Você está na página 1de 140

Autora: Mariangela da Costa Pettinari Penna Maglioni

APRESENTAÇÃO
O Excel é considerado um poderoso software de planilha eletrônica, utilizado para armazenar,
analisar e tratar listas de dados, efetuando cálculos, criando relatórios e gráficos. Muitas empresas
utilizam tais recursos para seus controles administrativos, sendo assim, aprender esta ferramenta,
pode torna-lo muito mais competitivo no mercado de trabalho.
Microsoft Excel 2013 é integrante da família de produtos do Microsoft Office 2013, o pacote
produzido pela Microsoft Corporation.
Com um design totalmente inovador, o Excel permite a troca de informações entre estes aplicativos
para que sejam criadas planilhas compostas por textos ou tabelas do Word, ou por dados originados
no Access, etc.
Com este curso você conhecerá o Excel e seus recursos com de forma prática que facilitará o seu
aprendizado.
Para um melhor aprendizado, é importante que você leia com atenção as instruções da aula e depois
as pratique.

Objetivos
 Criar planilhas eletrônicas para controles administrativos.
 Gerar planilhas de dados.
 Realizar os mais diversos tipos de fórmulas matemáticas para cálculos.
 Formatar as planilhas criadas para que fiquem atraentes e fáceis de serem interpretadas.
 Gerar diversos tipos de gráficos.
 Preparar as planilhas criadas para a impressão.
Sumário
Aulas 01 e 02 - Conceitos Básicos....................................................................................2
Aplicações Práticas..........................................................................................................2
Exemplos...........................................................................................................................2
Como iniciar Microsoft Excel...........................................................................................3
O ambiente do Excel.........................................................................................................3
Aulas 03 e 04 - Montagem e Criação de Planilhas............................................................4
Edição dos Dados..............................................................................................................4
Alteração do conteúdo da célula........................................................................................4
Como substituir os dados da célula...................................................................................5
Como alterar (editar) o conteúdo já existente....................................................................5
Como cancelar ou desfazer uma entrada...........................................................................5
Como limpar o conteúdo da célula....................................................................................5
Alterando a direção após teclar <Enter>...........................................................................5
Movimentação pela planilha..............................................................................................6
Como se mover para um local específico..........................................................................6
Largura da coluna e da linha.............................................................................................6
Através da guia..................................................................................................................7
Utilizando o mouse............................................................................................................7
Usando o AutoAjuste........................................................................................................7
AutoConclusão..................................................................................................................7
Salvar uma pasta de trabalho.............................................................................................8
Como salvar em formato diferente....................................................................................9
Utilizando o recurso de AutoRecuperação......................................................................10
Fechar a pasta de trabalho e sair do Excel.......................................................................10
Fechando a Pasta de trabalho..........................................................................................11
Como sair do Excel.........................................................................................................11
Aulas 05 a 09 - Montagem e criação de planilhas...........................................................11
Abrir uma pasta de trabalho existente.............................................................................11
Abrir em formato diferente..............................................................................................12
Nova pasta de trabalho....................................................................................................12
Ampliar ou reduzir a exibição.........................................................................................13
Cópia e movimentação de células...................................................................................13
Área de transferência.......................................................................................................13
Copiar..............................................................................................................................14
Como mover....................................................................................................................15
Copiar e mover usando arrastar e soltar..........................................................................16
Fórmulas..........................................................................................................................17
Digitar fórmulas...............................................................................................................17
Ajuda...............................................................................................................................18
Aulas 10 a 14 - Listas e Classificação de Dados.............................................................19
Listas de Preenchimento..................................................................................................19
Preenchimento Relâmpago..............................................................................................21
Criar novas listas.............................................................................................................22
Classificação de Dados (Parte 1).....................................................................................22
Parte 2..............................................................................................................................23
Parte 3..............................................................................................................................24
Aulas 15 e 16 - Gerenciamento de Planilhas...................................................................24
Seleção de Planilhas........................................................................................................24
Selecionar várias planilhas..............................................................................................27
Atribuição de nomes às planilhas....................................................................................28
Aplicação de novas cores nas guias das planilhas...........................................................28
Inserção e exclusão de planilhas......................................................................................29
Inserir planilhas...............................................................................................................29
Alteração do número de planilhas padrão.......................................................................30
Excluir planilhas..............................................................................................................30
Mover e copiar planilhas.................................................................................................31
Mover planilhas...............................................................................................................31
Copiar planilhas...............................................................................................................32
Inserir colunas ou linhas..................................................................................................32
Inserir colunas.................................................................................................................33
Inserir linhas....................................................................................................................33
Excluir colunas ou linhas.................................................................................................34
Excluir colunas................................................................................................................34
Aulas 17 e 18 - Gerenciamento de planilhas...................................................................34
Proteção de planilhas e pastas de trabalho......................................................................34
Ocultar colunas ou linhas................................................................................................34
Para ocultar linhas...........................................................................................................35
Para ocultar colunas.........................................................................................................35
Reexibir colunas ou linhas ocultas..................................................................................35
Ocultar a planilha ou a pasta de trabalho inteira.............................................................35
Para ocultar pastas de trabalho........................................................................................35
Para reexibir pastas de trabalho.......................................................................................36
Para ocultar planilhas......................................................................................................36
Para reexibir planilhas.....................................................................................................36
Proteger a planilha...........................................................................................................36
Remover a proteção da planilha......................................................................................37
Conservar algumas células destravadas...........................................................................37
Ocultar fórmulas..............................................................................................................37
Proteger a pasta de trabalho contra abertura e gravação.................................................38
Intervalos de células........................................................................................................39
Selecionar intervalos de células.......................................................................................39
Atribuir nome a um intervalo..........................................................................................40
Selecionar um intervalo identificado por nome...............................................................40
Movimentação dentro da seleção....................................................................................41
Aulas 19 e 20 - Formatação de textos e números............................................................42
Formatação de texto e números.......................................................................................42
Formatação de dados.......................................................................................................43
Incluir cabeçalho e rodapé...............................................................................................43
.........................................................................................................................................44
.........................................................................................................................................44
Caixa de diálogo Formatar células..................................................................................44
Formatação de números...................................................................................................45
Formatação de números pela caixa de diálogo................................................................45
Alinhamento do conteúdo das células.............................................................................46
Alinhamento pela caixa de diálogo.................................................................................46
Limpar a formatação........................................................................................................48
Pincel de Formatação......................................................................................................48
Cores, padrões e efeitos de preenchimento nas células...................................................48
Aplicar um preenchimento rapidamente.........................................................................49
Bordas..............................................................................................................................50
Aplicar uma borda rapidamente......................................................................................51
Aulas 21 a 25 - Formatação Condicional........................................................................52
Formatação Condicional (Parte 1)...................................................................................52
Parte 2..............................................................................................................................53
Gerenciando regras..........................................................................................................55
Estilo................................................................................................................................56
Aplicar um estilo.............................................................................................................56
Criar um novo estilo........................................................................................................57
Modificar um estilo.........................................................................................................58
Comentários nas células..................................................................................................58
Inserir um comentário......................................................................................................58
Apagar um comentário....................................................................................................59
Aulas 26 a 30 - Correções e Modelos..............................................................................59
Corrigir texto com a AutoCorreção.................................................................................59
Incluir uma entrada na AutoCorreção.............................................................................59
Verificação ortográfica....................................................................................................60
Modelos...........................................................................................................................61
Abrir modelos padrão do Excel.......................................................................................61
Criar modelos..................................................................................................................62
Editar modelos.................................................................................................................63
Usar um modelo criado...................................................................................................63
Aula 31 a 35 - Elaboração de fórmulas...........................................................................64
Incluindo fórmulas nas células........................................................................................64
Referências relativas e absolutas (Parte 1)......................................................................64
Sinal de adição na alça de arraste da célula selecionada Fórmulas preenchidas através de referência
relativa.............................................................................................................................65
Parte 2..............................................................................................................................65
Parte 3..............................................................................................................................66
Precedência de operadores..............................................................................................66
Localizar os argumentos da fórmula...............................................................................67
AutoCálculo.....................................................................................................................67
Selecionar outras operações............................................................................................67
Aula 36 - Funções............................................................................................................68
O que são funções?..........................................................................................................68
Aula 37 a 40 - Funções....................................................................................................69
AutoSoma........................................................................................................................69
Encontrar funções no Excel.............................................................................................69
Funções comumente utilizadas........................................................................................71
MÉDIA............................................................................................................................71
MÍNIMO..........................................................................................................................73
MÁXIMO........................................................................................................................73
ARRED............................................................................................................................73
TRUNCAR......................................................................................................................73
SE....................................................................................................................................74
SOMASE.........................................................................................................................76
SOMASES.......................................................................................................................77
Aula 41 - Funções comuns e aninhadas..........................................................................79
Funções CONT................................................................................................................79
Funções Data e Hora.......................................................................................................81
Função DIA.....................................................................................................................82
Função MÊS....................................................................................................................82
Função ANO....................................................................................................................82
Função DIAS360.............................................................................................................82
Funções HOJE e AGORA...............................................................................................82
Funções HORA, MINUTO e SEGUNDO.......................................................................82
Exemplificando as funções vistas....................................................................................83
Funções aninhadas...........................................................................................................83
Aulas 42 e 43 - Fórmulas tridimensionais.......................................................................85
Elaboração de fórmulas tridimensionais.........................................................................85
Controlar recálculos.........................................................................................................86
Mensagens de erro...........................................................................................................87
Mensagem de erro: #####...............................................................................................88
Mensagem de erro: #DIV/0!............................................................................................88
Mensagem de erro: #NOME?..........................................................................................88
Mensagem de erro: #VALOR!........................................................................................88
Mensagem de erro: #REF................................................................................................88
Aulas 44 a 48 - Gráficos..................................................................................................89
Gráficos...........................................................................................................................89
Elaboração de gráficos....................................................................................................89
Tipo de gráfico................................................................................................................90
Alterar o tipo de gráfico..................................................................................................91
Alternar os eixos..............................................................................................................93
Alterar o design...............................................................................................................94
Minigráficos....................................................................................................................95
Criando um Minigráfico..................................................................................................95
Ferramentas de Minigráfico............................................................................................96
Aulas 49 e 59 - Edição de gráficos..................................................................................97
O que significa editar gráficos?.......................................................................................97
Rótulos.............................................................................................................................97
Formatar elementos do gráfico........................................................................................98
Adicionar sequências.....................................................................................................100
Excluir sequências.........................................................................................................100
Trocar local do gráfico..................................................................................................101
Criando um gráfico rapidamente...................................................................................101
Aula 51 - Elementos de apoio.......................................................................................103
Clip-arts e Imagens........................................................................................................103
Inserindo um Clip-art....................................................................................................103
nserindo uma figura de um arquivo...............................................................................103
Apagando um clip-art ou uma imagem.........................................................................104
Hiperlinks......................................................................................................................104
Inserindo um Hiperlink..................................................................................................104
Inserindo um Hiperlink (Cont.).....................................................................................104
Desenhando no Excel...................................................................................................105
Usando Formas..............................................................................................................105
Caixa de Texto...............................................................................................................106
Formatando objetos de desenhos...................................................................................106
Preenchimentos de Tema...............................................................................................106
Preenchimento da Forma...............................................................................................107
Contorno da Forma........................................................................................................107
Espessura.......................................................................................................................108
Traços............................................................................................................................108
Setas...............................................................................................................................108
Efeitos de Forma............................................................................................................108
Aula 52 - Impressão dos dados das planilhas................................................................109
Introdução......................................................................................................................109
Personalizar as configurações da página.......................................................................109
Ajustar a página impressa..............................................................................................109
Mudar as configurações de margem..............................................................................110
Selecionar os dados que serão impressos......................................................................113
Quebra de página...........................................................................................................115
Visualização prévia.......................................................................................................116
Aulas 52 a 54 - Utilização de mais de uma janela.........................................................117
Visualização de planilhas da mesma pasta de trabalho.................................................117
Desativar a visualização de várias janelas.....................................................................118
Visualização de pastas de trabalho diferentes...............................................................119
Divisão de janelas..........................................................................................................119
Para remover a divisão..................................................................................................120
Congelar títulos da janela..............................................................................................120
Para descongelar títulos.................................................................................................121
Aula 55 a 58 - Troca de informações entre aplicativos.................................................121
Troca de informações....................................................................................................121
Copiar/Recortar e Colar.................................................................................................121
Vínculo e incorporação de objetos................................................................................122
Vincular dados entre programas....................................................................................122
Atualização das informações vinculadas.......................................................................123
Edição dos vínculos.......................................................................................................124
Incorporação de objetos.................................................................................................124
Alteração das informações incorporadas.......................................................................125
Conversão de texto para colunas...................................................................................125
Gerar uma página da Web.............................................................................................127
Visualizar a página da Web...........................................................................................128
Aulas 01 e 02 - Conceitos Básicos

Aplicações Práticas
Há muitos e muitos anos, o Microsoft Excel é o programa mais popular e difundido entre os
profissionais que utilizam planilhas eletrônicas em seu dia a dia.
Com esta poderosa ferramenta é possível criar uma variedade muito grande de documentos que são
utilizados para análise e controle, tais como: saldos mensais e relatórios, planilhas de venda, totais
de renda, relatórios de despesas, gráficos; inventário de produtos; entre outros.
Para estas finalidades, o Microsoft Office Excel trabalha com listas de dados através de
classificação, filtro de dados, cálculos automáticos de subtotais e criação de relatórios, entre outros
diversos recursos.

Exemplos
Veja um exemplo de planilha com alguns recursos oferecidos pelo Excel.
Orçamento de Despesas
Pode-se também criar gráficos, com tipos variados, a respeito dos dados de uma tabela. Exemplo:

Como iniciar Microsoft Excel


 
Para iniciar o Microsoft Excel:
 Clique no botão Iniciar;
 Aponte para Todos os programas, Microsoft Office;
 Clique em Microsoft Excel 2013.
Ou
 Tecle Windows + Q
 Digite Excel
 No resultado da busca apresentado, clique em Excel 2013.

Quando o Excel é iniciado aparece uma janela de documento denominada Pasta1. As próximas
janelas abertas seguirão esta sequência, ou seja, Pasta2, Pasta3, assim por diante. Este nome será
substituído no momento em que o arquivo for salvo. Cada pasta de trabalho é aberta, por padrão,
com apenas 1 planilha denominada Plan1. Este nome aparece em uma guia, na parte inferior da
pasta de trabalho. Em todas as versões anteriores do Excel, o padrão eram 3 planilhas, se quiser
mudar esta configuração basta acessar Arquivo/Opções/Geral.
O ambiente do Excel
No Excel, uma planilha é como uma folha de papel em branco onde se realiza um trabalho.
Um arquivo do Excel reúne uma pilha de planilhas em uma pasta de trabalho. Por sua vez, cada
pasta de trabalho pode ter várias planilhas, folhas de gráficos, folhas de macro, caixa de diálogo e
módulo do Visual Basic.
Cada planilha contém colunas que são dispostas lado a lado, e linhas que correm de cima a baixo,
assim, são traçadas as linhas de grade da planilha. As colunas são rotuladas com letras e as linhas
são numeradas.
Os cabeçalhos de coluna iniciam com a coluna A; os cabeçalhos de linha começam com a linha 1.
Cada planilha possui 16.384 colunas e 1.048.576 linhas. Com o cruzamento de uma linha com uma
coluna são formadas células, onde são armazenadas as informações (textos, números, datas e
fórmulas). Cada célula possui uma identificação que é chamada de referência da célula. Esta
referência é derivada da sua coluna e linha, assim, se uma célula é definida pela coluna D e linha 4,
sua referência será D4.
O endereço da célula ativa pode ser visualizado na Caixa de nome, conforme mostra a figura.

Aulas 03 e 04 - Montagem e Criação de Planilhas Edição dos Dados

O Excel aceita a inserção de dados dos tipos: textos, números, datas, horas e fórmulas.


Para se familiarizar com o manuseio das ferramentas de edição do Excel, será criada como
exemplo, uma lista de endereços.
Quando iniciar o Excel, uma pasta de trabalho em branco é aberta, pronta para ser utilizada.
Observe que a primeira célula da planilha é a célula com endereço A1 e já está ativa sempre que
uma pasta nova é aberta.
 Digite os dados conforme a planilha a seguir.

Enquanto digita os dados, podem-se conhecer alguns recursos fundamentais para edição de dados
no Excel, tais como: Alteração do conteúdo da célula, Movimentação pela planilha, Largura da
coluna e da linha, AutoConclusão, salvar uma pasta de trabalho, utilizando o recurso de
AutoRecuperação, Fechar a pasta de trabalho e sair do Excel

Alteração do conteúdo da célula


 Como substituir os dados da célula
 Como alterar (editar) o conteúdo já existente
 Como cancelar ou desfazer uma entrada
 Como limpar o conteúdo da célula
 Alterando a direção após teclar <Enter>

Como substituir os dados da célula


Faça da seguinte forma:
 Selecione a célula com um clique ou através das setas direcionais do teclado;
 Digite o novo conteúdo e tecle <Enter>.

Como alterar (editar) o conteúdo já existente


Há três maneiras diferentes:
 Com duplo clique na célula, acionando a tecla de atalho <F2> ou posicionando o ponto de
inserção na barra de fórmulas;
 Use o ponteiro do mouse ou as teclas <Home>, <End> e as setas para posicionar o ponto de
inserção corretamente;
 Se necessário, use qualquer uma das teclas <Backspace> ou <Delete> para excluir os
caracteres;
 Faça as alterações necessárias;
 Tecle <Enter> para confirmar a alteração ou <Esc> para cancelá-la.

Como cancelar ou desfazer uma entrada


 Para cancelar uma entrada, antes de teclar <Enter>, tecle <Esc> ou clique no
botão Cancelar na Barra de fórmulas.
 Para desfazer uma entrada finalizada (depois de pressionada a tecla <Enter>) clique no
botão Desfazer, na Barra de ferramentas de Acesso Rápido.

Como limpar o conteúdo da célula


É possível remover todo o conteúdo de uma célula em vez de apenas editá-la:
 Clique na célula com o botão direito do mouse e escolha Limpar conteúdo ou tecle
<Delete>;
 Para remover a célula da planilha clique com o botão direito do mouse e escolha Excluir.

Alterando a direção após teclar <Enter>


Depois de selecionar a célula:
 Digite seu conteúdo;
 Tecle <Enter> ou <Tab> para efetivar a inserção do dado, ou então clique no botão Inserir
na Barra de fórmulas.
Por padrão, o cursor salta para a próxima célula abaixo, depois que a tecla <Enter> é pressionada.
Pode-se também utilizar as teclas com setas ou clicar na próxima célula a ser editada, bem como
alterar a direção do cursor após pressionar <Enter>, da seguinte forma:
 Acesse a guia Arquivo e clique em Opções;
 No item Avançado ative a caixa de verificação Depois de pressionar <Enter>, mover
seleção;
 Defina a direção desejada na caixa de listagem Direção.
Observe o efeito na lista de endereços anterior, digitando os dados por linha, isto é, primeiro o
sobrenome, depois o nome, o endereço, a cidade, o estado e o telefone.
Quando teclar <Enter>, a célula ativa ocupará a primeira posição da próxima linha, para que seja
digitado o próximo sobrenome.

Movimentação pela planilha


Quando a planilha é muito extensa, com muitas células preenchidas, torna-se difícil visualizar o
conteúdo total. Para isso são utilizados recursos de rolagem e de movimentação dentro da planilha.
Para rolar pela planilha são utilizadas as barras de rolagem horizontal e vertical.
Para maiores "saltos" na planilha você deve utilizar o teclado por ser mais rápido e prático.

Como se mover para um local específico


Conforme descrito na tabela anterior é possível deslocar-se diretamente para uma célula ou
intervalo específico utilizando a tecla <F5>.
Esta tecla de atalho abre uma caixa de diálogo Ir para, que requisita o endereço para o qual se
deseja ir.
 Na caixa de texto Referência, digite a referência ou intervalo, de células, desejado. Por
exemplo, para ativar a célula J450, digite esta referência na caixa de texto. Ou então, digite
X8000:X8010 para ativar este intervalo de células;
 Clique no botão OK.
Outra opção, talvez a mais rápida, é utilizar a Caixa de nome:
 Digite o endereço ou intervalo de células para o qual se
deseja movimentar diretamente na Caixa de nome;
 Tecle <Enter>.

