Você está na página 1de 26

Aula 1: Planejamento estratégico .................................................................................................

2
Introdução ............................................................................................................................. 2
Conteúdo................................................................................................................................ 4
O Conceito de estratégia ................................................................................................. 4
A arte de gerar valor para a empresa............................................................................. 5
Conceito de Planejamento Estratégico ......................................................................... 5
Estratégias que fundamentam o planejamento estratégico empresarial ............... 6
Passos do planejamento estratégico ............................................................................. 7
Conceito de gestão estratégica ...................................................................................... 9
Análise SWOT ................................................................................................................... 10
BSC – Balanced Scorecard ............................................................................................. 15
As 4 perspectivas do BSC ............................................................................................... 16
Mapa Estratégico.............................................................................................................. 17
Medidas ou Indicadores ................................................................................................. 18
Metas .................................................................................................................................. 18
Iniciativas........................................................................................................................... 19
Referências........................................................................................................................... 19
Exercícios de fixação ......................................................................................................... 19
Chaves de resposta ..................................................................................................................... 23
Aula 1 ..................................................................................................................................... 23
Exercícios de fixação ....................................................................................................... 23

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 1
Introdução
Diante de um cenário onde a concorrência é cada vez mais acirrada e as
grandes empresas incorporam suas concorrentes de menor peso, torna-se
fundamental que a empresa planeje, de forma efetiva, suas ações no longo,
médio e curto prazos.

O planejamento estratégico corporativo, responsável por definir as estratégias


da empresa, que nortearão suas ações de longo prazo e darão subsídios para
os planejamentos dos níveis tático (médio prazo) e operacional (curto prazo) é
de total relevância para que a empresa possa ter vantagens sobre a
concorrência, as chamadas vantagens competitivas.

Ele se vale de uma ferramenta denominada Análise SWOT, que ajuda no


levantamento e análise dos ambientes interno e externo da empresa, em busca
de pontos fortes e fracos da organização (ambiente interno), bem como das
oportunidades e ameaças (ambiente externo), visando a formulação das
estratégias corporativas.

Uma vez em execução, o plano estratégico precisa ser monitorado e adaptado


continuamente para que a empresa possa continuar atingindo os objetivos
traçados, ou seja, precisamos gerenciar a estratégia planejada, precisamos
materializar a gestão estratégica, identificando riscos, oportunidades,
estabelecendo melhorias e corrigindo falhas. Nesse contexto surge a técnica do
BCS (Balanced Scorecard), uma ferramenta que traduz a missão e a visão da

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 2
empresa em um conjunto de indicadores de desempenho, que sirva de base
para um sistema de medição das estratégias.

Objetivo:
1. Conceitos de Planejamento e Gestão Estratégica;
2. Ferramentas: Análise SWOT (Planejamento estratégico) e Balanced storecad
(Gestão estratégica).

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 3
Conteúdo

O Conceito de estratégia
Diante da acirrada concorrência e porque não dizer da complexidade no cenário
empresarial, pautado pela globalização e compra/fusão, as empresas buscam
entender e implantar ferramentas e técnicas que ajudem no processo gerencial,
especialmente no planejamento e tomada de decisão.

Nesse contexto surge a eminente necessidade de criarem estratégias eficientes,


focando a competitividade.

Ao planejar, os gestores estabelecem um conjunto de objetivos a serem


alcançados, em um momento futuro.

Conforme ilustrado na figura a seguir, a estratégia representa os meios


necessários para atingir os objetivos, consiste em estabelecer os caminhos e a
distribuição dos recursos para atingir os objetivos.

Em outras palavras, estratégia é a forma de alcançar, no momento futuro, os


objetivos definidos no momento presente, considerando a situação atual e os
obstáculos. Assim sendo, podemos concluir que as estratégias são definidas:

Após a definição dos objetivos;

Com base na identificação dos recursos necessários para este fim;

A partir do conhecimento dos recursos existentes e, também, dos que


devem ser providenciados;

Com base em fatores externos que podem influenciar na


concretização do que foi planejado.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 4
A arte de gerar valor para a empresa
Estratégia pode ser considerada como a arte de gerar valor para a empresa,
uma forma de aplicar seus recursos e aproveitar as oportunidades do mercado
para alcançar os objetivos de longo prazo.

Estratégia tem a ver com:

O futuro na medida em que projeta o que se quer mais adiante.

