandeja do filtro de ar (apenas SSG 350M) .......................................... ..................... 15
Sistema de refrigeração ................................................ .............................................. 16

Capítulo 2 Instalando e conectando o dispositivo 17

Antes de você começar ............................................... ............................................ 18


Instalando o Equipamento ................................................ ...................................... 18
Organização de cabos de interface ............................................... ............................ 20
Aterramento do dispositivo ................................................ .......................................... 20
Conexão da alimentação CA ............................................... ..................................... 21
Conexão da alimentação CA ............................................... ............................... 21
Conectando a energia CC ............................................... ............................... 22
Ligar e desligar o dispositivo ............................................ ........................ 25
Conectando o dispositivo a uma rede ............................................ .................. 25

Capítulo 3 Configurando o dispositivo 27

Acessando o dispositivo ............................................... ....................................... 28


Usando uma conexão de console .............................................. ...................... 28
Usando a WebUI ............................................... ...................................... 30

Índice ∎ 3

Page 4 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Usando o Telnet ................................................ ........................................... 30


Configurações padrão do dispositivo ............................................... ................................... 31
Configuração básica do dispositivo ............................................... ............................. 31
Nome e senha do administrador .............................................. ...................... 32
Acesso Administrativo ................................................ ............................. 32
Endereço IP da interface ............................................... ................................. 32
Serviços de gestão................................................ .............................. 33
Nome do host e nome do domínio .............................................. ................... 33
Servidor do sistema de nomes de domínio .............................................. .................... 34
Data e hora............................................... .......................................... 34
Rota Padrão................................................ ........................................... 35
Configuração de alta disponibilidade ............................................... ....................... 35
Configuração do PIM ................................................ .......................................... 38
Proteções básicas de firewall ............................................... ............................... 38
Verificando a conectividade externa ............................................... ....................... 38
Reiniciando o dispositivo ............................................... ...................................... 39
Reiniciando o dispositivo com o comando de redefinição da CLI ................................ 39
Reiniciando o dispositivo com a WebUI ............................................ ......... 39
Redefinindo o dispositivo para os padrões de fábrica ............................................ ............ 40
Número de série do dispositivo ............................................... ............................... 40
desmarcar tudo ................................................ .................................................. .41
Botão Reset Pinhole ............................................... ................................ 41

Capítulo 4 Manutenção do dispositivo 43

Ferramentas e peças necessárias .............................................. ................................. 43


Substituindo um PIM ............................................... .............................................. 44
Remoção de um painel em branco .............................................. ...................... 44
Removendo um PIM ............................................... ....................................... 45
Instalando um PIM ............................................... ....................................... 46
Atualizando a memória ................................................ ....................................... 47
Substituindo o filtro de ar .............................................. ..................................... 50

Apêndice A Especificações 53

Fisica................................................. .................................................. ....... 53


Elétrico ................................................. .................................................. ..... 54
Tolerância ambiental ................................................ ............................... 54
Certificações ................................................. ................................................. 55
WEEE e RoHS ............................................... ............................................. 56
Conectores ................................................. .................................................. ..56

Índice ..... ............................................ .................................................. ....................... 59


4 ∎ Índice

Page 5

Sobre este guia

Os dispositivos da série 300M da Juniper Networks Secure Services Gateway (SSG) são
dispositivos integrados de roteador e firewall de vários sistemas operacionais (multiOS). Eles
fornecer rede virtual privada (VPN) IPSec (Internet Protocol Security) e firewall
serviços para ambientes corporativos.

A Juniper Networks oferece dois modelos do dispositivo da série SSG 300M:

∎ SSG 350M - Possui slots para até cinco módulos de interface física (PIMs). o
O dispositivo SSG 350M está disponível com uma fonte de alimentação CA ou CC.

∎ SSG 320M - Possui slots para até três PIMs. O dispositivo SSG 320M é apenas
disponível com uma fonte de alimentação CA.

Sua capacidade multiOS permite converter dispositivos da série SSG 300M em série J
roteadores de serviços usando um kit de conversão opcional. Para mais informações, consulte
Instruções de conversão: Dispositivo SSG para roteadores de serviços da série J e serviços da série J
Roteadores para dispositivo SSG .

NOTA: As instruções e exemplos de configuração neste documento são baseados no


funcionalidade de um dispositivo executando o ScreenOS 6.0.0. Seu dispositivo pode funcionar
diferente, dependendo da versão do ScreenOS que você está executando. Para as últimas
documentação do dispositivo, consulte as Publicações técnicas da Juniper Networks
site em www.juniper.net/techpubs/hardware. Para determinar qual ScreenOS
versões disponíveis atualmente para o seu dispositivo, consulte o Juniper Networks
Site de suporte em http://www.juniper.net/customers/support/ .

Organização

Este guia contém os seguintes capítulos e apêndice:

∎ O Capítulo 1 , “Visão geral do hardware”, descreve o chassi e os componentes do


Dispositivos da série SSG 300M.

∎ O capítulo 2, “Instalação e conexão do dispositivo”, descreve como montar um


Dispositivo da série SSG 300M e conecte cabos e energia a ele.

∎ O Capítulo 3 , “Configurando o dispositivo”, descreve como configurar e gerenciar


um dispositivo da série SSG 300M e execute algumas tarefas básicas de configuração.

∎ O capítulo 4, “Manutenção do dispositivo”, descreve serviço e manutenção


procedimentos para dispositivos da série SSG 300M.

Organização ∎ 5

Page 6 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

∎ O Apêndice A , “Especificações”, fornece especificações gerais do sistema para


Dispositivos da série SSG 300M.
Convenções

Este guia usa as convenções descritas nas seguintes seções:

∎ “Convenções da interface do usuário da web” na página 6

∎ “Convenções da interface da linha de comandos” na página 6

Convenções da interface do usuário da web


A interface do usuário da Web (WebUI) contém um caminho de navegação e configuração
configurações. Para inserir configurações, comece clicando em um item de menu no
árvore de navegação no lado esquerdo da tela. À medida que você avança, seu caminho de navegação
aparece na parte superior da tela, com cada página separada por colchetes angulares.

O exemplo a seguir mostra o caminho da WebUI e os parâmetros para definir um


endereço:

Política> Elementos da política> Endereços> Lista> Novo: digite o seguinte e, em seguida,


clique em OK :

Nome do Endereço: addr_1


Endereço IP / nome de domínio:
Máscara de IP / rede: (selecione), 10.2.2.5/32
Zona: Desconfiança

Para abrir a Ajuda online das definições de configuração, clique no ponto de interrogação (?) No
canto superior esquerdo da tela.

A árvore de navegação também fornece uma página de configuração Ajuda> Guia de configuração para ajudar
você configura diretivas de segurança e IPSec (Internet Protocol Security). Selecione um
opção da lista e siga as instruções na página. Clique no ? personagem em
no canto superior esquerdo da Ajuda on-line no Guia de configuração.

Convenções da interface da linha de comandos


As convenções a seguir são usadas para apresentar a sintaxe da linha de comando
comandos da interface (CLI) em texto e exemplos.

No texto, os comandos estão em negrito e as variáveis em itálico .

Nos exemplos:

∎ Variáveis estão em itálico .

∎ Qualquer coisa entre colchetes [] é opcional.


∎ Qualquer coisa dentro de chaves {} é necessária.

6 ∎ Convenções

Page 7 Sobre este guia

∎ Se houver mais de uma opção, cada opção será separada por um tubo (|). Para
Por exemplo, o comando a seguir significa “definir as opções de gerenciamento para o
interface ethernet1, ethernet2 ou ethernet3 ":

definir interface {ethernet1 | ethernet2 | ethernet3} gerenciar

NOTA: Ao inserir uma palavra-chave, você só precisa digitar letras suficientes para identificar o
palavra exclusivamente. Por exemplo, digitar set adm u ang j12fmt54 é suficiente para inserir
o conjunto de comandos admin user angel j12fmt54 . Embora você possa usar esse atalho
Ao digitar comandos, todos os comandos documentados aqui são apresentados em
sua totalidade.

Solicitando suporte técnico

O suporte técnico do produto está disponível no site da Juniper Networks Technical


Centro de Assistência Técnica (JTAC). Se você é um cliente com um J-Care ou JNASC ativo
contrato de suporte ou estão cobertos pela garantia e precisam de assistência técnica pós-venda
suporte, você pode acessar nossas ferramentas e recursos on-line ou abrir um caso com o JTAC.

∎ Políticas JTAC - Para uma compreensão completa de nossos procedimentos e procedimentos JTAC
políticas, reveja o Guia do Usuário JTAC localizado em
http://www.juniper.net/customers/support/downloads/710059.pdf .

∎ Garantias do produto - Para obter informações sobre a garantia do produto, visite


http://www.juniper.net/support/warranty/ .
∎ Horário de funcionamento do JTAC - Os centros JTAC têm recursos disponíveis 24 horas por dia
dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Ferramentas e recursos on-line de auto-ajuda


Para uma solução rápida e fácil dos problemas, a Juniper Networks projetou um
portal de autoatendimento chamado Centro de Suporte ao Cliente (CSC) que fornece a você
os seguintes recursos:

∎ Encontre ofertas da CSC - http://www.juniper.net/customers/support/

∎ Encontre a documentação do produto—http://www.juniper.net/techpubs/

∎ Encontre soluções e responda a perguntas usando nossa Base de conhecimento -


http://kb.juniper.net/

∎ Faça o download das versões mais recentes do software e revise suas notas de versão -
http://www.juniper.net/customers/csc/software/

∎ Pesquise boletins técnicos para obter notificações relevantes sobre hardware e software—
http://www.juniper.net/alerts/

∎ Participe e participe do fórum da comunidade Juniper Networks—


http://www.juniper.net/company/communities/

∎ Abra um caso on-line no CSC Case Manager -


http://www.juniper.net/customers/cm/

Solicitando suporte técnico ∎ 7

Page 8 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

∎ Para verificar a titularidade do serviço pelo número de série do produto, use nosso Número de Série
Ferramenta de direito (SNE) -
https://tools.juniper.net/SerialNumberEntitlementSearch/
Abrindo um caso com JTAC
Você pode abrir um caso com o JTAC na Web ou por telefone.

∎ Use a ferramenta Case Manager no CSC em http://www.juniper.net/customers/cm/.

∎ Ligue para 1-888-314-JTAC (1-888-314-5822 - ligação gratuita nos EUA, Canadá e México).

Para opções de discagem direta ou internacional em países sem números gratuitos, visite
-nos em http://www.juniper.net/customers/support/requesting-support/.

Comentários

Se você encontrar algum erro ou omissão neste documento, entre em contato com a Juniper Networks em
techpubs-comments@juniper.net .
8 ∎ Feedback

Page 9

Capítulo 1

Visão geral do hardware

Este capítulo fornece descrições detalhadas do Juniper Networks SSG 320M e


Dispositivos e componentes do SSG 350M Secure Services Gateway.

Painel frontal

A Figura 1 mostra o painel frontal do dispositivo SSG 350M.

Figura 1: Painel frontal do SSG 350M


Slot PIM 1 Slot PIM 3

Slot PIM 2 Slot PIM 4

Slot PIM 5
SSG 350

NÚMERO DO SLOT
1 3
2 4
5
USB 1
RESTABELECER / RX USB 0
CONFIG
POWERSTATUS TX0/0
0/1
/ RX LINKTX
0/2LINK
LINKTX
10/100/1000
/ RX
/ RX0/3
TXLINK
Ponto de descarga eletrostática
AUX
CONSOLE
CONFIG
ALARMPODER
HA

LEDs de status do dispositivo Ethernet Portas USB


portos
Botão de energia Porta AUX

Redefinir pinhole de configuração Porta do console

Painel frontal ∎ 9

Page 10 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

A Figura 2 mostra o painel frontal do dispositivo SSG 320M.