Largura da coluna e da linha


Por padrão, cada coluna da planilha tem 8,43 pontos e cada
A altura da linha é dimensionada automaticamente pelo Excel, dependendo do tamanho da fonte
utilizada. Mas, isto não impede que você altere-a manualmente.
Quando o conteúdo da célula é maior que a largura da coluna, o texto "transborda" para a célula ao
lado. É possível dimensionar a largura da coluna e a altura da linha de três formas:

Através da guia
 Clique em qualquer lugar na coluna ou na linha a ser alterada;
 Na guia Página Inicial, em Células, clique em Formatar;
 Clique em Altura da Linha ou Largura da Coluna;
 Digite uma nova largura ou altura e clique em OK.
Utilize este caminho quando necessitar de mais precisão na largura da coluna.

Utilizando o mouse
Faça da seguinte forma:
 No cabeçalho de coluna ou no cabeçalho de linha, mova o ponteiro do mouse para a borda
direita da coluna ou borda inferior da linha que deseja ajustar.
 Observe que o ponteiro do mouse transforma-se em uma seta com duas pontas.
 Dê um clique e arraste o ponteiro para uma nova largura ou altura. Aparecerá uma dica de
tela indicando a largura ou coluna atual;
 Solte o botão do mouse assim que atingir a largura ou altura desejada.

Usando o AutoAjuste
Para usar o AutoAjuste:
 No cabeçalho de coluna ou no cabeçalho de linha, mova o ponteiro do mouse para a borda
direita da coluna ou borda inferior da linha que deseja ajustar. O ponteiro se transformará,
novamente, em uma seta com duas pontas;
 Dê duplo clique.
A largura ou altura será ajustada automaticamente, de acordo com a célula que contiver o maior
conteúdo.

AutoConclusão
Se os primeiros caracteres digitados em uma célula coincidirem com uma entrada já existente na
coluna, o Excel preencherá os demais caracteres automaticamente. Através do exemplo da coluna
contendo o nome da Cidade é possível notar, durante a digitação, que o Excel preenche
automaticamente a célula com entradas que já ocorreram nesta mesma coluna e em células
adjacentes.
 Para aceitar a entrada sugerida tecle <Enter>.
 A entrada completada atenderá exatamente o padrão de maiúsculas e minúsculas das
entradas já existentes.
 Para substituir os caracteres inseridos automaticamente, continue digitando e para excluí-los
tecle <DEL>.
Por exemplo: Depois de digitar o nome "Campinas" na célula E4, ele será automaticamente
concluído quando o Excel reconhecer as primeiras letras digitadas nas células E5 e E11.
É possível também selecionar a partir de uma lista de entradas já existente na coluna, da seguinte
forma:
 Digite alguns dos primeiros caracteres na
célula;
 Clique na célula com o botão direito do
mouse;
 Selecione Escolher na Lista Suspensa no
menu de atalho;
 Ou então, pressione <ALT> + seta abaixo para exibir a lista de entradas;
 Selecione a entrada desejada.

Salvar uma pasta de trabalho


Quando se abre uma nova pasta de trabalho no Excel a barra de título apresenta um título padrão
como Pasta1 ou Pasta2.
Ao salvar uma pasta de trabalho pela primeira vez é necessário dar um nome significativo e
especificar onde armazená-la. Para salvar uma pasta de trabalho pela primeira vez:
 Clique no botão Salvar, na Barra de Ferramentas Acesso Rápido;
 Ou, através da guia Arquivo, opção Salvar ou Salvar como;
 Selecione o local (unidade de disco ou pastas) onde o arquivo será armazenado;

 Digite o novo nome da pasta de trabalho na caixa de texto Nome do arquivo. Utilize o


nome Agenda de Endereços para esta gravação;
 Clique no botão Salvar.

Como salvar em formato diferente


Muitas vezes é preciso exportar arquivos para serem utilizados em outros aplicativos ou em uma
versão anterior do Excel. Para isso, o arquivo deve ser gravado em um formato que não seja uma
"Pasta de trabalho do Microsoft Excel (*.xlsx)", mas que seja compatível com o outro aplicativo.
Para isso:
 Acesse a guia Arquivo, aponte para Salvar como;
 Clique em Curso de Excel;
 Em Tipo selecione o formato de arquivo mais indicado para o determinado aplicativo.
Utilizando o recurso de AutoRecuperação
O Excel, como todo o Office, disponibiliza o recurso denominado AutoRecuperação. Este recurso
faz com que o programa salve o arquivo em um intervalo de tempo especificado. Para isso:
 Acesse o menu Arquivo/Opções;
 No item Salvar ative a caixa de verificação Salvar informações de Auto Recuperação a
cada e especifique os minutos na caixa de texto minutos.

Fechar a pasta de trabalho e sair do Excel


Depois de terminar o trabalho em uma planilha é indicado que se feche o arquivo para liberar mais
memória no computador para outros processos. Fechado um arquivo, o Excel permanece aberto e
poderá ser fechado somente quando o programa não for mais utilizado.

Fechando a Pasta de trabalho


 Clique na guia Arquivo e depois em Fechar.
Como sair do Excel
 Utilize o botão Fechar da janela do Excel.

Aulas 05 a 09 - Montagem e criação de planilhas

Abrir uma pasta de trabalho existente


Abrir uma pasta de trabalho significa recuperar um arquivo gravado em disco. Por isso, é
importante armazenar os arquivos em pastas separadas, com nomes sugestivos, para que você os
encontre facilmente quando necessário.
 Na guia Arquivo escolha Abrir. É apresentada uma lista de Pastas de Trabalho Recentes
(arquivos), se o que deseja abrir estiver nesta lista, basta clicar.

Caso contrário localize a pasta onde o seu arquivo está armazenado. A caixa de diálogo Abrir é
apresentada, requisitando que seja informada a localização do arquivo a ser aberto:
 Do lado esquerdo da janela selecione a pasta que contém o arquivo que deve ser aberto;
 Clique no nome do arquivo e depois no botão Abrir.
Abrir em formato diferente
Assim como o Excel grava arquivos em outros formatos, também aceita abrir arquivos de outros
aplicativos com diferentes formatos:
 Na guia Arquivo escolha Abrir;
 Selecione o formato desejado.
Nova pasta de trabalho
Para abrir uma nova pasta de trabalho:
 Acesse a guia Arquivo e clique em Novo. São apresentadas opções para a criação de novos
arquivos;
 Dê um duplo clique em Pasta de trabalho em branco.

Ampliar ou reduzir a exibição


Há ocasiões em que é necessária a exibição detalhada de partes da planilha, ou então da planilha
como todo, para isso é utilizada a caixa Zoom, na barra de Status.
Pode-se escolher qualquer porcentagem de exibição entre 10 e 400 utilizando os (-) e o (+) ou
especificar a visualização na caixa Zoom, que é apresentada ao clicar no percentual atual.

Se desejar, selecione um intervalo de células e clique na opção Ajustar seleção da caixa.

Cópia e movimentação de células


A cópia e movimentação de células agilizam a criação da planilha, pois permitem repetir conteúdos
na entrada de dados nas células. No caso de fórmulas, o Excel atualiza automaticamente as
referências de células nos resultados das fórmulas.

Área de transferência
A Área de transferência do Windows é uma área de armazenamento temporário que guarda as
informações que foram copiadas ou recortadas para que sejam coladas em outros lugares.
Até a versão do Office 97 o conteúdo da Área de transferência era substituído cada vez que se
copiava ou se recortava um novo material de qualquer aplicativo, ou seja, só podia ser
armazenado um item de cada vez.
Os Offices desde a versão XP armazenam diversos itens ao mesmo tempo na área de transferência,
podendo escolher quais itens deverão ser colados. Este recurso melhora bastante a capacidade de
transferir informações tanto de um aplicativo para outro como no mesmo aplicativo.
 Clique no Iniciador de Caixa de Diálogo do grupo Área de Transferência para visualizá-
la.

Copiar
Copiar significa levar o conteúdo de uma ou mais células para a
Área de transferência, sem perdê-lo de seu local de origem, para
que possa ser colado em outros lugares da planilha ou mesmo em
outros aplicativos.
Para testar este recurso:
 Na pasta de trabalho Agenda de Endereços ative a
planilha que contém a lista completa de endereços;
 Selecione o intervalo de células A4:G6;
 No grupo Área de Transferência escolha Copiar ou então pressione as
teclas <Ctrl>+<C> ou clique o botão direito do mouse na seleção e escolha a
opção Copiar no menu de atalho.
Isso criará uma cópia do conteúdo do bloco de células origem na Área de transferência.
Para colar o conteúdo da Área de transparência:
 Na mesma planilha, clique na célula A13;
 No grupo Área de Transferência escolha Colar ou então, pressione as
teclas <Ctrl>+<V> ou clique o botão direito do mouse na célula A13 e escolha a
opção Colar no menu de atalho.
Veja que as células copiadas estão disponíveis na Área de transferência, prontas para serem
"coladas" novamente.

Nesta Área de transferência do Office você pode escolher qual ou quais itens serão colados, bem
como apagar todos os itens armazenados.

Como mover
Quando o conteúdo das células é movido significa que será levado para a Área de transferência
e apagado do seu local de origem, para que seja colado em outro local.
Na pasta de trabalho Agenda de Endereços:
 Ative a planilha que contém a lista completa de endereços;
 Selecione o intervalo de células A13:G15;
 No grupo Área de Transferência escolha Recortar ou então pressione as
teclas <Ctrl>+<X> ou clique o botão direito do mouse na seleção e escolha a
opção Recortar no menu de atalho. Isso faz mover uma cópia das células selecionadas para
a Área de transferência;
 Selecione a célula de destino B16;
 Utilize o comando Colar.
As células de origem serão limpas e as células de destino conterão os dados recortados.
No Excel existem opções muito interessantes para Colar. Você pode testá-las a qualquer momento,
principalmente depois que conhecer os recursos deste curso.

Copiar e mover usando arrastar e soltar

O Excel oferece um recurso de arrastar e soltar para agilizar o processo


de cópia e movimentação de células. Para isso:
 Selecione o grupo de células desejado;
 Posicione o cursor na borda da seleção;
 Clique, segure e arraste o bloco de células até o local desejado.
Este processo faz com que as células sejam movidas. Para que elas
sejam copiadas, basta manter a tecla <Ctrl> pressionada enquanto é
feito o arraste.
Pode ser que este recurso esteja desativado e você não consiga realizar
o processo de arraste. Para que este processo esteja disponível,
verifique:
 Acesse a guia Arquivo e clique em Opções;
 Em Avançado, a caixa de verificação Habilitar alça de preenchimento e arrastar e soltar
célula deve estar ativa.
Fórmulas
Uma fórmula é uma expressão matemática. Em uma planilha do Excel, são utilizados valores,
operadores aritméticos e referências de células para criar fórmulas.
Uma fórmula do Excel sempre começa com o sinal de igual (=).
O Excel não aceita colchetes [ ] e chaves { } nas expressões matemáticas; só aceita parênteses ( )

Digitar fórmulas
Supondo que se deseja calcular o total e a média das Vendas por Região, elabore a planilha a
seguir:

Total de vendas em Janeiro:


 Clique na célula F4;
 Digite o sinal de igual (=) para que o Excel reconheça os caracteres como sendo uma
fórmula, e não um texto;
 Digite o primeiro argumento da fórmula, que pode ser um número ou uma referência de
célula.
Se for uma referência, pode ser digitada ou selecionada com um clique na célula correspondente.
No caso, clique na célula B4;
 Digite o operador aritmético. No exemplo, o de adição (+);
 Clique no segundo argumento, a célula C4;
 Digite novamente o operador aritmético de adição;
 Clique no terceiro argumento, a célula D4;
 Digite novamente o operador aritmético de adição;
 Clique no quarto e último argumento, a célula E4.
Sua fórmula deverá possuir o seguinte aspecto: =B4+C4+D4+E4
 Tecle <Enter>.
Note que o resultado da fórmula aparece na célula F4 e a fórmula aparece na Barra de
fórmulas. Como mostra a planilha a seguir:

Como as fórmulas abaixo da célula F4 serão todas semelhantes, você deve copiar a fórmula


digitada para o intervalo de células F5:F9
Para isso:
 Clique na célula F4, que contém a fórmula que será copiada;
 Posicione o mouse na alça (o canto direito inferior) da célula F4; o mouse apresentará o
formato de sinal de adição preto;
 Arraste com o botão do mouse pressionado até a célula F9.
Agora será calculada a Média das Vendas em Janeiro:
 Clique na célula G4;
 Digite o sinal de igual (=);
 Digite a fórmula: =F4/4
 Tecle<Enter>;
 Posicione o mouse na alça (no canto inferior direito) da célula G4 e arraste-o até a
célula G9 para que as fórmulas sejam copiadas.

Observe que todas as médias totais foram calculadas.


Ajuda
O Excel fornece um amplo sistema de ajuda para auxiliar na realização de tarefas. A busca é feita
no sistema interno do Excel e ainda no Office Online, assim, sua busca é mais ampla.
Com este sistema, você pode encontrar o funcionamento e exemplo de todas as funções disponíveis
no Excel, além de outros recursos, assim, utilize-o sempre.
 
Para obter ajuda:

 Clique no botão Ajuda do Microsoft Excel  ou tecle <F1>;


 Digite sua pergunta na caixa de texto e tecle <Enter>. O Excel localiza e disponibiliza os
tópicos relacionados à sua pergunta;
 Ative entre os tópicos apresentados, aquele que mais se aproxima da sua dúvida;
 Clique no botão Fechar quando terminar de ler.
Aulas 10 a 14 - Listas e Classificação de Dados

Listas de Preenchimento
Para agilizar o processo de digitação dos dados da planilha, o Excel completa sequências (número,
data ou intervalo de tempo), e também permite que você inclua sequências de preenchimento
personalizadas para as entradas de texto usadas com mais frequência.
Exemplo:
Para testar as principais listas de preenchimento predefinidas pelo Excel, abra uma nova pasta de
trabalho e digite na linha 1 da Plan1, os dados exibidos a seguir:

Ao arrastar a alça de preenchimento de uma célula pode-se copiar o conteúdo dessa célula para
outras células existentes na mesma linha ou coluna. Para isso:
 Selecione a célula A1, que representa a primeira célula da sequência a ser preenchida;
 Posicione o mouse no canto direito inferior da célula, ele apresentará o formato de sinal de
adição preto;
 Mantendo o botão esquerdo do mouse pressionado, faça o arraste sobre as células na
direção que desejar, no caso arraste até a linha 12.
 Repita o processo para cada coluna, sempre clicando sobre a célula da linha 1 e arrastando-a
para baixo até a linha 12, através da alça de preenchimento.

Sua planilha deverá ficar assim:

O Excel disponibiliza um botão denominado Opções de autopreenchimento. Com este botão


pode-se escolher várias opções de preenchimento. Veja o exemplo das opções disponíveis quando
uma data é arrastada.

Veja algumas das opções:


 Copiar células: copia o conteúdo da primeira
célula para o intervalo selecionado;
 Preencher Série: permite o mesmo efeito do
arraste com o botão esquerdo do mouse;
 Preencher formatação somente: preenche apenas
com as características de formatação da primeira
célula da sequência. Se o conteúdo da célula estiver em negrito, as células preenchidas
possuirão este mesmo formato;
 Preencher sem formatação: o Excel considera como valores constantes todos os números
ou texto, contidos numa célula. Portanto, as células serão preenchidas com o valor
correspondente.
 Se for utilizado o botão direito do mouse para o arraste, um menu de atalho será aberto
apresentando as opções de preenchimento.

Preenchimento Relâmpago
Este é um novo recurso de preenchimento disponível no Excel, com ele você consegue dividir
dados de uma coluna com base em que você digita. Para
entender digite os dados a seguir:

 Na célula B1 digite o primeiro nome da lista,


ou seja, Vanderlei
 Tecle <Enter>;
 Comece a digitar o próximo nome da lista, ou
seja, a letra F de Fabiana. O Preenchimento
Relâmpago mostra uma lista de nomes
sugeridos;
 Se a lista está como você deseja, basta
pressionar <Enter>.
 Na coluna C teste o recurso utilizando
os sobrenomes.
Seus dados não precisam ser necessariamente nomes, pois o Preenchimento Relâmpago trabalha
com quaisquer dados que precisam ser divididos em mais de uma coluna. Este recurso geralmente
começa a funcionar quando reconhece um padrão com seus dados, ou seja, quando seus dados têm
alguma consistência. Além de tudo isso, ele ainda diferencia maiúsculas de minúsculas.

Criar novas listas


Supondo que você utilize determinados intervalos de células com certa
frequência, é possível criar uma nova lista contendo estes dados, para não
precisar digitá-los novamente.
Ainda na mesma pasta de trabalho, na coluna K, digite a seguinte lista de dados:
 Selecione o intervalo contendo todas as regiões (K1:K5);
 Acesse a guia Arquivo e clique em Opções;
 No item Avançado, grupo Geral, clique no botão Editar Listas Personalizadas;
 Na guia Listas Personalizadas, verifique que o intervalo de células selecionado aparece na
caixa de texto Importar lista das células;
 Clique no botão Importar para que seja adicionada a lista na caixa Entradas da lista;
 Clique em OK para confirmar.

Agora esta lista pode ser utilizada em qualquer planilha, quantas vezes desejar, da seguinte forma:
 Clique numa célula vazia qualquer, por exemplo, na L10;
 Digite o nome de uma das regiões da lista;
 Arraste com o botão esquerdo do mouse pela alça de preenchimento até apresentar o último
nome da lista;
 Solte o botão do mouse.

Classificação de Dados (Parte 1)


A classificação de dados de uma planilha é um recurso muito útil e rápido de ser executado:
Na Plan2, digite a seguinte planilha:
 Clique numa célula qualquer da lista pertencente
à coluna pela qual a classificação será realizada,
ou seja, se desejar classificar pelo Vendedor,
clique em qualquer célula que contenha o nome
de um vendedor;
 No grupo Edição da guia Página Inicial, clique
no botão Classificar e Filtrar;
 Agora selecione a opção Classificar de A a
Z ou Classificar de Z a A.

Parte 2
A lista será classificada em ordem crescente ou descendente, de acordo com a coluna onde estava
a célula ativa.
Se desejar uma classificação por múltiplos campos, faça o seguinte:
 Posicione a célula ativa em qualquer ponto da lista;
 Clique na opção Personalizar Classificação, a caixa de diálogo Classificar é apresentada;
 Selecione o primeiro campo de classificação como Vendedor e a ordem de classificação
como De A a Z;
 Clique no botão Adicionar Nível;
 Selecione o segundo campo de classificação como Valor e a ordem de classificação
como Do Maior para o Menor;
 Mantenha ativa a opção Meus dados contêm cabeçalhos, indicando assim ao Excel que a
primeira linha da lista representa os nomes dos campos. Caso contrário, ele incluirá os
títulos na classificação.

Parte 3
Suponha que você deseje que esta planilha seja classificada utilizando a coluna C, onde estão as
informações referentes às Férias dos vendedores. Para isso:
 Posicione a célula ativa em qualquer ponto da lista;
 No grupo Edição da guia Página Inicial, clique no botão Classificar e Filtrar;
 Clique na opção Personalizar Classificação;
 Utilize o botão Excluir Nível para remover um dos critérios utilizados no exemplo anterior;
 Em Classificar por selecione o campo Férias;
 No item Ordem clique na opção denominada Lista Personalizada.
Essas opções são as listas preexistentes (dias da semana, meses do ano) ou listas personalizadas,
criadas anteriormente. Essas opções permitem, por exemplo, classificar os meses do ano ou os dias
da semana em ordem cronológica, em vez de alfabética.
 Nesta nova janela selecione a lista personalizada com os nomes dos meses não abreviados,
já que em sua planilha você os digitou por completo;
 Clique em OK e em OK novamente.
A ordem de classificação personalizada se aplica apenas à coluna especificada, ou seja, somente
para a primeira chave de classificação.
Para classificar várias colunas usando uma ordem de classificação personalizada, classifique por
cada coluna separadamente.

