Você está na página 1de 10

Volume 1.

Resolução de Exercícios
Volume 1.A

Exclusivo da apostila do professor, este guia


apresenta a resolução dos exercícios

Geografia II
SUMÁRIO
Capítulo 1 - Introdução à Ciência Geográfica: ............................................................................................................ 09
Tópico A: Conceitos e Princípios
Tópico B: Correntes do Pensamento Geográfico
Tópico C: A Divisão do Espaço – (Regionalização)
Tópico D: Noções Espaciais – Localização Geográfica do Brasil
Tópico E: A Regionalização do Espaço Brasileiro
Questões de Aprofundamento: .............................................................................................................................................. 13
Capítulo 2 - A Globalização: ........................................................................................................................................... 13
Tópico A: Introdução (Globalização)
Tópico B: A Regionalização Política Mundial e a Formação de Megablocos e Blocos Regionais
Tópico C: O Brasil no Contexto Internacional
Tópico D: As Outras Facetas da Globalização
Questões de Aprofundamento: .............................................................................................................................................. 15 9
Exercícios de Revisão: ......................................................................................................................................................... 16

4 B
Comentários dos Itens falsos)
Capítulo 1 A) falso – pois estrutura fundiária e renda da terra é um
ramo específico da geografia agrária.
C) falso – Plantation é um sistema agrário, portanto não é
Introdução à Ciência Geográfica área específica da cidade.
D) falso – O termo hipsometria está relacionado a altitude
do relevo sendo uma especificidade da geomorfologia
(geografia física).
E) falso – Isoietas são linhas que no mapa, unem pontos
de mesma pluviosidade, portanto ramo específico da
geografia física.

1 D 5 C
Na geografia crítica a produção e a organização do espaço O princípio que delimita – e localiza um fato ou uma área a
deve levar em consideração todas as complexidades ser estuda na superfície da Terra é o da extensão ou da
socioeconômicas e naturais. (Geossistêmicas). localização. O princípio da extensão e também denominado
como um princípio cartográfico.
2 D
A geografia atual como ciência estudo o espaço elaborado 6 C
e transformado pelo homem, ou seja, o espaço organizado O princípio que explica as ocorrências dos fatos a serem
pelas sociedades. estudados na superfície terrestre, é o princípio da
causalidade. O mesmo também é tido como um princípio
3 A) Geo. Humana (Demográfica) de causa e efeito.
B) Geo. Humana (Urbanização)
C) Geo. Física (Fitogeografia) 7 D
D) Geo. Física (Geomorfologia) O princípio da localização é também denominado de extensão.
E) Geo. Humana (Demografia)
F) Geo. Física (Geomorfologia) 8 E
G) Geo. Física (Fitogeografia) Nas últimas décadas do século XX, foram desenvolvidos
H) Geo. Física (Fitogeografia) novos ramos industriais e de serviços, que apresentam
I) Geo. Física (Pedologia) crescimento acelerado como a informática, a robótica, as
J) Geo. Física (Hidrografia) tecnologias, biotecnologias etc. Daí podemos afirmar que
L) Geo. Humana (Demografica) a revolução técnico-científica ou simplesmente Terceira a
Volume 1.A
Revolução Industrial tem aumentado a produtividade da 16 A expressão “Quarto Mundo” às vezes é utilizada para se
economia com uma maior e mais eficiência exploração referir à parte mais pobre do Terceiro Mundo: os países
dos recursos naturais. africanos ou centro-americanos, como Uganda, Tanzânia,
Serra Leoa, Haiti, Nicarágua etc., que ainda não ingressara
9 E de fato no processo de modernização. O Brasil, na realidade,
A organização do espaço ou os espaços produzidos (2º não faz parte desse “Quarto Mundo”, pois é um país
natureza) é a expressão fenomênica da formação do sistema subdesenvolvido-industrializado; mas os referidos
econômico-social. A partir da Revolução Industrial os comentários desejam destacar o fato de que o país possui
espaços e objetos produzidos se transformaram em uma distribuição social da renda extremamente injusta, algo
“mercadorias”. Diante deste fato, as formas de uso e que acarreta baixíssimos níveis de vida para as camadas
apropriação da natureza não tem seguido uma linha de mais pobres da população, além de ter conhecido nas últimas
Geografia II

