Você está na página 1de 33

c

c
c
c
c
c
c
a   
 
 
 


 
 

 


 

 


  
  
   

  
  

 

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
 a !  

Nome completo: Jorge Henrique Dias de Moura

Curso: Ciências Contábeis

Número de matrícula na FCHE: 05071825

Período em curso: 8° Período

Área de Atuação: Contabilidade Governamental

 a !  




Empresa concedente: Diag Systems Diagnóstica Hospitalar LTDA.

Ramo de atividade e área de atuação da empresa: Diagnóstica Hospitalar

Endereço completo: Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182, Pina, Recife/ PE

CNPJ: 06.047.349/0001-65

Área de atuação na empresa: Setor Licitação - Comercial

Nome do supervisor na empresa: Arione Vieira

Período de realização do estágio (datas/horários): data de a dmissão:

16/07/10, horário 08:00 às 18:00h.

 

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
 
  


Fundada há mais de 10 anos, a Diagsys sempre teve como objetivo, atender

cada vez melhor às necessidades do cliente.

Na história da empresa muitas conquistas foram alcançadas e com isso veio o

reconhecimento de um trabalho sério que mostrou responsabilidade e

comprometimento.

Algumas empresas acreditaram neste potencial e firmaram alianças

estratégicas que fortaleceram ainda mais a atuação no mercado do nordeste.

Hoje a Diagsys trabalha com o que há de melhor em produtos e

equipamentos, oferecendo os melhores serviços. Mais do que uma distribuidora, a

empresa tem como objetivo ser um canal de informações entre a indústria e o

mercado. Uma missão que envolve qualificação profissional e uma equipe

comprometida com a empresa, mostrando preocupação constante com a atuação e

posicionamento no mercado, através de elaboradas estratégias de marketing e

comunicação.

Apresentando um crescimento ano a ano a empresa visa ofe recer novos

serviços, aumentando seu mercado e o mix de produto.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
A Diagsys tem uma constante busca da melhoria, juntamente com os novos e

contínuos desafios, que fazem parte de uma moderna gestão empresarial

demonstrando dedicação, visão empreendedora n o mercado e confiança no futuro.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
ra  

 r a    !

c  c
c c   c  c   c c c c  c

c   c c  c c c  c c  c  c  c    c

 !c"#$"%!c$c #$&c %'c("! )c"** +c&c$&#(! c$ *c!'#(&*&*,c

&- c(Dic. Aurélio, 2010)c

O procedimento licitatório visa propiciar iguais oportunidades aos que

desejam contratar com o Poder Público, dentro dos padrões estabelecidos pela

Administração, e deve atuar como fator de eficiência e moralidade nos negócios

administrativos.

É o meio técnico-legal de verificação das melhores condições das obras,

serviços e compras realizadas pela administração.

O procedimento licitatório é uma sucessão ordenad a de atos vinculantes para

a Administração e os licitantes, que sem a observância dos quais é nulo o

procedimento e o contrato subseqüente.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
Na verdade, a licitação é uma sucessão ordenada de atos que se

desencadeiam, para o público, com o edital e se findam com a adjudicação de seu

objeto ao seu vencedor.

São atos vinculadores da Licitação:

Edital ou Convite;

Habilitação dos Licitantes;

Julgamento Objetivo das Propostas;

Adjudicação ao vencedor;

Homologação da Adjudicação.

Os atos acima obedecem rigidamente o estabelecido em Lei e não admitem

discricionariedade na sua realização, salvo quando a norma legal autoriza

preferências técnicas e opções administrativas de conveniência e oportunidade,

desde que devidamente justificadas.

A licitação tem como finalidade selecionar a proposta mais vantajosa para

Administração. É dada primazia, como regra geral, à proposta de menor preço, mas,

em determinados casos, a técnica pode ser preponderante.

c 

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
 r "
  !

Toda licita ção está su jeita a prin cípio s irrelegá ve is no seu

pro cedimento, sob pena de in va lida r to dos o s p ro cedimento s, que são:

 r  a 

A exp re ssão p ro cedimento f ormal sig nif ica que a licita ção e st á

vin culada à s pre scriçõe s legais que rege m e m todo s o s seu s ato s e

f ases. Não só a lei, ma s regula mento, as in st ru çõe s co mple menta re s, e

o edital, pauta m o p ro cediment o da licita ção , vin cu lando a

Ad minist ra ção e os licitante s a todas a s sua s e xigên cia s, de sde a

con vo ca ção do s inte re ssado s até a ho mologa ção do julga mento, e

con seqüente mente o cont rato.

