Você está na página 1de 78

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 1/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

1 OBJETIVO

Apresentar os requisitos técnicos mínimos, relativos às características, projeto, fabricação,


ensaios e outras condições específicas para o fornecimento de painéis de proteção,
comunicação SCADA, telecomunicação, corrente alternada, corrente continua e medição para
utilização nas subestações das distribuidoras do grupo Neoenergia.

É parte integrante desta norma o documento NOR.DISTRIBU-ENGE-0001- Condições Técnicas


Gerais de Fornecimento de Materiais, onde estão definidas exigências básicas das distribuidoras
do grupo Neoenergia relativas a normas, inspeção, desenhos, embalagem, garantia, treinamento
e outras condições complementares para o fornecimento.

8
01
2 RESPONSABILIDADES

7/2
5/0
Cabe aos órgãos de suprimento, planejamento, engenharia, projeto, construção, automação,
proteção, operação e manutenção o cumprimento das exigências desta norma.
-2
3 DEFINIÇÕES
A
AD

3.1 Distribuidoras
L

Denominação dada à empresa fornecedora dos serviços de distribuição de energia elétrica nos
RO

Estados da Bahia (Coelba), Pernambuco (Celpe) e Rio Grande do Norte (Cosern), pertencentes
NT

ao Grupo Neoenergia.
CO

3.2 Gateway
Gateway, ou ponte de ligação, é um equipamento intermediário geralmente destinado a interligar
O

redes, separar domínios de colisão, ou mesmo traduzir protocolos de comunicação.


3.3 IEC 61850


A

IEC 61850 é uma norma que define padrões para projetos de automação em subestação de
PI

energia elétrica. A mesma define modelos de dados abstratos mapeados em diversos tipos de

protocolos, como MMS (Manufacturing Message Specification), GOOSE (Generic Object


Oriented Subestação Event) e SMV (Sampled Measured Values).

3.4 SCADA (Supervisory Control and Data Acquisition)


Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados, também chamado de software supervisório ou
software SCADA, são sistemas que utilizam software para monitorar e supervisionar as variáveis
e os dispositivos de sistemas de controle conectados através de controladores (drivers)
específicos.

3.5 IED (Intelligent Eletronic Device)


Dispositivo Eletrônico Inteligente. É um termo utilizado na indústria de energia elétrica para
descrever equipamentos microprocessados, tal como relés e medidores.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 2/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4 ESPECIFICAÇÕES

4.1 Características Técnicas Comuns a Todos os PAINÉIS

4.1.1 Mecânicas

Dimensões:

Dimensões
Descrição Aplicação
[mm] (AxLxP)

8
Mecânica Básica 2200x800x800 Todos os painéis

01
7/2
Soleira 100x800x800 Todos os painéis

5/0
Ventilação Superior (com ventilador e filtro) 50x800x800 -2 Apenas painel de telecom

Saída de ar (com filtro) 50x800x800 Todos os painéis exceto telecom


A
AD

Total 2350x800x800 Todos os painéis


L
RO

Tabela 1 - Dimensões dos Painéis


NT

Os painéis devem ser constituídos de chapas de aço dobradas de espessura não inferior a
2,65mm, a fixação deve ser do tipo auto-suportante, em cantoneiras “U”, de espessura 3mm,
CO

com altura de 300mm e mesma largura e profundidade do painel que suportará. A construção
deve ser feita de forma que permita a fixação no piso através de chumbadores e parafusos de
O

aço inoxidável (os chumbadores, parafusos, instruções de montagem e fixação e demais


acessórios necessários à fixação fazem parte do fornecimento).


A

Em todas as junções devem ser utilizados parafusos inoxidáveis e as bordas das chapas devem
PI

ser dobradas de tal forma que as cabeças dos parafusos não apareçam externamente.

Devem ser instalados 4 olhais de suspensão na parte superior dos painéis, a serem utilizados
para transporte.

Devem possuir venezianas inferiores e superiores para ventilação, estas devem ser protegidas
contra entrada de insetos por meio de filtros.

Devem possuir pintura e tratamento adequado contra fungos e corrosão.

Devem ser providos de porta documentos nas portas traseiras, conforme subitem 4.1.10.

A fixação dos IED’s e demais equipamentos ativos às cantoneiras deve ser feita através de
parafusos, não sendo permitida a utilização de solda.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 3/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.1.2 Ambientais

Todos os painéis e componentes fornecidos devem atender minimamente às características


ambientais listadas abaixo:

 Umidade relativa 95 % 55 °C;


 Altitude de funcionamento 2000 m;
 Temperatura do ar ambiente para a operação 0...70 °C;
 Temperatura ambiente para armazenamento 0...80 °C.

8
4.1.3 Arranjo dos Componentes

01
7/2
Os componentes internos devem ser instalados sobre placas de montagem, fixadas por
parafusos nas estruturas laterais dos painéis. O projeto deve considerar a facilidade de operação

5/0
e de controle, bem como a segurança na manutenção.
-2
Nos painéis que utilizarem portas basculantes, as réguas terminais destas portas são instaladas
A

sobre perfilados fixados à parte interna dos painéis, para os demais devem ser instalados nas
AD

laterais.
L
RO

4.1.4 Descrição das Portas


NT

Deve haver uma porta frontal provida de fecho cremona, com visor em acrílico transparente que
permita a visualização das telas (“displays”) dos equipamentos instalados no rack interno .
CO

Deve haver uma porta traseira provida de fecho cremona, que permita o acesso para ligação e
manutenção cabos vindos do campo através da abertura inferior e também acesso a fiação
O

ligada através da calha de interligação com os demais painéis. Para o Painel de Telecom, a

porta traseira deve ser bipartida, com passagens de ar protegidas por filtros contra poeira – ver
detalhes no item específico. Para os painéis das subestações com eletrocentro, não haverá
A

porta traseira.
PI

4.1.5 Calhas e Passagem Para Fibras Óticas

Os painéis de proteção e SCADA devem possuir pontos de conexão laterais para passagem de
fibras óticas destinadas a conexões entre switches, de modo a não utilizarem as canaletas das
SEs. Topologia orientativa conforme figura 1 (versão completa pode ser visualizada na norma de
ESP.DISTRIBU-ENGE-0046 - Arquitetura de Comunicações Internas às Subestações:
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 4/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO

Figura 1 - Topologia da Rede Switches (até 8 painéis e 4 anéis)


NT
CO
O

A
PI

Figura 2 - Topologia da Rede Switches para subestações com eletrocentro.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 5/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.1.6 Acesso de Cabos

Os cabos vindos do campo devem ter acesso pela base inferior do painel, ver Figura 3, através
de prensa-cabos, conforme a tabela 2.

Quantidade Quantidade Quantidade


Aplicação
Tipo 1” Tipo 3/4” Tipo 2”
Telecomunicações 4 unidades 20 unidades Não se aplica
Comunicação (SCADA) 20 unidades 16 unidades 2 unidades

8
01
Painel Linha (IEDs) 20 unidades 16 unidades 2 unidades

7/2
Painel Trafo (IEDs) 20 unidades 16 unidades 2 unidades

5/0
Painel Alimentador (IEDs) 20 unidades 16 unidades 2 unidades
-2
Painel CA 36 unidades 16 unidades 5 unidades
A

Painel CC 34 unidades 28 unidades Não se aplica


AD

Painel de Medição 16 unidades 2 unidades Não se aplica


L
RO

Tabela 2 - Quantidade de Prensa-cabos por Painel


NT
CO
O

A
PI

Figura 3 - Vista superior sugerida para chegada dos cabos (Imagem ilustrativa)

Pela calha central para os cabos vindos do campo e pela calha lateral para as fiações de
alimentação dos circuitos dos painéis, ver Figura 4.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 6/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
Figura 4 - Acesso de cabos, canaleta central e laterais
A

Os cordões ópticos devem passar através de prensa cabo separados dos cabos de alimentação
AD

e controle, a distribuição interna ao painel deve ser feita por eletroduto flexível. As fibras devem
ir aos IEDs pela traseira da porta basculante, próxima à fixação dos IEDs, utilizando braçadeiras.
L
RO

O referido local pode ser visualizado na Figura 5.


NT

Para as subestações com eletrocentro, os acessos dos cabos devem ser feitos pela parte
superior dos painéis de acordo com o desenho da vista em cada caso.
CO
O

A
PI

Figura 5 - Local de Passagem das Fibras dos Painéis

4.1.7 Cabos de interligação lógica

Todos os cabos destinados a interligação lógica de equipamentos internos aos painéis (elétrica
ou ótica) fazem parte do fornecimento, estes cordões devem ser fornecidos prontos para
conexão com os dispositivos.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 7/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

Deve ser considerada a quantidade máxima de cabos para cada painel, independente do
fornecimento dos IEDs, ou seja, mesmo que a instalação de um IED seja futura, os cabos destes
equipamentos devem ser sempre fornecidos no painel.

Todos os cabos ethernet UTP devem obrigatoriamente ser classificados como categoria 6
blindado e com 4 pares ou 8 vias (conexão RJ45 blindado e com 4 pares ou 8 vias).

Todos os cabos óticos (cordões) internos aos painéis devem obrigatoriamente ser do tipo
multifibra, duplex, multimodo com conector LC. Excepcionalmente quando existir comunicação
serial dentro do painel (conexão com terminal server) deve ser utilizado cordões óticos com
conector ST.

8
01
O padrão de identificação dos cabos lógicos deve ser efetuado de acordo com a norma

7/2
NOR.DISTRIBU-ENGE-0146.

5/0
-2
4.1.8 Conexões Internas de Rede
A
AD

A arquitetura de comunicação interna e externa aos painéis deve atender às topologias da


norma ESP.DISTRIBU-ENGE-0046 - Arquitetura de Comunicações Internas às Subestações.
L
RO

4.1.9 Mini Disjuntores


NT

Todos os mini disjuntores fornecidos devem atender a norma IEC 60947-2 nas seguintes
CO

condições:
O

 Ser Termomagnético: Limite de disparo magnético 3...5 x In;


 Poder de corte (CA): 10 kA (415 Vca 60 Hz);


 Poder de corte (CC): 10 kA (125 Vcc 2P);
A

 Montagem: Calha DIN simétrica de 35 mm;


PI

 Durabilidade estimada: 20000 ciclos;


 Terminais: Cabos até 10mm2.


 Referencia: Schneider IC60N

4.1.10 Porta Documentos

Cada painel deve possuir na porta traseira, pela face externa, um porta documentos, fixado por
meio de rebites metálicos, onde devem ser disponibilizadas copias dos projetos funcionais e de
fiação do painel. Não deve ser aceita fixação por meio de fita dupla face.

Para os painéis instalados em subestações tipo eletrocentro que não possui porta traseiro, o
fornecedor deve verificar a melhor localização do porta documentos.

Devem acompanhar na entrega do painel os seguintes documentos:


 Projetos de fiação,
 Layout com identificação dos componentes,
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 8/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

 Listas de plaquetas;
 Listas de materiais;
 DVD com o projeto inteiro completo em formato editável.

Todos os documentos acima devem estar impressos e dispostos em porta documento fixado na
porta traseira de cada painel, conforme Figura 6.

8
01
7/2
5/0
-2
A
AD

Figura 6 - Porta documento


L
RO

4.1.11 Características de Produção


NT

Cada projeto deve ser explanado em todos os seus aspectos na proposta. O proponente deve
CO

também fornecer explicações detalhadas sobre os processos de manutenção do equipamento


ofertado, incluindo eventuais recondicionamentos das partes externas que exijam a completa
O

desmontagem do equipamento. O Projeto deve permitir fácil reparação e substituição de peças.


