Você está na página 1de 3

O que é um projeto hidrossanitário?

O projeto hidrossanitário compreende as etapas de dimensionamento e cálculo dos


elementos hidráulicos de uma construção, visando uma maior economia e um bom
funcionamento do mesmo. Deve estar descrito nele todos os detalhes dos subsistemas que
compõem a parte hidráulica do ambiente, como por exemplo as tubulações de água fria, água
quente, esgoto, água pluvial e reuso de água. Para tal descrição estão contidos no projeto as
plantas baixas, detalhes de esgoto, isométricos de água, esquemas verticais de água e esgoto e
detalhes específicos. O projeto pode ser dividido em o hidráulico, sanitário e de águas
pluviais.

O projeto hidráulico compreende a


passagem das tubulações na construção,
assim como também os pontos de água e
os ramais de distribuição.

O projeto sanitário consiste no traçado em


planta do caminho em que o efluente
doméstico percorrerá até chegar à rede pública
ou ao sistema individual de esgotamento
sanitário.

O projeto pluvial estabelece as calhas,


tubulações e conexões necessárias para a
condução da água das chuvas.
Ops... Estou fazendo um
projeto hidrossanitário, o
que não posso esquecer?

Olá Mario, eu posso


Separado em três divisões, primeiro vou te ajudar! Vou tentar
falar do Sistema Hidráulico, nele não deixar o mais claro
pode faltar: para você, quais são
 Cotas; as partes que você
 Analisar a pressão; não pode esquecer.
 Velocidade;
 Legenda;
 Diferenciar águas frias e
quentes;
 Memorial descritivo.

Tem também o Sistema de Esgoto, o


qual não podemos esquecer é primeiro
definir se vai para rede publica ou para
alguns outro sistema de coleta e agora E para o Sistema Pluvial temos que,
vamos ao que não pode faltar na planta: definir o sistema de armazenamento
e lembrar:
 Diâmetro da tubulação;
 Sentido da tubulação;  Sentido da água no
 Inclinação da tubulação telhando;
(declividade mínima de 2%);  Área de contribuição;
 Memorial descritivo;  Diâmetro e inclinação;
 Tipos de calhas;
 Caixa de areia;
 Reservatório;
 Memorial descritivo.
Há, e outra coisa muito
importante! Jamais
podemos esquecer de
olhar as Normas!

Dentre elas temos a NBR 5626/1998,


a qual estabelece exigências e
recomendações relativas ao projeto,
à execução e à manutenção da
instalação predial de água fria; Temos também a NBR 7198/1993, que fixa as
condições técnicas mínimas quanto à higiene,
à segurança, à economia e ao conforto dos
usuários, pelas quais devem ser projetadas e
executadas as instalações prediais de água
quente;

A NBR 10844/1989, que fixa as E a NBR 8160/1999, que estabelece as


exigências necessárias aos projetos das exigências e as recomendações relativas ao
instalações de drenagem de águas projeto, à execução, ao ensaio e à
pluviais, visando a garantir níveis manutenção dos sistemas prediais, de esgoto
aceitáveis de funcionalidade, segurança, sanitário;
higiene, conforto, durabilidade e
economia;

Terminamos por aqui,


se persistirem algumas
dúvidas procurem
nossos membros.
#AvanteConstruREC