Aulas 15 e 16 - Gerenciamento de Planilhas

Seleção de Planilhas
Cada nova pasta de trabalho que é aberta possui uma planilha, nomeada de Plan1. A quantidade de
planilhas pode ser ampliada ou reduzida, dependendo das necessidades do trabalho.
Para trabalhar com os próximos recursos, abra uma nova pasta de trabalho e salve-a com o nome
de Dinheiro.
Você pode alternar de uma planilha a outra dando um clique na guia da planilha para ativá-la.
 Clique na guia Plan1 para ativá-la e digite os dados a seguir:

Figura 1 Figura 2

Figura 3
Figura 4

 Atualize a
gravação
clicando no botão Salvar.
Selecionar várias planilhas
É possível selecionar várias planilhas de uma só vez para
efetuar ações do tipo formatação, inserção de linhas e colunas,
edição dos dados, entre outras. Estas alterações serão refletidas em todas as planilhas selecionadas,
assim, ganhando tempo na realização de alguns processos.
Para selecionar planilhas alternadas:
 Ative a primeira planilha Plan1;
 Mantendo a tecla <Ctrl> pressionada, clique na guia de planilha Plan3.
Observe que agora aparece na Barra de título, a indicação [Grupo] de que há mais de uma
planilha selecionada. Mesmo que mais de uma planilha esteja selecionada, a planilha ativaserá
aquela que foi selecionada em primeiro lugar, cujo nome da guia aparece em negrito.

Para desativar a seleção alternada:


 Clique em qualquer outra guia que não faça parte do grupo selecionado. No caso, na
planilha Plan2.
 
Para selecionar planilhas contíguas:
 Ative a planilha Plan1;
 Mantendo a tecla <Shift> pressionada, clique na última guia do grupo desejado;
 Clique na planilha Plan3.
 
Para desativar a seleção contígua:
 Clique em qualquer outra guia que não seja a planilha ativa. No caso, clique na Plan2 ou na
Plan3.
 
Para selecionar todas as planilhas da pasta de trabalho:
Você pode utilizar o procedimento descrito anteriormente, selecionando a primeira guia e, com a
tecla <Shift> pressionada, clicar a última guia da pasta de trabalho. Mas, a forma mais prática é
utilizar o botão direito do mouse. Para isso:
 Clique o botão direito do mouse em qualquer uma das guias de planilha;
 Escolha a opção Selecionar Todas as Planilhas, do menu de atalho.

Atribuição de nomes às planilhas


Para tornar a pasta de trabalho mais interessante e compreensível, deve-se atribuir às planilhas
nomes mais significativos:
 Clique com o botão direito do mouse na guia da planilha, no caso a Plan1;
 Selecione a opção Renomear. O nome da guia aparecerá ressaltado, permitindo editar
diretamente na guia;
 Substitua o nome Plan1 por Receitas;
 Tecle <Enter>.
 Uma maneira mais prática de chegar ao mesmo resultado é:
 Dê duplo clique na guia da planilha desejada e o nome da guia já aparecerá selecionado
para que seja substituído;
 Substitua os nomes das guias Plan2 e Plan3 por Despesas e Economia, respectivamente.

Aplicação de novas cores nas guias das planilhas


Esta é uma opção bastante interessante para que a visualização da planilha seja mais fácil ainda,
além de auxiliar na organização de arquivos com número grande de planilhas.
 
Para colorir a guia:
 Clique o botão direito na guia desta planilha Receitas;
 Aponte para a opção Cor da Guia e selecione a cor desejada. Se quiser, clique na
opção Mais Cores para obter outras opções;
 Selecione a nova cor e clique em OK para confirmar.

Inserção e exclusão de planilhas


Há situações em que é necessário utilizar mais de três planilhas para acomodar todas as
informações. Em vez de usar várias pastas de trabalho é possível incluir planilhas em uma pasta de
trabalho de forma que todas as informações relacionadas fiquem em um único arquivo.
Em outros casos (menos de três planilhas utilizadas) é aconselhável a exclusão daquelas que
estiverem excedentes.

Inserir planilhas
Agora a inserção de planilha está ainda mais fácil, pois o Excel possui um botão só para isso.
 Clique no botão Nova Planilha que se encontra a direita das planilhas atuais.

Outra maneira de inserir planilhas:


O número de planilhas selecionadas deve corresponder ao número de planilhas que se deseja inserir.
Isto é, se desejar incluir 2 planilhas, selecione 2 planilhas já existentes (utilizando <Ctrl> ou
<Shift>):
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Inserir;
 Selecione o comando Inserir Planilha.
Alteração do número de planilhas padrão
O padrão do Excel é abrir cada nova pasta de trabalho com apenas uma planilha.
Para alterar esta configuração, siga o procedimento:
 Acesse a guia Arquivo e clique em Opções;
 No item Geral, na opção Incluir este número de planilhas escolha a quantidade de
planilhas que for conveniente, entre 1 e 255 planilhas.

A partir dessa alteração, todas as novas pastas criadas possuirão este número de planilhas.

Excluir planilhas
Selecione qualquer célula na planilha a ser excluída. Em nosso
exemplo qualquer planilha vazia:
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique
em Excluir;
 Selecione o comando Excluir Planilha.
Outra opção é utilizar o botão direito do mouse:
 Clique com o botão direito do mouse na guia da planilha que deseja remover;
 Escolha a opção Excluir do menu de contexto.
Se a planilha tiver algum tipo de informação, o Excel apresenta uma caixa de diálogo para
confirmação.

Mover e copiar planilhas


Com a inserção e exclusão de planilhas, as pastas de trabalho podem necessitar de uma
reorganização nas guias de planilhas. É possível mover ou copiar uma planilha para outras
posições da pasta de trabalho, ou até mesmo para outra pasta de trabalho, organizando suas tarefas.
A capacidade de mover ou copiar planilhas inteiras permite que as configurações sejam
mantidas economizando tempo com digitação e formatação de informações similares na nova
planilha.

Mover planilhas
 Selecione a(s) planilha(s) que deseja mover;
 No exemplo, selecione a planilha Receitas;
 Mantenha o botão do mouse pressionado sobre a guia da(s) planilha(s) selecionada(s) até
que o ponteiro tome o formato de uma pequena folha de papel;
 Arraste o ponteiro para a posição onde deseja inserir a(s) planilha(s) selecionada(s);
 Mova o mouse para a última posição, ou seja, após a planilha Economia;
 Solte o botão do mouse.

Quando a pasta de trabalho contiver muitas guias de planilha, poderá encontrar um pouco
de dificuldade em arrastá-la com o botão do mouse, ou mesmo quando desejar mover a planilha
para outra pasta de trabalho, nesses dois casos, você deverá utilizar outra opção:
 Clique o botão direito na guia da(s) planilha(s) que se deseja mover;
 Selecione a opção Mover ou Copiar.A caixa de
diálogo correspondente é apresentada:

 Selecione a posição em que deseja inserir a


planilha na caixa de lista giratória Antes da
planilha.
Para mover a(s) planilha(s) para outra pasta de trabalho
aberta ou para uma nova pasta, utilize a opção Para
pasta e selecione a pasta de trabalho e clique em OK.

Copiar planilhas
 Selecione a(s) planilha(s) que deseja copiar, no exemplo selecione a planilha Receitas;
 Com o botão do mouse pressionado sobre a guia da(s) planilha(s), arraste o botão do mouse
até a posição onde deseja inserir a cópia da planilha mantendo a tecla <Ctrl>pressionada;
 Posicione o ponteiro do mouse após a última planilha da pasta de trabalho;
 Solte o botão do mouse.
Para utilizar o botão direito do mouse:
 Clique o botão direito do mouse na guia da(s) planilha(s) que deseja copiar;
 Selecione a opção Mover ou Copiar;
 Na caixa de lista giratória Antes da planilha clique no nome da planilha;
 Ative a caixa de verificação Criar uma cópia e clique em OK.

Inserir colunas ou linhas


É possível inserir colunas ou linhas em branco em uma planilha entre as colunas e as linhas que já
estão preenchidas, sem precisar excluir ou redigitar nada. O Excel reposiciona as células existentes
para acomodar as colunas e linhas novas e ajusta
quaisquer fórmulas existentes para que elas façam
referência às células corretas.
Para praticar estes novos procedimentos crie uma nova
pasta de trabalho com as informações a seguir e grave-a
com o nome de Vendas DiMoretti e renomeie a guia da
planilha para Vendas.

Inserir colunas
Suponha que é preciso acrescentar os valores de vendas do ano de 2010, pode-se inserir uma coluna
na posição anterior à coluna de 2011. Para isso:
 Clique em qualquer célula da coluna B;
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Inserir;
 Selecione o comando Inserir Colunas na Planilha.

Outra maneira de inserir colunas é utilizando o botão direito do mouse:


 Clique no botão Desfazer para eliminar
a coluna incluída no procedimento
anterior;
 Clique o botão direito no cabeçalho da
coluna B e no menu de contexto,
selecione a opção Inserir.
Depois de inserida uma coluna à esquerda da
coluna B, os valores de venda de 2010 deverão
ser inseridos, conforme figura:
Inserir linhas
Agora é preciso acrescentar produtos nesta lista. Para isso devem-se inserir duas linhas antes da
linha 7:
 Clique em qualquer intervalo que abranja as linhas 7 e 8 (por exemplo, D7:D8);
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Inserir;
 Selecione o comando Inserir Linhas na Planilha.
Note que foram inseridas duas linhas acima daquelas selecionadas.
 
Para utilizar o botão direito do mouse:
 Clique no botão Desfazer para eliminar as linhas incluídas no procedimento anterior;
 Selecione cabeçalho da linha abaixo de
onde será inserida a linha (selecione os
cabeçalhos das linhas 7 e 8);
 Clique o botão direito do mouse em
qualquer ponto das linhas selecionadas;
 No menu de contexto selecione a
opção Inserir.
Depois de inseridas duas linhas, acrescente os
novos produtos como apresentado:

Excluir colunas ou linhas


Sempre que for necessário retirar algumas informações das planilhas verifique as alterações nos
resultados de fórmulas ou funções existentes.
Podem ser excluídas colunas ou linhas inteiras e o Excel ajusta as restantes, de forma a manter a
disposição anterior.

Excluir colunas
 Clique no cabeçalho da(s) coluna(s) a ser(em) excluída(s);
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Excluir;
 Selecione o comando Excluir Colunas da Planilha.
 
Utilizando o botão direito do mouse:
 Clique no botão Desfazer para recuperar a coluna excluída no procedimento anterior;
 Clique o botão direito do mouse no cabeçalho da coluna que deseja excluir;
 Selecione Excluir do menu de contexto.
Aulas 17 e 18 - Gerenciamento de planilhas

Proteção de planilhas e pastas de trabalho


Há casos em que algumas informações da planilha não devem ser disponibilizadas para edição,
evitando assim que os conteúdos sejam alterados. Além disso, é possível também proteger a pasta
de trabalho, para que usuários não autorizados, não acessem dados confidenciais.

Ocultar colunas ou linhas


O Excel permite ocultar dados sem precisar excluí-los permanentemente, escondendo colunas ou
linhas selecionadas. Os dados ocultos também não aparecem na impressão.

Para ocultar linhas


 Selecione as linhas que serão ocultadas clicando nos cabeçalhos de linha correspondentes
(selecione as linhas 6 e 7 da planilha Vendas do arquivo Vendas DiMoretti);
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Formatar;
 Aponte para Ocultar e Reexibir e selecione o comando Ocultar Linhas.
 Pode-se obter o mesmo resultado através do menu de atalho, clicando o botão direito do
mouse nas linhas selecionadas.

Para ocultar colunas


 Selecione as colunas que serão ocultadas clicando
sobre os cabeçalhos de coluna correspondentes
(selecione a coluna B da planilha Vendas);
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique
em Formatar;
 Aponte para Ocultar e Reexibir e selecione o
comando Ocultar Colunas.

Reexibir colunas ou linhas ocultas


 Para exibir as linhas ocultas, selecione a linha acima e a linha abaixo das linhas ocultas e;
 Para exibir as colunas ocultas, selecione a coluna à esquerda e a coluna à direita das
colunas ocultas;
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Formatar;
 Aponte para Ocultar e Reexibir e selecione o comando Reexibir Linhas ou Reexibir

Colunas;
 Ou clique o botão direito na seleção e clique em Reexibir.

Ocultar a planilha ou a pasta de trabalho inteira


Quando existem várias pastas de trabalho abertas, o trabalho pode tornar-se um pouco confuso e
você pode perder o controle de onde estão os dados. O Excel permite que sejam ocultas algumas das
pastas de trabalho abertas, assim como também planilhas, para serem reexibidas no momento
desejado.
Este procedimento também é muito utilizado quando alguma planilha possui apenas informações
para cálculos em outras planilhas e você não quer que ela seja exibida.

Para ocultar pastas de trabalho


 Mantendo a pasta de trabalho Vendas DiMoretti aberta, abra também a Agenda de
Endereços;
 Ative a pasta de trabalho que deseja ocultar (no caso, Agenda que já está ativa no
momento);
 Acesse a guia Exibição, no grupo Janela clique em Ocultar;
 Repita o mesmo procedimento com a pasta de trabalho Vendas DiMoretti.

Para reexibir pastas de trabalho


 Acesse a guia Exibição, no grupo Janela clique
em Reexibir;
 Na caixa de diálogo Reexibir escolha a pasta de
trabalho que deseja restaurar e clique em OK.

Para ocultar planilhas


 Ative a planilha que deseja ocultar;
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Formatar;
 Aponte para Ocultar e Reexibir e selecione o comando Ocultar Planilha.

Para reexibir planilhas


 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique
em Formatar;
 Aponte para Ocultar e Reexibir e selecione o
comando Reexibir Planilha;
 Na caixa de diálogo Reexibir escolha a planilha que
deseja restaurar e clique em OK.
Proteger a planilha
Quando uma planilha está protegida, nenhuma alteração pode ser feita até que você a desproteja
novamente.
 Ative a planilha que deseja proteger;
 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Formatar;
 Escolha a opção Proteger Planilha;
 Selecione as opções que os usuários poderão
utilizar mesmo com a planilha travada;
 Pode-se digitar uma senha de proteção
(opcional). A senha digitada será requisitada no
momento de desproteger a planilha. Se não
colocar senha, qualquer usuário pode
desproteger a planilha facilmente;
 Clique em OK para confirmar;
 Redigite a senha e clique em OK novamente.

Quando a planilha está protegida, com senha ou não, só pode ser utilizada para leitura. Na tentativa
de alteração, o Excel apresentará um aviso de Somente Leitura.

Remover a proteção da planilha


 Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Formatar;
 Escolha a opção Desproteger Planilha.
Se a planilha foi protegida com senha, será aberta uma caixa de diálogo onde ela deverá ser
digitada.
Conservar algumas células destravadas
Geralmente é necessário deixar algumas células ou intervalos da planilha destravados para que o
usuário entre com informações. Portanto, antes de proteger a planilha, é preciso indicar quais
células ficarão desprotegidas:
 Selecione a célula ou um intervalo;
 Na guia Página Inicial, no grupo Células/Formatar, clique em Bloquear Célula.
Pode parecer estranho, mas apesar do nome, o comando Bloquear Célula serve tanto para bloqueá-
las como para destravá-las, pois como padrão todas as células do Excel vêm bloqueadas.
 Agora a planilha deve ser protegida normalmente, pois as células selecionadas
permanecerão destravadas para que sejam alteradas.

Ocultar fórmulas
O Excel permite que as fórmulas de determinadas células não sejam observadas na barra de
fórmulas, evitando que usuários verifiquem os cálculos efetuados.
 Selecione a célula ou intervalo que possui as fórmulas;
 Na guia Página Inicial, abra a caixa de diálogo Formatar Células;
 Na guia Proteção ative a opção Ocultas.

Agora a planilha deve ser protegida normalmente, porque as células selecionadas (que contêm
cálculos) não apresentarão suas fórmulas.
Proteger a pasta de trabalho contra abertura e gravação
Além de proteger as pastas de trabalho e as planilhas contra as alterações, o Excel permite que o
arquivo seja protegido, impedindo que sejam abertos ou gravados.
 Ative a pasta de trabalho que será protegida;
 Acesse a guia Arquivo e clique em Salvar como;
 Na janela Salvar como clique em Ferramentas, Opções gerais.

Conheça as opções desta janela:


Senha de proteção faz com que o arquivo seja aberto
apenas por usuários que conheçam a senha.
Senha de gravação faz com que o arquivo somente seja
gravado por usuários autorizados (que conheçam a
senha).
Recomendável somente leitura deve ser ativada para que, ao abrir a pasta de trabalho, seja
recomendado que não efetue alterações, somente leitura dos dados.
 Digite uma senha na caixa de texto Senha de proteção se desejar proteger o arquivo contra
abertura;
 Clique em OK para confirmar;
 Feche a abra novamente o arquivo para testar a senha atribuída.

Intervalos de células
Um intervalo é uma ou mais células que podem ser editadas, excluídas, formatadas, impressas ou
usadas como um argumento em uma fórmula como se fosse uma única célula. Um intervalo pode
conter células contíguas ou alternadas.
A referência de um intervalo começa com a
célula superior mais à esquerda no intervalo,
seguida por um sinal de dois pontos (:) e
termina com o endereço da célula inferior
mais à direita no intervalo.
Selecionar intervalos de células
Há várias maneiras de selecionar um
intervalo, usando o teclado ou o mouse.
Clicando no cabeçalho de qualquer coluna é possível selecionar a coluna inteira como intervalo.
Para selecionar uma linha inteira use o mesmo procedimento clicando no cabeçalho da linha.
No exemplo a seguir, a referência de intervalo é C1:C1048576, isto é, compreende a primeira até
a última célula da coluna C.

Para selecionar um intervalo como D4:D11, por exemplo, siga o procedimento:


 Selecione a primeira célula D4;
 Com o botão do mouse pressionado, arraste até a última posição D11.

Para desativar a seleção, basta clicar o mouse em qualquer outra posição ou utilizar as teclas
direcionais.
Você pode usar o teclado:
Para isso pressione <Shift> + seta para selecionar intervalos de células. Esta opção é bastante útil
quando um intervalo já foi selecionado com o mouse e é preciso estender a seleção.
É possível também selecionar uma planilha inteira clicando o botão Selecionar tudo, como indica
a próxima figura. Se preferir o teclado, pressione <Ctrl>+<T>.

Atribuir nome a um intervalo


De maneira muito simples, a atribuição de um nome permite facilitar a referência a um intervalo.
 Selecione o intervalo desejado (uma ou várias células). Na planilha Vendas
DiMoretti selecione todos os valores de 2010;
 Clique na Caixa de nome a esquerda da barra de fórmulas;
 Digite um nome para o intervalo, o nome do exemplo é vendas2010.
 Tecle <Enter>para confirmar;
 Repita o mesmo procedimento para os intervalos vendas2011 e vendas2012.
O nome do intervalo aparecerá na Caixa de nome sempre que o intervalo for selecionado.
Selecionar um intervalo identificado por nome
Depois de atribuído um nome é possível ir a um intervalo da planilha de maneira rápida.
 Clique na seta de lista suspensa da Caixa de nome;
 Dê um clique no nome do intervalo a ser selecionado.
O nome do intervalo aparece na caixa de nome e todas as células incluídas no intervalo são
destacadas na planilha.

Movimentação dentro da seleção


Depois de selecionado um bloco de células, pode-se utilizar algumas teclas para movimentar a
célula ativa dentro deste intervalo. Observe a tabela a seguir:

Ainda na pasta de trabalho Vendas DiMoretti, ative a planilha Plan2 e siga o procedimento:


 Digite as informações como mostra a próxima figura;
 Selecione o intervalo de células A5:B9.

