Você está na página 1de 112

ABRAMAN

Associação Brasileira de Manutenção

O Fator Humano no Ambiente de Trabalho


da Manutenção

Encontros de Manutenção
26 de novembro de 2002
Milton Augusto Galvão Zen
Engenheiro Eletricista, Eng. de Segurança
do Trabalho e Administrador de Empresas.
Gerente de Estamparia. Fui Gerente de Tecnologia
e Produção, Gerente de Coordenação de Engenharia
de Segurança do Trabalho, Supervisor de
Manutenção das Unidades de Fabricação de Cabina,
Pintura e Estamparia e de Fabricação de Eixos da
DaimlerChrysler do Brasil.
Coordenador RCM/TPM/5S, Líder Kaizen
Diretor Nacional. Fui Diretor e Vice Diretor da Regional SP - Abraman
Diretor Depto. Engenharia Industrial e Agronômica do IE. Fui também vice-
coordenador da Divisão de Manutenção.
Professor e Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Gerenciamento de
Manutenção da UNIFEI. Professor dos cursos: “GEMAN e GEMAP” , “A
organização da Manutenção na Pequena e Média Empresa” e “Política de
Manutenção - A busca da Função Manutenção na Empresa Moderna” na
ABRAMAN.
Minha vida é conduzida por DEUS e Jesus Cristo.
Aviso

Este texto/apresentação, ou qualquer parte dele, não


pode ser reproduzido ou transmitido por qualquer meio,
eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia,
microfilmagem, ou quaisquer outras formas, sem a
permissão formal do autor. É permitida apenas uma
instalação monousuário.

Respeite o direito autoral.


Introdução

Esta documentação tem como objetivo facilitar o acesso e


entendimento do assunto em pauta, de forma que o leitor
possa colocar em prática as informações apresentadas em
sua organização.

A Qualidade na Prestação de Serviços é um diferenciador


nas Organizações que pretendem sobreviver em um
mercado cada vez mais competitivo.

Assim tenho certeza de que este material será de grande


valia, visto ser resultado da realidade prática já vivida.
Trabalho em Grupo

Onde está a resposta quando


falamos sobre as melhores
condições em um ambiente
de trabalho.
Nós somos a resposta.
O Profissional
O que conta para um profissional é a sua
possibilidade de realizar. Isso é o que
mantém um profissional trabalhando em
uma empresa. Ele fica se tem espaço e
respeito.
Globalização representa um grande desafio
mas também traz consigo grandes
oportunidades.
Estamos mudando de uma estrutura de capital para a o
do conhecimento. Por sinal muito cara.

Não há mais desculpas para não se multiplicar a


educação.

Educação é a prioridade número 1.

Saúde é a prioridade número 2.

O capital só é produtivo se houver gente educada e


saudável. A América Latina precisa de educação
elementar. Somente gente educada pode produzir
desempenho.
De quem são essas palavras?

Luis Inácio LULA da Silva???


José Serra???

NÃO.

Peter Drucker
Trabalho em Grupo - Temas Estratégicos
1. Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional
2. Ergonomia
3. Qualidade
4. Meio Ambiente
5. Desperdício
6. Relacionamento Pessoal
7. Marcação de Folgas e Férias
Rotinas do Trabalho em Grupo
•Conversa do Mestre com o Porta- Voz: diária

•Conversa do Porta-Voz com o Grupo: diária

•Conversa do Grupo com o Mestre: semanal

•Reunião do Grupo (obrigatória): semanal

•Reunião do Porta-Voz com o Supervisor: mensal

•Reunião do Porta-Voz com o Gerente: mensal


R O TIN A DE FUNCIONA M E N T O DO PRO C ESSO DE MELH O RIA
C O N T ÍNUA

Reunião
Reuniãodo
do •Auxilio do Mestre para elaborar a pauta
M o mento Porta-Voz
Porta-Voz da reunião
anterior à Reunião com
Semanal de 15’ comooMestre
Mestre

