Você está na página 1de 12

PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

PR.AER.005-17

PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

AEROPORTOS

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 1 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

HISTÓRICO DE REVISÕES

Rev. Responsável Função Data Assinatura

Elaborador: Erison Lima Assistente de Qualidade 26/05/2017

Revisor: Miriã Silva Analista Administrativo 29/05/2017


00
Aprovador: Thais Monteiro Gerente de Aeroportos 29/05/2017

Publicador: Qualidade Corporativa Qualidade Corporativa 31/05/2017

Elaborador: Miriã Silva Analista Administrativo 17/08/2017

Revisor: Thais Monteiro Gerente de Aeroportos 17/08/2017


01
Aprovador: Hector Hamada Superintendente 17/08/2017

Publicador: Qualidade Corporativa Qualidade Corporativa 17/08/2017

Revisor: Miriã Silva Analista Administrativo 26/09/2017

02 Aprovador: Thais Monteiro Gerente de Aeroportos 26/09/2017

Publicador: Qualidade Corporativa Qualidade Corporativa

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 2 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

CONTROLE DAS REVISÕES

Item Página Descrição


Correção quanto às orientações referentes ao envio de Movimento de Trânsito e
11.1 9
lançamento no sistema Sigla

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 3 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

ÍNDICE

HISTÓRICO DE REVISÕES ............................................................................................................................... 2


CONTROLE DAS REVISÕES ............................................................................................................................. 3
ÍNDICE ............................................................................................................................................................ 4
1 OBJETIVO ............................................................................................................................................... 5
2 APLICAÇÃO ............................................................................................................................................ 5
3 REFERÊNCIA NORMATIVA ..................................................................................................................... 5
4 DOCUMENTOS VINCULADOS ................................................................................................................ 5
5 REQUISITOS ........................................................................................................................................... 5
6 DEFINIÇÕES............................................................................................................................................ 5
7 RESPONSABILIDADES ............................................................................................................................. 6
7.1 Do Supervisor.................................................................................................................................. 6
7.2 Dos Atendentes .............................................................................................................................. 6
8 PROCEDIMENTO .................................................................................................................................... 6
8.1 Atividades de Check Out ................................................................................................................. 6
9 RESPONSABILIDADE DO CHECK OUT – ANTES DA DECOLAGEM........................................................... 6
9.1 SIV – Sistema de Informação de Voo .............................................................................................. 6
9.2 Comunicação com a Tripulação ...................................................................................................... 7
9.3 Instrução de Carregamento ............................................................................................................ 7
9.4 Navegação e FluelOrder ................................................................................................................. 7
9.5 Plano de Voo – FP (flight plan) ....................................................................................................... 7
10 DESPACHO DO VOO............................................................................................................................... 8
11 Responsabilidade do Check out – após Decolagem .............................................................................. 8
11.1 Envio de Movimento de Trânsito e Lançamento no Sistema Sigla ............................................. 9
11.2 Conciliação de Voo no Sistema e Conferência da Lista de Passageiros Embarcados ................. 9
11.3 Confecção do RPE (Resumo de Pax Embarcados)....................................................................... 9
11.4 Documentos de Despacho de Voo ............................................................................................ 10
11.5 Registro ANAC - PNAE ............................................................................................................... 11
12 CONTROLE DAS REVISÕES ................................................................................................................... 11

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 4 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

1 OBJETIVO

Este procedimento visa orientar aqueles que executam atividades voltadas ao processo de coordenação
das etapas de voo.
O procedimento a seguir visa gerar maior integração, comunicação efetiva entre as áreas envolvidas e o
desenvolvimento da filosofia de segurança e prevenção de falhas.

2 APLICAÇÃO

Este procedimento se aplica a todos os colaboradores que operam em atividade de atendimento e


suporte a passageiros em todos os aeroportos operados pela MAP Linhas Aéreas bem como seus
terceirizados dentro do âmbito das atividades de GroundHandling e Aeroportos.

