Você está na página 1de 32

!

"#2
DEZEMBRO DE 2010

A verdade sobre o
NATAL
!"#2 ´
TIRAGEM MEDIA 38.451.000
PUBLICADA EM 84 IDIOMAS
´
3 Por que o espırito natalino
´
esta em alta?
5 A verdade sobre o Natal
´
8 “A verdade vos libertara”!
12 Deus me consolou em todas
as minhas dificuldades
20 Outros grandes terremotos
˜
estao por vir
22 Os Jovens Perguntam
Como posso explicar
´
o conceito da Bıblia sobre
a homossexualidade?
25 Teve um Projeto?
O modo eficiente
˜
de o salmao nadar
´
26 Um Livro Confiavel
´
Parte 2 — A Assıria
´ ´
na historia bıblica
29 Observando o Mundo
´
30 Indice de assuntos de Despertai!
de 2010
´
31 Para Considerar em Famılia
32 Ela aprendia junto com eles
˜
Por que
´ Deus nao
10 destroi o Diabo?
´
A Bıblia nos garante que, ´
na hora´ certa, Deus destruira
Satanas.˜ Veja por que Ele
ainda nao fez isso.

Terremoto no Haiti ˜
14 — fe´ e amor em açao
A verdade sobre o
O terremoto que atingiu o Haiti
Natal 3-9
em´ janeiro de 2010 destruiu Veja como conhecer a origem dos
predios e matou centenas de
milhares de pessoas. Veja costumes natalinos teve um efeito
´ ´
como voluntarios
´ dedicados positivo em muitas famılias.
trouxeram alıvio, salvaram
vidas e deram esperança.
´
POR ´ QUE o espırito natalino
esta em alta?

´ ˆ ´
NATAL esta chegando. Para voce, isso e motivo de alegria
O ˜ ˜
ou de preocupaçao? Milhoes de pessoas se perguntam: ‘Para
quem vou dar presentes? O que vou comprar? Tenho dinheiro
´
para isso? Quanto tempo vou levar para pagar as dıvidas?’
˜ ´
Apesar dessas preocupaçoes, o Natal continua em alta. Ele ate
´ ˜ ˜ ˜ ´
chegou a paıses nao cristaos. No Japao, a maioria das famılias co-
˜
memora o Natal nao por causa de seu significado religioso, mas
apenas como uma data festiva. Na China, “o rosto corado e ale-
gre do Papai Noel aparece em todas as vitrines nas cidades gran-
des”, diz o The Wall Street Journal, acrescentando: “A febre do Na-
´ ´
tal esta contagiando a crescente classe media urbana da China,
servindo como desculpa para fazer compras, comer e festejar.”
Em muitas partes do mundo, o Natal tem dado um grande im-
`
pulso a economia local. Isso aconteceu principalmente na China,
´ ˆ ˜ ´
que hoje e “uma grande potencia na exportaçao de arvores de
´
plastico, fitas decorativas, luzes cintilantes e outros itens da para-
´
fernalia natalina”, diz o jornal.
´ ´
Paıses de maioria muçulmana tambem promovem festividades
` ˜
parecidas as do Natal, embora nao sejam realizadas necessaria-
mente no dia 25 de dezembro. Em Ancara, na Turquia, e em Bei-
´ ´ ´
rute, no Lıbano, e comum ver vitrines decoradas com arvores de
´
Natal e caixas embrulhadas com papel de presente. Na Indone-
´
sia, hoteis e shopping centers patrocinam eventos especiais, e as
crianças podem tirar fotos ou comer com o Papai Noel.
˜
No Ocidente, o Natal praticamente perdeu a conotaçao religio-
´
sa e e apenas uma data comercial, com muitas propagandas “des-
`
caradamente direcionadas ´ as crianças”, diz o informativo Royal
´
Bank Letter, do Canada. E verdade que algumas pessoas ainda
ˆ ˜
assistem a cerimonias natalinas na igreja. Mas sao os shopping
˜
centers, ao som de cançoes natalinas, que se tornaram os novos
´
templos. Por que essa mudança? Sera que ela tem a ver com a ori-
´
gem do Natal? Que origem e essa?
´
Antes de analisar essas perguntas, seria bom ler os relatos bı-
blicos que supostamente serviram de base para as cenas do nas-
cimento de Jesus.
3
O QUE OS ESCRITORES
DOS EVANGELHOS DIZEM
´
O apostolo Mateus: “Depois de Jesus ter
´
nascido em Belem da Judeia, nos dias de He-
´
rodes, o rei, eis que vieram astrologos das re-
˜ ´
gioes orientais a Jerusalem, dizendo: ‘Onde
´
esta aquele que nasceu rei dos judeus? Pois
´
vimos a sua estrela quando estavamos no
Oriente e viemos prestar-lhe homenagem.’
O Rei Herodes, ouvindo isso, ficou agitado.”
˜
Entao, Herodes perguntou aos “principais sa-
cerdotes . . . onde havia de nascer o Cristo”.
´
Ao saber que seria “em Belem”, Herodes disse
´
aos astrologos: “Ide e procurai cuidadosamen- de dois anos de idade para baixo.” — Mateus
te a criancinha, e quando a tiverdes achado, 2:1-16.
avisai-me.” ´ ´
O discıpulo Lucas: Jose subiu “da Galileia,
´ ` `
“[Eles] partiram; e eis que a estrela que da cidade de Nazare, e foi a Judeia, a cidade
´
tinham visto quando estavam no Oriente ia de Davi, que se chama Belem, . . . a fim de ser
´
adiante deles, ate que se deteve por cima do registrado com Maria . . . Enquanto estavam
` ˆ
lugar onde estava a criancinha. . . . Ao entra- ali, . . . ela deu a luz o seu filho, o primogenito,
rem na casa, viram a criancinha com Maria, e o enfaixou e deitou numa manjedoura, por-
˜ ´ ˜
sua mae.” Daı, deram presentes a Jesus. “No que nao havia lugar para eles no alojamento”.
entanto, por terem recebido em sonho um avi- ´ ´
˜ “Havia tambem no mesmo paıs pastores
so divino para nao voltarem a Herodes, retira- ´
´ vivendo ao ar livre e mantendo de noite vigılias
ram-se para o seu paıs por outro caminho.” sobre os seus rebanhos. E, repentinamente es-
´
“Depois de eles se terem retirado, eis que tava parado ao lado deles o anjo de Jeova, . . .
´ ´
o anjo de Jeova apareceu a Jose num sonho, e ficaram muito temerosos. Mas o anjo disse-
˜
dizendo: ‘Levanta-te, toma a criancinha e sua lhes: ‘Nao temais, pois, eis que vos declaro
˜
mae, foge para o Egito . . .’ Levantou-se, pois, e boas novas duma grande alegria que todo o
˜ ´
tomou de noite a criancinha e sua mae, e reti- povo tera, porque hoje vos nasceu na cidade
˜ ´
rou-se . . . Herodes, vendo entao que tinha sido de Davi um Salvador, que e Cristo, o Senhor.’ ”
´
logrado pelos astrologos, foi tomado de gran- Com isso, os pastores “foram apressadamente
´ ´
de furia e mandou eliminar todos os meninos e acharam Maria, bem como Jose, e a criança
´
em Belem e em todos os seus distritos, deitada na manjedoura”. — Lucas 2:4-16.

!"#2
´
6 Esta publicaçao
˜ ˜ ´
´ nao e vendida. Ela faz parte de uma
obra educativa b˜ıblica, mundial,´ mantida por donativos. Sal-
ESTA REVISTA E PUBLICADA visando o esclarecimento de toda a ˜
vo˜ outra indicaçao, os textos bıblicos citados sao da Tradu-
´ ˆ
famılia. Mostra-nos como enfrentar os problemas atuais. Veicula as çao do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com Referen-
´ ˜ cias.
notıcias, fala sobre pessoas de muitas terras, examina a religiao e a
ˆ ´ ´
ciencia. Mas faz mais do que isso. Ela sonda abaixo da superfıcie e Despertai! e publicada e impressa mensalmente pela As-
´ ˜ ´ ´
aponta o verdadeiro significado por tras dos eventos correntes; todavia, sociaçao Torre de Vigia de Bıblias ´ e Tratados. Sede e grafi-
˜ ca: Rodovia SP-141, km 43, Ces ario Lange - SP, 18285-000.
permanece sempre politicamente neutra e nao exalta raça alguma como ´
´ ´ Diretor responsavel: Augusto
superior a outra. Importantıssimo e que esta revista gera confiança na ´ dos Santos Machado Filho.
´
promessa do Criador de estabelecer um novo mundo pacıfico e seguro, Revista registrada sob o numero de ordem 511. 5 2010
´ Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. Todos
prestes a substituir o atual mundo perverso e anarquico. os direitos reservados. Impressa no Brasil
4 Despertai! dezembro de 2010 Vol. 91, No. 12 Monthly PORTUGUESE (Brazilian Edition)
A verdade sobre o Natal
ˆ
OCE acha importante saber a verdade so- bos era comemorado no dia 25 de dezembro,
V ˜
˜
bre celebraçoes e ensinamentos religio-
´
sos? Entao, talvez ´ ja tenha feito as seguintes
´
no solstıcio de inverno segundo o calendario
juliano.
´

perguntas: (1) Sera que Jesus nasceu mesmo ˜


Essas festividades pagas começaram a ser
no dia 25 de dezembro? (2) Quem foram os “cristianizadas” no ano 350, quando o Papa
´ ˆ ´
“reis magos”, e sera que eram realmente ´ tres? Julio I declarou 25 de dezembro como o dia do
(3) Que tipo de “estrela” os guiou ate Jesus? nascimento de Cristo. “Aos poucos, a nativi-
(4) O que o Papai Noel tem a ver com Jesus dade foi incorporando ou substituindo todos
´
e seu nascimento? (5) Qual e o conceito de os outros rituais solsticiais”, diz a The Encyclo-
Deus sobre o costume de dar presentes, ou, ´ ˜
pedia of Religion (Enciclopedia da Religiao).
para ser mais exato, o de trocar presentes no “Imagens do Sol passaram a ser cada vez mais
Natal? usadas para retratar o Cristo ressuscitado (que
´ ´ ´
Com base na Bıblia e em fatos historicos, tambem era chamado de Sol Invictus), e o an-
vejamos as respostas a essas perguntas. ´
tigo disco solar . . . se tornou a aureola dos san-
˜

– Jesus
tos cristaos.”
nasceu no dia 25 de ´ ´ ˜
dezembro? O que a Bıblia diz: A Bıblia nao revela a data
do nascimento de Jesus. Mas podemos ter cer-
˜
´ Crença popular: Segundo
´ a Grande Enciclo-
˜ teza de que nao foi em 25 de dezembro. Por
pedia Barsa, o Natal e uma “festa crista cele- ˆ ´
que? A Bıblia diz que, quando Jesus nasceu,
brada
˜ no dia 25 de dezembro, em comemora- havia pastores “vivendo ao ar livre”, cuidando
çao ao nascimento de Jesus Cristo”. ` ´
de seus rebanhos a noite perto de Belem. (Lu-
Sua origem: “A escolha do dia 25 de dezem- ˜
˜ ´ cas 2:8) A estaçao fria e chuvosa geralmente
bro nao tem precedente bıblico”,´ diz a The começava em outubro, e os pastores — em es-
Christmas Encyclopedia (Enciclopedia do Na- ˜
˜ pecial nas regioes frias das montanhas, como
tal), “mas vem das festividades romanas pagas ´
nas redondezas de Belem — colocavam suas
que eram´ realizadas no fim do ano”,´ por volta ˆ `
ovelhas em abrigos para protege-las a noite.
do solstıcio de inverno no `
´ Hemisferio Norte. O tempo mais frio, que as vezes era acompa-
Essas festividades incluıam as saturnais (em nhado de neve, ocorria em dezembro.1
homenagem a Saturno, deus da agricultura)
ˆ
“e´ as festividades combinadas de dois deuses- 1 Pelo visto, Jesus nasceu durante o antigo mesˆ judaico de
sois, o Sol romano ´ e o Mitra persa”, etanim (setembro-outubro). — Veja a ´ obra de referencia Estudo
´ comenta ´ Volume 2, pagina 538, publicada pelas
Perspicaz das Escrituras,
a mesma enciclopedia. O aniversario de am- Testemunhas de Jeova.

