Você está na página 1de 11

https://freestocktextures.com/texture/abstract-architectural-geometric-facade,940.

html

DESENHOS COMPONENTES
DO PROJETO DE
ARQUITETURA
IMPLANTAÇÃO/COBERTURA
Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - FAU
Departamento de Projeto, Representação e Tecnologia - DPRT
Disciplina AUR079 Representação Manual Técnica I
Professor Dr. Emmanuel S. R. Pedroso
Monitora Ana Carolina R. Vasconcelos
Planta de Situação

Indica a forma e as dimensões do terreno, os lotes e as quadras


vizinhas, as ruas de acesso, as construções existentes e a
orientação.

(MONTENEGRO, 2001)
(MONTENEGRO, 2001)
Planta de Locação (ou Implantação)

Indica a posição da construção dentro do terreno. No entanto,


ela não se limita à casa ou construção, devendo mostrar
também muros, portões, árvores, calçadas e – se necessário –
construções vizinhas. Pode-se fazer um desenho único com a
planta de cobertura (vista da parte superior da construção).

(MONTENEGRO, 2001)
(MONTENEGRO, 2001)
OBSERVAÇÕES

- É normalmente desenhada em escalas como 1:250, 1:500 etc.,


mas também pode ser mostrada em 1:100, se esse nível de detalhe
for necessário;
- Em escalas maiores, ela pode ser combinada com a planta baixa,
se a intenção for mostrar a relação entre espaços internos e
externos;
- Deve constar:
- A topografia do terreno com curvas de nível;
- As características naturais do sítio, como árvores, paisagismo
e curso d`água;
- Elementos construídos, caminhos, pátios e vias de acesso.

(CHING, 2000) (CHING, 2010)


EXPRESSANDO PROFUNDIDADE

Duas maneiras principais para atingir o grau desejado de contraste


de tonalidade entre a forma do edifício e o espaço circundante:

- Sombreamento do edifício como uma figura escura contra um


fundo claro. Técnica útil para ressaltar a cobertura;

- Definição do edifício como um formato claro contra um fundo


escuro. Técnica adequada ao construir sombras projetadas a partir
da forma do edifício e para evidenciar elementos de paisagismo.

(CHING, 2010)
- Sombreamento do edifício como uma figura escura contra um
fundo claro. Técnica útil para ressaltar a cobertura;
(CHING, 2010, p. 145)
- Definição do edifício como um formato claro contra um fundo
escuro. Técnica adequada ao construir sombras projetadas a partir
da forma do edifício e para evidenciar elementos de paisagismo.

(CHING, 2010, p. 145)


ATIVIDADE 23

Em uma folha A3, na horizontal, com margem, legenda e


enquadramento, fazer 2 implantações/ coberturas do Galpão da
Arquitetura, utilizando as duas técnicas. Considerar um terreno
com limites a 5,00 m de todas as fachadas.

Implantação 1 Implantação 2
(CHING, 2010, p. 145)
Referências bibliográficas
CHING, F. D. K.; JUROSZEK, S. P. Representação gráfica para desenho e projeto.
Barcelona: Gustavo Gilli, 2010.

CHING, F. D. K. Representação Gráfica em Arquitetura. 3ª ed. Porto Alegre:


Bookman, 2000.

MONTENEGRO, G. Desenho arquitetônico – 4ª edição. São Paulo: Editora Blucher,


2001.