3 REFERÊNCIA NORMATIVA

• IAC 160/1003;
• Resolução8/2007;
• Portaria 1.433/DGAC, de 26/09/00;
• CBAER. - Código Brasileiro de Aeronáutica;
• ISARPs – IOSA Standards and Recommended Practices.

4 DOCUMENTOS VINCULADOS

• ML.AER.001-17 Manual Geral de Aeroportos;


• FL.OPL.022-17.28 Instrução de Carregamento
• FL.AER.007-17 – 01 – Movimento de Trânsito
• FL.AER.005-17 – 01 – Planilha de Atendimento de Voo.

5 REQUISITOS

• IOSA - Ground Handling Operations - GRH 3.3.6.

6 DEFINIÇÕES

• SIGLA - Sistema de Gestão de Linhas Aéreas;


• DOV- Despachante Operacional de Voo;
• FOS – Flight Operations Software;
• MOV – Movimento de Trânsito;
• IATA – International Aviations Transportation Association;
• UTC – Tempo Universal Coordenado;
• RPE –Resumo de Passageiros Embarcados;
• DCSG – Sistema de Atendimento de Check in;
• MAAS – Passageiro que requer assistência;
• PNAE – Portadores de Necessidades Especiais;
• SIV –Sistema de Informação de Voo;
• CCO – Centro de Controle Operacional.

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 5 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

7 RESPONSABILIDADES

7.1 Do Supervisor
Garantir que as atividades dentro do processo de Check Out estejam em conformidade com o descrito
neste procedimento.

7.2 Dos Atendentes


Executar as atividades dentro do processo de Check Out de acordo com o descrito neste procedimento.

8 PROCEDIMENTO

8.1 Atividades de Check Out


O supervisor de base ou atendente do voo atuando na função do despacho tem a responsabilidade de
disseminar todas as informações relativas a situação do voo, bem como, fazer a interface entre o
despacho e CCO, e por manter controle de despacho de voo - DOV informados sobre toda a parte
operacional que envolve o voo, alterações referentes ao carregamento e descarregamento, aceitação de
cientes, diferença no total de combustível abastecido, condições do aeroporto (operacionais e
meteorológicas).
Repassar as informações relativas aos voos para supervisão, rampa, manutenção, Handling e atualizar o
movimento diário.
É também atribuição do despacho manter atualizadas as informações referentes ao pouso e decolagem
do voo, junto a AAL (Administração Aeroporto Local), acordo portaria 676 e IAC 2203-0399.
A atividade de Check-out é responsável pela coordenação das atividades de atendimento do voo e é
determinante para o tempo de solo da aeronave. As informações do voo devem ser repassadas para todas
as Bases envolvidas no trecho. Tal atividade deve ser executada pelo responsável do turno ou
acompanhada em detalhes pelo mesmo.
A atividade de Check-out inicia-se aproximadamente duas horas antes do embarque dos clientes.
Estas informações devem ser repassadas para todos os colaboradores para garantir o atendimento de
todas as especificidades da etapa.
O atendente de voo deve preparar todos os formulários necessários para a atividade de despacho de voo.
Também são de responsabilidades do Check-out:
• Solicitar ao comandante ou coordenação do voo a liberação para o início do embarque;
• Coordenar e informar o agente de embarque em relação à liberação do embarque; (itens 1 e 2,
entende ser responsabilidade do despachante do voo);
• Coordenar as atividades de Handling, abastecimento e catering, quando aplicável;
• Caso o embarque não possa ser liberado, verificar o motivo e a previsão da liberação.

9 RESPONSABILIDADE DO CHECK OUT – ANTES DA DECOLAGEM

9.1 SIV – Sistema de Informação de Voo


Nos aeroportos onde houver o SIV, deverão ser sempre atualizadas as informações referentes aos voos
da MAP, para que os usuários e clientes sejam informados quanto a:
• Previsão e confirmação de chegada;
• Abertura de check-in;
• Embarque do voo;

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 6 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

• Atraso na saída;
• Voo cancelado.