O ambiente interno, que agrega as forças e fraquezas da empresa.

O ambiente externo, que considera as oportunidades do mercado e as ameaças


a que a empresa está sujeita.

Conceito de Planejamento Estratégico


O planejamento estratégico empresarial define os objetivos e a missão
organizacional, bem como as maneiras de atingi-los (a estratégia).

A definição da missão da empresa é preponderante no seu posicionamento


estratégico.

Definir a missão depende da conjugação dos seguintes elementos:

As necessidades do consumidor - o que está sendo atendido;

Os grupos de consumidores - quem está sendo atendido;

As tecnologias usadas e funções executadas - como as necessidades dos


consumidores estão sendo atendidas.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 5
Estratégias que fundamentam o planejamento estratégico
empresarial
A missão é a especificação da razão de ser da empresa, ou seja, o porquê de
sua existência, sendo pontuado: o que a empresa produz, previsão de
conquistas futuras e como espera ser reconhecida pelos seus stakeholders.

As estratégias que fundamentam o Planejamento Estratégico Empresarial são,


em geral, de longo prazo, abrangem a empresa como um todo e são linhas
sintéticas de ações, que são desdobradas de mais detalhadas nos níveis
seguintes (tático e operacional), conforme ilustra a figura.

A quantidade de anos que caracteriza o longo prazo é definido conforme as


características do negócio e varia, portanto, de empresa para empresa. Na
média, o termo longo prazo corresponde a períodos de 3 a 5 anos, com
revisões de 1 ou 2 vezes ao ano, salvo situações de emergência que requerem
intervenção imediata.

Conforme ilustrado pela figura, em nível estratégico o planejamento se


desdobra em dois degraus:

O planejamento estratégico (PEI), que define as estratégias do negócio, da


empresa como um todo e o planejamento de cada unidade funcional
(PETI – para a área de TI), alinhado ao planejamento estratégico global.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 6
Havendo, posteriormente, os devidos desdobramentos para os níveis tático
(planejamentos táticos - PDTI) e operacional (planos de ações mais
detalhados). O alinhamento entre os níveis é fundamental para a integração da
empresa.

Passos do planejamento estratégico


O planejamento estratégico pode ser definido como o processo de definir os
objetivos e a missão organizacional e as maneiras de atingi-los; estabelece os
produtos e serviços oferecidos pela organização, os mercados, clientes e
maneiras de lidar com os concorrentes.

Pode ser entendido como a conjugação de respostas a quatro perguntas,


conforme ilustra a figura sobre os passos do planejamento estratégico que você
verá mais a frente.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 7
Atenção
Nesse segundo questionamento é importante observar que:
• A força potencializa a oportunidade.
• A força pode reduzir a vulnerabilidade.
• A ameaça externa pode ser pontencializada pelo ponto
fraco.
• Deve-se fortalecer a fraqueza para que oportunidade
possa ser aproveitada.

Na medida em que nos preocupamos com o “Quem Somos?”, permite que se


defina os objetivos e o caminho que a Direção da empresa deve tomar com
base na missão da empresa.

O segundo questionamento, “Onde estamos hoje?”, nos leva a analisar o


ambiente em que a empresa está inserida (externo) e o seu ambiente interno.
No ambiente externo nos preocupamos em maximizar as oportunidades e
minimizar as ameaças. No ambiente interno identificamos os pontos fortes que
devem ajudar na maximização das oportunidades e os pontos fracos para
podermos minimizar os efeitos das ameaças.

O terceiro questionamento “Para onde vamos?” nos leva à definição das


estratégias, que nortearão as unidades de negócios das empresas, que uma vez
desdobradas nos levam aos planos estratégicos, onde as estratégicas são
formuladas com a resposta ao quarto questionamento: “Como chegaremos
lá”?

As estratégias podem existir em três níveis: corporativo, que abrangem as


estratégias da empresa como um todo, para que de uma forma global ela atinja
os seus objetivos; processos ou negócios, que são estratégias estabelecidas
nas unidades de negócios ou para determinado produto (bem e/ou serviço) ou

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 8
processo de negócio, visando uma melhoria específica, uma demanda
emergencial, ou maior competitividade, entre outros fatores; funcional, que
abrange as estratégias adotadas por uma área funcional específica, tais como:
finanças, marketing e gestão de pessoas; que visam a melhoria do desempenho
funcional, a modernização dos processos de trabalho, a implementação de
diferenciais que contribuam para a performance organizacional, entre outros
motivos.