ˆ ˆ ˜ ´ ´ ˆ ˜ ´
Idiomas: africaner, albanes, alemao,67 amarico, arabe, armenio, Gostaria
` de ter mais informa ´ çoes ou um curso bıblico domiciliar gratuito?
´ ˆ ˆ Escreva as Testemunhas de Jeova, usando o endereço apropriado. Para uma lista completa dos
bislama, bulgaro, canares, cebuano, chicheva, chines (simplificado), chi- ´
ˆ ´ endereços das sedes, veja www.watchtower.org/address. Africa do Sul: Private Bag X2067, Krugersdorp,
nes (tradicional)7 (audio apenas em mandarim), chitonga, chona, cibem- 1740. Alemanha: 65617 Selters. Angola: Caixa Postal 6877, Luanda Sul. Argentina: Casilla 83 (Suc 27B), C1427WAB
ˆ ˆ ´ ´
ba, cingales, coreano,67 croata, dinamarques,7 eslovaco, esloveno, es- Cdad. Aut. de Buenos ´ Aires. Belgica: rue d’Argile-Potaardestraat
´ 60, B-1950 Kraainem. Bolıvia: Casilla 6397, Santa Cruz.
ˆ ˆ Brasil: CP 92, Tatuı - SP, 18270-970. Canada: PO Box 4100, Georgetown, ON L7G 4Y4. Costa do Marfim: 06 BP 393,
panhol,67 estoniano, eve, fijiano, finlandes,7 frances,67 georgiano, ´ ´
ˆ ´ Abidjan 06. Espanha: Apartado 132, 28850 Torrejon de Ardoz (Madrid). Estados Unidos da America: 25 Colum-
grego, guzerate, hebraico, hiligaino, hindi, holandes,7 hungaro, ibo, ilo- bia Heights, Brooklyn, NY 11201-2483. França: BP 625, F-27406 Louviers cedex. Gana: PO Box GP 760, Accra. Gra-
˜
´ ˆ ˆ ˆ ´
cano, indonesio, ingles,67 ioruba, islandes, italiano,67 japones,7 kirun- Bretanha: The Ridgeway, London NW7 ´ 1RN. Guadalupe, I.O.F.: Montmain, 97180 Sainte-Anne. Holanda: Noordbar-
˜ ˆ ˆ ˜
di, letao, lingala, lituano, luvale, macedonio, malaiala, malgaxe, maltes, gerstraat 77, NL-7812 AA Emmen. Italia: Via della Bufalotta 1281, I-00138 Roma RM. Japao: 4-7-1 Nakashinden, Ebina
ˆ ˆ ˆ City, Kanagawa-Pref, 243-0496. Malaui: PO Box 30749, Lilongwe 3. Martinica: BP 585, 97207 Fort de´ France Cedex.
mianmar, noruegues,7 polones,7 portugues,687 punjabi, quiniaruanda, ´
´ Maurıcio: Rue Baissac, Petit Verger, Pointe aux
ˆ Sables. Moçambique: PO Box 2600, 1100 Maputo. Nigeria: PMB 1090,
quirguiz, rarotongano, romeno, russo,7 samoano, sepedi, servio, sesoto, Benin City 300001, Edo State. Nova Caledonia: BP 1741, 98874 Pont des Francais. Paraguai: Casilla 482, 1209 Asun-
´ ˆ ˆ ´ ˆ ˜
silozi, suaıli, sueco,7 tagalo, tai, tamil, tcheco,7 tok pisin, tonganes, tson- cion. Portugal: Apartado 91, P-2766-955 Estoril. Quenia: PO Box 21290, ´ Nairobi 00505. Reuniao: 76, Chemin Bœuf
ga, tsuana, turco, ucraniano, urdu, vietnamita, xosa e zulu. Mort, 97419 La Possession. Senegal: ´ BP 29896, 14523
´ Dakar. Su ı ça: PO Box 225, 3602 Thun.
ˆ Timor Leste: Box
´ ´ 248, Dili. Uruguai: Casilla 17030, Cesar Mayo Gutierrez 2645 y Cno. Varzi, 12500 Montevideo. Zambia: PO Box 33459,
6 Tambem disponıvel em CD. ´
10101 Lusaka. Zimbabue: Private Bag WG-5001, Westgate.
´ ´
8 Tamb
´ em dispon ıvel em MP3 CD-ROM.
´ ´
7 Audio tambem disponıvel no “site” www.jw.org. Despertai! dezembro de 2010 5
´ ˜ ´
E interessante que os primeiros cristaos, lhe falaram sobre o “rei dos judeus”. Daı, o rei
muitos dos quais´ haviam acompanhado Je- disse: “Ide e procurai cuidadosamente a crian-
sus em seu ministerio, nunca comemoraram o cinha, e quando a tiverdes achado, avisai-me.”
´ ˜
nascimento deleˆ em nenhuma
` data. Na reali- O interesse de Herodes em Jesus, porem, nao
dade, em obediencia a sua ordem, eles come- era nada nobre. Na verdade, esse governante
´
moravam´ apenas sua morte. (Lucas 22:17-20; orgulhoso e sem escrupulos estava decidido a
1 Corıntios 11:23-26)
´ Mesmo assim, alguns tal- matar´ Jesus. — Mateus 2:1-8, 16.
vez ˜digam: ‘Sera que o fato de a origem ser ´
E interessante que foi´ so depois ´ disso que ´ a
paga importa?’ Para Deus, importa
˜ sim. “Os “estrela” levou os astrologos a Belem. Daı, ela
verdadeiros adoradores adorarao o Pai com es- “se deteve” acima da casa onde Jesus estava.
´ ˜
pırito e verdade”, disse Jesus Cristo. — Joao — Mateus 2:9, 10.
4:23. ˜
Fica claro que essa nao era uma estrela co-
´
mum. Alem disso, por que Deus, que havia
— Quem foram os “reis
ˆ
Eram mesmo tres?
magos”? usado anjos para informar pastores humildes
sobre o nascimento de ´ Jesus, agora ˜ usaria uma
Crença popular: Guiados por uma “estrela” estrela para guiar astrologos´ pagaos — primei-
ˆ ro ao
do leste, tres “reis magos” levaram presentes a´ ´ inimigo´ da criança e s˜ o depois
´ disso
´ a ela
Jesus, que estava numa propria? A unica conclusao logica e que a es-
´ manjedoura num esta- ´
trela era um instrumento malefico de Satanas,
´
bulo. Pastores ˜ tamb em aparecem em algumas
representaçoes dessa cena. que tem o poder para fazer coisas´ dessa natu-
´ ˆ
Sua origem: Alem do relato breve contido reza. (2 Tessalonicenses 2:9, 10) E ironico que
´ ˜ o´ enfeite que costuma ser colocado no topo de
na Bıblia, “todas as informaçoes sobre os reis ´
magos se originam principalmente de lendas”, arvores de Natal e justamente a chamada es-
´
diz a The Christmas Encyclopedia. trela de Belem.
´ ´ ˜
O que a Bıblia diz: A Bıblia nao diz quantos
“reis magos”
ˆ visitaram Jesus. Podem ter sido
dois, tres, quatro ou mais. ´ A palavra´ “mago”,
™ OcomqueJesus
o Papai Noel tem a ver
e seu nascimento?
´
traduzida em ´ algumas Bıblias por “sabios”,´ re- Crença popular: Em muitos paıses, o Papai
fere-se a astrologos ou feiticeiros —˜ e a B´ ıblia ´
Noel (tambem ´ chamado em alguns lugares de
diz que´ a astrologia e ´ a feitiçaria sao
ˆ praticas Pai Natal)
` e um personagem que traz presen-
‘detestaveis para Jeova’. (Deuteronomio 18:10- tes as crianças. Elas escrevem cartas para ele
12) Visto que˜ a viagem do Oriente foi longa, os pedindo
´
astrologos nao ˜ ˜ presentes, que, de acordo com a tra-
´ chegaram a tempo para visitar´ diçao, sao feitos no Polo Norte com a ajuda de
Jesus no estabulo. Na realidade, talvez apos duendes.
meses de viagem, eles ‘entraram na casa’ onde Sua origem: De acordo com o conceito po-
Jesus estava morando. ˜ Ali, viram “a crianci- ˜
pular, o mito do Papai Noel origina-se ´ de Sao
nha com Maria, sua mae”. — Mateus 2:11. Nicolau, Arcebispo de Mirra, na Asia Menor,
hoje Turquia.˜ “Praticamente tudo o que foi es-
˜ Que ´tipo de estrela guiou os
astrologos?
crito sobre Sao Nicolau se baseia em lendas”,
diz a The Christmas Encyclopedia.˜
´
Historica e
Considerar o que a estrela fez biblicamente, o Papai Noel nao tem nada a ver
˜ nos ajuda a com Jesus Cristo.
responder
´ essa pergunta. Ela
´ n ao guiou os as-
´
tr´ ologos diretamente a Belem, mas a Jerusa- O que a Bıblia diz: “Sendo que agora puses-
lem. Ali, o Rei Herodes ficou sabendo que tes de lado ´ a falsidade, falai
´ a verdade, cada´
eles procuravam
˜ por Jesus. “Herodes
´ convo- um de vos com o seu proximo.” Os mais pro-´
´ ˜
cou, entao, secretamente os astrologos”, que ximos de nos sao os membros de nossa famı-
6 Despertai! dezembro de 2010
´
A epoca do Natal, como
´ a antiga festividade
das saturnais, e marcada por festas,
muita comida e bebida

´ ´ ´
lia. (Efesios 4:25) A Bıblia tambem diz que de-
vemos ‘amar a verdade’ e ‘falar a verdade no
˜
coraçao’. (Zacarias 8:19; Salmo 15:2) Contar
`
as crianças que o Papai Noel traz presentes
´
no Natal pode parecer algo inocente, mas sera
´ ´
que e correto ou sabio enganar crianças pe- velmente, as saturnais e o primeiro de janeiro

% 5 Mary Evans Picture Library


˜ ˆ ´
quenas mesmo que a intençao seja boa? Voce eram comemorados como se fossem uma so
˜ ˆ ˜
nao acha ironico que uma ocasiao que supos- festividade.
tamente seria para honrar Jesus seja usada ´
O que a Bıblia diz: Alegria e generosidade ca-
para enganar crianças? ˜
racterizam a adoraçao verdadeira. “Sede jubi-
´ ´ ´
losos, o justos; e gritai de jubilo”, diz a Bıblia.
š Qual o conceito de Deus sobre ´
(Salmo 32:11) Essa alegria geralmente esta re-
a troca de presentes e as ` ´
lacionada a generosidade. (Proverbios 11:25)
festanças no Natal? ´ ´
“Ha mais felicidade em dar do que ha em rece-
´ ber”, disse Jesus Cristo. (Atos 20:35) Ele tam-
O costume: A generosidade natalina e um ´
´ bem disse: “Praticai o dar”, ou seja, tenha o
pouco diferente: a pessoa que da um presen- ´
te geralmente espera receber outro em troca. habito de ser generoso. — Lucas 6:38.
´ ´ ´
Alem disso, a epoca do Natal e marcada por Esse tipo de generosidade tem pouco a ver
festas com muita comida e bebida. ´
com a troca de presentes que e praticada de
ˆ ˜
Sua origem: As antigas saturnais romanas forma mecanica, simplesmente por obrigaçao
´
iam de 17 a 24 de dezembro, quando havia tro- social. Descrevendo o verdadeiro espırito de
´
ca de presentes. As casas e as ruas ficavam agi- generosidade, a Bıblia declara: “Cada pessoa
tadas com o barulho de festanças, bebedeiras deve dar de acordo com o que resolveu no seu
˜ ˜ ˜
e comportamento descontrolado. As saturnais coraçao, nao com tristeza ou por obrigaçao,
´
eram seguidas por um evento que celebrava o pois Deus ama a pessoa que da com alegria.”
˜ ´ ´ ´
primeiro dia de janeiro. Essa celebraçao festi- (2 Corıntios 9:7, Bıblia Facil de Ler) Quem
ˆ ´ ´ ´
va costumava durar cerca de tres dias. Prova- segue esses excelentes princıpios bıblicos da
Despertai! dezembro de 2010 7
˜
presentes porque seu coraçao generoso o mo-
˜ ´
tiva a fazer isso — nao importa a epoca do ano.
´ ˆ ˜
‘CEIFA-SE O QUE SE SEMEIA’ Sem duvida, agir assim resulta em bençaos da
´
parte de Deus e nunca sera um fardo.
´ ˜
Houve uma epoca em que as autorida- Uma invençao enganosa
´ ´
des eclesiasticas lutavam “com unhas e Quando comparados ao que a Bıblia diz,
´ ˆ
dentes contra qualquer vestıgio do paga- praticamente todos os aspectos do Natal tem
nismo”, comenta o livro Christmas Cus- ˜ ˜ ˜
origem paga ou sao uma distorçao dos rela-
toms and Traditions—Their History and ´ ˜
˜ tos bıblicos. Assim, os costumes natalinos sao
Significance (Costumes e Tradiçoes do ˜ ´
´ ˆ cristaos so no nome. Como isso aconteceu?
Natal — Sua Historia e Importancia). Mas, ´ ´
´ Seculos apos a morte de Cristo surgiram mui-
com o tempo, os lıderes religiosos ficaram ´
tos falsos instrutores, assim como a Bıblia ha-
mais preocupados em encher suas igrejas ´
via predito. (2 Timoteo 4:3, 4) Esses homens
do que em ensinar a verdade. Assim, co- ´
meçaram a “fazer vistas grossas” a essas sem escrupulos estavam mais interessados em
´ ˜ tornar o cristianismo atraente aos povos pa-
praticas pagas. E mais tarde as aceitaram ˜
de braços abertos. gaos do que em ensinar a verdade. Incorpora-
˜ ˜
´ ram aos poucos celebraçoes pagas populares e
Nos ‘ceifamos o que semeamos’, diz
´ ´ ˜
a Bıblia. (Galatas 6:7) Depois de semear as rotularam de “cristas”.
´
seus campos com as sementes do paga- A Bıblia adverte que esses falsos instrutores
˜ explorariam as pessoas, ‘contando-lhes coisas
nismo, as igrejas nao deveriam ficar
admiradas da colheita resultante. Uma que eles mesmos inventaram. O julgamento
˜ ´
celebraçao que supostamente honra o contra eles foi determinado muito tempo atras
˜ ˜ ´
nascimento de Jesus se torna uma descul- e eles nao escaparao daquele que vai destruı-
pa para bebedeiras e festanças; os shop- los’. (2 Pedro 2:1-3, BFL) As Testemunhas de
ping centers ficam mais populares que as ´ ´
´ ´ Jeova levam a serio essas palavras — e toda a
igrejas; famılias se afundam em dıvidas ´
Bıblia, pois a encaram como a Palavra escrita
para comprar presentes; e crianças con- ´
de Deus. (2 Timoteo 3:16) Por isso, elas rejei-
fundem mito com realidade — o Papai ˜
˜ ´ ` tam celebraçoes e costumes religiosos falsos.
Noel com Jesus Cristo. Nao e a toa que ´ ˜
Sera que sao infelizes por causa disso? Pelo
Deus disse: “Cessai de tocar em coisa ´
´ contrario! Como veremos a seguir, elas sabem
impura.” — 2 Corıntios 6:17. ˆ ´ ´
por experiencia propria que a verdade bıblica
liberta.