O princípio do procedimento formal, todavia, não significa que a

Administração deva ser formalista a ponto de fazer exigências inúteis ou

desnecessárias à licitação, como também não quer dizer que deva anular o

procedimento ou o julgamento, ou inabilitar licitantes, ou desclassificar propostas

diante de simples omissões ou irregularidade na documenta ção ou nas propostas,

desde que tais omissões ou irregularidades sejam irrelevantes e não causem

prejuízos a Administração.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
 r 

 


A publicidade dos atos é outro princípio dominante neste procedimento

administrativo. Não pode haver licitação sigilosa, porque é da natureza da licitação a

divulgação de todos os seus atos e a possibilidade do conhecimento de todas as

propostas abertas e de seu julgamento.

A publicidade da licita ção ab range desde a divulga ção do a viso

de sua abe rtu ra, o conhe cimento do e dital e de todo s o s seu s ane xo s, o

exa me da docu menta ção e prop osta pelo s inte re ssado s, e o

f ornecimento de ce rtidõe s de quaisq uer pe ça s, pare cere s e de cisõe s

rela cionada s co m o pro ce sso licit atório, de sde que so licitado s

f ormalmente e por que m tenha legitimidade de pedi -lo s.

 r         
    

Igualdade entre os licitan tes é o princípio primordial da licitação, previsto na

própria Constituição da República, pois não pode haver procedimento seletivo com

discriminação entre participantes, ou com cláusula do Edital que afastem eventuais

proponentes qualificados ou os prejud iquem no julgamento.

O p rin cípio da igua ldade entre o s licitante s veda cláu sula s

discriminató ria s ou ju lga mento f a ccioso que de siguala o s igua is ou

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
iguala o s de siguais, f a vore cendo a uns e de sf avo re cendo a out ro s, co m

exigên cia s inúteis pa ra o serviço pú blico, ma s co m de stino ce rto a

determinado s candidato s.

Nu lo é o Ed ital imp re ciso e m sua discrimina ção ou o misso e m

pontos e ssen ciais, ou que f a ça e xigência s e xce ssiva s co mo, po r

exe mplo, condiçõe s pa ra af erir a qualidade do produto, pois, e sta

qualidade, poderá ser obtida da s mais dive rsa s f orma s co mo , por

exe mplo: solicita ção de ate stado s de realiza ção ou f orneciment o

anterio re s, a co mpanha mento po r té cn ico s da In stituição na f abrica ção

do produto, sub mete r o s equipa mento s ou mate ria is a teste s du rante o

pra zo de ob serva ção, f icando a ca rgo do Cont ratado toda s a s de spe sa s

deco rrente s de ste s te ste s, et c... Pode mo s ta mbé m indica r co mo

cláu sula que não de ve se r solicitada no Edital a s que e xige m ante rio r

exe cu ção de ob ra, se rviço ou f orne cimento idêntico ao objeto licitado ,

ou as que e xige m registro p ré vio no órgão co mpetente, et c...

Opo rtuno se f az re ssalta r que não é discriminató ria a solicita çã o

esp e cíf ica de determinado produto, d esde que a exclu são de simila re s

se ju st if ique por intere sse público co mp ro vado pela Ad minist ra çã o

licitado ra, e tal ju stif icat iva de ve rá f azer pa rte do pro ce sso.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c


 rr 
     
  ! 
   


O sigilo na ap re senta ção da s prop osta s nada mais é que o

pre ssupo sto da igualdade ent re o s licitante s e de su ma impo rtân cia

para p re serva ção do ca ráte r co mpe titivo do p ro cedimento licitató rio.

O conteúdo da s propo sta s não é público ne m a ce ssível ao público

até o mo mento p re visto pa ra sua abertu ra, pois que, se u ma e mp re sa

con co rrente vie r a conhe ce r o conte údo de u ma p ropo sta ante s do

mo mento pré -e stabe le cido f ica ria e m situação vantajo sa.

