Você está na página 1de 2

PROJETO DO SETOR DE FISIOTERAPIA

A Fisioterapia é uma área da saúde, que se responsabiliza principalmente pela


prevenção e tratamento das disfunções do movimento humano, gerados por alterações
genéticas, por traumas ou por doenças adquiridas. Tem por objetivo preservar, manter,
desenvolver (habilitar) e ou restaurar (reabilitar) a integridade de órgãos, sistema ou função
das pessoas com deficiência que tem indicação para este atendimento. Para isso visa intervir
no movimento corporal humano e, por meio do próprio movimento e outros recursos  físicos,
minimizar as disfunções. Causadas pela patologia que o paciente possui. As famílias também
são orientadas a dar continuidade nos exercícios, posicionamentos adequados e alongamentos
em casa, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência.
No setor de Fisioterapia da APAE de PATY DO ALFERES ,a base terapêutica consiste em
condutas que abordem o paciente em todos os seus aspectos, deficitários ou não, onde o
objetivo é que o paciente seja tratado como um todo, ou seja, não somente seu aspecto
motor, mas percebendo seus aspectos sensoriais e emocionais. 
A proposta de tratamento do setor tem como objetivo realizar anamnese e
exame físico, identificando as limitações do paciente, para elaboração de laudo
diagnostico e programação terapêutica, reabilitá-lo para alcançar os padrões de normalidade e
funcionalidade, tendo como base o desenvolvimento neuropsicomotor normal.
Na Pediatria,o trabalho preza as facilitações ao movimento, incentivo ao
desenvolvimento das capacidades neuromotoras iniciais da criança, objetivando a mobilidade
funcional. O lúdico é um componente essencial no tratamento, permitindo a maior facilidade
no alcance dos objetivos e na realização da sessão, tornando assim possível alcançar as metas
estabelecidas de acordo com a fase de desenvolvimento e com o grau de comprometimento
da criança.
Nos neurológicos adultos, busca-se especificamente aprimorar as habilidades motoras
conservadas e recuperar as perdidas, além de treinar formas de adaptação ao ambiente e
atividades dentro de sua capacidade.
É importante ressaltar que o trabalho só torna-se efetivo, quando a participação e o
envolvimento da família são ativos em todo processo de reabilitação, permitindo que os
resultados alcançados sejam satisfatórios e os pacientes sejam cada vez mais independentes e
funcionais, respeitando suas potencialidades e limitações.
Atividades da fisioterapia:
Fisioterapia motora, respiratória, treino de marcha, treino de equilíbrio,
condicionamento físico, atividades lúdicas e psicomotoras, correção postural, exercícios de
fortalecimento e alongamento, estimulação sensorial e cognitiva, coordenação motora,
aumento da amplitude de movimento e propriocepção.
As sessões são definidas após uma avaliação minuciosa do paciente, para que o
profissional tenha conhecimento do grau de acometimento e assim determinar os objetivos
para o tratamento.
Além do atendimento com as finalidades acima citadas, foi sugerido que seja realizado
também um trabalho de orientação junto aos professores sobre o melhor posicionamento em
sala de aula e adaptações de cadeiras, bem como, junto aos familiares, para conscientizar
quanto à importância da continuidade da estimulação em casa, corrigindo posturas viciosas,
facilitando as transferências e manuseios do paciente.
o setor de Fisioterapia oferece aos usuários, uma sessão semanal com duração de 30 minutos
aproximadamente ,dependendo de cada caso, podendo se estender para uma hora.
Material necessário:
 Bola suíça
 Thera band amarelo (suave) e vermelho( médio) :  
-Proporciona fortalecimento muscular.
- Melhora a coordenação motora.
- Aprimora habilidades funcionais.
- Aumenta a mobilidade e flexibilidade.
 Espaldar
 Prancha de equilíbrio ( tábua de propriocepção)
 Bambolê
 Triangulo
 Colchonete
 Bola de massagem( fraca intensidade)
-Sua utilização é bastante variada, além de estimular pontos de circulação sanguínea trabalha
o movimento de pinça (pegada) estimula também o exercício repetitivo de abrir e fechar as
mãos. 
-Desenvolve a percepção cognitiva.
 Rolo
 Exercitador para braços e pernas
 Bastões
 Respiron
- Indicado para prevenção e combate de atelectasias pulmonares e a iniciação do
condicionamento respiratório de crianças, idosos, pacientes acamados e mais debilitados.
-Incentiva a respiração profunda.

-Promove a recuperação do desempenho pulmonar;


-Previne e combate atelectasias;
-Alivia a falta de ar;
-Indicado também para iniciação dos exercícios respiratórios nos indivíduos mais debilitados.

 Bicicleta pedalinho para exercícios de pernas e braços