O projeto funcional é fornecido pelo grupo Neoenergia em arquivos PDF para que a contratada
A

elabore a fiação.
PI

O grupo Neoenergia reserva-se ao direito de rejeitar qualquer equipamento cuja manutenção


não possa ser realizada por sua equipe e em suas dependências.

4.1.12 Tratamento de Proteção e Pintura

Devem ser eliminados todos os respingos de solda, rebarbas e arestas ásperas. Em todas as
chapas, suportes, cantos, dobradiças e locais de difícil acesso devem ser feito o
desengraxamento, a decapagem deve ser realizada até o aparecimento do metal branco, padrão
SA3 através de jato de areia, granalha ou limalha com a granulometria adequada.
Imediatamente após o jateamento, todas as peças devem receber uma camada de 50 µm de
zinco puro aplicado a quente com pistola pulverizadora oxi-acetileno de chama reduzida. Deve
ser dado o tratamento anticorrosivo adequado bem como todos os riscos e depressões
eliminados até a obtenção de uma superfície perfeitamente lisa.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 9/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

A pintura deve ser eletrostática, aplicada com tinta sintética, pó epóxi, com espessura de 60 a 80
micras na cor RAL 7032 e ter grau de proteção IP-54.

4.1.13 Aterramento dos Painéis

Deve ser previsto aterramento das partes metálicas. Todas as estruturas e equipamentos devem
ser interligados a uma barra de terra em cobre.

A ligação à malha de terra da subestação deve ser realizada por conectores de pressão
instalados nas extremidades da barra (fornecidos junto com o painel).

8
01
Deve existir uma barra de terra extra (aterramento de referência), conectada solidamente ao
ponto principal do aterramento (conector de pressão), na parte inferior traseira do painel para o

7/2
aterramento das blindagens dos cabos.

5/0
As partes móveis devem ser aterradas através de cordoalha flexível.
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

Figura 7 - Barra de aterramento


A
PI

4.1.14 Isolação dos Componentes Empregados


Todos os componentes empregados para montagem e fiação, tais como cabos, mini-disjuntores
e outros, devem ser isolados para classe de 1 kV, continuamente. Dentre os ensaios de
aceitação deve ser realizada tensão aplicada (2 kV, 60Hz, 1 minuto).

4.1.15 Bornes de conexão

Todos os bornes disponibilizados para ligação dos cabos externos devem ser de passagem
(para alimentações e controle).

Os bornes de corrente e tensão (bornes de teste) devem ser instalados na chapa de montagem
frontal, alinhados com seu respectivo IED. Os bornes de corrente devem ter alvéolos para curto-
circuitar o transformador de corrente e outros alvéolos seccionáveis para injetar corrente de teste
no rele. Os bornes de tensão devem ter alvéolos seccionáveis para injetar tensão.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 10/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

Para o Painel de Medição, os bornes de chegada de corrente e tensão não devem ter opção de
curto circuitar nem seccionar para evitar erros de manobras de teste, uma vez que já existe a
chave de aferição que já desempenha este papel. Estes bornes devem ser apenas de passagem
e devem ser instalados no lado esquerdo interno do painel.

a) Para circuitos de corrente:

 Bornes para cabos a serem conectados: 2,5mm2 a 4,0mm2;


 Cabos a serem conectados: 2,5mm2;
 Tipo de conexão: Olhal / Parafuso;

8
Acessórios: Alvéolos para curto-circuitar o transformador de corrente e outros alvéolos

01
seccionáveis para injetar corrente de teste no IED.

7/2
b) Para circuitos de Tensão:

 5/0
Bornes para cabos a serem conectados: 1,0mm2 a 2,5mm2;
-2
 Cabos a serem conectados: 1,5mm2;
A

 Tipo de conexão: Pino;


AD

 Acessórios: Alvéolos seccionáveis para injeção de tensão.


L
RO

c) Para circuitos de Supervisão e Comando:


NT

 Bornes para cabos a serem conectados: 1,0mm2 a 2,5mm2;


 Cabos a serem conectados: 1,5mm2;
CO

 Tipo de conexão: Pino.



O

Acessórios: seccionáveis.

d) Para circuitos de Alimentação:


A
PI

 Bornes para cabos a serem conectados: 1,0mm2 a 4,0mm2;


 Cabos a serem conectados: 1,5mm2 e 4,0mm2, a depender da potência do circuito;


 Tipo de conexão: Pino.

Para os Painéis de CA e de CC os cabos de potência (chegada do serviço auxiliar,


entrada/saída do retificador, etc.) devem ter bornes para suportar cabos de 16 mm2, conforme
indicado no projeto executivo.

Fabricantes de bornes utilizados como referencia: Conexel, Entrelec, Phoenix Contact.

Para efeito de cotação, devem ser consideradas as quantidades da Tabela 3.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 11/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

Quantidade de Bornes por Painel

TELECOM SCADA LINHA TRAFO ALIMENTADOR ALIMENTADOR SCADA/ LINHAS E


Tipo de Circuitos ELETRCENTRO TELECOM TRAFO
(1215048) (1215049) (1215050) (1215051) (1215052)
(1215068) (1215066) (1215067)
Circuito de Corrente 0 16 32 32 32 32 16 32

Circuito de Tensão 0 32 64 64 64 64 32 64

Circuito de Supervisão e Comando 100 100 400 400 400 400 100 400

Tabela 3 – Quantidade de Bornes por Painel

8
01
Como se tratam de informações estimadas (sem o projeto executivo), considerar margens de

7/2
10% para mais ou menos e definir de forma explicita na proposta os valores considerados para

5/0
incluir ou retirar do valor real do painel caso a variação necessária supere os 10% solicitados.
-2
O padrão de identificação dos bornes no projeto deve ser conforme descrito no documento:
ESP.DISTRIBU-ENGE-0045 - Projetos de Engenharia Automação Proteção e Controle.
A
AD

4.1.16 Identificação
L
RO

Cada componente interno (mini disjuntores, botões de acionamento, réguas de bornes,


termostato, lâmpada LED, fim de curso de portas, tomadas etc.) deve receber identificação
NT

própria, por meio de etiquetas em acrílico com fundo preto e letras brancas fixadas através de
CO

fita adesiva de dupla face.


O

As fiações devem ser identificadas nas extremidades, próximo aos bornes de ligação e aos

componentes interno, com espaçamento adequado entre os bornes e canaletas, essas


identificações devem conter a origem e o destino.
A
PI

As plaquetas devem possuir as seguintes dimensões: Plaqueta externa com a identificação do


Painel 30x150mm e a plaqueta para identificação dos IED’s 15x60mm.

Além disto, o painel de proteção do transformador deve possuir uma seta e etiqueta em acrílico
para indicar o botão de rearme, localizado nos IED’s, conforme Figura 8.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 12/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT

Figura 8 - Seta indicadora de botão de reset


CO

4.1.17 Iluminação Interna / Tomadas


O

Os painéis devem possuir iluminação interna, com uma lâmpada LED frontal acionada pela
abertura da porta frontal e outra lâmpada LED traseira acionada pela abertura da porta traseira.
A
PI

Os circuitos de serviço auxiliar devem ser isolados com entradas bipolares, de modo a ser
possível alternar o tipo de ligação: fase-neutro ou fase-fase.

Os painéis devem dispor de duas tomadas de serviços auxiliares 220V/10A – 60Hz (fase-neutro
ou fase-fase), as tomadas devem ser instaladas na frontal da porta basculante.

O Painel de Medição deve dispor de três tomadas de serviços auxiliares 220V/10A – 60Hz (fase-
neutro ou fase-fase), uma tomada deve ser instalada na frontal da chapa de medição e duas
tomadas devem ser instaladas posterior à chapa de medição.

4.1.18 Sistema de Desumidificação

Deve haver uma chave fim de curso, Termostato 0° – 60°C com capacidade de contato de 6A,
Lâmpada LED e resistência de aquecimento de 100W - 220Vca. A não utilização do sistema de
desumidificação só deve ser aprovada mediante estudo de dissipação de calor dos
equipamentos empregados no painel.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 13/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.2 Características do Painel Comunicação SCADA

O painel de SCADA deve ser do tipo modular, vertical, com portas chanfradas de acesso
dianteiro e traseiro, com identificação “SCADA – PAINEL Nº 12”. Deve ser provido de porta com
visor em acrílico transparente com 4 mm de espessura e abertura de 150º na dianteira e
metálica traseira também com abertura 150º. Equipado com rack dianteiro fixo de 19” para
montagem dos equipamentos, com aberturas na lateral direita para passagens de cabos.
Dotado também de furação com prensa cabos para acesso de cabos nas faces superior, inferior,
suportes internos nas faces direita e esquerda internas para organização de cabos e suportes
internos na face direita para organização de cordões ópticos.

8
01
Deve possuir um compartimento único com o rack 19” frontal, suportes para organização de
cabos, suportes para organização de cordões ópticos e furação para passagem de cabos na

7/2
face superior e inferior, ventilação forçada com exaustores na parte superior, protegidas por

5/0
filtros contra poeira – ver detalhes no item específico.
-2
4.2.1 Descrição
A
AD

Os painéis de comunicação SCADA terão a função de alojar os gateways de comunicação,


SCADAs, IHM, GPS, concentradores de fibra, roteadores, switches, IED e demais acessórios.
L
RO

Deve dispor de plaqueta frontal metálica com o texto “SCADA – PAINEL Nº 12”.
NT

4.2.2 Rack Fixo 19”


CO

Deve haver um rack fixo com trilhos de furação padrão rack 19” preenchendo toda a altura útil
O

disponível no painel, neste rack devem ser fixados os equipamentos e placas com furações para

os mini-disjuntores de alimentação dos circuitos. Este rack deve ficar interno a porta frontal e
suportar o peso total dos equipamentos (aprox. 10kg por equipamento e 60kg no total). No Rack
A

devem estar previstas espaços para os equipamentos, incluindo um comutador KVM com
PI

display LCD escamoteável e calhas traseiras para alojar os cabos.


4.2.3 Componentes Principais

a) Sempre incluídos no fornecimento:


 14 Mini-disjuntores (tipo conforme o projeto executivo);
 KVM com monitor deslizante, montado em rack 1U, 19”;
 2 Tomadas;
 Relé auxiliar 125VCC com pelo menos 1 contato NA e 2 NF (quando requerido pelo projeto
executivo). Fabricantes: Siemens, Arteche.

b) Incluídos no fornecimento somente se descrito expressamente no texto de compras do


código de compra:
 Dois PCs industriais, com fonte redundante, realizando as funções de Gateway/IHM
Local, conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0037;
 Dois switches tipo “3” padrão 61850 conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0038;
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 14/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

 Dois IEDs tipo “multifunção” conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0035;


 Um Servidor de tempo NTP conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0040;

c) Deve ser considerada a quantidade máxima de cabos de conexão elétrica e lógica para
todos os compartimentos dos painéis, independente da quantidade de equipamentos
especificados no processo de compra.

d) Devem ser fornecidas chapas cegas com furações para vedação de cada compartimento
que eventualmente não seja solicitado na compra.