´
“A verdade vos libertara”!
´
SSAS palavras de Jesus Cristo, registradas A verdade bıblica os libertou
E ´ ˜ ˜
na Bıblia em Joao 8:32, sao uma verdade
eterna. Essa verdade nos liberta de supersti-
´
Argentina “Nossa famılia foi libertada dos
problemas relacionados ao excesso no comer e
˜ no beber e aos gastos com presentes que esta-
çoes e costumes que desagradam a Deus e nos ´
prejudicam. Veremos agora como a verdade vam alem de nossos recursos”, disse Oscar.
´ ´ ´
da Bıblia libertou pessoas em varios paıses do Mario se sentiu livre quando a “mentira do
peso de alguns costumes natalinos. Natal”, como ele chama, foi desmascarada.
8 Despertai! dezembro de 2010
“Hoje, fico muito feliz de expressar meu cari-
nho por outras´ pessoas por lhes dar presentes
em qualquer epoca do ano, e quando minha
˜
condiçao financeira permite.”
´
Canada “Eu gosto muito de dar e receber
˜
presentes”, escreveu ´ Elfie. “Mas ˜ n ao gosto
quando´ isso e feito por obriga ´ çao. Foi um gran-
de alıvio quando nossa famılia parou de come-
morar o Natal.”
Ulli, uma das filhas de Elfie, recorda: “De-
pois que meus pais pararam de comemorar o
Natal, eles nos surpreendiam com atividades ´
divertidas´ ou presentes em qualquer epoca do
´
ano, e nos amavamos isso! Quando nossos co-
legas de escola nos ´ perguntavam ´ qual o motivo
das surpresas, nos respondıamos com muito or- ˜
gulho: ‘Nada especial!’ Meus pais, O amor motiva os cristaos a ´dar presentes,
˜ ˜ por sua vez, e fazem isso em qualquer epoca do ano
enfrentaram pressao e oposiçao dos parentes
quando começaram a viver segundo a verdade ´
´ ˜ ˜ estava dormindo, eu e meu marido colocava-
bıblica. Mas nao cederam. ´ A determinaçao de- mos˜ um presente´ ao lado ´ de sua cama. Na ma-
les de adorar a Jeova Deus da forma correta me nha seguinte, nos lhe dizıamos: ‘Oˆ Papai Noel
influenciou muito.” lhe deu esse presente porque voce foi um bom
Para Silvia, ´ deixar de comemorar o˜ Natal menino.’ Quando aprendi a verdade sobre o Na-
“foi um alıvio”, disse ela. “Eu me senti´ tao bem! tal e contei isso a meu filho, ele ficou chocado
Sabia que estava agradando a Jeova Deus, e e chorou. Nesse
isso foi muito melhor que milhares de festas de ˜ ´ momento, me dei conta de que
o Natal nao e aquela´ coisa linda que aparenta
Natal.” ser. Na verdade, e uma mentira´ e, por apoiar
ˆ ´
Quenia Peter escreveu: “Na epoca do Na- essa mentira, senti que tinha traıdo meu filho.”
´ ˜
tal, eu fazia grandes emprestimos para comprar Filipinas Dave disse: “Nao consigo expres-
˜ ´ ´
presentes e custear refeiçoes extravagantes. Por sar em palavras a alegria que Jeova nos da por´
causa disso, eu tinha de fazer horas ´ extras no meio das verdades ´ puras encontradas na Bı-
trabalho, o˜ que me afastava da famılia. Imagine blia. Na minha famılia, quando damos presen-
a satisfaçao que eu senti por me libertar de tudo ˜
tes nao esperamos nada em troca. E fazemos
isso!” ˜
isso de coraçao.”
“Eu dou e recebo presentes de parentes e ˜
´ As˜ pessoas citadas sao apenas algumas dos´
amigos em qualquer epoca”, disse Carolyne. ˆ
˜ ˜ milhoes que descobriram por experi encia pr o-
“Em minha opiniao, os melhores presentes sao ´ ´
˜ pria que a verdade da B ıblia e libertadora. Mais
aqueles que ´
˜ recebemos sem esperar e sao dados importante ainda e que, quando vivemos em
de coraçao.” harmonia com essa verdade, alegramos o co-
˜ ˜ ´
Japao “Nossos filhos”, escreveram Hiroshi raçao de Deus. (Proverbios 27:11) Jesus Cristo
˜ ˆ ˜
e Rie, “nao˜ acham que tem de receber presen- disse: “Os verdadeiros adoradores adorarao o
tes, mas dao muito valor quando os recebem. ´
Pai com espırito e verdade, pois, deveras, o Pai
Como pais, ficamos felizes de ver que eles ´ ˜
´ sa- esta procurando a tais para o adorarem.” (Joao
˜
bem que o principal ˜ ao dar um presente e que 4:23) Quando Deus olha para o seu coraçao,
seja de coraçao”. ´ ˆ ´
sera que ele ve alguem que deseja muito a ver-
´
Keiko recorda: “Minha famılia comemorava dade? Esperamos que a resposta seja um alto e
o Natal. Depois de ter certeza que nosso filho claro “sim”!
Despertai! dezembro de 2010 9
O CONCEITO
´
DA B IBLIA
˜
Por que
´ Deus nao
destroi o Diabo?
ˆ ˜
E VOCE pudesse aliviar o sofrimento de ele percebe que,´ para chegar a uma decisao´
S ´ ´
alguem, faria isso? Voluntarios que pres-
´
tam ajuda humanitaria se apressam para ali-
que estabelecera um precedente para possı-
veis casos futuros, as duas partes envolvidas
viar o sofrimento e salvar a vida de pessoas to- devem ter tempo suficiente para apresentar
ˆ seus argumentos.
talmente estranhas. Voce talvez se pergunte:
˜ ´ ˜
‘Por que Deus nao destroi logo o Diabo, que Como essa situaçao´ se aplica ao desafio
´ ´
e o responsavel por tanto sofrimento?’ que
˜ o Diabo — tambem chamado ´ de “dra-
Para responder essa pergunta, imagine um gao”, “serpente”
´ ´ e “Satanas” — lançou con-
˜ tra Jeova, “o Altıssimo sobre toda a terra”?
julgamento de grande repercussao. O assassi- ˜
no, desesperado para atrasar o processo, ale- (Revela´çao [Apocalipse] 12:9; Salmo 83:18)˜
´ Quem e realmente o Diabo? Que acusaçoes
ga que o juiz e desonesto no modo como pre- ´
´ ele fez contra Jeova Deus? E quando Deus vai
side seu tribunal e ate mesmo afirma que ele
´ acabar com ele?
esta subornando os jurados. Por isso, permi-
´
te-se que inumeras testemunhas deponham. A necessidade de um precedente
O juiz sabe que o processo — demorado e ´
´ ˆ No inıcio, aquele que se tornaria o Diabo
complexo — causara muita inconveniencia e era uma pessoa espiritual perfeita, um anjo
´
gostaria de encerrar o caso sem atraso. Mas de Deus. (Jo 1:6, 7) Ele se tornou o Diabo

˜
Para chegar a uma decisao que estabeleça um precedente moral, as duas partes
devem ter tempo suficiente para apresentar seus argumentos
˜ ´
quando ficou obcecado pela ambiçao˜ egoısta dica. Se surgir de novo um desafio similar,
´ ´
de ser adorado pelos humanos. Entao, desa- o julgamento envolvendo Satanas podera ser
fiou o direito de Deus governar, chegando a ˜
˜ apontado como um exemplo que nao precisa-
insinuar que Ele nao merecia ser obedecido. ´
´ ra ser repetido.
Acusou os humanos de serviremˆ a Deus so ´ ´
˜ No momento certo, Jeova Deus mandara
quando eram subornados com bençaos. Ale- seu Filho Jesus Cristo eliminar o Diabo e des-
gou que todas as pessoas ‘amaldiçoariam’ o ´
´ fazer todas as suas obras. A Bıblia fala do
Criador diante de dificuldades. — Jo 1:8-11; tempo em que Cristo vai “entregar o reino ao
2:4, 5. seu Deus e Pai, tendo reduzido a nada todo
˜
´ Para responder essas acusaçoes de Sata- governo, e toda autoridade e poder. Pois ele
´
nas, seria preciso mais do que uma demons- tem de reinar ate que Deus lhe tenha posto to-
˜ ´
traçao de força. Na
´ verdade, destruir o Dia- dos os inimigos debaixo dos seus pes. Como
bo no jardim do Eden talvez tivesse indicado ´ ´
ultimo inimigo, a morte ha de ser reduzida a
para alguns˜ observadores que o Diabo estava ´
nada”. — 1 Corıntios 15:24-26.
certo. Entao Deus, que tem autoridade abso- ´ ´
´ Felizmente, a Bıblia promete que havera
luta, deu inıcio a um processo legal para eli- ˜ ´
´ condiçoes paradısicas na Terra inteira. As
minar qualquer duvida na mente de todos os ˜ ´
pessoas viverao, como era o proposito origi-
observadores. ´ ´ ´
´ nal de Deus, num paraıso pacıfico. “Os pro-
Em harmonia ´com seus princıpios e justi- ˜
prios mansos possuirao a terra e deveras se
ça perfeita, Jeova Deus disse que cada lado ˜ ˆ
´ deleitarao na abundancia de paz.” Realmen-
produziria suas proprias testemunhas. O tem- ´ ˜
te, “os proprios justos possuirao a terra e re-
po concedido tem dado aos descendentes de ˜
˜ sidirao sobre ela para todo o sempre”. — Sal-
Adao uma chance de viver e de testemunhar mo 37:11, 29.
a favor de Deus por escolherem manter a in-
tegridade a Ele motivados por amor, apesar Pense na perspectiva maravilhosa que a
´
de quaisquer dificuldades. Bıblia apresenta para os servos de Deus: “Eis
´
que a tenda de Deus esta com a humanidade,
Quanto tempo falta? ´ ˜
e ele residira com eles e eles serao os seus po-
´ ´ ´
Jeova Deus sabe muito bem que os huma- vos. E o proprio Deus estara com eles. E en-
˜ ´ ´ ˜
nos continuarao sofrendo enquanto esses xugara dos seus olhos toda lagrima, e nao ha-
procedimentos legais estiverem em andamen- ´ ´
´ vera mais morte, nem havera mais pranto,
to. Mas ele esta decidido a encerrar o caso o ´
´ ´ nem clamor, nem dor. As coisas anteriores ja
mais breve poss ıvel. A B ıblia o descreve ˜
´ passaram.” — Revelaçao 21:3, 4.
como “o Pai de ternas miseric
´ ordias e o Deus
de todo o consolo”. (2 Corıntios 1:3) Fica cla- ´
˜ JA SE PERGUNTOU?
ro que “o Deus de todo o consolo” nao vai
permitir que o Diabo viva mais do que o ne- ˜
´ ˆ ˘ Que acusaçao falsa o Diabo fez contra
cessario, nem que os efeitos de sua influencia ´
˜ Deus e os humanos? — Jo 1:8-11.
continuem. Por outro lado, Deus nao vai eli-
minar o Diabo antes do tempo, sem que o tri- ˘ Que qualidades de Deus nos garantem
´
bunal universal tenha declarado o caso encer- que no tempo certo ele destruira o
´
rado. Diabo? — 2 Corıntios 1:3.
˜ ´ ´
Quando as questoes finalmente estiverem´ ˘ Que esperança e apresentada na Bıblia?
´ ˜
resolvidas, o direito de Jeova governar tera — Revelaçao 21:3, 4.
sido vindicado por completo. O caso contra
´ ´ ´
Satanas servira para sempre como base jurı-
Despertai! dezembro de 2010 11
Deus me consolou
em todas as minhas
dificuldades
NARRADO POR VICTORIA COLLOY

´ ` ˜ ˜
O medico disse a minha mae: “Nao podemos fazer
´
mais nada por sua filha. Ela tera de usar muletas
e aparelhos para as pernas pelo resto da vida.”
Fiquei arrasada! O que seria de mim sem poder
andar?
´
ASCI em 17 de novembro de 1949 em Ta- Antes de eu completar 15 anos de idade, ja
N ´
pachula, Chiapas, Mexico. Eu era a pri- havia passado por 25 cirurgias na coluna, per-
ˆ
meira de quatro filhos. Embora fosse um bebe nas, joelhos, tornozelos e dedos dos pes. ´
Cada
´ ´
alegre e saudavel, parei de engatinhar de re- cirurgia foi seguida de um perıodo de reabilita-
pente aos 6 meses, e meus movimentos fica- çao. ˜ ´
Apos uma das cirurgias, minhas pernas
ram limitados. Dois meses depois perdi todos foram engessadas. Quando o gesso foi removi-
´ ´
os movimentos. Os medicos locais ˆ ficaram per- do, tive de fazer exercıcios dolorosos.
plexos, visto que outros bebes em Tapachula
˜ Recebi verdadeiro consolo
tinham sintomas similares. Entao, um ortope-
´ Aos 11 anos, enquanto me recuperava de
dista da Cidade do Mexico veio ´ para nos exa- ˜
minar. Diagnosticou-se que tınhamos poliomie- uma cirurgia, minha mae me fez uma visita.
´
lite, ou polio. Ela tinha lido na revista A Sentinela, publicada
´
Aos 3 anos, passei por cirurgias no quadril, pelas Testemunhas ´
de Jeova, que Jesus curou
´
joelhos e tornozelos. Mais tarde, meu ombro doentes e ate fez um paralıtico andar. Ela me
´
direito tambem ficou gravemente` deu uma revista. Eu a escondi
afetado. Aos 6´ anos, fui levada a debaixo do meu travesseiro, mas
Cidade do Mexico para continuar certo dia ela desapareceu. As en-
o tratamento num hospital˜ infan- fermeiras a tinham encontrado e
til. Visto que minha mae trabalha- sumiram com ela. Elas me criti-
va numa fazenda em ´ Chiapas, fi- caram por eu ler a revista.
quei´ com minha avo na Cidade do
Mexico. Mas passava a maior par- Cerca de um ano depois, mi-
˜
te do tempo no hospital. nha mae foi me visitar de novo.
´ ´
Por volta dos 8 anos de ida- Ela ja estava estudando a Bıblia
´
de, senti uma leve melhora. Mas com as Testemunhas de Jeova e
´
depois voltei a piorar, perdendo me trouxe o livro Do Paraıso Per-
´
gradativamente os poucos movi- dido ao Paraıso Recuperado.1 Ela
˜ ´ disse: “Se quiser viver no prome-
mentos que tinha. Entao, os me-
dicos disseram que eu teria de tido novo mundo onde Jesus a
usar muletas e aparelhos nas per- Aos 7 anos, com 1 Publicado pelas Testemunhas de Jeova
´
nas pelo resto da vida. aparelho nas pernas em 1958, mas atualmente esgotado.

