Você está na página 1de 9

SETE DINÂMICAS BÍBLICAS

Este ano comemoramos o Ano Global da Bíblia.


Aproveitando a data e também as comemorações anuais
do Dia da Bíblia (sempre no segundo domingo de
dezembro), estamos trabalhando num grande livro
relacionado ao tema das Escrituras, e que acreditamos
beneficiará a toda igreja. Como sempre, será um livro
GRATUITO.

Dentre os materiais que estamos coletando, adaptando


e elaborando, antecipo aqui estas sete pequenas
dinâmicas que criei especialmente para o referido
trabalho, e que podem servir não apenas para as
comemorações temáticas, mas desde já para sua classe
de EBD, EBF, grupo de estudos, célula etc.

Sammis Reachers

1
A FORÇA DAS ESCRITURAS

Objetivo: Conscientizar os participantes sobre a importância do correto


estudo e interpretação da Bíblia.
Material: Um feixe de varas amarrado e outro com varas soltas (podem
ser espetos de bambu utilizados para churrascos); em cada vareta de
cada um dos feixes deverá ser colada uma tira de papel com um
versículo escrito ou impresso. Em ambos os feixes (o das varetas unidas
e o das soltas) deverão ser utilizados os mesmos versículos de um
mesmo capítulo da Bíblia.
Distribua as pessoas pelo recinto de maneira a que formem um círculo
e mostre a elas o feixe de varetas soltas. Entregue então uma para cada
participante e peça que que leiam. Em seguida, fale sobre a importância
da Bíblia para nossas vidas, e de como ela é um guia seguro e um farol
tanto para indivíduos quanto para a humanidade inteira.
Em seguida, peça que cada um quebre sua vareta. Eles ficarão um pouco
surpresos. Após o terem feito, fale sobre um perigo que ronda a todo
estudante da Bíblia: Os erros de interpretação. Todos podem se
confundir com aquilo que estão lendo, e uma das formas mais comuns
do erro acontecer é isolarmos um versículo, como esses que vocês
acabaram de “quebrar”, dos demais versículos ao seu redor, ou seja, de
seu contexto. Há mesmo aquela frase clássica que diz que “texto sem
contexto é pretexto”. Muitos erros e heresias surgiram e surgem todos
os dias dentro e fora da Igreja em virtude da interpretação equivocada
de um versículo isolado.
Em seguida, apanhe o feixe das varetas que estão amarradas. Enquanto
tenta quebrá-lo, pode dizer:
Agora, olhem para esse feixe de varetas. Em cada uma delas estão os
mesmos versículos que foram distribuídos para vocês. Vejam como, ao
tentar quebrá-las todas de uma vez, eu não consigo. Unidas elas se
tornam fortes. A união aumenta sua solidez e robustez.
Em seguida, caso queira, o feixe pode ser passado para alguns dos
participantes, para que tentem quebrá-lo.
Entenderam a lição? Sempre que estudar a Bíblia, não se alimente
apenas de versículos isolados; amplie sua compreensão e assegure-a,
conferindo todo o contexto, seja do capítulo em que o versículo se
encontra, seja do livro inteiro. A Bíblia explica a Bíblia.
OBS.: A escolha do capítulo bíblico a ser utilizado fica a seu critério, e
conforme o número de participantes. Por exemplo, Lc 16 possui 31
versículos; Lc 21 possui 19. As varetas podem sobrar, mas não faltar.
Lembre-se ainda de que, caso utilize um capítulo com muito poucos
versículos, o feixe será facilmente quebrado, prejudicando a atividade.
2
CAIXA DE RECORTES

Objetivos: Estimular o raciocínio associativo e a pesquisa bíblica.


Materiais: Recortes diversos de fotografias, desenhos etc., e uma Bíblia
para cada participante.

Preparar de antemão uma coleção de recortes de fotografias, desenhos,


gráficos etc. Busque material o mais variado possível: Fotos de
alimentos, lavradores, guerras, pessoas praticando ações diversas, etc.
Após reunir o grupo, peça que cada participante apanhe, de dentro de
uma sacola, sem observar seu interior, um recorte. Após todos
apanharem um recorte, eles terão em torno de cinco a dez minutos
(conforme o critério do organizador e o nível dos participantes) para
encontrar alguma passagem bíblica que possa ser relacionada àquela
imagem.
Caso queira, ao invés de a participação ser individual, poderão ser
formados pequenos grupos, cada qual sendo responsável por uma
imagem.

3
DESENHE A CENA BÍBLICA

Objetivos: Estimular a criatividade e o raciocínio.


Materiais: Folhas e caneta, lápis de cor, giz de cera ou hidrocor variados,
conforme a disponibilidade.

Essa dinâmica poderá ser praticada por participantes individuais ou


reunidos em pequenos grupos. Cada pessoa ou grupo terá a tarefa de
desenhar, sem que os demais participantes ou grupos vejam, uma
passagem bíblica (de livre escolha), ou algo que remeta a ela. Em seguida
deverá comunicar ao coordenador, para ele ver se o trabalho está
adequado em representar a passagem escolhida.
Após todos terem feito seus desenhos, e os mesmos terem sido
aprovados pelo coordenador, cada participante ou grupo exporá seu
desenho, e os demais participantes deverão tentar adivinhar qual a
passagem bíblica que aquele desenho expressa. Cada pessoa ou grupo
poderá dar apenas um palpite. Caso todos palpitem e errem, cada um
terá nova chance de opinar. Aquele que acertar receberá um ponto, que
deverá ser anotado pelo coordenador.
Ao final, vence a pessoa ou grupo que obtiver o maior número de
acertos.