•Discutir a pauta elaborada com o


Reunião
Reuniãose manall
semana Mestre
de
de15’’do
15 doGrupo
Grupo •Discutir assuntos de interesse
do Grupo

•Classificar as prioridades dos


Reunião assuntos discutidos
M o mento Reuniãododo •Definir quais assuntos são de
posterior à Reunião Porta-Voz
Porta-Voz
com responsabilidade do Grupo ou Mestre e
Semanal de 15’ comooMes tre
Mestre quais serão levados
às Reuniões de Monitoramento
R O TIN A DE FUNCIONA M E N T O DO PRO C ESSO DE MELH O RIA
C O N T ÍNUA

Captação de
GRUPO DE TRABALHO
Sugestões (reuniões semanais de 15’)
(Grupo)

Facilitador do TG.
Grupo, Mestre,
Resolução de
Problemas rotineiros
(Porta-Voz e Mestre)

Processo de
Melhoria
Contínua GRUPO DE
MONITORAMENTO
(Reuniões mensais)
Relatório de “3W”

Protocolo de
Reunião de
Monitoramento

Conceito 3 “W”

What? Who? When?


O que? Quem? Quando?
O Administrador de Negócios
Gerenciamento e Coordenação de Manutenção

Negócio

Fatores Resultado

Visão Valores Estratégia Recursos Capacidade Motivação Feed-back Mudança

Valores Estratégia Recursos Capacidade Motivação Feed-back Confusão

Visão Estratégia Recursos Capacidade Motivação Feed-back Corrupção

Visão Valores Recursos Capacidade Motivação Feed-back Difusão

Visão Valores Estratégia Capacidade Motivação Feed-back Frustração

Visão Valores Estratégia Recursos Motivação Feed-back Fadiga

Visão Valores Estratégia Recursos Capacidade Feed-back Lentidão

Visão Valores Estratégia Recursos Capacidade Motivação Dúvida


1. O ESTADISTA
• Busca contribuir para o desenvolvimento de
uma sociedade sustentável.

• Conhece o poder da empresa e seu papel na


comunidade,busca da cidadania e missão maior.

• Na nova economia busca a integração sistêmica para


atingir o bem estar geral.

• Busca se posicionar de acordo ao conceito de globalização,


internacionalização de sociedade mundial.

• Tem consciência que o papel político da empresa


transcende o meramente econômico.
2. O ESTRATEGISTA
• Cria o futuro, definindo direções e posicionando o negócio de acordo com as
megatendencias.

• Busca continua da liderança, através da arte de chegar ao futuro em primeiro.

• Se utiliza do pensamento e intenção estratégica e não mais apenas do planejamento


estratégico tradicional.

• Busca de novos modelos, mudando paradigmas e se adaptando as tendências.

• Deixa o lugar comum da competitividade tradicional, procurando abrir novos


espaços em um mercado mais competitivo.

• Se utiliza de processos não lineares e nem racionais de reflexão estratégica.

• Busca a sintonia entre a estratégia e a evolução acelerada do conhecimento


humano.
3. O AGENTE DE MUDANÇAS
• Busca atingir a estabilidade dinâmica, através de um novo
conceito de desenvolvimento.
• Se utiliza de estratégias inovadoras para a realização de
mudanças e transformações.
• Procura sair do circulo vicioso e atingir o círculo virtuoso,
deixando o lugar comum.
• A estratégia e móvel, esquecendo o passado de forma seletiva.
" O passado e para se meditar e não para se reproduzir."
• Procura adaptar a empresa as necessidades de mercado, como se
fosse um sistema vivo.
4. O CATALISADOR DE RESULTADOS
• Passa da viabilização do possível para a viabilização
do impossível. Sempre em busca de oportunidades.

• Cria desafios e estímulos de forma contínua, transcendendo


o racional na busca da motivação.