Figura 2: Painel frontal do SSG 320M


Slot PIM 1 Slot PIM 2

Slot PIM 3

SSG 320 NÚMERO DO SLOT


2
1
3

USB 1
RESTABELECER
CONFIG
POWERSTATUS TX0/0 0/1
0/2LINK0/3
LINKTX
/ RX LINKTX / RX / RX
10/100/1000
/ RX USB 0
TXLINK
Ponto de descarga eletrostática
AUX
CONFIG
CONSOLE
ALARMPODER
HA

Ethernet Portas USB


LEDs de status do dispositivo portos

Botão de energia Porta AUX

Redefinir pinhole de configuração Porta do console

As seções a seguir descrevem os elementos no painel frontal de um


Dispositivo da série SSG 300M:

∎ “Descrições de portas” na página 11

∎ “Botão liga / desliga” na página 11

∎ “Redefinir Pinhole de configuração” na página 11

∎ “LEDs de status do dispositivo” na página 12

∎ “LEDs da porta Ethernet” na página 13

∎ “Slots do módulo de interface física” na página 13

∎ “Portas USB” na página 13

∎ “Ponto de descarga eletrostática” na página 14


10 ∎ Painel frontal

Page 11 Capítulo 1: Visão Geral do Hardware

Descrições de portas
A Tabela 1 descreve a função, tipo de conector e velocidade / protocolo (se aplicável) de
as portas no painel frontal do dispositivo SSG série 300M.

Tabela 1: Portas da série SSG 300M

Porta Descrição Velocidade / protocolo do conector

Ethernet 0/0 Permite conexões Ethernet a estações de trabalho ou uma conexão LAN RJ-45 Gigabit de 10/100/1000 Mbps
para 0/3 através de um switch ou hub. Essas conexões também permitem que você Ethernet
gerenciar o dispositivo por meio de uma sessão Telnet ou da WebUI.
Duplex com detecção automática e
Ao configurar uma das portas, faça referência ao nome da interface auto-MDI / MDIX
que corresponde à localização da porta. Da esquerda para a direita no
painel frontal, os nomes das interfaces para as portas são ethernet0 / 0
através da Ethernet0 / 3. Para as ligações de zona padrão para cada
Porta Ethernet, consulte “Configurações padrão do dispositivo” na página 31 .

USB 0, USB 1 Ative uma conexão USB 1.1 com o dispositivo. Consulte "Portas USB" na - 12M (velocidade máxima) ou 1,5M
página 13 para mais informações. (baixa velocidade)

Console A porta do console é um equipamento de terminal de dados seriais (DTE) RJ-45 RJ-45 9600 bps / serial RS-232C
porta que pode ser usada para administração local ou remota. Para
administração local, conecte a porta a um terminal com um
Cabo serial direto RJ-45-para-DB-9 (fêmea para macho). Para
administração remota, conecte a porta a uma estação de trabalho com um
Cabo serial RJ-45 para DB-9 (fêmea para macho) com modem nulo
adaptador.

Consulte “Conectores” na página 56 para obter as pinagens do conector RJ-45.


AUX A porta auxiliar (AUX) é uma porta serial RJ-45 conectada como um DTE que RJ-45 9600 bps - 115 Kbps /
você pode conectar-se a um modem para permitir a administração remota. Nós fazemos Série RS-232C
Não recomendamos o uso desta porta para administração remota. O AUX
A porta normalmente é atribuída como a interface serial de backup. O baud
A taxa é ajustável de 9600 bps a 115200 bps e requer
controle de fluxo de hardware.

Consulte “Conectores” na página 56 para obter as pinagens do conector RJ-45.

Botão de energia
O botão liga / desliga está localizado no lado esquerdo do painel frontal do dispositivo. Quando você
ligar o dispositivo, o ScreenOS inicia quando a fonte de alimentação termina sua inicialização
seqüência. Consulte “Ligar e desligar o dispositivo” na página 25 para obter mais informações.

Redefinir Pinhole de configuração


O botão Redefinir configuração redefine o dispositivo para as configurações padrão de fábrica. Você pressiona
inserindo um fio fino e firme (como um clipe de papel endireitado) na
orifício no painel frontal. Consulte “Reiniciando o dispositivo” na página 39 para obter mais
em formação.

Painel frontal ∎ 11

Page 12 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

LEDs de status do dispositivo


Os LEDs de status do dispositivo mostram informações sobre o status atual do dispositivo. Figura 3
mostra a posição de cada LED na frente do dispositivo da série SSG 300M.
Figura 3: LEDs de status do dispositivo

Quando o dispositivo é ligado, o LED POWER muda de desligado para verde constante e
o LED STATUS muda na seguinte sequência: vermelho, verde, verde piscando.
A inicialização leva aproximadamente dois minutos para ser concluída. Se você quiser virar o
desligar e ligar o dispositivo novamente, recomendamos que você espere alguns segundos entre
desligando e ligando-o novamente. A Tabela 2 lista o nome, cor, status e descrição
do LED de status de cada dispositivo.

Tabela 2: Descrições dos LEDs de status do dispositivo

Nome Cor Status Descrição

PODER Verde Em constante O dispositivo está recebendo energia.

Fora O dispositivo não está recebendo energia.

STATUS Verde Em constante O dispositivo está iniciando ou executando diagnósticos.

Piscando O dispositivo está funcionando normalmente.

Vermelho Piscando Erro detectado.

ALARME Vermelho Em constante Alarme crítico:

∎ Falha no componente ou software de hardware


módulo

∎ Ataques de firewall detectados

Âmbar Em constante Alarme principal:


∎ Pouca memória (menos de 10% restante)

∎ Alta utilização da CPU (mais de 90% em uso)

∎ Sessão cheia

∎ Número máximo de túneis VPN atingidos

∎ Status de alta disponibilidade alterado ou redundante


membro do grupo não encontrado

Fora Sem alarmes.

HA Verde Em constante A unidade é o dispositivo principal (mestre).

Âmbar Em constante A unidade é o dispositivo secundário (de backup).


Fora A alta disponibilidade não está ativada.

12 ∎ Painel frontal

Page 13 Capítulo 1: Visão Geral do Hardware

LEDs da porta Ethernet


Os LEDs Ethernet mostram o status de cada porta Ethernet. A Figura 4 mostra o
localização dos LEDs em cada porta Ethernet.

Figura 4: LEDs da porta Ethernet

TX / RX LIGAÇÃO

A Tabela 3 descreve os LEDs da porta Ethernet.

Tabela 3: LEDs da porta Ethernet

Nome Função Cor Estado Descrição

LIGAÇÃO Ligação Verde Em constante Porto está online.

Fora A porta está off-line.

TX / RX Atividade Verde Piscando A porta está recebendo dados.

Fora A porta pode estar ligada, mas não está recebendo dados.

Slots de módulo de interface física


Os módulos de interface física (PIMs) permitem adicionar interfaces Ethernet e WAN ao seu
Dispositivo da série SSG 300M. Para instalar e remover PIMs, consulte “Substituindo um PIM” na
página 44. Para obter mais informações sobre a instalação e configuração de PIMs, consulte o
Guia de instalação e configuração de PIM e Mini-PIM.

CUIDADO: Desligue o dispositivo antes de remover ou instalar PIMs. PIMs não são
hot-swap.

Portas USB
As portas Universal Serial Bus (USB) no painel frontal de um SSG série 300M
dispositivo aceita um dispositivo de armazenamento USB.

NOTA: Os dispositivos da série SSG 300M suportam apenas um dispositivo de armazenamento USB por vez. Se vocês
conectar mais de um dispositivo de armazenamento USB, os dispositivos da série SSG 300M não
reconhecer o segundo dispositivo de armazenamento USB.

As portas USB permitem transferir dados como configurações do dispositivo, teclas de imagem e
ScreenOS entre um dispositivo de armazenamento USB e o armazenamento flash interno
o dispositivo de segurança. As portas USB suportam a especificação USB 1.1.

Você também pode registrar mensagens em um dispositivo de armazenamento USB. Para mais informações sobre
log, consulte o volume de Administração do Conceitos e Exemplos ScreenOS
Guia de Referência .

Painel frontal ∎ 13

Page 14 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Para transferir dados entre um dispositivo de armazenamento USB e um dispositivo da série SSG 300M:

1. Conecte o dispositivo de armazenamento USB a uma das portas USB no dispositivo de segurança.
dispositivo.

2. Salve os arquivos do dispositivo de armazenamento USB no armazenamento flash interno na


dispositivo com o save { software | config | image-key } do nome do arquivo usb para
comando flash .

3. Antes de remover o dispositivo de armazenamento USB, pare a porta USB com o exec
comando de parada do dispositivo usb .

CUIDADO: Sempre execute o comando exec usb-device stop antes de


desconectar um dispositivo de armazenamento USB. Desconectando um dispositivo USB sem
a execução do comando stop pode fazer com que o dispositivo reinicie.

4. Remova o dispositivo de armazenamento USB.

Se você deseja excluir um arquivo do dispositivo de armazenamento USB, use o arquivo de exclusão
Comando usb: / filename .

Se você deseja visualizar as informações de arquivo salvas no dispositivo de armazenamento USB e


armazenamento flash interno, use o comando get file .

Ponto de descarga eletrostática


Você usa o ponto de descarga eletrostática (ESD) no lado direito do painel frontal
aterrar-se no dispositivo. Sempre que você trabalha no dispositivo, conecte um
pulseira de aterramento entre o ponto ESD e seu pulso nu. Esta conexão
evita danos causados por descargas eletrostáticas entre seu corpo e os
componentes eletrônicos.

Painel traseiro

O painel traseiro de um dispositivo da série SSG 300M contém entradas de energia relacionadas
componentes. No SSG 350M, o painel traseiro também contém uma bandeja de filtro de ar.

A Figura 6 mostra o painel traseiro do SSG 320M.

Figura 5: Painel traseiro do SSG 320M

Ponto de aterramento Entrada de energia CA


Cabo de energia
laço de alívio de tensão
14 ∎ Painel traseiro

Page 15 Capítulo 1: Visão Geral do Hardware

A Figura 6 mostra o painel traseiro do SSG 350M.

Figura 6: Painel traseiro do SSG 350M


Ponto de aterramento Entrada de energia CA
Cabo de energia
laço de alívio de tensão Bandeja do filtro de ar

Bloco de terminais DC
(SSG 350M com DC
apenas fonte de alimentação)

Entrada de energia CA
Nos dispositivos da série SSG 300M com fontes de alimentação CA, use a entrada de energia CA para
conecte o dispositivo ao cabo de alimentação CA fornecido. Para mais informações, veja
“Conexão à alimentação CA” na página 21 .
Bloco de terminais DC
Nos dispositivos SSG 350M com fontes de alimentação CC, use o bloco de terminais CC para
conecte o dispositivo ao seu sistema de distribuição de energia DC. Para maiores informações,
consulte “Conexão da energia CC” na página 22 .

Ponto de aterramento
Você usa o ponto de aterramento no painel traseiro do dispositivo para conectá-lo
para terra.

Para aterrar o dispositivo antes de conectar a energia, conecte um cabo de aterramento à terra
terra e conecte o cabo ao ponto de aterramento no painel traseiro do
dispositivo. Para obter mais informações, consulte “Aterramento do dispositivo” na página 20 .

Bandeja do filtro de ar (apenas SSG 350M)


Os dispositivos SSG 350M possuem uma bandeja de filtro de ar que desliza em um slot no lado direito da
painel traseiro. O elemento do filtro de ar ajuda a remover partículas estranhas do ar de refrigeração
que entra no dispositivo. Nas unidades compatíveis com NEBS, a bandeja do filtro de ar é fornecida com
o elemento do filtro de ar instalado. Em unidades que não sejam NEBS, o filtro de ar não é necessário e
a bandeja do filtro de ar é fornecida vazia. Para mais informações, consulte “Sistema de refrigeração” na
página 16 e “ Substituindo o filtro de ar” na página 50 .