conservação ambiental. décadas do século XX uma enorme crise social e econômica,


que ampliou os problemas de desemprego, carência de
10 C moradias ou de água tratada, volumosos contingentes de
Estudar geografia é uma forma de compreender o mundo mendigos, violência e tráfico de drogas etc.
em que vivemos. A sociedade é tida como mola fundamental
do trabalho na produção dos espaços, a natureza é vista 17 E
como uma fonte de recursos indispensável destas O termo descapitalização é a saída de capital dos países
transformações. Com relação a Friedrich Ratzel o mesmo subdesenvolvidos para os países desenvolvidos.
está ligado à geografia tradicional, sendo o mesmo o pai
do determinismo geográfico. 18 A
Professor a linha traçada no mapa na questão expressa
11 B com clareza a divisão socioeconômica do mundo atual em
Dentro de uma visão regionalizadora (divisão de um que os países ricos estão a norte da linha divisória e os
determinado, espaço em região), os processos históricos países pobres ao sul desta mesma linha.
são relevantes na organização e reorganização do espaço.
19 B
12 D No contexto atual o Brasil é classficado como um país
Após a crise do sistema socialista a regionalização atual subdesenvolvido, industrializado, capitalista semi-periférico
10 do mundo passou a ser denominada de países do Norte e urbano. (professor explique essas idéias para os alunos)
(desenvolvidos) e países do Sul (subdesenvolvidos). Ver
mapa divisão econômico-social do mundo atual. 20 B
Os países que formam os chamados Tigres Asiáticos são:
13 E Coréia do Sul, Taiwan, Hong Kong e Cingapura.
Quando dividimos as Américas em Anglo-saxônica
(ingleses e franceses) e latino (portugueses e espanhóis), 21 C
não estamos usando um critério econômico e sim socio- Com relação a posição do território nacional na esfera
cultural “colonizador”. Outro aspecto a ser lembrado na mundial, podemos afirmar que o mesmo se encontra
questão é que os países da América Latina não são tão totalmente a ocidental em relação ao meridiano inicial
semelhantes no tocante à sua inseção na economia mundial (GMT) e a maior parte no hemisfério meridional em relação
uma vez que existe hierarquia dentro dos próprios blocos ao Equador. O mesmo é cortado pelo Equador e pelo
de países. Trópico de Capricórnio, portanto numa faixa climática
denominada intertropical.
14 D
III. FALSO – Pois a crise do socialista no final dos anos 80, 22 A (Comentário dos itens falsos)
deve-se a vários fatores, tais como excesso de burocracia, II – Falso, pois fusos do Brasil têm horas atrasadas.
ausência de liberdade, democracia, rivalidade étnico- III – Falso, o Canadá não faz parte da América Latina e
culturais, fascismo pelo consumismo etc. sim Anglo-saxônica, além do mais o mesmo e o
IV. FALSO – Numa economia planificada a ausência de México integram a América do Norte.
competição acaba por trazer certos comodismos IV – Falso, o Trópico de Capricórnio corta o Sul do Brasil
tecnológicos, além do mais a falta de iniciativa no estado do Paraná, portanto o estado de Santa
propagou-se entre os trabalhadores e a queda na
Catarina está ao sul do Trópico de Capricórnio.
economia foi uma realidade.
Na economia de mercado, na qual a grande motivação
é o lucro, é válido afirmar de que industria atrai industria,
23 C (Comentários dos Itens falsos)
III – O Brasil tem limites com todos os países da América
sendo esse o primeiro passo para a promoção do
desenvolvimento. do Sul, exceto com o Chile e o Equador.
IV – O país da América do Sul que tem maior fronteira
15 D com o Brasil é a Bolívia.
Para resolver a questão basta lembrar que nos países
subdesenvolvidos temos como essência: As profundas 24 E
desigualdades sociais e a subordinação econômica. O fator natural clima não é o fator determinante dos vários
Enquanto que os países desenvolvidos são portadores de problemas nacionais, ainda mais a posição subtropical
alto grau tecnológico, industrial e de urbanização. inclui a região Sul a 2ª região mais desenvolvida do país.
Volume 1.A
25 B a uma compreensão geral do momento sócio–político-
A regionalização de um determinado espaço geográfico econômico atual.
não é estático pois a divisão administrativa se modifica de 5 A 1ª (primeira natureza) é toda a formação natural (clima,
acordo com os interesses naturais ou socioeconômicos. relevo, vegetação, hidrografia etc) não elaborada pelo homem
No Brasil o órgão responsável pela divisão regional é o já a 2ª natureza é toda formação elaborada e modificada
IBGE criado em 1934. pelo homem, ou seja, é o próprio espaço geográfico.
Atualmente, o Brasil é dividido em 26 estados e 1Distrito 6 C
Federal , sendo o estado de Tocantins o mais novo estado Professor ver o comentário da questão 04 do pensando
da região Norte segundo a constituição de 1988; última em casa (a geografia é antes de mais nada uma ciência
constituição brasileira. Lembre-se, a região Nordeste ainda voltada para desvendar máscaras sociais).