• Faz acontecer, tem competência para decidir, em negociar


as necessidades e assegura as ações no espaço e no tempo.

• Busca a hipereficiência em alavancar recursos, otimizando


sempre os ganhos.

• Busca o equilíbrio entre risco e recompensa, além do


foco em antecipação e prevenção.

• Utiliza a filosofia do pense geral, aja local em situações


de centralização/descentralização e global/doméstico.
5. O GERENCIADOR DE PROCESSOS
• Passa da estrutura aos processos e de objetos
as relações.
• Da ênfase a função integrativa, equilibradora e
principalmente a de agregar valor.
• Passa de relações adversas com fornecedores/clientes
para uma relação de parceiros.
• Busca a visão sistêmica ou holística da organização.
• Da a devida importância a capacidade de comunicação, a
competência em negociação e também aos desafios
interculturais.
6. O TÉCNICO
• Compreende as novas dimensões das funções da empresa,
tais como Engenharia, Produção, Operações, Marketing,
Finanças, RH, Serviços, etc.

• Busca sempre a compreensão da estrutura industrial de


hoje e de amanhã.

• Tem visão refinada do funcionamento integrado da


empresa no ramo industrial em que está inserida.

• Compreende o potencial estratégico das tecnologias


emergentes, tais como informação, telecomunicações,
fusão de tecnologias, biotecnologia e ambiental.

• Domina as competências centrais que definem ou


definirão o sucesso da empresa.
7. O DIPLOMATA
• Possui a arte de conciliar interesses, através de
habilidades e técnicas refinadas de relacionamento
pessoal.

• Possui aspectos interculturais profundos para o desenvolvimento de


relacionamentos internos e externos.

• Sabe como representar a instituição/empresa, buscando


relacionamento adequado com o meio, mídia e sociedade.

• Possui forte cultura geral, visto a necessidade de


atuação de forma globalizada e internacional.

• Conhece os códigos de apresentação pessoal e de


relacionamento social e suas variações multiculturais.
8. O NEGOCIADOR
• Sabe como desencadear negócios e levá-los a um
efetivo fechamento.

• Conhece a arte de conquistar a confiança das pessoas


e negociar de forma aberta e transparente.

• Possui estratégias eficazes de negociação fundamentadas em


empatia refinada. Conhece Neurolinguística.

• É eficaz nas negociações internas e externas e sabe


ser o catalisador de processos grupais.

• Sabe como transformar conflitos em processos de


conhecimento mútuo e crescimento do grupo.
9. O EDUCADOR
• Busca o desenvolvimento das aprendizagem coletiva
como fator chave de sucesso nos novos tempos.
• Procura trabalhar o que está adjacente aos fatos, tais
como as premissas e as verdades de cada um.
• Potencializa a inteligência agregada da organização,
buscando o desenvolvimento do QI do grupo.
• Busca a utilização de processos de simulação criativos
no cotidiano de forma a sintonizar o grupo a modelos
mentais coerentes e viabilizar diálogos produtivos.
• Possui técnicas modernas de Educação que buscam
fazer desabrochar o potencial interno das pessoas.
10. O LÍDER DOS LÍDERES
• Potencializa a força humana da organização, através
da busca continua da motivação das pessoas.
• Gerencia o poder e a política na empresa pelo novos
paradigmas, através da inovação do conceito de
liderança de líderes.
• Sabe liderar estruturas em constante mutação.
• Assegura a otimização da participação, do comprometimento e
do envolvimento inovador.
• Desenvolve a capacidade de comunicação, buscando
apresentações eficazes e a competência em entrevistas
e reuniões.
11. O EXEMPLO
• Busca estar sempre motivado, posicionando-se na vida
de forma positiva e estimulante.

• Sabe demonstrar a transição necessária do conhecimento


a sabedoria de forma a ser exemplo ou modelo.