Conceito de gestão estratégica


A gestão estratégica objetiva gerir a empresa como foco em ações estratégicas
em todas as áreas, visando garantir que as estratégias definidas sejam
acompanhadas, analisadas e realinhadas, se necessário, por meio de um
processo sistemático e eficaz.

A gestão estratégica é composta de quatro etapas. Observe:

Gestão Estratégica

1ª – Análise do ambiente de negócios


Levanta-se dados sobre concorrentes, normas governamentais, dados
macroeconômicos, entre outros. Entre as ferramentas mais utilizadas estão
Matriz SWOT e as 5 Forças de Porter.

2ª – Formulação
Nessa fase decide-se o caminho a ser seguido, ou seja, formula-se a estratégia
e na sequência os planos táticos e operacionais.

3ª – Implementação
Coloca-se a estratégia em prática, seguindo os planos definidos.

4ª – Avaliação e Aprendizado

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 9
Verifica-se o que funcionou, o que deu errado e analisa-se as causas do não
funcionamento. Revisões de rumos são realizadas, caso necessário.

Análise SWOT
O termo SWOT é inglês, sendo formado pelas iniciais das palavras Forças
(Strengths), Fraquezas (Weaknesses) Oportunidades (Opportunities) e Ameaças
(Threats). É umas das ferramentas de gestão empresarial, mais usadas em
planejamento estratégico, especificamente em sua segunda e terceiras etapas,
conforme ilustração anterior sobre “Os passos do Planejamento Estratégico”,
para análise do ambiente organizacional e formulação das estratégias.

A Análise SWOT, conforme ilustrado na figura, é realizada com o intuito de


formular estratégias a partir dos levantamentos e análises que são realizados
nos ambientes organizacionais (interno e externo), onde são identificados os
pontos fracos e fortes da organização (ambiente interno), bem como as
oportunidades e ameaças existentes para o seu funcionamento (ambiente
externo).

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 10
Fraquezas
Definições que iniciem a capacidade de desempneho para evitar falhas.

Ameaças
Tendências sociais, econômicas, comerciais e políticas com consequências
potencialmente negativas; coisas que se deve negociar com o mundo exterior
para melhorar.

Oportunidades
Tendências sociais, econômicas, comerciais e políticas com consequências
positivas para a empresa.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 11
Forças
Recursos de habilidades superiores de que se dispõe para explorar
oportunidades e minimizar ameaças.

Conforme você pode observar na matriz contida na figura anterior, existem


quatro áreas (quadrantes) onde ocorrem os cruzamentos dos pontos fracos e
fortes com as oportunidades e ameaças, que permitem a identificação dos
seguintes posicionamentos estratégicos:

Pontos fortes
x
Oportunidades

Estratégias ofensivas
(alavancagem da empresa)
seus pontos fortes podem ser utilizados para aproveitar as oportunidades
identificadas no ambiente externo.

Pontos fortes
x
Ameaças

Estratégias defensivas
(pode indicar vulnerabilidade)
seus pontos fortes devem ser utilizados para neutralizar as ameaças
identificadas no ambiente externo.

Pontos fracos
x
Oportunidades

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 12
Estratégias de melhoria
(pode indicar limitação)
existe deficiência na atuação ofensiva da organização, seus pontos fracos
dificultam ou impedem a organização de aproveitar as oportunidades existentes
nos ambientes externos.

Pontos fracos
x
Ameaças

Problemática
Estratégias de recuo, para resguardar a organização – existe uma atuação
vulnerável da organização, seus pontos fracos limitam a capacidade de defesa
da organização às ameaças provenientes dos ambientes externos ou até
mesmo acentuam os seus efeitos.

Conheça a seguir alguns exemplos de pontos fracos e fortes, ameaças e


oportunidades.

Observe que existem pontos como novas tecnologias que tanto podem ser
ameaças, na medida em que, por exemplo, essa tecnologia surge e a empresa
não está possibilitada de agregá-la ao seu negócio, como podem representar
oportunidades na medida em que a nova tecnologia agrega valor ao produto ou
serviço prestado pela empresa.