Observe que a célula ativa é a A5, que está com preenchimento em branco.
Entre com os dados a seguir, seguindo as teclas de navegação apresentadas na tabela anterior.

 Renomeie a planilha para Folha Pagamento;


 Grave a pasta de trabalho.

Aulas 19 e 20 - Formatação de textos e números

Formatação de texto e números


O Excel oferece várias ferramentas para tornar as planilhas mais atraentes e profissionais. A
aparência de uma planilha não afeta sua funcionalidade - se os valores e as fórmulas estiverem
corretos, os resultados desejados serão obtidos, mas ela facilita e acelera a leitura dos dados.
A formatação é utilizada para que as informações sejam destacadas na planilha, usando negrito ou
itálico, ou incluindo símbolos monetários e separadores de milhares.
Pode-se, também, selecionar uma fonte e um tamanho diferente, ajustar o alinhamento dos dados
nas células e incluir cores, padrões, bordas e figuras.
Para utilizar os recursos de formatação, crie uma nova pasta de trabalho e grave-a com o nome
de CF Trade.
Renomeie a planilha Plan1 para Produtos e entre com os dados conforme a figura a seguir:
Observe que o cálculo do Lucro Unitário do primeiro produto é feito através da fórmula =E5-D5,
que deve ser copiada para todos os outros produtos da lista arrastando-se a alça da borda da
célula F5 até a F11. Já o cálculo da coluna G, onde teremos o Total, é o resultado da multiplicação
entre a Quantidade e o Lucro Unitário, ou seja, é feito através da fórmula =C5*F5, que também
deve ser copiada para todos os outros produtos.
Os Botões de Formatação que aparecem na guia Página Inicial são do tipo liga/desliga, isto é,
com um clique no botão é possível ativar ou desativar o formato.

Formatação de dados
Através da formatação de um texto são criados estilos de fonte, alinhamentos, cores, bordas,
padrões de preenchimento e proteções da célula. Fonte é uma coleção de caracteres alfanuméricos
que compartilham o mesmo tipo de design e têm as mesmas características. A maioria das fontes
está disponível em vários tamanhos, que são medidos em pontos. É possível usar qualquer fonte que
esteja instalada no computador, mas o padrão para planilhas do Excel é Calibri com tamanho
de 11 pontos.
O procedimento a seguir mostra como formatar um texto da planilha:
 Selecione o intervalo A3:G4;
 Na caixa Fonte escolha o tipo desejado e na caixa de Tamanho escolha o tamanho da
mesma.
Incluir cabeçalho e rodapé
Os cabeçalhos e rodapés devem ser incluídos na planilha para que possam indicar o número da
página, data e hora, nome da pasta de trabalho e da planilha e outras informações personalizadas:
 Clique no Iniciador de Caixa de Diálogo do grupo Configurar Página. A janela de
mesmo nome é apresentada;
 Ative a guia Cabeçalho/rodapé.

Guia "Cabeçalho/rodapé" da caixa de diálogo Configurar Página


 Na seta de lista suspensa da caixa Cabeçalho e também na caixa Rodapé podem ser
selecionadas as informações de cabeçalho e de rodapé padrão;
 Para acrescentar outras informações no Cabeçalho clique no botão Personalizar cabeçalho, e
para elaborar um Rodapé, clique no botão Personalizar rodapé.
Caixa de diálogo Formatar células
 Selecione o intervalo de células A5:B11;
 Abra a caixa de diálogo Formatar Células clicando no Iniciador de Caixa de Diálogo do
grupo Fonte;
 Na guia Fonte, selecione as opções de formatação e confira as opções escolhidas na
caixa Visualização.
Fonte: Times New Roman; Estilo da fonte: Negrito; Tamanho: 12, Cor: Azul.

 No quadro Efeitos são apresentadas algumas opções de formatação que podem ser


verificadas na caixa Visualização;
 Clique em OK para aplicar a formatação às células selecionadas.
Formatação de números
 Selecione o intervalo D5:D11.
Você pode escolher os botões: Número de Contabilização, Porcentagem, Separador de Milhares,
Aumentar Casas Decimais, Diminuir Casas Decimais ou mesmo a caixa de listagem Formato de
Número, da guia Página Inicial, para aplicar um ou mais atributos desejados no intervalo
selecionado.
 Ative o botão Número de Contabilização.

Formatação de números pela caixa de diálogo
 Selecione E5:G11;
 Na guia Página Inicial, grupo Número, clique no Iniciador de Caixa de Diálogo ou clique
o botão direito na área selecionada e escolha Formatar células;
 Na guia Número escolha a opção Moeda.
Utilizando a categoria Moeda, é permitido alterar o número de casas decimais, o símbolo de moeda
e o formato para os que forem negativos. Todas as alterações podem ser visualizadas na
caixa Exemplo.
 Clique em OK para aplicar a formatação.

Alinhamento do conteúdo das células 


Quando se insere dados em uma planilha, o Excel alinha o texto à esquerda e os números à direita
da célula, mas é possível alterar este alinhamento padrão dos dados através da formatação de
células.
 Selecione uma célula ou intervalo de células que contenham os dados a serem alinhados. Em
seu exemplo selecione A3:F4;
 Clique em um dos botões de alinhamento apresentados a seguir:

 clique no botão Centralizar para alinhar as células selecionadas.

Alinhamento pela caixa de diálogo


 Na planilha Produtos selecione A5:A11;
 Clique o botão direito do mouse na seleção;
 Escolha a opção Formatar células e ative a guia Alinhamento;
 Realize o alinhamento desejado e clique em OK para confirmar.
Quebrar texto automaticamente: Quebra automaticamente o texto em várias linhas dentro de uma
célula.
Para visualizar este efeito:
 Ajuste a largura da coluna D a F para aproximadamente 11,5 pontos;
 Selecione a célula D3:F3 eative a caixa de verificação Quebrar texto automaticamente na
guia Alinhamento.
Você pode utilizar também o botão de mesmo nome que se encontra na guia Página Inicial,
grupo Alinhamento.
 
Reduzir para caber: reduz o tamanho do caráter para acomodá-lo dentro de uma célula:
 Ajuste a largura da coluna C para mais ou menos 10 pontos. O conteúdo aparecerá
incompleto, pois não conseguirá acomodar-se na largura;
 selecione a célula C3 e ative a opção Reduzir para caber, da guia Alinhamento.
 
Mesclar células: Combina as células selecionadas em uma única célula:
 Selecione os blocos de células
alternados A1:G1, A3:B3, C3:C4, D3:D4, E3:E4, F3:F4 e G3:G4;
 Na guia Alinhamento ative a opção Mesclar células e na
opção VerticaleHorizontal selecione Centro, ou utilize os botões de alinhamento na
guia Página Inicial.
Mesmo que o conteúdo da célula A3 esteja centralizado no intervalo selecionado, ainda permanece
na célula A3. Da mesma forma, os caracteres da célula A1, C3, D3, E3, F3 e G3 continuam com
estes endereços; somente mudou sua formatação.
Limpar a formatação
Para limpar a formatação de uma ou mais células não basta teclar <Delete>, pois quando pressionar
esta tecla apenas o conteúdo da célula é apagado:
 Clique na célula ou intervalo a ser limpo;
 Na guia Página Inicial, no grupo Estilo, clique em EstilodeCélula;
 Clique na opção Normal.
Ou
 Clique na célula ou intervalo a ser limpo;
 Na guia Página Inicial, no grupo Edição, clique em Limpar e selecione o
comando Limpar Formatos.

Pincel de Formatação
Depois de formatar algumas células da planilha, você pode copiar a formatação para outras células
da mesma planilha ou de outras planilhas.
Isso acelera o processo de formatação e a padronização das planilhas, pois não é recomendável que
as células de uma planilha possuam variados tipos de fonte, tamanho, cores, e sim que se
apresentem de forma discreta e harmoniosa. Continuando o processo de formatação da
planilha Produtos.
 Selecione a célula B5;
 Na guia Página Inicial, no grupo Área de transferência, clique no botão Pincel de

Formatação ;
Note que a célula origem, que possui a formatação a ser copiada, passa a ter sua borda salientada.
 Selecione as células destino C5:C11 para onde as características serão copiadas.

Cores, padrões e efeitos de preenchimento nas células


Para destacar os dados da planilha são utilizados preenchimentos no fundo das células, com cores,
efeito Gradiente ou padrões. O procedimento a seguir mostra como selecionar uma cor usando a
caixa de diálogo Formatar Células:
 Selecione o título da planilha Produtos;
 Clique com o botão direito na seleção e acesse o comando Formatar células;
 Na guia Preenchimento escolha a cor de fundo da célula;
 Escolha a cor desejada;
 Na seta de lista suspensa Estilo do Padrão escolha o tipo do padrão desejado. Visualize
suas seleções na caixa Exemplo;
 Clique em OK para confirmar;
 Formate o fundo das demais células como desejar.

Aplicar um preenchimento rapidamente


A guia Página Inicial, grupo Fonte, existe um botão
denominado Cor de Preenchimento que permite alterar o
preenchimento das células de maneira simples e rápida:
 Selecione uma ou mais células;
 Clique no botão Cor de Preenchimento;
 Selecione a cor desejada.

Bordas
Geralmente as listas de dados feitas no Excel tornam-se mais organizadas quando possuem bordas,
que podem ser formatadas com várias larguras de linhas e cores. Utilizando a planilha de Produtos,
siga o procedimento:
 Selecione o intervalo A3:G11;
 Clique com o botão direito na seleção e acesse o comando Formatar células;
 Ative a guia Borda.
 Em primeiro lugar escolha o tipo de linha a partir da lista Estilo;
 Na seta de lista suspensa Cor escolha a cor para a borda;
 No quadro Borda clique nas posições em que desejar as bordas. Se quiser mesclar vários
tipos de linha ou cores, repita o procedimento;
 Clique em OK para confirmar;
 Formate a borda das demais células como desejar.

Aplicar uma borda rapidamente


A guia Página Inicial, grupo Fonte, existe também o botão Borda, que permite alterar as
configurações da borda e aplicá-las de maneira direta:
 Selecione uma ou mais células;
 Clique no botão Borda;
 Entre as bordas disponíveis selecione o estilo desejado.
Aulas 21 a 25 - Formatação Condicional

Formatação Condicional (Parte 1)


Desde a versão 2007 do Excel, as Formatações Condicionais estão muito melhores, com elas você
pode: destacar seus dados para análise e apresentação, mostrar diferenças, variações e tendências,
entre outros recursos, tudo isso utilizando cores, formatações, barras de dados e conjuntos de
ícones.
Por exemplo, na planilha Produtos, pode-se querer destacar o lucro maior que R$ 300,00 usando
um formato diferenciado para a célula cujo conteúdo atende a esta condição. Para isso:
 Selecione o intervalo de células F5:F11;
 Na guia Página Inicial, no grupo Estilo, clique em FormataçãoCondicional;
 No exemplo, aponte para Realçar Regras das Células e clique em É Maior do que...

Parte 2
A janela com o nome da condição é apresentada:
 Digite o valor na caixa de texto à esquerda. No exemplo o valor será 300;
 Na caixa de listagem à direita, escolha uma das formatações disponíveis ou clique na
opção Formato Personalizado;
 Clique em OK para confirmar.

O Excel pesquisa no intervalo selecionado, o valor da célula que corresponde à condição


especificada e atribui a formatação definida, resultando na planilha a seguir:
Para testar o funcionamento da Formatação Condicional, altere alguns valores de compra ou de
venda. Não se esqueça de Desfazer depois, para voltarem os valores corretos.
Novas opções de Formatação Condicional:
 Barras de Dados: o comprimento da barra de
dados representa o valor na célula. Uma barra mais
longa representa um valor mais alto e uma barra
mais curta representa um valor mais baixo.
 Escalas de Cor: escalas de cores são guias visuais
que ajudam a entender a distribuição e a variação
de dados. O tom da cor representa valores maiores
ou menores.
 Conjunto de Ícones: são utilizados para anotar e classificar dados em três a cinco
categorias separadas por um valor limite. Cada ícone representa um intervalo de valores.

Outro exemplo:
Para a apresentação de um novo exemplo, crie uma nova coluna com as informações conforme a
figura.
No exemplo gostaríamos que os produtos em Promoção ficassem com uma formatação diferente.
Para isso:
 Selecione o grupo de células H5:H11
 Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique na seta ao lado de Formatação
Condicional;
 Aponte para Realçar Regras das Células e clique em É Igual a...
 Digite o valor na caixa de texto à esquerda. No exemplo a palavra Promoção;
 Na caixa de listagem à direita, escolha uma das formatações disponíveis ou clique na
opção Formato Personalizado;
 Clique em OK para confirmar.

Gerenciando regras
O Excel possui uma caixa de diálogo denominada Gerenciador de Regras de Formatação
Condicional, com ela é possível exibir, editar, excluir e alterar a procedência das regras.
Para acessar esta caixa deve-se:
 Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique na seta ao lado de Formatação
Condicional;
 Selecione a opção Gerenciar Regras.
Quando duas ou mais regras de formatação condicional se aplicam a um mesmo intervalo de
células, essas regras são validadas em ordem de precedência, conforme listadas na caixa de diálogo.
Uma regra mais elevada na lista tem maior precedência do que uma regra mais baixa na lista, mas
você pode alterar a ordem de precedência usando as setas Mover para Cima e Mover para Baixo.
Utilizando o botão Nova Regra você pode criar uma regra, que será colocada embaixo de todas as
existentes. Já com o botão Editar Regra, você pode realizar alterações nas regras existentes e se
não quiser mais a regra criada, basta utilizar o botão Excluir Regra.

Estilo
Um Estilo é uma coleção definida de formatos - fonte, tamanho da fonte, atributos, formatos
numéricos, etc. - que podem ser armazenados como um conjunto e, posteriormente, aplicados em
outras células. Depois de criado um estilo ele fica disponível para todas as outras pastas de trabalho,
já existentes ou que forem criadas.
O Excel traz muitos estilos prontos para facilitar a formatação e padronização de suas planilhas,
além de permitir que sejam criados novos estilos.

Aplicar um estilo
 Selecione a célula ou intervalo de células onde quiser atribuir o estilo;
 Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique em EstilosdeCélula;
 Selecione o estilo desejado.
Criar um novo estilo
Depois de formatada uma célula, selecione-a para que seja atribuído um nome ao conjunto das suas
características. Tomando a planilha Produtos como exemplo:
 Selecione a célula que já está formatada. No caso a célula A4;
 Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique em Estilos de Células;
 Selecione a opção Novo Estilo de Célula.

 Digite um nome para o estilo e clique OK;


 Selecione a célula ou intervalo de células onde quiser atribuir o estilo criado; seja da mesma
planilha ou de outra, ou de pasta de trabalho diferente;
 Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique em Estilosde Células;
 Selecione a opção Exemplo que deve ser o primeiro estilo disponível.

Modificar um estilo
Qualquer estilo - seja ele fornecido pelo Excel ou criado por você - pode ter qualquer uma de suas
características modificadas, da seguinte forma:
 Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique em EstilosdeCélulas;
 Clique com o botão direito no estilo que deseja alterar e selecione a opção Modificar;
 Clique no botão Formatar;
 Na caixa de diálogo Formatar Células faça as alterações desejadas;
 Clique em OK para confirmar as alterações;
 Clique em OK da caixa de diálogo Estilo.

Comentários nas células


As células podem conter observações de outros usuários ou lembretes que ficam ocultos, isto é, não
são impressos. Uma célula contendo um comentário apresenta um pequeno triângulo vermelho no
canto superior direito.

Inserir um comentário 

 Na planilha Produtos selecione a célula F7;
 Clique o botão direito do mouse na célula e selecione a opção Inserir comentário;
 Na caixa de texto aberta, digite Menor Lucro entre todos os produtos
 Clique fora da caixa de texto quando terminar.
Para visualizar este comentário, basta posicionar o ponteiro do mouse na célula que contém o
triângulo vermelho, sem necessidade de clicar o botão do mouse.

Para que o comentário torne-se permanentemente visível, clique o botão direito do mouse na célula
que contém o comentário e escolha a opção Mostrar/Ocultar Comentários. Esta opção é útil
quando se deseja que os comentários fiquem visíveis no momento da impressão da planilha.
Para esconder novamente o comentário, basta repetir o procedimento clicando em Ocultar
comentário.
Apagar um comentário
 clique o botão direito do mouse na célula que contém o comentário;
 selecione a opção Excluircomentário do menu de contexto.

Aulas 26 a 30 - Correções e Modelos

Corrigir texto com a AutoCorreção


O recurso AutoCorreção do Excel corrige automaticamente as palavras grafadas incorretamente à
medida que são digitadas. A AutoCorreção possui centenas de entradas, com texto e símbolos que
podem ser editados, excluídos ou incluídos, e também aceita que você adicione novas entradas que
correspondam a palavras comumente digitadas erradas, como "voc6e" em vez de "você", "aue" em
vez de "que".
O Microsoft Excel compartilha os dicionários ortográficos e as entradas da AutoCorreção com
outros aplicativos do Microsoft Office.

Incluir uma entrada na AutoCorreção


Para adicionar entradas na AutoCorreção que permitam ao Excel corrigir palavras automaticamente,
siga o procedimento:
 Acesse a guia Arquivo e clique em Opções;
 No item Revisão de Texto clique em Opções de AutoCorreção.

 Na caixa de texto Substituir digite a palavra com a ortografia incorreta ou a abreviatura;


 Na caixa de texto Por, digite a entrada de substituição;
 Clique em Adicionar e depois em OK.

Verificação ortográfica
É possível verificar a ortografia em todos os tipos de planilhas. Se forem encontradas palavras que
não constem no dicionário principal - como abreviações ou nomes próprios - o Excel permite que as
palavras sejam adicionadas a um dicionário personalizado e a partir de então, o Microsoft Excel só
questionará as palavras se estiverem com erros de ortografia.
Selecione o intervalo de células que deseja verificar:
 Caso queira verificar a planilha inteira, clique em qualquer célula da planilha;
 Na guia Revisão, no grupo Revisão de Texto, clique em Verificar Ortografia.

 Não consta no dicionário: é a palavra que o Excel comparou com as do dicionário e não
encontrou, assim, ele julga estar errada;
 Sugestões: trará algumas palavras para selecionar a correta, caso exista;
 Ignorar uma vez: deixa o erro realçado inalterado e localiza o próximo erro de ortografia;
 Ignorar tudo: deixa todas as ocorrências do erro realçado inalteradas no documento e
continua a verificá-lo;
 Adicionar ao dicionário: adiciona a palavra realçada na caixa, Não consta no dicionário, ao
dicionário personalizado;
 Alterar: clique para aceitar a seleção atual na caixa Sugestões, ou edite o texto na caixa e,
em seguida utilizá-lo;
 Alterar todas: utilize para alterar todas as ocorrências da palavra que está na caixa Não
consta no dicionário, selecione a palavra que está na caixa Sugestões, ou edite o texto na
caixa e, em seguida, clique em Alterar todas. O Excel altera todas as ocorrências do erro
apenas na planilha ativa;
 AutoCorreção: adiciona o erro de ortografia e sua correção à lista de AutoCorreção de
forma que o Excel o corrigirá automaticamente enquanto você digitar novamente.

Modelos
Muitas vezes é necessário criar planilhas semelhantes, que contenham apenas alguns dados
distintos, como por exemplo, planilhas de orçamento mensal.
Todo mês são criadas planilhas com as mesmas fórmulas, rótulos, formatações, alterando somente
informações reais sobre o orçamento.
Equivalente a um formulário, um modelo é uma pasta de trabalho que pode conter fórmulas,
rótulos, imagens gráficas e formatação.
Recomenda-se a criação de modelos para dados a serem preenchidos e cujo formato é alterado
raramente.
O Excel possui modelos internos voltados para diversas aplicações comerciais. É apresentado como
abrir e salvar uma pasta de trabalho usando um modelo já existente.