12 Despertai! dezembro de 2010


´ ˆ ´
curara, voce precisa estudar a Bıblia.” Assim,
˜ ´ ´
apesar da oposiçao de minha avo, comecei Uso um carrinho eletrico
´ adaptado para pregar
a estudar com as Testemunhas de Jeova aos
14 anos. No ano seguinte, tive de sair do hos-
´
pital porque ele era so para crianças.
Como lidei com os desafios
Fiquei muito deprimida. Por causa da opo-
˜ ´
siçao de minha avo, precisei voltar a morar
com meus pais em Chiapas. Mas havia proble-
´
mas em casa, porque meu pai era alcoolatra.
˜
Por um tempo, perdi a razao de viver. Pensei
´
em tomar veneno. Mas o estudo da Bıblia mu-
dou aos poucos meu modo de pensar. Saber
´ ´
da promessa da Bıblia de um paraıso na Terra
me deixou feliz.
Comecei a falar a outros sobre a maravi-
´ ´
lhosa esperança apresentada na Bıblia. (Isaıas ´
˜ na vizinhança e conversar sobre a Bıblia com
2:4; 9:6, 7; 11:6-9; Revelaçao [Apocalipse] ˜
21:3, 4) Por fim, no dia 8 de maio de 1968, aqueles que estao aguardando ser atendidos.
aos 18 anos, fui batizada como Testemunha de Depois dessas conversas, vou com meu carri-
´ ´
Jeova. Desde 1974, gasto mais de 70 horas por nho eletrico ao mercado para comprar algu-
ˆ ´
mes falando a outros sobre a esperança que mas coisas e daı volto para casa para ajudar
˜ ˜
me deu motivo para continuar vivendo. minha mae a preparar as refeiçoes e fazer ou-
´
tras tarefas domesticas.
Uma vida produtiva e gratificante
˜ Vendo roupas usadas para nos sustentar.
Com o tempo, eu e minha mae nos muda- ˜ ˜
Minha mae tem 78 anos e nao pode fazer mui-
mos para a cidade de Tijuana, perto da fron- ˆ ˜
´ to por causa de tres enfartes. Entao, cuido de
teira entre o Mexico e os Estados Unidos. ´ ˜
` seus remedios e alimentaçao. Apesar de nos-
Moramos numa casa adequada as nossas ne- ´
sos problemas de saude, nos esforçamos para
cessidades. Eu ainda consigo me locomover ` ˜ ˜
assistir as reunioes cristas. Mais de 30 pessoas
pela casa com muletas e aparelhos, e uso uma ´
que ajudei a aprender a Bıblia ao longo dos
cadeira de rodas para cozinhar, lavar e passar ´ ˜ ˜
minhas roupas. Para participar no trabalho de anos tambem sao ativas na pregaçao.
˜ ´ Tenho plena certeza do cumprimento da
pregaçao, uso um carrinho eletrico adaptado. ´
´ ´ promessa bıblica: “Naquele tempo [no novo
Alem de pregar as verdades bıblicas nas ´
ruas e nas casas, costumo visitar um hospital mundo de Deus] o coxo estar a escalando
como o veado.” Enquanto isso, estas pa-
˜
lavras de Deus me consolam: “Nao tenhas
˜
Pedro, Cefas e Simeao. 5. Sim. medo, pois estou contigo. Nao olhes em vol-
˜
— Numeros 14:9. 4. Simao, Pedro, a combinaçao Simao ta, pois eu sou teu Deus. Vou fortificar-te.
´ ˜
3. Eles tinham fe de que Jeova estava com eles.
´ ´
˜ ˜
Vou realmente ajudar-te. Vou deveras segurar-
para cima, exceto Josue e Calebe, morreram no deserto. te firmemente com a minha direita de justi-
´ ´
— Numeros 14:3, 11. 2. Todos os homens de 20 anos
´
1. Eles ficaram com medo e nao tiveram fe em Jeova.
ça.” — Isaıas 35:6; 41:10.1
˜ ´ ´
RESPOSTAS DA PAGINA 31 1 Victoria Colloy
˜ faleceu em 30 de novembro de 2009, aos
´ 60 anos, e sua mae no dia 5 de julho de 2009.

Despertai! dezembro de 2010 13


R E P UBLI C A D O MI N I C AN A
Terremoto HAITI

noHaiti ´ ˆ ´
Leogane PORTO PRINCIPE

´
epicentro

Jacmel
´ ˜
fe e amor em açao
` ´
Na terça-feira, 12 de janeiro de 2010, as 16h53, Evelyn ouviu um ruıdo parecido ao som
˜ ˜
de um grande aviao, e o chao começou a tremer. Ali perto, vigas de concreto racharam,
´
fazendo um barulho alto, e predios desabaram. Quando o tremor parou, Evelyn foi a um
˜
lugar mais alto e viu a dimensao dos estragos. Havia pessoas gritando de desespero em
´
todo lugar. Uma nuvem de poeira cobria a capital, Porto Prıncipe.
˜ ´ ´ ´ `
M QUESTAO de segundos, casas, predios estava com os pes presos nas ruınas. A meia-
E do governo, bancos, hospitais e escolas des-
moronaram. Mais de 220 mil pessoas morre-
noite, começaram a remover os destroços com
cautela. A cada tremor, ouvia-se ` o concreto aci-
ram. Cerca de 300 mil ficaram feridas. ma ˜ do teto se mexer e estalar. As 5 horas da ma-
´
Muitos sobreviventes ficaram sentados em nha, mais de 12 horas apos o terremoto, eles
ˆ conseguiram tirar Ralphendy em segurança.
silencio ao lado dos destroços de suas casas,
em estado de choque. Outros escavavam deses- Infelizmente, nem todos
˜ ´ ˆ os esforços deram
peradamente com as maos os escombros para ´ certo. Na cidade de Leogane, uma das mais
salvar parentes e ˜ vizinhos. Sem energia eletri- atingidas, Roger e seu filho mais velho, Clid,
ca, logo a escuridao tomou conta, obrigando as conseguiram sair de casa antes de ela cair. O fi-
equipes de resgate a trabalhar usando lanternas lho mais novo, Clarence, morreu. A esposa de
e velas. Roger, Clana, estava viva e conseguia´ falar, mas
Na cidade de Jacmel, um menino chamado sua cabeça estava presa sob o teto caıdo. Roger ´
Ralphendy, de 11´ anos, ficou preso sob os des- e um amigo tentaram incansavelmente´ salva-la.
troços de um predio parcialmente desmorona- “Depressa!”, dizia ela sob as ruınas. “Estou per- ˆ
do. Uma equipe de resgate da cidade trabalhou dendo as forças! Estou ficando sem ar!” Tres
intensamente por horas a´ fio. Por causa de re- horas mais tarde, uma equipe de ´ resgate che-
petidos tremores secundarios, eles tiveram de gou. Mas quando a tiraram, ela ja estava morta.
abandonar as buscas, temendo o desabamento´
dos andares superiores. Philippe, um missiona- Quarta-feira, 13 de janeiro, 2.° dia

´
rio das Testemunhas de Jeov ˜ a, recusou-se a de- O amanhecer do dia seguinte revelou a di-
sistir, explicando: “Eu nao podia nem pensar ˜ ´
mensao dos estragos.´ Boa
` parte de Porto Pr
´ ın-
em abandonar Ralphendy para morrer ali.” cipe estava em
ˆ ´ ruınas. A medida que as notıcias
Philippe
˜ e mais tres pessoas passaram ´ por sobre a cat˜ astrofe se espalhavam ´ pelo mundo,
um vao bem estreito nos escombros´ do predio organizaçoes de ajuda humanitaria e muitas
e com cuidado chegaram ate Ralphendy. Ele pessoas prestativas de todas as partes se mo-
14 Despertai! dezembro de 2010
´ ´
bilizavam para ajudar. Voluntarios da sede das perto da extremidade leste de Porto Prıncipe,
´ ´
Testemunhas de Jeova na Republica Dominica- ela sofreu poucos danos.
ˆ
na, a cerca de 300 quilometros de carro, tam- Da noite para o dia, a sede no Haiti se trans-
´
bem sentiram o terremoto. Quando souberam formou num movimentado centro de ajuda hu-
que o epicentro havia sido perto da superlota- ´ ˜
´ manitaria. Visto que a comunicaçao com o ex-
da cidade de Porto Prıncipe, habitada por qua- ´
˜ ´ terior por telefone e e-mail era precaria, os
se um terço da populaçao do Haiti, que e de ´
˜ ´ membros da sede foram duas vezes de carro ate
9 milhoes, as Testemunhas de Jeova dominica- ´
a fronteira com a Republica Dominicana para
´
˜ enviar relatorios. Nesse meio-tempo, centenas
“Eu nao podia nem pensar ´
de vıtimas, muitas gravemente feridas, se dirigi-
`
em abandonar Ralphendy para ram a sede no Haiti. Muitas outras foram leva-
˜
morrer ali” das aos hospitais em funcionamento na regiao,
que eram poucos e logo ficaram superlotados.
´ ˜
nas´ logo começaram a planejar a ajuda huma- Vıtimas, deitadas no chao sangrando e gri-
nitaria. tando, cercavam os hospitais. Entre elas esta-
´ va Marla, que havia ficado 8 horas soterrada
Fazia 150 anos desde o ultimo grande terre- ´ ˜
´ nos escombros de um predio. Ela nao conse-
moto no Haiti. Por isso, esse paıs praticamen- ´
´ guia sentir as pernas nem movimenta-las. Os vi-
te tinha parado de construir predios resistentes
ˆ ` zinhos a haviam resgatado e levado para um
a terremotos, dando preferencia a estruturas a ´
˜ hospital. Mas que hospital? Evan, um medico
prova de furacoes e enchentes. Assim, o tremor ´ ´
de magnitude 7,0 derrubou facilmente a maio- Testemunha de Jeova que chegara da Republi-
ria das paredes de alvenaria e dos pesados te- ca Dominicana, foi a sua procura sabendo ape-
tos de concreto. Mas a sede das Testemunhas nas seu nome.
´ ´
de Jeova no Haiti, finalizada em 1987, tinha A essa altura, ja haviam se passado mais de
´
sido projetada segundo as normas aceitaveis de 24 horas desde o terremoto, e anoitecia de
˜ ´
construçoes antissısmicas. Embora localizada novo. Andando por entre os corpos do lado
Despertai! dezembro de 2010 15
de fora de um hospital, Evan Sexta-feira, 15 de
ˆ
orava em silencio enquanto janeiro, 4.° dia
chamava o nome de Marla. Fi-
´ Perto do meio-dia, 19 profis-
nalmente, ele ouviu algu em ´
responder: “Estou aqui!” Mar- sionais da saude Testemunhas
˜ ´ ´
la estava no ch ao, olhando de Jeova — incluindo medicos,
para ele com um sorriso ra- enfermeiros e outros — chega-
´
diante. Surpreso, Evan per- ram da Republica Dominica-
ˆ ´ Marla na e de Guadalupe. Sem de-
guntou: “Por que voc e est a ´
sorrindo?” Ela respondeu: mora montaram uma clınica
“Porque agora estou com meu de primeiros socorros. As pes-
˜ ´ ˜ ´
irmao de fe.” Evan nao conse- soas atendidas ali inclu ıam
´ dezenas de crianças de um or-
guiu conter as lagrimas.
fanato. As Testemunhas de
Quinta-feira, 14 de ´ ´
Jeova tambem forneceram ao
janeiro, 3.° dia
orfanato alimentos e lonas
para fazer abrigos. “Sou mui-
A Sede Mundial das Teste- Islande `
´ to grato as Testemunhas
´ de
munhas de Jeova, nos Estados ´
Jeova”, disse Etienne, diretor
Unidos — com a ajuda das se- ˜
do orfanato. “Nao sei o que te-
guintes filiais: Alemanha, Ca- ´
´ rıamos feito sem a ajuda de-
nad a, Fran ça, Guadalupe, las.”
´
Martinica, Republica Domini-
cana e outras — coordenou a Perdida e depois achada
´ ´
ajuda humanitaria para o me- Logo apos o terremoto, Is-
lhor aproveitamento dos ma- lande, uma menina de 7 anos,
teriais, transporte, comuni- Wideline olhou pela janela de sua casa e
˜ ˜ ´
caçao, fundos e mao de obra viu os cabos eletricos da rua se
´ ´ ´
disponıveis. Ao todo, 78 profissionais ´ da sau- rompendo e muitas faıscas saindo deles. Den-
de que eram Testemunhas de Jeov a chegariam ´ ´
´ tro de casa, varios tijolos caıram das paredes,
para ´ prestar` ajuda, alem de muitos outros ˜ ´ vo- quebrando sua perna e ferindo-a gravemen-
luntarios. ´ As 2h30, o primeiro
´ caminh ao ja ti- te. Depois de ter sido tirada dos escombros,
nha saıdo da sede da Republica Dominicana Johnny, seu pai, a levou de carro a um hospital
para o Haiti, carregado ´
´ com ´ quase 7 tonela- na Rep ´
ublica Dominicana, perto da fronteira.
das de alimentos, remedios, agua e outros supri- Daı, ela foi transferida para a capital, Santo Do-
mentos. mingo. Mas, quando Johnny telefonou mais tar-
Quando o carregamento chegou mais tarde ˜ ´
˜ ´ de para o hospital, Islande nao estava la.
naquela manha, a equipe de ajuda humanita- Johnny passou dois dias procurando Islan-
ria da sede ˜ no Haiti começou a organizar a dis- de em todo lugar, mas sem resultado. Ela ha-
tribuiçao dos suprimentos. Para evitar que os
alimentos ´ fossem roubados e depois vendidos, via sido ´
levada a outro hospital, onde uma fun-
´
os voluntarios camuflaram os materiais. Eles cion aria a ouviu orando a Jeova. (Salmo 83:18)
ˆ ´
trabalharam dia e noite colocando os alimen- “Voce ama a Jeova?”, perguntou ela. ˜
“Amo”,
˜
tos e outros suprimentos em pequenas sacolas respondeu Islande chorando. “Ent ao, nao se
´ ´ ´
para famılias ou pessoas individuais. Nos preocupe”, disse a funcionaria. “Jeova vai aju-
´ me- ˆ
ses´ seguintes, as Testemunhas de Jeova distri- dar voce.” ` ´
buıram Johnny pediu ajuda a sede na Republica Do-
˜ gratuitamente mais de 450 toneladas˜ de
doaçoes, incluindo mais de 400 mil refeiçoes. minicana para encontrar Islande. Melanie se
16 Despertai! dezembro de 2010
˜ ´ ´
ofereceu para ajudar. Enquanto ela procurava A situaçao era traumatica mesmo para os medi-
´ cos. Um deles disse: “Gostaria que Deus apa-
num hospital, a funcionaria que tinha ouvido ´
Islande orando escutou a conversa de Melanie gasse de minha memoria algumas imagens e
e apontou para a menina. Pouco tempo depois, sons.”
´ ´
Islande estava de novo com sua famılia. Na segunda semana apos o terremoto, co-
´
˜ meçaram a chegar ´ da Europa medicos ˆ Teste-
Cirurgias e reabilitaçao munhas de Jeova que tinham a experiencia e
Muitos feridos haviam recebido pouco ou ´
´ ` os equipamentos necessarios para realizar ´ ci-
nenhum atendimento medico antes de chegar a rurgias complexas e urgentes. A equipe medica
´
clınica montada na sede das Testemunhas de realizou 53 cirurgias e milhares de outros pro-
´ ´
Jeova no Haiti, e, por causa disso, o braço ou a cedimentos m edicos. Wideline, uma Testemu-
perna de alguns deles havia gangrenado. Infeliz- ´
˜ nha de Jeov ´ a de 23 anos, que tinha chegado a
mente, em muitos casos apenas a amputaçao Porto Prıncipe um dia antes do terremoto, teve´
podia salvar a vida do paciente. Nos primeiros seu braço direito esmagado e precisou amputa-
´
dias apos o terremoto, havia falta de equipa- lo num hospital local. Mais tarde, seus paren-
´ ´ ´ ´
mentos cirurgicos, remedios e ate anestesicos. tes a levaram a um hospital perto da casa deles