O mesmo acontece com mudanças demográficas, políticas, sociais e


econômicas, que ora podem representar ameaça, ora oportunidade, conforme a
mudança e o posicionamento da empresa no mercado.

Oportunidade
Mudanças demográficas, políticas, sociais e econômicas.
Mudanças na legislação.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 13
Novas tecnologias.
Abertura de mercados estrangeiros: Mercosul, Alca.
Concorrentes com dificuldades.
Produtos substitutos.
Parcerias com distribuidores e fornecedores.

Forças (internas)
Criatividade da equipe.
Velocidade na tomada de decisão.
Recursos financeiros abundantes.
Marca reconhecida.
Domínio da tecnologia.
Reconhecimento no mercado, boa imagem.
Logística e distribuição eficientes.

Ameaças (externas)
Alteração nos gastos e hábitos dos clientes.
Novas tecnologias.
Mudanças demográficas, políticas, sociais, econômicas.
Declínio do produto, ciclo de vida.
Globalização dos mercados com novos concorrentes.
Produtos substitutos.
Novas parcerias entre concorrentes.

Fraquezas (internas)
Custos elevados
Administração centralizada e lenta.
Inexistência de planejamento estratégico.
Falta de flexibilidade.
Prazo de entrega longos.
Preços altos.
Qualidade dos produtos que deixa a desejar.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 14
Atenção
É importante saber que:
• As Forças devem ser mantidas, aumentadas ou reforçadas.
• As Fraquezas devem de ser minimizadas ou eliminadas.
• As Oportunidades devem ser priorizadas e aproveitadas.
• As Ameaças precisam ser controladas, minimizadas e se
possível eliminadas.
Finalizada a análise SWOT, chega o momento de formular as
estratégias com base nos posicionamentos identificados,
conforme você acabou de ver.

BSC – Balanced Scorecard


Uma vez efetivada as estratégias e definidos os planos estratégicos, táticos e
operacionais, sejam eles corporativos ou de uma unidade, é preciso que
acompanhemos , monitorando e avaliando, para garantir a obtenção dos
resultados, conforme vimos anteriormente no tópico Conceitos de Gestão
Estratégica.

Dentro desse contexto, uma das ferramentas mais usadas é o BCS – Balanced
ScoreCard, que traduz a missão (objetivos) e a visão (onde a empresa quer
chegar) das empresas em um conjunto abrangente de indicadores de
desempenho que serve de base para um sistema de medição estratégica.

O adequado uso do BSC permite que sejam identificadas quais atividades


críticas na empresa estão gerando valor para os acionistas, clientes,
colaboradores, fornecedores e para a comunidade.

O BSC foca as medições em quatro perspectivas, conforme ilustrado na figura a


seguir e detalhado na sequência.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 15
As 4 perspectivas do BSC
Devem ser criados indicadores para cada uma das perspectivas. Veja.

Financeira - monitora se a estratégia da empresa está contribuindo para a


melhoria dos resultados financeiros, em especial o lucro líquido, o EBITDA, o
ROI, a criação do valor econômico e a geração de caixas.
Indicam se a estratégia está ou não produzindo os resultados esperados pelos
acionistas. Serve ainda como meta para a definição de objetivos e medidas
para outras perspectivas.

Do Cliente - visa monitorar como a empresa entrega valor ao cliente-alvo. Em


geral são definidos os seguintes indicadores em relação aos clientes: satisfação,
retenção, captação, lucratividade e participação do mercado.

Dos Processos Internos - Os indicadores de perspectiva dos clientes e dos


acionistas devem estar bem sustentados pelos processos internos, logo essa
perspectiva foca os processos críticos para a realização dos objetivos dessas
duas perspectivas.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 16
Os processos devem possibilitar que a organização ofereça propostas atraentes
e de valor ao cliente, capazes de retê-los em seus segmentos de atuação e
ainda criar valor aos acionistas.

Por exemplo, em instituições focadas nas classes C e D, o valor da mensalidade


é estratégico e dessa forma os processos de redução de custos são relevantes e
precisam ser medidos e acompanhados.

Da Aprendizagem e Crescimento – A capacidade de aprendizado é


fundamental para a empresa crescer e tornar-se cada vez melhor.

São necessários investimentos em tecnologia, pesquisa e desenvolvimento e


principalmente nos recursos humanos da empresa. Essa perspectiva deve
viabilizar as 3 anteriores.