Geografia II
é a mais dividida politicamente. 7 B
O princípio da causalidade, busca o por que dos fatos
26 D observados.
A divisão oficial do Brasil até antes de (1988) era 23
Estados, 3 Territórios e 1 Distrito Federal. A nova
8 B
Professor ver comentário da questão 04 do pensando
constituição Brasileira promoveu uma nova divisão, assim em casa.
sendo: 26 Estados e 1 Distrito Federal.
9 B
Os aspectos geográficos físicos relacionados são:
27 D
. Geossistemas = integração dos elementos físicos.
O texto (nº I) marca a divisão do Brasil da década de 60,
sendo a divisão oficial do Brasil (via IBGE). A mesma é . Hidrografia = conjunto formado pelos afluentes, sub-
denominada de homogênia, pois existe um respeito entre afluentes e rio principal.
os limites de cada região. . Geomorfologia = estudo o relevo
. Pedologia = Estudo do solo.
O texto (nº II) apresenta uma divisão na qual uma região
pode se prolongar e englobar um estado de uma outra 10 C
região, uma vez que a mesma tem um caráter mais A análise do espaço feita por Roberto Lobato, faz referência
geoeconômico do que espacial. à conceituação da geografia crítica.

11 D
11
28 A Pois a revolução técnico-científica produz radicais alterações
A SUDENE (Superintendência do Desenvolvimento do no mercado de trabalho tanto a nível global como ao nível
Nordeste) foi criada em 1959, sendo o primeiro órgão de empresa. Essa nova revolução se inicia nos anos 90 no
permanente de planejamento do Brasil. Japão, Estados Unidos e Europa, suscitou o advento de novos
A SUDAM (1966), Sudesul (1967) e o SEDECO (1968). setores de vanguarda (informática, robótica, biotecnologias
etc) além de uma nova forma de produção, a produção
flexível. (Controle de qualidade, produtos personalizados,
menor custo, redução de desperdício).

