Você está na página 1de 1

Outras Expressões – Português – Ensino Secundário

Ficha 2 – Gramática

Lê o texto.
Os heterónimos

Quando criou Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro, Fernando Pessoa deu-lhes
vidas e estilos próprios, em que não faltaram informações e pormenores, tais como data e local de
nascimento, aspeto físico, profissão, opiniões políticas e credos.
A complexidade da construção heteronímica de Fernando Pessoa trouxe-lhe muitos equívocos.
5 E se até o seu melhor amigo, Mário de Sá-Carneiro, lhe pediu mais explicações, antes de se ter
rendido à ideia dos heterónimos, não poderá espantar-nos que outros achassem a heteronímia
pessoana até um sintoma de transtornos psiquiátricos.
Claro que basta ler Fernando Pessoa, com olhos de ver, para perceber que os heterónimos não
são mais que um instrumento e motor de criação. Invulgar, sim; estranho, com certeza; mas, sem
10 dúvida, também genial e único. [...]
Quando afirma taxativamente “Sinto-me múltiplo”, Fernando Pessoa mostra-nos que criou
outros para acrescentar uma mais-valia à sua obra. Frise-se: não se dividiu, não se estilhaçou –
multiplicou-se, criando mais para si próprio.

MORAIS, Ricardo Belo de, 2015. Fernando Pessoa para todas as pessoas. Lisboa: verso de Kapa (pp. 94-95)

1. Identifica a função sintática dos constituintes:


a) “informações e pormenores” (l. 2); Sujeito Composto
b) “da construção heteronímica de Fernando Pessoa” (l. 4); Complemento do Nome
c) “nos” (l. 6); Complemento Indireto
d) “até um sintoma de transtornos psiquiátricos” (l. 7); Predicativo do Complemento Direto
e) “Fernando Pessoa” (l. 8). Complemento Direto

2. Completa o quadro, classificando cada uma das orações e identificando a respetiva função sintática.

Classificação Função sintática


(A) “Quando criou Ricardo Reis, Álvaro de Oração subordinada Modificador
Campos e Alberto Caeiro” (l. 1) adverbial temporal
(B) “em que não faltaram informações e Oração subordinada Modificador
pormenores” (l. 2) adjetiva relativa
explicativa
(C) “que outros achassem a heteronímia Oração subordinada Complemento
pessoana até um sintoma de transtornos substantiva direto
psiquiátricos” (ll. 6-7) completiva
(D) “que criou outros para acrescentar uma Oração subordinada Complemento
mais-valia à sua obra” (ll. 11-12) substantiva direto
completiva
(E) “para acrescentar uma mais-valia à sua Oração subordinada Complemento
obra” (l. 12) adverbial final oblíquo

Outras Expressões, Português, Ensino Secundário Página 1 de 1