8
01
4.2.4 Distribuidor Interno Ótico (DIO) de 24 Fibras

7/2
O Painel de Comunicação SCADA deve ser fornecido com dois DIO de 24 fibras com as

5/0
seguintes características:
a) Capacidade para acomodar até 24 emendas ópticas.
-2
b) Instalação no rack frontal;
A

c) Composto de suporte de adaptadores de conexões ópticas do tipo ST (Máximo total de 24);


AD

d) Referências de fabricante: Brumake, Furukawa.


L

4.2.5 KVM com Monitor


RO
NT

O painel de comunicação SCADA deve ser fornecido com um KVM com as seguintes
características:
CO

a) Comutador KVM com monitor LCD de 19";


b) Interface para computadores com teclados e mouses do tipo USB;
O

c) Bandeja deslizante;

d) Possibilidade de controlar no mínimo dois (2) computadores;


e) Suporte multiplataforma – Windows 7 ou 8 e Linux CentOS versão 6.7 ou superior;
A

f) Comutação de telas por botões do painel frontal, teclas de acesso;


PI

g) Montagem em rack 19”, com fixação frontal e traseira, tamanho 1U;


h) Alimentação em 125Vcc, caso o produto não tenha disponível, o fornecedor deve prever
fonte extra;
i) Cabos compatíveis para conexão com computador industrial conforme norma
ESP.DISTRIBU-ENGE-0037 – Especificação técnica de computador industrial, comprimento
mínimo de 1,2m.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 15/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
Figura 9 - Comutador KVM com Display LCD

7/2
4.2.6 Vistas

5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 10 - Vistas superiores e abertura das portas, local rack 19”


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 16/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 11 - Vista Frontal do Painel de Comunicação SCADA para dois padrões de IED’s
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 17/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO

Figura 12 - Vista superior do painel de comunicação SCADA


NT
CO

4.3 Características do Painel Comunicação SCADA/TELECOM


O

O painel de SCADA/TELECOM deve ser do tipo modular, vertical, com porta chanfrada de

acesso apenas dianteiro, com identificação “SCADA/TELECOM – PAINEL Nº 02”. Deve ser
provido de porta com visor em acrílico transparente com 4 mm de espessura e abertura de 150º.
A

Dotado também de furação com prensa cabos para acesso de cabos nas faces superior,
PI

suportes internos nas faces direita e esquerda internas para organização de cabos e suportes

internos na face direita para organização de cordões ópticos.

Deve possuir um rack basculante 19” frontal, suportes para organização de cabos, suportes para
organização de cordões ópticos e furação para passagem de cabos na face superior e inferior,
ventilação forçada com exaustores na parte superior, protegidas por filtros contra poeira – ver
detalhes no item específico.

4.3.1 Descrição

Os painéis de comunicação SCADA terão a função de alojar os gateways de comunicação,


SCADAs, IHM, GPS, concentradores de fibra, roteadores, switches, VSAT, rádio de
telecomunicação IED e demais acessórios.

Deve dispor de plaqueta frontal metálica com o texto “SCADA/TELECOM – PAINEL Nº 02”.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 18/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.3.2 Rack Basculante 19”

Para as subestações com eletrocentro, no painel de SCADA/TELECOM para eletrocentro deve


haver um rack basculante com trilhos de furação padrão rack 19” preenchendo toda a altura útil
disponível no painel (44U). Neste rack devem ser fixados os IEDs, monitores, bandeja para
equipamentos de telecomunicação, e placas com furações para os disjuntores de alimentação
dos circuitos. Este rack deve ficar interno a porta frontal e suportar o peso total dos
equipamentos (aprox. 10kg por equipamento e 60kg no total).
Entre os IEDs devem ser instaladas chapas com frontais cegos 2U e calhas para passagem da
fiação até os chicotes laterais que vão interligar o rack ao compartimento interno.

8
01
4.3.3 Componentes Principais

7/2
a) Sempre incluídos no fornecimento:

5/0
 14 Mini-disjuntores (tipo conforme o projeto executivo);
 Monitor fixo, montado com suporte em rack 10U, 19”;
-2
 Teclado e mouse;

A

2 Tomadas;
AD

 Relé auxiliar 125VCC com pelo menos 1 contato NA e 2 NF (quando requerido pelo projeto
executivo). Fabricantes: Siemens, Arteche.
L
RO

b) Incluídos no fornecimento somente se descrito expressamente no texto de compras do


NT

código de compra:
 Um PC industrial, com fonte redundante, realizando as funções de Gateway/IHM Local,
CO

conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0037;


 Um switch tipo “2” padrão 61850 conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0038;
O

 Um IED tipo “multifunção” conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0035;


 Um Servidor de tempo NTP conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0040;


A
PI

c) Deve ser considerada a quantidade máxima de cabos de conexão elétrica e lógica para

todos os compartimentos dos painéis, independente da quantidade de equipamentos


especificados no processo de compra.

d) Devem ser fornecidas chapas cegas com furações para vedação de cada compartimento
que eventualmente não seja solicitado na compra.

4.3.4 Distribuidor Interno Ótico (DIO) de 6 Fibras

O painel de SCADA/TELECOM deve ser fornecido com um DIO de 6 fibras com as seguintes
características:

a) Capacidade para realizar a terminação de cabos óticos utilizando: Emendas por fusão ou
mecânicas, conectorização em campo ou cabos pré-conectorizados de fábrica;
b) Capacidade para acomodar até 6 emendas ópticas em uma bandeja articulada e que
permita a inversão nas fibras;
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 19/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

c) Permitir instalação em qualquer superfície plana vertical, horizontal do painel;


d) Possuir espaço para acomodar e proteger as extensões ópticas e as reservas de fibras
ópticas;
e) Possuir etiqueta para identificação dos cabos e fibras ópticas;
f) Equipado com:
 Uma bandeja para até 6 adaptadores LC-duplex;
 Doze protetores termo contrátil para emendas;
 Doze extensões ópticas com terminação LC;
 Borrachas para vedação das entradas de cabos;
 Parafusos para fixação;

8
 Dispositivos de fixação dos elementos de tração do cabo (aramida ou FRP);

01
 Seis adaptadores LC Duplex.

7/2
4.3.5 Monitor, Teclado e Mouse

5/0
-2
O painel de SCADA/TELECOM deve ser fornecido com um monitor com as seguintes
características:
A

a) LCD de 17" com suporte para fixação em rack 19”;


AD

 Alimentação em 125Vcc, caso o produto não tenha disponível, o fornecedor deve prever
fonte extra;
L
RO

b) Bandeja deslizante para acomodar teclado e mouse do tipo USB;


c) Cabos compatíveis para conexão com computador industrial conforme norma
NT

ESP.DISTRIBU-ENGE-0037 – Especificação técnica de computador industrial, comprimento


mínimo de 1,2m.
CO

4.3.6 Vistas
O

A
PI

Figura 13 - Vista superior abertura da porta do painel de SCADA/TELECOM para eletrocentro.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 20/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 14 - Vista Frontal do painel de SCADA/TELECOM para eletrocentro.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 21/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
AD

Figura 15 - Detalhe da entrada de cabos do painel de SCADA/TELECOM para eletrocentro.


L
RO

4.4 Características dos Painéis de Proteção (Transformador, Linhas e Alimentadores)


NT

4.4.1 Descrição
CO

Os painéis de proteção de transformador e BAY’s (linhas e alimentadores) terão a função de


O

fixação dos IED’s, além de abrigar os dispositivos auxiliares dos circuitos de controle, medição e

proteção, possibilitando assim o interfaceamento entre os equipamentos do pátio e IED’s.


Nesses painéis estarão contidas chaves de aferição, relés auxiliares de controle e bloqueio,
A

fiações, bornes, mini-disjuntores auxiliares e demais materiais.


PI

Deve dispor de plaqueta frontal metálica com o texto “LINHAS – PAINEL Nº 1 ”, “TRAFO 1 -
PAINEL Nº 3” ou “ALIMENTADORES – PAINEL Nº 5”, etc, conforme indicado no projeto.

Devem possuir um compartimento frontal único onde ficarão os IEDs, botoeiras, mini-disjuntores
e outros acessórios. No compartimento traseiro deve haver calha central livre para chegada dos
cabos do campo e duas borneiras laterais interligadas internamente aos componentes internos
dos compartimentos frontais. As borneiras devem ser identificadas (borneiras e bornes) e
separadas de acordo com a função (chegada, saída, CA, CC e TP) com uso de separadores e
postes.

Devem ser do tipo modular, vertical, com portas chanfradas de acesso dianteiro e traseiro.
Devem ser providos de porta com visor em acrílico transparente com 4 mm de espessura e
abertura de 150° e porta metálica dianteira para montagem dos IED’s com abertura de 120°, a
porta traseira metálica deve possuir abertura de 150°. Os painéis para subestações com
eletrocentro não possuirá porta traseira, todo o acesso é pela frente.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 22/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

O painel de alimentador deve ser cabeado de tal forma que possibilite utilizá-lo também para
banco de capacitor e transferência da média tensão, por tanto todas as fiações possíveis devem
estar em bornes, de forma a permitir modularidade e intercambialidade.

O painel de linha deve ser cabeado de tal forma que possibilite utilizá-lo também para
transferência da alta tensão, por tanto todas as fiações possíveis devem estar em bornes, de
forma a permitir modularidade e intercambialidade.

4.4.2 Rack Basculante 19”

8
01
Deve haver um rack basculante com trilhos de furação padrão rack 19” preenchendo toda a
altura útil disponível no painel (44U). Neste rack devem ser fixados os IEDs e placas com

7/2
furações para os disjuntores de alimentação dos circuitos. Este rack deve ficar interno a porta

5/0
frontal e suportar o peso total dos equipamentos (aprox. 10kg por equipamento e 60kg no total).
Entre os IEDs devem ser instaladas chapas com frontais cegos 2U e calhas para passagem da
-2
fiação até os chicotes laterais que vão interligar o rack ao compartimento interno.
A
AD

4.4.3 Componentes Principais


L

a) Sempre incluídos no fornecimento:


RO

 14 Mini-disjuntores (tipo conforme o projeto executivo);


 Botoeiras de comando iluminado (quantidade e local de instalação de acordo com o
NT

projeto executivo);
CO

 Tomadas;
 Até 1 relé biestável 125Vcc (painel de linhas), quando indicado no projeto (quantidade e
O

local de instalação de acordo com o projeto executivo). Fabricantes: Siemens, Arteche,


Schneider;
 Até 8 relés biestáveis 125Vcc (painel de transformador), quando indicado no projeto
A

(quantidade e local de instalação de acordo com o projeto executivo). Fabricantes:


PI

Siemens, Arteche, Schneider.


b) Incluídos no fornecimento somente se descrito expressamente no texto de compras do


código de compra:
 Dois switches (tipos conforme Tabela 4) padrão 61850 conforme especificação
ESP.DISTRIBU-ENGE-0038;
 Até 4 IEDs (tipos conforme Tabela 4) conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-
0035;
 Até 1 medidor de energia conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0033 (código
0802191).
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 23/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

Swt Swt IED IED Dist/Dif IED Dif.