Mapa Estratégico
Os objetivos estratégicos interligam-se em relações de causa e efeito, que são
mostradas nos mapas estratégicos, conforme ilustrado na figura a seguir que
permitem comunicar a estratégia para os participantes da organização.

Visão: "Tornar-se líder do mercado"

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 17
Medidas ou Indicadores
Conforme ilustrados na figura 8, abaixo, os indicadores permitem avaliar se as
atividades e as ações estão em conformidade com os objetivos da organização
e progredindo conforme as expectativas. Para cada perspectiva devem ser
definidos os indicadores que serão usados para monitoramento e avaliação.

Metas
Conforme ilustrado na figura a seguir, após definirmos os indicadores,
precisamos estabelecer as metas para cada um delas, para que tenhamos
parâmetro de comparação com cada indicador, em dado momento.

Permitirá avaliar a evolução da empresa como um todo, de uma unidade de


negócios específica, de uma área funcional relativamente a aquela métrica.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 18
Iniciativas
Conforme ilustrado na figura a seguir, iniciativas são as ações a serem
realizadas pela empresa, nas quatro dimensões do BSC, para alcançar os
objetivos estratégicos. As iniciativas devem ser classificadas em função do
impacto (curto, médio e longo prazos) no fortalecimento da posição estratégica
da empresa.

Material complementar

Para saber mais sobre o planejamento estratégico, leia os textos


disponíveis em nossa biblioteca virtual.

Referências
ALBERTIN, Alberto Luiz; MOURA, Rosa Maria de (Org.). Tecnologia da
informação. São Paulo: Atlas, 2007.
ARAGON, Aguinaldo Fernandes; FERRAZ, Vladimir Abreu. Implantando a
governança de TI: da estratégia à gestão dos processos e serviços. Brasport,
2006.

Exercícios de fixação
Questão 1
Assinale a opção que melhor representa o conceito de estratégia:

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 19
a) É onde desejamos chegar no futuro.
b) São os valores que a empresa tem.
c) É a forma (meios) de alcançarmos o objetivo futuro.
d) E aquilo que objetivamos ser.
e) São nossos objetivos estratégicos.

Questão 2
Assinale a opção que não está contida no planejamento estratégico:
a) Os objetivos da empresa
b) A missão da empresa
c) A estratégia
d) Os interesses dos stakeholders
e) Detalhes da operação para alcance da estratégia.

Questão 3
Analise as assertivas a seguir:
I. O Planejamento estratégico em geral é genérico e de longo prazo, abordando
a empresa como um todo.
II. O Planejamento tático é de médio prazo, e aborda cada tarefa da empresa.
III. O Planejamento Operacional é de curto prazo e pouco detalhado.

a) Apenas a I está correta


b) Apenas a II está correta
c) Apenas a II e III estão corretas
d) Apenas I e III estão corretas
e) Apenas I e II estão corretas

Questão 4
O Planejamento estratégico pode ser desdobrado na resposta a 4
questionamentos, assinale aquele que nos leva à identificação das estratégias:
a) Quem somos?
b) Como chegaremos lá?

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 20
c) Para onde vamos?
d) Onde estamos hoje?
e) Quando chegaremos lá?

Questão 5
Sobre os conceitos de Planejamento e Gestão Estratégica, assinale as assertivas
a seguir.
I. O planejamento estratégico visa à definição das estratégicas.
II. A gestão estratégica visa ajudar previamente ao planejamento, na
organização da empresa.
III. Gestão estratégica e planejamento estratégico são sinônimos.
IV. A gestão estratégica visa gerir a empresa com foco nas estratégias
corporativas apenas.
Com base em sua análise das assertivas, analise a opção correta:
a) Estão corretas apenas as opções I e IV
b) Está correta apenas opção I
c) Estão corretas apenas as opções I e III
d) Está correta apenas opção III
e) Estão corretas apenas as opções I, II e IV

Questão 6
A análise SWOT avalia os pontos fortes e fracos, assim como as oportunidades
e ameaças. Classifique os pontos fortes como 1, os pontos fracos como 2, as
oportunidades como 3 e as ameaças como 4.
( ) Concorrências com dificuldades
( ) Domínio da tecnologia
( ) Novas parcerias entre os concorrentes
( ) Qualidade dos produtos que deixa a desejar
( ) Preços altos
Assinale a opção que apresenta a sequência correta de 1,2,3 e 4 para
classificação:
a) 3, 2, 4, 2, 2

