Você está na página 1de 5

FACULDADE INSPIRAR

ALEXANDRE JOSÉ MONTEIRO

Classificação dos Crimes dos artigos 267 e 268 do Código Penal

CURITIBA

2020
FACULDADE INSPIRAR

CURSO BACHARELADO EM DIREITO

Classificação dos Crimes dos artigos 267 e 268 do Código Penal

TRABALHO REALIZADO NA
DISCIPLINA DE DIREITO PENAL III ,
SOB ORIENTAÇÃO E PRETENSÃO
DE OBTER NOTA TOTAL, COM
ORIENTAÇÃO DO PROFESSOR:
KHALIL AQUIM.

CURITIBA

2020
EPIDEMIA - ART 267 DO CP

Causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos:

Pena - reclusão, de dez a quinze anos.

(Redação dada pela Lei nº 8.072, de 25.7.1990)

§ 1º - Se do fato resulta morte, a pena é aplicada em dobro.

§ 2º - No caso de culpa, a pena é de detenção, de um a dois anos, ou, se resulta


morte, de dois a quatro anos.

Infração de medida sanitária preventiva

CLASSIFICAÇÃO DOS CRIMES

1. Conceito: Causar epidemia mediante a propagação de germes patogênicos.

2. Objeto Jurídico: Saúde Pública

3. Elemento Objetivo: Causar

4. Sujeito Ativo: pode ser qualquer pessoa, inclusive a pessoa contaminada por

germes patogênicos causadores da doença infecciosa.

5. Sujeito Passivo: Coletividade

6. Elemento Subjetivo: Dolo.

7. Consumação: Com surgimento de inúmeros casos de pessoas acometidas

com a doença causada pelos germes patogênicos.

8. Tentativa: admite-se.

9. Ação Penal: Pública incondicionada.

10- Classificação: Crime Comum, Crime Material ou Causal, Crime de Perigo Comum

e Concreto, Instantâneo, Comissivo (excepcionalmente comissivo por omissão),

Unissubjetivo, Plurissubsistente.
ART. 268 do CP

Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou


propagação de doença contagiosa:

Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa.

Parágrafo único - A pena é aumentada de um terço, se o agente é funcionário da


saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou
enfermeiro.

CLASSIFICAÇÃO

1. Conceito: Profanar determinação do poder público, que requer impedir

introdução ou propagação de doença contagiosa.

2. Objeto Jurídico: saúde Pública.

3. Elemento Objetivo: Infringir.

4. Sujeito Ativo: pessoas.

5. . Sujeito Passivo: cidadania.

6. Elemento Subjetivo: Dolo

7. Consumação: Quando o indivíduo contradiz o que foi falado pelo Poder

Público, destinado a impedir propagação de doença patológica.

8. Tentativa: Admite-se.

9. Ação Penal: Pública incondicionada.

10- Classificação: Crime comum, formal, crime de perigo comum e abstrato, de forma

livre, instantâneo, comissivo (excepcionalmente comissivo por omissão), unissubjetivo

e plurissubsistente.
REFERÊNCIAS

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del2848compilado.htm (acesso em:


25/03/2020 às 16:32 hrs).
E conhecimentos do acadêmico aprendidos em sala de aula.