9.2 Comunicação com a Tripulação


Na existência de rádio na Base, após o pouso da aeronave, o atendente de voo deve contatar a tripulação
técnica ou coordenação para inserir no Sistema SIGLA os horários de pouso e corte do motor. O Check-
out deve manter sempre contato com a tripulação e coordenação afim de auxiliar com informações que
forem solicitadas (respeitando o limite de atuação da equipe de Check-out).

Nota: Caso o comandante do voo solicite os serviços de QTA/QTU (limpeza de banheiro e coleta de
dejetos), o Atendente de Voo deverá comunicar a empresa terceira antes do pouso da aeronave.

9.3 Instrução de Carregamento


Deve-se imprimir após a recepção das informações do DOV, a Instrução de Carregamento, FL.OPL.022-
17.28, dos voos que decolarão, em três vias, sendo uma entregue ao responsável da rampa e a outra,
também por ele assinada, arquivada junto com os documentos de voo.
Nesta Instrução de Carregamento, constarão os quilos de bagagem que seguirão no voo, setorizado por
porão.
O documento de Carregamento, possui um campo para anotação dos quilos de estão distribuídos nos
porões do voo que pousará. Esta informação deverá ser colhida através do MOV enviado pela Base de
origem, e repassada a equipe de rampa e despachante para que não haja desbalanceamento da aeronave
no momento do desembarque.

Nota: Os porões poderão sofrer alteração após o encerramento do voo. Sendo necessária a confirmação
destes após o lançamento da load no SIGLA.

9.4 Navegação e Fluel Order


Os documentos para o despacho de voo (Navegação e Ordem de Abastecimento, FuelOrder) também
estão disponíveis no Sistema FOS e devem ser entregues a tripulação conforme Despacho e Liberação de
Voos.

9.5 Plano de Voo – FP (flight plan)


DOV deve enviar com antecedência de até (00:30 minutos) antes do voo documentos que deverão ser
entregues a tripulação:
 Folha de navegação;
 Meteorologia,
 NOTAN,
 LoadSheet

Nota: Caso ocorra alguma irregularidade (exemplo: internet esteja fora do ar), solicitar o DOV que envie
os documentos por fax e/ou número divulgado da base, ou então, se houver tempo hábil solicitar que

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 7 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

envie para base anterior. Importante buscar uma alternativa que os voos não sejam despachados sem a
documentação pertinente de acordo com RBAC 121.

10 DESPACHO DO VOO

Após o encerramento do atendimento do voo no check-in ,30 minutos antes da decolagem, o Atendente
de Voo responsável pelo Check-out deverá confirmar para o DOV o resumo de voo, confirmar contagem
de cabine, a quantidade de passageiros atendidos por cabine e quantidade de bagagens e cargas em
quilos, lançar no sistema SIGLA as informações colhidas e informar ao DOV responsável pelo voo, para
efetuar a confecção da Load com a instrução de carregamento corrigida, conforme Envio e Recebimento
de Informações de Balanceamento nos Aeroportos.
O Atendente de Voo deverá preencher o MOV (Movimento de Voo) com os seguintes dados:
• Número do voo;
• Prefixo da aeronave;
• Data;
• Nome dos tripulantes;
• Quantidade de Passageiros atendidos (locais, trânsitos e conexão);
• Volume e peso de bagagem, cargas e malotes;
• Atendimentos especiais e outras observações.
Após a confecção da Load, o atendente de voo responsável pelo check-out deverá inserir no MOV os pesos
corretos dos porões, imprimir em 03 vias e entregar ao atendente de voo responsável pelo embarque que
deverá colher a assinatura e nome legível do Comissário “A” e do responsável pelo carregamento
(Handling). A primeira via ficará para o comissário e as demais vias retornam para o despacho, sendo uma
arquivada com os documentos do voo e, a outra anexada junto aos cartões de embarque.
Todos os documentos de despacho de voo (Load, navegação e FuelOrder) devem ser entregues ao
comandante para avaliação e assinatura com o nome legível, conforme necessidades.