A viola ção do sig ilo da p ropo sta d ará en sejo a anula ção d o

ce rta me licitató rio.

 r#    !     

A vin cu la ção ao edital é e stabele cida às reg ra s no Edital, torna m-

se ob rigató ria s pa ra aquele ce rta me , durante todo o p ro cedimento,

tanto para a Ad min ist ra ção quanto pa ra todos o s licitante s.

É oportuno e scla re ce r que toda e xecu ção do s serviço s e/o u

f ornecimento ta mbé m e stão vin cu lado s ao Edital.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
O edital é a le i inte rna da licita ção e , co mo tal, vin cula o s seu s

termo s tanto ao s licitante s quan to à Ad ministra ção que o e xpediu.

No s ca so s e m que hou ve r f alhas no Edital, ou se f or inadequado

ao intere sse público, de verá se r co rrig ido, atra vé s de alte ra ção de iten s

ou condiçõe s ou, até me smo, ser e la borado no vo edital, e de ve rá se r

republicado, co ntando -se no vo pra zo de publica ção, de sde que af ete a

elabora ção de propo sta s. O que a Ad ministra ção e o s proponente s não

pode m é descu mp rire m as e xigê ncia s do Edital, e xigindo ou

con siderando o que não f oi pedido ou f acultado ao s licitante s.

 r$         

Julga mento o bjet ivo é o p rin cíp io de toda licita ção que seu

julga mento se apóie e m f atore s con cretos, pedido s pela Ad minist ra ção,

e m conf ronto co m o of ertado pelo s licitante s, dent ro do s pa râ met ro s

f ixado s no Edita l.

O p rin cípio do julga mento objet ivo af asta o discriciona rismo n a

esco lha da s p ropo sta s, ob rigando a Co missão de Julga mento a se ate r

ao crité rio p ref ixado pela Ad minist ra ção, le vando se mp re em

con sidera ção o inte re sse do se rviço público. No julga mento da s

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
propo sta s, a Co missão le va rá e m con side ra ção o s crité rio s

objetivo s def inidos no Edita l.

 r%     !    
        

Adjudica ção co mpulsó ria ao ven cedo r é prin cípio irrelegá vel n o

pro cedimento licitató rio. Ven cido a licitação, na sce para o ven cedo r o

direito subjetivo à adjud ica ção.

O direito do ven cedo r limita -se à adjudica ção, e não a

cont rata ção imediata, visto que a Ad minist ra ção pode Re vogar ou

Anula r a licita ção, ou adia r a co ntrata ção, quando sobre venha m

motivo s de inte re sse públ ico.

A Administração não pode contratar com outrem que não seja o adjudicatário,

como também não pode anular, revogar ou protelar indefinidamente a contratação

sem justa causa, bem como a invalidação arbitrária do certame. 

 r&      

Legalidade é toda atividade ad minist rat iva e sta sujeita ao

atendimento da le i e dele não pode se af astar ou de svia r, sob pena de

inva lida ção do ce rta me.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c


r'  

    

Impe ssoalidade é a Ad minist ra ção t rata os ad minist rado s se m

perseguição e se m f avo re cimento s, co mo con se ctá rio do prin cípio da

igualdade de todo s pe rante a lei. O in tere sse púb lico de ve ser o único

objetivo ce rto de qualque r ato ad minist rativo.

 r         
   

Mo ralidade a d minist rativa con stitui ho je, desígnio de todo ato da

Ad minist ra ção Púb lica e se conf unde co m o de ver de retidão do

ad minist rado r público, co mo ele ment o nece ssá rio à legit imidade de

seu s ato s.

 r    !

São 06 (seis) as modalidades de licitação admissíveis, a saber: Concorrência,

Tomada de Preços, Convite, Concurso, Leilão e Pregão Presencial. Os tipos

permitidos: (de menor preço, de melhor técnica, de técnica e preço e de maior oferta,

nos casos de alienação de bens ou concessão do direito real de uso). Devem

constar do Edital a Modalidade e o tipo adequado ao certame.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
 r       

Podemos definir concorrência como uma modalidade de licitação aplicável

para contratação de grande valor, onde se admite a participação de quaisquer

interessados, registrados ou não, que satisfaçam as exigências do Edital,

convocados com antecedência mínima estabelecida no artigo 22, §1º, e 21, §2º.