Painel Traseiro ∎ 15

Page 16 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Sistema de refrigeração

O sistema de refrigeração nos dispositivos da série SSG 300M aspira o ar através das aberturas de ventilação no
lado esquerdo do chassi e o esgota através de ventiladores no lado direito do
chassis. O fluxo de ar produzido por esses ventiladores mantém os componentes internos dentro do
faixa de temperatura aceitável (veja a Figura 7 ).

O dispositivo ajusta automaticamente a velocidade dos ventiladores de acordo com a corrente


temperatura. Se a temperatura da CPU atingir 80 ° C (176 ° F), o dispositivo
desliga automaticamente. Você pode visualizar informações de temperatura interna usando o
CLI obter comando de chassi.

Figura 7: Fluxo de ar de resfriamento (SSG 350M mostrado, SSG 320M semelhante)

Frente

g004103
Traseira

Em dispositivos SSG 350M em conformidade com o Sistema de criação de equipamentos de rede


(NEBS), um filtro de ar protege a abertura da entrada de ar no lado esquerdo do
chassi e deve ser substituído periodicamente. Para obter instruções sobre como substituir o ar
filtros, consulte “Substituindo o filtro de ar” na página 50 .

Um ventilador adicional faz parte da fonte de alimentação. Este ventilador não é regulado pelo
sistema operacional.
16 ∎ Sistema de refrigeração

Page 17

Capítulo 2

Instalando e conectando o dispositivo

Este capítulo descreve como instalar um dispositivo da série SSG 300M em um padrão
Rack de equipamento de 19 polegadas e como conectar cabos e energia ao dispositivo. este
O capítulo inclui as seguintes seções:

∎ “Antes de começar” na página 18

∎ “Instalando o equipamento” na página 18

∎ “Organização dos cabos de interface” na página 20

∎ “Aterramento do dispositivo” na página 20

∎ “Conexão à alimentação CA” na página 21


∎ “Ligar e desligar o dispositivo” na página 25

∎ “Conectando o dispositivo a uma rede” na página 25

NOTA: Para obter avisos e instruções de segurança, consulte o Juniper Networks Security.
Guia de Segurança de Produtos . Ao trabalhar no equipamento, esteja ciente dos perigos
envolvidos com circuitos elétricos e siga as práticas padrão para prevenir
acidentes.

∎ 17

Page 18 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Antes de você começar

A localização do dispositivo, o layout do rack de equipamentos ea segurança de


sua sala de cabeamento é crucial para a operação correta do dispositivo.

CUIDADO: Para evitar abuso e intrusão por pessoal não autorizado, instale o
dispositivo em um ambiente seguro.

Observar as precauções a seguir pode impedir desligamentos, falhas no equipamento,


e lesões:

∎ Antes da instalação, verifique sempre se a fonte de alimentação está desconectada


qualquer fonte de energia.

∎ Verifique se a sala em que você opera o dispositivo possui ar adequado


circulação e que a temperatura ambiente não exceda 104 ° F (40 ° C) .

∎ Deixe 1 metro de espaço livre na frente e atrás do dispositivo.

∎ Não coloque o dispositivo em uma estrutura de rack de equipamento que bloqueie uma entrada ou
porta de exaustão. Verifique se os racks fechados têm ventiladores e laterais com persianas.

∎ Este dispositivo excede 8,2 kg (18 libras). Tome precauções ao levantar e


estabilizando o dispositivo.

∎ Corrija estas condições perigosas antes de qualquer instalação: pisos úmidos ou molhados,
vazamentos, cabos de energia não aterrados ou desgastados ou falta de motivos de segurança.

Instalação de equipamentos

Você pode montar o dispositivo da série SSG 300M em rack em um equipamento padrão de 19 polegadas
prateleira. O dispositivo é enviado com suportes de montagem. O equipamento é adequado para
instalação em locais onde o Código Elétrico Nacional (NEC) se aplica, bem como
em instalações de telecomunicações em rede.

Você pode montar centralmente ou na frente um dispositivo da série SSG 300M em um rack. Em geral, um
o rack de montagem central é preferível a um rack de montagem frontal, porque quanto mais uniforme
A distribuição de peso no rack de montagem central proporciona maior estabilidade.

NOTA: Se você estiver instalando vários dispositivos em um rack, instale o mais baixo primeiro e
prossiga para cima no rack.

CUIDADO: O dispositivo pesa entre 23,4 kg (10,4 kg) e 31 lb (14,1 kg).


A instalação no rack requer pelo menos uma pessoa para levantar o dispositivo e um
segunda pessoa para prender os parafusos de montagem.

Para montar o dispositivo, você deve ter uma chave de fenda Phillips número 2 e quatro
parafusos compatíveis com o rack do equipamento. Os parafusos e Phillips
chave de fenda não são fornecidas.

18 ∎ Antes de começar

Page 19 Capítulo 2: Instalando e conectando o dispositivo

Há duas maneiras de montar um dispositivo da série SSG 300M em rack:

∎ Montagem central: prenda os suportes de montagem esquerdo e direito no meio


cada lado do dispositivo.

∎ Montagem frontal: prenda os suportes de montagem esquerdo e direito na frente de cada


lado do dispositivo.

Para instalar um dispositivo da série SSG 300M em um rack:

1. Conecte os suportes de montagem em cada lado do dispositivo, como mostra a Figura 8 .


Para montagem frontal, use os orifícios mais próximos da parte frontal do dispositivo. Para
montagem central, use os orifícios mais próximos do centro de cada lado do dispositivo.

Figura 8: Conexão dos suportes de montagem em rack (montagem central mostrada, montagem frontal semelhante)

6xGE SFP
4 5
2 3
1
00
g004107
J2320 NÚMERO DO SLOT
1
32.
USB 1
RESTABELECER LINKLINK
TX / TX USB 0
RX / RX
CONFIG
POWERSTATUS TX0/0
/ RX
0/1
10/100/1000
LINK
0/2 0/3TX
LINK
/ RX
AUX
PODERCONFIG
CONSOLE
ALARM HA

2. Peça a uma pessoa que segure as laterais do dispositivo, levante-o e coloque-o no rack.
3. Alinhe o orifício inferior em cada suporte de montagem com um orifício em cada trilho do rack,
certificando-se de que o dispositivo esteja nivelado. Veja a Figura 9 (SSG 320M) ou a Figura 9 na página 19
(SSG 350M).

Figura 9: Instalação em rack, SSG 320M

NÚMERO DO SLOT
1 32
SSG 320
USB 1
USB 0
TX LINKTX
0/0/ 0/1
RX
10/100/1000
0/2
LINKTX / RX
0 / 3LINKLINKTX
/ RX / RX
RESTABELECER
CONFIG
POWERSTATUS AUX
CONSOLE
CONFIG
PODER
ALARM HA g004108

Instalação do equipamento ∎ 19

Page 20 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Figura 10: Instalação em rack, SSG 350M


J2350 NÚMERO DO SLOT
12 453
USB 1
USB 0
LINKTX / RX
10/100/1000
RESTABELECER TX
0/0/ RX
0/1 LINKTX
0/2 0 / 3LINKLINKTX
/ RX / RX
CONFIG
POWERSTATUS AUX
CONSOLE
CONFIG
PODER
ALARM HA 6
3

g0041

4. Peça a uma segunda pessoa que instale um parafuso de montagem em cada um dos dois
buracos. Use uma chave de fenda Phillips número 2 para apertar os parafusos.

5. Instale os parafusos restantes em cada suporte de montagem.

6. Verifique se os parafusos de montagem em um lado do rack estão alinhados com os


parafusos de montagem no lado oposto e que o dispositivo esteja nivelado.

Organização de cabos de interface

Organize os cabos de rede da seguinte maneira para impedir que eles se desloquem ou se desenvolvam
pontos de estresse:

∎ Prenda os cabos para que eles não suportem seu próprio peso enquanto penduram
o chão.

∎ Coloque o excesso de cabo fora do caminho em loops cuidadosamente enrolados.

∎ Use fixadores para manter a forma das alças dos cabos.

Aterramento do dispositivo

Atender aos requisitos de segurança e interferência eletromagnética (EMI) e garantir


operação adequada, o dispositivo deve ser adequadamente aterrado antes que a energia seja
conectado. Um ponto de aterramento é fornecido na parte traseira do dispositivo para conectar o
dispositivo ao terra (consulte a Figura 6 na página 15) .
CUIDADO:
terminal Antes
de cabo aode iniciar
cabo a instalação fornecido.
de aterramento do dispositivo, um eletricista
Um cabo com um licenciado deve conectar um
terminal conectado incorretamente pode danificar o dispositivo (por exemplo, causando um
circuito curto).

20 ∎ Organização dos cabos de interface

Page 21 Capítulo 2: Instalando e conectando o dispositivo

O cabo de aterramento deve ser de fio único número 14 da American Wire Gauge (AWG)
cabo de alimentação e deve poder suportar até 6 amperes (A).

Para aterrar o dispositivo antes de conectar a energia, conecte o cabo de aterramento ao


terra e conecte o cabo ao ponto de aterramento na parte traseira do
dispositivo.

Ligar a alimentação CA

Esta seção descreve como conectar a CA a um dispositivo da série SSG 300M. Isso também
descreve como conectar a energia CC a um dispositivo SSG 350M com fonte de alimentação CC.

Ligar a alimentação CA
O cabo de alimentação CA fornecido com o dispositivo conecta o dispositivo ao terra
quando o dispositivo estiver conectado a uma tomada elétrica do tipo terra. O dispositivo
deve ser conectado ao terra durante a operação normal.

Para conectar a energia CA ao dispositivo:

1. Localize o cabo de alimentação (ou cabos) enviado com o dispositivo, que possui um plugue (ou
apropriados para sua localização geográfica.

2. Prenda uma pulseira de aterramento de descarga eletrostática (ESD) ao pulso nu e


conecte a alça ao ponto ESD no lado direito do painel frontal do dispositivo.
3. Use um cabo de aterramento para conectar o dispositivo ao aterramento e faça o
Segue:

uma. Verifique se um eletricista licenciado conectou um terminal apropriado ao


o cabo de aterramento.

b. Conecte uma extremidade do cabo de aterramento a um aterramento adequado (como


o rack no qual o dispositivo está instalado).

c. Conecte a outra extremidade do cabo de aterramento ao ponto de aterramento no


traseira do dispositivo SSG série 300M.

4. Insira a extremidade do acoplador do cabo de alimentação na entrada do dispositivo na


painel traseiro do dispositivo.

5. Insira o plugue em uma tomada de fonte de alimentação CA.

6. Use a braçadeira do cabo de alimentação da seguinte maneira para aliviar a tensão no cabo (consulte a Figura 11) :

uma. Enrole a ponta solta da presilha ao redor do cabo e insira-o no


abertura na gravata.

b. Puxe a ponta para apertar a gravata.

Para soltar a presilha do cabo, pressione a aba da presilha e solte-a.

Conexão da alimentação CA ∎ 21

Page 22 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Figura 11: Conexão do cabo de alimentação CA e do cabo de aterramento (SSG 350M,


SSG 320M Similar)
Terminal do cabo de aterramento Ponto de aterramento

Parafuso com
arruela cativa

Braçadeira do cabo de alimentação


Aparelho de CA
Cabo de alimentação CA entrada

7. Verifique se o cabo de alimentação não bloqueia o acesso aos componentes do dispositivo ou


armar onde as pessoas podem tropeçar nele.

Conexão de energia DC
O SSG 350M está disponível com uma fonte de alimentação CC que possui uma única entrada CC (–48
VDC e retorno). Este dispositivo requer um disjuntor dedicado de 25A (–48 VCC).

