Você está na página 1de 2

Ilustríssimo Senhor Delegado da Receita Federal da Unidade de... Estado de...

NOME, qualificação, vêm, tempestivamente, à presença de Vossa Senhoria, por


intermédio de seu advogado abaixo assinado (procuração anexa), apresentar
RESPOSTA AO TERMO DE INTIMAÇÃO FISCAL nº..., com fundamento no
Artigo 835 do Decreto 3.000/1999 – Regulamento do Imposto de Renda (RIR/99)
Artigos, pelas razões de fato e direito abaixo aduzidas:

1. DOS FATOS

Narrar os fatos.

2. DO DIREITO

2.1 DO PROCEDIMENTO INSTAURADO

Compete a União realizar o trabalho de tributação, administração, fiscalização,


arrecadação e cobrança do Imposto sobre a Renda e Proventos de Qualquer natureza,
com base no Artigo 153, inciso III da Constituição Federal.

Tais prerrogativas são realizadas atualmente pela Secretaria da Receita Federal do


Brasil (SRFB) que controlam todos os tributos de competência constitucional da União,
cabendo assim a essa secretaria vinculada ao Ministério da Fazenda todo o trâmite
administrativo concernente em matéria tributária federal.

Assim tal procedimento encontra seu escopo no Decreto 3.000/1999 em seus Artigos
835 e 928 que regulam a fiscalização do Imposto de Renda e Proventos de Qualquer
Natureza, podendo assim expedir intimações visando colher documentação necessária e
esclarecimentos dos contribuintes a fim de instruir os procedimentos administrativos
instaurados.

Tal procedimento instaurado em face da contribuinte visa apurar a veracidade das


despesas médicas efetuadas e lançadas na DIRPF Exercício... Ano Calendário...

2.2 DA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS NA DIRPF

Descrever todo o direito do contribuinte intimado pela malha fiscal, indicando os


Artigos da Legislação Apropriada do Tributo administrativo pelo ente tributante, entre
outras fontes do direito (se necessário), bem como a documentação que comprova o
direito do contribuinte.

3. DOS PEDIDOS

Diante dos fatos e documentos cristalinos, vêm com máxima vênia, requer a Vossa
Senhoria, o recebimento e processamento da presente resposta, sendo restituída a
quantia de R$..., devidamente corrigida pela taxa SELIC – Sistema Especial de
Liquidação e Custódia, a partir do primeiro dia do mês subseqüente ao previsto para a
entrega tempestiva da declaração de rendimentos até o mês anterior ao da liberação da
restituição, e de um por cento no mês em que o recurso for colocado no banco à
disposição do contribuinte, nos termos do Artigo 89, Parágrafo Único do Decreto
3.000/1999, por ser medida de inteira justiça.

Nestes termos,

Aguarda deferimento.