Painel Medidor
Tipo 1 Tipo 2 Multifunção Linha Trafo
Linha (padrão) 2 0 0 4 0 0
Linha (com RIO) 0 2 0 4 0 0
Transformador 0 2 2 1 0 1
Alimentador 2 0 4 0 0 0
Alimentador 0 2 5 0 0 0
(Eletrocentro)
Linha + Trafo 0 2 1 1 1 1
(Eletrocentro)

8
01
Tabela 4 – Quantidade Equipamento por Painel

7/2
Deve ser considerada a quantidade máxima de cabos de conexão elétrica e lógica para todos os
compartimentos dos painéis, independente da quantidade de equipamentos especificados no

5/0
processo de compra. -2
c) Devem ser fornecidas chapas cegas com furações para vedação de cada compartimento
A

que eventualmente não seja solicitado na compra. Caso o IED utilizado seja padrão meio
AD

rack, deve ser previsto sistema para fixação do IED e de placas cegas no meio do rack,
L

conforme Figura 16.


RO
NT
CO
O

A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 24/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A

Figura 16 - Chapas cegas para IEDs de meio rack


PI

4.4.4 Distribuidor Interno Ótico (DIO) de 12 Fibras

O Painel de Proteção do Transformador deve ser fornecido com um DIO de 12 fibras com as
seguintes características:

a) Capacidade para realizar a terminação de cabos óticos utilizando: Emendas por fusão ou
mecânicas, conectorização em campo ou cabos pré-conectorizados de fábrica;
b) Capacidade para acomodar até 12 emendas ópticas em uma bandeja articulada e que
permita a inversão nas fibras;
c) Permitir instalação em qualquer superfície plana vertical, horizontal do painel;
d) Possuir espaço para acomodar e proteger as extensões ópticas e as reservas de fibras
ópticas;
e) Possuir etiqueta para identificação dos cabos e fibras ópticas;
f) Equipado com:
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 25/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

 Uma bandeja para até 12 adaptadores LC-duplex;


 Doze protetores termo contrátil para emendas;
 Doze extensões ópticas com terminação LC;
 Borrachas para vedação das entradas de cabos;
 Parafusos para fixação;
 Dispositivos de fixação dos elementos de tração do cabo (aramida ou FRP);
 Seis adaptadores LC Duplex.

4.4.5 Switches

8
Cada painel de proteção deve dispor de dois switches gerenciáveis padrão 61850, de acordo

01
com as características presentes na norma ESP.DISTRIBU-ENGE-0038 - Especificação Técnica

7/2
de Switch 61850.
Os switches podem ser 19”, assim, todos os painéis de proteção devem ser fornecidos com a

5/0
preparação mecânica para esta solução:
 Devem ser previstas calhas e conexões lógicas (óticas e elétricas) para ligação dos switches
-2
aos IEDs internos (mesmo que futuros), tanto no fundo do painel (montagem em trilho)
A

quanto na parte frontal (rack 19”);


AD

 Devem ser previstas fiações elétricas (circuito individualizado) para alimentação dos
L

switches.
RO
NT
CO
O

A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 26/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.4.6 Vista Superior (comum a todos os painéis de proteção)

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO

Figura 17 - Vista superior abertura das portas painéis de proteção.


NT
CO
O

A
PI

Figura 18 - Vista superior abertura das portas painéis de proteção para eletrocentro.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 27/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO

Figura 19 – Vista da fundação com detalhe da entrada de cabos dos painéis de proteção.
NT
CO
O

A
PI

Figura 20 – Vista superior com detalhe da entrada de cabos dos painéis de proteção para eletrocentro.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 28/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.4.7 Vistas do Painel de Proteção de Linha

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 21 - Painéis de Proteção de Linha – Representação para dois padrões de IED’s, em diferentes disposições.

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 29/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 22 – Vista frontal e traseira da chapa de montagem do Painel de Linha.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 30/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.4.8 Vistas do Painel de Proteção de Linha e Trafo para Eletrocentro

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

Figura 23 - Vista frontal, frontal sem porta e posterior do painel de Linhas e Trafo para eletrocentro.
A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 31/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 24- Vista da chapa de montagem para o painel de linhas e trafo para eletrocentro.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 32/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.4.9 Vistas do Painel de Proteção do Transformador

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 25 - Painel de Proteção de Transformador



TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 33/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 26 - Vista frontal e traseira da chapa de montagem do Painel de Transformador.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 34/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.4.10 Vistas do Painel de Proteção de Alimentador

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO

Figura 27 - Painel de proteção de Alimentador – Representação para diversas disposições de IED’s


O

A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 35/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

Figura 28 - Painel de proteção de Alimentador para eletrocentro.



A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 36/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A

Figura 29 - Vistas frontais e traseira da chapa de montagem do Painel de Alimentador em diferentes disposições.
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 37/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A

Figura 30 - Vista frontal da chapa de montagem do Painel de Alimentador para eletrocentro.


PI

4.5 Características dos Painéis de Medição


4.5.1 Descrição

O painel de medição terá a função de fixação de medidores, chaves de aferição e switches para
medição dos alimentadores e medição de fronteira, possibilitando assim o interfaceamento entre
os equipamentos do pátio e medidores. Nesses painéis estarão contidas chaves de aferição,
fiações, bornes, mini disjuntores e demais materiais.

Deve dispor de plaqueta frontal metálica com o texto “MEDIÇÃO – PAINEL Nº 14”.

Para o painel destinado a eletrocentro, deve dispor de plaqueta frontal metálica com o texto
“MEDIÇÃO – PAINEL Nº 5”.

Devem ser do tipo modular, vertical, com portas chanfradas de acesso dianteiro e traseiro.
Devem ser providos de porta com visor em acrílico transparente com 4 mm de espessura e
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 38/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

abertura de 150°, chapa metálica dianteira (chapa de medição) para montagem dos medidores e
chaves de aferição e porta traseira metálica possibilitando abertura de 150°. Os painéis para
eletrocentro não possuem porta traseira, o acesso é pela frontal por uma porta basculante e a
montagem deve ser feita apenas numa placa frontal.

4.5.2 Chapa de Montagem fixa

Deve possuir dois compartimentos separados pela chapa de montagem que deve possuir rasgos
para fixação de até 12 medidores e 12 chaves de aferição de embutir (aprox. 15kg no total). No
compartimento traseiro deve haver calha lateral para chegada dos cabos do campo, dez
borneiras laterais de 12 polos interligadas internamente aos componentes internos do

8
01
compartimento frontal, calha lateral para conexão das chaves de aferição, duas calhas laterais
(lado oposto às demais calhas) para cabos de comunicação e alimentação e trilho DIN extenso

7/2
verticalmente para fixação dos switches e mini disjuntores. As borneiras devem ser identificadas

5/0
(borneiras e bornes) e separadas de acordo com a função (chegada, saída, CC, CA, TC e TP)
com uso de separadores e postes. -2
Para possibilitar a fixação de diferentes modelos de medidores, devem ser fornecidas 24
A
AD

chapas, sendo 12 chapas do “Tipo 01” e 12 chapas “Tipo 02” (ver imagens no item específico de
vistas), que poderão ser fixadas pela distribuidora na chapa de medição.
L
RO

4.5.3 Rack Basculante 19”


NT

Para as subestações com eletrocentro, no painel de medição para eletrocentro deve haver um
CO

rack basculante com trilhos de furação padrão rack 19” preenchendo toda a altura útil disponível
no painel (44U). Neste rack devem ser fixados os medidores e placas com furações para os
O

disjuntores de alimentação dos circuitos. Este rack deve ficar interno a porta frontal e suportar o

peso total dos equipamentos (aprox. 10kg por equipamento e 60kg no total).
A

Entre os medidores devem ser instaladas chapas com frontais cegos 2U e calhas para
PI

passagem da fiação até os chicotes laterais que vão interligar o rack ao compartimento interno.

4.5.4 Componentes Principais

a) Sempre incluídos no fornecimento:


 14 mini disjuntores 10A (curva “B”) para alimentação de corrente contínua dos medidores e
switches;
 1 mini disjuntor 16A (curva “B”) para alimentação de corrente alternada das tomadas
auxiliares;
 12 chaves de aferição de embutir (referencias: FACEL, AF engenharia - RITZ, KONECTY);
 12 placas cegas e acessórios para “fechamento” dos alojamentos dos medidores futuros;
 3 tomadas para conexão de notebooks (manutenção).

b) Incluídos no fornecimento somente se descrito expressamente no texto de compras do


código de compra:
 2 switches tipo 4 padrão 61850 conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0038;
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 39/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

 12 medidores de energia conforme especificação ESP.DISTRIBU-ENGE-0033 (código


0802203).

c) Deve ser considerada a quantidade máxima de cabos de conexão elétrica e lógica para
todos os compartimentos dos painéis, independente da quantidade de equipamentos
especificados no processo de compra.

d) Devem ser fornecidas chapas cegas com furações para vedação de cada compartimento
que eventualmente não seja solicitado na compra.

8
01
4.5.5 Rede Interna

7/2
Cada painel de medição deve estar preparado para receber dois switches industriais padrão

5/0
trilho DIN (atendendo capítulo 3 da norma 61850) fornecido pela distribuidora, de acordo com as
características presentes na norma ESP.DISTRIBU-ENGE-0038 - Especificação Técnica de
-2
Switch 61850.
A
AD

As alimentações dos switches e medidores devem ser realizadas em 125Vcc a partir do serviço
auxiliar da subestação, utilizando a mesma separação da rede lógica (switch 1 + medidores
L

conectados a ele, switch 2 + medidores conectados a ele), demonstrada na norma


RO

ESP.DISTRIBU-ENGE-0046 - Arquitetura de Comunicações Internas às Subestações.


NT

4.5.6 Vistas
CO
O

A
PI

Figura 31 - Chapa para fixação do medidor - Tipo 01


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 40/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
Figura 32 - Chapa para fixação do medidor - Tipo 02
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 33 - Vista superior abertura das portas painéis de medição


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 41/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT

Figura 34 - Vista superior abertura das portas painéis de medição para eletrocentro.
CO
O

A
PI

Figura 35 - Detalhe da entrada de cabos dos painéis de medição para eletrocentro.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 42/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
LAD
RO
NT
CO
O

A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 43/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

Figura 36 – Vistas frontal, lateral e traseira do Painel de Medição.


A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 44/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

Figura 37 - Painel de medição para eletrocentro.


A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 45/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 38 - Vista frontal da chapa de montagem do Painel de Medição para eletrocentro.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 46/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 39 - Vista lateral e posterior.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 47/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A

Figura 40 - Detalhe de fixação.


AD

4.6 Características dos Painéis de Telecomunicações


L
RO

4.6.1 Descrição
NT

O painel de TELECOMUNICAÇÕES terá a função de alojar os equipamentos de


CO

telecomunicações, da rede de dados operativos e da rede de cabos ópticas e deve ser


identificado com plaqueta frontal metálica com o texto “TELECOM – PAINEL Nº 13”.
O

Deve ser do tipo modular, vertical, com portas chanfradas de acesso dianteiro e traseiro. Deve
ser provido de porta com visor em acrílico transparente com 4 mm de espessura e abertura de
A
PI

150º na dianteira e metálica bipartida traseira também com abertura 150º. Equipado com rack
dianteiro fixo de 19” para montagem dos equipamentos, com aberturas na lateral direita para

passagens de cabos. Dotado também de furação com prensa cabos para acesso de cabos nas
faces superior, inferior, suportes internos nas faces direita e esquerda internas para organização
de cabos e suportes internos na face direita para organização de cordões ópticos.