Abrir modelos padrão do Excel 

 Acesse a guia Arquivo e clique em Novo;


 Clique em Modelos de exemplo.
Estes exemplos já estão disponíveis no Excel, mas existem outros com links diretos para o site
Office Online, onde você encontra diversas soluções de planilhas:
 Selecione o modelo que desejar e clique em OK.
Um arquivo de modelo possui extensão XLTX e não XLSX como as pastas de trabalho. Dessa
forma, cada vez que se abre uma nova pasta de trabalho a partir de um modelo, deve ser entendido
como sendo uma cópia que pode ser alterada e o arquivo original permanecerá intacto.
Será criada uma nova pasta de trabalho com nome correspondente ao do modelo que a gerou, e que,
portanto, deverá ser salva com outro nome qualquer, com extensão XLSX.

Criar modelos
Cria-se um modelo da mesma forma que se cria uma pasta de trabalho. Na primeira vez em que
salva a pasta de trabalho que deseja usar como modelo, deve-se especificar que se trata de um
modelo em vez de uma pasta de trabalho do Excel.
 Abra uma pasta de trabalho nova, incluindo todas as informações necessárias, como
fórmulas, rótulos, imagens, gráficos e formatação;
 Teste esta planilha com alguns dados para ter certeza que realmente funciona;
 Acesse na guia Arquivo e clique em Salvar como;
 Em Nome do arquivo, digite um nome sugestivo para o modelo;
 Na lista suspensa Tipo, selecione a opção Modelo do Excel (*.xltx);
 Clique em Salvar.
Editar modelos
Toda nova pasta de trabalho tem como base um modelo padrão, que inclui três planilhas e nenhuma
fórmula, rótulo ou formatação especial.
Quando é criada uma pasta de trabalho a partir de um modelo e são feitas alterações, estas serão
aplicadas no novo arquivo e não no modelo em si. Se for preciso alterar o próprio formulário de
modelo, de forma que todas as novas pastas de trabalho que tiverem como base esse modelo
reflitam essas alterações, será preciso abrir o modelo e fazer as alterações nesse arquivo:
 Acesse a guia Arquivo e clique em Abrir;
 Direcione para o local onde está armazenado o modelo, na lista Examinar e selecione o
nome do arquivo;
 Selecione o arquivo e clique no botão Abrir;
ou
 Utilizando os recursos do Windows, localize o arquivo Modelo que deseja abrir;
 Clique com o botão direito e selecione Abrir;
 Faça as alterações lembrando que afetarão todas as novas pastas de trabalho baseadas
neste modelo;
 Salve o arquivo e feche o modelo alterado.

Usar um modelo criado


 Acesse a guia Arquivo e clique em Novo;
 Clique em PESSOAL;
 Selecione o modelo criado anteriormente;
 Clique no botão OK.
Perceba que o nome dado a este novo arquivo é o mesmo do original, mas leva um número na
frente, e sua extensão é XLSX.

Aula 31 a 35 - Elaboração de fórmulas

Incluindo fórmulas nas células 

Depois de inserir dados nas células da planilha devem ser incluídas as fórmulas para que os cálculos
sejam efetuados.
A vantagem de uma célula conter uma fórmula é que, quando se alteram os dados na planilha ou
copia-se uma fórmula para outras células, o Excel ajusta automaticamente as referências de células
nas fórmulas e retorna aos resultados corretos.
Deve-se criar uma nova pasta de trabalho para a elaboração de fórmulas, renomear a planilha
de Plan1 para Fevereiro e salvar a pasta com o nome de Locadora.
Referências relativas e absolutas (Parte 1)
Por padrão, os endereços de célula nas fórmulas se alteram quando são copiados ou movidos para
novos locais. O Excel oferece a facilidade de arrastar a fórmula de modo a copiá-la para outras
células. Quando se cola ou arrasta uma fórmula para uma nova localização, as referências de célula
na fórmula se ajustam automaticamente em relação às suas novas localizações, para calcularem a
mesma fórmula com as informações das novas células.
Esse ajuste automático chama-se endereço relativo, que poupa o trabalho de criar novas fórmulas
para cada linha ou coluna em uma planilha repleta de informações repetitivas.
Exemplo: Quando a fórmula =C6*E6 na célula F6 é copiada para a célula F7,as referências de
células são alteradas automaticamente para =C7*E7.
No cálculo do Preço Total (coluna F),a fórmula elaborada para a célula F6 deve ser a mesma para
as linhas 7 a 12 desta coluna. Para melhor compreensão, pratique o seguinte procedimento:
 Selecione a célula F6 e crie a fórmula =C6*E6;
 Mantenha a célula F6 selecionada. Lembre-se que ela contém a fórmula a ser copiada;
 Clique na alça de preenchimento, de forma a transformar-se em um sinal de adição e arraste
até a célula F12.
Observe que o Excel preenche as células com a mesma fórmula, mas ajustando o endereço em
relação à sua localização. Desta forma, a planilha possuirá os seguintes cálculos:

Sinal de adição na alça de arraste da célula selecionada Fórmulas preenchidas através de referência
relativa.
Parte 2
Também existem situações que exigem que a fórmula copiada mantenha fixa a(s) referência(s) de
determinada(s) célula(s). Neste caso, é chamada de referência de célula absoluta, que é
identificada por um sinal de cifrão($) à esquerda da referência de coluna ou linha.
A aplicação a seguir ilustra a utilização prática deste tipo de referência:
 Para o cálculo do Novo Preço Unitário, elabore uma fórmula com o aumento de 11,5%
do Preço Unitário, isto é, a célula D6 deverá conter =C6+C6*C3. E esta fórmula deverá ser
copiada para as células D7:D12;
 Na coluna G é calculado o Novo Preço Total considerando o
mesmo reajuste, isto é, a célula G6 deverá conter =D6*E6. E
esta fórmula deverá ser copiada para as células G7:G12.
Verifique que ocorreram erros nos cálculos na coluna, Novo Preço
Unitário,devido à utilização de referência relativa, pois a célula C3,
que contém o índice de aumento, deve permanecer fixa na fórmula.

Cálculos errados com a referência relativa

Parte 3
Para solucionar este problema, deve-se utilizar a referência absoluta, elaborando a fórmula
=C6+C6*$C$3 da seguinte forma:
 Selecione a célula D6 e posicione o ponto de inserção na referência C3 da fórmula;
 Tecle <F4> uma vez, para que a referência de célula se torne absoluta;
 Tecle <Enter>.
Cada vez que a tecla <F4> é pressionada, as coordenadas absolutas de célula são alteradas, isto é,
tecle várias vezes em <F4> para tornar a coordenada de linha ou de coluna absoluta. Isto porque
quando uma fórmula é copiada, pode-se desejar que a linha permaneça fixa enquanto que a
coordenada de coluna seja relativa, ou vice-versa.

 Faça a cópia da fórmula para as células D7:D12 utilizando a alça de preenchimento.


Observe que, mesmo copiando ou movendo a fórmula para outro
local, a referência de célula absoluta mantém a referência fixa,
ou seja, a referência C3 permanece em todas as fórmulas
copiadas.

Nova fórmula com referências absolutas


Precedência de operadores
 
O Excel realiza seus cálculos com base em uma ordem de precedência de operadores, como se
segue: exponenciação, multiplicação, divisão e, finalmente, adição e subtração.
 
Exemplo:
Na fórmula 5+2*3, o Excel primeiro calcula 2*3 e depois 5+6, resultando em 11.
Para alterar a ordem de precedência, são utilizados parênteses em uma fórmula - o Excel calculará
as operações entre parênteses primeiro.
Exemplo: (5+2)*3 é calculado como 7*3, resultando em 21.

Localizar os argumentos da fórmula 

Depois de elaborada a fórmula é possível localizar os argumentos na planilha de forma prática:


 Ative a célula que contém a fórmula;
 Clique na Barra de fórmulas;
 Ou, efetue um duplo clique na célula que contém a fórmula.
Imediatamente cada argumento será identificado com bordas de cores diferentes na planilha,
facilitando a compreensão dos cálculos.
AutoCálculo
O recurso de cálculo automático deve ser utilizado quando não for preciso inserir uma fórmula na
planilha, mas apenas visualizar rapidamente os resultados de um cálculo simples.
O AutoCálculo apresenta automaticamente, na Barra de status, a soma, a média, máximo, mínimo
ou contagem de valores das células selecionadas. Esse resultado não aparece na impressão da
planilha, mas é útil para apresentar uma resposta rápida durante o trabalho, da seguinte forma:
 Na planilha Fevereiro selecione o intervalo G6:G12
Observe que na Barra de status aparecerá automaticamente o resultado
da Média, Contagem e Soma.

Selecionar outras operações


 Clique o botão direito do mouse em Soma na Barra de Status e clique no tipo de cálculo
desejado.

Outras operações de AutoCálculo

Aula 36 – Funções

O que são funções?


As funções são fórmulas predefinidas que poupam tempo e trabalho na criação de uma equação
usada com frequência. O Excel apresenta centenas de funções que podem ser utilizadas sozinhas ou
em combinação com outras fórmulas ou funções.
Exemplo: pense em somar 6 células, a fórmula ficaria algo como, =A1+A2+A3+A4+A5+A6.Agora
imagine 1000, 2000 células, fica complicado não, assim esta fórmula pode ser substituída pela
função =SOMA(A1:A6)
As funções podem ser incluídas manualmente desde que você conheça seus nomes e os argumentos
necessários. Argumentos são dados que a função utiliza para executar uma ação ou produzir um
novo valor.
Na função =SOMA(num1; num2;...;numn) os parênteses podem conter até 255 argumentos. O
número de argumentos utilizados varia de função para função; sendo que algumas não requisitam
nenhum. Se uma função requerer mais de um argumento, eles devem ser separados pelo sinal
ponto-e-vírgula.
Os argumentos podem ser constantes, como na função =SOMA(100+B5) que faz a soma do
conteúdo da célula com 100, como também podem ser outras funções, como
em =SOMA(MÉDIA(A1:A5);B5) que soma o valor médio entre as células A1 e A5 com o
conteúdo de B5.
Utilizando novamente a pasta de trabalho Locadora e a planilha Fevereiro,criada anteriormente,
pode-se calcular os totais da Quantidade Vendida, do Preço Total e do Novo Preço Total através
de funções simples, conforme procedimentos a seguir:
 Selecione a célula E14, onde deverá ser calculado o total das quantidades vendidas;
 Da mesma forma que as fórmulas, toda função deve
começar com um sinal de igual (=). Depois disso, digite o
nome da função seguido de parêntese de abertura. Portanto,
digite =SOMA(
 Digite o argumento ou dê um clique na célula ou no
intervalo de células a serem somadas. No exemplo,
selecione o intervalo E6:E12
 Tecle <Enter> ou clique no botão Inserir da Barra de
fórmulas. O Excel incluirá automaticamente o parêntese de
fechamento para completar a função.

Cálculo da soma das quantidades vendidas

Aula 37 a 40 - Funções

AutoSoma
A função de soma predefinida pelo Excel é a frequentemente usada nas planilhas. Por este motivo a
guia Fórmulas apresenta um botão de AutoSoma que insere mais rapidamente a função de soma,
além de sugerir os argumentos.

Botão de AutoSoma
 Na planilha Fevereiro selecione a célula F14, onde será calculado o somatório da coluna
do Preço Total;
 Clique no botão AutoSoma;
 Verifique se o intervalo sugerido F6:F13 está correto, senão selecione com o mouse o
intervalo de células desejado, no caso: F6:F12
 Tecle <Enter> para confirmar.

Encontrar funções no Excel 

É muito simples criar fórmulas mais complicadas, através das funções predefinidas pelo Excel,
combinadas com funções ou outras fórmulas. Uma função define todos os componentes necessários
para produzir um resultado específico, tudo o que se tem a fazer é fornecer os valores, referências
de célula e outras variáveis.

Na planilha Fevereiro, use o botão Inserir Função para calcular a soma da coluna Novo Preço


Total. Para isso:
 Clique na célula G14, onde será inserida a função;
 Na guia Fórmulas, no grupo Biblioteca de Funções clique no botão Inserir Função;
 Na caixa de diálogo observe que cada categoria possui uma série de funções diferentes, cuja
sintaxe apresentada indica os argumentos necessários. Selecione a função SOMA na
categoria Mais Recentemente Usada, ou caso essa função não apareça nessa categoria,
selecione a categoria Matemática e Trigonométrica e encontre a função SOMA;
 Clique em OK.
A caixa de diálogo SOMA é aberta para que os argumentos possam ser indicados diretamente na
planilha.
 Selecione o intervalo G6:G12 na caixa de texto Núm1.

Clique em OK para que a função seja automaticamente inserida na planilha.

Funções comumente utilizadas


O Excel possui uma infinidade de funções dentro de seu assistente, e agora, para facilitar ainda
mais, os grandes grupos estão diretamente na janela. Veja.

A intenção do curso não é apresentar todas as funções disponíveis no Excel, mesmo porque isso
levaria um tempo enorme e outros conhecimentos como Estatística, Matemática Financeira, Banco
de Dados, entre outros. O importante é saber usar as mais comuns e, se necessário, encontrar onde
ficam as outras.

MÉDIA
Para encontrar a média aritmética de um intervalo de valores é utilizada a função MÉDIA:
 Abra uma nova pasta de trabalho e salve-a como Vendedores;
 Inclua os dados conforme figura:

 Ative a célula B16, onde será inserida a função de Média;


 Clique na setinha do botão AutoSoma e selecione a opção Média.

Verifique se as células selecionadas estão corretas. No exemplo deve ser B4:B14;


tecle <Enter> para confirmar a inserção da função na planilha.

É possível encontrar esta função também no grupo Estatística. Desta forma o Excel abre a caixa de
diálogo, Inserir função, e você deve seguir os mesmos passos usados na função Soma vista
anteriormente.
MÍNIMO
Para encontrar o valor mínimo de um intervalo de valores é utilizada a função MÍNIMO.
 Utilizando a pasta de trabalho Vendedores ative a célula B17, onde será inserida a função;
 Clique na setinha do botão AutoSoma e selecione a opção Mín;
 Verifique se as células selecionadas estão corretas. No exemplo deve
ser B4:B14 novamente;
 Tecle <Enter> para confirmar a inserção da função na planilha.

MÁXIMO
Para encontrar o valor máximo de um intervalo de valores é utilizada a função MÁXIMO:
 Utilizando a pasta de trabalho Vendedores ative a célula B18, onde será inserida a função;
 Clique na setinha do botão AutoSoma e selecione a opção Máx;
 Verifique se as células selecionadas estão corretas. No exemplo deve
ser B4:B14 novamente;
 Tecle <Enter> para confirmar a inserção da função na planilha.

ARRED 

A função ARRED arredonda um número na casa decimal desejada. Exemplos:


=ARRED(1,89;1) retorna o número 1,9, ou seja, arredondou o número 1,89 na primeira casa
decimal.
=ARRED(1,1459;2) retorna o número 1,15, ou seja, arredondou o número 1,1459 na segunda casa
decimal.
Esta função é muito útil quando cálculos matemáticos serão realizados com base nos valores
arredondados.
Não pense que a função ARRED faz a mesma coisa que os botões Aumentar Casas
Decimais ou Diminuir Casas Decimais, pois usando esses botões, só a formatação da célula é
alterada, mas o seu conteúdo permanece o mesmo. Assim, o número inicial colocado na célula
continua com o mesmo número de casas decimais do momento da sua inserção, podendo ocasionar
diferenças nos cálculos matemáticos.

TRUNCAR 

A função TRUNCAR corta um número na casa decimal desejada, desprezando as casas decimais


subsequentes.
Exemplos:
=TRUNC(1,89;1) retorna o número 1,8, ou seja, truncou o número 1,89 na primeira casa decimal.
=TRUNC(1,1459;2) retorna o número 1,14, ou seja, truncou o número 1,14 na segunda casa
decimal.
Esta função é muito útil quando cálculos matemáticos serão realizados com base nos valores
truncados onde casas decimais deverão ser ignoradas.
Para testar as funções ARRED e TRUNCAR, abra uma nova pasta de trabalho e elabore a planilha
a seguir e salve a pasta de trabalho com o nome Preços.

 Clique na célula C5, digite a fórmula: =ARRED(B5;1)


 Copie essa fórmula para as células C6:C8
 Clique na célula D5, digite a fórmula: =TRUNCAR(B5;1)
 Copie essa fórmula para as células D6:D8
 Clique na célula F5, digite a fórmula: =B5*E5
 Copie essa fórmula para as células F6:F8
 Clique na célula G5, digite a fórmula: =C5*E5
 Copie essa fórmula para as células G6:G8
 Clique na célula H5, digite a fórmula: =D5*E5
 Copie essa fórmula para as células H6:H8
 Clique na célula F10, digite a fórmula: =SOMA(F5:F8)
 Copie essa fórmula para as células G10:H10

Confira os resultados calculados na planilha:

Perceba na soma das colunas F, G e H que os valores ficaram diferentes, assim, imagine grandes
quantias, que diferença que isso pode resultar.
SE
 
A função SE é bastante útil para testar o conteúdo de uma célula e retornar um valor lógico
(verdadeiro ou falso) baseado nos resultados do teste:
 Abra uma pasta de trabalho e salve com o nome Estoque;
 Ative uma planilha em branco (Plan1, por exemplo) e entre com os dados:

 Para o cálculo do Estoque Atual, utilize a fórmula =B4+C4-D4 na célula E4 e copie para as


células E5 até E11.
Supondo que a planilha pretenda mostrar qual atitude tomar em relação aos estoques atuais, será
elaborada uma função que verifica se o estoque atual de cada produto é menor que a quantidade
mínima (E4 < F4). Se o estoque atender ao teste, a função SE retornará o valor "Comprar" e se
não atender, "Normal".
 Ative a célula G4, onde será inserido o resultado da função e clique no botão Inserir
Função;
 Selecionando a função SE na categoria Lógico, preencha os campos com os argumentos:

Nos argumentos Valor_se_verdadeiro e Valor_se_falso podem-se digitar apenas palavras como


no exemplo, como também referenciar células, fazer cálculos e executar outras funções. Estas
opções serão treinadas nas atividades do curso.
 Clique em OK para confirmar;
 Arraste a fórmula para copiá-la nas células G5 até a G11.

SOMASE
A função SOMASE é utilizada para somar valores em um intervalo que atendem aos critérios
especificados. Na construção desta fórmula dois itens são fundamentais:
intervalo - é o intervalo de células que se deseja calcular por critérios.
critérios - pode ser um número, expressão, referência de célula, texto ou função que define quais
células serão adicionadas.
Para testarmos o funcionamento desta função, abra novamente a pasta de trabalho
denominada Vendedores e digite as novas informações conforme mostra a imagem.

Digitando a fórmula
 Clique na célula E5
 Digite =SOMASE(
 Selecione o intervalo, que no exemplo é A3:B14
 Digite; (ponto e vírgula)
 Selecione a célula onde se encontra o critério, no exemplo clique em D5 ou
digite "Sandra" entre aspas
 Digite; (ponto e vírgula) novamente
 Selecione agora o intervalo da soma, que são os valores da venda, B3:B14
 Tecle Enter para concluir.

Usando o botão Inserir Função


 Clique na célula E6
 Na guia Fórmulas cliquem no botão Inserir Função;
 Localize a função SOMASE
 Preencha os campos Intervalo, Critérios e Intervalo_soma conforme a imagem:
 clique em OK para concluir;
 crie as fórmulas SOMASE para os outros dois vendedores utilizando a método que preferir.