A maioria dos sites distribui energia CC através de um conduíte principal que leva a
Painéis de distribuição de energia DC, um dos quais pode estar localizado na parte superior do rack
que abriga o roteador. Um par de cabos (uma entrada e um retorno) conecta cada conjunto
de terminais no painel de distribuição de energia.

CUIDADO: Não há código de cores padrão para os cabos de energia DC. O código de cores
usado pela fonte de alimentação DC externa em seu site determina o código de cores para
os fios nos cabos de energia que se conectam aos pinos do terminal em cada
fornecem. Você deve garantir que as conexões de energia mantenham a polaridade adequada. o
os cabos da fonte de alimentação podem estar rotulados ( + ) e ( - ) para indicar sua polaridade.

O dispositivo deve ser conectado ao terra durante a operação normal. o


Um terminal de aterramento de proteção na parte traseira do dispositivo é fornecido para conectar o
dispositivo ao terra.

AVISO: O aterramento da usina e o chassi devem estar conectados à mesma


terreno para construção.

O terminal de retorno CC deve estar conectado ao terra do escritório central. este


A conexão de retorno CC comum (DC-C) e a conexão de –48 VCC devem ser
Cabo de fio único de 14 AWG (mínimo). Cada terminal conectado à energia
os cabos devem ser do tipo U.

22 ∎ Conexão à alimentação CA

Page 23 Capítulo 2: Instalando e conectando o dispositivo

Para conectar a energia CC ao dispositivo:

1. Prenda uma tira de aterramento de descarga eletrostática (ESD) ao pulso nu e


conecte a faixa ao ponto ESD no dispositivo.

2. Use um cabo de aterramento para conectar o dispositivo ao aterramento e faça o


Segue:

uma. Verifique se um eletricista licenciado conectou um terminal apropriado ao


o cabo de aterramento.

b. Conecte uma extremidade do cabo de aterramento a um aterramento adequado (como


o rack no qual o dispositivo está instalado).

c. Conecte a outra extremidade do cabo de aterramento ao ponto de aterramento no


parte traseira do dispositivo (consulte a Figura 12 na página 24) .

3. Verifique se a voltagem nos fios do cabo da fonte de alimentação CC é 0V e se


não há chance de que os cabos possam ficar ativos durante a instalação.

4. Verifique se um eletricista licenciado conectou os terminais apropriados do cabo de alimentação


aos cabos de alimentação da fonte CC negativa e positiva.

5. No bloco de terminais, solte os dois parafusos centrais ao lado das etiquetas –48
VDC e RTN .
Cada
ao parafuso
bloco contém uma arruela usada para fixar um terminal do cabo de alimentação da fonte DC
de terminais.

Conexão da alimentação CA ∎ 23

Page 24 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Figura 12: Conexão dos fios de terra e de alimentação CC (apenas SSG 350M)

Terminal do cabo de aterramento Ponto de aterramento


Parafuso com
arruela cativa

-48V
-48V

RTN

Braçadeira do cabo de alimentação

Bloco de terminais DC

-48V

RTN

Parafusos com
arruelas em cativeiro
Fios de -48V e RTN

6. Prenda o terminal positivo (+) do cabo de alimentação da fonte CC ao terminal RTN.

7. Prenda o terminal do cabo de alimentação da fonte CC negativa (-) ao cabo de –48 VCC
terminal.

8. Vista os cabos de energia adequadamente.

CUIDADO: Verifique se os cabos DC não tocam nos dois parafusos no chassi


adjacentes ao bloco de terminais. Contato entre os cabos DC e os
parafusos do chassi causarão uma falha no circuito.

9. Use a braçadeira do cabo de alimentação da seguinte maneira para aliviar a tensão no cabo (consulte a Figura 12) :

uma. Enrole a ponta solta da presilha ao redor do cabo e insira-o no


abertura na gravata.

b. Puxe a ponta para apertar a gravata.

Para soltar a presilha do cabo, pressione a aba da presilha e solte-a.

10. Verifique se o cabo de alimentação não bloqueia o acesso aos componentes do dispositivo ou
armar onde as pessoas possam tropeçar nelas.

24 ∎ Conexão à alimentação CA

Page 25 Capítulo 2: Instalando e conectando o dispositivo

Ligar e desligar o dispositivo

Para ligar o dispositivo, pressione e solte o botão liga / desliga. O ScreenOS começa como o
fonte de alimentação completa sua seqüência de inicialização. O LED POWER acende durante
inicial e permanece ligado quando o dispositivo está funcionando normalmente.

Para desligar o dispositivo, pressione e solte o botão liga / desliga novamente.

Para remover completamente a energia do dispositivo, desconecte o cabo de alimentação. O poder


botão no dispositivo é um interruptor de energia em espera.

CUIDADO: Se o dispositivo estiver conectado a uma tomada da fonte de alimentação CA quando você
pressione o botão liga / desliga para desligá-lo, o dispositivo permanece no modo de espera e um
uma pequena quantidade (5V e 3,3V) de tensão em espera ainda está disponível no chassi.

Conectando o dispositivo a uma rede

Esta seção fornece informações básicas sobre como conectar fisicamente o


Dispositivo da série SSG 300M à sua rede.

Para conectar os cabos conforme mostrado na Figura 13 :

1. Conecte um cabo RJ-45 da porta 0/0 (interface Ethernet 0/0) à porta


interruptor interno. A interface ethernet0 / 0 é pré-vinculada à segurança Trust
zona.

2. Conecte um cabo RJ-45 da porta 0/1 (interface ethernet0 / 1) à porta


Interruptor DMZ. A interface ethernet0 / 1 é pré-limitada à zona de segurança DMZ.

3. Conecte um cabo RJ-45 da porta 0/2 (interface ethernet0 / 2) à porta


switch ou roteador externo. A interface ethernet0 / 2 é baseada no Untrust
zona de segurança. O dispositivo detecta automaticamente a velocidade correta, duplex e MDI / MDIX
configurações.

4. Conecte um cabo RJ-45 da porta console usando as instruções fornecidas


para acesso de gerenciamento em “Usando uma conexão de console” na página 28 .

Ligar e desligar o dispositivo ∎ 25

Page 26 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Figura 13: Exemplo básico de cabeamento (SSG 350M mostrado, SSG 320M similar)
Rede não confiável

Console

Interruptor interno DMZ Switch

DMZ LAN
LAN Confiável

AVISO: Certifique-se de não conectar inadvertidamente o console, AUX ou


Portas Ethernet no dispositivo para a tomada de telefone.
26 ∎ Conectando o dispositivo a uma rede

Page 27

Capítulo 3

Configurando o dispositivo

O software ScreenOS é pré-instalado nos dispositivos da série SSG 300M. Quando o dispositivo está
iniciado, está pronto para ser configurado. Enquanto o dispositivo possui uma fábrica padrão
configuração que permite conectar-se inicialmente ao dispositivo, você deve executar
configuração para seus requisitos de rede específicos.

Este capítulo inclui as seguintes seções:

∎ “Acessando o dispositivo” na página 28

∎ “Configurações padrão do dispositivo” na página 31

∎ “Configuração básica do dispositivo” na página 31


“Configuração de alta disponibilidade” na página 35
∎ “Configuração do PIM” na página 38

∎ “Proteções básicas de firewall” na página 38

∎ “Verificando a conectividade externa” na página 38

∎ “Reiniciando o dispositivo” na página 39

∎ “Reiniciando o dispositivo” na página 39

NOTA: Depois de configurar um dispositivo da série SSG 300M e verificar a conectividade através do
rede remota, você deve registrar seu produto em www.juniper.net/support/ para
que certos serviços ScreenOS, como o Serviço de assinatura Deep Inspection (DI) e
Antivírus (AV), pode ser ativado no dispositivo. Após registrar seu produto, use
a WebUI para obter a assinatura do serviço. Para mais informações sobre
registrar seu produto e obter assinaturas de serviços específicos, consulte
o volume Fundamentals do Guia de referência do ScreenOS de conceitos e exemplos .

∎ 27

Page 28 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Acessando o dispositivo

Você pode configurar e gerenciar um dispositivo da série SSG 300M de várias maneiras:
∎ Console - A porta do console no dispositivo permite acessar o dispositivo através de um
cabo serial conectado à sua estação de trabalho ou terminal. Para configurar o dispositivo,
você insere comandos da interface de linha de comando (CLI) do ScreenOS em seu terminal
ou em um programa de emulação de terminal em sua estação de trabalho. Para maiores informações,
consulte “Usando uma conexão de console” na página 28 .

∎ Console Remoto - Você pode acessar remotamente a interface do console em um painel de segurança.
dispositivo discando para ele. Você pode discar na porta do modem v.92 ou em uma
modem conectado à porta AUX. Para mais informações, consulte o
Volume de administração do Guia de referência do ScreenOS de conceitos e exemplos .

∎ WebUI - A interface do usuário do ScreenOS Web (WebUI) é uma interface gráfica


disponível através de um navegador. Para usar inicialmente o WebUI, a estação de trabalho em
no qual você executa o navegador, deve estar na mesma sub-rede que o dispositivo. Vocês
também pode acessar a WebUI através de um servidor seguro usando o Secure Sockets Layer
(SSL) com HTTP seguro (HTTPS).

∎ Telnet / SSH - Telnet e SSH são aplicativos que permitem acessar dispositivos
através de uma rede IP. Para configurar o dispositivo, insira o ScreenOS CLI
comandos em uma sessão Telnet da sua estação de trabalho. Para maiores informações,
consulte o volume de administração do Conceitos e exemplos do ScreenOS
Guia de Referência .

∎ NetScreen-Security Manager - O NetScreen-Security Manager é um Juniper


Aplicativo de gerenciamento de nível empresarial de redes que permite controlar e
gerenciar dispositivos de segurança da Juniper Networks. Para obter instruções sobre como gerenciar
seu dispositivo com o NetScreen-Security Manager, consulte o NetScreen-Security
Guia do administrador do gerente .

Usando uma conexão de console

NOTA: Use um cabo RJ-45 CAT5 direto com um conector RJ-45 macho para conectar
a porta do console no dispositivo.

Para estabelecer uma conexão de console com o dispositivo:

1. Conecte a extremidade fêmea do adaptador DB-9 fornecido na porta serial do seu


posto de trabalho. (Verifique se o DB-9 está inserido corretamente e protegido.)

2. Conecte uma extremidade do cabo RJ-45 CAT5 ao adaptador DB-9.


28 ∎ Acessando o dispositivo

Page 29 Capítulo 3: Configurando o dispositivo

3. Conecte a outra extremidade do cabo RJ-45 CAT5 à porta do console no


Dispositivo da série SSG 300M. A Figura 14 mostra a disposição do cabo e
adaptador.

Figura 14: Estabelecendo uma conexão de console (SSG 350M mostrado, SSG 320M similar)
Porta serial ativada
Adaptador DB-9 posto de trabalho

CAT5 RJ-45
cabo

Porta do console ativada


Série SSG 300M
dispositivo

6xGE SFP
4 5
1 2 3
00

SSG 350

NÚMERO DO SLOT
12 453

RESETCONFIG LINKTX / RX USB 0USB 1


POWERSTATUS TX
0/0/ RX
0/1
10/100/1000
LINKTX
0/2 0 / 3LINKLINKTX
/ RX / RX
PODER
CONFIG AUX
CONSOLE
ALARM HA

4. Inicie um programa de emulação de terminal serial em sua estação de trabalho. O requerido


As configurações para iniciar uma sessão do console são as seguintes:
∎ Taxa de transmissão: 9600

∎ Paridade: Nenhuma

∎ Bits de dados: 8

∎ Bit de parada: 1

∎ Controle de fluxo: Nenhum

5. Se você ainda não alterou o login padrão para o nome do administrador e


senha, insira netscreen nos prompts de login e senha. (Usar
somente letras minúsculas. Os campos de login e senha diferenciam maiúsculas de minúsculas.)