A concorrência também é obrigatória para compra ou alienação de imóveis,

concessão de uso e licitação internacional, independenteme nte do valor do objeto do

contrato.

 r          


A to mada de p re ço s é a modalidade de licita ção para contrato s d e

valo r e st imado imed iata mente inf erio r ao e stabele cido para a

con co rrên cia, realizada entre inte re ssados p re via mente cada st rado s. A

qualif ica ção é a que con sta r do cada stro, po r catego ria, tendo e m vist a

a espe cializa ção.

A Lei nº 8.666/93 apro ximou a To mada de Pre ço s à

Con co rrên cia, pe rmitindo a part icipa ção de todo s os inte re ssado s,

desde que apre sente m a do cu menta ção até o te rceiro dia ante rio r à

data do re cebimento da s p ropo sta s. Essa do cu menta ção há de se r

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
apre sentada à Co missão de Julga ment o da To mada de P re ço s e por ela

exa minada. Con clu ída a f ase de hab ilita ção, pa ssa r -se -á à etapa de

julga mento da s p ropo sta s, e m tudo se melhante à Con co rrên cia.

 r    

Existe m 03 (t rê s) tipo s de con vite s, a sabe r:

Con vite é a moda lidade de licita ção mais simp le s, de stinada s à

cont rata ção de pequeno valo r, que con siste na con vo ca ção de no

mínimo 06 (seis) e mp re sa s, cada st rad as ou não, para que apre sente m

sua s p ropo sta s, no p ra zo mín imo de 0 5 (cin co ) dia s.

 Publicidade é o con vite que não exig e publica ção, po rque é f eito

direta mente ao s escolhido s pela Ad ministra ção at ra vé s de Ca rta

Con vite. Po ré m, o con vite de ve rá ser af ixado e m lo cal ap rop riado,

estendendo -se auto matica mente ao s de mais cada st rado s da me sma

catego ria, de sde que manif este m seu intere sse até 24 hora s ante s da

data de ence rra mento do certa me.

 Habilita ção é o con vite que dispen sa em p rin cíp io a f ase de

habilita ção, u ma ve z que a p rio ri é f eito a f irma s ou p rof issionais, ma s,

sendo e xig ida, e sta de ve ser co lo cada no envelope do cu menta ção,

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
sepa rado da p ropo sta, e o p ro cedimen to se rá o me smo da con co rrên cia

e to mada de p re ço s.

 rr   


Con cu rso é a modalidade de licita ção destinada à e scolha de

trabalho té cnico ou art ístico, p redo min a nte mente de cria ção inte le ctual.

 r#  !

Leilão é a modalidade de licita ção d estinada à venda de bens

mó veis in servíveis pa ra Ad min ist ra ção, p roduto s legalmente

apreendido s ou e mpenhado s e ta mb é m pa ra o s ben s imó veis cuja

aquisição haja de rivado de p ro ced imento judicial ou de doa ção e m

paga mento.

A ad minist ra ção poderá vale r -se de do is tipo s de le ilão, ou seja: o

co mu m privativo de le iloeiro of icia l, onde houve r, e o ad min ist rativo,

f eito por se rvidor púb lico.

 Os ben s a se re m vendido s e m le ilão co mu m ou ad minist rativo ,

deve m se r pre via mente a va liado s, pa ra que con ste do edital o pre ço

mínimo a pa rtir do qual se rão con sideradas a s of erta s.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
 O leilão na ad minist ra ção c ent ralizada habitualmente não é

utilizado.

 r$   !  
   

 Pregão é a modalidade de licita ção dest inada a aqui sição e

cont rata ção de ben s e se rviço s co mun s à Ad min ist ra ção. Exclu i -se

desta modalidade de licita ção para co ntrata ção de obra s e se rviço s de

engenharia. O p regão pode rá se r utilizado independente do valo r da

con t rata ção.

A publicidade é a divulga ção há de ser f eita nece ssa ria mente n o

Diário Of icial do Estado de São Pau lo . O p ra zo de pub licidade é de 08

(oito ) dia s, e xcluindo -se o dia da pub lica ção, in cluindo o último dia.

