Você está na página 1de 7

Sertão carioca por ser distante – sertanejos – lembrança das origens

• Para redução de impacto ambiental: Utilizarem embalagens sustentáveis e/ou doarem


material de descarte para reciclagem ou reuso e, oferecerem o óleo utilizado durante o evento
para o descarte adequado.

Os chamados ecoprodutos são os artigos, de origem artesanal ou industrial,


que possuem características não poluentes, que trazem, assim, benefícios
ao meio ambiente e à saúde dos seres vivos, contribuindo para o
desenvolvimento sustentável!
Quando o assunto é construção de estandes para eventos, a necessidade de
optar pelo uso de materiais sustentáveis tem se tornado cada vez maior.
Nos últimos anos, este assunto ganhou grande relevância, fazendo a
diferença.

Uma empresa que opta por estandes verdes acaba chamando a atenção do
mercado positivamente, valorizando, assim, sua marca – ao mesmo tempo
em que contribui para a preservação do meio ambiente.

•  Ecomosaico: Revestimento de paredes feito de material reciclado,


gerando economia e reuso da água na sua produção, gestão de
resíduos.
• Vidros: Por ser composto de material não poroso e transparente,
proporciona uma iluminação natural e pode ser reutilizado várias
vezes para a mesma finalidade.
• Película opaca para privacidade: Esta película visa a melhora do
desempenho em controle solar, segurança e decoração. Ela rejeita
até 79% da energia solar incidente no vidro, melhorando o conforto
térmico do ambiente, e bloqueiam também 99% dos raios
ultravioleta, minimizando o desbotamento de objetos expostos ao sol.
• Tecidos Green Screen: Próprios para proteção solar, isentos de
PVC e COVs, reduzem a entrada de calor e evitam a luminosidade
excessiva.
• Forro e painéis de ecoplaca: São placas planas impermeáveis
fabricadas com matérias-primas nobres como alumínio, plástico e
papel cartão, para isolamento térmico e acústico.
• Tijolos de solocimento: É um tipo de tijolo composto de solo,
cimento e água, produzido sem o processo da queima. Evita o
desmatamento, e, consequentemente, a poluição do ar.

• Luminárias de LED: Aparelho com duração de 15 anos sem


manutenção e gera uma economia que varia de 50% a 80%.
• Torneira e válvula economizadora com sensor de
presença: Sensores funcionam em 110v e 220v com baixo consumo
de energia elétrica, proporcionando economia de água, conforto e
higiene.
• Placas de cortiça reciclada: É um material reciclado e quando
utilizado como revestimento possui um bom desempenho
térmicoacústico.
• Resina ecopiso: Resina impermeabilizante elaborada com mais de
70% de matérias-primas naturais renováveis. Não libera gases
tóxicos durante ou depois de sua aplicação.
• Tecido desenvolvido a partir de fibras de juta: Para a
decoração. No descarte, a juta se decompõe em dois anos, enquanto
o algodão leva dez e o poliéster pode chegar a 100 anos.

https://www.promoview.com.br/geral/11-recursos-para-a-construcao-de-um-estande-
sustentavel.html

-=

. Dê preferência a materiais ecologicamente corretos


Outra dica para aplicar no stand para eventos é selecionar matérias-primas com qualidades
destacáveis de proteção com o meio ambiente. Tome cuidado para não usar plástico além do
necessário, por exemplo, já que ele tem sido considerado um grande vilão dos oceanos.
Ao escolher a estrutura de madeira, dá para optar por alternativas de reflorestamento ou por
compensados que não exploram tanto os recursos. Até as peças de divulgação devem levar
isso em conta, então vale pensar em usar papéis reciclados e materiais que não agridam a
natureza.
3. Planeje um stand que possa ser reaproveitado
Uma das principais ações de sustentabilidade consiste em diminuir o consumo e,
consequentemente, a geração de resíduos. Quanto mais você puder aproveitar uma compra,
por exemplo, melhor é para o meio ambiente.
Então, ao planejar o stand para eventos tenha o cuidado de pensar em uma alternativa
versátil. O ideal é poder utilizar a peça em outras realizações, como novas feiras e encontros
corporativos.
Para tanto, duas dicas são essenciais: faça escolhas atemporais, que possam ser modificadas
rapidamente, e conte com uma empresa de qualidade. Com a durabilidade do item, será fácil
proteger o planeta.
Eles oferecem apenas uma tenda – então seria mais uma mesa

