Você está na página 1de 4

Escola Secundária da Ribeira Grande

ARQUITECTURA DO UNIVERSO
10º ano – 2010-2011

1- Utilizando as palavras-chave indicadas, complete o diagrama seguinte:


Universo

é constituído por

que se agrupam em

que por sua vez


se dividem em
onde existem

que por seu turno se


dividem em

que se dividem em

que podem conter

Chave:
Enxames, Nebulosas, Quasares, Estrelas, Buracos Negros, Espirais, Irregulares, Espaço vazio, Elípticas, Grupos (de
galáxias), Sistemas Planetários, Galáxias, Super enxames, Matéria.

2- Em relação ao Modelo Padrão (Modelo do Big-Bang), indique:


2.1- as três possibilidades de evolução;
2.2- uma teoria alternativa;
2.3- evidências que suportam a teoria do Big.Bang.

3- Exprima em unidades do sistema internacional as seguintes medidas:


3.1- 4 x 104 km 3.2- 4,5 x 106 cm 3.3- 2,5 mm
3.4- 7,8 nm 3.5- 4,5 x 103 pm 3.6- 2,6 x 10-2 m

1/4
4- Converta em nanómetros:
4.1- 120 pm 4.2- 1,2 x 10-2 m 4.3- 6000 m

5- As estrelas Deneb e Rigel estão situadas, respectivamente, a cerca de 1600 a.l. e 900 a.l. da Terra. Exprima
esses valores em:
5.1- metros; 5.2- quilómetros; 5.3- unidades astronómicas; 5.4- parsecs.

6- Coloque por ordem crescente de distância relativamente à Terra as seguintes estrelas:


A – Betelgeuse – 159,4 pc B – Altair – 16,5 a.l.
C – Pollux – 1,08 × 1017 m D – Capella – 2,8 × 106 UA

7- Complete a tabela que se segue efectuando as correspondentes conversões.


Temperatura Temperatura Temperatura
Celsius /ºC Kelvin / K Fahrenheit /ºF
100
58
200

8- Para que valor da temperatura da escala Celsius é igual o valor da temperatura na escala Fahrenheit?

9- O texto que se segue refere algumas etapas na vida das estrelas. Complete-o usando a chave que se indica no
final.

“As estrelas são constituídas principalmente por _____________ e _________ , gases que no interior das
estrelas estão na forma de plasma devido às altas temperaturas.
As estrelas formam-se a partir de enormes ___________________ que chegam a atingir centenas de
anos-luz. À medida que a matéria vai contraindo aquece até se formar uma _____________. Como a
contracção continua, a matéria no interior aquece ainda mais até que se atinge, no núcleo, uma
temperatura da ordem dos 10 milhões de graus Celsius. Inicia-se então a fusão do _____________ e nasce
a partir dessa altura a _______________ . Para que se forme uma estrela, a respectiva massa terá de ser
maior do que ________ massas solares (MSol = 2 x 1027 Kg), caso contrário, a temperatura na região
central não atingirá o valor suficiente para que se iniciem as reacções nucleares. A ___________ passa
então cerca de 90% da sua vida de forma estável naquilo que é conhecido como sequência principal. A
posição da estrela na sequência principal depende da respectiva __________ da estrela e determinará a
_____________ à superfície, o seu ____________ e a sua _______________ .
Quando o hidrogénio do núcleo se esgota, as estrelas entram numa fase instável e tendem a aumentar o
seu tamanho tornando-se gigantes ou supergigantes ______________ .A fase final da evolução das
estrelas depende da sua massa. As estrelas com massa entre ______ e ______ massas solares, como é o
caso do Sol, terminam com a parte mais interior a transformar-se numa _____________ e a parte exterior
numa ______________________ . As estrelas com maior massa terminam o seu tempo de “vida” com
uma explosão violenta que é conhecida como ________________ produzindo e espalhando todos os
elementos químicos pelo espaço interestelar. A parte central da estrela termina como uma
_________________ ou ______________________ se for muito massiva.

2/4
Chave:
0,01; 0,08; 4; 8; vermelha; azul; amarela, estrela, protoestrela, buraco negro; estrela de neutrões; anã
vermelha; anã castanha; anã branca; anã negra; nebulosa planetária; temperatura; massa; luminosidade;
raio; nuvens de gás e poeira; oxigénio; carbono; hélio; hidrogénio, supernova
10- Em estrelas com massas próximas da do Sol, na fase de gigantes vermelhas, os núcleos de hélio transformam-
se em núcleos de carbono e de oxigénio de acordo com as equações:
3
2 He + 24 He  47 Be + 
7
4 Be + 11 H  58 B + 
8
5 B  48 Be + + + 
8
4 Be + 24 He  12
6 C
12
6 C + 24 He  16
8 O
Relativamente a estas reacções, indique:
10.1- o número de elementos diferentes que intervêm nas reacções;
10.2- o número de isótopos de berílio (Be) diferentes que intervêm na reacção;
10.3- o significado das letras ,  e + (às vezes e+).

11- Associe os termos apropriados da coluna I às expressões da coluna II.


Coluna I Coluna II
(1) Fissão nuclear (A) Reacção onde se produzem novos elementos numa estrela.
(2) Reacção química (B) Massa total dos reagentes igual à massa total dos
(3) Fusão nuclear produtos.
(4) Nucleossíntese estelar (C) Origina um núcleo maior e mais estável do que os dos
reagentes.
(D) Origina dois núcleos menores e mais estáveis do que o
desintegrado.

12- Leia atentamente o seguinte texto.

Imediatamente após o Big-Bang, há cerca de 15 mil milhões de anos, o Universo era constituído por partículas
subatómicas, como neutrões, protões e electrões, e por radiação electromagnética, numa permanente
interconversão de partículas e energia.
Iniciada a expansão e o consequente arrefecimento do Universo, a partir de certo momento (t  3 min), houve
condições para a ocorrência de reacções nucleares que originaram os primeiros núcleos. Decorridos cerca de 300
000 anos, formaram-se os primeiros átomos estáveis, como os de hidrogénio e os de hélio.
Aproximadamente dois milhões de anos depois, formaram-se as estrelas, nas quais as reacções
nucleares originaram elementos mais pesados, como oxigénio, carbono, azoto e ferro.

12.1- Seleccione, com base no texto, a opção que completa correctamente a frase seguinte.
A formação de núcleos atómicos no Universo não foi simultânea com o aparecimento de partículas
subatómicas, porque...

(A) ... a energia era insuficiente para permitir que neutrões e protões formassem núcleos atómicos.
(B) ... a energia era tão elevada que, mesmo que se formassem núcleos atómicos, eram imediatamente
destruídos.
(C) ... o aparecimento de núcleos atómicos dependia das dimensões do Universo e, consequentemente,
da sua contracção.
(D) ... o aparecimento de núcleos atómicos dependia apenas da quantidade existente de partículas
subatómicas.

3/4
12.2- Seleccione, de entre as seguintes reacções nucleares, a que corresponde a uma reacção nuclear de
fusão.

GAVE, Teste Intermédio de Física e Química A 10º ou 11º anos, 13-02-2008


Bom Trabalho!

4/4