• Procura ter um desenvolvimento integrado, através


da potencialização da força interior em busca do equilíbrio em todas as
dimensões da sua vida.

• Tem imagem pessoal, possui auto-estima e competência


em relacionar-se com as pessoas de forma nutriente.

• Possui habilidades tais como, grande capacidade de


abstração, intuição, criatividade e busca sempre o
autodesenvolvimento.
12. O CULTIVADOR DE VALORES
• Possui uma filosofia de gestão como essência das
estratégias vitoriosas nos novos tempos.

• Possui uma visão ampla de mundo, fator essencial


ao executivo global.

• Procura sempre desenvolver uma cultura compatível com


as demandas atuais e futuras. O passado é para se
meditar e não para se reproduzir.

• Busca o resgate de valores essenciais e da Ética como


base para uma boa organização e administração.

• Posiciona sempre a empresa e as pessoas que nela


trabalham, buscando o todo integrado e indivisível.
Sua Postura Gerencial
As perguntas mais simples são as mais
profundas. Onde você nasceu? Onde é
o seu lar? Para onde vai? O que está
fazendo?

Pense sobre isso de vez em quando e


observe as suas respostas se
modificarem.

Ilusões - Richard Bach


Etapa anterior ao nascimento
Chegamos animados ao mundo!!!
A nossa bicicleta.

O nosso gatinho.
O nosso cachorrinho.
Na escola, sentávamos separados e
cuidávamos do nosso próprio
mundinho.
Com o tempo
ampliamos nossa
individualidade
inclusive para
ganhar o
coração de quem
nos atrai.
Nosso pai ensinava que
deveríamos tomar decisões que
nos interessassem.
Teríamos que ser os mais
bonitos, elegantes e importantes.
Aprendemos que deveríamos
sempre disputar para sobreviver.
Aprendemos com o tempo como
ser cada vez mais individualistas.
E Hoje?
O que o mercado procura em termos de
postura gerencial ?
Aquele que sabe trabalhar em grupo.
Pergunta.

Onde aprendemos a trabalhar em


grupo em nosso passado?
Espírito de Equipe
As empresas procuram profissionais que
sabem e incentivam o espírito de equipe.

O desenvolvimento de grupo de trabalho


está sendo substituído por Trabalho em
Grupo.
01. Liderança
A tendência firme a descentralização, a filosofia das
estratégias de negócios e a demanda de autonomia
local irão produzir maior necessidade de liderança
multifuncional.

A liderança hierárquica deve ser substituída pela


competitiva. O autoritarismo arbitrário e a forma
manipuladora do trabalho devem ser substituídos
pela participação e desenvolvimento de trabalhos em
co-gestão.
02. Ser Flexível
O novo profissional deve estar aberto a
novas idéias e conceitos independentemente
de sua origem técnica e social.

Ele se empenhará em aprender sempre e


estará pronto para questionar as idéias e
sistemas existentes.
03. Ser Criativo

Necessitamos estimular a capacidade


criativa de forma a gerar processos de
mudanças em nós mesmos e nas
organizações para quem trabalhamos,
além de facilitar para uma conseqüente
quebra de paradigmas e a formulação
de antevisões.
04. Ter Orientação Global

Um grande interesse e conhecimento do


desenvolvimento em todas as regiões e
todas as áreas de atividade é
indispensável.

Não é mais possível dizer: “Isso não me


interessa.” ou “ Isso não me diz respeito.”
05. Capacitado para a incerteza

O Profissional precisa conviver com a


incerteza e com mudanças cada vez
mais velozes, portanto deve estar
preparado para lidar com elas de forma
mais consistente.
06. Ser Comunicador
O profissional eficaz tem grande habilidade
em se comunicar dentro e fora do seu
segmento/empresa. É freqüentemente
solicitado a agir, podendo ter que mudar de
idéia e lidar com a reação da comunidade.