=-=

Como dissemos, além dos materiais ecológicos para a construção, no entanto,


o responsável pelo estande sustentável precisa ter o controle de cada etapa
para garantir que tudo tenha a cara da empresa, sem deixar de lado o fator
surpresa.

O grande diferencial aqui está em conhecer bem as vantagens do serviço ou


produto oferecido para criar uma atmosfera confortável ao cliente. Em
consequência disso, você precisa fugir do tradicional na hora de pensar fora
da caixinha — só assim será possível se destacar mesmo da concorrência.
Vejamos, abaixo, uma lista de materiais que podem ser utilizados em um
estande ecologicamente correto:

 luminárias de LED — com economia de até 80%, os aparelhos

conseguem durar anos sem a necessidade de manutenção;


 paredes de ecomosaico — os revestimentos são feitos a partir de

materiais recicláveis e geram uma grande economia ao orçamento;

 tecidos Green Screen — são próprios para proteger da luz do sol e são

isentos de PVC e Covs, evitando a luminosidade excessiva;

 tijolos de solocimento — compostos de cimento, solo e água, evitam o

desmatamento por serem produzidos sem o processo de queima. Sem contar

que também reduzem a emissão de poluentes no ar;

 placas de cortiça reciclada — quando usado como revestimento, esse

material tem um desempenho termoacústico excelente.

https://grupodeeventos.com.br/entenda-o-que-e-e-como-funciona-um-estande-sustentavel/

=-

Bamboo

Sustainability experts nearly universally agree bamboo is one of the best eco-
friendly building materials on the planet. Its rate of self-generation is incredibly
high, with some species growing up to three feet in 24 hours. Bamboo
technically is a perennial grass, not a wood, and it continues spreading and
growing without having to be replanted after harvest. It is prevalent around the
world and can be found on every continent except Europe and Antarctica.

Bamboo has a high strength-to-weight ratio and exceptional durability — even


greater compressive strength than brick or concrete — so it can take a beating
without being replaced very often, which is not necessarily the case with other
fast-growing, sustainable items such as hemp. That makes bamboo a viable
choice for flooring and cabinetry.

Because it is lightweight, bamboo is less energy intensive to transport than


many other materials of comparable durability. A drawback is that it requires
treatment to resist insects and rot; untreated bamboo has a starch that insects
like, and it can swell and crack when it absorbs water.

https://www.smartcitiesdive.com/news/most-eco-friendly-building-materials-world-bamboo-
cork-sheep-wool-reclaimed-metal-wood/526982/
=-=-

sustainable materials stand

https://www.tecnauk.com/how-you-can-create-a-more-sustainable-exhibition-stand/

=-

https://www.vivadecora.com.br/revista/decoracao-sustentavel-com-moveis-reciclados/

1. Arara de canos PVC


Essa dica vai especialmente pra os apaixonados por decorações
minimalistas. As araras de cano PVC são excelentes alternativas
para um quarto clean, que preze pela simplicidade e tons neutros.

Tudo que você precisa para criar a sua arara de canos de PVC é de
tubos finos e alguns conectores. A grande vantagem dessa peça é
que você pode fazê-la do tamanho, largura e altura que quiser.
Assim, você monta uma arara sob medida para você e ainda
complementa a decoração do quarto.
Caixote de feira – fácil transporte, montagem, diferentes opções