Para obter informações sobre como configurar o dispositivo com os comandos da CLI, consulte
ao Guia de referência do ScreenOS de conceitos e exemplos .

6. (Opcional) Por padrão, o console expira e termina automaticamente após


10 minutos de tempo ocioso. Para remover o tempo limite, insira definir o tempo limite do console 0.

7. Depois que o prompt de comando for exibido, o dispositivo estará pronto para ser configurado.
Consulte “Configuração básica do dispositivo” na página 31 para concluir o dispositivo inicial.
configuração.

Acesso ao dispositivo ∎ 29

Page 30 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Usando a WebUI
Para usar a WebUI, a estação de trabalho na qual você está gerenciando o dispositivo deve
inicialmente esteja na mesma sub-rede que o dispositivo. Para acessar o dispositivo com o
WebUI:

1. Conecte sua estação de trabalho à porta 0/0 (interface ethernet0 / 0), que
é pré-limitado à zona de segurança Confiança.

2. Verifique se sua estação de trabalho está configurada com um endereço IP estático no


192.168.1.0/24 sub-rede.

3. Inicie o seu navegador, digite o endereço IP da interface ethernet0 / 0 (o


o endereço IP padrão é 192.168.1.1 ) e pressione Enter .

O aplicativo WebUI exibe o prompt de login.

4. Se você ainda não alterou o nome de usuário e a senha padrão, digite


netscreen nos prompts de login e senha. (Use apenas letras minúsculas.
Os campos de login e senha diferenciam maiúsculas de minúsculas.)

5. Depois que a página inicial da WebUI for aberta, o dispositivo estará pronto para ser configurado. Vejo
“Configuração básica do dispositivo” na página 31 para concluir o dispositivo inicial
configuração.

Usando Telnet
Para usar uma conexão Telnet, a estação de trabalho deve estar na mesma sub-rede que a
dispositivo de segurança. Para acessar o dispositivo com uma conexão Telnet:

1. Conecte sua estação de trabalho à porta 0/0 (interface ethernet0 / 0), que
é pré-limitado à zona de segurança Confiança.

2. Verifique se sua estação de trabalho está configurada com um endereço IP estático no


192.168.1.0/24 sub-rede.

3. Inicie um aplicativo cliente Telnet no endereço IP da interface ethernet0 / 0


(o endereço IP padrão é 192.168.1.1 ). Por exemplo, digite telnet 192.168.1.1 .

O aplicativo Telnet exibe o prompt de login.

4. Se você ainda não alterou o nome de usuário e a senha padrão, digite


netscreen nos prompts de login e senha. (Use apenas letras minúsculas.
Os campos de login e senha diferenciam maiúsculas de minúsculas.)

5. (Opcional) Por padrão, o console atinge o tempo limite e termina automaticamente após
10 minutos de tempo ocioso. Para impedir que o console atinja o tempo limite e
terminando automaticamente, digite o tempo limite definido do console 0 .
30 ∎ Acessando o dispositivo

Page 31 Capítulo 3: Configurando o dispositivo

Configurações padrão do dispositivo

Tabela 4 descreve as ligações de interface à zona padrão em um SSG série 300M


dispositivo.

Tabela 4: Ligações padrão da interface à zona

Etiqueta da porta Interface Zona

0/0 ethernet0 / 0 (o endereço IP padrão é 192.168.1.1/24) Confiar em

0/1 ethernet0 / 1 DMZ

0/2 ethernet0 / 2 Desconfiança

0/3 ethernet0 / 3 HA

Observe que a interface ethernet0 / 0 tem o endereço IP padrão 192.168.1.1/24 e é


configurado para serviços de gerenciamento. Se você conectar a porta ethernet0 / 0 no
dispositivo a uma estação de trabalho, você pode configurar o dispositivo a partir de uma estação de trabalho no diretório
192.168.1.1/24 usando um serviço de gerenciamento como o Telnet. Você pode
altere o endereço IP padrão na interface ethernet0 / 0 para corresponder aos endereços
na sua LAN. Não há outros endereços IP padrão configurados em outras portas no
o dispositivo; você deve atribuir endereços IP a outras interfaces.

Configuração básica do dispositivo


As seções a da
Dispositivo seguir
sériedescrevem
SSG 300M asem
tarefas básicas de configuração necessárias para colocar um
operação:

∎ “Nome e senha do administrador” na página 32

∎ “Acesso administrativo” na página 32

∎ “Endereço IP da interface” na página 32

∎ “Serviços de gerenciamento” na página 33

∎ “Nome do host e nome do domínio” na página 33

∎ “Data e hora” na página 34

∎ “Rota padrão” na página 35

Os exemplos nesta seção demonstram como estabelecer a rede inicial


conectividade. Para obter informações avançadas sobre configuração, consulte os Conceitos e
Exemplos Guia de referência do ScreenOS .

Configurações padrão do dispositivo ∎ 31

Page 32 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Nome e senha do administrador


O usuário administrativo possui privilégios completos para configurar um dispositivo. Nós
recomendamos que você altere o nome do administrador padrão (netscreen) e a senha
(netscreen) imediatamente.

Para alterar o nome e a senha do administrador:

WebUI
Configuração> Admin> Administradores> Editar (para o NetScreen
Nome do administrador): digite o seguinte e clique em OK :

Nome do administrador:
Senha antiga: netscreen
Nova senha:
Confirme a nova senha:

CLI
nome do conjunto de administração nome
definir senha de administrador pswd_str
Salve

Acesso administrativo
Por padrão, qualquer pessoa na sua rede que saiba o login e a senha pode
gerenciar um dispositivo.

Para configurar um dispositivo para ser gerenciado apenas a partir de um host específico na sua rede:

WebUI
Configuração> Admin> IPs permitidos: digite o seguinte e clique em Adicionar :

Endereço IP / Máscara de rede: ip_addr / mask

CLI
defina admin manager-ip ip_addr / mask
Salve

Endereço IP da interface
A interface ethernet0 / 0 possui o endereço IP padrão 192.168.1.1/24 e é
pré-configurado para serviços de gerenciamento. Você pode configurar o dispositivo usando um
serviço de gerenciamento como o Telnet, conectando uma estação de trabalho à rede Ethernet0 / 0
interface. A estação de trabalho deve ter um endereço IP na sub-rede 192.168.1.1/24.

Para alterar o endereço IP da interface padrão no dispositivo:

WebUI
Rede> Interfaces> Editar (para ethernet0 / 0): Digite o seguinte e clique em
OK :

Endereço IP / Máscara de rede: ip_addr / mask

32 ∎ Configuração básica do dispositivo

Page 33 Capítulo 3: Configurando o dispositivo

CLI
configurar interface ethernet0 / 0 ip ip_addr / mask
Salve

Serviços de gestão
O ScreenOS fornece serviços para configurar e gerenciar um dispositivo, como SNMP,
SSL e SSH, que você pode habilitar por interface. Serviços de gestão
estão disponíveis apenas para interfaces Ethernet. Você não pode configurar interfaces WAN para
serviços de gestão.

Para configurar os serviços de gerenciamento para a interface ethernet0 / 0:

WebUI
Rede> Interfaces> Editar (para ethernet0 / 0): em Serviços de gerenciamento ,
selecione ou limpe os serviços de gerenciamento que deseja usar na interface e, em seguida,
clique em Aplicar .

CLI
definir interface eth0 / 0 gerenciar web
interface não configurada eth0 / 0 gerenciar snmp
Salve

Nome do host e nome do domínio


O nome do
enquanto domínio
o nome do define
host searefere
rede ou sub-rede
a um à qualespecífico.
dispositivo o dispositivo pertence,
O nome do host e o nome do domínio
juntos, identificam exclusivamente um dispositivo na rede. Para configurar o nome do host e
nome de domínio no dispositivo:

WebUI
Rede> DNS> Host: Digite o seguinte e clique em Aplicar :

Nome do host : hostname


Nome de domínio : domain-name

CLI
definir nome do host nome do host
definir domínio domain-name
Salve

Configuração básica do dispositivo ∎ 33

Page 34 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Servidor do sistema de nomes de domínio


O servidor DNS (Domain Name System) na rede mantém um banco de dados para
resolução de nomes de host e endereços IP. Os dispositivos acessam os servidores DNS configurados
para resolver nomes de host. No ScreenOS, você configura os endereços IP para o principal
e servidores DNS secundários e a hora do dia em que o dispositivo executa uma
Operação de atualização do DNS.

Para configurar o endereço IP do servidor DNS e o tempo de atualização:

WebUI
Rede> DNS> Host: Digite o seguinte e clique em Aplicar :

Servidor DNS primário: ip_addr


Servidor DNS secundário: ip_addr
Atualização de DNS: (selecione)
Todos os dias às: hora

CLI
definir o nome do host do DNS ip_addr
definir o nome do host do DNS ip_addr
set dns cronograma de acolhimento tempo
Salve

Data e hora
As configurações de hora em um dispositivo afetam eventos como a configuração de redes privadas virtuais.
túneis de rede (VPN). A maneira mais fácil de definir a data e a hora no dispositivo é
use a WebUI para sincronizar o relógio do dispositivo com o relógio da sua estação de trabalho.

Para configurar a data e hora no dispositivo:

WebUI
1. Configuração> Data / Hora: Clique em Sincronizar Relógio com o Cliente .

Uma mensagem pop-up solicita que você especifique se você ativou a luz do dia
economizando tempo no relógio da estação de trabalho.

2. Clique em Sim para sincronizar o relógio do dispositivo e ajustá-lo de acordo com a luz do dia.
economizando tempo ou clique em Não para sincronizar o relógio do dispositivo sem ajustar
para horário de verão.

Você também pode usar o comando set clock em uma sessão Telnet ou console para manualmente
digite a data e a hora do dispositivo.
34 ∎ Configuração básica do dispositivo

Page 35 Capítulo 3: Configurando o dispositivo

Rota Padrão
A rota padrão é uma rota estática usada para direcionar pacotes endereçados a redes que
não são explicitamente listados na tabela de roteamento. Se um pacote chegar ao dispositivo com um
endereço para o qual o dispositivo não possui informações de roteamento, o dispositivo envia
o pacote para o destino especificado pela rota padrão. Para configurar o padrão
rota no dispositivo:

WebUI
Rede> Roteamento> Destino> Novo (trust-vr): Digite o seguinte e, em seguida,
clique em OK :

Endereço de rede / máscara de rede: 0.0.0.0/0.0.0.0


Gateway: (selecione)
Interface: ethernet0 / 2 (selecionar)
Endereço IP do gateway: ip_addr

CLI
definir rota 0.0.0.0/0 interface ethernet0 / 2 gateway ip_addr
Salve

Configuração de alta disponibilidade

A alta disponibilidade (HA) permite conectar dois dispositivos juntos e configurá-los para
trabalhar como um grupo redundante . Um grupo redundante consiste em um dispositivo primário e
um dispositivo de backup. Se o dispositivo principal falhar, o dispositivo de backup assumirá como o
novo primário, evitando a interrupção dos serviços.

Esta seção descreve como conectar seu dispositivo para alta disponibilidade.

NOTA: Não misture tipos de interface de porta. A configuração de alta disponibilidade não é suportada na WAN
interfaces. Você deve ter a mesma configuração de hardware para ambos os dispositivos para
HA para trabalhar. Para obter mais informações sobre a configuração de alta disponibilidade, consulte os Conceitos e
Exemplos Guia de referência do ScreenOS .

Configuração de alta disponibilidade ∎ 35

Page 36 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Figura 15: Conexões de cabeamento de alta disponibilidade


Zona não confiável

R1 R2

Switch C Switch F
Tronco 802.1 Q

SSG 350M ou SSG 320M SSG 350M ou SSG 320M


Porta HA

Switch A Switch D
Zona de Confiança

Switch B Switch E

Zona DMZ

NOTA: As instruções de cabeamento fornecidas reproduzem a configuração mostrada na Figura 15 ;


no entanto, essa não é a única configuração possível de alta disponibilidade. Além disso, o
As instruções assumem que todas as portas e interfaces físicas ainda estão em seus padrões.
Se você alterou as configurações de porta e interface, as instruções podem não
trabalhe corretamente.