Uma pérola somente se torna vistosa quando


no pescoço de uma linda Mulher.
07. Habilidade em Discernir
Precisa discernir entre as mudanças
no panorama global que irão afetar
diretamente suas próprias
necessidades ou as da empresa e as
que terão menor relevância.
08. Ter Domínio da Tecnologia
É necessária habilidade para entender o
significado das mudanças tecnológicas,
porque elas poderão ter impacto em
todas as áreas, incluindo finanças,
marketing, recursos humanos e
produção.
09. Boas condições
Físicas e Emocionais
Lidar com um ambiente mutante irá
inevitavelmente criar estresse.
Reduzí-lo aos níveis administráveis e
conviver com ele vai sem dúvida
demandar muito preparo físico e
emocional.
Será que o já apresentado é suficiente para o
bom desenvolvimento profissional e social?
“Reconhecer suas qualidades
é fácil, o difícil é reconhecer
seus limites e seus pontos a
desenvolver.”

MAGZEN
1. Buscar a verdade

A verdade nem sempre é fácil de aceitar.


Raramente ela é aquilo que se deseja.

Ela pode ameaçar sua segurança física,


intelectual e emocional.
2. Ter fé

Fé significa possuir uma chama


interior que nos dá força para encarar
tempestades e suas conseqüências
com muita serenidade.
3. Ser Humilde

Humildade significa respeitar as opiniões e


habilidades dos outros e por isso há quem diga
que de todas as virtudes humanas, a humildade é a
mais difícil de ser adquirida.

Humildade é uma das mais poderosas ferramentas


a se desenvolver.
4. Viver com Ética
Ética é um produto da moralidade. Representa
ações baseadas no conceito de certo e errado.

Moral é uma filosofia pessoal baseada na


capacidade de distinguir entre o certo e o errado.

Ética é a aplicação, ou seja, é um conjunto de


princípios fundamentais para a vida e os negócios.
5. Envolver-se
Aquele que busca o envolvimento do próximo
deve sempre primar em dar o exemplo.

O envolvimento provoca resultados mais


consistentes e portanto demonstra maior
capacidade de realização.
6. Acreditar

Acreditar representa a capacidade de quebrar seus


próprios paradigmas.

É realizar uma auto-análise e verificar se ainda está


com um pacote de idéias que não se engrenam com
seus próprios valores e subistituí-los.

Aceite a possibilidade de acreditar em algo e defender


seu ponto de vista.
7. Rejeitar o Cinismo
Discorde dos cínicos que através de
suas idéias procuram tornar o mundo
tão estéril para nós quanto o é para eles.

Inunde seu ambiente de otimismo e com


resultados de pensamento positivo.
8. Ser Confiante
Confiar no próximo representa um ato
de coragem.

Deixar sua posição de equilíbrio e


conforto para confiar no próximo
representa também estar disposto a
arriscar e portanto a aceitar mudanças.
9. Resistir a pressão
Para se ter a possibilidade de resistir a pressão social e
a dos seus pares, é necessário primeiro conhecer e
identificar a si mesmo.

Saber quem você é, em que acredita e onde quer


chegar lhe dará as condições para suportar as pressões
do dia a dia.

Determine seus próprios valores e portanto seu estilo


de vida.
10. Falar Abertamente
Defender seus valores e pontos de vista representa
expor-se.

Quem não arriscar não colherá frutos maduros.

Não tenha medo, defenda suas convicções .


Somente você saberá a melhor maneira de fazê-lo.
11. Aceitar a Controvérsia

Para ter sucesso no seu trabalho e na sua


vida, você necessitará ter coragem para
lidar com a controvérsia associada às
novas idéias e soluções que desafiem as
convenções.
13. Ter Responsabilidade
Assuma a responsabilidade por suas próprias
ações. Da mesma forma se trabalhar com uma
equipe e se for o líder dessa equipe, conheça-a e
defenda-a com responsabilidade.

