Você está na página 1de 5

2

Proteção x
Concessionária
1

Aula 2

“O pensamento é o ensaio da ação”


Albert Einstein
M2. Visão geral
2.2 – PROTEÇÃO x f) Informações gerais relacionadas ao
local da ligação, como tipo de terreno,
CONCESSIONÁRIA faixa de passagem, características
mecânicas das instalações, sistemas
Existem algumas normas que
de proteção, controle e
regulamentam e norteiam as
telecomunicações disponíveis
atividades relacionadas à proteções de
sistemas elétricos, que são:
2.2.3 – NORMA DA
2.2.1 – NBR - 14039 CONCESSIONÁRIA
5.3.1.1 Em uma subestação unitária Estas normas são abertas e grátis,
com capacidade instalada menor ou facilmente encontradas na internet.
igual a 300kVA, a proteção geral na
média tensão deve ser realizada por
meio de um disjuntor acionado
através de relés secundários com as
funções 50/51, fase e neutro (onde é
fornecido o neutro), ou por meio de
chave seccionadora e fusível, sendo
que, neste caso, adicionalmente, a
proteção geral, na baixa tensão, deve
ser realizada através de disjuntor.

5.3.1.2 Em uma subestação com


capacidade instalada maior que 300
kVA, a proteção geral na média
tensão deve ser realizada por meio de
um disjuntor acionado através de relés
secundários com as funções 50/51,
fase e neutro.

2.2.2 – ANEEL-414
Art.15
Parágrafo único. O consumidor titular
de unidade consumidora do grupo A
é responsável pelas instalações
necessárias ao abaixamento da
tensão, transporte de energia e
proteção dos sistemas, além do ponto
de entrega.
Art. 32
1º No documento formal
encaminhado pela distribuidora ao
interessado, devem ser informados as
condições de fornecimento, requisitos
técnicos e respectivos prazos,
contendo:

2
UNIFILAR
DADOS DA RELÉ
CONCESSIONÁRIA
M2. Visão geral

MEDIÇÃO
POSTE
TP

PROTEÇÃO
ENTRADA
CHAVE TP

MEDIÇÃO
FUSÍVEL CHAVE NO-
2.2.4 - DIAGRAMA

SECCIONADORA BREAK

CONCESSIONÁRIA
MUFLA MUFLA TC TC
RAMAL
EXTERNA INTERNA DISJUNTOR
ENTRADA

TRANSFORMAÇÃO
13800V – 3Ø

CHAVE CHAVE CHAVE


SECCIONADORA SECCIONADORA SECCIONADORA
BASE FUSÍVEL BASE FUSÍVEL BASE FUSÍVEL
GERADOR

INTERTRAVAMENTO

ELETROMECÂNICO
TRAFO 01 TRAFO 02 TRAFO 03 CARGA
750KVA 500KVA 500KVA PRIORITÁRIA

3
POTÊNCIA POTÊNCIA
DEMANDA
TENSÃO UNITÁRIA INSTALADA
TIPO DE CARGA FASES QTE F.D F.P
(V)
CV KW KVA KW KVA KW KVA

LÂMPADA FLUORESCENTE 220 2 42 0.04 0.05 1.68 1.97 1.00 0.85 1.68 1.98

LÂMPADA VAPOR DE MERCURIO 220 2 24 0.40 0.47 9.60 11.28 1.00 0.85 9.60 11.29

RESISTÊNCIA 220 2 12 5.00 5.00 60.00 60.00 0.75 1.00 45.00 45.00

RESISTÊNCIA 220 2 6 3.00 3.00 18.00 18.00 0.75 1.00 13.50 13.50

TOMADAS 220 2 42 0.25 0.29 10.50 12.18 0.25 0.85 2.63 3.09

TOMADAS 220 2 12 0.60 0.71 7.20 8.52 0.25 0.85 1.80 2.12

TOMADAS 380 3 14 3.00 3.53 42.00 49.42 0.25 0.85 10.50 12.35

MOTOR 380 3 20 1 0.68 0.83 13.60 16.60 0.50 0.82 6.80 8.29

MOTOR 380 3 10 5 2.86 3.37 28.60 33.70 0.75 0.85 21.45 25.24

134.7
MOTOR 380 3 10 25 13.47 14.80 148.00 0.75 0.91 101.03 111.02
0

CHUVEIRO 220 1 6 5.20 5.20 31.20 31.20 1.00 1.00 31.20 31.20

AR CONDICIONADO 12.000 BTUH 220 1 3 1.60 1.88 4.80 5.64 1.00 0.85 4.80 5.65

CARGA INSTALADA 361.88 396.51

DEMANDA - F.D 0,76 249.98 270.72

DEMANDA F.P 0,92 249.98 271.72