A abertu ra do p regão n o dia, hora e local indicado s no Edital, o

Pregoeiro p ro cede rá ao pregão, que adotará os seguin te s

pro cedimento:

K O p regoeiro se ap re senta rá aos licitantes ap re se ntando

ta mbé m a equipe de apoio;

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
K Re cebe rá o creden cia mento de todos os licitante s,

obse rvando o do cu mento hábil de cre dencia mento, e conf rontará

co m o do cu mento do repre sentante leg al que deve conter f oto.

K Creden ciado todo s o s licitante s, o pregoeiro solicita rá dos

rep re sentante s o s en ve lope s conte ndo os do cu mento s e a s

propo sta s.

K O pregoe iro anun cia rá que inicia rá a abertu ra dos en velope s

contendo a p ropo sta e as ana lisa rá, cla ssif icando -a s e

descla ssif icando -a s.

K Anun cia rá a s p ropo sta que e stão cla ssif icada s, e ind icará o

valo r de cada p ropo sta.

K Terminada esta f ase , o pregoeiro indica rá a s p ropo sta s que

f arão os lan ce s.

K So mente pode rão of erece r lan ce s, as propo sta s que

of erece ra m pre ço s até 10% do meno r pre ço of ere cido.

K O pregoeiro iniciará a f ase de lan ces, até que todo s o s

licitante s de cline m.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
K Apó s e sta f ase o p regoeiro inicia rá a nego cia ção co m a

e mp re sa que apre sentou o meno r p re ço nos lan ce s.

K Apó s a nego cia ção o p regoeiro ab rirá o en velope contendo

os do cu mento s so mente da e mp re sa vencedo ra.

 r%  

!      

A Co missão é o órgão julgador da licitação, e, po r isso me smo ,

nenhu ma a uto ridade pode sub stitu í -la na sua f un ção de cisó ria.

Ha vendo e rro no julga mento, a autoridade co mpetente poderá anula r a

decisão, atra vé s de re cu rso ou ex of f icio, determinando que a

Co missão co rrija o e rro ou pro ceda a novo ju lga mento.

A Co missão de Jul ga mento pode rá se r a sse sso rada po r té cnico s

ou até me smo po r outra s co missõe s d e espe cialista s.

A Co missão de Julga mento é independente nas sua s de cisõe s,

ma s não discricionária no seu ju lga mento, porque e sta ad st rita ao

crité rio e stabele cido no edita l e ao s ele mento s objetivo s da s p ropo sta s.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
A Co missão de Julga mento de Licita ção te m co mpetên cia pa ra

habilita r ou inab ilita r o s licitante s, cla ssif ica r ou de scla ssif ica r p ropo sta

e cla ssif icar a s propo sta s apre sen tadas, anula r sua s de cisõe s.

A Co missão de Ju lga mento de Licita çã o não pode alterar o edital,

ne m anular ou re voga r a licita ção, solicitar no va s p ropo sta s, no s

termo s p re visto s no a rt igo 48 da Lei nº 8.666/93, julga r o s re cu rso s,

porque isto é p rivat ivo da ad minist ra çã o.

 r&   

O e dital é o in st ru mento at ra vé s do qual a Ad min ist ra ção le va a o

conhe cimento público a abertu ra da co nco rrên cia, to mada de pre ço s ou

pregão, f ixa a s condiçõe s de sua rea liza ção e con vo ca o s inte re ssado s

a apre senta re m sua s p ropo sta s.

O ed ital é a mat riz da licita ção e do cont rato, ma s não é

exau st ivo, po rque a s no rma s superio res e ante rio re s do ó rgão licitante

o co mple menta m, e mbora não rep rodu zido s no seu te xto.

As indica çõe s do edital e seu s anexo s (p rojeto s, planta s,

desenho s, e spe cif ica çõe s té cnica s, planilha s, etc..) con sub stan cia m a

vontade da Ad minist ra ção sob re a obra, se rviço, co mp ra, a alienação, e

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
orienta m o s inte re ssado s no prepa ro de sua s p ropo sta s. Po r isso

me smo, não pode m ser alte rada s e m pontos e ssen cia is no curso do

pra zo e stabele cido.