12 D
Na atualidade a Geografia como ciência opõem-se as
1 Estudar geograficamente o mundo no contexto atual é “outras” geografias. Uma vez que a mesma se propõe a
investigar e analisar o modo como o homem se relaciona algo mais que descrever paisagem. A geografia atual estuda
com a natureza na busca de uma organização socio- as várias dinâmicas que produzem o espaço e explica suas
espacial, ou seja, analisar as diferentes formas de pensar, determinações, daí podemos afirmar que os fundamentos
produzir e circular numa esfera globalizada. dos quais devemos partir para entender a produção e
reprodução do espaço dentro de um tempo são os fatores:
2 A geografia tradicional é tida como uma ciência fragmentária, físicos, geográficos e socioculturais.
descritiva e memorizada, já a geografia crítica tem nos
elementos: sociedade, natureza, trabalho e espaço os 13 E
elementos fundamentais para a compreensão de um Comentário dos Itens Falsos:
raciocínio crítico e reflexivo no contexto global. . A geografia tradicional tem por base uma metodologia
descritiva e memorizadora.
3 A . Com relação às concepções geográficas foi o Pos-
O espaço da produção está relacionada às diferentes sibilismo que surgiu em resposta ao Determinismo.
maneiras de aproveitamento dos recursos, já a circulação
envolve aspectos de vias e deslocamentos, enquanto que o
espaço da idéia envolve entidades relacionadas as
14 C
O determinismo defende a idéia que o homem é um produto
diferentes mecanismo de como se produzir, ou seja, as
diferentes invenções que conquiste o mercado. do meio, ao passo que o Possibilismo defende que o homem
modifica o meio. A geografia em dados estatísticos é a
4 A importância do Estado da geografia no contexto atual quantitativa ou pragmática.
está em descobrir o mundo em que vivemos, com especial
atenção para a globalização e as escalas locais e 15 D
internacionais, deve enfocar criticamente a questão No determinismo geográfico de F. Ratzel o homem é um
ambiental e as relações sociedade x natureza, deve realizar produto do meio, enquanto na visão possibilista de V. La
constantemente estudo do meio e deve levar os indivíduos Blache o homem é o ser modificador do meio.
Volume 1.A
16 E 27 Pelo fato do processo industrial não ter eliminado a
Estudar geograficamente o mundo atual é estudar as relações dependência econômica e as profundas desigualdades
entre o homem e o meio, analisando as transformações sociais. O Brasil e o México ainda dependem da tecnologia
ocorridas ao longo do tempo histórico. estrangeira para continuar seu curso de modernização.
Podemos afirmar que a industrialização não resolveu os
17 A problemas sociais do Brasil (pobreza, fome, favelas etc.)
Item (A) Falso, pois para Ratzel, pai do Determinismo Em alguns casos até agravou.
geográfico, o homem é condicionado pelo meio.
28 D
18 E A tabela ilustra os indicadores demográficos de quatro países
O ítem faz uma abordagem da elaboração do espaço pelo latino-americanos organizados em dois grupos: Uruguai (I) e
Geografia II