SOMASES
A função SOMASES é muito parecida com a vista anteriormente, a diferença é que ela permite
somar células com base em vários critérios.
Para testarmos o funcionamento desta nova função, mantenha a pasta de trabalho
denominada Vendedores aberta e digite as novas informações conforme mostra a imagem.
Digitando a fórmula
 Clique na célula E12
 Digite =SOMASES(
 Selecione o intervalo da soma, que no exemplo é B3:B14
 Digite; (ponto e vírgula)
 Selecione o intervalo de critérios 1, no exemplo é A3:A14
 Digite; (ponto e vírgula) novamente
 Para o critério 1 digite "Sandra" entre aspas
 Digite; (ponto e vírgula) novamente
 Selecione o intervalo de critérios 2, no exemplo é B3:B14
 Digite; (ponto e vírgula) novamente
 Para o critério 2 digite ">3000" entre aspas
 Tecle Enter para concluir
 Repita o mesmo procedimento para criar as fórmulas nas células E13 e E14
Usando o botão Inserir Função
 Clique na célula E13
 Na guia Fórmulas cliquem no botão Inserir Função;
 Localize a função SOMASES
 Preencha os campos Intervalo_soma, Intervalo_critérios e Critérios conforme a imagem:

 Clique em OK para concluir;


 Repita o mesmo procedimento para a criação da fórmula SOMASES na célula E14.
Aula 41 - Funções comuns e aninhadas

Funções CONT
Existem alguns tipos de funções CONT no
Excel, e elas tem objetivo de contar a
quantidade dos itens contidos na planilha,
estabelecendo critérios específicos para isso
ou não.
Para testar dois tipos desta função, crie a
planilha e salve-a com o nome Matrículas.

Observe que a planilha foi preenchida com um


"s" para os cursos que os alunos querem
realizar e um "n" para os cursos que não os
interessa.
Estas fórmulas podem ser digitadas ou adicionadas através do botão Inserir Função. Para treinar
serão utilizadas as duas formas.
Fórmulas:
Para calcular a quantidade de alunos, utilize a função CONT.VALORES, pois ela calcula o número
de células não vazias e os valores na lista de argumentos, ou seja, o número de células com dados
em uma lista:
 Clique na célula B16 e digite =CONT.VALORES(
 Faça a seleção de todos os nomes dos alunos. Veja que a função fica
=CONT.VALORES(A4:A13
 Tecle <Enter>.
Para calcular a quantidade de alunos matriculados em cada curso, utilize a função CONT.SE:
Calcula o número de células não vazias em um intervalo que corresponde a determinados critérios:
 Ative a célula B17 e clique no botão Inserir Função.
 Selecionando a função CONT.SE na categoria Estatística, preencha os campos com os
argumentos:

 Clique em OK;
 Repita o procedimento para criar os cálculos para os cursos de Excel e PowerPoint.

Funções Data e Hora


O Excel atribui automaticamente um formato de número correto, de acordo com a entrada digitada.
Embora seja possível visualizar datas e horas em vários formatos, Excel armazena datas e horas
como número serial.
Por exemplo: 1° de janeiro de 1900 é o número de série 1 e 28 de junho de 2013 é o número de
série 41453 porque está 41.453 dias após 1° de janeiro de 1900.
Quando uma data é digitada no Excel, ela aparece na planilha como uma data de calendário normal.
Tratando as datas dessa forma, o Excel pode realizar cálculos que envolvem datas e estas datas
podem ser usadas como fórmulas e como constantes.
Para exibir uma data serial como uma data cronológica, formate a célula como número, caso
contrário, ao digitar pelo menos o dia e o mês, separados pela barra (/), o Excel já atribui o formato
de data cronológica.
Da mesma forma das Datas, as horas, minutos e segundos são armazenados como números seriais
entre 0 e 0,99999999. Essa sequência de números decimais representa todas as horas (até os
segundos) entre 00:00:00 e 23:59:59, lembrando que a hora só será exibida como número serial se a
célula for formatada como um número.
 
Observações:
Para digitar datas, use uma barra (/) ou um hífen (-).
Para digitar hora, use o sinal de dois pontos (:).
Para digitar data e hora na mesma célula, insira um espaço entre elas.
Se quiser exibir horas no formato de 12 horas, digite um espaço depois da hora e então digite A para
AM e P para PM.
Datas são ajustadas automaticamente à direita, a menos que o modo de alinhamento seja alterado.
Para digitar a data atual, pressione as teclas <Ctrl><;> juntamente.
Para digitar a hora atual, pressione as teclas <Ctrl><Shift><;> juntamente.

Função DIA
DIA(número de série ou texto): retorna o dia da data especificada como número de série ou uma
data como texto.
Exemplo:
=DIA("26/05/2013") fornecerá como resultado: 26
=DIA(41420) fornecerá como resultado: 26
Função MÊS
 
MÊS(número de série ou texto): retorna o mês da data especificada como número de série ou uma
data como texto.
Exemplo:
=MÊS("26/05/2013") fornecerá como resultado: 05
=MÊS(41420) fornecerá como resultado: 05

Função ANO 

ANO(número de série ou texto): retorna o ano da data especificada como número de série ou uma
data como texto.
Exemplo:
=ANO("26/05/2013") fornecerá como resultado: 2013
=ANO(41420) fornecerá como resultado: 2013
Função DIAS360
DIAS360(Data_inicial;Data_final;método) - retorna o número de dias entre duas datas com base
um ano de 360 dias (doze meses de 30dias).
Exemplo:
=DIAS360("26/05/2003";"26/05/2013") fornecerá como resultado: 3600 (dias)

Funções HOJE e AGORA


HOJE(): retorna a data atual numa célula.
Exemplo: =HOJE()
AGORA(): retorna a data e a hora atual numa célula.
Exemplo: =AGORA()

Funções HORA, MINUTO e SEGUNDO 

HORA(número de série ou texto): retorna o número de horas da hora especificada como número
de série ou de uma hora como texto.
Exemplo:
=HORA("13:00") fornecerá como resultado: 13
=HORA(0,5416667) fornecerá como resultado: 13
MINUTO(número de série ou texto): retorna os minutos da hora especificada como número de
série ou de uma hora como texto.

Exemplo:
=MINUTO("13:30") fornecerá como resultado: 30
=MINUTO(0,5625) fornecerá como resultado: 30
SEGUNDO(número de série ou texto): retorna os segundos da hora especificada como número de
série ou de uma hora como texto.
Exemplo:
=SEGUNDO("13:00:34") fornecerá como resultado: 34
=SEGUNDO(0,542060185) fornecerá como resultado: 34

Exemplificando as funções vistas


Crie uma nova pasta de trabalho e digite a planilha:
 Renomeia a Plan1 para Data e Hora;
 Na célula B4, digite =DIA(A4) e autopreenchimento;
 Na célula C4, digite =MÊS(A4) e autopreenchimento;
 Na célula D4, digite =ANO(A4) e autopreenchimento;
 Na célula E4, digite =MÊS(A4)&"/"&ANO(A4) e autopreenchimento;
 Na célula A10, digite =HOJE()
 Na célula B10, digite =DIA(HOJE())
 Na célula C10, digite =MÊS(HOJE())
 Na célula D10, digite =ANO(HOJE())
 Na célula B14, digite =HORA(A14) e autopreenchimento;
 Na célula C14, digite =MINUTO(A14) e autopreenchimento;
 Na célula D14, digite =SEGUNDO(A14) e autopreenchimento;
 Na célula E14, digite =HORA(A14)&":"&MINUTO(A14) e autopreenchimento;
 Na célula A20, digite =AGORA()
 Na célula B20, digite =HORA(AGORA())
 Na célula C20, digite =MINUTO(AGORA())
 Na célula D20, digite =SEGUNDO(AGORA())
Usa-se do autopreenchimento para resolver as demais linhas.

Funções aninhadas
O Excel permite que sejam colocadas funções dentro de outras funções, quando é preciso tomar
decisões mais complexas. A função SE é frequentemente utilizada em combinação com a
função E e OU para criar funções aninhadas, onde uma função é argumento de outra.
Supondo que você pretende avaliar o saldo devedor total verificando o quanto pode afetar seu
faturamento mensal, estipulou que se o saldo devedor total estiver dentro da faixa de R$ 400,00 a
R$800,00 o faturamento permanece equilibrado. Se estiver acima de R$ 800,00 pode-se considerar
que o faturamento mensal está comprometido.

 Para calcular o saldo devedor total, inclua o campo Saldo devedor na célula C11 e o


resultado da soma das células D4:D9 na célula D11;
 Com a célula D13 selecionada, clique no botão Inserir Função e escolha a função SE;
 Para aninhar as funções, clique na seta de lista suspensa Funções da Barra de fórmula e
selecione a função E;

Indique os argumentos como mostra a figura:


 Clique na Barra de fórmulas e tecle <End>a fim de mover o ponto de inserção para o final
da fórmula em andamento. A caixa de diálogo da função SE reaparecerá;
 Preencha os argumentos da função SE como mostra a figura:

 Clique em OK para confirmar. A célula D13 recebeu o conteúdo: "Equilibrado".


Observando os resultados percebe-se que se o saldo devedor total for menor que R$ 400,00 a
função retornará também "comprometido", o que é irreal. Portanto, seria preciso aninhar mais uma
função que verificasse esta condição, conforme modelo a seguir:
=SE(E(D11>=400;D11<=800);"Equilibrado";SE(D11<400;"Irrelevante";"Comprometido"))

Aulas 42 e 43 - Fórmulas tridimensionais

Elaboração de fórmulas tridimensionais 

O Excel permite que uma fórmula seja elaborada utilizando-se referências de células de outras
planilhas ou até mesmo pastas de trabalho diferentes, possibilitando assim o compartilhamento de
informações. Desta forma, estas fórmulas recebem o nome de Fórmulas 3D.
 Utilizando a pasta de trabalho CF Trade, renomeie a planilha para Janeiro;
 Crie na mesma pasta de trabalho, duas cópias desta planilha (copie a planilha Janeiro para
ganhar tempo), uma se chamará Fevereiro e a outra Março, como mostrado:
 Altere as quantidades vendidas nas planilhas de Fevereiro e Março;
 Crie na Plan2 na mesma pasta de trabalho, a planilha Total será igual as outras, exceto pelas
quantidades, portanto, apague-as.

Para calcular o total da quantidade vendida nos meses de Janeiro. Fevereiro e Março:
 Ative na planilha Total, a célula C5, digite o sinal de igual (=), clique na guia da
planilha Janeiro eselecione a célula C5;
 Digite o sinal de adição, ative a guia da planilha Fevereiro eselecione a célula C5;
 Digite o sinal de adição, ative a guia da planilha Março eselecione a célula C5;
 Tecle <Enter>. Observa-se na Barra de fórmulas que o endereço da célula é composto pelo
nome da guia da planilha e pela referência da célula.
Existe a opção de usar a função SOMA para isto. Veja os exemplos:

Clique na célula C5 e arraste pela alça para que a fórmula seja copiada para as células C6:C11.
Este é apenas um exemplo simples, você pode utilizar qualquer tipo de fórmulas e funções
buscando informações em outras planilhas ou mesmo em outras pastas de trabalho. Na maioria das
vezes, as fórmulas 3D são utilizadas quando se deseja criar totalizações, mas podem ser utilizadas
quando se tem uma planilha apenas com informações para cálculos, tais como índices, juros,
cotações, etc.

Controlar recálculos 

Quando um dos valores de uma planilha é alterado, o Excel recalcula todas as fórmulas que
fizerem referência a esta célula modificada. O tempo utilizado para recalcular uma planilha
depende do seu tamanho, do número de células dependentes e do número de arquivos abertos.
Portanto, para não gastar tempo a cada alteração de valores é possível executar o recálculo
manualmente, que permite ao usuário ativar o recálculo somente depois de feitas todas as
alterações.

 Acesse a guia Fórmulas, no grupo Cálculo clique no botão Opções de Cálculo;


 Ative a opção Manual.

Estas opções também são encontradas entre as Opções do Excel. Veja.


Observe que depois destas alterações, apenas a pasta de trabalho atual assumirá esta configuração.
A partir disso, será preciso ativar manualmente o cálculo sempre que for preciso, da seguinte forma:
 Na planilha Fevereiro,altere o conteúdo da célula D6 de 290 para 310.
Verifique que o Lucro que é dependente desta célula, não teve seu cálculo alterado.
 Para ativar o recálculo manualmente, tecle <F9> ou então o botão Calcular Agora (F9) do
grupo Cálculo, na guia Fórmulas.
Observe que todos os cálculos são atualizados.
 Volte o cálculo para Automático.

Mensagens de erro
Antes de aparecer uma mensagem de erro em uma célula, o Excel tenta consertá-la usando um
recurso chamado AutoCorreção de fórmulas, sugerindo uma solução para a fórmula digitada.
Por exemplo:
Numa planilha vazia:
 Digite numa célula qualquer a fórmula =MÉDIA(B4:B9)), digitando de propósito dois
parênteses no final;
 Tecle <Enter> no final. Aparecerá a seguinte caixa de diálogo de AutoCorreção:

 Clique no botão Sim para aceitar a sugestão exibida.


Veja algumas das mensagens de erro mais comuns no Excel e saiba como solucioná-los.
Mensagem de erro: #####
O erro ##### ocorrerá quando a célula contiver um número, data ou hora mais longos do que a
célula ou quando a célula contiver uma fórmula de data e/ou hora que produza um resultado
negativo.
Solução:
 Aumente a largura da coluna. Você pode redimensionar a coluna, arrastando o limite entre
os cabeçalhos de coluna;
 Aplique um formato de número diferente. Em alguns casos, você pode alterar o formato de
número da célula para fazer com que o número caiba dentro da largura de célula existente.
Por exemplo, diminua o número de casas decimais;
 Certifique-se de que as fórmulas da data e hora estejam corretas.

Mensagem de erro: #DIV/0! 

O valor de erro #DIV/0! ocorre quando uma fórmula divide por 0 (zero).


Solução:
 Certifique-se de que o divisor na função ou fórmula não seja zero ou esteja em branco;
 Para evitar que um valor de erro seja exibido, use a função de planilha SE. Se a célula usada
como divisor estiver em branco ou contiver um zero (0), a função SE poderá não exibir nada
em vez de efetuar o cálculo. Por exemplo, se a célula B5 contiver o divisor e A5 contiver o
dividendo, use =SE(B5=0,"",A5/B5). As duas aspas representam uma sequência de
caracteres de texto vazia.

Mensagem de erro: #NOME? 

Ocorre quando o Excel não reconhece o texto em uma fórmula. Pode ser que o nome da função
digitada não exista ou está escrita incorretamente.
Solução:
 Função inexistente;
 Se a função de planilha for parte de um programa suplementar, este deve estar carregado.

Mensagem de erro: #VALOR! 

O valor de erro #VALOR! ocorre quando o tipo de argumento ou operando errado é usado, ou se o


recurso AutoCorreção de fórmulas não pode corrigir a fórmula.
Solução:
 Certifique-se de que a fórmula ou função esteja correta para o operando ou argumento
necessário, e que as células que são referenciadas pela fórmula contenham valores válidos.
Por exemplo, se a célula A5 contiver um número e a célula A6 contiver um texto, a fórmula
=A5+A6 retornará o erro #VALOR!

Mensagem de erro: #REF


O valor de erro #REF! ocorre quando uma referência da célula não é válida.
Solução:
 Altere as fórmulas ou restaure as células na planilha, clicando em Desfazer logo após a
exclusão ou colagem das células.

Aulas 44 a 48 - Gráficos

Gráficos
Um gráfico é uma representação visual de dados selecionados em uma planilha, que quando
bem elaborado ilustra tendências e destaca relações importantes entre os números.
A maioria dos gráficos arruma os dados em um eixo vertical e um eixo horizontal,
representando categorias e valores.
Uma categoria é o item que está sendo exibido em forma de gráfico e um valor é a quantidade de
cada item.
Alguns componentes de um gráfico são apresentados:
Elaboração de gráficos
Para ilustrar a elaboração do gráfico, você deve criar a planilha, calculando o total e a média de
cada mês.

Para analisar de maneira mais fácil os dados referentes às vendas das cestas, pode-se elaborar um
gráfico da seguinte forma:
 Grave a pasta de trabalho com o nome de Gráficos;
 Selecione a sequência de células que contém os dados que serão representados pelo gráfico.
Em nosso exemplo, selecione o intervalo de células A3:E9.
Na guia Inserir encontra-se o grupo: Gráficos. Veja:

 Na opção Colunas, no subtipo Coluna 2D, selecione Colunas Agrupadas.


O Excel, automaticamente, cria o gráfico para você e coloca na mesma planilha onde estão as
informações.
Perceba que são apresentadas outras opções no topo da janela. Estas opções são referentes
ao Design do gráfico. As opções dessas e das outras guias relacionadas às Ferramentas de Gráfico
serão vistas no decorrer do curso.

Tipo de gráfico 

Existem vários tipos padrão de gráficos e cada tipo básico possui uma seleção adicional de subtipos.
Portanto, você deve tomar muito cuidado na escolha do gráfico, de forma que represente os dados
da forma mais direta e de simples compreensão.
 Gráficos de Coluna: utilizados para mostrar comparações entre itens diferentes em um
único período de tempo, ou para mostrar variações de itens diferentes entre vários períodos.
Exemplo: Comparação de vendas anuais de cada um dos últimos cinco anos.
 Gráficos de Barra: são como os gráficos de coluna, com a diferença de que os eixos são
invertidos. É mais indicado para ilustrar valores de itens diferentes em um período de tempo.
Exemplo: Identificar qual o vendedor teve as maiores vendas no mês de março.
 Gráficos de Cilindro, Cone e Pirâmide: representam variações de formato para as colunas
e barras, podendo ser aplicados nos mesmos casos.
 Gráficos de Linha e Ações: utilizados para ilustrar variações ao longo do tempo, em um
único item ou em vários. Exemplo: Gráficos de ações expressam como vão suas ações
através dos tempos
 Gráficos de Pizza: mostram a relação entre o todo e as partes. Exemplo: Qual parte do meu
orçamento está sendo gasto com transporte?
 Gráficos de Rosca: assim como o gráfico de pizza, o gráfico de rosca mostra que diversas
partes contribuem para o todo, mas com a diferença de poder mostrar várias sequências de
dados. Exemplo: Mostrar a composição de um projeto de investimento em dois anos
diferentes, um em cada anel.
 Gráficos de Área: ilustram variação através do tempo e relação proporcional entre partes e
todo.
 Gráficos de Radar: geralmente são de difícil interpretação, pois são capazes de mostrar
relações entre diferentes sequências de dados, e entre cada sequência e todas as outras, tudo
ao mesmo tempo. Exemplo: Aplicações complexas de gerenciamento de projetos.
 Gráficos de Dispersão: muito utilizado em estatística para mostrar tendências, ilustrando a
intensidade da relação entre os pontos de dados e um valor intermediário.

Alterar o tipo de gráfico


Agora que você conhece melhor as diferenças entre os tipos de gráficos, veja como é simples e
rápido fazer esta alteração:
 Com o gráfico selecionado, ative a guia Design;
 Clique no primeiro botão desta guia, chamado Alterar Tipo de Gráfico.
O Excel abre uma janela de mesmo nome com todas as opções de gráficos e os subtipos
correspondentes.

 Selecione o gráfico que desejar e clique em OK para aplicá-lo;


 Repita esta operação algumas vezes para acostumar-se com os tipos de gráficos.
Nesta mesma janela existe uma
guia denominada Gráficos
Recomendados. Esta opção
também está disponível no grupo
Gráfico visto anteriormente.
Estes chamados Gráficos
Recomendados são sugestões do
Excel para apresentar os dados
que você selecionou.

Pode-se mover ou alterar o


tamanho de um gráfico
incorporado depois de selecioná-
lo, isto é, clicando sobre a área
em branco do gráfico ele passa a ser delimitado por pequenas marcas chamadas alças.

Alternar os eixos 

Quando o gráfico foi criado, o Excel entendeu que os meses deveriam ficar no eixo X e as
quantidades no eixo Y, isso porque as informações estavam dispostas desta forma. Isto pode ser
alterado facilmente. Veja:
 Mantenha o gráfico selecionado;
 Na guia Design, no grupo Dados clique no botão Alternar
Linha/Coluna.

O Excel alterna os eixos do gráfico. Agora é mais uma opção de gosto pessoal, a maneira que você
acha que o gráfico será mais bem entendido pelo público.
Alterar o design
O Excel traz diversos designs que deixam seu gráfico com uma aparência muito profissional. Antes
da versão 2007, estas formatações levavam muito tempo para serem feitas, além de precisar de certa
experiência da manipulação de cores e fontes.
Você vai aplicar diversos designs em seu gráfico. Para isso:
 Com o gráfico selecionado, ative a guia Design;
 Em Estilos de Gráfico escolha a opção desejada;
 Repita esta operação várias vezes até encontrar o que mais lhe agrada.

