Você está na página 1de 41

Sistemas Elevatórios

Aula 14
http://projects.ch2m.com/cedarps/
Esquema Típico de
Instalação em uma
Captação d´água de uma
Motobomba Centrífuga
(Para Alturas De Sucção
Inferiores A 8 Metros)
IBIRITERMO - Termo Elétrica de
Ibirité Belo Horizonte/MG

Características Técnicas
Vazão = 15.600m3/h
Pressão = 25 m.c.a
Potência do motor = 2.100 CV
COPASA - Companhia de Saneamento de Minas Gerais
Sistema de bombeamento de Água Rio das Velhas

Características Técnicas
Vazão: 2.790 m3/h
Pressão: 195,2 m
Potência do motor: 2.400 CV
Rotação: 1.200 rpm
Estação Elevatória de Água
Bomba não Afogada

2
Zr Cr
V / 2g
r

∆H r Z2

hr H

Hg L
Zb Zs
Z1 Cs
Z -HS
-hS ∆H s

Vs2 / 2g
Bomba não Afogada

2
Zr Cr
V / 2g
r

∆H r Z2

hr H
L Hg
Zb
Z1 Zs Cs

∆H s
Z hS HS
Vs2
2g
Altura Total de Elevação e Altura Manométrica

2 2
V V
H = Hm + − r s 5.1

2g 2g

H = H g + ∆H s + ∆H r 5.2
Potência do Conjunto Elevatório
9,8 ⋅ QH 10 ⋅ QH3

Pot (kw ) = Pot (cv) =


η 75η 5.3

Onde:
Q - (m3/s)
H - (m)
η– rendimento global da bomba
ηm - rendimento global do motor elétrico

9,8 ⋅ QH 103 ⋅ QH
Pot (kw ) = Pot (cv) = 5.4
η ⋅ ηm 75 ⋅ η ⋅ ηm
Dimensionamento Econômico da
Tubulação

e << D
Eq. Mariotte

Pressão interna Tensão de trabalho


admissível do
p⋅D
e= material 5.5

Dimensionamento Econômico da Tubulação
(Peso/unidade comprimento)

D π(D + 2e)2 πD2 πD2 + 4πDe + 4πe 2 πD2


A= − = −
4 4 4 4
e
4πDe + 4πe 2
A= A = π(D + e)e
4

G = γ m π(D + e)e
p⋅D
5.6

e=

γmπ p
G= [1 + )pD 2 5.7
2σ 2σ
Dimensionamento Econômico da
Tubulação
γmπ p
G= [1 + )pD 2 5.7
2σ 2σ
+

Curvas Válvulas, registros


Escavação,assentamento

C1 = αD 2 5.8
Tubulação em Ferro Fundido

e0 mínimo

pD
e = e0 + K K<1 5.9

G = γ m π(D + e)e 5.6

pD pD
G = γ m π[D + e 0 + K ] ⋅ [e 0 + K ] 5.10
2σ 2σ
http://www.saint-gobain-canalizacao.com.br/
Dimensionamento Econômico da
Tubulação

C 2 = aD + bD + c
2 5.11

Diâmetros <8”(200mm)

( D + e)e
G = γ m π[ ] 5.12

D
C3 = βD 5.13
Tubulação de Recalque

$$$$
D ∆H Potência
$$$$

$$$$
D ∆H Potência

$$$$
Tubulação de Recalque

Adutora Custo1 = Ci Lt 5.14

5.8, 5.11 e 5.13 D Custo1

9,8 ⋅ Q ⋅ (Hg + J ⋅ L)
Energia
Custo 2 = ⋅ N⋅T⋅A 5.14
Elétrica
ηηm
D Custo2
Tubulação de Recalque
14

12 Curva 1+2

10
Custo anual

2 Curva 1
Curva 2
0 De
0 0,1 0,2 0,3 0,4 0,5 0,6 0,7 0,8 0,9 1

Diâmetro (m)
Fórmula de Bresse
Hipótese:
Custo da linha instalada comprimento L seja como na Eq.
5.13;diretamente proporcional ao diâmetro C1 = p1LD

O custo do conjunto motor-bomba seja diretamente


proporcional à unidade de potência instalada (kw), na
forma C2 = p2Pot

C Total = p1LD + p 2 Pot


Usando Eq. 5.4, com H = H g + ∆H r

fL 2
9,8(Hg + 0,0827 5
Q )
C = p1LD + p 2 D 5.16
ηηm
Fórmula de Bresse

dC 4,05fL 3
= p1L − p 2 Q =0
dD ηηm D 6

p 2 4,05fL 3 p 2 4,05f 3
D =
6
Q = Q
p1 ηηm L p1 ηηm

Custo material; 0,7<K<1,3


K Mão de Obra;
O&M;