Os painéis de telecomunicações devem ser providos de seis barramentos distintos, dois por
nível de tensão (125Vcc, 48Vcc e 12Vcc) dois conjuntos independentes de contactores, relés
biestável e acessórios necessários às comutações automáticas e segregação de fontes de
48Vcc e de 12Vcc reservas em caso de falha das fontes principais. A seleção dos barramentos
deve ser realizada através de 4 botoeiras iluminadas (2 para 48Vcc e 2 para 12Vcc). As
botoeiras devem estar identificadas da seguinte forma:

I. Circuito 1 48Vcc;
II. Circuito 2 48Vcc;
III. Circuito 1 12Vcc;
IV. Circuito 2 12Vcc;
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 48/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

A Figura 41 deve ser utilizada como referencia, porém o fornecedor deve propor o esquema
elétrico para contemplar a comutação das barras através de reles biestáveis e botoeiras
iluminadas.

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO

Figura 41 - Diagrama unifilar de referência do sistema de corrente contínua.


NT

Conforme plano de face mostrado no item de vistas, o painel TELECOM pode ser equipado com
os seguintes componentes:
CO

a) Rádios ponto a ponto;


b) Terminal Multi Serviço;
O

c) Switches;

d) Ponto de Acesso sem fio para sistema de medição de alimentadores;


e) Estações Base de Radio ponto multi ponto (VHF e Automação da Distribuição);
A

f) Concentradora para aplicações de RD;


PI

g) Servidor de Vídeo;

h) Distribuidor Geral Óptico – DGO.

4.6.2 Rack Fixo 19”

Deve haver um rack fixo com trilhos de furação padrão rack 19”, porcas presilhas e parafusos
para fixação dos equipamentos, preenchendo toda a altura útil disponível na parte frontal do
painel. Neste rack virão fixadas placas com furações para os mini disjuntores de alimentação CC
dos circuitos, bandejas, organizadores de cabos e gaveta para apoio notebook usado para fins
de manutenção local. Este rack deve ficar interno a porta frontal, com afastamento da mesma e
suportar o peso total dos equipamentos que futuramente devem ser instalados (aprox. 05kg por
equipamento e 40kg no total nos casos em plena carga). Considerando que o painel terá uma
dimensão de 80 cm de largura, o vão de 19” do rack deve ser deslocada para a esquerda de
forma a permitir as aberturas para passagem de cabos no lado direito do rack e instalação dos
suportes para organização dos cordões ópticos no lado direito interno do painel. Este
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 49/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

deslocamento não deve comprometer as montagens dos futuros equipamentos, levando-se em


conta a existência da porta frontal.

4.6.3 Componentes Principais

O painel deve ser sempre fornecido sem os equipamentos de telecomunicações, porém


equipado com os seguintes componentes e respectivas quantidades:
a) 2 Barramentos de mini disjuntores por nível de tensão (total de 6 barramentos distintos);
b) 4 Botoeiras iluminadas para seleção dos barramentos de 48Vcc e 12Vcc;
c) 1 relé biestável de 48Vcc;
d) 1 relé biestável de 12Vcc;

8
01
e) 2 contatores para 12Vcc 2NA/2NF 25A;
f) 1 disjuntor de seccionamento de barras de 12Vcc com 2 contatos auxiliares NF;

7/2
g) 2 contatores para 48Vcc 2NA/2NF 25A;

5/0
h) 1 disjuntor de seccionamento de barras de 48Vcc com 2 contatos auxiliares NF;
i) 1 disjuntor 48Vcc para o circuito de comutação de 48Vcc;
-2
j) 1 disjuntor 12Vcc para o circuito de comutação de 12Vcc;
k) 1 disjuntor bipolar 220Vca para circuito de ventilação, tomadas e iluminação;
A
AD

l) 1 Gaveta para apoio de notebook;


m) 3 Organizadores de Cabos;
L

n) 10 Suportes para cabos (cinco na face esquerda e cinco na face direita internas do painel);
RO

o) Mínimo de 7 suportes acomodadores para cordões ópticos na face direita interna do painel,
NT

com diâmetro mínimo de 80mm;


p) 1 Régua de Tomadas AC com seis posições;
CO

q) Suporte porta documentos, em acrílico transparente a ser fixado de forma visível (para
acomodar Licença ANTAEL facilmente visível para a fiscalização);
O

r) 2 Bandejas 2 U;

s) 2 Placas cegas 4 U;
t) 8 Placas cegas 2 U;
A

u) 3 Placas cegas 1 U;
PI

v) Organizador de fibras ópticas;


w) Organizador de cabos.

Os barramentos de mini disjuntores devem ser providos de etiquetas para identificação dos
disjuntores e permitir expansão futura. A régua de tomada CA com terminais padrão para 20A
deve ser preparada para a conexão ao disjuntor específico no quadro CA da subestação.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 50/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.6.4 Tabelas com quantidade de mini disjuntores.

Barramento 1 (125 Vcc)


Função Características Qte
Bipolar,125Vcc, 10A 2
Saídas
Bipolar,125 Vcc, 6 A 2

Barramento 2 (125 Vcc)

8
Função Características Qte

01
Bipolar,125Vcc, 10A 2

7/2
Saídas
Bipolar,125 Vcc, 6 A 2

Barramento 3 (48 Vcc)


5/0
-2
Função Características Qte
A
AD

Bipolar,125Vcc, 16A 1
Saídas Bipolar,125Vcc, 10A 2
L
RO

Bipolar,125 Vcc, 6 A 1
NT

Barramento 4 (48 Vcc)


CO

Função Características Qte


O

Bipolar,125Vcc, 16A 1

Saídas Bipolar,125Vcc, 10A 2


Bipolar,125 Vcc, 6 A 1
A
PI

Barramento 5 (12 Vcc)


Função Características Qte
Bipolar,125Vcc, 16A 1
Saídas Bipolar,125Vcc, 10A 1
Bipolar,125 Vcc, 6 A 2

Barramento 6 (12 Vcc)


Função Características Qte
Bipolar,125Vcc, 16A 1
Saídas Bipolar,125Vcc, 10A 1
Bipolar,125 Vcc, 6 A 2
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 51/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.6.5 Acesso dos Cabos RF

Os cabos vindos do campo devem ter acesso pela base inferior e/ou face superior do painel,
através de prensa-cabos com quantidades e tipos de furos conforme Tabela 5.

Quantidade Quantidade
Local
Tipo 1” Tipo 3/4”
Base inferior 4 20

8
01
Face superior Não se aplica 8

7/2
Tabela 5 - Quantidade de Prensa- Cabos Painel de Telecomunicação

5/0
A disposição dos furos na face superior deve ser de forma que concilie a descida dos cabos no
esteiramento vertical que deve ser fixado no próprio painel – ver desenho abaixo:
-2
A
AD

4.6.6 Vistas
L
RO

As aberturas para passagem de cabos no rack frontal 19” deve ter as bordas protegidas para
não ferir os cabos e cordões ópticos.
NT
CO
O

A
PI

Figura 42 – Detalhe superior de abertura das portas.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 52/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
AD

Figura 43 - Vista superior dos painéis de telecomunicações.


L
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 44 - Painel de Telecomunicações.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 53/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

A Figura 45 mostra detalhes das aberturas para passagens de cabos, suportes internos para
cabos, suportes internos para cordões ópticos e organizadores de cabos.

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

Figura 45 - Vista frontal e cortes do Painel TELECOM.


A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 54/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO

Figura 46 - Plano de Face Orientativo Painel de TELECOM.


O

4.7 Características dos Painéis de CC


A

4.7.1 Descrição
PI

Os painéis de CC devem permitir a distribuição do sistema de corrente contínua de 125 Vcc


instalado na subestação.

Deve dispor de plaqueta frontal metálica com o texto “CC – PAINEL Nº 11”.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 55/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

Vem do Vem do
Retificador 1 Retificador 2

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 47 - Painel de Distribuição de CC – Diagrama Unifilar das entradas.

4.7.2 Componentes Principais

Além dos mini disjuntores de saída (conforme Tabela 6), devem estar previstos componentes
adicionais, a saber:

a) Um medidor de tensão CC analógico com escala que permita medir tensões do barramento
de 125Vcc. Este medidor deve ser instalado na porta frontal, com o leitor voltado para fora;

b) Dois disjuntores motores com acionamento remoto (abertura e fechamento) e contatos de


sinalização, necessários à comutação entre as duas fontes principais, via comando oriundo
de equipamento externo, composto pelos equipamentos abaixo:
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 56/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

 Dois disjuntores bipolares ou tripolares em caixa moldada, 63A, 85kA, tensão nominal
125VCC. Referência: Schneider Eletric, modelos NSX100M-DC-63A, código LV438608,
ou NSX100F-TMD63, código LV429632.
 Dois acessórios de comando motorizado em 125VCC. Referência: Schneider Eletric,
modelo 110/130VCC NSX100/161, código LV429438.
 Dois acessórios de contatos auxiliares NA. Referência: Schneider Eletric, modelo OF,
código 29450.
c) 1 disjuntor bipolar 220Vca para circuito de tomada, aquecimento e iluminação.
d) 2 disjuntores bipolares 125Vcc para o circuito de comando dos disjuntores motores
referenciados no item b acima.

8
01
Os barramentos de mini disjuntores deve ser providos de etiquetas para identificação dos

7/2
disjuntores e permitir expansão futura. A régua de tomada CA com terminais padrão para 20A
deve ser preparada para a conexão ao disjuntor específico no quadro CA da subestação.

4.7.3 Tabelas com quantidade de mini disjuntores


5/0
-2
A
AD

Mini disjuntores do Painel CC - Barramento 1


L

Função Características Curva Quantidade


RO

Bipolar, 16 A, 10 kA C 13
NT

Saídas
Bipolar, 25 A, 10 kA C 12
CO

Geral Bipolar, 80 A, 10 kA C 1
O

Mini disjuntores do Painel CC - Barramento 2


A

Função Características Curva Quantidade


PI

Bipolar, 16 A, 10 kA C 13
Saídas
Bipolar, 25 A, 10 kA C 12
Geral Bipolar, 80 A, 10 kA C 1
Tabela 6 - Quantidade de Mini Disjuntores
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 57/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.7.4 Vistas

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

Figura 48 - Painel de Distribuição de CC – Vista superior



A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 58/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 49 - Painel de Distribuição de CC– Vistas frontal e traseira.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 59/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.8 Características dos Painéis de CA

4.8.1 Descrição

Os painéis de CA devem permitir a distribuição do sistema de corrente alternada e medição de


energia do serviço auxiliar instalado na subestação.
Deve dispor de plaqueta frontal metálica com o texto “CA – PAINEL Nº 10”.

4.8.2 Componentes Principais

Além dos mini disjuntores de saída (conforme tabela em item específico abaixo), devem estar

8
01
previstos componentes adicionais, a saber:

7/2
a) Conjunto de três transformadores de corrente (TC) do tipo janela para conexão ao medidor

5/0
de serviços auxiliares da SE (o medidor não faz parte do fornecimento, deve ser sempre
instalado em campo pela distribuidora). Detalhes dos TCs, conforme subitem 4.8.3;
-2
b) Chave de aferição para desconexão do medidor de serviços auxiliares sem necessidade de
desligar o transformador de serviços auxiliares;
A
AD

c) Um medidor de tensão CA analógico com escala que permita medir tensões do barramento
de 220 Vca a 380 Vca (fase-fase). Este medidor deve ser instalado na porta frontal, com o
L

leitor voltado para fora;


RO

d) Dois relés de subtensão com LED de sinalização frontal (monitoramento das entradas de
NT

CA);
e) Circuito comutador de tensão que permita selecionar a alimentação CA entre dois
CO

transformadores de serviços auxiliares. Esse circuito deve conter os seguintes equipamentos


abaixo:
O

 Chave comutadora de tensão trifásica, isolamento de 1 kV e corrente nominal de 250 A.