Algumas das opções de Design disponíveis


Um gráfico é uma representação visual de dados selecionados em uma planilha, que quando
bem elaborado ilustra tendências e destaca relações importantes entre os números.

Minigráficos
O recurso de criação de Minigráficos é uma novidade desta versão do Excel.
As informações apresentadas em uma linha ou coluna são muito úteis, mas fica complicado mostrar
padrões dessa forma, para isso esta versão do Excel traz o recurso para criação de Minigráficos.
Eles são gráficos muito pequenos que se ajustam a uma célula. Sua principal função e mostrar
tendências ao longo de dados e em pouco espaço.
Embora não seja obrigatório que o minigráfico esteja diretamente ao lado de seus dados utilizados,
essa é uma prática recomendada para sua melhor visualização e entendimento.
Diferentemente de gráficos em uma planilha do Excel, os minigráficos não são objetos, eles ficam
no plano de fundo de uma célula.

Criando um Minigráfico
Para a criação deste Minigráfico vamos utilizar as
mesmas informações usadas no gráfico anterior.
 Mantenha a pasta de trabalho Gráficos aberta;
 Selecione os dados da célula A3:G10;
 Clique com o botão direito na seleção e
escolha Copiar, ou tecle Ctrl + C;
 Vá para a Plan2 e clique na célula A3;
 No botão Colar, selecione a opção Transpor.
Veja que as informações foram coladas de maneira diferente, as informações que estavam na
vertical agora estão na horizontal e vice-versa.
 Selecione as informações relacionadas a cesta
denominada Automotivo, ou seja, B4:H4;
 Na guia Inserir, no grupo Minigráficos,
selecione o tipo que deseja criar. No exemplo
clique em Linha.
Na nova janela apresentada, clique no local onde o Minigráfico deve ser inserido, célula I4.
 clique em OK para confirmar;
 pronto, o Minigráfico foi criado. Copie-o para as células I5:I7.

Ferramentas de Minigráfico
Quando um ou mais minigráficos são selecionados, são exibidas as Ferramentas de
Minigráfico na guia Design. Nela você pode escolher um ou vários comandos entre os seguintes
grupos: Minigráfico, Tipo, Mostrar, Estilo e Agrupar.
Aulas 49 e 59 - Edição de gráficos

O que significa editar gráficos? 

Editar um gráfico significa alterar seus recursos. Depois de pronto é possível adicionar e alterar os
elementos do gráfico, além de mudar todas as formatações tais como cores, bordas, layout, posição,
etc.
É importante ressaltar que a edição de um gráfico não tem efeito nenhum sobre os dados da planilha
usados para criá-lo.
Para estas edições você pode utilizar os recursos das guias e também efetuar um duplo clique no
item que deseja alterar.

Rótulos 

Os rótulos são utilizados para facilitar a identificação de uma série de dados em um gráfico. Veja na
figura quais são as opções disponíveis:

Para entender corretamente como funcionam, eles serão adicionados ao gráfico:


 Mantenha o gráfico selecionado;
 Clique no símbolo de Elementos do Gráfico, representado por um sinal de MAIS,
 Aponte para Título do Gráfico;
 Selecione a opção Acima do Gráfico;
 Observe que foi adicionado ao gráfico um espaço para o título. Clique neste espaço e
digite Produtos mais Importados.
 
Agora serão adicionados títulos aos eixos X e Y:
 Mantenha o gráfico selecionado;
 Clique no símbolo de Elementos do Gráfico, representado por um sinal de MAIS,
 Aponte para Títulos dos Eixos e clique em Horizontal Principal;
 No espaço reservado adicionado embaixo do gráfico digite Meses;
 Aponte para Títulos dos Eixos e clique em Vertical Principal;
 No espaço reservado adicionado ao lado esquerdo do gráfico digite Quantidades.
 
Agora serão adicionados legendas e rótulos de dados:
 Mantenha o gráfico selecionado;
 Clique no símbolo de Elementos do Gráfico, representado por um sinal de MAIS,
 Aponte para Rótulo de Dados e clique em Extremidade Externa;
 Teste as outras posições para os rótulos;
 Aponte para Legenda e teste as opções de posicionamento da legenda.

Na maioria destas opções existe o último item chamado Mais Opções... Nela você pode alterar
muitas outras configurações referentes ao item selecionado, Teste.
Podem parecer muitas opções no início, mas depois de construir alguns gráficos, fica mais fácil e
intuitivo, assim, crie diversos gráficos, adicione e remova os itens, até saber como cada um
funciona.

Formatar elementos do gráfico 


Até agora você utilizou as opções de design e, consequentemente, de formatação escolhidas e
combinadas pelo Excel. Mesmo sabendo que ficam muito bons, que elas deixam os gráficos com
uma apresentação muito profissional, em algumas vezes, você precisa alterar a formatação de um
elemento específico.
Existem duas maneiras de fazer alterações nos elementos do gráfico:
 Clique no elemento do gráfico que será formatado;
 Acione a guia Formatar, no grupo Seleção Atual, o item Elementos do Gráfico apresenta
o nome do que foi selecionado;

 Clique no botão Formatar Seleção;


 Ou, clique com o botão direito do mouse no elemento que deseja formatar;
 No menu de contexto selecione o último comando, que sempre será referente ao elemento
ativo.

 
O Excel o Painel de Tarefas com todas as opções de
formatação possíveis referentes ao elemento selecionado,
assim, os painéis podem não ser idênticos em relação às
opções disponíveis, mas, no contexto geral, é muito
parecido, pois tem as opções de preenchimento, cor e
estilo de linha, sombra, etc.
Painel de Tarefas com as opções de formatação do elemento selecionado
 Faça as formatações desejadas e veja que elas são automaticamente aplicadas no gráfico,
assim, mesmo que não saiba exatamente para que sirva ou como funciona exatamente um
item, observe a alteração diretamente no gráfico e feche a janela.

Adicionar sequências 

Depois de criar um gráfico é possível adicionar outras sequências de dados. Supondo que faltou
incluir um mês na planilha e deseja-se também atualizar o gráfico com mais uma sequência de
dados. Para isso:
 Inclua os dados na linha 11 da planilha para os tipos de cestas e copie as fórmulas da soma e
da média para esta nova linha, conforme mostra a figura:

Planilha com a nova linha de Julho


 Selecione o gráfico;
 Na guia Design clique no botão Selecionar Dados. A janela denominada Selecionar Fonte
de Dados é apresentada:

Janela Selecionar Fonte de Dados


 Refaça a seleção das informações na planilha, ou seja, selecione as células A3:E11;
 Clique em OK para confirmar.
Excluir sequências
Supondo que não será mais preciso indicar o movimento do mês de Julho, terá que remover esta
sequência do gráfico. Para isso, basta seguir o procedimento:
 Selecione o gráfico novamente;
 Na guia Design clique no botão Selecionar Dados;
 Desative o mês de Agosto;
 Clique em OK para encerrar o procedimento.

Trocar local do gráfico


Como padrão, todo novo gráfico criado é inserido na mesma planilha onde estão as informações
selecionadas. A qualquer momento esta posição pode ser alterada.
Existem duas opções principais, que é a padrão, ou seja, dentro da própria planilha ou em uma nova
planilha especifica para o gráfico, onde ele ocupa toda a área disponível em uma página.
 Selecione o gráfico criado;
 Na guia Design clique no botão Mover Gráfico.

A janela de mesmo nome é apresentada. Nela você deve escolher onde


o gráfico ficará:

Movendo gráfico para uma nova planilha


 No exemplo selecione a opção Nova planilha;
 Clique em OK para confirmar.
Veja que foi inserida uma nova planilha denominada Gráf 2 com o gráfico que acaba de mover.

Criando um gráfico rapidamente 

Se você tem pressa na criação de um gráfico, o melhor método para criá-lo é através da tecla de
atalho <F11>. Para isso, siga os procedimentos:
 Ative a planilha dos Produtos;
 Selecione a faixa de células que contém os dados que serão representados pelo gráfico. Por
exemplo, selecione o intervalo de células A3:A10 e F3:F10, ou seja, todos os meses e os
totais (lembre-se de usar a tecla <Ctrl> para selecionar intervalos de células não contínuos);
 Tecle <F11>.
Pronto, o gráfico foi criado. Repare
que foi inserida uma planilha
chamada Gráf1 e os dados originais
continuam na planilha original.
Todos os recursos para edição dos
gráficos vistos anteriormente poderão
também ser usados para este novo
gráfico. Usando os recursos já vistos,
siga as seguintes etapas:
 Altere o tipo do gráfico para Pizza 3D;
 Aumente o tamanho da fonte do título para 26 e a coloque em negrito;
 Aumente o tamanho da fonte da legenda para 16;
 Coloque uma cor suave na Área do gráfico;
 Coloque como rótulo de dados a porcentagem;
 Aumente o tamanho da fonte das porcentagens para 16;
 Destaque da pizza a fatia referente ao mês de Março (selecione a fatia e a arraste para fora
do gráfico).
Aula 51 - Elementos de apoio

Clip-arts e Imagens
O Excel permite a inserção de clip-arts e imagens como inserir um logotipo de uma empresa na
planilha, uma imagem ilustrativa, um plano de fundo, uma marca d'água ou simplesmente, um
desenho qualquer.

Inserindo um Clip-art 

 Acesse a guia Inserir;
 No grupo Ilustrações selecione a opção Imagens Online. Uma nova janela é apresentada,
com ela você pode inserir Clip-art, Imagens da Internet ou mesmo suas imagens
armazenadas em sua conta SkyDrive;
 Na caixa de texto Pesquisar no Office.com: digite a palavra Lucro e tecle <Enter>;
 Clique no clip-art desejado e sem seguida no botão Inserir.
Inserindo uma figura de um arquivo
 Acesse a guia Inserir;
 No grupo Ilustrações selecione a opção Imagens. A janela Inserir Imagem é carregada;
 Localize a imagem desejada e clique no botão Inserir.

Apagando um clip-art ou uma imagem 

 Selecione o que deseja excluir dando um clique no mesmo;


 Tecle <Del>.

Hiperlinks
Na linguagem da Internet, um hiperlink é uma conexão, uma ligação de uma parte de um site para
outra parte do mesmo site ou de outro endereço qualquer.
O hiperlink permite pular para outro local na própria planilha atual, em outra pasta de trabalho,
outro programa do Microsoft Office ou até mesmo para um endereço da Web. Pode-se até mesmo
usar hiperlinks para pular para arquivos multimídia, como sons e vídeos.
Ele é representado por uma imagem "sensível" ou texto de exibição que normalmente é azul e
sublinhado. Quando se passa o ponteiro do mouse sobre ela, ele se transforma em uma "mãozinha".

Inserindo um Hiperlink
Pode-se inserir um hiperlink manualmente ou deixar que a formatação automática do Excel o faça,
veja as duas maneiras:
Inserindo um Hiperlink automaticamente
Uma das possibilidades de se representar um hiperlink é um endereço típico da Web (páginas www)
ou um endereço eletrônico (e-mail).
 
Website:
 Simplesmente digite o endereço no formato padrão, como www.neweducation.com.br
 Tecle <Enter> e observe como, automaticamente, o endereço é formatado no padrão da
Web.
 
Correio eletrônico:
 Simplesmente digite o endereço no formato padrão dos e-mails,
como atendimento@neweducation.com.br
 Tecle <Enter> e observe como, automaticamente, o endereço é formatado como um
endereço eletrônico padrão da Web.

Inserindo um Hiperlink (Cont.)


Inserindo um Hiperlink manualmente
Às vezes você precisa inserir um hiperlink de maneira diferente do padrão que a formatação
automática do Excel reconhece. Isso acontece, por exemplo, quando determinada expressão seja
transformada em hiperlink ou precisa-se definir uma posição específica no destino.
Para inserir um hiperlink manualmente é necessário, primeiramente, salvar a pasta de trabalho com
que se está trabalhando, pois, é um pré-requisito exigido pelo comando:
 Salve o arquivo onde foi inserido os hiperlinks automáticos com o nome de Links;
 Posicione o cursor numa célula vazia;
 Na guia Inserir clique no botão Hiperlink;
 Na caixa de texto Texto para exibição: digite: CF Trade;
 Clique no botão Dica de tela, digite: Clique para abrir a planilha;
 Selecione a pasta de trabalho denominada Locadora.xlsx criada durante o curso;

 Clique no botão OK.
Observe que o texto para exibição assume o formato de um hiperlink e quando o ponteiro do mouse
é passado sobre ele, surge a descrição de dica de tela.

Desenhando no Excel
O Excel fornece recursos para criar objetos de desenho numa planilha, tais como formas, linhas e
caixas de texto, entre outros. Isso implementa a apresentação de sua planilha ou do gráfico criado.
 Para começar, acesse a guia Inserir.

Usando Formas 

Formas são objetos predefinidos que se encontram no botão Formas do grupo Ilustrações:


 Clique em Formas;
 No grupo desejado, por exemplo, Formas básicas, clique na forma escolhida;
 Leve o mouse na área da planilha que receberá a forma e arraste-o, criando a forma
desejada.
Textos explicativos
São formas utilizadas para colocar alguma observação ou explicação em destaque na planilha ou no
gráfico. As formas deste grupo podem ser usadas para indicar descrições de partes de figuras,
diálogos, etc.:
 Clique em Formas;
 No grupo Textos explicativos clique na figura escolhida;
 Leve o mouse na planilha e arraste, criando assim a forma escolhida;
 Com a forma selecionada digite o texto desejado.

Caixa de Texto
Tem a forma de um retângulo e inclui um espaço para digitar o
texto. Serve para colocar alguma observação na planilha ou no
gráfico. Muito utilizada também no Word e PowerPoint.

Botão Caixa de Texto


Para criar uma caixa de texto use o botão Caixa de Texto do grupo Texto:
 Selecione o botão Caixa de Texto;
 Leve o mouse na planilha e arraste, criando assim a caixa de texto;
 Digite o texto desejado e clique fora da caixa de texto.

Formatando objetos de desenhos


Para alterar estas definições, ou seja, para formatar o objeto de desenho use os botões que se
encontram na guia Formatar. É importante notar que ela só aparece se o objeto de desenho estiver
selecionado.
Preenchimentos de Tema 

O Excel disponibiliza diversas opções predefinidas denominadas Tema. Eles combinam cores de
preenchimento, linhas, espessuras, entre outros. Isto facilita a padronização da planilha e ganha
produtividade, já que basta escolher uma das opções e pronto.

Para escolher o Tema:


 Selecione o objeto que receberá o preenchimento;
 No grupo Estilos de Forma escolha a opção clicando no Tema desejado.

Preenchimento da Forma
Mesmo que o Excel disponibilize diversos Temas para formatar os
objetos, em muitos casos é preciso realizar alguma alteração. O
botão Preenchimento da Forma permite preencher o objeto
selecionado com a cor escolhida. Para isso:
 Selecione o objeto que receberá o preenchimento;
 No grupo Estilos de Forma clique em Preenchimento da
Forma;
 Selecione a cor para preenchimento, clicando nela.

Botão Preenchimento da Forma e suas respectivas opções


Contorno da Forma
Permite adicionar, modificar ou remover a cor da linha do objeto
selecionado. As opções apresentadas neste botão podem variar de
acordo com o objeto que está selecionado, portanto, pratique:
 Selecione o objeto;
 No grupo Estilos de Forma clique em Contorno da Forma;
 Selecione a cor para a linha.

Botão Contorno da Forma e suas respectivas opções


Espessura
Permite formatar o estilo e a espessura da linha no objeto
selecionado. Para isso:
 Selecione o objeto que deseja alterar o estilo da linha;
 No grupo Estilos de Forma clique no botão Contorno da Forma;
 Aponte para a opção Espessura e selecione o estilo desejado.
Na opção Mais Linhas é possível criar linha com outras espessuras especiais.

Traços
Permite formatar o estilo da linha de sólida para tracejada no objeto selecionado. Para isso:
 Selecione o objeto que deseja alterar o estilo do tracejado;
 No grupo Estilos de Forma clique no botão Contorno da Forma;
 Aponte para a opção Traços e selecione o estilo desejado.
Na opção Mais Linhas é possível personalizar os estilos de traço.

Setas 

Permite inserir pontas de setas na linha selecionada. Para isso:


 Selecione a linha que deseja alterar as setas;
 No grupo Estilos de Forma clique no botão Contorno da Forma;
 Aponte para a opção Setas e selecione o estilo desejado.
Na opção Mais setas é possível personalizar suas opções.

Efeitos de Forma 

Traz uma série de Efeitos de Forma para melhorar ainda


mais os objetos de sua planilha:
 Selecione o objeto que deseja aplicar o efeito;
 No grupo Estilos de Forma clique no botão Efeitos
de Forma;
 Aponte para um grupo de Efeitos e clique em uma
de suas opções.
Opções de Reflexo em Efeitos de Forma

Aula 52 - Impressão dos dados das planilhas

Introdução 
Para controlar e proporcionar uma aparência mais profissional às planilhas, o Excel oferece diversos
recursos de configuração dos dados na página e de impressão.
O arquivo Agenda de Endereços.xlsx já criado anteriormente, será utilizado para verificar as
opções de impressão.

Personalizar as configurações da página 

A página da planilha deve ser configurada para que seja


impressa da maneira desejada quanto à orientação da página,
dimensão de impressão, tamanho do papel e margens.
Estas alterações só podiam ser verificadas na visualização prévia da planilha ou na impressão, mas
desde o Excel 2007 existe uma nova visualização denominada Layout da Página. Ela permite ver
exatamente como a planilha será impressa enquanto trabalhamos.

Ajustar a página impressa


 Acesse a guia Layout da Página;
 Clique no Iniciador de Caixa de Diálogo do grupo Configurar Página. A janela de
mesmo nome é apresentada:

Guia "Página" da caixa de diálogo Configurar Página


Opções desta caixa de diálogo:
 Orientação: pode-se escolher Retrato ou Paisagem quanto à orientação da planilha
impressa.
 Ajustar para... % do tamanho normal: deve-se inserir a porcentagem pela qual a planilha
será reduzida ou ampliada.
 Ajustar para... páginas de largura por... de altura: utilizada para forçar uma planilha a
imprimir um número de páginas específico. O Excel não ampliará os dados para preencher
as páginas, e também não ultrapassará o número de páginas especificado. Para poder fazer
estes ajustes, as quebras de página manuais serão ignoradas.
 Tamanho do papel: utilizada para selecionar o tamanho do papel para a impressão.
 Qualidade de impressão: oferece as opções correspondentes à impressora que está sendo
utilizada. Quanto maior o número de pontos ("dpi") melhor a qualidade de impressão.
 Número da primeira página: Pode-se digitar um número inteiro, que será incrementado a
partir da segunda página da planilha.
Estas opções também estão disponíveis diretamente no grupo Configurar Página e no
grupo Dimensionar para Ajustar. Veja:

Mudar as configurações de margem


Para mudar as configurações de margem:
 Acesse a guia Layout da Página;
 Clique no Iniciador de Caixa de Diálogo do grupo Configurar Página. A janela de
mesmo nome é apresentada;
 Na guia Margens, ajuste-as através das caixas de
lista Superior, Inferior, Esquerda, Direita, Cabeçalho e Rodapé;
 No quadro Centralizar na página selecione uma das opções: Horizontal para centralizar
automaticamente os dados nas margens esquerda e direita ou Vertical para centralizar
automaticamente os dados nas margens superior e inferior;
 Clique em OK para confirmar as alterações.
Guia "Margens" da caixa de diálogo Configurar página
Existem algumas predefinições de margens disponíveis pelo Excel. Para isso:
 Clique no botão Margens do grupo Configurar Página;
 Selecione a opção desejada.
Digite as informações nas caixas de texto Seção da esquerda, Seção central e Seção da direita,
para que sejam impressas nestas posições. Você pode, também, incluir informações internas através
dos botões descritos:
Outra maneira de criar o cabeçalho e rodapé é utilizando a visualização Layout da Página. Assim:
 Acesse a guia Layout da Página. Perceba que esta visualização já traz os espaços
predefinidos para o cabeçalho e o rodapé;
 Clique no espaço onde está escrito Clique para Adicionar Cabeçalho.