As cláu sula s do edital é que indica rão o s requisito s para

habilita ção do s licitante s, o s do cu mentos a se re m apre sentado s, a

f orma e a s ba se s da s p ropo sta s, o critério de julga mento, o s f atore s a

se re m con side rado s e a s condiçõe s do f uturo cont rato.

A Ad minist ra ção não pode le va r e m con sidera ção vantagen s o u

desvantagen s não p re vista s no edita l, co mo não poderão o s licitante s

sup rir o missõe s ou corrig ir dado s t écnico s ou e conô mico s apó s a

entrega da s p ropo sta s, sa lvo e rro de conta s ou equ ívo co s e vidente s e

irrele vante s pa ra o julga men to.

 A impugna ção do edital viciado ou def eituoso deve ser f eita

ad minist rat iva mente, se mp re ante s d a entrega da propo sta, po is que,

após e ssa f ase, se m p rote sto,enten de -se que seu conteúdo e sua s

exigên cia s f ora m a ceito s p o r todo s o s licitante s.

O impugnante pa ra não de ca ir do seu d ire ito pe rante a

ad minist ra ção de mon st re intere sse pelo ce rta me. Para tanto, de ve rá

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
retira r o edita l e seu s ane xo s, ou of erece r do cu mento s e propo sta co m

inobse rvân cia do s iten s que con side ra r ilega is.

 O edital, co mo é no rma inte rna da licit ação, te m a se me lhan ça da

lei, preâ mbulo, te xto e f echo.

 r'      !    





O terceiro ato e xte rno da licita ção é o re cebimento da

docu menta ção e da s p ropo sta s, conf orme o pedido no edita l.

 Do cu menta ção é o conjunto de co mp ro vante s da capa cidad e

jurídica , da regula ridade f iscal, da ca pacidade té cn ica e da idoneidade

f inanceira que se e xige do s intere ssado s pa ra se habilita re m n a

licita ção e de ve rão e sta r indicado s n o edital. De ve rão se r solicitado s

exclu siva mente o s do cu mento s indicad os no s a rtigo s 27, 28, 29 e 30 da

Lei nº 8.666/93.

 A do cu menta ção de ve se r ap re senta da e m en velope f echado e

rub ricado (dist into da p ropo sta ) até o último mo mento f ixado no edita l

para seu re cebimento.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
A abe rtura do en velope é f eita e m ato público, no d ia, ho ra e lo ca l

indicado s no edital, de vendo os licitantes p re sente s e a co missão

rub rica r o s do cu mento s e o s en velo pes da s p ropo sta s. No p regão,

so mente o en velope de do cu mento s da e mp re sa ven cedo ra é abe rto ,

não existindo a f orma liza ção da s rub rica s do s licitante s.

Para o julga mento dos do cu mento s, a pós apre senta ção ao s

licitante s e a co missão do s do cu me ntos ap re sentado s po r todo s o s

intere ssado s, pa ssa -se ao e xa me do s docu mento s para habilita ção ou

inabilita ção, le vando -se e m con side ra ção seu teor, sua regula ridade e

as impugna çõe s do s inte re ssado s p re sentes ou rep re sentado s.

A divulga ção do re sultado do julga mento dos do cu mento s se rá

publicado no Diá rio Of icial do Estado. Apó s a publica ção do re sultado,

e m não ha vendo de sistên cia f ormal de re cu rso po r todo s o s licitante s, o

pro cedimento licitatório f ica rá su spen so por 05 (cin co ) dia s no agua rdo

de interpo sição de re curso .

As Propo sta s são a s of erta s f eitas pelos licitante s pa ra e xe cu çã o

do objeto da licita ção, indicando cad a qual a f orma de realiza ção e o

pre ço, na f orma e condiçõe s pedida s ou f acultada s no edital e n o

con vite.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
Vin cula çã o do Proponente é a propo sta e m licita ção, é of erta de

cont rato, ob rigando o proponente d esde o mento e m que se to rna

conhe cida pela Ad min ist ra ção até que se e xpire seu p ra zo de va lidade.

O p roponente não poderá modif ica r sua propo sta, ma s pode rá retirá -la

antes da abe rtu ra do re spe ctivo en ve lo pe.