Referência: Schneider Eletric, modelo LC2D150 (contatores reversores) e LA9 D


115603/604. Deve ser previsto 2 contatos auxiliares NA para indicar qual transformador
A

de serviços auxiliares está em operação.


PI

 Dois botões de comando iluminados com plaquetas de identificação;


 Um relé auxiliar biestável com pelo menos 8 contatos (4NA+4NF).

O circuito interno da chave comutadora de tensão está representado na Figura 50.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 60/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 50 - Painel de Distribuição de CA – Circuito de potência e comando da comutadora de tensão.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 61/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

Os barramentos de mini disjuntores devem ser providos de etiquetas para identificação dos
disjuntores e permitir expansão futura. A régua de tomada CA com terminais padrão para 20 A
deve ser preparada para a conexão ao disjuntor específico no quadro CA da subestação.

4.8.3 TCs de Medição

Devem ser fornecidos TCs de janela conectados aos cabos de entrada geral dos painéis de CA,
esses TCs devem ser utilizados para medição indireta do consumo de energia da SE e devem
possuir as seguintes características:
a) Relação: 100-5A;
b) Exatidão: 1,0C2,5;

8
01
c) Fator Térmico: 1,2;
d) Isolamento de tensão: 1kV.

7/2
5/0
Referencia: Arteche IFG-5 100-5A 1,0C7,5 VA ou SCHNEIDER METSECT5CC010.
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A

Figura 51 - TC de Medição.
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 62/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.8.4 Tabelas com Quantidade de Mini Disjuntores

Mini disjuntores do Painel CA


Função Características Curva Quantidade
Monopolar, 16 A, 10 kA C 8
Bipolar, 25 A, 10 kA, com contatos C 10
Bipolar, 16 A, 10 kA, com contatos C 10

8
Bipolar, 10 A, 10 kA, com contatos C 8

01
Saídas Bipolar, 06 A, 10 kA C 2

7/2
Bipolar, 02 A, 10 kA C 5

5/0
Tripolar, 40 A, 10 kA, com contatos -2 C 2
Tripolar, 25 A, 10 kA, com contatos C 5
A
AD

Tripolar, 04 A, 10 kA, com contatos C 1


L

Geral Tripolar, 150 A, 10 kA com contatos C 1


RO

Tabela 7 - Quantidade de Mini Disjuntor Painel de CA.


NT
CO
O

A
PI

TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 63/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.8.5 Vistas

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 52 - Painel de Distribuição de CA – Vistas frontal e traseira.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 64/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO

Figura 53 - Painel de Distribuição de CA – Vista superior.


NT
CO

4.9 Características dos Painéis de CA/CC e Retificador para Eletrocentro


O

4.9.1 Descrição
A

Os painéis de CA/CC e Retificador devem permitir a distribuição do sistema de corrente contínua


PI

de 125 Vcc, sistema de corrente alternada e medição de energia do serviço auxiliar instalado na

subestação.

Deve dispor de plaqueta frontal metálica com o texto “CA/CC e Retificador – PAINEL Nº 01”.

Este painel não possui portas frontal e traseira, então o fabricante deve instalar na parte frontal
uma proteção de acrílico ou policarbonato para evitar acesso direto aos equipamentos internos.

4.9.2 Componentes Principais

Além dos mini disjuntores de saída (conforme tabela em item específico abaixo), devem estar
previstos componentes adicionais, a saber:
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 65/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

Distribuição CA:
a) Conjunto de três transformadores de corrente (TC) do tipo janela para conexão ao medidor
de serviços auxiliares da SE (o medidor não faz parte do fornecimento, deve ser sempre
instalado em campo pela distribuidora). Detalhes dos TCs em subitem 4.9.3;
b) Chave de aferição para desconexão do medidor de serviços auxiliares sem necessidade de
desligar o transformador de serviços auxiliares;
c) Dois relés de subtensão com LED de sinalização frontal (monitoramento das entradas de
CA).

Os barramentos de mini disjuntores deve ser providos de etiquetas para identificação dos
disjuntores e permitir expansão futura. A régua de tomada CA com terminais padrão para 20A

8
01
deve ser preparada para a conexão ao disjuntor específico no quadro CA da subestação.

7/2
4.9.3 TCs de Medição

5/0
Devem ser fornecidos TCs de janela conectados aos cabos de entrada geral dos painéis de CA,
-2
esses TCs devem ser utilizados para medição indireta do consumo de energia da SE e devem
possuir as seguintes características:
A
AD

a) Relação: 100-5A;
b) Exatidão: 1,0C2,5;
L

c) Fator Térmico: 1,2;


RO

d) Isolamento de tensão: 1kV.


NT

Referencia: Arteche IFG-5 100-5A 1,0C7,5 VA ou SCHNEIDER METSECT5CC010.


CO
O

A
PI

Figura 54 - TC de Medição.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 66/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.9.4 Tabelas com quantidade de mini disjuntores

Mini disjuntores da distribuição CC


Função Características Curva Quantidade
Saídas Bipolar, 25 A, 10 kA C 10
Geral Bipolar, 80 A, 10 kA C 1
Tabela 8 - Quantidade de Mini Disjuntor da distribuição CC

8
01
7/2
Mini disjuntores da distribuição CA

5/0
Função Características Curva Quantidade
Monopolar, 25 A, 10 kA
-2 C 8
Tripolar, 25 A, 10 kA, com contatos C 2
A

Saídas
AD

Tripolar, 40 A, 10 kA, com contatos C 1


L

Tripolar, 150 A, 10 kA com contatos C 1


RO

Geral Tripolar, 150 A, 10 kA com contatos C 1


NT

Tabela 9 - Quantidade de Mini Disjuntor da distribuição CA


CO
O

4.9.5 Retificador

Deve ser fornecido um retificador chaveado de 125Vcc/32A, com conversores, inversores,


A
PI

compatível com o espaço no painel e em conformidade o documento ESP.DISTRIBU-ENGE-


0042 - Especificação Técnica de Retificadores, pela contratada.


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 67/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

4.9.6 Vistas

8
01
7/2
5/0
-2
A
L AD
RO
NT
CO
O

A
PI

Figura 55 - Vista frontal, lateral e frontal sem porta do painel CA/CC e Retificador para eletrocentro.

4.10 Identificação

Os painéis devem ter uma placa de identificação em aço inoxidável, instalada em posição bem
visível, com as informações relacionadas a seguir, gravadas de maneira indelével.

a) Número e item do Pedido de Compra da empresa contratante;


TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 68/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

b) Fabricante, tipo, modelo, número de série;


c) Ano e mês de fabricação;
d) Nome da distribuidora;
e) Peso bruto e liquido;
f) O número do código/patrimônio de equipamento (que é fornecido, pela empresa contratante,
durante a fase de aprovação dos desenhos);
g) Tensões utilizadas.

4.11 Ensaios e Testes

8
01
Para efeito de validação técnica do painel, deve ser realizada inspeção de qualidade e testes
funcionais com possibilidade de instalação de todos os equipamentos e simulação de todos os

7/2
estados e atuações, da maneira mais próxima à realidade que as condições técnicas permitirem.

5/0
(não se aplica para o painel de telecomunicações)
-2
A contratada deve prover a estrutura necessária, incluindo presença de técnico, para realização
A
AD

dos ensaios na presença dos inspetores da distribuidora em suas instalações.


L

Em caso de divergência entre os projetos enviados e as fiações executadas que impeçam o


RO

andamento normal dos testes, obrigando a uma nova visita dos inspetores, a contratada deve
NT

arcar com todas as despesas de transporte e hospedagem para até dois técnicos indicados pelo
grupo Neoenergia.
CO

4.11.1 Ensaios de tipo (primeira unidade fornecida)


O

a) Proteção eletromagnética, IEC 61853-3;


b) Grau de proteção, NBR IEC60529 - Graus de proteção para invólucros de equipamentos
A

elétricos (código IP);


PI

c) Aderência de pintura;

d) Resistencia a esforço das dobradiças (pode-se utilizar relatórios dos fornecedores


primários).

4.11.2 Ensaios de rotina (demais unidades fornecidas)

a) Espessura pintura (5 medições por painel – 80 µm mínimo e média de 120 µm);


b) Ensaio de tensão aplicada (2 kV, 1 min), conforme NBR 6881 e NBR 9146;
c) Ensaios funcionais (quando aplicável);

4.11.3 Relatório de Ensaios

O fabricante deve fornecer os relatórios com as seguintes informações:

a) Data e local dos ensaios;


b) Nome da empresa contratante e número e item do Processo de Compra;
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 69/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

c) Nome do Fabricante e número de série do equipamento;


d) Número do código/Patrimônio do equipamento (fornecido pela empresa contratante na
ocasião da análise dos desenhos).

4.12 Exigências Adicionais

Além das exigências contidas na Norma NOR.DISTRIBU-ENGE-0001- Condições Técnicas


Gerais de Fornecimento de Materiais, onde estão definidas as exigências básicas da empresa
contratante, relativas à apresentação de proposta técnica, inspeção, desenhos, embalagem,
documentação, garantia e outras condições para o fornecimento, são consideradas como
adicionais os itens a seguir:

8
01
4.12.1 Documentação

7/2
5/0
O fornecedor deve fornecer toda a documentação de projeto em mídia eletrônica e copias em
papel, dispostas nos porta-documentos. -2
4.12.2 Desenhos
A
AD

Independentemente dos desenhos apresentados com a proposta, o Fornecedor deve submeter


L

à aprovação da Neoenergia, no prazo máximo de 30 (trinta) dias da aceitação do Processo de


RO

Aquisição, uma cópia em mídia eletrônica (pdf e dwg), e uma cópia em papel, formato A3 e/ou
NT

A4, de cada um dos desenhos a seguir relacionados:


CO

a) Lista de Desenhos;
b) PIT - Plano de inspeção e teste.
O

Os critérios para apresentação e aprovação dos desenhos estão definidos na Norma


NOR.DISTRIBU-ENGE-0001- Condições Técnicas Gerais de Fornecimento de Materiais
A
PI

Após a conclusão do processo de aprovação dos desenhos executivos, o fornecedor deve


disponibilizar sem custos adicionais todo o projeto (funcionais, fiação, listas de


identificadores/plaquetas, mecânicos e listas de materiais detalhada) em formato eletrônico
editável CAD (*.dwg ou *.dxf) à Neoenergia.

4.12.3 Embalagem

Devem ser seguidas as exigências básicas da distribuidora contratante, definidas na Norma


NOR.DISTRIBU-ENGE-0001- Condições Técnicas Gerais de Fornecimento de Materiais.