Para conectar dispositivos de segurança SSG 350M e SSG 320M juntos para HA e conectar
para a rede:
Configurando portas HA
1. Defina a interface HA executando a interface set ethernet0 / 3 zone ha
comando nos dois dispositivos.

36 ∎ Configuração de alta disponibilidade

Page 37 Capítulo 3: Configurando o dispositivo

Unidade Primária
2. Conecte um cabo cruzado da Ethernet0 / 0 ao Switch A.

3. Conecte um cabo cruzado da Ethernet0 / 1 ao Switch B.

4. Conecte um cabo cruzado da Ethernet0 / 2 ao Switch C.

Unidade de Backup
5. Conecte um cabo cruzado da Ethernet0 / 0 ao Switch D.

6. Conecte um cabo cruzado da Ethernet0 / 1 ao Switch E.

7. Conecte um cabo cruzado da Ethernet0 / 2 ao Switch F.

Comuta
8. Ligue o interruptor A e o interruptor D.

9. Ligue o interruptor B e o interruptor E.

10. Ligue o interruptor C e o interruptor F.

11. Ligue o cabo C a R1.

12. Interruptor do cabo F para R2.


NOTA: As portas do switch devem ser definidas como portas de tronco 802.1Q e os roteadores externos
deve poder usar o HSRP (Hot Standby Router Protocol) ou o roteador virtual
Protocolo de redundância (VRRP). Para o melhor método de configuração, consulte o
documentação para o seu switch ou roteador.

13. Pressione o botão liga / desliga na posição ON (LIGADO) dos dois dispositivos.

Configuração de alta disponibilidade ∎ 37

Page 38 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Configuração PIM

Para configurar as interfaces em um módulo de interface física (PIM), consulte o PIM


e Guia de instalação e configuração do Mini-PIM .

Proteções básicas de firewall

Os dispositivos da série SSG 300M são configurados com uma política padrão que permite
estações de trabalho na zona Confiança da sua rede para acessar qualquer recurso no Untrust
segurança, enquanto computadores externos não têm permissão para acessar ou iniciar sessões
com suas estações de trabalho. Você pode configurar políticas que direcionam o dispositivo para permitir
computadores externos para iniciar tipos específicos de sessões com seus computadores. Para
informações sobre a criação ou modificação de políticas, consulte os Conceitos e exemplos
Guia de Referência do ScreenOS.

Os dispositivos da série SSG 300M fornecem vários mecanismos de detecção e defesa para
sondas e ataques de combate destinados a comprometer ou prejudicar uma rede ou
recurso de rede:

∎ ScreenOS As opções de tela protegem uma zona inspecionando e, em seguida, permitindo ou


negando, todas as tentativas de conexão que exijam o cruzamento de uma interface para essa zona.
Por exemplo, você pode aplicar a proteção de varredura de porta na zona Não confiável para interromper um
origem de uma rede remota, tentando identificar serviços a serem segmentados para
novos ataques.

∎ O dispositivo aplica políticas de firewall, que podem conter filtragem de conteúdo e


Componentes de Detecção e Prevenção de Intrusões (IDP), para o tráfego que passa
a tela filtra de uma zona para outra. Por padrão, nenhum tráfego é permitido para
passar pelo dispositivo de uma zona para outra. Para permitir que o tráfego atravesse o
dispositivo de uma zona para outra, você deve criar uma política que substitua o
comportamento padrão.

Para definir opções de tela do ScreenOS para uma zona:

WebUI
Seleção> Tela: selecione a zona à qual as opções se aplicam. Selecione os
Opções de tela que você deseja e clique em Aplicar :

CLI
opção de tela zona zona definida
Salve

Para obter mais informações sobre como configurar as opções de segurança de rede disponíveis em
ScreenOS, consulte o volume dos mecanismos de detecção e ataque de ataque no
Conceitos e exemplos Guia de referência do ScreenOS .

Verificando a conectividade externa


Para verificar se as estações de trabalho em sua rede podem acessar recursos na Internet,
inicie um navegador em qualquer estação de trabalho na rede e navegue até
www.juniper.net/.

38 ∎ Configuração do PIM

Page 39 Capítulo 3: Configurando o dispositivo

Reiniciando o dispositivo

Pode ser necessário reiniciar o dispositivo para implementar novos recursos, como
quando você alterna entre o modo de rota e transparente ou quando adiciona novos
chaves de licença.

As seções a seguir descrevem dois métodos para reiniciar o dispositivo:

∎ “Reiniciando o dispositivo com o comando de redefinição da CLI” na página 1

∎ “Reiniciando o dispositivo com a WebUI” na página 1

Reiniciando o dispositivo com o comando de redefinição da CLI


Para reiniciar o dispositivo com o comando de redefinição da CLI:

1. Estabeleça uma sessão do console com o dispositivo, conforme descrito em “Usando um Console
Conexão ”na página 28 ou“ Usando o Telnet ”na página 30.

Em uma estação de trabalho Windows, a maneira mais fácil de abrir uma conexão de console é
para escolher Iniciar> Executar e digite o endereço ip do telnet .

O dispositivo solicita seu login e senha.

2. Se você ainda não alterou o nome de usuário e a senha padrão, digite


netscreen nos prompts de login e senha. (Use apenas letras minúsculas.
Os campos de login e senha diferenciam maiúsculas de minúsculas.)
3. No prompt do console, digite:

restabelecer

O dispositivo solicita que você confirme a redefinição:

Redefinição do sistema, você tem certeza? s / [n]

4. Introduzir Y .

O dispositivo reinicia.

Reiniciando o dispositivo com a WebUI


Para reiniciar o dispositivo com a WebUI:

1. Inicie o seu navegador e insira o endereço IP da interface de gerenciamento


(o endereço IP padrão é 192.168.1.1 ) e pressione Enter .

O aplicativo WebUI exibe o prompt de login.

2. Se você ainda não alterou o nome de usuário e a senha padrão, digite


netscreen nos prompts de login e senha. (Use apenas letras minúsculas.
Os campos de login e senha diferenciam maiúsculas de minúsculas.)

3. Na WebUI, escolha:

Configuração> Atualização> ScreenOS / Keys

Reiniciando o dispositivo ∎ 39

Page 40 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

4. Clique em Redefinir .

Uma caixa de alerta solicita que você confirme que deseja redefinir o dispositivo.
5. Clique em OK .

O dispositivo é redefinido. Além disso, uma caixa de alerta solicita que você deixe seu navegador aberto
por alguns minutos e, em seguida, faça login novamente no dispositivo.

Redefinição do dispositivo para os padrões de fábrica

Se você perder a senha de administrador ou precisar limpar a configuração do seu


dispositivo, você pode redefinir o dispositivo para as configurações padrão de fábrica. Redefinindo o dispositivo
destrói todas as configurações existentes e restaura o acesso ao dispositivo.

CUIDADO: A redefinição do dispositivo exclui todas as definições de configuração existentes e


desativa todos os serviços existentes de firewall e VPN.

NOTA: Por padrão, o recurso de recuperação do dispositivo está ativado. Você pode desativá-lo digitando
o CLI desabilita o comando admin device-reset . Além disso, se o dispositivo de segurança estiver no FIPS
modo, o recurso de recuperação é desativado automaticamente.

Você pode restaurar as configurações padrão do dispositivo usando um destes métodos:

∎ Usando o número de série do dispositivo

∎ Usando a CLI, desmarque todos os comandos

∎ Usando o orifício de redefinição

As seções a seguir descrevem como usar esses métodos para redefinir o dispositivo para seus
padrões de fábrica.

Número de série do dispositivo


Para usar o número de série do dispositivo para redefinir os padrões de fábrica do dispositivo:

1. Inicie uma sessão do console conforme descrito em “Usando uma conexão do console” na
página 28 .

2. No prompt de login, digite o número de série do dispositivo.

3. No prompt Senha, digite o número de série novamente. A seguinte mensagem


aparece:

!!! Redefinição de senha perdida !!! Você iniciou um comando para redefinir o dispositivo para
padrões de fábrica, limpando todas as configurações atuais. Você gostaria de
continuar? s / [n]

40 ∎ Redefinindo o dispositivo para os padrões de fábrica

Page 41 Capítulo 3: Configurando o dispositivo

4. Pressione a tecla y . A seguinte mensagem aparece:

!! Reconfirme a redefinição de senha perdida !! Se você continuar, toda a configuração do


dispositivo será apagado. Além disso, um contador permanente será incrementado para
significa que este dispositivo foi redefinido. Esta é sua última chance de cancelar isso
comando. Se você prosseguir, o dispositivo retornará à configuração padrão de fábrica,
que é: IP do dispositivo: 192.168.1.1; nome de usuário: netscreen, senha: netscreen.
Você gostaria de continuar? s / [n]

5. Pressione a tecla y para redefinir o dispositivo.

O sistema agora redefine e retorna ao prompt de login; o nome de login padrão e


a senha é redefinida para o netscreen .

desmarcar tudo
Para usar a CLI, desmarque todos os comandos, você precisará saber o nome de login e
senha. Para redefinir o dispositivo para os padrões de fábrica:

1. Inicie uma sessão do console conforme descrito em “Usando uma conexão do console” na
página 28 e faça login.

2. No prompt de comando, digite desmarcar tudo . A seguinte mensagem é exibida:

Apague toda a configuração do sistema, você tem certeza que sim / [n]?

3. Pressione y
4. Digite redefinir . Pressione n para a primeira pergunta e y para a segunda pergunta:

Configuração modificada, salvar? [s] / n


Redefinição do sistema, você tem certeza? s / [n]

O sistema agora redefine e retorna ao prompt de login; o nome de login padrão e


a senha é redefinida para o netscreen .

Botão Redefinir Pinhole


Para usar o botão Reset pinhole (rotulado Reset Config em alguns dispositivos) no
dispositivo, você deve visualizar os LEDs de status do dispositivo no painel frontal ou iniciar um
Sessão de console.

NOTA: Se você não seguir a sequência completa, o processo de redefinição será cancelado sem nenhum
alteração de configuração e a mensagem do console afirma que a exclusão do
a configuração é abortada. O LED de status volta a verde piscando. O dispositivo
gera alertas SNMP e SYSLOG para hosts de interceptação SNMP ou SYSLOG configurados.

∎ Usando os LEDs de status do dispositivo:

1. Localize o orifício de redefinição (ou redefinir configuração) no dispositivo. Usando um fio fino
(como um clipe de papel endireitado), pressione o botão do orifício por quatro a seis
segundos.

O LED de status pisca em vermelho.

Redefinição do dispositivo para os padrões de fábrica ∎ 41

Page 42 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

2. Assim que o LED Status piscar em verde, solte o botão do furo e aguarde
dois segundos.
3. O dispositivo agora aguarda a segunda redefinição, que confirma a operação.
Pressione o botão de pinhole novamente por quatro a seis segundos até que o dispositivo seja redefinido.

O sistema agora redefine e retorna ao prompt de login; o nome de login padrão


e a senha são redefinidas para o netscreen .

∎ Usando o console:

1. Inicie uma sessão do console conforme descrito em “Usando uma conexão do console” na
página 28 .

2. Localize o orifício de redefinição no dispositivo. Usando um fio fino (como um


apertado) por quatro a seis segundos.

A mensagem “Processo de apagamento da configuração foi iniciado” aparece em


a janela do console. Continue a pressionar o botão do orifício até o
Aparece a mensagem “Aguardando 2ª confirmação”.

3. Solte o botão do orifício e aguarde dois segundos.

4. Pressione o botão do orifício novamente por quatro a seis segundos.

A mensagem “2º push foi confirmado” aparece.

