Você está na página 1de 4

Universidade Óscar Ribas

Conteúdo Programático de Fiscalidade


Introdução:
A Disciplina de Fiscalidade pretende dotar os futuros profissionais desta área, de um
domínio teórico-prático dos sistemas fiscais, tanto a nível nacional como internacional.
O interesse pragmático e o papel que a fiscalidade assume na gestão, decorrem do seu
caráter instrumental no sentido de auxiliar os gestores na tomada de decisão, numa
análise atenta dos problemas fiscais na perspetiva económica, financeira, contabilística e
jurídica.
Objectivos Gerais:
O programa da presente disciplina tem como objectivo continuar o desenvolvimento do
estudo sobre a tributação Angolana.
Depois de uma parte introdutória, que será lecionada na cadeira, que versará a
aprendizagem dos princípios tributários e da relação contabilidade-fiscalidade,
(interdependência, dependência ou autonomia?), na área da tributação do rendimento
das pessoas colectivas e singulares, nos dois semestres falar-se-á do estudo da tributação
do regime geral e especial, divididos no primeiro semestre com a parte teórica e no
segundo semestre com cálculos numéricos.
Objectivos Específicos:
Estudo do sistema fiscal Angolano e dos principais impostos sobre a despesa,
rendimento e o património. Posteriormente serão explicadas as normas da lei geral
tributária bem como as penalidades previstas na lei fiscal Angolana.
Competências a adquirir:
Constituindo os impostos uma realidade na vida de todos os cidadãos, a disciplina tem
por objectivo dotar os estudantes de conhecimentos técnico-jurídicos que lhes permitam
interpretar e aplicar as normas e princípios que integram o sistema fiscal Angolano, bem
como o comportamento dos profissionais das áreas contabilísticas e fiscais perante a
Administração Fiscal.
Metodologia de ensino:
Tendo presente o carácter teórico-prático das aulas, o método de ensino adoptado
encontra-se estruturado do seguinte modo:
1. Apresentação dos conceitos, princípios gerais da tributação Angolana e comunitária
(I Semestre).
2. No final de cada ponto do Programa, os alunos são confrontados com cálculos
numéricos, casos práticos, cuja resolução é efectuada, em conjunto, no decurso das
aulas (II Semestre).
1. INTRODUÇÃO - (Modelos de Estado, história sobre a tributação Angolana).
2. Conceito de Fiscalidade e de tributos.
3. Regime da Tributação.
3.1- Órgãos de Fiscalização Externa em Sede de Fiscalidade Empresarial.
4. Impostos Existentes (as funções do imposto).
5. O Facto Gerador do Imposto, incidência, lançamento, cobrança e lançamento.
6. A Classificação dos Impostos.
7. Relação Jurídica Tributaria (Identificação dos Contribuintes).
8. Garantias Dos Contribuintes.
9. Actos Prejudiciais ao Sistema Fiscal.
10. O Perdão Fiscal (vantagens e desvantagens).

II – REGIME GERAL DE TRIBUTAÇÃO.


1. Introdução.
2. Imposto Sobre os Rendimentos do Trabalho por Conta Própria (Grupo B).
2.1- Incidência; Determinação da Matéria Colectavel; Taxas; Exercícios.
3. Imposto Sobre os Rendimentos do Trabalho por Conta de Outrem (Grupo A).
3.1- Incidência; Determinação da Matéria Colectavel; Taxas; Exercícios.
4. Imposto Industrial.
4.1- Incidência; Determinação da Matéria Colectavel (Para Fins Fiscais e
Contabilisticos); Taxas; Exercícios.
5. Tributação Das Empreitadas.
5.1- Incidência; Determinação da Matéria Colectavel; Taxas; Exercícios.
6. Imposto De Selo.
6.1- Incidência; Determinação da Matéria Colectavel; Taxas e Quotas; Exercícios.
7. Imposto Sobre a Aplicação de Capitais.
7.1- Incidência; Determinação da Matéria Colectavel; Taxas; Exercícios.
8. Imposto Predial Urbano.
8.1- Incidência (Sobre os Prédios Arrendados e Não Arrendados); Determinação da
Matéria Colectavel; Taxas; Exercícios.
9. Imposto de SISA.
9.1- Incidência; Determinação da Matéria Colectavel; Taxas; Exercícios.
10. Imposto de Consumo/Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA)
10.1- Incidência; Determinação da Matéria Colectavel; Taxas; Exercícios.

III – REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO.


1. Introdução.
2. Tributação das Actividades Petrolíferas.
2.1- Contrato de Concessão; Imposto Sobre a Produção do Petróleo; Incidência;
Determinação da Matéria Colectável; Taxas; Exercícios.
3. Imposto de Transacção do Petróleo.
3.- Incidência; Outros Custos Dedutiveis em Imposto de Transacção do Petróleo;
Prémio de Produção; Exercícios.
4. Prémio de Investimento, Determinação Matéria Colectável, Taxas.
5. Imposto Sobre o Rendimento do Petróleo.
5.1- Incidência, Taxa de Superfície, Cálculo para a Formação de Quadros Angolanos.
5.2 – Outros Impostos Dedutíveis, taxas, Exercícios.
6. Contrato de Partilha de Produção.
6.1- Isenção e Incentivos Fiscais; Determinação dos proveitos; Determinação dos
proveitos, Determinação dos Custos; Calculo das Receitas e do Imposto, Ordem de
Recuperação dos Custos; Exercícios.
7. Contrato de Serviço com Risco.
8. Regime de Tributação da Sonangol E.P.

V. BIBLIOGRAFIA PRINCIPAL

A Constituição da República de Angola.


QUINTINO, Gaspar Nongava; Lições de Fiscalidade Angolana, 1.ª Ed., Luanda, 2020
ANTÓNIO, Nvela; Fiscalidade Angolana, 1.ª Edição, Luanda, 2017
Legislação Fiscal Angolana
MACHADO, Jónatas E.M.; DA COSTA, Paulo Nogueira; MACAIA, Osvaldo Lemos;
Direito Fiscal Angolano, 2ª Ed.2017.
No final do ano lectivo, o estudante estará preparado e munido de teoria e prática sobre
a tributação Angolana e não só.

Prof. Mestre: Gaspar Quintino.