5 REFERÊNCIAS

Os seguintes documentos devem ser considerados para detalhamento dos sistemas:

a) NOR.DISTRIBU-ENGE-0001- Condições Técnicas Gerais de Fornecimento de Materiais;


b) ESP.DISTRIBU-ENGE-0035 - Especificação Técnica de IEDs de Proteção e Controle;
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 70/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

c) ESP.DISTRIBU-ENGE-0038 - Especificação Técnica de Switch 61850;


d) ESP.DISTRIBU-ENGE-0039 - Especificação Técnica de Servidor de Portas Seriais;
e) ESP.DISTRIBU-ENGE-0040 - Especificação Técnica de GPS;
f) ESP.DISTRIBU-ENGE-0037 - Especificação Técnica de Computador Industrial;
g) ESP.DISTRIBU-ENGE-0033 - Especificação de Medidores Eletrônicos Grupo A;
h) ESP.DISTRIBU-ENGE-0034 - Sistema de Automação de Subestação – SAS;
i) ESP.DISTRIBU-ENGE-0045 - Projetos de Engenharia Automação Proteção e Controle;
j) ESP.DISTRIBU-ENGE-0046 - Arquitetura de Comunicações Internas às Subestações;

O projeto, a fabricação e os ensaios dos equipamentos, objeto desta norma, devem obedecer às
últimas revisões das normas aplicáveis da Associação Brasil eira de Normas Técnicas – ABNT,

8
01
da International Electrotechnical Commission - IEC e em especial as normas a seguir
relacionadas:

7/2
5/0
a) NBR 5175 - Código numérico das funções dos dispositivos de manobra, controle e proteção
de sistemas de potência; -2
b) NBR 5180 - Instrumentos elétricos indicadores;
c) NBR 5370 - Conectores de cobre para condutores elétricos em sistemas de potencial. NBR
A
AD

5410 – Instalações elétricas de baixa tensão;


d) NBR 6509 - Instrumentos elétricos e eletrônicos de medição;
L

e) NBR 6881 - Fios e cabos elétricos de potência ou controle - Ensaio de tensão elétrica NBR
RO

8123 - Instrumentos elétricos registradores;


NT

f) NBR 8755 - Sistemas de revestimentos protetores para painéis elétricos;


g) NBR 9146 - Cabos ópticos, fios e cabos telefônicos- Ensaio de tensão elétrica aplicada;
CO

h) NBRIEC 60439 -1 - Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão – Parte 1 Conjuntos


com ensaio de tipo totalmente testados (TTA) e conjunto com ensaio de tipo parcialmente
O

testado (PTTA);

i) NBRIEC 60529 - Graus de proteção para invólucros de equipamentos elétricos (código IP);
j) IEC 60068-2-1 Ed. 6.0 b: 2007 - Environmental testing - Part 2-1: Tests - Test A: Cold;
A

k) IEC 60068-2-2 Ed. 5.0 b: 2007 - Environmental testing - Part 2-2: Tests - Test B: Dry heat;
PI

l) IEC 60068-2-5 Ed. 1.0 b:1975 - Environmental testing - Part 2: Tests. Test Sa: Simulated

solar radiation at ground level;


m) IEC 60068-2-30 Ed. 3.0 b: 2005 - Environmental testing - Part 2-30: Tests - Test Db: Damp
heat, cyclic (12 h + 12 h cycle)";
n) IEC 60068-2-6 Ed. 7.0 b: 2007 - Environmental testing - Part 2-6: Tests - Test Fc: Vibration
(sinusoidal);
o) IEC 60068-2-57 Ed. 2.0 b: 1999 - Environmental testing - Part 2-57: Tests - Test Ff: Vibration
- Time-history method;
p) IEC 61853-3, Power and energy rating of photovoltaic (PV) modules – Energy Rating (WG 2)
WG 3.SYSTEMS;
q) IEC 61969-3 Ed. 1.0 b: 2001, Mechanical structures for electronic equipment - Outdoor
enclosures - Part 3: Sectional specification - Climatic, mechanical tests and safety aspects
for cabinets and cases (Paperback);
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 71/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

6 ANEXOS

ANEXO I. CÓDIGOS DE MATERIAL PADRONIZADOS

a) GERAIS (código único por aplicação):

DESCRIÇÃO CÓDIGO
PAINEL SERVIÇOS AUXILIARES CA (ALTERNADA)

8
01
PAINEL SERVIÇOS AUXILIARES CORRENTE ALTERNADA DIMENSÕES:

7/2
2350x800x800mm(AxLxP); TIPO:AUTO-SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: ACO
CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRATAMENTO ANTICORROSIVO;

5/0
COMUTAÇÃO DE ENTRADA; 2 x TOMADAS; 2 x LAMPADAS; TERMOSTATOS; 1215053
PREPARAÇÃO PARA INSTALAÇÃO DE MEDIDOR DE SERVIÇO AUXILIAR
-2
CAPACIDADE DE INTERRUPÇÃO: 10KA ~ 440Vca; 48 SAIDAS COM
A

CAPACIDADES DIVERSAS.
AD

ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.


L

PAINEL SERVIÇOS AUXILIARES CC (CONTINUA)


RO

PAINEL SERVIÇOS AUXILIARES CORRENTE CONTÍNUA DIMENSÕES:


NT

2350x800x800mm(AxLxP); TIPO:AUTO-SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: ACO


CO

CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT. ANTICORROSIVO; 2


BARRAMENTOS INDEPENDENTES; 2xTOMADAS; 2x LAMPADAS; 1215054
TERMOSTATOS; INCLUI MEDIDOR MULTIFUNÇÃO COM DISPLAY INDICADOR
O

DE TENSÃO CAPACIDADE DE INTERRUPÇÃO: 10KA ~ 125Vcc; 26 SAIDAS


COM CAPACIDADES DIVERSAS POR BARRAMENTO (52 AO TOTAL).
A

ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.


PI

PAINEL MODULAR TELECOM SUBESTAÇÃO


PAINEL MODULAR TELECOM SUBESTAÇÃO DIMENSÕES: 2350x800x800mm


(AxLxP); TIPO:AUTO-SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: ACO CARBONO;
PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT. ANTICORROSIVO; PORTA COM VISOR DE
ACRILICO; 6xTOMADAS; 2x LAMPADAS; TERMOSTATOS; INCLUI BANDEJA 1215048
DESLIZANTE PARA APOIO DE NOTEBOOK E ORGANIZADORES RACK FIXO 19",
PDU E ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE: 3xRADIOS; 1Xmodulo
MULTISERVIÇO; 1xSWITCH INDUSTRIAL; 2xDGO;1xSDS (TERMINAL SERVER)
;2xGATEWAY/IHM.
ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 72/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

PAINEL MODULAR MEDIÇÃO SUBESTAÇÃO

DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54;


MATERIAL: AÇO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.
ANTICORROSIVO; PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 3x TOMADAS; 2x
LAMPADAS; TERMOSTATOS; PREPARAÇÃO PARA INSTALAÇÃO DE 1215065
12XMEDIDORES POLIFASICOS 4QD, MINI DISJ. E ACESSORIOS PARA
INSTALAÇÃO DE: 2xSWITCHES INDUSTRIAIS; APLICACAO: SMF E MEDIÇÃO
DOS ALIMENTADORES DE SUBESTAÇÕES PRÓPRIAS.
NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001 ESP.DISTRIBU-ENGE-0036

8
01
7/2
b) PAINEIS PROTEÇÃO E CONTROLE SEM EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS PRINCIPAIS:

5/0
DESCRIÇÃO -2 CÓDIGO
PAINEL MODULAR SCADA SUBESTAÇÃO IEC61850
A
AD

PAINEL MODULAR SCADA SUBESTAÇÃO IEC61850 DIMENSÕES:


2350x800x800mm (AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: ACO
L

CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO;PORTA COM


RO

VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; 2x LAMPADAS; TERMOSTATOS; INCLUI 1215049


NT

CONSOLE KVM COM LCD RETRÁTIL; SENSOR TEMPERATURA PT-100OHM


RACK FIXO 19", MINI DISJUNTORES E ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE:
CO

1xSERVIDOR DE TEMPO GPS; 2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 2xIEDs SSAA;


1xSDS (TERMINAL SERVER) ; 2xGATEWAY/IHM.
O

ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.


PAINEL MODULAR LINHA SUBESTAÇÃO IEC61850


A
PI

PAINEL MODULAR LINHA SUBESTAÇÃO IEC61850. DIMENSÕES:


2350x800x800mm (AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: ACO

CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT. ANTICORROSIVO; PORTA COM 1215050


VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; 2xLAMPADAS; TERMOSTATOS; RACK
BASCULANTE 19", MINI DISJ. E ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE:
2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 4xIEDs DISTANCIA DE LINHA.
ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 73/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

PAINEL MODULAR TRAFO SUBESTAÇÃO IEC61850

PAINEL MODULAR TRAFOM SUBESTAÇÃO IEC61850 DIMENSÕES:


2350x800x800mm(AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54;MATERIAL: ACO
CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT. ANTICORROSIVO; PORTA COM
VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; 2x LAMPADAS; TERMOSTATOS; RACK 1215051
BASCULANTE 19", MINI DISJ. E ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE:
2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 2xIEDs MULTIFUNÇÃO; 1xIED DIF. TRAFO;
1xMEDIDOR IEC61850 COM GRAVAÇÃO DE OSCILOGRAFIAS.
ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.

8
PAINEL MODUL. ALIMENTADOR SUBESTAÇÃO IEC61850

01
7/2
PAINEL MODULAR TRAFO SUBESTAÇÃO IEC61850 DIMENSÕES:
2350x800x800mm(AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE;IP:54; MATERIAL: ACO

5/0
CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO; PORTA COM 1215052
-2
VISOR DE ACRILICO;2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;TERMOSTATOS; RACK
BASCULANTE 19",MINI DISJ. E ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE:
A

2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 4xIEDs MULTIFUNÇÃO.


AD

ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.


L

PAINEL MODULAR LINHAS/TRAFO ELETROCENTRO


RO
NT

PAINEL MODULAR DE LINHAS/TRAFO PARA ELETROCENTRO; UTILIZADO EM


SUBESTACAO IEC61850. DIMENSÕES: 2350x800x800mm (AxLxP); TIPO:AUTO-
CO

SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: 1215067


TRAT. ANTICORROSIVO; PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; ou
O

2xLAMPADAS LED; TERMOSTATOS; RACK BASCULANTE 19", MINI DISJ. E 35809


ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE: 2xSWITCHES INDUSTRIAIS;


1xIEDs MULTIFUNÇÃO; 1xIED DIF. TRAFO; 1xIED DISTANCIA DE LINHA;
A

1xMEDIDOR IEC61850 COM GRAVAÇÃO DE OSCILOGRAFIAS.


PI

ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.


PAINEL MODULAR ALIMENTADOR ELETROCENTRO

PAINEL MODULAR DE ALIMENTADOR PARA ELETROCENTRO; UTILIZADO EM


SUBESTACAO IEC61850. DIMENSÕES: 2350x800x800mm (AxLxP); TIPO: AUTO-
SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL:ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: 1215068
TRAT. ANTICORROSIVO; PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; ou
2xLAMPADAS; TERMOSTATOS; RACK BASCULANTE 19", MINI DISJ. E 35810
ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE: 2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 5xIEDs
MULTIFUNÇÃO.
ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 74/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

PAINEL SERV AUX CA/CC E RET ELETROCENTRO

PAINEL DE SERVIÇOS AUXILIARES CA, CC E RETIFICAÇÃO PARA


ELETROCENTRO; UTILIZADO EM SUBESTACAO IEC61850. DIMENSÕES:
2350x800x800mm (AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: ACO
CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRATAMENTO ANTICORROSIVO;
3xTC’S; 2xTOMADAS; 2xLAMPADAS LED; TERMOSTATOS; PLACAS FRONTAIS 1215069
DE ENCAIXE PARA SEPARAÇÃO DA PARTE ATIVA E REMOVÍVEIS PARA ou
ACESSO INTERNO AO PAINEL; PREPARADO PARA INSTALAÇÃO DE MEDIDOR 35811
MULTIFUNÇÃO DE SERVIÇOS AUXILIARES COM LIGAÇÃO INDIRETA. PREVER
ESPAÇO DE 13U PARA INSTALAÇÃO DE RETIFICADOR MODULAR 19”. INCLUIR

8
01
11 SAIDAS CA DE CAPACIDADES DIVERSAS E UM GERAL DE 150A. INCLUIR 10

7/2
SAIDAS CC DE 25A E UM GERAL DE 80A.
ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.