A abertu ra do e n ve lope propo sta de co rre do p ra zo de re cu rso

cont ra o julga mento do s docu ment os, ou apó s de cisão sob re o s

re cu rso s re cebido s, e m ato púb lico se rão abe r to s o s en ve lope s

propo sta s, cuja f ormaliza ção se p ro ce ssa no s me smo s molde s da

abertu ra do s en velope s do cu menta ção .

O julga mento das p ropo sta s é o ato pelo qual se conf ronta m a s

of ertas, cla ssif ica m -se o s p roponente s e e scolhe -se o ven cedo r, a que

deve ser adjudicado o objeto da licita ção. Esse ju l ga mento não é

discricioná rio, é vin cu lado ao crité rio que f oi f ixado pela Ad minist ra ção,

levando -se e m conta, no inte re sse do se rviço público, o s f atore s de

qualidade, rend imento, pre ço, p ra zo s, indicado s no edita l. Não se pode

con sidera r vantagen s não p re vista s no edital. O julga mento d a propo sta

deve se r objet ivo.

No julga mento da s propo sta s e xa min a -se, pre limina rmente , su a

regula ridade f ormal, a f im de ve rif ica r-se a conf ormidade co m o ped ido

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
no edital. Este e xa me en se jará a rejeição liminar da s p ropo s ta s que

não estive re m de a co rdo co m o pedido pela Ad minist ra ção. Essa

rejeição deno mina -se de scla ssif ica ção .

 r(    !      !) c

A ho mologa ção é o ato de controle pelo qual a autoridade

co mpetente, a que m in cu mb ir a delib era ção f inal sob re o julga mento,

conf irma a cla ssif ica ção da s p ropo sta s e adjudica o objeto da licita ção

ao proponente ven cedo r.

A adjudica ção é o ato pe lo qual se atribui ao ven cedo r o objeto da

licita ção, pa ra a sub seqüente ef etiva ção do cont rato ad minist rativo. È o

ato con stitutivo do direito do licitante a cont rata r co m a Ad min ist ra ção,

quando esta se d ispu se r a f irmar o a ju ste.

 Os ef eito s ju rídico s da Adjudica ção sã o:

1. A aquisição do dire ito de cont rata r co m a Ad minist ra ção no s

termo s e m que o adjudicatá rio ven ceu a licita ção;

2. A vin cula ção do adjudicatá rio a todos os en ca rgo s

estabele cido s no edital e ao s pro met idos e m sua p ropo sta;

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
3. A sujeição do adjudicatário à s pen alidade s p re vi sta s no

edital e à perda de eventua is garant ia s of ere cida s, se não a ssinar

o co nt rato no pra zo e stabele cido ou não cu m p rir a s condiçõe s

estabele cida s;

4. O impedimento da Ad ministra ção em cont ratar o objet o

licitado co m qualque r out ro que não se ja o adjudicatá rio ;

5. A libe ra ção do s de mais licita nte s do s enca rgo s da licita ção.

Co m a Adjudica ção o p ro ced imento licitatório se con clui.

 r    !     !      !

A anulação é a invalidação da licitação ou do julgamento por motivo de

ilegalidade.

A revogação é a invalidação da licitação por interesse público.

A competência de ANULAR ou REVOGAR é, em princípio, da autoridade

superior, mas tratando-se de ilegalidade no julgamento, a comissão que o proferiu

poderá anulá-la.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
Tanto a Anulação, quanto a Revogação, a invalidação do procedimento licitatório

deverá ser exaustivamente justificada.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
#
 !   


O cargo de Consultor de Negócios tem o objetivo de identificar possíveis

negócios, verificar as condições do mesmo e assim entrar em contato com os

devidos responsáveis e demonstrar as excelentes condições que a empresa pode

oferecer com seus produtos e despertar assim seu interesse.

Cabe também ao mesmo ficar atento e ir à busca das licitações competentes

ao segmento trabalhado.