´
CASAS PARA AS VITIMAS
ˆ ´ ´
Menos de um mes apos montar e de tamanho pareci- as partes pre-fabricadas des-
´
o terremoto, engenheiros civis do ao das casas que muitos sas casas. Um funcionario da
´ ˆ
Testemunhas de Jeova come- tinham”, explica John, mem- alfandega haitiana, enquanto
˜
çaram a avaliar quais casas bro da sede no Haiti. “Elas aprovava a importaçao dos
˜ ˜ ˜
estavam em condiçoes de oferecem proteçao contra materiais de construçao,
´
receber as famılias de volta. chuva e vento, sem o risco de disse: “As Testemunhas de
´ ´
Muitas que perderam a casa cair sobre a famılia em caso Jeova estavam entre os pri-
precisaram ser acomodadas de outros tremores.” Apenas meiros a atravessar a frontei-
´ ´ ˆ ´
em moradias temporarias ate tres semanas apos o terremo- ra para ajudar as pessoas.
´
encontrar um lugar perma- to, uma equipe de voluntarios Elas fazem mais do que
´
nente. haitianos e de outros paıses apenas falar; elas realmente
ˆ começou a construir mora-
“Com base na experiencia ´ ajudam.” Nos primeiros me-
˜ dias temporarias. ´
de organizaçoes internacio- ses apos o terremoto, as Tes-
´ ´
nais que prestam ajuda hu- As pessoas nas ruas vi- temunhas de Jeova construı-
´
manitaria, projetamos mora- bravam quando viam passar ram 1.500 casas para
´ ˜ ´
dias baratas, faceis de caminhoes carregados com famılias desalojadas.
+ Um grupo de Testemunhas de Jeova´
´
haitianas indo consolar as vıtimas
do desastre
´
% Um medico cuidando de um menino
´
na clınica´ montada pelas Testemunhas
de Jeova

fisioterapeutas e outros — se revezavam nesses


centros. Eles tinham prazer de˜ cuidar dos pa-
cientes durante sua recuperaçao.
em Port-de-Paix,
˜ que fica a sete horas dali. Mas ´
a condiçao de Wideline piorou, e a equipe do Uma mensagem de fe, esperança e amor
hospital a deu como morta. ˜ ´
Apenas 6 dos 56 Saloes do Reino na area
˜ atingida pelo terremoto sofreram danos signifi-´
Ao ´ saber de sua triste situaçao, ´ uma equi-
pe medica cativos. A maioria das Testemunhas de Jeova
´ de Testemunhas de Jeova viajou ˆ de ˜ ˜
desalojadas ´ficou em saloes nao danificados ou
Porto Prıncipe para atender Wideline e traze-la
de volta para receber mais cuidados. Os˜ outros em outras´ areas ao ar livre. As Testemunhas
pacientes aplaudiram quando os irm´ aos cris- de Jeova, acostumadas a se reunir, se organiza-
˜ ram do mesmo modo como fariam para uma de
taos de Wideline chegaram
´ para busca-la.
˜ Com
a ajuda ´ de sua famılia e da congrega ç ao, Wide- suas assembleias.
` ˆ ˜
line esta se adaptando bem as novas circunstan- “Nao mudamos a ˜rotina das atividades espi-
cias. rituais da congregaçao”, explicou Jean-Claude,
´
Na Rep um superintendente local das Testemunhas de
´ ublica Dominicana, as Testemunhas ´
de Jeova alugaram casas ˜ para funcionar como ´ Jeova. “Isso foi um fator vital para dar estabili-
centros de reabilitaçao. ´ Equipes
´ de voluntarios dade aos jovens e idosos.”´ Qual foi o resulta-
Testemunhas de Jeova — medicos, enfermeiros, do? Certo homem disse: “E muito bom ver que
18 Despertai! dezembro de 2010
´ ˜
as Testemunhas de Jeova ainda estao pregando. de errado em chorar. Jesus chorou quando seu
´ ´ ˜ ´
Do contrario, acharıamos que as coisas estao amigo Lazaro morreu.” Em seguida, o homem
muito piores do que parecem.” aflito caiu em prantos.
´ ´
As Testemunhas de Jeova levaram consolo Das mais de 10 mil Testemunhas de Jeova na
` ˜ ˆ
as pessoas. “Praticamente todos os que encon- regiao, 154 morreram em consequencia do ter-
˜
tramos acham que o terremoto foi uma puniçao remoto. Calcula-se que mais de 92% dos habi-
´ ´
de Deus”, explicou uma Testemunha de Jeova. tantes de Porto Prıncipe perderam um ou mais
“Garantimos a elas que o terremoto foi um parentes e amigos no desastre. Para ajudar es-
˜ ´
desastre natural, nao algo causado por Deus. sas pessoas enlutadas, que sofreram traumas fı-
ˆ ˜ ´
Mostramos Genesis 18:25. Ali, Abraao diz que sicos e emocionais, as Testemunhas de Jeova as
´ ´ ˆ
e inconcebıvel que Deus destrua pessoas boas tem visitado repetidas vezes, dando-lhes a opor-
´ ´ ´
junto com as mas. Tambem lemos Lucas 21:11, tunidade de se abrir com alguem de confian-
onde Jesus predisse grandes terremotos para os ´ ´
ça. As Testemunhas de Jeova enlutadas ja co-
nossos tempos, e explicamos que em breve ele ´ ˜
´ nheciam a promessa bıblica da ressurreiçao e
ressuscitara parentes e amigos que morreram e ´ ´
´ de uma Terra paradısica, mas tambem sentiram
eliminara todo o sofrimento. Muitas pessoas ex- a necessidade de expressar seus sentimentos a
˜ ˜
pressam profunda gratidao por saber disso.”1 cristaos compassivos e ouvir palavras consola-
´
Mas ainda ha desafios. “O primeiro desas- doras.
tre foi o terremoto. Agora precisamos lidar com
ˆ Presente e futuro
as consequencias”, comentou Jean-Emmanuel, ´
O apostolo Paulo escreveu: “Permanecem a
´ ´ ˆ
fe, a esperança, o amor, estes tres; mas o maior
“E muito bom ver que as ´ ´
´ destes e o amor.” (1 Corıntios 13:13) Essas qua-
Testemunhas de Jeov a ainda ˜
˜ lidades estao ajudando as muitas Testemunhas
estao pregando” ´ ˜
de Jeova haitianas a suportar a situaçao atual, a
encorajar outros e a olhar para o futuro sem
´ ´ ´ ´ ˜
um medico Testemunha de Jeova. “Alem da medo. Fica evidente ˜
que a verdadeira fe, uniao
´ ´
´
ameaça de surtos de varias doenças em cam- e carinho ´
estao por tras da contınua ajuda hu-
´
pos lotados, alagados por causa da chuva e com manitaria vinda de outros ˜ ˜
paıses. “Nunca pre-
˜ ´ ´
condiçoes precarias de higiene, ha o trauma senciei uma express´ ao tao grande de amor”,´
˜
emocional, que foi reprimido, mas nao supera- disse Petra, uma medica Testemunha de Jeova
do.” que veio da Alemanha para ajudar. “Eu chorei
´ ´
Semanas apos o terremoto, um homem Tes- muito, so que mais de alegria do que de triste-
´ ` ´
temunha de Jeova chegou a clınica reclamando za.”
ˆ
de constantes dores de cabeça e insonia, sin- O The Wall Street Journal diz que o terremo-
´
tomas comuns apos um desastre. “Algo atin- to no Haiti em 2010 foi, “em certos sentidos, o
giu sua cabeça?”, perguntou uma enfermeira. desastre natural mais destrutivo a atingir um
˜ ˜ ´ ´
“Nao”, respondeu ele sem expressar emoçao. unico paıs”. Mas, depois dele, o mundo viu ou-
´ ´
“Minha esposa morreu, estavamos casados fa- tras catastrofes causadas pela natureza e pelo
´ ´
zia 17 anos. Mas nos esperavamos esse tipo de homem. Sera´ que elas acabarao ˜
algum dia? As
coisa acontecer. Jesus predisse isso.” ´
Testemunhas de Jeova no Haiti e no mundo
´ ˜ ´
Percebendo o provavel motivo dos sintomas, todo estao convictas ´
de que chegara o dia em
´
ˆ
a enfermeira disse: “Mas voce acabou de perder que ´ Deus cumprira a promessa ´
bıblica: “Enxu-
˜
´ ´ ˜ ´
sua companheira. Isso e horrıvel! Nao ha nada gar ´
a dos seus olhos toda lagrima, e nao have-
´
´ ra mais morte, nem havera mais pranto, nem
1 Veja o capıtulo´ 11, “Por que Deus permite o sofrimento?”, clamor, nem dor. As coisas anteriores ja´ passa-
do livro O Que a B´ıblia Realmente Ensina?, publicado pelas Tes- ˜
temunhas de Jeova. ram.” — Revelaçao (Apocalipse) 21:4.
Despertai! dezembro de 2010 19
Outros grandes terremotos
˜
estao por vir
˜ ´
ESDE a invençao de instrumentos que dade esta preparada para enfrentar um desas-
D medemˆ a intensidade de terremotos, os
cientistas tem registrado centenas de tremo-
tre natural.
Em 12 de janeiro de 2010, o Haiti foi atingi-
˜ ´
res de grandes propor˜ çoes. Os que˜ ocorrem do por um dos piores terremotos da historia
bem longe da populaçao humana nao causam em termos de ˜ fatalidades e perda de proprie-
˜ ´
muita preocupaçao e recebem
´ pouca ou ne- dades. Mas nao foi o primeiro nem o unico
nhuma cobertura da mıdia. Por outro lado, os ˜
grande terremoto deste ano. As informaçoes a
estragos podem ser enormes quando um terre- seguir descrevem alguns terremotos que ocor-
moto atinge grandes centros urbanos.
´ Assim, reram durante os primeiros meses de 2010 que
a perda de vidas e propriedades e proporcio- tiveram a mesma ou maior intensidade que
˜
nal ao tamanho da populaçao e ao quanto a ci- aquele que devastou a capital do Haiti.

3 de janeiro:˜ magnitude 7,1 Alguns dos terremotos de


magnitude 7,0 ou maior
Ilhas Salomao
de janeiro a maio
Esse grande terremoto — inicialmente clas-
sificado de magnitude superior a 7,1 — causou
um tsunami “de 2 a 3˜ metros de altura”. Loti
Yates, da administraçao de desastres, explicou
˜
que “a inundaç˜ ao total de um povoado” foi
vista de um aviao. Segundo Yates, 16 casas fo-
´
ram destruıdas e outras dezenas danificadas
no povoado de Bainara, na ilha de Rendova. Haiti
Esse terremoto foi precedido por um tre-
mor de magnitude 6,6. Muitas pessoas fi- ´
Mexico
caram assustadas com esse terremoto mais
fraco e fugiram para as montanhas. Isso as
protegeu quando o litoral foi atingido pelo tsu- Chile
nami causado pelo terremoto maior duas ho-
ras depois.

20 Despertai! dezembro de 2010


26 de fevereiro: magnitude 7,0 soas ficaram feridas e perderam propriedades
˜ e outros bens. Acredita-se que cerca de 500
Ilhas Ryukyu, Japao
morreram e quase metade dessas mortes foi
` causada
Esse terremoto ocorreu as 5h31, hora local,
ˆ ´ por um tsunami que atingiu a costa
e seu epicentro foi a 80 quilometros da cidade do paıs.
de Naha, Okinawa, uma das ilhas Ryukyu, no
˜
Japao. Alertas de tsunami foram dados, mas 4 de abril: magnitude ´ ´ 7,2
depois cancelados. Uma mulher que vivia em Baixa Calif ornia, M exico

Okinawa por mais de 90 anos disse que aquele
foi o terremoto mais forte que ela havia visto. ˆ O epicentro desse terremoto foi a´ 18 qui-
lometros ˆ de Guadalupe Victoria, M˜ exico, ea
´
27 de fevereiro: magnitude 8,8 47 quil ometros de Mexicali. A regi ao e afasta-
da e tem poucos habitantes. Mas o forte´ tre-
Chile
mor foi sentido em muitas cidades no Mexico
Esse terremoto foi o quinto mais forte des- e no sul dos Estados Unidos.
´
de 1900. O de maior intensidade ja registrado 9 de maio: magnitude 7,2
´ ´
tambem foi no Chile, em 1960 — com magni-
tude 9,4. Esse terremoto, alem do de 7,7 que Sumatra, Indonesia
´
devastou a capital chilena em 1985, fez com Esse maremoto ocorreu ao meio-dia, a
´ ˆ
que o governo chileno impusesse leis rıgidas 217 quilometros de Banda
de construçao.
˜ ´ Aceh, cidade no
´ extremo norte da Indon esia. Muitas pessoas
Por isso, os predios em Santiago e em ou- saıram ´ `
as pressas de suas casas e por˜ algum
tras cidades afetadas pelo terremoto deste ano tempo tiveram medo de voltar. Mas nao foi re-
˜
nao foram derrubados. Mas milhares de pes- gistrada nenhuma fatalidade.