homem ao longo do tempo. Cuba (II), que apresentam indicadores semelhantes aos de
países desenvolvidos, e Paraguai (III) e Brasil (IV), com
19 E indicadores típicos de países subdesenvolvidos. Para se
Professor o papel da geografia já foi abordado na questão identificar na tabela os números correspondentes a Brasil e
10 do pensando em sala. Cuba, deve-se observar o indicador de escolaridade e
principalmente o de mortalidade infantil. Saber que Cuba é
20 E famosa por apresentar os melhores índices nesse setor
. Representante do determinismo (Ratzel) facilitaria a resposta.
. Representante do possibilismo La Blache
. Objeto de estudo o terrítorio (Terra) 29 V, F, F, V
. Conceito desenvolvido por La Blache modificação do Comentário dos Itens falsos
meio pelo homem (gênero de vida) B) Falso, pois a América Latina (critério cultura também
inclui o México e a América Central.
21 A C) Falso, pois geograficamente o México é um país da
O México geograficamente pertence a América do Norte, América do Norte e faz parte de um grupo de países
culturalmente a América Latina e mesmo sendo integrante denominados de subdesenvolvidos industrializados.
da Nafta configura-se como um país subdesenvolvido e
industrializado. 30 É a região mais dinâmica do país, mais industrializada e
urbanizada. É formada pelos Estados do Sudeste, Sul, Mato
22 3-1-2 Grosso do Sul e sul de Goiás.
12 Professor a questão procura abordar os mais variados Fatores sócios – político – econômicos.
critérios de regionalização.
31 Ecúmeno = diz-se do espaço ou área favorável a
23 O século XIX foi marcado pelos benefícios da revolução ocupação por parte do homem. Podemos citar como
industrial, tendo como ponto de destaque no cenário mundial exemplo: planícies, vales fluviais, áreas litorâneas etc.
a hegemonia do Reino Unido (monolipolaridade). Áreas Anecumênicas = São áreas não-favorável a
O século XX foi palco das grandes transformações tais como: ocupação do homem, tais como: montanhas, desertos
segunda revolução industrial, hegemonia americana, disputas polares,
entre o capitalismo x socialismo (bipolaridade). Já as Atenção = o conceito acima vem sendo substituído por
tendências do século XXI é a provável disputa pela dominação fronteiras de recursos.
mundial entre os EUA, Europa, Japão e China, além de uma
fabulosa corrida tecnológica-científica-espacial. 32 A
Como outra região metropolitana do Brasil, a área em
24 Porque os artigos que exportam (matérias-primas e gêneros questão caracteriza-se por um conjunto de problemas
alimentícios) custam bem menos que os produtos importados decorrentes da enorme concentração populacional e do
(manufaturados). Além disso, com o decorrer do tempo, o acelerado desenvolvimento econômico, industrial.
valor de suas exportações sobe menos rapidamente que o Fortaleza é hoje a quinta cidade mais populosa do País,
valor de suas importações. porém seu crescimento não e homogêneo, pois o lado
leste (oriental) rico constata com o lado menos valorizado
25 D que é a porção ocidental. (Oeste).
Foi a partir dos últimos anos do século XIX e sobretudo no
início do século XX que as contradições socioeconômicas 33 D
mundiais começaram a evoluir rapidamente, atingindo a O órgão em questão é a SUDAM, cuja finalidade é uma
maioria da população mundial. O que o relatório elaborado melhoria no desenvolvimento da chamada Amazônia Legal
pela ONU nos fornece é um verdadeiro desajustamento, que inclui (AM, PA, AP, TO, RO, RR, parte do MT e oeste MA).
demonstrando assim uma extraordinária originalidade da
situação de subdesenvolvimento com crescente concentração 34 D
Na atual divisão do Brasil, alterado pela constituição de 1988,
de renda e elevadas desigualdades sociais.
o Nordeste pouco foi alterado, uma vez que não tivemos
mudanças estaduais, o fato novo é a incorporação do antigo
26 B território de Fernando de Noronha ao estado de Pernambuco.
A desigualdade mundial pode ser explicada pela divisão
internacional do trabalho, no qual os países do Sul destacam- 35 D
se como produtores de matéria-prima, minerais e vegetais. A região nº (4), representa a Sudeste, sendo a mesma a região
enquanto os países do Norte são os industrializados. mais populosa, povoada, industrializada, urbanizada e
desenvolvido, lembre-se que a venda da matéria-prima é desenvolvida do Brasil. O destaque para SP e RJ deve-se ao
bem mais barata do que os produtos industrializados. fato das mesmas serem consideradas metrópoles nacionais.
Volume 1.A
36 B
Professor lembrar aos alunos que países continentais são
países com grandes extensões territoriais.
37 E, C, C, E e C Capítulo 2
Comentário dos itens falsos.
Item (A) falso, pois as regiões intertropicais são as que A Globalização
apresentam uma maior diversidade natural do globo, fato
esse explicado pela chegada de forma perpendicular nesta
região dos raios solares
Item (D) falso, sendo o Brasil um país predominantemente

