Você está na página 1de 4

MULTIPLICAÇÃO DE NÚMEROS INTEIROS

O conjunto dos números inteiros surgiu da necessidade de o homem manipular valores


negativos, relacionados a assuntos comerciais e financeiros. Nesse conjunto, cada número
inteiro positivo possui sua representação negativa. Na multiplicação de números inteiros,
devemos seguir algumas condições de acordo com o sinal dos números. Nessas operações o
jogo de sinal é usado de forma sistemática, de acordo com o seguinte quadro de sinais: 

( + ) * ( + ) = + 
( +)*(–)=–
( – ) * ( + ) = – 
( – ) * ( – ) = + 

Os dois números possuem o mesmo sinal. 

Número positivo multiplicado por número positivo 


(+ 3) * (+ 7) = + 21 
(+ 5) * (+ 9) = +45 
(+ 21) * (+ 10) = + 210 
(+ 4) * (+ 9) = +36 
(+ 8) * (+ 10) = +80 
(+ 22) * (+ 5 ) = +110 

Número negativo multiplicado por número negativo 


(– 9) * (– 5) = + 45 
(–12) * (– 4) = + 48 
(– 3) * (– 7) = +21 
(– 8) * (– 9) = +72 
(– 10) * (– 7) = +70 
(–12) * (–5) = +60 

O dois números possuem o sinal diferente 

Número positivo multiplicado por negativo e vice-versa 


(+ 7) * (– 9) = – 63 
(– 4) * (+ 7) = – 28 
(– 6) * (+ 7) = – 42 
(+ 8) * (– 6) = – 48 
(+ 6) * (– 5) = –30 
(–120) * (+ 3) = – 360 

Podemos verificar que na multiplicação de números inteiros ao multiplicamos números com


sinais iguais, temos que o resultado é um número positivo, e quando multiplicamos números
com sinais diferentes, o resultado é um número negativo.

EXERCÍCIOS

1) Determine o produto:

a) (-2) . (+3) . ( +4) = (R: -24)


b) (+5) . (-1) . (+2) = (R: -10)
c) (-6) . (+5) .(-2) = (R: +60)
d) (+8) . (-2) .(-3) = (R: +48)
e) (+1) . (+1) . (+1) .(-1)= (R: -1)
f) (+3) .(-2) . (-1) . (-5) = (R: -30)
g) (-2) . (-4) . (+6) . (+5) = (R: 240)
h) (+25) . (-20) = (R: -500)
i) -36) .(-36 = (R: 1296)
j) (-12) . (+18) = (R: -216)
l) (+24) . (-11) = (R: -264)
m) (+12) . (-30) . (-1) = (R: 360)
2) Calcule os produtos

a) (-3) . (+2) . (-4) . (+1) . (-5) = (R: -120)


b) (-1) . (-2) . (-3) . (-4) .(-5) = (R: -120)
c) (-2) . (-2) . (-2) . (-2) .(-2) . (-2) = (R: 64)
d) (+1) . (+3) . (-6) . (-2) . (-1) .(+2)= (R: -72)
e) (+3) . (-2) . (+4) . (-1) . (-5) . (-6) = (R: 720)
f) 5 . (-3) . (-4) = (R: +60)
g) 1 . (-7) . 2 = (R: -14)
h) 8 . ( -2) . 2 = (R: -32)
i) (-2) . (-4) .5 = (R: 40)
j) 3 . 4 . (-7) = (R: -84)
l) 6 .(-2) . (-4) = (R: +48)
m) 8 . (-6) . (-2) = (R: 96)
n) 3 . (+2) . (-1) = (R: -6)
o) 5 . (-4) . (-4) = (R: 80)
p) (-2) . 5 (-3) = (R: 30)
q) (-2) . (-3) . (-1) = (R:-6)
r) (-4) . (-1) . (-1) = (R: -4)

3) Calcule o valor das expressões:

a) 2 . 3 - 10 = (R: -4)
b) 18 - 7 . 9 = (R: -45)
c) 3. 4 - 20 = (R: -8)
d) -15 + 2 . 3 = (R: -9)
e) 15 + (-8) . (+4) = (R: -17)
f) 10 + (+2) . (-5) = (R: 0 )
g) 31 - (-9) . (-2) = (R: 13)
h) (-4) . (-7) -12 = (R: 16)
i) (-7) . (+5) + 50 = (R: 15)
j) -18 + (-6) . (+7) = (R:-60)
l) 15 + (-7) . (-4) = (R: 43)
m) (+3) . (-5) + 35 = (R: 20)

4) Calcule o valor das expressões

a) 2 (+5) + 13 = (R: 23)


b) 3 . (-3) + 8 = (R: -1)
c) -17 + 5 . (-2) = (R: -27)
d) (-9) . 4 + 14 = (R: -22)
e) (-7) . (-5) - (-2) = (R: 37)
f) (+4) . (-7) + (-5) . (-3) = (R: -13)
g) (-3) . (-6) + (-2) . (-8) = (R: 34)
h) (+3) . (-5) - (+4) . (-6) = (R: 9)

EQUAÇÃO DO 2° GRAU

Existem diversos modos de se resolver uma equação do segundo grau, contudo, nem
sempre essas formas apresentam o melhor método de resolução. Dessa maneira, para
agilizar a solução de exercícios de um modo geral, apresentaremos três passos que facilitarão
bastante o processo!
Os três passos seguintes baseiam-se na fórmula de Bhaskara, que é o método resolutivo para
equações do segundo grau mais popular entre os estudantes.

Primeiro passo: Escreva os valores numéricos dos coeficientes a, b e c.


Toda equação do segundo grau pode ser escrita na forma ax2 + bx + c = 0. Desse modo, o
coeficiente a é o número que multiplica x 2. O coeficiente b é o número que multiplica x e o
coeficiente c é um número real. Portanto, dada uma equação do segundo grau, escreva os
valores de a, b e c de forma clara, objetiva e evidente para que eventuais consultas a esses
valores sejam feitas rapidamente.
Como exemplo, vamos escrever os coeficientes da equação 2x 2 + 8x – 24 = 0.
a = 2, b = 8 e c = – 24

Segundo passo:  Calcule o valor de delta.


O valor de delta é dado pela seguinte expressão: Δ = b 2 – 4ac, em que a, b e c são
coeficientes da equação e Δ é delta.
Tomando o exemplo anterior, na equação 2x2 + 8x – 24 = 0, delta vale:
Δ = b2 – 4ac
Δ = 82 – 4·2·(– 24)
Δ = 64 + 192
Δ = 256

DETERMINE OS VALORES DOS COEFICIENTES A, B E C NAS EQUAÇOES SEGUINTES:


a) 2x² - 8x + 7 =0
b) x² -5x + 6 =0
c) 3x² - 7x - 4 =0
d) x² - x - 6 =0
e) -x² -4x + 9 =0
f) -8x² - x -1 =0
g) 4x² - 16 =0
h) x² -3x =0
i) 5x² - 28 =0
j) 6x² =0

Determine os valores dos coeficientes a, b e c das funções quadraticas na forma


ax²+bx+c=f(x) :

a)f(x)=3x²+x+8 b) f(x)=2x²-x c)f(x)=-4x²+10 

d)f(x)=-2+3x-x² e)f(x)=5x² f)f(x)=7,6x²