˜
Outros est ao por vir
´
Com base no longo historico de grandes terremotos que aba-
´ ´ ´
laram a Terra, e razoavel concluir que havera outros nos anos
´
por vir. O Centro de Pesquisa Geologica ˜ dos EUA diz sem ro-
deios: “Grandes terremotos continuarao a ocorrer, assim como
no passado.”
Um editorial
˜ de certo
´ jornal comentou: “Os
˜ recentes terremo-
tos . . . estao todos alem de qualquer soluçao humana e apenas
˜
Japao ˜ ˜
nos lembram das nossas limitaçoes. Isso nao quer dizer que
devemos ficar parados quando podemos fazer algo . . . ,
Ilhas ˜ mas que devemos continuar esperando grandes desas-
˜ ´
Salomao tres naturais que estao muito alem de nosso controle.”
´ ´
Pessoas que levam a ´ serio o estudo da Bıblia logo
´
Indonesia
pensam nas profecias bıblicas que mencionam especi-
ficamente terremotos como parte do sinal composto
´
dos ultimos dias deste sistema. — Mateus 24:3, 7;
Marcos 13:8; Lucas 21:11.
Como posso explicar
´ o
OS JOVENS
PERGUNTAM conceito da Bıblia sobre
a homossexualidade?
ˆ ˜
Numa cerimonia de premiaçao, a
´
plateia foi ao delırio quando duas
atrizes famosas se cumprimentaram
com um beijo apaixonado! Os obser-
vadores inicialmente ficaram choca-
dos, mas depois aplaudiram em
apoio. Os gays consideraram isso
´
uma vitoria. Para outras pessoas,
˜ ´
nao passou de um golpe publicitario.
De qualquer forma, nos dias seguin-
tes, a cena do beijo apareceu repe-
tidas vezes nos telejornais e foi vista
˜
por milhoes de pessoas na internet.

´ ˆ ´
ONFORME mostra o episodio acima, uma dizer aos que
´ acham que voce e preconcei-
C das coisas que mais causa alvoroço na mı-
´
dia e quando celebridades dizem abertamente
´ tuoso ou ate mesmo odeia os homossexuais?´
Analise as seguintes perguntas e as possıveis
˜ ´ respostas.
que sao gays, lesbicas ou bissexuais. Algumas
´
pessoas as elogiam por sua coragem; outras as O que a Bıblia diz sobre a homossexua-
condenam por sua vida imoral. Entre os dois lidade? Ela deixa claro que Deus criou o sexo
˜ para ser feito apenas entre um homem eˆ uma
extremos, estao aquelas que consideram a ho-
mossexualidade como apenas um estilo alter- mulher, e apenas
´ se forem casados.
´ (Genesis
nativo de vida. “Quando eu estava na escola”, 1:27,
´ 28; Lev ıtico 18:22; Prov
˜ erbios 5:18, 19) A
ˆ ˜ Bıblia condena a fornicaçao, quer entre pes-
disse Daniel, de 21 anos, “se voce nao fos-
se a favor da homossexualidade, era chamado soas do mesmo sexo ´quer entre pessoas de se-
˜ xos diferentes.1 — Galatas 5:19-21.
de preconceituoso mesmo por alunos que nao ´ ˆ
eram gays”.1 Se alguem perguntar: “O que voce acha
Conceitos sobre a homossexualidade variam da homossexualidade?”
˜ ´ ˆ ˜
de uma geraçao para outra e de um paıs para Voce pode responder: “Eu nao odeio os
˜ ˜ ˜ ´ ˜
outro. Mas os cristaos nao sao “levados para ca homossexuais, mas nao apoio o que eles fa-
´ ´ zem.”
e para la por todo vento de ensino”. (Efesios ˆ ´
´ O Lembre-se:
4:14) O conceito deles se baseia na Bıblia.
´ ´ ˆ ´ Se voc˜ e segue ´os princıpios
Mas qual e o conceito da Bıblia? Se voce se- de moral da Bıblia, entao esse e seu estilo de
´ ´
gue os princıpios de moral da Bıblia, o que vai ´ ˜ ˜
1˜ O termo bıblico “fornicaçao” nao se refere
`
apenas a re-
´
laçao sexual propriamente dita, mas tambem a atos como
1 Os nomes neste artigo foram mudados. masturbar outra pessoa ou fazer sexo oral ou anal.

22 Despertai! dezembro de 2010


ˆ ´ ´
vida, e voce tem o direito de segui-lo. (Josue pessoas do mesmo sexo, a Bıblia diz que os
˜ ˜
24:15) Nao tenha vergonha do seu conceito. cristaos devem rejeitar atos homossexuais.”
˜
— Salmo 119:46. O Sugestao: Em vez de se envolver num de-
˜ ´ ˜
Nao e dever dos cristaos tratar todas as bate sobre as causas dos desejos homossexuais,
˜ ´ ´
pessoas com respeito, nao importa a orien- enfatize que a Bıblia proıbe a conduta homos-
˜ ´ sexual. Voceˆ poderia fazer a seguinte compa-
taçao sexual delas? Claro que sim. A Bı-
˜
blia diz: “Honrai a homens de toda sorte”, ou, raçao: “Muitos alegam que um comportamen- ´
´ ´
como diz a Bıblia Facil de Ler: “Respeitem to- to violento pode ter uma ˜
causa genetica e, por
` ˆ
das as pessoas.” (1 Pedro 2:17) Assim, os cris- isso, algumas ´
pessoas sao predispostas a violen-
˜ ˜ ˜ ´ ˜
taos nao sao homofobicos, ou seja, nao odeiam os cia. (Prov ˆ
erbios 29:22) E se isso for verdade?
´
˜
homossexuais. Eles sao bondosos com todas as Voce talvez saiba que a B´ ıblia condena acessos ˜ ´
pessoas, incluindo os gays. — Mateus 7:12. de ira. (Salmo 37:8; Efesios 4:31) Entao, sera
´ ˆ ˜ ´ ´ ˆ
Se alguem perguntar: “Voce nao acha que que ela˜ esta errada so porque alguns tem a in-
˜
sua opiniao sobre a homossexualidade incenti- clinaçao de ser violentos?” ´
va o preconceito contra os gays?” Como Deus pode exigir que alguem que
ˆ ˜
Voce pode responder: “De forma alguma. sente atraçao por pessoas do mesmo sexo
˜
Eu rejeito a conduta homossexual, nao as pes- evite a homossexualidade? ´
Isso parece
soas homossexuais.” cruel. Esse racioc ınio se baseia na ideia equi-
ˆ ´ vocada de que os humanos devem agir de acor-
O Voce pode dizer tambem: “Por exemplo, ´
˜ ´ do com seus impulsos sexuais. A Bıblia digni-
eu decidi nao fumar. Na verdade, tenho nojo so
de pensar em fazer isso. Mas suponhamos que fica os humanos por garantir que eles podem
ˆ ˜ ˜
voce fume e pense diferente de mim. Eu nao te- escolher ´
nao agir segundo seus desejos sexuais
ˆ
ria nenhum preconceito contra voce por causa improprios, se realmente quiserem. — Colos-
˜ ˆ ˜ senses 3:5.
da sua opiniao, e tenho certeza que voce nao te- ´ ˜
ria nenhum preconceito contra mim por causa Se alguem disser: “Mesmo nao sendo gay,
˜ ˜ ´ ˆ
da minha opiniao — nao e verdade? O mesmo voce deveria mudar seu conceito sobre a ho-
` ˜
se aplica a nossa diferença de opiniao sobre a mossexualidade.” ˆ ˜
homossexualidade.” Voce pode responder: “Imagine que eu nao
˜ ˆ ˜ ˆ
Jesus nao pregava a tolerancia? Entao aprovo apostar dinheiro, mas voc e aprova.
ˆ ˜ ˜
voce nao acha que os cristaos deveriam to-
˜ ˜
lerar a homossexualidade? Jesus nao incen- Quando se ˜ trataˆ da opiniao da maioria,
˜
tivou seus seguidores a aceitar todo e qualquer os cristaos tem a coragem ˜ de nao
estilo de vida. Na realidade, ele ensinou que seguir a multidao
˜ ´
o caminho para a salvaçao esta aberto para
´ ˜
“todo aquele que nele exercer fe”. (Joao 3:16)
´ ´
Um modo de exercer fe em Jesus e seguir os
´ ´
princıpios de moral de Deus, que proıbem cer-
tos tipos de conduta — incluindo a homosse-
xualidade. — Romanos 1:26, 27.
´ ˜
Se alguem disser: “Os homossexuais nao
conseguem mudar; eles nasceram assim.”
ˆ ´ ˜
Voce pode responder: “A Bıblia nao fala
´
dos fatores biologicos envolvidos na homosse-
xualidade, embora reconheça que algumas ten-
ˆ ´
dencias sejam bem fortes. (2 Corıntios 10:4, 5)
˜
Mesmo que alguns sintam certa atraçao por
ˆ ˜
O QUE DIZER DA Se voce quer agradar a Deus, nao deve experi-
´ ´
mentar praticas que a Bıblia descreve como im-
BISSEXUALIDADE? ´
puras. (Efesios 4:19; 5:11) Mas e se voce real-
ˆ
˜
Embora existam rapazes e moças bissexuais, mente sente atraçao pelos dois sexos? Muitas
ˆ ´ pessoas o aconselhariam a aceitar sua sexuali-
parece que essa tendencia esta se tornando ´
cada vez mais comum entre as moças. Veja al- dade e assumir que e bissexual. No entanto,
˜ ˆ ˜
gumas razoes. voce deve se lembrar de que a atraçao pelo
´
˜ mesmo sexo geralmente e apenas uma fase
˘ Atençao passageira. Foi isso que Lisette, de 16 anos, des-
“Os rapazes admitem abertamente que cobriu. Ela conta: “Conversar com meus pais so-
´
acham as lesbicas atraentes. Moças com pouca bre meus sentimentos me ajudou a me sentir
autoconfiança fazem de tudo para chamar a ´
˜ ´ melhor. Tambem aprendi na aula de biologia
atençao de um rapaz.” — Jessica, 16 anos. ´ ˆ
que os nıveis de hormonio podem variar muito
ˆ
˘ Curiosidade durante a adolescencia. Acho que se mais jo-
“Quando um filme, um programa de TV ou vens entendessem melhor o que acontece com
´ ˜
uma musica promovem a ideia de garotas bei- seus corpos, eles veriam que a atraçao pelo
´ ˜
mesmo sexo pode ser temporaria e nao se senti-
jando outras garotas, as adolescentes se sentem
˜ riam pressionados a ser gays.”
tentadas a imitar — principalmente quando nao
veem nada de errado nisso.” — Lisa, 26 anos. Mesmo se seus sentimentos forem mais pro-
ˆ
˜ fundos do que uma curta fase da adolescencia,
˘ Atraçao ´
lembre-se de que a Bıblia lhe oferece um objeti-
“Conheci duas garotas bissexuais numa festa, ´ ˆ ˜
vo realıstico: Voce pode escolher nao se deixar
e depois uma amiga me disse que elas gosta- levar pelos desejos errados.1
ram de mim. Com o tempo, comecei a enviar ˜ ´
mensagens de texto para uma delas e acabei 1 Para mais informaçoes, veja o capıtulo 28, “Como posso evitar o
´
˜ homossexualismo?”, do livro Os Jovens Perguntam — Respostas Pra-
´
sentindo atraçao por ela.” — Vicky, 13 anos. ticas, Volume 2, publicado pelas Testemunhas de Jeova.

ˆ ˜
Faria sentido ˜ voc ´ e insistir que˜ eu mudasse mi- que sao solteiros com poucas chances de se
nha opiniao, so porque milhoes de pessoas fa- ˜ ´
casar e muitos que sao casados com alguem
zem apostas?” deficiente impossibilitado de realizar suas fun-
˜
O Lembre-se: A maioria das pessoas (in- çoes sexuais. Eles levam uma vida feliz mes-
cluindo os homossexuais) segue algum tipo de mo sem satisfazer seus desejos sexuais. Aque-
´ ´ ˆ ˜
codigo de etica. Isso as faz odiar certas coisas les que tem inclinaçoes homossexuais podem
´ fazer o mesmo se quiserem realmente agradar
— como ´ fraude, injustiça ou guerras. ´ A Bıblia ˆ
proıbe essas coisas, mas tambem condena al- a Deus. — Deuteronomio 30:19.
guns tipos de conduta sexual, ´ incluindo a ho-
mossexualidade. — 1 Corıntios 6:9-11. ´
Outros
˜ artigos´ da serie “Os Jovens Perguntam”
´ ˜ ´ ˜ estao disponıveis no site
A Bıblia nao exige demais de nos e nao pro-
www.watchtower.org/ypt
move o preconceito. Ela ˜ apenas orienta aque-
les que sentem atraçao pelo ´ mesmo sexo que
façam a mesma coisa que e exigida dos que sen- ˆ
˜ PARA VOC E PENSAR
tem˜ atra çao pelo
´ sexo oposto: ‘fugir da fornica- ˜
çao’. — 1 Corıntios 6:18. ˘ Por que Deus impoe leis morais aos
´ ˜ humanos?
A verdade e que milhoes˜ de heterossexuais ´ ˆ
que querem seguir ´ os padroes da Bıblia exer- ˘ Como voce se beneficia de seguir as
cem ´
˜ autodomınio apesar de quaisquer tenta- leis morais da Bıblia?
çoes que talvez enfrentem. Isso inclui muitos
24 Despertai! dezembro de 2010
TEVE UM PROJETO?