4
CIRCUITO BÍBLICO

Objetivos: Estimular a atenção e concentração.


Materiais: Uma Bíblia.
O grupo deve ser espalhado pelo recinto formando um círculo. Dando
início à atividade, o coordenador apanhará a Bíblia e entregará ao
primeiro participante, que lerá um versículo à sua escolha, citando a
referência. Após ler, o participante passará a Bíblia para o participante
à sua direita, que também deverá ler algum versículo, à escolha, e citar
a referência. A Bíblia, assim, passará para as mãos de cada um dos
participantes – cada um a passará para seu companheiro da direita, até
completar o círculo. A seguir aquele que foi a primeiro a ler deverá
repetir o versículo e a referência que foram lidos pelo seu companheiro
da esquerda. Acertando ou errando, a Bíblia será passada para esse
mesmo companheiro à esquerda, que por sua vez deverá se recordar e
ler o versículo lido pelo participante à sua esquerda, e assim
sucessivamente, até completar-se o círculo “ao contrário”. O
coordenador deverá ter anotado as referências lidas por cada um, para
poder conferir os erros e acertos.
A seguir, a atividade poderá ser repetida, mas agora, como todos já
sabem como funciona, os erros e esquecimentos serão muito menores.

Conclamar o grupo para a necessidade de atenção e concentração


quando estivermos lendo ou ouvindo a Palavra de Deus.

5
JOGO DAS GENEALOGIAS

Objetivos: Desenvolver a atenção e prender as genealogias da Bíblia.


Materiais: Papéis com os nomes de personagens bíblicos escritos ou
impressos.

Elaborar diversos conjuntos de papéis com os nomes de personagens


bíblicos bem conhecidos, que possuam uma ordem
genealógica/temporal clara na Bíblia, por exemplo: Abraão – Isaque –
Jacó – José – Manassés etc. Cada pessoa ou grupo receberá um conjunto
de papéis com um nome em cada um deles, e deverá colocá-los em
ordem.
Vence o indivíduo o grupo que, ao fim da atividade, tiver acertado a
ordem do maior número de nomes.

6
RÁPIDO! QUEM SABE A RESPOSTA?

Objetivos: Estimular a atenção, a memorização de versículos e a consulta


bíblica.
Materiais: Bíblias.

O coordenador reunirá os participantes em grupos de dois ou mais,


espalhados por uma sala. Cada participante deverá portar uma Bíblia. O
coordenador, abrindo a sua Bíblia, e sem que os participantes possam
ver em que parte foi aberta, passará a ler versículos bíblicos
aleatoriamente (ou, se preferir, previamente selecionados), sem citar as
referências. Os grupos terão então um pequeno tempo para descobrir as
referências daquele trecho que foi lido (livro, capítulo e versículo).
Quem acertar soma um ponto. Independente de alguém acertar ou não,
rapidamente o coordenador deverá passar para outro versículo, após o
tempo estipulado. A ideia é imprimir uma boa velocidade à dinâmica, de
forma a colocar todos do grupo empolgados e em agitação.

7
FLORES DO JARDIM DE DEUS

Objetivos: Estimular a associação de ideias e a verbalização.


Materiais: Papéis quadrados e dobrados com versículos escritos em seu
interior, uma bacia com água.

O coordenador selecionará diversos versículos bíblicos, de temática


diversa: Promessas de bênção, palavras de consolo, exortação, conserto
etc. Em seguida, escreverá cada um num pequeno papel quadrado (5cm
x 5cm). Em seguida dobrará para dentro suas quatro pontas, de forma
que cubra o versículo ali escrito, formando como que “pétalas” dobradas
de uma flor.
Reunindo o grupo em volta de uma bacia cheia de água, o coordenador
pedirá que cada participante, um de cada vez, apanhe um dos papéis
numa cesta e, sem olhar o que está escrito, o coloque na bacia, sobre a
água, com as pontas das dobraduras voltadas para cima. Em pouco
tempo as pontas se abrirão, como uma flor, exibindo o versículo. A
pessoa deverá então fazer uma pequena explanação sobre aquele
versículo, falando sobre a aplicação daquela mensagem para sua própria
vida, bem como para os demais. Em seguida, outro participante
apanhará o papel e repetirá o processo, até que todos tenham
participado.

Ao final o coordenador poderá explicar que a Palavra de Deus é como


uma flor que se revela no momento oportuno para nos guiar, guardar e
instruir em toda a boa obra.

Sammis Reachers

________________________________________________________

8
Aproveitando: Há algum tempo publiquei um livro de
dinâmicas, com enfoque em Missões. Caso você não
conheça, confira e baixe gratuitamente (pois o Cordeiro já
pagou o preço) o seu exemplar:

Procurei neste livro reunir uma série de dinâmicas e


atividades focadas na promoção de valores missionários;
atividades que visam o despertamento dos participantes
sobre diversos aspectos referentes àquela que é a missão
fundamental da igreja na Terra, e motivo único dela, a Igreja,
permanecer aqui: Levar o Evangelho de Cristo a todos os
homens, cumprir a ordem final de Cristo que conhecemos
como a Grande Comissão.
PARA BAIXAR O LIVRO (FORMATO PDF) PELO SITE
GOOGLE DRIVE, CLIQUE AQUI.

https://arsenaldocrente.blogspot.com/
https://veredasmissionarias.blogspot.com/
https://poesiaevanglica.blogspot.com/