Nota: Nos casos de clientes na Lista de Espera, após a finalização das atividades de check-in, o atendente
de voo responsável pelo check-out deve avaliar a possibilidade de atendimento da Lista de Espera junto
ao DOV e orientar a equipe de check-in. O atendimento da Lista de Espera não deve ocasionar atraso do
voo.

Atenção: Os dados para confecção da LOAD e instrução de carregamento devem ser enviados pelo DOV
ao Check out no máximo 25 minutos antes do horário de decolagem, para voos no horário.

11 Responsabilidade do Check out – após Decolagem

Após o embarque dos clientes e a liberação do voo, o atendente de voo deve realizar a conclusão do
fechamento das informações nos sistemas. Os relatórios do voo em questão deverão ser emitidos, na
sequência a seguir:
• Movimento de Trânsito;
• Lançamento no Sistema Sigla;
• Conciliação dos dados do DCSG com Zenith e fechamento do voo;
• Confecção do RPE - Resumo de clientes embarcados;

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 8 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

• Documentos do Despacho de Voo (conferência e arquivamento).


Após a decolagem, o agente deverá preencher os horários de fechamento de porta, push-back e
decolagem na Planilha de Atendimento de Voo FL.AER.005-17-01 e enviar um e-mail para as Bases de
destino.

Nota: quando houver previsão de atraso na chagada dos voos, estes deverão ser tratados de forma
diferenciada onde, processos como limpeza, embarque e desembarque deverão ser agilizados para que o
tempo de solo seja o mais curto possível. Nestes casos, não se deve considerar os 30 minutos
programados em solo e sim, um tempo menor, visto que o objetivo é reduzir ao máximo a permanência
do voo na base, de modo a recuperar a malha programada para aquela aeronave.

11.1 Envio de Movimento de Trânsito e Lançamento no Sistema Sigla


Para a confecção e arquivamento do Movimento de Voo, siga as orientações descritas no procedimento
Elaboração, Organização e Envio do Arquivo de Voo.
Após a decolagem do voo, a tripulação técnica informar através da fonia, os horários de fechamento de
porta, push-back, decolagem e combustível de decolagem. O atendente de voo responsável pelo Check-
out insere os horários informados no SIGLA e o combustível de saída.
No Sistema SIGLA devem ser registradas todas as informações relacionadas ao voo. Para classificar os
atrasos, cancelamentos e alterações nos voos, utilizar a relação de codificações descrita nas Atribuição
dos Códigos de Atraso IATA aos Voos MAP.

Quando da inoperância do Sistema Sigla, o formulário FL.AER.007-17.01 – Movimento de Trânsito deve


ser preenchido e enviado pelos meios de comunicação disponíveis para os demais envolvidos na
operação.
Uma vez retomada as funcionalidades do sistema Sigla, esses dados devem ser transferidos.

Nota: O Sistema SIGLA utiliza horário UTC (zulu), como padrão.

Para acessar o Sistema SIGLA da MAP acesse o link: http://sigla.pro.br/map/default.aspx

11.2 Conciliação de Voo no Sistema e Conferência da Lista de Passageiros Embarcados


A conciliação do voo consiste em fazer as alterações necessárias para que as informações dos clientes
atendidos estejam de acordo com as informações do Sistema de Venda de Passagens da empresa. Feito
isso, o atendente de voo deverá imprimir uma Guia Geral de Embarque GGE, conferir se a quantidade de
cartões de embarque condiz com a lista e, arquivar os cartões junto à lista e uma das vias do MOV
assinado.
O acesso ao Sistema Zenith para impressão da GGE será dado após treinamento em Sistema de Reserva.

11.3 Confecção do RPE (Resumo de Pax Embarcados)


O Resumo de Passageiros Embarcados (R.P.E.) é um documento padronizado, emitido pela Administração
Aeroportuária Local, que deve ser preenchido pela empresa aérea, no qual devem constar os dados do
voo:
• Total de clientes, carga e bagagem embarcados / desembarcados;

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 9 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

• Total de clientes isentos, para efeito de cobrança das taxas de embarque.