O modo
eficiente
˜
de o salmao nadar

´ ˜ ´
˘ A fim de procriar, muitas especies de salmao Pesquisadores querem aprender da perıcia do
´ ˜ ´
nadam contra a correnteza, enfrentando aguas salmao na agua para gerar energia a partir de
´ ´
turbulentas ao subir os rios. Como conseguem aguas calmas. Os equipamentos hidreletricos
´
aguentar uma viagem difıcil sem ser vencidos tradicionais costumam gerar eletricidade usan-
´
pelo cansaço? Em vez de serem derrotados pe- do agua que flui a uma velocidade de quase
´ ´ ˆ
las aguas agitadas, esses peixes na realidade se cinco nos (9,3 quilometros por hora) ou mais.
´ ˜
aproveitam delas. Como? Agora, um prototipo que usa vibraçoes induzidas
˜ ˜ ´
Analise o seguinte: O salmao nao se des- por vortices pode gerar eletricidade a partir de
´ ´ ´
gasta ao enfrentar aguas agitadas. Na verdade, aguas calmas que correm apenas a dois nos
´
ao subir corredeiras, ele poupa energia por usar por hora.1 Mas essa tecnologia esta muito longe
´ ´ ˜
vortices, ou pequenos redemoinhos, que se for- do nıvel de sofisticaçao encontrado em peixes
´ ´ ˜
mam onde o fluxo de agua como o salmao. Michael Bernitsas, professor da
` encontra obstaculos,
´
como pedras e galhos. A medida que os vorti- Universidade de Michigan, EUA, admite: “Nesse
˜
ces se formam em lados alternados de respeito, os peixes sao mais inteligentes
´
um objeto, o peixe curva seu corpo que nos.”
de um lado para o outro e desliza ˆ ´
ˆ ˆ O que voce acha? Sera que a
entre camaras de turbulencia. ˜
habilidade do salmao de extrair
(Veja a figura.) Alguns cardumes ˆ ´
´ energia de turbulencias na agua
aproveitam os vortices criados surgiu por acaso? Ou teve um
`
pelos peixes que nadam a sua projeto?
ˆ
frente, usando com eficiencia
´ 1 Essa tecnologia parece promissora, vis-
seu rastro. O peixe pode ate se
ˆ to que a maior parte das correntezas de
ˆ ´
aproveitar da turbulencia gerada nosso planeta se move a menos de tres nos.
´
pelo proprio corpo. Acima: 5 photolibrary. Todos os direitos reservados.
´
UM LIVRO CONFIAVEL

Parte 2
´ ´ ´
A Assıria na historia bıblica
´ ´ ´
Este e o segundo de uma serie de sete artigos em numeros consecutivos de
ˆ ´ ´
Despertai! que trata das sete potencias mundiais da historia bıblica. O objetivo
´ ´ ´ ´ ´
e mostrar que a Bıblia e confiavel e inspirada por Deus e contem uma mensagem
´
de esperança — de que um dia o sofrimento causado pelo domınio cruel do
´
homem acabara.
´ ´
PROVAVEL que a simples mençao do
˜ ´ ´
Historia confiavel
E ´
´
nome Ass ıria deixasse as pessoas no
Oriente Medio antigo apavoradas. Segundo o
´
O profeta bıblico Naum ˜ descreveu
como “guarida dos leoes” e “cidade de der-
N
´
ınive
´
livro bıblico de Jonas, quando esse profeta re- ramamento de sangue”.
˜
cebeu uma designaçao de Deus para pregar
˜ ´ Ele acrescentou: “A
´ presa
´ n ao se afasta! Ha o som do chicote e o
uma mensagem de julgamento na capital assı- ruıdo do sacolejo da roda, e o cavalo galo-
´ ˜
ria, Nınive, ele fugiu na direçao oposta. (Jonas pante e o carro saltante. O cavaleiro monta-
1:1-3) Ele talvez tenha agido assim por causa do, e a chama da espada, e o raio da lança, e
´ ˜ ´ ˜
da terrıvel reputaçao que os assırios tinham. a multidao dos que foram mortos, e a massa

´ ´
IMPERIO ASSIRIO
N

´
ASSIRIA
Corsabade
M

´
´ DI A
E

Nınive ´
Cala
Euf Assur
ra
tes

T
igr

ˆ
Mar Mediterraneo
e

(Grande Mar)
Samaria ˆ
Babilonia
´
Jerusalem

EGITO
% Enormes touros alados com cabeça humana
´ ´
protegiam os palacios dos reis assırios
´ ˜ ´ ´ ´
pesada de cad ˜ averes; e nao ha fim de corpos Assıria invadiu Juda.1 (2 Reis 18:13) O rei
persa: Museu do Louvre, Paris; abaixo, touro alado e pagina 27, ambas as imagens: Fotos tiradas por cortesia do Museu Britanico
Pagina 26, acima, linha do tempo: Relevo em pedra eg ıpcio e busto de Nero: Foto tirada por cortesia do Museu Britanico; relevo em pedra

´
mortos. Estao tropeçando entre os seus cor- assırio Senaqueribe exigiu do rei judeu Eze-
ˆ

´
pos mortos.” ´ (Naum 2:11; 3:1-3) Sera˜ que´ os quias um tributo de 30 talentos de ouro e 300
registros hist ´
´ oricos apoiam a descriçao bıbli- talentos de prata. A Bıblia diz que esse tribu-
ca da Assıria antiga? to foi pago. Mesmo assim, Senaqueribe in-
´ ´
ˆ

O livro Light From the Ancient ´ Past (Luz sistiu que a capital de Juda, Jerusalem, tam-
´
do Passado bem se rendesse incondicionalmente a ele.
´ ´ Remoto) chama a Assıria de “im- ˜ — 2 Reis 18:9-17, 28-31.
placavel maquina de guerra cuja intimidaçao
proposital era o ˜ terror de seus inimigos”. O´ ´ ´
Em Nınive, arqueologos encontraram um
trecho a seguir sao as palavras de um rei assı- prisma hexagonal de argila descrevendo os
rio, Asurnasirpal II, se vangloriando do tra- mesmos eventos narrados nos anais de Sena-
tamento que dava aos que se opunham a ele: ´
´ ˜ queribe. Nesse texto, o rei assırio se vanglo-
“Construı um pilar em frente do portao ˜
riou: “Quanto a Ezequias, o judeu, ele nao se
de sua cidade e esfolei todos os chefes que submeteu ao meu jugo, eu sitiei 46 de suas
se haviam revoltado, e recobri o pilar com ˜ ´
cidades fortes, fortificaçoes muradas e inu-
´

sua pele; a alguns emparedei dentro do pi- meras aldeias pequenas na sua vizinhança, e
lar, a alguns empalei em estacas sobre o pilar, conquistei(-as) . . . A ele mesmo [Ezequias]
´

. . . e cortei os membros dos oficiais, dos ofi- ´ ˆ


fiz prisioneiro em Jerusalem, sua residencia
ciais reais que se haviam rebelado. . . . A mui- ´ ´
real, como a um passaro numa gaiola.” Daı,
tos cativos dentre eles queimei no fogo, e a Senaqueribe afirma que Ezequias lhe enviou
muitos ´ levei como cativos´ vivos.” Quando ar-´ “30 talentos de ouro, 800 talentos de prata,
queologos escavaram palacios reais da Assı- ´
pedras preciosas, . . . (e) todas as especies de
ria, encontraram ´
´ as paredes decoradas com tesouros valiosos”, exagerando o numero de
cenas do horrıvel tratamento que era infligi- talentos de prata que ele de fato recebeu.
do aos cativos. ˜
´ Mas note que Senaqueribe nao afirma ter
No ano 740 AEC, a Assıria conquistou Sa- ´
conquistado Jerusalem. Na realidade, ele
maria, capital do reino ˜
´ de Israel, ao norte, e nao diz nada sobre a derrota esmagadora que
´ ˜
levou seu povo ao exılio. Oito anos depois, a
´

seu exercito sofreu por causa da intervençao


´
de Deus. Segundo a Bıblia, o anjo de Deus
´
matou 185 mil soldados assırios numa noi-
te. (2 Reis 19:35, 36) No entanto, comentan-
Prisma contendo do sobre isso, o erudito Jack Finegan disse:
˜ ˆ
expressoes soberbas “Em vista do tom geral de jactancia que per-
de Senaqueribe ˜ ˜ ´
(
meia as inscriçoes dos reis assırios, . . . difi-
sobre sua
´ invasao
de Juda cilmente se esperaria que Senaqueribe regis-
trasse tal derrota.”
´
Relevo em pedra que Profecias confiaveis
mostra prisioneiros Cerca de cem anos antes da queda do Im-
sendo esfolados vivos ´ ´ ´ ´
perio Assırio, Isaıas disse que Jeova Deus
. chamaria esses conquistadores orgulho-
sos para prestar contas pelo modo insolente
´ ˜ ˜
1 Apos o reinado do Rei´ Salomao, a naçao de Israel de 12
tribos foi dividida — Juda e´ Benjamim formaram o reino do
sul, com sua capital Jerusalem; e as outras dez tribos, o reino
do norte, com sua capital Samaria.

Despertai! dezembro de 2010 27


´
como haviam tratado seu povo. “Ajustarei nio principesco vira a estar sobre o seu om-
ˆ ´ ´
contas pelos frutos da insolencia do cora- bro. E sera chamado . . . Prıncipe da Paz. Da
˜ ´ ´ ˆ ´
çao do rei da Assıria e pela vangloria do seu abundancia do domınio principesco e da paz
´ ´ ˜ ´
enaltecimento de olhos”, disse Jeova. (Isaıas nao havera fim, sobre o trono de Davi e sobre
´ o seu reino, para o estabelecer firmemente e
10:12) Alem disso, Naum, profeta de Deus, ´
´ para o amparar por meio do juızo e por meio
predisse que Nınive seria saqueada, seus por-
˜ da justiça, desde agora e por tempo indefi-
toes ficariam abertos para os inimigos e seus ´ ´ ´
guardas fugiriam. (Naum 2:8, 9; 3:7, 13, 17, nido. O proprio zelo de Jeova dos exercitos
´ ´ ´
19) O profeta bıblico Sofonias escreveu que fara isso.” — Isaıas 9:6, 7.
´
a cidade se tornaria “um baldio desolado”. O governo do “Prıncipe da Paz”, Jesus
´
— Sofonias 2:13-15. Cristo, abrangera a Terra inteira. O Salmo
˜ ´
Essas profecias de destruiçao se cumpri- 72:7, 8 promete: “Nos seus dias florescera o
´ ˆ ´ ˜
ram em 632 AEC. Foi nesse ano que Nıni- justo e a abundancia de paz ate que nao haja
´ ´
ve foi derrotada pelas forças combinadas dos mais lua. E tera suditos de mar a mar e des-
ˆ ´
babilonios e dos medos, trazendo um fim hu- de o Rio [Eufrates] ate os confins da terra.”
´ ´ ˆ ´
milhante ao Imperio Assırio. Uma cronica Por meio desse poderoso “Prıncipe da
ˆ ´
babilonica sobre esse acontecimento diz que Paz”, Jeova Deus vai cumprir a promessa re-
os conquistadores “levaram o grande des- gistrada no Salmo 46:8, 9: “Vinde, observai
´
pojo da cidade e do templo” e transforma- as atividades de Jeova, como ele tem posto
´ ˜ ´ eventos assombrosos na terra. Ele faz cessar
ram Nınive “num montao de ruınas”. Hoje, ´
´ ´ as guerras ate a extremidade da terra. Destro-
o lugar desolado onde ficava Nınive e marca-
´ ça o arco e retalha a lança; as carroças ele
do por pilhas de ruınas na margem leste do
rio Tigre, do outro lado da cidade de Mossul, queima no fogo.”
no Iraque. Mesmo antes do cumprimento dessa pro-
˜ ´ ´ ´ ´
A destruiçao da Assıria tambem contri- fecia bıblica, as Testemunhas de Jeova reali-
˜ ´
buiu para o cumprimento de outra profe- zam um programa de educaçao bıblica que
´ ´ ´
cia bıblica. Antes, no ano 740 AEC, a Assı- ensina as pessoas a serem pacıficas, como Je-
´ ´ ˜
ria levou o reino de dez tribos ao exılio. Por sus fez. Mas sera Deus, nao esforços huma-
´ ´ ´ ´
volta dessa mesma epoca, Isaıas, profeta de nos, quem cumprira a profecia bıblica regis-
´ ´ ˜
Deus, predisse que Jeova iria “destroçar o as- trada em Isaıas 2:4: “Terao de forjar das suas
´ ´ ` espadas relhas de arado, e das suas lanças,
sırio”, “calca-lo” e trazer Israel de volta a sua ˜ ´ ˜
´ podadeiras. Nao levantara espada naçao con-
terra natal. Isaıas escreveu: “O restante do ˜ ˜
´ ´ tra naçao, nem aprenderao mais a guerra.”
seu povo, que remanescera da Assıria . . . ,
´ Em contraste com isso, hoje, o mundo e seus
[Deus] reunira.” Foi exatamente isso o que ˜ ´
aconteceu — cerca de 200 anos mais tarde! governantes gastam 1 trilhao de dolares por
´ ano em empreendimentos militares.
— Isaıas 11:11, 12; 14:25. ˜ ´
´ Por causa da exatidao de sua historia e de
Uma promessa confiavel ´ ´ ´
´ suas profecias, a Bıblia e um livro incompara-
Muito antes da queda da cidade de Nıni- vel. Isso mostra aos que procuram sincera-
ve, enquanto seus reis ainda aterrorizavam ´ ´
´ mente a verdade que a Bıblia e mesmo um
seus inimigos, Isaıas predisse o aparecimen- ´
livro que merece a nossa confiança. No pro-
to de um tipo de governante que seria total- ´
ximo artigo desta serie, consideraremos a Ba-
ˆ
mente diferente. Ele escreveu: “Um menino bilonia antiga, capital do terceiro grande im-
´ ´ ´ ´
nos nasceu, um filho se nos deu; e o domı- perio da historia bıblica.
28 Despertai! dezembro de 2010
OBSERVANDO O MUNDO

Terremotos´ — “os desastres


mais mortıferos” ´
O Ministerio
´ de Assuntos Religio-
“Os terremotos foram os desastres mais sos na Servia aceitou o pedido de
´ ´
mort
´ ıferos da decada passada”, disse ˜ a Estra- registro da entidade legal que re-
tegia Internacional para a Reduçao de Desas-´ presenta as Testemunhas de
tres, da ONU, com sede em Genebra, Suı- ´
Jeova. De acordo com os registros
´
do go-
˜
ça. Dos que ´ morreram por causa de ´desastres verno, as Testemunhas de Jeova estao ati-
nesse perıodo, quase 60% foram vıtimas de ˜
vas na regiao pelo menos desde 1930.
terremotos. Esse ´“perigo natural” continua a
representar um serio risco, visto˜ que oito das Estima-se que 95% dos downloads
dez cidades com maior populaçao do mundo ´
˜ ´ de musicas feitos no mundo intei-
estao localizadas sobre falhas ´ geologicas pro- ro em 2009 foram ilegais.
pensas a terremotos. Nos ultimos dez anos, — TIME, EUA.
mais de 780 mil pessoas morreram em 3.852
eventos classificados como desastres.
˜
Profissao perigosa tas foram alvos propositais” em anos´ recen-
´
“Um total de 110 jornalistas morreram por tes, comentou o relatorio. Por isso ha menos
causa de seu trabalho em 2009, tornando-o o cobertura da imprensa e uma “preocupante
´ ´ ˜
ano mais mort falta de informaçoes sobre os . . . aconteci-
˜ ıfero da decada passada” para
essa profissao, disse o Instituto Internacio- ´ mentos complexos” nesses lugares. O Iraque
´
nal de Imprensa, com sede em Viena, Aus- foi o paıs mais perigoso para os jornalistas na
´ ˜ ´ ´ ˆ
tria. Em areas de conflito, como Afeganistao, ultima decada, seguido por Filipinas, Colom-
˜ ´ ´ ´
Iraque, Paquistao e Somalia, “os jornalis- bia, Mexico e Russia, nessa ordem.