Ao verificar a publicação de um edital, fazer a leitura do mesmo e identificar a

possibilidade de vitória no processo, passar as informações adquiridas para o setor

competente para fazer as cotações e separação dos documentos exigidos, após a

separação dos documentos fazer a verificação dos mesmos e agu ardar a disputa, se

for Pregão eletrônico o setor responsável ficará encarregado, mas se for Pregão

Presencial o consultor será o representante da empresa e irá para a disputa.

Se a empresa for declarada vencedora, cabe ao consultor fazer o

acompanhamento do processo ate a assinatura do contrato , e após o mesmo fará

todo o acompanhamento durante a vigência do processo sendo a principal ligação

entre cliente ± empresas, para isso são feitas visitas periódicas.

Para exercer o cargo de consultor de negócios o profissional deve ter

experiência na área comercial e deve principalmente entender sobre processos

licitatórios. c

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
$ 
!

Nos dias de hoje é muito importante o investimento em tecnologia da

informação (T.I.), independente do setor ou do segmento, pois é uma necessidade

de desenvolvimento junto ao mercado globalizado em que competimos.

Para as empresas que trabalham em disputas licitatórias é sem dúvida

importante obter um domínio no que se diz respeito à informatização, uma vez que a

agilidade em obter documentações exigidas nos processos pode ser decisiva para

vitória da empresa.

O cargo de consultor é interessante uma vez que você participa de forma

direta nas disputas dos processos, avaliando sua viabilidade, conferindo

documentações e se necessário representando a empresa em disputa presencial,

sem falar na satisfação ao final de um processo ganho.

O ponto negativo desse cargo é você ver de perto a, muitas vezes, má

administração das finanças por parte dos órgãos públicos.

O governo federal deveria fiscalizar melhor essas administrações para assim

evitar os gastos excessivos por parte dos funcionários públicos e utilizar essas

verbas para o seu devido fim, que é o bem estar da população.

O fato de esta bem perto desses fatos faz com que aumente nosso senso

critico em relação à administração das finanças publicas em nosso país.

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
 $

*
  


A empresa possui um bom número de funcionários, mas...blá bla blá ....

(DEPIOS ESCREVE TRÊS PONTOS NEGATIVOS...)

O Estágio Supervisionado me deu autonomia e experiência para por em

prática tudo aquilo que aprendi durante o curso de bacharelado.

Para os pontos negativos, citados anteriormente, sugiro que... (FALA TRÊS

SUGESTÕES DOS TRÊS PONTOS NEGATIVOS ACIMA, PARA QUE A EMPRESA

MELHORE A ORGANIZAÇÃO E FATURAMENTO)

FALOW BIBONA... TRABALHO DO K-RA-LHO!!!

Faz uma revisão... acho que tem coisa que fala a mesma coisa!

OBS: Não pode passar dessa página!!!!

c 

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
%( a 

KOHAMA, Heilio. +,-./0102.2345/106.)-3+70.3478-06. 7. ed. São Paulo: Atlas,

2000;

ARTIGONAL. Disponível em <http://www.artigonal.com/ legislacao -artigos/conceitos-

basicos-da-licitacao-publica-435503.html>. Acesso em 16/10/2010.

BRASIL, Constituição Federal de 1988, Art. 37 ± inciso XXI;

BRASIL, LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993;

INFOESCOLA. Disponível em <http://www.infoescola.com/direito/licitacao/ >. Acesso

em 16/10/2010;

LICITAÇÕES. Disponível em <http://www.conlicitacao.com.br>. Acesso em

16/10/2010;

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO E GESTÃO. Disponível em <http://www.

comprasnet.gov.br>. Acesso em 16/10/2010;

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. Disponível em

<http://www.presidencia.gov.br>. Acesso em 16/10/2010;

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c
c

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br
c
c
c
c
c
c
c

___________________________________
JORGE HENRIQUE DIAS DE MOURA
Matrícula 05071825


99999999999999999999999999999999 99
GERENTE COMERCIAL - BIOMEDICA
ARIONE VIEIRA
CPF: XXXXXXXXXX

Rua Antônio Pedro de Figueiredo, 182 ± Pina ± Recife/PE ± CEP.: 51.011-510 ± Fone(81)3465.0405
Fax(81) 3465-7117 C.N.P.J: 06.047.349.0001-65 ± Insc.Est.: 18.1.001.0308489-8
e-mail.: administracao@diagsys.com.br