Em aeroportos em que não há o selo de embarque, a Administração Aeroportuária Local emite a “Tarifa
de Embarque” (taxa de embarque) para a MAP.
Este procedimento está fundamentado nas seguintes legislações em vigor:
• IAC 160/1003;
• Resolução8/2007;
• Portaria 1.433/DGAC, de 26/09/00;
• CBAER. - Código Brasileiro de Aeronáutica.
O Gerente de Aeroporto deve entregar a RPE preenchida ao Responsável da Administração Aeroportuária
após a saída do voo.

11.4 Documentos de Despacho de Voo


O Despacho de voo é o arquivo que reúne todos os documentos operacionais do voo, atendendo aos
padrões nacionais e internacionais.
Os documentos para despacho de voo devem ser apresentados ao Comandante e, posteriormente deve
ser arquivado no aeroporto por ordem de data e número do voo de saída. Esta documentação deve ser
mantida no arquivo da base por 2 (dois anos).
É composto pelos seguintes documentos operacionais:
• Termos de responsabilidade de bagagem: utilizado para isentar a empresa de responsabilidades
pelo transporte de um objeto frágil, eletrônico ou perecível;
• Documentos e processos de despacho Avsec, por exemplo:
• Código Azul: utilizado para clientes que transportam armas de fogo como bagagem despachada,
ou clientes que utilizam arma de fogo, como ofício. Deve ser preenchido o “Formulário de
Despacho de arma de fogo e/ou objeto retido” e verificar o procedimento no manual de Despacho
AVSEC.
• Controle de segurança de bagagem: resumo da conciliação de bagagens aceitas no Check-in com
as mesmas, efetivamente, embarcadas.
• Controle de conteúdo de bagagem (Bingo): Resumo das bagagens efetivamente embarcadas.
• Retirada e Reconciliação de bagagens: Caso haja algum cliente faltante, a informação de
reconciliação de bagagens deve constar no despacho de voo.
• Varredura e controle de acesso em aeronaves.
• AIV - Autorização de Viagem para menor: utilizado para embarque de menor;
• AVIH - Animal vivo: utilizado para transporte de animais vivos como bagagem (quando aplicável);
• Controles de Segurança do embarque de suprimentos de comissária;
• Instrução de Carregamento: deve ser assinada pelo emissor, pelo responsável do carregamento;
• MVT – Movimento de Trânsito;
• Atendimentos MAAS: termos de Responsabilidades: assinados pelos clientes, caso seja necessário
atestados médicos e planilha de controle preenchida contendo a relação de atendimentos
especiais;
• 01 via do Movimento de Trânsito(SIGLA);
• 01 via do RPE (assinada pelo Atendente de Voo responsável pelo check-out);
• Load assinada pelo comandante;
• Controle de acesso as aeronaves (documento preenchido pela despachante do voo, contendo
nome, matricula, empresa e função de todos os colaboradores que acessaram a aeronave);

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 10 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital
PROCEDIMENTO DE CHECK OUT

PROCEDIMENTO PR.AER.005-17

• Guia geral de embarque (lista de todos os passageiros embarcados).

11.5 Registro ANAC - PNAE


As empresas aéreas devem manter registro dos atendimentos de transporte de Clientes PNAE para
acompanhamento e controle estatístico, e, dele darão ciência a ANAC, quando solicitadas. Este registro
deverá permanecer na Base por um prazo de 02 anos, conforme exigência da ANAC. A Base deve
preencher o Controle de Clientes que necessitam de Assistência Especial, conforme REGISTRO DE
ATENDIMENTO APNAE. Manter registrado no sistema de reservas através da inclusão da SSR correta, na
reserva do passageiro.

12 ANEXOS

12.1 Planilha de Atendimento de Voo

13 CONTROLE DAS REVISÕES

Para qualquer alteração neste procedimento atualizar o CONTROLE DE ALTERAÇÃO, Pág.03.

Este documento não é controlado quando impresso ou


Revisão: 02
obtido como cópia eletrônica. Para versão atualizada Página 11 de 11
Data: 26/09/2017
consulte a Biblioteca Digital