Você está na página 1de 2

A escolha do formato digital: resenha

Ursula Blattmann

Resenha de livro: TAURION, Cezar. Adotando ODF como Padrão


Aberto de Documentos. 2009. 89p. Disponível em:
<https://www.smashwords.com/books/download/2969/1/latest/0/0/ad
otando-odf-como-padro-aberto-de-documentos.pdf >. Acesso em 10
ago. 2009

Cezar Taurion (ctaurion@br.ibm.com) Gerente de Novas


Tecnologias Aplicadas na IBM Brasil, é consultor e autor em revistas
técnicas Computerworld Brasil, Mundo Java, Linux Magazine e
publica livros na área de tecnologia da informação. Participou
diretamente das discussões sobre o Open Document Format - ODF e
OpenXML, atuando como representante da IBM na Comissão de
Estudo formado na ABNT para avaliar estes padrões.
Escritor em ambiente de blogs resolve agrupar os posts por
temas e publicá-los para acesso online. Utiliza o Smashwords
(https://www.smashwords.com/books/search?query=taurion) para
publicar sua obra e-book. Cabe destacar que o Smashwords
possibilita publicar o livro nos formatos para leitura: epub (formato
aberto para indústria de leitores eletrônicos entre os quais o Sony
Reader, Barnes & Noble Nook), Sony Reader (LRF), Kindle (.mobi
comercializado pela livraria Amazon), Palm Doc (PDB), PDF
(Portable Document Format), RTF (Rich Text Format), Plain Text.
O autor (p. 4) “aborda as intensas e acaloradas discussões que
envolveram e envolvem a adoção de um padrão aberto de
documentos. É um tema que mobilizou e vem mobilizando mídia
especializada, empresas e governos do mundo inteiro”.
Explica como iniciou o processo em agrupar os posts
publicados no blog por assuntos, identificando as relevâncias entre
eles. Os tags ajudaram nessa tarefa. Procurou manter os posts, na
medida do possível iguais aos publicados originalmente. Corrigindo
alguns erros ortográficos.

Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.14, n.2, p. 535-536, jul./dez., 2009.
535
Os cinqüenta posts estão agrupados por ordem cronológica, e
expressam a opinião pessoal do autor. Alerta ao leitor devido os
endereços na internet serem atualizados, trocados e modificados,
buscou verificar as URL. Antecipa as desculpas ao leitor pelo
inconveniente oriundo da dinâmica da Internet devido links não
existirem mais ou sido alterados.
Na Apresentação, Jomar Silva, diretor ODF Alliance Brasil,
lembra em 2006 que o OpenXML havia sido apresentado à ISO para
ser avaliado via FastTrack e o OASIS ODF TC (comitê técnico)
desenvolve o formato ODF (Open Document Format), padrão
desenvolvido e mantido por uma entidade aberta (OASIS -
http://www.oasis-open.org/ ) e não controlada por nenhuma empresa,
disponível para uso sem pagamento de royalties e sem restrições de
uso. O ODF foi aceito pela ISO em 2006, já sendo, portanto, um
padrão mundial, sob o nome ISO/IEC 26300:2006. Em 12 de maio
de 2008, o ODF foi oficialmente aprovado pela Associação
Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), como a norma NBR
ISO/IEC 26300:2008.
A leitura possibilita uma visão ampla de como surge uma
norma entre polêmicas, tendências, necessidades e para atender
amplamente a população em geral. Recomenda-se a obra aos
envolvidos com a preservação digital, o acesso e o uso da
informação, arquivos digitais e seus diversos formatos.
_____

The digital format choice: book review


Ursula Blattmann
Professora na UFSC, atua nos cursos de Biblioteconomia e Ciência
da Informação. Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
E-mail: ursula@ced.ufsc.br

Resenha:
Recebida em: 15/08/2009
Aceito em: 30/09/2009

Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.14, n.2, p. 535-536, jul./dez., 2009.
536