D( m ) = K Q ( m 3 / s ) 5.17
Fórmula de Bresse

Eq. Muito simples usada para representar um


problema muito complexo;

Em sistemas com D>6” deve ser tomado


como primeira aproximação;

K cte => velocidade de recalque econômica


(0,6-3,0m/s)

Aplicada em sistema de funcionamento


contínuo 24;
Edifício – Reserva combate incêndio

NBR-5626-ABNT

D r (m) = 1,34 X Q(m 3 / s)

X- fração do dia

nœmerohoras funcionamento
24
Exemplo 5.1
O projeto de um sistema elevatório para abastecimento
urbano de água deverá ser feito a partir dos seguintes
dados:
a)Vazão necessária Q = 80 l/s;
b)Altura geométrica a ser vencida Hg = 48m;
c)Comprimento da linha de recalque L = 880m;
d)Material da tubulação ferro fundido classe K7, rugosidade
ε=0,4mm;
e)Número de horas de funcionamento diário T=16 h;
f)Número de dias de funcionamento no ano N=365;
g)Taxa de interesse e amortização do capital 12a.a;
h)Rendimento adotado para a bomba η=70%;
i)Rendimento adotado para o motor ηm=85%;
j)Preço do quilowatt-hora A = R$0,031;
Exemplo 5.1
Uma pesquisa de preço de tubos, por unidade de comprimento,
para 150mm<D<500mm levou à seguinte relação entre
diâmetro e custo: Custo (R$/m)=0,042D(mm)1,4. Determine o
diâmetro econômico de recalque.
Com auxilio da Eq. 2.38 ou da tabela A2, pode-se calcular a
perda de carga unitária e, em seguida, a perda de carga no
recalque e a altura total de elevação pela Eq. 5.2, considerando
somente a tubulação de recalque. Pela eq. 5.15, determina-se o
custo anual com energia elétrica, para diâmetros na faixa de
150 a 500mm. O custo anual da tubulação é o produto custo
unitário pelo comprimento da linha, multiplicando pelos
encargos econômicos de 12% a.a.
Exemplo 5.1

C u s t o
Diâmetro H=Hg+J C u s t o C u s t o Custo total
Reynolds J (m/m) a n u a l
(mm) L (m) bombeamento tubulação anual
tubulação

150 679059.5 0.1790 205.50 49022.23 41139.57 4936.75 53958.98

200 509294.63 0.0396 82.84 19761.83 61542.33 7385.08 27146.91

250 407435.7 0.0124 58.87 14042.81 84110.07 10093.21 24136.01

300 339529.75 0.0048 52.21 12455.11 108567.97 13028.16 25483.27

350 291025.5 0.0022 49.90 11902.69 134718.50 16166.22 28068.91

400 254647.31 0.0011 48.95 11677.56 162411.19 19489.34 31166.90

450 226353.17 0.0006 48.52 11574.42 191526.77 22983.21 34557.63

500 203717.85 0.0003 48.30 11522.70 221967.80 26636.14 38158.83

Planilha Excel
Exemplo 5.1
Custo bombeamento
60000
Custo anual tubula ‹ o
Custo total anual
50000

40000

30000

20000
Custo anual (R$)
10000

0
100 150 200 250 300 350 400 450 500 550
Di‰metro (mm)
Bombas
Classificação

Dinâmicas ou Bombas Puras ou radiais


centrífugas Tipo Francis
Turbobombas Bombas de fluxo misto
Bombas de fluxo axial
Bombas periféricas ou regenerativa
Volumétricas Bombas Pistão
ou Alternativas Êmbolo
Diafragma
Deslocamento Bombas Engrenagens
Positivo rotativas Lóbulos
Parafusos
Palhetas Deslizantes
Rotor de uma das Turbinas
da Estação Hidroelétrica de
Itaipu
Centrifuga Industrial
Bomba Usina TermoElétrica
Bomba Multiestágios
Tipo de rotores de bombas

Eixo de
Rota ‹ o Fluxo radial Fluxo misto Fluxo axial
Bombas: Tipos e Características
Rotação Específica

Sa’da
Olho
Corbetura

Admiss‹ o
L’ngua

Impelidor
Voluta Carca a
Sucção Simples e Duplo

Olho Olho Olho

Su c‹ o simples Su c‹ o dupla
Carca a

Impelidor
Suc ‹ o simples Suc ‹ o dupla
Impelidor

Aberto Semi-Aberto Fechado