Você está na página 1de 2

Curso: Ciências Contábeis

Disciplina: Contabilidade de Custos


Aluna: Ana Paula Silva Lima RA: 39632 Turma: A3/CN1
Professora: Olga Cristina
Data:

EXERCÍCIO — CLASSIFICAÇÕES GERAIS DE CUSTO II

1) Os custos podem ser classificados de diversas maneiras, de acordo


com sua finalidade. Quanto ao volume de produção, os custos são
classificados em fixos e variáveis. Os custos variáveis apresentam as
seguintes características:
a) Apenas diminuem proporcionalmente às mudanças no nível de
atividade.
b) Apenas aumentam proporcionalmente às mudanças no nível de
atividade.
c) No total dos custos variáveis aumenta e diminui proporcionalmente às
mudanças no nível de atividade.
d) Permanecem constante independente do volume de produção.
e) Não é afetado por mudanças no nível de atividade dentro do intervalo
relevante.
2) O custo fixo é a soma de todas os gastos mensais de uma empresa,
que não possuem relação direta com a produção/venda de produtos ou
prestação de serviços. Ou seja, mesmo que a empresa não produza,
venda ou não preste nenhum serviço, existe o custo fixo na estrutura
organizacional !. Assim, o custo fixo é caracterizado por:
a) Apenas diminuir quando o nível de atividade operacional diminui.
b) Apenas aumentar quando o nível de atividade aumenta.
c) Aumentar à medida que o nível de atividade aumenta e diminuir à
medida que o nível de atividade diminui.
d) Ser afetado por mudanças no nível de atividade dentro do intervalo
relevante.
e) Não ser afetado por mudanças no nível de atividade dentro do intervalo
relevante, a menos que se anja mais de 100% de capacidade instalada.
3) Um custo é misto porque é composto dos demais custos. Ele surgiu da
necessidade de se utilizar custos diferentes, dependendo da operação.
Assim, o custo misto contém elementos de outros custos que são:
a) Elementos somente dos custos fixos.
b) Elementos de custo variável e elementos de custo fixo.
c) Elementos somente dos custos variáveis.
d) Somente elementos de custos de oportunidade.
e) Somente elementos de custos primários.
4) Os custos fixos independem do nível de atividade e são conhecidos
também como custo de estrutura. Em um hospital, classificam-se como
custos fixos:
a) Os custos de depreciação de equipamentos e suprimentos.
b) Os custos de depreciação de equipamentos e de energia elétrica.
c) Os custos de depreciação de equipamentos e os salários de
radiologistas e técnicos.
d) Os custos com filme de radiologia e os salários dos técnicos.
e) Os custos com filme de radiologia e suprimentos.
5) Classificam-se como custos ou despesas variáveis aqueles que variam
proporcionalmente de acordo com o nível de produção ou de atividades.
Em um instituto de beleza, consideram-se como custos variáveis:
a) Os custos com material de embelezamento e aluguel do local.
b) O custo com aluguel do local e salários da recepcionista.
c) Os custos com material de embelezamento e comissões da podóloga.
d)O custo com a folha de salário da telefonista.
e) O custo com a folha de salário da telefonista.