5. Continue a pressionar o botão de pinhole até que o dispositivo seja redefinido.

O sistema agora redefine e retorna ao prompt de login; o nome de login padrão


e a senha são redefinidas para o netscreen .
42 ∎ Redefinindo o dispositivo para os padrões de fábrica

Page 43

Capítulo 4

Manutenção do dispositivo

Este capítulo descreve os procedimentos de serviço e manutenção para a série SSG 300M
dispositivos. Inclui as seguintes seções:

∎ “Ferramentas e peças necessárias” na página 43

∎ “Substituindo um PIM” na página 44

∎ “Atualizando a memória” na página 47

∎ “Substituindo o filtro de ar” na página 50

NOTA: Para obter avisos e instruções de segurança, consulte o Juniper Networks Security.
Guia de Segurança de Produtos . As instruções no guia alertam sobre situações que
pode causar lesões corporais. Ao trabalhar no equipamento, esteja ciente dos perigos
envolvidos com circuitos elétricos e siga as práticas padrão para prevenir
acidentes.

Ferramentas e peças necessárias

Para substituir um componente em um dispositivo da série SSG 300M, você precisa das seguintes ferramentas
e peças:

∎ Saco eletrostático ou tapete antiestático

∎ Pulseira de aterramento por descarga eletrostática (ESD)

∎ Chave de fenda de ponta plana, 1/8 pol.

∎ Chave de fenda Phillips número 1

∎ Chave de fenda Phillips número 2

Ferramentas e peças necessárias ∎ 43

Page 44 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Substituindo um PIM

O dispositivo SSG 350M possui cinco slots no painel frontal para conexão física Ethernet ou WAN
módulos de interface (PIMs). O dispositivo SSG 320M possui três slots PIM. PIMs são campo
instalável e substituível.

CUIDADO: Desligue o dispositivo antes de remover ou instalar PIMs. PIMs não são
hot-swap.

Remoção de um painel em branco


Para manter o fluxo de ar adequado através do dispositivo, deixe os painéis frontais em branco
slots que não contêm PIMs. Não remova um painel em branco a menos que esteja
instalando um PIM no slot vazio.

Para remover um painel em branco:

1. Prenda uma pulseira de aterramento ESD ao pulso nu e conecte a pulseira ao


Ponto ESD no dispositivo.

2. Se o dispositivo estiver ligado, pressione e solte o botão liga / desliga para desligar o
dispositivo. Verifique se o LED POWER está apagado.

3. Solte os parafusos em cada lado do painel frontal, como mostra a Figura 16 :

∎ Em placas frontais com alças, use uma chave de fenda de ponta plana de 1/8 pol.
não remova os parafusos cativos.

∎ Em placas frontais sem alças, use uma chave de fenda Phillips número 1 para
remova os parafusos não cativos.

Figura 16: Identificação dos tipos de painel frontal em branco

Alças
Painel em branco
com alças

Solte os parafusos cativos


com ponta plana de 1/8 de polegada
Chave de fenda
Painel em branco
sem alças

Retire os parafusos com


Número 1 Phillips
Chave de fenda
4. Remova o painel frontal.

44 ∎ Substituindo um PIM

Page 45 Capítulo 4: Manutenção do dispositivo

Removendo um PIM
Para remover um PIM:

1. Coloque uma bolsa eletrostática ou tapete antiestático em uma superfície plana e estável na qual
você pretende colocar o PIM.

2. Prenda uma pulseira de aterramento ESD ao seu pulso nu e conecte-a ao


Ponto ESD no dispositivo.

3. Se o dispositivo estiver ligado, pressione e solte o botão liga / desliga para desligar o
dispositivo. Verifique se o LED POWER está apagado.

4. Identifique os cabos conectados ao PIM para que você possa reconectar posteriormente cada
cabo ao PIM correto.

5. Se necessário, organize os cabos para impedir que eles se soltem ou desenvolvam


pontos de estresse.

6. Desconecte os cabos do PIM.

7. Se necessário, organize os cabos para impedir que eles se soltem ou se desenvolvam


pontos de estresse.

8. Solte os parafusos cativos em cada lado do painel frontal do PIM usando um


chave de fenda.
9. Segure as alças de cada lado do painel frontal do PIM e deslize o PIM para fora
o dispositivo (veja a Figura 17 ). Em alguns PIMs, as alças são orelhas de metal presas
no painel frontal do PIM. Outros PIMs possuem parafusos longos que servem como alças.

Figura 17: Removendo / instalando um PIM

10. Coloque o PIM na bolsa eletrostática ou no tapete antiestático.

11. Se você não estiver reinstalando um PIM no slot vazio, instale um painel em branco do PIM
sobre o slot vazio para manter o fluxo de ar adequado.

Substituindo um PIM ∎ 45

Page 46 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Instalando um PIM
Para instalar um PIM:
1. Prenda uma pulseira de aterramento ESD ao pulso nu e conecte a pulseira ao
Ponto ESD no dispositivo.

2. Se o dispositivo estiver ligado, pressione e solte o botão liga / desliga para desligar o
dispositivo. Verifique se o LED POWER está apagado.

3. Segure as alças de cada lado do painel frontal do PIM. Em alguns PIMs, as alças
são orelhas de metal presas ao painel frontal do PIM. Outros PIMs possuem parafusos longos que
servir como alças.

4. Alinhe as bordas da placa de circuito PIM com os trilhos de guia em cada lado do
Slot PIM.

5. Deslize o PIM até encaixá-lo firmemente no dispositivo.

CUIDADO: Deslize o PIM diretamente no slot para evitar danos aos componentes
no PIM.

6. Aperte os parafusos em cada lado do painel PIM:

∎ Nos PIMs com alças de ouvido de metal presas ao painel frontal, aperte o
parafusos cativos usando uma chave de fenda de ponta plana de 1/8 de polegada.

∎ Nos PIMs com parafusos longos para alças, aperte os parafusos prisioneiros usando um
chave de fenda Phillips número 2.

7. Insira os cabos apropriados nos conectores de cabo no PIM.

8. Se necessário, organize os cabos para impedir que eles se soltem ou se desenvolvam


pontos de estresse:

∎ Prenda o cabo para que ele não suporte seu próprio peso, pois ele trava
o chão.

∎ Coloque o excesso de cabo fora do caminho em um loop bem enrolado.

∎ Use fixadores para manter a forma das alças dos cabos.

9. Pressione e solte o botão liga / desliga para ligar o dispositivo. Verifique se o


O LED POWER acende constantemente depois que você pressiona o botão liga / desliga.

10. Verifique se o LED de status do PIM acende constantemente em verde para confirmar que o PIM está
conectados.
46 ∎ Substituindo um PIM

Page 47 Capítulo 4: Manutenção do dispositivo

Atualizando a memória

Você pode atualizar um dispositivo que possui um único módulo de memória in-line de 256 MB
Módulo de memória de acesso aleatório dinâmico (SIMM) para dois módulos de 512 MB
(1 GB de memória). Peça ao seu revendedor Juniper o kit SSG-300M-MEM-1GB. O kit
contém dois módulos de 512 MB.

NOTA: O dispositivo deve ter 1 GB de memória instalada para executar os recursos de segurança do ScreenOS:

∎ Filtragem da Web

∎ Antivírus

∎ Antispam

∎ Sistema de proteção contra intrusões (inspeção profunda)

Para atualizar a memória em um dispositivo da série SSG 300M:

1. Prenda uma pulseira de aterramento ESD ao pulso nu e conecte a pulseira ao


Ponto ESD no dispositivo.

2. Se o dispositivo estiver ligado, pressione e solte o botão liga / desliga para desligar o
dispositivo. Verifique se o LED POWER está apagado.
3. Remova o dispositivo do rack.

4. Desconecte a energia do dispositivo. Em unidades com fontes de alimentação CA,


desconecte o cabo de alimentação CA da entrada no painel traseiro do dispositivo.
Nos dispositivos SSG 350M com fontes de alimentação DC, desconecte o -48v e o RTN
fios do bloco de terminais CC no painel traseiro do dispositivo.

CUIDADO: Não permita que as extremidades do fio -48V ou RTN toquem em nenhuma superfície condutora
ou um ao outro. Qualquer contato elétrico causará falha no circuito.

5. Use uma chave de fenda Phillips número 1 para remover os parafusos de cabeça chata na parte traseira
e laterais do chassi. Mantenha os parafusos próximos para uso ao fechar o
chassi mais tarde.

6. Deslize a tampa do chassi em direção à parte traseira do dispositivo para desencaixar o


guias de alinhamento na tampa dos slots correspondentes no chassi.

7. Levante a tampa do chassi e remova-a.

Atualizando a memória ∎ 47

Page 48 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

8. Localize os slots do módulo de memória (veja a Figura 18) .

Figura 18: Slots de módulo de memória


Painel frontal

Painel traseiro

Slot 1
Slot 2

Slot 3
Slot 4

NOTA: Instale os módulos de memória de 512 MB apenas nos slots 1 e 3.

9. Libere o módulo SIMM DRAM de 256 MB pressionando os polegares para baixo


nas guias de travamento em cada lado do módulo para que as guias girem para longe
do módulo (veja a Figura 19) .
48 ∎ Atualizando a memória

Page 49 Capítulo 4: Manutenção do dispositivo

Figura 19: Remoção e instalação de um módulo de memória


Remover Instalar

10. Segure a borda longa do módulo de memória e deslize-o para fora. Ponha de lado.

11. Insira um dos módulos SIMM DRAM de 512 MB no slot 1.


pressão com os dois polegares na borda superior do módulo, pressione o
módulo para baixo até que as guias de travamento se encaixem na posição.

12. Repita a etapa 11 para instalar o segundo módulo de memória no slot 3.

13. Coloque a tampa do chassi em cima do chassi.


14. Deslize a tampa do chassi em direção à frente do dispositivo para engatar o alinhamento
abas na tampa com os slots correspondentes no chassi, como mostra a Figura 20
na página 50 .

Atualizando a memória ∎ 49

Page 50 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Figura 20: Alinhar abas e slots da tampa do chassi


Alinhar guias na borda frontal
da tampa do chassi com
ranhuras atrás do painel frontal
5
4
3
6xGE SFP
2 g004128
1
00

NÚMERO DO SLOT
1 32.

SSG 320 USB 1


USB 0
LINK0/3
0/2 TXLINK
/ RX
LINKTX
0/1 / RX
TX0/0 10/100/1000
/ RX LINKTX / RX
RESTABELECER
CONFIG
AUX
POWERSTATUS
CONSOLE
CONFIG
PODER
ALARM HA

Alinhe as guias na parte traseira inferior


borda da tampa do chassi
com slots no chassi

g004130

15. Use a chave de fenda Phillips número 1 para apertar os parafusos que você removeu
anteriormente, prendendo o painel superior ao chassi.

Substituindo o filtro de ar

Os ventiladores de refrigeração dos dispositivos SSG 350M aspiram o ar através das aberturas de ventilação no lado esquerdo
do dispositivo e esvazie-o através de respiradouros nas partes traseira e direita. Prevenir
partículas estranhas entrem no dispositivo, as aberturas de entrada incluem um filtro de plástico
elemento.

Se o alarme de temperatura continuar a aparecer, recomendamos que você substitua o


o filtro de ar.
NOTA: Dependendo do ambiente de trabalho em que o dispositivo está localizado,
recomendamos trocar o filtro do ventilador a cada seis meses. O número do SKU do filtro do ventilador é
SSG-350M-FLTR.

50 ∎ Substituindo o filtro de ar

Page 51 Capítulo 4: Manutenção do dispositivo

Para substituir o filtro de ar em um dispositivo SSG 350M:

1. Solte o parafuso da bandeja do filtro no lado direito do painel traseiro. Vejo


Figura 21 .