5/0
PAINEL MODULAR MEDIÇÃO ELETROCENTRO -2
PAINEL MODULAR DE MEDIÇÃO PARA ELETROCENTRO; UTILIZADO EM
A

SUBESTACAO IEC61850. DIMENSÕES: 2350x800x800mm (AxLxP); TIPO: AUTO-


AD

SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: AÇO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: 1215070


L

TRAT. ANTICORROSIVO; PORTA COM VISOR DE ACRILICO; RACK ou


RO

BASCULANTE 19"; 2x TOMADAS; 2x LAMPADAS; TERMOSTATOS; 35808


PREPARAÇÃO PARA INSTALAÇÃO DE 5xMEDIDORES POLIFASICOS 4QD; MINI
NT

DISJ. E ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE: 2xSWITCHES INDUSTRIAIS;


CO

APLICACAO: MEDIÇÃO DOS ALIMENTADORES.


ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.
O

PAINEL MODULAR SCADA/TELECOM ELETROCENTRO


PAINEL MODULAR DE SCADA/TELECOM PARA ELETROCENTRO; UTILIZADO


A

EM SUBESTACAO IEC61850. DIMENSÕES: 2350x800x800mm (AxLxP); TIPO:


PI

AUTO-SUPORTANTE; IP:54; MATERIAL: ACO CARBONO; PROTECAO


SUPERFICIAL: TRAT. ANTICORROSIVO; PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 1215066


RACK BASCULANTE 19", 2xTOMADAS; 2xLAMPADAS LED; TERMOSTATOS; ou
INCLUI BANDEJA DESLIZANTE PARA APOIO DE TECLADO/ MOUSE; MONITOR 35807
LCD 19”; BARRAMENTOS PARA 125VCC, 48VCC E 12VCC; MINI DISJUNTORES
E ACESSORIOS PARA INSTALAÇÃO DE: 1xRADIO/VSAT; 1xMODULO
MULTISERVIÇO; 1xSERVIDOR DE TEMPO (GPS); 1xSWITCH INDUSTRIAL;
1xGATEWAY; 1xIED MULTIFUNÇÃO.
ESPECIFICACAO: NOR-DISTRIBU-ENGE-0001; ESP.DISTRIBU-ENGE-0036.
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 75/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

c) PAINEIS PROTEÇÃO E CONTROLE COM EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS PRINCIPAIS:

DESCRIÇÃO CÓDIGO
PAINEL MODULAR SCADA SE C/ EQUIPAMENTOS

PAINEL MODULAR SCADA SUBESTAÇÃO IEC61850 (COM EQUIPAMENTOS)


DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
MATERIAL:ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO;

8
PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;TERMOSTATOS; 1215059

01
INCLUI CONSOLE KVM COM LCD RETRÁTIL; SENSOR TEMPERATURAPT-

7/2
100OHM RACK FIXO 19", MINI DISJUNTORES, 2xGATEWAY/IHM; 1xSDS (TS);
1xSERVIDOR DE TEMPO GPS; 2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 2xIEDs SSAA.

5/0
NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001 ESP.DISTRIBU-ENGE-0036
-2
PAINEL MODULAR LINHA SE C/ EQUIPAMENTOS 1IED
A
AD

PAINEL MODULAR LINHA SUBESTAÇÃO IEC61850 (COM EQUIPAMENTOS-1IED) 1215060


DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
L

MATERIAL: ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO;


RO

PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;TERMOSTATOS;


NT

RACK BASCULANTE 19", MINI DISJ., 2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 1xIEDs


DISTANCIA DE LINHA.
CO

NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


PAINEL MODULAR LINHA SE C/ EQUIPAMENTOS 2IED
O

PAINEL MODULAR LINHA SUBESTAÇÃO IEC61850 (COM EQUIPAMENTOS-2IED)


DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
A
PI

MATERIAL: ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO; 1215061


PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;TERMOSTATOS;


RACK BASCULANTE 19", MINI DISJ., 2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 2xIEDs
DISTANCIA DE LINHA.
NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036
PAINEL MODULAR LINHA SE C/ EQUIPAMENTOS 3IED

PAINEL MODULAR LINHA SUBESTAÇÃO IEC61850(COM EQUIPAMENTOS-3IED)


DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
MATERIAL:ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO; 1215062
PORTA COM VISOR DE ACRILICO;2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;TERMOSTATOS;
RACK BASCULANTE 19", MINI DISJ. 2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 3xIEDs
DISTANCIA DE LINHA.
NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 76/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

PAINEL MODULAR LINHA SE C/ EQUIPAMENTOS 4IED

PAINEL MODULAR LINHA SUBESTAÇÃO IEC61850 (COM EQUIPAMENTOS-4IED)


DIMENSÕES: 2350x800x800mm (AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
MATERIAL: ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO; 1215063
PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;
TERMOSTATOS; RACK BASCULANTE 19", MINI DISJ., 2xSWITCHES
INDUSTRIAIS; 4xIEDs DISTANCIA DE LINHA.
NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036
PAINEL MODULAR TRAFO SE C/ EQUIPAMENTOS

8
01
PAINEL MODULAR TRAFO SUBESTAÇÃO IEC61850 (COM EQUIPAMENTOS)

7/2
DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO:AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
MATERIAL: ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO; 1215064

5/0
PORTA COM VISOR DE ACRILICO;2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;TERMOSTATOS;
RACK BASCULANTE 19";MINI DISJS; MEDIDOR IEC61850 E QUALIMETRIA;
-2
2xSWITCHES INDUSTRIAIS; 2xIEDs MULTIFUNÇÃO; 1xIED DIF. TRAFO.
A

NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


AD

PAINEL MODUL. ALIMEN. SE C/ EQUIPAMENTOS 1IED


L
RO

PAINEL MODULAR TRAFO SUBESTAÇÃO IEC61850(COM EQUIPAMENTOS-


1IED) DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO:AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
NT

MATERIAL:ACO CARBONO;PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT. ANTICORROSIVO; 1215058


PORTA COM VISOR DE ACRILICO;2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;TERMOSTATOS;
CO

RACK BASCULANTE 19"; MINI DISJUNTORES; 2xSWITCHES INDUSTRIAIS;


1xIEDs MULTIFUNÇÃO.
O

NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


PAINEL MODUL. ALIMEN. SE C/ EQUIPAMENTOS 2IED


A
PI

PAINEL MODULAR TRAFO SUBESTAÇÃO IEC61850(COM EQUIPAMENTOS-


2IED) DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO:AUTO-SUPORTANTE; IP:54;


MATERIAL:ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT. ANTICORROSIVO; 1215057
PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS;2x LAMPADAS;TERMOSTATOS;
RACK BASCULANTE 19"; MINI DISJUNTORES; 2xSWITCHES INDUSTRIAIS;
2xIEDs MULTIFUNÇÃO.
NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036
PAINEL MODUL. ALIMEN. SE C/ EQUIPAMENTOS 3IED

PAINEL MODULAR TRAFO SUBESTAÇÃO IEC61850(COM EQUIPAMENTOS-


3IED) DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO:AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
MATERIAL:ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO; 1215055
PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS; 2x LAMPADAS;TERMOSTATOS;
RACK BASCULANTE 19"; MINI DISJUNTORES; 2xSWITCHES INDUSTRIAIS;
3xIEDs MULTIFUNÇÃO.
NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 77/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

PAINEL MODUL. ALIMEN. SE C/ EQUIPAMENTOS 4IED

PAINEL MODULAR TRAFO SUBESTAÇÃO IEC61850(COM EQUIPAMENTOS-


4IED) DIMENSÕES: 2350x800x800mm(AxLxP); TIPO: AUTO-SUPORTANTE; IP:54;
MATERIAL: ACO CARBONO; PROTECAO SUPERFICIAL: TRAT.ANTICORROSIVO; 1215056
PORTA COM VISOR DE ACRILICO; 2xTOMADAS;2x LAMPADAS;TERMOSTATOS;
RACK BASCULANTE 19"; MINI DISJUNTORES; 2xSWITCHES INDUSTRIAIS;
4xIEDs MULTIFUNÇÃO.
NORMAS: NOR.DISTRIBU-ENGE-0001, ESP.DISTRIBU-ENGE-0036

8
01
7/2
ANEXO II. REFERÊNCIA DE ESQUEMA ELETRICO DO SISTEMA CC

5/0
-2
https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.php?cd
document=2224&nmfile=Sistema+de+CC+Base.pdf
A
LAD
RO

ANEXO III. VISTA PADRÃO DE PAINÉIS DE SUBESTAÇÃO


NT

https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.php?cd
CO

document=2225&nmfile=Vista+Padr%E3o+de+Arm%E1rios+de+Subesta%E7%E3o_%2827
SET17%29.pdf
O

A
PI

ANEXO IV. ESQUEMAS ELETRICOS DE REFERÊNCIA

Os documentos relacionados abaixo devem servir apenas como referencia, o projeto final deve
ser conforme projeto executivo. Para cotação, em caso de divergência, entre a especificação
técnica e os projetos abaixo, prevalece sempre à especificação técnica.

a) Painel de Alimentador

https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p
hp?cddocument=2235&nmfile=E3_17_021_ALIM6-SEL_R1.pdf

b) Painel de Banco de Capacitor

https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p
hp?cddocument=2236&nmfile=E3_17_021_BANCO9-SEL_R1.pdf
TÍTULO: CÓDIGO:

Especificação Técnica de ESP.DISTRIBU-ENGE-0036


Painéis de Subestação REV.: Nº PÁG.:

05 78/78
APROVADOR: DATA DE APROVAÇÃO:

ALDO BEZERRA CAVALCANTI NETO 25/07/2018

c) Painel de Linhas

https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p
hp?cddocument=2237&nmfile=E3_17_021_LINHA1-SEL_R2.pdf

d) Painel de CA

https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p
hp?cddocument=2238&nmfile=E3_17_021_QDCA-380_R5.pdf

e) Painel de CC

8
01
https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p

7/2
hp?cddocument=2239&nmfile=E3_17_021_QDCC_R3.pdf

f) Painel SCADA
5/0
-2
https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p
A
AD

hp?cddocument=2240&nmfile=E3_17_021_SCADA_R2.pdf
L

g) Painel de TELECOM
RO
NT

https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p
hp?cddocument=2241&nmfile=E3_17_021_TELECOM_R3.pdf
CO

h) Painel de Trafo
O

https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p
hp?cddocument=2242&nmfile=E3_17_021_TRAFO1-SEL_R1.pdf
A
PI

i) Painel de Medição

https://sgn.neoenergia.com/se/document/dc_view_document/api_view_document.p
hp?cddocument=2402&nmfile=14+-+Medi%E7%E3o+-+Arm%E1rio+N%BA+14.pdf

Você também pode gostar