Você pode digitar as informações que quiser ou utilizar as diversas opções que aparecem no
grupo Elementos de Cabeçalho e Rodapé, da guia Design.

Selecionar os dados que serão impressos


O Excel permite a impressão de tudo ou de parte de uma planilha, além de controlar a aparência de
vários recursos. Veja algumas das diversas opções de impressão da página:
 Clique no Iniciador de Caixa de Diálogo do grupo Configurar Página. A janela de
mesmo nome é apresentada;
 Ative a guia Planilha.
 
Para que seja impressa somente uma parte da planilha:
 Clique na caixa de texto Área de impressão;
 Selecione com o mouse o intervalo que deseja imprimir.

Guia "Planilha" da caixa de diálogo Configurar página


Se for preciso que títulos sejam impressos repetidos em todas as páginas selecionadas para
impressão, as linhas e/ou colunas a serem repetidas devem ser indicadas na área Imprimir títulos.
 
Para selecionar as linhas ou colunas a serem repetidas:
 Clique na caixa de texto correspondente ao campo Imprimir títulos;
 Selecione a linha ou a coluna que deseja repetir na impressão.
Outras opções:
 Ative a caixa de verificação Linhas de grade do campo Imprimir,para imprimir as linhas
de grade da planilha;
 A opção Preto e branco deve ser ativada para reduzir o tempo de impressão quando utilizar
impressora colorida.
 Marque a caixa de seleção Qualidade rascunho para reduzir o tempo de impressão, pois o
Excel não imprime nem as linhas de grade nem a maior parte dos elementos gráficos.
 Ative a opção Títulos de linha e coluna para que sejam impressas as letras referentes às
colunas e os números referentes às linhas.
 Na lista suspensa Comentários pode-se optar por imprimir os comentários contidos nas
células No final da planilha, ou Como exibido na planilha, ou (nenhum).
 Para planilhas que contenham várias quebras de página, pode-se optar pela ordem em que as
páginas serão impressas através do campo Ordem da página.
Ainda para definir a Área de Impressão, você pode usar o botão
de mesmo nome que está no grupo Configurar Página. Para isso:
 Selecione a área da planilha que deseja imprimir;
 Clique no botão Área de Impressão do grupo Configurar
Página;
 Clique na opção Definir área de impressão.

Quebra de página 

As quebras de página podem ser mais bem visualizadas no modo Visualização da Quebra de


Página, tornando fácilver de que forma outras alterações feitas afetam as quebras de página
automáticas.
Por exemplo, alterar a altura da linha, largura da coluna, orientação, tamanho do papel, entre outros,
pode afetar o posicionamento das quebras de página automáticas.
Nesse modo de exibição, as quebras de página inseridas manualmente são exibidas como linhas
sólidas e as quebras de página inseridas automaticamente são exibidas em linhas tracejadas.

 Na guia Exibição, no grupo Modos de Exibição de Pasta de Trabalho clique em


Visualização da Quebra de Página;
 Ou, clique em Visualização de Quebra de Página na Barra de Status.

Veja os procedimentos relativos às quebras de página:


 Para inserir uma quebra de página horizontal ou vertical, selecione uma linha abaixo ou uma
coluna à direita do local, no qual deseja inserir, acesse o grupo Layout da Página, clique no
botão Quebras e selecione a opção Inserir Quebra de Página;
 Para mover uma quebra de página, arraste a quebra de página para um novo local;
 Para remover uma quebra de página manual, arraste-a para o exterior da área de visualização
de quebra de página;
 Para remover todas as quebras de página manuais, acesse o grupo Configurar Página,
clique no botão Quebras e selecione a opção Remover Quebra de Página;
 Para sair deste modo de
visualização, clique no
botão Modo Normal no
grupo Modos de Exibição de Pasta
de Trabalho.

Visualização prévia
A visualização da impressão é uma apresentação em miniatura da planilha inteira, que mostra
exatamente como ficará quando for impressa. É aconselhável que sempre seja feita a visualização
prévia, para facilitar o trabalho e otimizar a utilização da impressora.
Nesta versão do software a impressão sofreu grandes mudanças, não em relação aos recursos
especificamente, mas em relação a forma em que são apresentadas, com todas as opções de
visualização de impressão e impressão unificados,além de outras opções relacionadas
a Configuração de Página.
Para visualizar a impressão:
 Acesse a guia Arquivo e clique em Imprimir.
O lado direito desta janela mostra uma visão prévia exata da aparência do documento impresso.
Nesta janela você pode controlar e personalizar as opções de impressão, assim, imprimindo apenas
o necessário e de maneira correta.
 Para navegar entre as páginas, alterne entre os botões Próxima Página e Página Anterior,
ou entre as teclas PageUp e Page Down;
 Para definir opções que controlam a aparência das planilhas impressas utilizando a caixa de
diálogo, ative no link Configurar Página;
 Cópias - poderá definir o número de cópias a serem impressas;
 Impressora - selecionar a impressora que deseja imprimir, especialmente útil num ambiente
de rede ou quando possui mais de uma impressora compartilhada.
 Imprimir Planilhas Ativas - selecionar as planilhas que serão impressas, de acordo com as
seguintes opções:
 Imprimir Planilhas Ativas: imprimi todas as planilhas que estivem selecionadas.
 Imprimir Toda a Pasta de Trabalho: imprimi todas as planilhas de uma pasta de trabalho.
 Imprimir Seleção: imprimi apenas o que foi selecionado dentro de uma planilha.
 Agrupado - é usado para organizar as várias cópias de uma planilha ou pasta de trabalho de
forma que uma cópia completa do trabalho seja impressa antes da primeira página da cópia
seguinte.
 Orientação, Tamanho do Papel e Margens - são os mesmos comandos relativos as
configurações de página.
 Dimensionamento - são os mesmos comandos vistos em Configuração de Página, na guia
Página. O padrão é sempre Sem Redimensionamento.
Depois de todas as configurações feitas e opções escolhidas, basta clicar no botão Imprimir.

Aulas 52 a 54 - Utilização de mais de uma janela

Visualização de planilhas da mesma pasta de trabalho


Uma pasta de trabalho é sempre mostrada como uma janela. Com Excel é possível ter muitas
janelas mostradas simultaneamente, para trabalhar com várias pastas de trabalho diferentes ou
várias planilhas da mesma pasta de trabalho ao mesmo tempo.
É importante esclarecer que a segunda janela, assim como todas as que forem abertas, não são
cópias, mas apenas imagens diferentes da mesma pasta de trabalho.
Principalmente quando há referências de células de uma planilha a outra, é recomendável que se
abram duas ou mais janelas de uma mesma pasta de trabalho. Isso facilita a visualização e diminui
os riscos de referências incorretas:
 Feche todas as pastas de trabalho que estiverem abertas;
 Abra a pasta de trabalho Locadora.xlsx
 Na guia Exibição, no grupo Janela clique na opção Nova Janela;
 Verifique, na Barra de título, que o nome do arquivo altera-se para Locadora.xlsx:2,
indicando que a janela ativa é a segunda imagem da mesma pasta de trabalho;
 Repita a operação para que seja criada uma terceira janela da pasta de trabalho;
 Agora existem 3 janelas da pasta de trabalho Locadora, mas é possível visualizar apenas a
última aberta, a de número 3, enquanto que as outras estão "por trás" dela.
Veja, na Barra de Tarefas, que aparece todas as janelas abertas no moment

Você pode alterar entre as 3 cópias utilizando a própria Barra de Tarefas ou mesmo o
botão AlternarJanelas do mesmo grupo Janela.
Existe uma opção que organiza as janelas, assim, você pode visualizá-las uma ao lado da outra,
fazendo comparações, copiando dados, etc. Para isso:
 Na guia Exibição, no grupo Janela clique na opção Organizar Tudo;

Tipos diferentes de visualização de várias janelas


 Escolha uma das caixas de verificação, cujas opções diferem apenas na disposição das
janelas na tela;
 Agora que pode ver várias janelas da mesma pasta de trabalho, cada uma delas pode mostrar
uma planilha diferente. Basta ativar cada planilha, normalmente:
Desativar a visualização de várias janelas 

 Com exceção de uma das janelas, feche todas as outras;


 Clique no botão Maximizar, da janela aberta.

Visualização de pastas de trabalho diferentes 

Além de poder comparar a mesma planilha em diversas janelas, outro recurso interessante é
comparar pastas de trabalho diferentes. Por exemplo, você pode criar uma nova planilha observando
uma pasta de trabalho existente, sem ter que imprimi-la:
 Abra todas as pastas de trabalho que desejar visualizar;
 Na guia Exibição, no grupo Janela clique na opção Organizar Tudo;
 Selecione uma das opções de disposição das janelas.

Divisão de janelas 

Quando se trabalha com planilhas muito extensas, torna-se difícil a visualização de todos os dados
necessários. Para que diversas áreas da planilha sejam visualizadas em uma só tela, execute o
procedimento a seguir:
 Abra a pasta de trabalho Agenda de Endereços.xlsx. Pode ser que algumas linhas e colunas
não possam ser observadas na tela sem que utilize a barra de rolagem;
 Acesse a guia Exibição, no grupo Janela clique em Dividir.
Observe que a cada divisão da janela surgem novas barras de rolagem, para que possa movimentar-
se dentro de cada área independentemente.
Janela dividida tanto na horizontal quanto na vertical
 Aponte o ponteiro do mouse para a barra de divisão. O cursor passará a ter o formato de
barra dupla com duas setas;
 Com o botão do mouse pressionado, arraste a barra de divisão para a posição desejada.

Para remover a divisão 

 Posicione o botão do mouse em cada uma das divisões (vertical e horizontal). O ponteiro do
mouse transforma-se em uma barra dupla com duas setas;
 Dê duplo clique para que a barra volte à posição inicial;
 Ou na guia Exibição, no grupo Janela, clique no botão Dividir.
Congelar títulos da janela
É possível congelar partes da planilha para que os títulos permaneçam fixos na janela. Isto é
extremamente importante quando a planilha é muito extensa.
 Na pasta de trabalho Agenda de Endereços, selecione a célula C4;
 Na guia Exibição, no grupo Janela, clique em Congelar Paineis;
 São apresentadas três opções. No exemplo selecione novamente Congelar Paineis. São
congelados os títulos à esquerda e acima da posição da célula ativa;
 Movimente-se pelas linhas e colunas da planilha e observe o congelamento.
Para descongelar títulos 

 Na guia Exibição, no grupo Janela, clique em Congelar Paineis;


 Selecione a opção Descongelar Paineis.

Aula 55 a 58 - Troca de informações entre aplicativos

Troca de informações
Para tornar o trabalho mais flexível e profissional, o Excel possibilita a troca de informações com
outros aplicativos. Isto é, pode-se inserir um gráfico criado no Excel em um relatório no Word, em
uma apresentação do PowerPoint, ou talvez, seja necessário incluir um texto gerado pelo Word em
uma pasta de trabalho do Excel.
Há três maneiras de transferir dados de um aplicativo para o outro:
 Método copiar/recortar e colar;
 Vincular dados;
 Incorporar um objeto.
Copiar/Recortar e Colar
Este método representa a maneira mais prática de trocar informações entre aplicativos e também
dentro de um mesmo aplicativo. Supondo que deseje incluir uma tabela de dados do Excel em um
documento do Word para não precisar digitar tudo novamente, pode-se utilizar o método de
copiar/recortar e colar.
Este processo é utilizado quando os dados não são frequentemente alterados, isto é, não necessitam
de atualização constante.
 
Para que a tabela de dados seja copiada para um documento do Word:
 Abra a pasta de trabalho Locadora.xlsx
 Selecione o intervalo de células B5:G12
 Clique no botão Copiar ou a combinação de teclas <Ctrl> + <C>.
Se desejar que os dados selecionados sejam transferidos (Recortados) do Excel para o Word:
 Utilize o botão Recortar ou pressione <Ctrl> + <X>.
 Dessa forma, os dados copiados ou recortados do Excel passarão para a Área de
transferência e poderão ser colados em outros lugares quantas vezes desejar:
 Abra o Word normalmente. Caso o Word já esteja aberto, pressione <Alt> + <Tab> ou
clique no botão do Word na Barra de tarefas do Windows;
 Coloque o ponto de inserção no local do documento onde deseja inserir os dados copiados
ou recortados do Excel;
 Clique no botão Colar ou pressione <Ctrl> + <V> para que os dados sejam inseridos no
documento do Word.

Vínculo e incorporação de objetos


Existem programas que possuem uma capacidade interna especial denominada OLE (Object
Linking and Embedding), que significa Vinculação e Incorporação de Objetos. A maioria dos
aplicativos para Windows aceita OLE.Seos programas não suportarem OLE, o material será colado
como uma simples imagem.
Ao copiar informações entre o Microsoft Excel e outro programa do Office ou qualquer programa
que aceite OLE, pode-se optar por copiar as informações como um objeto vinculado ou como
um objeto incorporado.
Objetos vinculados devem ser utilizados para que as informações sejam atualizadas, quando os
dados originais forem alterados. Para manter o vínculo com os dados originais, o arquivo de origem
deve permanecer disponível em seu computador ou na rede.
Utilizam-se objetos incorporados, nos casos em que o usuário pretende usar o arquivo de destino em
outro computador, ou se não quiser que as alterações feitas nos dados originais afetem as
informações copiadas no arquivo de destino. Um objeto incorporado faz parte do arquivo de destino
e, por conseguinte, aumenta o tamanho do arquivo.
As principais diferenças entre os objetos vinculados e os incorporados são os locais onde os dados
são armazenados e a forma como eles são atualizados depois de colocados no arquivo de destino.

Vincular dados entre programas 

Com um objeto vinculado, as informações originais continuam armazenadas no arquivo de


origem. O arquivo de destino exibe uma representação das informações vinculadas, mas armazena
apenas o local dos dados originais. As informações vinculadas são automaticamente atualizadas
quando são alterados os dados originais no arquivo de origem.
 
Para testar vinculação de uma planilha do Excel em um documento do Word:
 Abra a pasta de trabalho Locadora.xlsx
 Selecione o intervalo B5:C12
 Clique no botão Copiar ou utilize outra forma
qualquer, que conheça para copiar;
 Volte para o Word e posicione o cursor abaixo do
objeto que colou anteriormente;
 Na guia Página Inicial, no grupo Área de
Transferência, clique no botão Colar;
 Selecione a opção Vincular.

Ou
 Clique no botão Colar e selecione Colar Especial;
 Selecione a opção Pasta de Trabalho do Microsoft Excel: objeto.
 Ative a opção Colarvínculo e clique em OK.
Vinculando uma planilha do Excel no Word
 Salve o arquivo do Word.

Atualização das informações vinculadas


Quando os dados originais são alterados, o arquivo que contém o objeto vinculado deverá ser
atualizado automaticamente. Teste:
 Mantenha aberto o documento do Word que contém o objeto vinculado;
 Abra a pasta de trabalho Locadora.xlsx
 Clique o botão direito do mouse na Barra de tarefas do Windows e ative a opção Mostrar
janelas lado a lado. Dessa forma o Word e o Excel estarão dispostos lado a lado, facilitando
a visualização da atualização do vínculo;
 Na planilha Ago-2011 altere o valor da célula C6 de 119,00 para 110,00
Observe que o documento do Word (destino) é atualizado automaticamente a cada alteração no
Excel (origem).

Edição dos vínculos 

O vínculo de dados somente é possível quando é definido um nome para o arquivo de origem e o
seu endereço, isto é, o local que está gravado do disco. Se uma dessas informações for alterada, o
vínculo será perdido. Nestes casos, torna-se necessário editar o vínculo novamente, informando o
novo nome do arquivo ou o novo endereço:
 No Word (destino) clique com o botão direito do mouse na planilha vinculada;
 Aponte para Objeto Planilha vinculado e clique no comando Vínculos;
 Através do botão Alterar Origem pode-se indicar o novo arquivo origem.

Incorporação de objetos 

Um objeto incorporado faz parte do arquivo destino. Como um objeto incorporado não possui


vínculos com o arquivo de origem, ele não é atualizado quando os dados originais são alterados.
Se as informações forem copiadas como um objeto incorporado, o arquivo de destino exigirá mais
espaço em disco do que se as informações estivessem vinculadas. Quando uma informação é
copiada como um objeto incorporado, basta clicar duas vezes no objeto para abri-lo e editá-lo no
programa de origem, sempre que precisar ser alterado.
O programa de origem (ou outro programa que possa editar o objeto) deve estar instalado no mesmo
computador.
Abra a pasta de trabalho Locadora.xlsx para incorporar uma tabela de dados em um documento do
Word, assim:
 Selecione o intervalo B5:C12;
 Clique no botão Copiar ou utilize outra forma qualquer que conheça para copiar;
 Abra um novo documento no Word e posicione o cursor no local desejado;
 No guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique no botão Colar;
 Selecione a opção Colar Especial;
 Selecione a opção Pasta de Trabalho do Microsoft Excel: objeto;
 Clique em OK.
As informações copiadas do Excel serão incorporadas no Word.

Alteração das informações incorporadas


Quando for preciso alterar as informações que estiverem incorporadas:
 Abra o documento que contém as informações incorporadas no Word;
 Dê duplo clique no objeto incorporado para editá-lo. Note que a pasta de trabalho do Excel
que contém a planilha é automaticamente aberta, permitindo a sua alteração;
 Depois de concluída a alteração da planilha, volte para a janela do Word, clicando em
qualquer área em branco na página.

Conversão de texto para colunas 

Qualquer lista de texto e números pode ser convertida de outro programa para que o Excel extraia
as informações úteis ou mesmo para que seja organizada em forma de tabela.
 Abra um documento no Word e digite os dados, conforme mostra a figura:

 Selecione todo o texto e clique no botão Copiar;


 Abra uma nova pasta de trabalho no Excel;
 Selecione a célula A1 e clique no botão Colar.
 Veja que os nomes foram colados na coluna A:
 Mantenha os dados no Excel selecionados (intervalo A1:A7);
 Na guia Dados, no grupo Ferramentasde Dados, clique no botão Texto para colunas.
Surge o Assistente de Texto, como mostra a figura:

 Mantenha ativa a caixa de verificação Delimitado;


 Clique em Avançar;
 Na etapa 2 ative a opção Espaço para que a cada sinal deste, o Excel execute uma quebra de
coluna;
 Clique em Avançar novamente;
 Na etapa 3 deverá ser preenchida com o formato dos dados de cada coluna. No exemplo
mantenha a opção Geral ativa;
 Clique em Concluir. O texto aparecerá na planilha, separado em colunas:

Gerar uma página da Web


Em um ambiente profissional, geralmente as informações contidas numa planilha são consultadas e
atualizadas por vários usuários. Para que esses dados sejam compartilhados facilmente é possível
publicar os dados de planilha e gráficos do Excel em uma página da Web.
O Excel permite a conversão de planilhas para o formato HTML, que é o mais utilizado na inserção
de códigos especiais para vincular documentos na Web.
Supondo que você queira informar a todas as suas unidades sobre as vendas totais, deverá criar uma
saída HTML para a Internet. Para isso:
 Abra a pasta de trabalho Locadora.xlsx
 Na guia Arquivo clique em Salvar como. A janela de mesmo nome é apresentada;
 Na caixa de listagem Tipo selecione a opção Página da Web.

 Clique em Salvar.
Depois de gerado o arquivo em HTML é possível abrir e editar a página da Web no Excel da
seguinte forma:
 Acesse a guia Arquivo e clique em Abrir;
 Selecione o nome do arquivo desejado e clique no botão Abrir.
Repare que os arquivos com extensão HTM já aparecem normalmente na tela, juntamente com as
pastas de trabalho do Excel.

Visualizar a página da Web


 Abra a pasta onde estão armazenados seus arquivos;
 Localize o arquivo denominado Locadora.htm e efetue um duplo clique.