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 21
b) 3, 2, 4, 2, 4
c) 4, 4, 1, 2, 2
d) 1, 2, 4, 2, 2
e) 2, 2, 4, 2, 2

Questão 7
Assinale as assertivas abaixo no que se refere à análise SWOT:
I. As Forças devem ser mantidas, aumentadas ou reforçadas.
II. As Fraquezas devem de ser minimizadas ou eliminadas.
III. As Oportunidades devem ser priorizadas e aproveitadas.
IV. As Ameaças precisam de ser eliminadas, sempre.
Com base em sua análise, assinale as alternativas corretas:
a) Estão corretas I,II, III e IV
b) Estão corretas apenas I, II e III
c) Estão corretas apenas I e II
d) Está correta apenas I
e) Está correta apenas II

Questão 8
O Balanced Scoredcard foca medições em 4 perspectivas, EXCETO uma:
a) Cliente
b) Financeira
c) Processos externos
d) Processos internos
e) Aprendizagem e renovação

Questão 9
No Contexto do BSC (Balanced Scorecard), são definidas, para cada
perspectiva:
a) Indicadores, metas e iniciativas
b) Indicadores e iniciativas
c) Indicadores

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 22
d) Metas e iniciativas
e) Indicadores e iniciativas

Questão 10
Dentro do contexto do BSC, podemos dizer que "redução do ciclo de tempo das
atividades" é uma métrica de qual das 4 perspectivas:
a) Cliente
b) Financeira
c) Processos externos
d) Processos internos
e) Aprendizagem e renovação

Aula 1
Exercícios de fixação
Questão 1 - C
Justificativa: A estratégia visa ajudar que a empresa alcance seus objetivos,
definidos no planejamento, logo é a forma para que os objetivos sejam
alcançados.

Questão 2 - E
Justificativa: O planejamento estratégico envolve ações de alto nível da
empresa, envolvendo: objetivos, missão, atender aos interesses dos
stakeholders e definir a estratégia, mas não em detalhes, que caberá ao plano
operacional da empresa.

Questão 3 - A
Justificativa: Item I – Correto; Item II – O planejamento tático não aborda em
nível de tarefas das empresas; III – O planejamento Operacional é muito
detalhado.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 23
Questão 4 - C
Justificativa: Sendo a estratégia o meio de atingir aos objetivos, ao planejar as
estratégias definimos “Para onde vamos”

Questão 5 - B
Justificativa: I – Correto; II – A gestão estratégica não ocorre antes do
planejamento.
III – Não, são conceitos distintos. A gestão estratégica objetiva gerir a empresa
como foco em ações estratégicas. O planejamento estratégico empresarial
define os objetivos e a missão organizacional, bem como as maneiras de atingi-
los (a estratégia).

Questão 6 - A
Justificativa: Dificuldade da concorrência é uma oportunidade (externo) para a
empresa estar na frente (3); Domínio da tecnologia é um ponto forte (interno)
para a empresa se estruturar (1); Novas parcerias entre concorrentes (externo)
é uma ameaça a empresa (4); Qualidade dos produtos (interna) que deixa a
desejar é um ponto fraco (2); Preços altos (interno) é um ponto fraco(2);

Questão 7 - B
Justificativa: I – Correto, as forças aumentam o potencial interno de
crescimento da empresa; II – Correto, as fraquezas (pontos fracos) diminuem o
potencial da empresa crescer; III – Correto, as oportunidades (externas)
precisam ser aproveitadas, pois podem representar possibilidade da empresa se
diferenciar dos concorrentes; IV – as ameaças devem ser minimizadas, sempre
que se fizerem presentes - FALSO.

Questão 8 - C
Justificativa: Os processos externos não são foco do BSC.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 24
Questão 9 - A
Justificativa: Os indicadores permitem avaliar se as atividades e as ações estão
em conformidade com os objetivos da organização; as metas nos oferecem
parâmetro de comparação com cada indicador; iniciativas são as ações a serem
realizadas pela empresa, nas quatro dimensões do BSC, para alcançar os
objetivos estratégicos.

Questão 10 - D
Justificativa: Ciclo de tempo de atividades é um processo interno.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE TI 25