2. Deslize a bandeja do filtro para fora do chassi.

Figura 21: Remoção da bandeja do filtro

17

g0041

Parafuso de aperto manual

Bandeja de filtro Filtro de ar

3. Remova o filtro de ar antigo das tiras de fixação que prendem ao


a bandeja do filtro

4. Alinhe o novo filtro de ar com a primeira tira de velcro e pressione-o contra o


quatro tiras de velcro na bandeja do filtro, como mostra a Figura 22 .
Figura 22: Substituir o filtro de ar

Gancho e laço
tiras de fixação

5. Deslize a bandeja do filtro de volta para a parte traseira do chassi.

6. Aperte o parafuso de orelhas.

Substituição do filtro de ar ∎ 51

Page 52 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware


52 ∎ Substituindo o filtro de ar

Page 53

Apêndice A

Especificações

Este apêndice fornece especificações gerais do sistema para um SSG série 300M
dispositivo. Inclui as seguintes seções:

∎ “Físico” na página 53

∎ “Elétrico” na página 54

∎ “Tolerância ambiental” na página 5 4

∎ “Certificações” na página 55

∎ “WEEE e RoHS” na página 56


“Conectores” na página 56

Fisica

A Tabela 5 fornece as especificações físicas para dispositivos SSG 350M.

Tabela 5: Especificações físicas do SSG 350M

Descrição Valor

Chassis 2,61 pol. (6,62 cm) de altura


dimensões
17,51 pol. (44,5 cm) de largura - 18,9 pol. (48,0 cm) de largura com suportes de montagem
em anexo

15,3 pol. (38,3 cm) de profundidade - mais 0,8 pol. (2 cm) de hardware que sobressai
a frente do chassi

Peso do dispositivo Mínimo (sem PIMs): 16 lb (7,3 kg)

Máximo (seis PIMs): 19 lb (8,6 kg)

Físico ∎ 53

Page 54 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

A Tabela 6 fornece as especificações físicas para dispositivos SSG 320M.

Tabela 6: Especificações físicas do SSG 320M


Descrição Valor
Chassis 1,75 pol. (4,44 cm) de altura
dimensões
17,51 pol. (44,5 cm) de largura - 18,9 pol. (48,0 cm) de largura com suportes de montagem
em anexo

15,3 pol. (38,3 cm) de profundidade - mais 0,8 pol. (2 cm) de hardware que sobressai
a frente do chassi

Peso do dispositivo Mínimo (sem PIMs): 15 lb (6,8 kg)

Máximo (seis PIMs): 16,6 lb (7,6 kg)

Elétrico

A Tabela 7 fornece as especificações elétricas para dispositivos da série SSG 300M.

Tabela 7: Especificações elétricas da série SSG 300M

Item Especificação

Tensão de entrada CA Faixa de operação: 100 a 240 VCA

Frequência da linha de entrada CA 50 ou 60 Hz

Classificação de corrente do sistema CA (SSG 320M) 3,2 A a 100 VCA, 1,3 A a 240 VCA

Classificação de corrente do sistema CA (SSG 350M) 3,5 A a 100 VCA, 1,5 A a 240 VCA

Tensão de entrada CC (apenas SSG 350M) Faixa de operação: -48 a -60 VDC

Classificação de corrente do sistema CC (apenas SSG 350M) 7,2 A a 48 VCC

Tolerância ambiental

A Tabela 8 fornece a tolerância ambiental para dispositivos da série SSG 300M.

Tabela 8: Tolerância ambiental da série SSG 300M

Descrição Valor

Altitude Sem degradação do desempenho para 10.000 pés (3048 m)

Humidade relativa Operação normal garantida na faixa de umidade relativa de 10% a 90%,
sem condensação

Temperatura Operação normal garantida na faixa de temperatura de 32 ° F (0 ° C) a


104 ° F (40 ° C)

Temperatura de armazenamento não operacional na caixa de transporte: -4 ° F (-20 ° C) a


70 ° C (158 ° F)

Sísmica Projetado para atender ao terremoto da Zona 4 da Telcordia Technologies


requisitos

Térmica máxima SSG 320M: 1091 BTU / hora (320W)


saída SSG 350M: 1195 BTU / hora (350W)

54 ∎ Elétrico

Page 55 Apêndice A: Especificações

Certificações

A Tabela 9 fornece as certificações de dispositivo para dispositivos da série SSG 300M.

Tabela 9: Certificações de dispositivos da série SSG 300M

Tipo de Certificação Nome da certificação

NEBS GR-63-CORE Edição 2, GR-1089-CORE Edição 3

Segurança CAN / CSA-C22.2 No. 60950-1-03 / UL 60950-1

EN 60950-1

EN 60825-1 Segurança de produtos a laser - Parte 1

Emissões EMC SSG 350M:


∎ FCC Parte 15 Classe A (EUA)

∎ EN 55022 Classe A (Europa, Austrália, Nova Zelândia)

∎ Classe VCCI A (Japão)

SSG 320M:
∎ FCC Parte 15 Classe A (EUA)

∎ EN 55022 Classe A (Europa, Austrália, Nova Zelândia)

∎ Classe VCCI A (Japão)

Imunidade EMC EN 55024

Harmônicas da linha de energia EN-61000-3-2

EN-61000-3-3 Flutuações de tensão e tremulação


EN-61000-4-2 ESD
Imunidade à radiação EN-61000-4-3

EN-61000-4-4 EFT

EN-61000-4-5 Surto

EN-61000-4-6 Imunidade comum de baixa frequência

EN-61000-4-11 Quedas e quedas de tensão

ETSI Instituto Europeu de Normas de Telecomunicações (ETSI) EN-300386-2:


Equipamento de rede de telecomunicações. Compatibilidade eletromagnética
Requisitos (categoria de equipamento, exceto telecomunicações)
centros)

Interface T1 FCC Parte 68 - TIA 968

Indústria Canadá CS-03

UL 60950-1 - Requisitos aplicáveis ao circuito TNV com instalação externa


conexão de chumbo

Certificações ∎ 55

Page 56 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

REEE e RoHS

Os produtos Juniper Networks estão em conformidade com os


Diretiva de equipamentos eletrônicos (WEEE) e restrição de substâncias perigosas
Diretiva (RoHS). Essas diretivas e outros regulamentos similares de países
fora da União Européia, China e Coréia, dizem respeito ao lixo eletrônico
gestão e redução ou eliminação de materiais perigosos específicos em
produtos eletrônicos.

Para obter mais informações sobre conformidade com RoHS e WEEE, visite:

www.juniper.net/environmental/

Conectores

A Figura 23 mostra a numeração dos pinos dos conectores RJ-45 para o console e
Portas AUX.

Figura 23: Numeração de pinos do conector RJ-45 AUX e do console


1 8

A Tabela 10 lista as pinagens dos conectores RJ-45 para as portas Console e AUX.

Tabela 10: Pinagem do console e do conector AUX RJ-45

PIN Nome I/O Descrição

1 Saída RTS O Pedido para enviar

2 Saída DTR O Terminal de dados pronto

3 TxD O Transmitir dados

4 GND - Terra do chassi

5 GND - Terra do chassi

6 RxD Eu Receber dados

7 DSR Eu Conjunto de dados pronto

8 CTS Eu Limpar para enviar


56 ∎ WEEE e RoHS

Page 57 Apêndice A: Especificações

A Figura 24 mostra a numeração de pinos do conector no adaptador DB-9 fornecido


com o dispositivo

Figura 24: Numeração dos pinos do conector DB-9

A Tabela 11 lista as pinagens para o adaptador DB-9.

Tabela 11: Pinagens do adaptador DB-9

DB-9 Pin Pin RJ-45 Nome I/O Descrição

1 N/C DCD <- Detecção de operadora

2 3 RxD <- Receber dados

3 6 TxD -> Transmitir dados

4 7 DTR -> Terminal de dados pronto

5 4 Terreno - Campo de sinal

6 2 DSR <- Conjunto de dados pronto

7 8 RTS -> Pedido para enviar


8 1 CTS <- Limpar para enviar

9 N/C ANEL <- Indicador de toque

A Tabela 12 lista as pinagens do conector RJ-45 para as portas Gigabit Ethernet.

Tabela 12: Pinagens do conector RJ-45 Gigabit Ethernet

PIN Sinal

1 MDI0 +

2 MDI0-

3 MDI1 +

4 MDI2 +

5 MDI2-

6 MDI1-

7 MDI3 +

8 MDI3-

Os PIMs E1 e T1 usam cabos RJ-48, que não são fornecidos com o PIM. Quadro 1 3
descreve as pinagens do conector RJ-48.

CUIDADO: Para manter as aprovações da agência, use apenas peças adequadamente construídas e blindadas.
cabos.

Conectores ∎ 57

Page 58 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

Tabela 13: Pinagem do conector RJ-48 ao conector RJ-48 (reto)

Pino RJ-48 (no T1 / E1 PIM)


(Formulário de numeração de dados) Sinal
1 RX, anel, -

2 RX, dica, +

4 TX, anel, -

5 TX, Dica, +
58 ∎ Conectores

Page 59

Índice
UMA H
Aterramento CA .................................................. ............... 21 LED HA ................................................ ........................... 12
nome e senha do administrador.......................................... 32 alta disponibilidade, configurando................................ 35 a 37
acesso administrativo.................................................. ..32 nome do host e nome do domínio ....................................... 33
LED de alarme ................................................ ....................... 12
Eu
B instalação
componentes do painel traseiro ............................................... .14 antes de você começar .................................................. ... 18
aterramento do chassi .............................................. 15 , 20
C poder de conexão.................................................. ..21
conectores de cabo rack de equipamentos ................................................ ....... 18
AUX.................................................. ......................... 11
Console ................................................. .................... 11 eu
Ethernet ................................................. ................... 11 LEDs
aterramento do chassi.................................................. ..15 , 20 link de atividade nas portas Ethernet ............................... 13
configuração descrições de status do dispositivo ...................................... 12
nome eadministrativo
acesso senha do administrador ...................................
............................................. 32 32 Portas LAN .................................................. ............... 13
data e hora ............................................... ........... 34 M
rota padrão ................................................ ............. 35 serviços de gestão ................................................ ... 33
Servidor DNS ................................................ ............... 34 gerenciando
alta disponibilidade .................................................. ..... 35 através do Telnet ................................................ ......... 30
host e nome de domínio .......................................... 33 através da WebUI ................................................ ..30 , 39
serviços de gestão............................................. 33 memória, atualizando.................................................. ..... 47
USB ................................................. .......................... 13
P
D PIMs
data e hora ............................................... .................. 34 instalando.................................................. ................. 46
Aterramento DC.................................................. ............... 23 LED de energia ................................................ ...................... 12
ligações padrão de interface para zona ........................... 31 suprimentos de energia
endereço IP padrão ............................................... ........... 31 conectando.................................................. .............. 21
Rota Padrão.................................................. ................. 35
dimensões do dispositivo.................................................. .53 , 54 R
peso do dispositivo .................................................. ... 18 , 53, 54 montagem em rack .................................................. ................... 19
Servidor DNS ................................................ ...................... 34 Botão Reset / Reset Config ............................................ 41
redefinindo para o padrão de fábrica ............................................ 40
E reiniciando o dispositivo ............................................... ....... 39
Especificações Eletricas................................................. 54
Descarga eletrostática.................................................. 14 S
especificações ambientais ....................................... 54 desligando um dispositivo .............................................. ... 25
Ponto ESD.................................................. ...................... 14 LED de status.................................................. ..................... 12

G T
aterramento .................................................. ............... 15 , 20 Telnet, usando ............................................... .................... 30

Índice ∎ 59

Page 60 SSG série 300M - Guia de instalação e configuração de hardware

W
WebUI, usando ............................................... ............. 30 , 39
peso do dispositivo.................................................. ... 53 , 54
Z
zonas, ligações padrão .............................................. ... 31
60 ∎ Índice

Você também pode gostar