A falta de responsabilidade e da obrigação de


prestarmos contas de nossos atos é que nos tem
levado a conviver com inúmeros problemas em
nosso dia a dia.
14. Posicionar-se
Saiba sempre o que quer .
Dessa forma poderá desenvolver-se de
forma extremamente valiosa, pois saberá
encarar os fatos em relação à vida, aos
problemas e às pessoas.
Pergunte-se sempre:
Quais as soluções que você oferece?
15. Ser Persistente
Busque sempre sua satisfação e a do grupo de forma
constante e firme.

O imediatismo nem sempre representará a melhor


resposta.

Arrefecer em relação aos objetivos significa desistir. E


desistir representa aceitar a morte de uma posição sem
ao menos lutar por ela.
16. Aceitar Servir

Servir ao próximo pode significar colocar a nós


mesmos em segundo plano.

Numa sociedade impulsionada pelo EGO e


SUCESSO, este ato exige coragem e
determinação.

Servindo proporcionamos excelentes exemplos


que poderão ser por outros seguidos.
17. Aceitar Seguir
Esta posição representará a capacidade que temos em
determinados momentos para aceitarmos a posição de
seguidores.

Precisamos saber compartilhar o poder, permitindo


dessa forma crescermos na forma de seguidores.

Necessitamos estar conscientes da verdade que tudo


sempre mudará.
18. Demonstrar Respeito
O respeito mútuo deve ser praticado com
profundidade. O reconhecimento de suas
potencialidades e de suas limitações, o
aproveitamento de suas idéias e sugestões, a
demonstração clara e evidente que o mesmo é
importante para você e para a empresa, são fatores
que devem ser cotidianamente considerados.
19. Vontade

A determinação firme e constante de


melhorar o atual, buscando cada vez mais
o não acomodamento de posições.

Aplicar também a política do Ganha-


Ganha.
20. Sentir AMOR
Demonstre AMOR pelo que faz.

Quando estiver trabalhando, trabalhe com muito


AMOR e ponha toda a sua energia para sua
realização.

Quando em uma roda de amigos, demonstre a eles


o quanto os ama e que sente-se feliz por estar com
eles.
Liderando
com a Bíblia
“Líderes lutam
constantemente para alcançar
bons resultados e obter o
melhor de si e do grupo.”

MAGZEN
A liderança
Eficaz Começa
em Nós Mesmos.
O processo de mudança do
comportamento externo
das pessoas jamais será
duradouro se não houver
uma mudança interna.
Ditado Verdadeiro:

“ Somos o que pensamos”.


Assim, a verdadeira mudança
no comportamento ocorrerá
quando houver mudança do
CORAÇÃO (Espírito). É lá que
está nossa essência.
É insuficiente portanto mudar
as pessoas por fora.

Isso feito, o resultado pode ser


eficiente, mas não eficaz.
A mensagem que devemos
levar ao próximo deve ser a
mesma de Jesus.
Jesus está interessado em que
nos tornemos pessoas
diferentes, não apenas em
agirmos de maneira diferente.

“ Devemos aprender a não


apenas fazer coisas boas, mas
em sermos pessoas boas.”
Recordando.

Devemos buscar atuar no coração


para obtermos mudanças reais.
Jesus não nos quer agindo
honestamente apenas porque é
certo, ele quer que sejamos
pessoas honestas no mais
profundo de nosso ser. Assim
honestidade será nossa resposta
automática a tudo que fizermos.
Falando sobre Líderes,
são dois os tipos:

. Líderes acima de tudo.

. Servos acima de tudo.


Líderes acima de tudo

São os que naturalmente tentam


controlar, tomar decisões, dar ordens.

Não gostam de feedback porque o


vêem como ameaça à sua posição, que
é exatamente o que mais querem
manter.
Líderes que são servos acima de tudo

São chamados, e não levados a liderar


porque querem ser naturalmente úteis.
Não são possessivos em relação à sua
posição.