Importados baratos, menos roubos


˜ ˆ
“A invasao de produtos eletr˜ onicos baratos”
ˆ pode
tirar˜ o “emprego” dos ladroes de residencias na
Gra-Bretanha, disse uma reportagem da Reuters de
Londres, citando James Treadwell, professor de
criminologia da Universidade de Leicester,
Inglaterra. Por causa do baixo preço de apa-
relhos de DVD novos, por exemplo, a re-
venda desses aparelhos tem praticamen-
˜
te rentabilidade zero.
´ “Simplesmente nao
vale a pena ˜ rouba-los”, disse
˜ Treadwell.
Mas a reduçao de preços nao acabou˜ com
os crimes. Na realidade, os ladroes agora
preferem ´produtos mais caros e mais co-
mercializaveis, ‘como celulares e iPods’. Ex-
˜ ˜
ladroes de casas estao praticando outros
tipos de crime, como assaltos nas ruas.
´
INDICE DE ASSUNTOS DE DESPERTAI! DE 2010

!"#2 !"#2 !"#2 !"#2 !"#2 !"#2


Como
aliviar o
estresse?

ˆ ´
VOCE ESTA ˆ
TRABALHANDO ´ ´ COMO
JA EXISTIA NA VOCE
DEMAIS? ´ O divorcio
˜ PARAR DE
e a soluçao? NATUREZA PRECISA DE
FUMAR
MAIS TEMPO?
´
ANIMAIS
´ E PLANTAS Teve um Projeto? SAUDE E MEDICINA
1/10, 2/10, 4/10, 6/10, 7/10, 8/10, 9/10, 10/10, ´
Arvore imponente (carvalho), 9/10 Atendimento medico sobre rodas, 3/10
´ 11/10, 12/10 ´
Asa da libelula, 8/10 ´ ˜ Bataques (Indonesia), 8/10
Bico do martim-pescador, 4/10 Trabalhador incansavel (coraçao), 5/10 Como aliviar o estresse, 6/10
´ Como parar de fumar, 5/10
Chimpanzes, 4/10 ECONOMIA E EMPREGO ´
´ Doença mais temida (colera), 10/10
Cultivo de orquıdeas, 1/10 Desempregado? Como viver com menos, 7/10
“Homem da floresta” (orangotango), 7/10 Entregadores de marmita, 11/10 Feliz com a cor da pele, 5/10
´ ´
Ibis-calvo, 6/10 Esta trabalhando demais? 1/10 Gripe, 6/10
“Lanchonetes” para insetos, 3/10 ´ Hepatite B, 8/10
´ O CONCEITO DA BIBLIA Mal agudo das montanhas, 7/10
Lıngua do beija-flor, 10/10
˜ Administrar bem o dinheiro, 5/10 Osteoporose, 6/10
Longueirao, 9/10
´ Cobrar por serviços religiosos? 6/10
“Maquina voadora viva” (albatroz), 7/10 ´ TERRAS E POVOS
Marmota, 10/10 Deus e uma pessoa real? 10/10 ˆ
´ Alta Amazonia, 4/10
Martim-pescador (passaro), 2/10 Dia do Julgamento, 1/10 ´
Canoas (Canada), 5/10
Menor morcego do mundo, 2/10 Mulheres ministras? 7/10 ˆ
˜ Catacumbas de Odessa (Ucrania), 3/10
Modo de o salmao nadar, 12/10 Namorar com o objetivo de casar, 2/10 ´ ´
ˆ Delıcia nativa da Australia, ´ 11/10
Noz-macadamia, 11/10 Oferecer a outra face, 9/10 Entregadores de marmita (India), 11/10
Olho da mariposa, 7/10 O que nos torna bons ou maus? 4/10 Feira africana, 1/10
˜ ˜ ´ ´
Olho do camarao mantis, 11/10 Por que Deus nao destroi o Diabo? 12/10 Ferrovia de costa a costa (Canada), 6/10
˜ ˜ ˆ ´
Pele do tubarao, 2/10 Quem sao os demonios? 8/10 “Homem da floresta” da Indonesia, 7/10
ˆ Rezar aos “santos”? 11/10 ´
Ponei shetland, 8/10 ´ ˆ Ilhas Feroe,
´ 3/10
“Rei da selva” (onça-pintada), 9/10 Todas as partes
ˆ da Bıblia ainda tem Iurta (Asia Central), 9/10
Vaga-lume, 6/10 importancia? 3/10 Monte Branco, 4/10
´
OS JOVENS PERGUNTAM Nome de Deus (igreja no Canada), 7/10
ASSUNTOS DIVERSOS ˆ
Como alcançar objetivos? 10/10 Quando o Sol ficou vermelho (Islandia), 2/10
Gagueira, 5/10 Rainha Elizabeth I (Inglaterra), 1/10
´ Como aumentar a autoestima? 5/10 ´ ˜
Gas natural — energia para o lar, 11/10 ˜ “Rei dos relogios” (Gra-Bretanha), 10/10
“Mayday! Mayday! Mayday!” 10/10 Como me dar bem com meus irmaos? 8/10
´ Rotas no topo do mundo, 10/10
Osso — exemplo de força, 1/10 Conceito da Bıblia sobre homossexualidade?
12/10 Terremoto no Haiti, 12/10
Outros grandes terremotos por vir, 12/10 ˆ
Errado querer privacidade? 3/10 Tribos das montanhas da Tailandia, 5/10
Precisa de mais tempo? 4/10 ´
Largar a escola? 11/10 TESTEMUNHAS DE JEOVA
BIOGRAFIAS ˜ ˜ ˆ ´
O que fazer para nao ficar tao triste? 9/10 ‘Combater a tendencia ao egoısmo’ (Gibraltar),
´ ˜
Advogado analisa Testemunhas de Jeova Por que eles nao gostam de mim? 1/10 1/10
(L. Civin), 8/10 ´
Por que estamos sempre discutindo? 2/10 Congressos “Continue Achegado a Jeova”,
A melhor corrida de minha vida (K. Bergman), ´ 5/10, 6/10
Por que me preocupar com a saude? 6/10 ˜
9/10 Pronto para sair de casa? 7/10 “Continua otimista” (mae de menina deficiente),
ˇ
“Criado como ateu” (F. Vyskocil), 11/10 Sexo melhora o namoro? 4/10 11/10
De oficial da SS a servo de Deus (G. Bernhardt), ˜ Despertai! ajuda a salvar uma vida, 2/10
2/10 RELAÇOES HUMANAS ´
´ Diferença que professores percebem (Bulgaria),
´ Divorcio, 2/10 9/10
Desisti de carreira lucrativa (M. Marquez), 6/10 ˜
Deus me consolou (V. Colloy), 12/10 Em quem se pode confiar? 10/10 Direitos de uma mae (Espanha), 7/10
´ ´
Escolhi uma carreira melhor (P. Kostadinov), 4/10 “Pode ser uma simples musica”, 9/10 ‘Estudo da Bıblia beneficia surdos’, 7/10
ˆ ´ ˜ ´ Nome de Deus divulgado, 7/10
Feliz apesar da deficiencia ( J. Varguez), 5/10 Refeiçoes em famılia, 1/10 ´
˜ ˜ “Parai de estar ansiosos” (India), 1/10
Nao vejo a hora de dizer: “Estamos todos aqui!” Solidao, 9/10
´ “Preciso que o Senhor ´ me console” (brochura
(A. Austin), 8/10 Usar a lıngua com sabedoria, 11/10
O que me atraiu (T. Orosco), 3/10 ˜ Quando Morre Alguem), 2/10
RELIGIAO ˜
ˆ ´ Quem sao? 8/10
CIENCIA Ateısmo, 11/10 ´
˜ Quer ser amigo de Deus? (Mexico), 1/10
Acabou com Deus? 11/10 Cobras na adoraçao, 3/10 Terremoto no Haiti, 12/10
´ ˜ ´
Ja existia na natureza, 3/10 Faz sentido acreditar em Deus? 2/10 ‘Tesouro de liçoes praticas’ (livro Instrutor), 7/10
´ ´ ´ ´
Molecula de hemoglobina, 9/10 Livro Confiavel (Bıblia), 11/10, 12/10 Tesouro para quem estuda a Bıblia (brochura ‘Boa
“Problema da longitude”, 5/10 Verdade sobre o Natal, 12/10 Terra’), 10/10

!"#2 !"#2 !"#2 !"#2 !"#2 !"#2


O MOVIMENTO
´
ATE´ ISTA
ESTA
AVANÇANDO?

˜
QUEM SAO AS
Testemunhas ˜
Como lidar com a
´
Esta desempregado? ´
de Jeova? solidao? EM QUEM SE PODE A verdade sobre o
Saiba como viver com menos CONFIAR? NATAL
´
PARA CONSIDERAR EM FAM ILIA

ˆ
O QUE VOCE
SABE ´ SOBRE
O APOSTOLO
PEDRO?
4. De que cinco nomes Pedro
´ ´
e chamado na Bıblia?
PISTA: Leia Mateus 10:2; 16:16;
˜
Joao 1:42; Atos 15:14.
˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝

˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝
˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝
˜ ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝
Foi´ uma boa decisao? ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝
Leia Numeros 13:1, 2, 25-33; 14:3, 6-12. Agora olhe para a figura e
escreva as respostas nas linhas abaixo.
´ 5. Pedro era casado?
´
1. Por que a maioria dos espias trouxe um relatorio ruim? PISTA: Leia 1 Corıntios 9:5.
˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝
˜ ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝
2. O que aconteceu por causa das informaçoes negativas dos
´
dez espias? PISTA: Leia Numeros 14:26-38. PARA CONVERSAR:
˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝
ˆ
Descreva um relato que voce
´ ˜ ´ gosta, envolvendo Pedro. Que
3. Por que Josue e Calebe estavam tao confiantes na vitoria?
qualidades
ˆ demonstradas por
˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝
ele voce gostaria de imitar, e
como pode fazer isso?
PARA CONVERSAR:
´
Quando sua famılia passa por dificuldades, como ´
˘ Respostas na pagina 13
ˆ ´
voce pode imitar Josue e Calebe, em vez de agir
igual aos dez espias?

ASSUNTOS DESTA REVISTA ´


Responda a estas perguntas e escreva os versıculos
´ ˜
bıblicos que estao faltando.
´
PAGINA 6 O que devemos sempre falar ao
´ ´
nosso proximo? Efesios 4:
´ ´ ˆ
PAGINA 8 O que a verdade fara para voce?
˜
Joao 8:
Consegue encontrar
PARA AS estas figuras nesta
´ ´ ´
PAGINA 11 O que acontecera com o ultimo
CRIANÇAS revista? Descreva em
´
suas proprias palavras
´
inimigo? 1 Corıntios 15:
´
´ ˆ
o que esta acontecendo PAGINA 24 Do que voce deve fugir?
´
em cada figura. 1 Corıntios 6:

Despertai! dezembro de 2010 31


Ela aprendia junto com eles
˜ ´ ˜
˘ Uma mae de 30 e poucos anos que mora Esse livro contem belas ilustraçoes e abran-
ˆ ´
com o marido e tres filhos em Kentucky, EUA, ge os acontecimentos bıblicos em ordem cro-
´ ´
escreveu: “Eu e minha famılia tiramos muito nologica. Por exemplo: a Parte 2 inclui as his-
˜ ´
proveito de todas as publicaçoes das Testemu- torias “Um rei mau reina no Egito”, “Salvo o
´ ´ ´ ´
nhas de Jeova que possuımos.” Ela explicou: menino Moises”, “Por que Moises fugiu”, “Moi-
´ ˜ ´
“O livro que sempre gostei de ler para meus ses e Arao com Farao”, “As 10 pragas” e
´ ´
filhos foi o Meu Livro de Historias Bıblicas.” “Travessia do mar Vermelho”.
E acrescentou: “Eu aprendia junto com eles.” A Parte 6 do livro, intitulada “Desde o
´ ´
nascimento de Jesus ate a sua morte”, tem va-
´
rias historias sobre a vida de Jesus. Elas in-
´
cluem “Jesus nasce num estabulo” e “Homens
´ ´
guiados por uma estrela”. Essa ultima historia
mostra que esses “reis magos” — que na ver-
´
dade eram astrologos — ‘entraram na casa’
˜ ´
para visitar Jesus, nao no estabulo onde
ele havia nascido. Na casa, eles “acharam
˜
o menino com Maria, sua mae”. Deus or-
˜
denou que esses homens nao voltassem
a Herodes, que procurava matar Jesus.
˜
Com base nessas informaçoes, a que
˜
conclusao devemos chegar sobre quem
providenciou aquela suposta estrela?
— Mateus 2:1, 11, 12, Almeida, revista
e corrigida.
ˆ ´ ´
Voce tambem aprendera muitas
coisas junto com seus filhos ao ler Meu
´ ´ ´
Livro de Historias Bıblicas. Ele contem
´ ´
116 historias sobre pessoas e eventos bıbli-
cos. Para pedir esse livro, preencha o cupom
abaixo e o envie pelo correio, usando o ende-
reço nele ou um dos endereços alistados
´
na pagina 5 desta revista.

Q Sem compromisso, ´
Meu Livro de Nome

solicito o livro mostrado ´


HIST ORIAS
aqui.
˜
BIBLICAS Endereço

´
Q Peço informaçoes (Rua, numero e bairro)
´
sobre seus cursos bıblicos

´
gratuitos, em domicılio.
Cidade

Estado

CEP

´ ´
Testemunhas de Jeova, CP 92, Tatuı - SP, 18270-970

www.watchtower.org g10 12-T