Você está na página 1de 2

Portal Tô Sabendo - ENEM Página 1 de 2

MIGRAÇÕES POPULACIONAIS
Publicada em 18/06/2008

As migrações populacionais ocorrem desde os tempos mais


remotos da existência humana. Acredita-se, segundo
evidências arqueológicas, que a humanidade surgiu na África
há cerca de 100.000 anos. Esses povos principiaram as
primeiras migrações, dispersando-se em todos os continentes
ao longo dos séculos. Nos dias atuais, as migrações fazem
parte da dinâmica populacional dos países de modo que o
crescimento demográfico de uma nação é baseado no contingente de imigração (pessoas que
migram para outros países) e no de emigração (pessoas que saem dos seus países). Com base nisso,
o que ocasiona esse deslocamento de pessoas para outras regiões?

CAUSAS DAS MIGRAÇÕES

São inúmeros os fatores que originam migrações. Entre estes, pode-se citar os políticos, como a
formação de novos países e as guerras civis; os conflitos religiosos, como a perseguição de judeus
no século XX; os naturais, como enchentes e terremotos e, sobretudo os econômicos. A estrutura
econômica é um fator preponderante nos processos migratórios, visto que muitas pessoas migram a
fim de obter condições de vida mais satisfatórias, como também, oportunidades em relação ao
mercado de trabalho. Dessa maneira, a ocorrência de migrações estabelece uma relação direta com o
panorama socioeconômico mundial e regional a partir do momento em que são propiciadas por
razões econômicas estruturais e conjunturais. Nos países subdesenvolvidos, em geral, a estagnação
econômica (razão estrutural) é responsável pelas migrações. Crises políticas e econômicas,
revoluções e perseguições são exemplos de razões conjunturais, as quais também podem acontecer
nos países desenvolvidos.

TIPOS DE MOVIMENTOS MIGRATÓRIOS

As migrações podem ser classificadas em definitivas ou temporárias quanto ao tempo de duração.


No primeiro caso, a parcela de migrantes se instala definitivamente no seu respectivo destino. No
segundo, os migrantes podem se deslocar por questão de trabalho (diárias), por questões de lazer
(turismo), por questões religiosas, como no caso das peregrinações, a exemplo das visitas a templos
sagrados, ou por tempo indeterminado, no qual pessoas ficam certo período no exterior e depois
retornam ao seu país de origem. No Brasil, ocorre ainda outro tipo de migração temporária chamada
de sazonal, isto é, estabelece relação com as estações do ano. Este é o caso dos bóias-frias, que, em
épocas de colheita, locomovem-se para lugares em que há trabalho.

Quanto ao espaço de deslocamento, as migrações classificam-se em internas, quando realizadas


dentro de um mesmo país, e externas, quando realizadas de um país para o outro. Vejamos algumas
destas atividades migratórias:

MIGRAÇÃO INTERNA

Êxodo rural: Consiste no deslocamento de pessoas da área rural para a área urbana. Este importante
exemplo de migração interna teve início nos países desenvolvidos no século XVIII. A Revolução
Industrial, trazendo consigo um intenso crescimento urbano e tecnológico, fez com que o êxodo rural
aumentasse muito, já que as cidades necessitavam de mão-de-obra. A mecanização da agricultura
também contribuiu para o deslocamento de pessoas em decorrência da falta de trabalho no campo.
Depois da Segunda Guerra Mundial, nos países subdesenvolvidos, o êxodo rural aumentou
assustadoramente. No Brasil, por exemplo, em 1940, a população rural representava 69% de toda a
população. Em 2000, este número caiu para 20%.

Transumância: Trata-se de um tipo migração interna periódica determinada por condições

http://www.portaltosabendo.com.br/index.php/assuntos_enem/imprimir/114.wsa 28/7/2008
Portal Tô Sabendo - ENEM Página 2 de 2

climáticas (sazonalidade). Um exemplo de transumância no Brasil é o caso dos nordestinos do


Agreste que se deslocam, durante a estiagem, para a Zona da Mata para a colheita e moagem da
cana-de-açúcar. No início do período úmido, eles voltam para as suas roças.

Nomadismo: Sendo a forma como a humanidade vivia em tempos passados, o nomadismo


caracteriza-se pela constante mudança de povos ou tribos de um lugar para o outro, a fim de
encontrar alimentos ou pastagens. Hoje em dia, este tipo de migração ocorre apenas com alguns
povos, como os das estepes semi-áridas do Saara (Sahel) e alguns da Ásia central e do Oriente
Médio.

MIGRAÇÃO EXTERNA

Nos séculos XVI e XVII, a colonização propiciou o surgimento de migrações externas, havendo as
migrações espontâneas de povoamento, em decorrência do imperialismo colonial, e as forçadas,
como a que ocorreu com os escravos africanos, comercializados para outros continentes. Durante o
século XIX e na primeira metade do século XX, ocorreu um enorme movimento migratório. Em
torno de 60 milhões de europeus se deslocaram por todo mundo, em especial, para a América e
Oceania. Milhões de asiáticos migraram para a América e outros continentes. Assim, costuma-se
dizer que neste tempo a Europa e a Ásia eram continentes emigratórios ou de repulsão
populacional enquanto a América e a Oceania eram continentes imigratórios ou de atração.

Todavia, no período pós-Segunda Guerra Mundial, a Europa foi desenvolvendo condições


favoráveis, o que a torna atualmente um pólo de atração populacional. Isso se deu principalmente
pela recuperação do continente em relação às guerras, à fome, a epidemias e etc. Por outro lado, a
estagnação e crises econômicas, em países subdesenvolvidos como o Brasil e a Argentina, fizeram
com que estes se tornassem pólos de repulsão populacional.

CONSEQÜÊNCIAS DAS MIGRAÇÕES

As migrações interferem diretamente na distribuição geográfica populacional do planeta, no processo


de miscigenação e mistura de diferentes povos e culturas, e no desenvolvimento econômico dos
países. Migrações internas como o êxodo rural, acarretam fenômenos como a periferização e o
inchaço do setor terciário da economia, que acolhe, em atividades informais, o excedente de mão-de-
obra não comportado pelos outros setores. Os efeitos deste fenômeno podem ainda resvalar em
conflitos ideológicos, políticos e étnico-raciais entre as populações, uma vez que em geral envolvem
a competição por melhores oportunidades de vida.

TEXTOS RELACIONADOS:

• Noções de Geografia Urbana


• Movimentos Migratórios
• População

Portal Tô Sabendo 2008- http://www.portaltosabendo.com.br/

http://www.portaltosabendo.com.br/index.php/assuntos_enem/imprimir/114.wsa 28/7/2008