Adoram feedback, porque acham que


assim poderão servir melhor.
O Líder servil eficaz sabe
realizar sua abordagem em três
áreas:

Comportamental - Mãos (Corpo)


Intelectual - Cabeça (Mente)
Emocional - Coração (Espírito)
Mateus 12:25

“Jesus, porém, conhecendo-lhes os


pensamentos, disse: Todo reino
dividido contra si mesmo ficará
deserto, e toda a cidade, ou casa,
dividida contra si mesma, não
subsistirá.”
Tudo na vida é
uma questão de
Livre Arbítrio. Ou
uma questão de
Estratégia,ou ainda
de FAZER ou
NÃO FAZER.
GESTÃO DE
PESSOAS

Gestores devem
conhecer mais de perto
seus colaboradores
Melhor qualidade
de vida em nosso
ambiente de
trabalho
NOSSOS
ARTISTAS
DESAFIOS:

. Projeto de Vida Pessoal

. Projeto de Vida Profissional


“Dentro de nós repousa o poder de nosso
consentimento para a saúde e a doença, a
riqueza e a pobreza, a liberdade e a
escravidão. Somos nós que controlamos
essas coisas e não outros.”

Ilusões - Richard Bach


Artigos Publicados

Estão disponíveis no site www.ieditora.com.br , através da


palavra chave Manutenção, ou pelo Autor ou ainda na área
Técnica.

Livro Publicado

“Fator Humano na Manutenção”. Editôra Qualitymark

Visite

http://www.magzen.eng.br
http://br.groups.yahoo.com/group/magzen/
INFOMAGZEN
E-newsletter que discute assuntos éticos, estratégicos e
de negócios na área de Manutenção, Segurança do
Trabalho, Meio Ambiente e Recursos Humanos.

Para receber gratuitamente basta enviar e-mail para:

magzen-subscribe@yahoogrupos.com.br
Palestras do Autor
Qualidade e Produtividade

1 . Atendimento Básico ao Cliente


2 . Como Atingir Elevado Grau de Produtividade
3 . Fundamentos da Qualidade na Manutenção

Manutenção - 5S e MPT

4 . Conhecendo o 5S
5 . Manutenção Produtiva Total – MPT
6 . Proposta para Implantação de MPT
7 . Investimento e Despesa na Manutenção
8 . Da Minha Máquina Cuido Eu
9 . Descentralização da Manutenção
10 . Lubrificação – A Primeira Manutenção Preventiva
11 . Manutenção Competitiva
12 . Metodologia para Estruturação de uma Equipe de Manutenção
13 . Um Exemplo de Reestruturação de Uma Equipe de Manutenção
14 . Condução e Conscientização do Processo de Mudança e Melhoria na Org. da Manutenção
Desenvolvimento Humano

15 . Mudança de Paradigmas
16 . O Conhecimento Humano
17 . O Homem como Administrador de Negócios e sua Postura Gerencial
18 . Novo Profissional no Mercado de Trabalho
19 . O Engenheiro como Profissional de Manutenção
20 . O Executivo Moderno
21 . Gestão de Pessoas

Segurança do Trabalho

22 . O Porque de um Sistema de Gerenciamento de Segurança no Trabalho


23 . Responsabilidade Civil e Criminal Decorrente de Acidentes do Trabalho
24 . A Importância da Segurança na Manutenção
Milton Augusto Galvão Zen
ABRAMAN
http://www.abraman.org.br
Fone: 3663-2363
DaimlerChrysler do Brasil
http://www.daimlerchrysler.com.br
Fone : 4173-9203/9204 Fax : 4173-8500
E.mail : milton.zen@mercedes-benz.com.br
Particular
http://www.magzen.eng.br
Fone: 11 - 5589-5603 Fax: 11-5581-4098
E-mail:magzen@uol.com.br
magzen@magzen.eng.br

Você também pode gostar