Você está na página 1de 1

Descal�a vai para a fonte

Descal�a vai para a fonte


Lianor pela verdura;
Vai fermosa, e n�o segura.

Leva na cabe�a o pote,


O testo nas m�os de prata,
Cinta de fina escarlata,
Sainho de chamelote;
Traz a vasquinha de cote,
Mais branca que a neve pura.
Vai fermosa e n�o segura.

Descobre a touca a garganta,


Cabelos de ouro entran�ado
Fita de cor de encarnado,
T�o linda que o mundo espanta.
Chove nela gra�a tanta,
Que d� gra�a � fermosura.
Vai fermosa e n�o segura.

Lu�s de Cam�es