Geografia II
intertropical o fato explicado na questão também inclui o
nosso país. 1 B
Como já sabemos o processo de globalização é o mais
avançado estágio na interdependência de todos os povos
e economias do planeta, os símbolos em destaque da
globalização atualmente é a internet e o sistema financeiro
internacional, porém dentro de uma conjuntura atual fica
1 D claro e notório que a globalização não beneficia igualmente
A estrutura fundiária do tipo latifúndio juntamente com o os países, regiões ou cidades do mundo, principalmente as
um trabalho de exploração estão associados a colônia de áreas mais pobres.
exploração e não de povoamento.
2 D
2 E Como já comentamos na questão anterior a globalização
A expressão: “Primeiro mundo” caracteriza os países não resolveu o problema da miséria. As desigualdades
desenvolvidos capitalistas, já o segundo mundo caracteriza econômicas internacionais, especialmente as disparidades
o mundo socialista e o termo terceiro mundo refere-se aos que existem entre o Norte e o Sul, são muito grandes e
países subdesenvolvidos. tendem a se agravar cada vez mais, gerando assim uma
verdadeira onda de conflitos em escala local ou mundial;
3 D lógico que os conflitos são proporcionados por outros
Professor ver comentário questão 01 (pensando em casa) fatores tais como: questões religiosas, de estabilização de
Tópico (A). algum regime, formação de estados paralelos, invasões de 13
fronteiras etc.
4 E
A proliferação de problemas é o resultado da exclusão
social, daí o problema pode ser reversível com práticas de 3 A
reformas socioeconômicas. Como a globalização está associada a uma aceleração do
tempo e um encolhimento do espaço, a mesma vem
5 E promovendo mudanças no comportamento cultural do povo
Comentário do item falso. da terra, uma vez que as comunicações são instantâneas e
No processo de elaboração do espaço geográfico a com isso, o espaço mundial fica muito mais integrado
dinâmica natural deve ser levada em consideração, porém promovendo uma certa aculturação.
NÃO como fator determinante da organização do espaço.
4 D
6 C O mapa destaca outro importante aspecto da nova
Professor, lembre-se que os processos de transformação ordem mundial e o aprofundamento da tendência de
e reorganização do espaço são geosistémicos (Não globalização com a formação dos chamados megablocos.
isolados).
A Nafta na América do Norte, o Mercosul na América do
7 B Sul, a União Européia e a comunidade dos estados
Quando as condições naturais passam a justificar os independentes em uma parte da Ásia.
problemas socioeconômico, estamos diante de uma
geografia tradicional (determinista). 5 A
O que observamos no mercado atual é uma tendência
8 A nova no que se refere a localização espacial das empresas
As multinacionais são os verdadeiros agentes da multinacionais. A produção hoje tende a ser diversificada
internacionalização do capital, são elas que possuem filiais contrariando os moldes tradicionais, pois as mercadorias
em inúmeros países do mundo e sua sede localiza-se são agora produzidas em diversas nações, tornando-se
normalmente nos países capitalistas desenvolvidos. desnacionalizadas. Isso significa que as multinacionais e
suas subsidiarias. Estão nos quatro cantos do mundo,
9 E porém isso não quer dizer que tivemos um fim dos
Professor o item (E) apresenta de forma clara uma idéia do monopólios industriais.
liberalismo econômico.

10 B 6 C
De uma maneira geral os chamados países socialistas A expansão do capitalismo em direção à periferia da
apresentavam: economia mundial se dá por meio das chamadas
Excesso de burocracia; transnacionais. De uma maneira mais abrangente podemos
Privilégios de grupos dirigentes; afirmar que estas empresas são atraídas pelos fatores
Excessivo controle do estado; locacionais tais como: matéria-prima, energia, mão-de-
Emprego de uni partidarismo etc. obra barata, centro consumidor e infra-estrutura, incentivos
Volume 1.A
fiscais etc. Lembre que a tecnologia de ponta é uma 3 B (Comentário dos Itens falsos)
característica do mundo desenvolvido e não da periferia I. já comentamos que a globalização promoveu uma
mundial que apenas absorve parte dela. desigualdade de produção e uso de bens e serviços.
III. como a globalização é um fenômeno dinâmico, a mesma
7 B não oferece a manutenção da diversidade de costumes
O esquema representa a nova D.I.T, no qual os países uma vez que tudo se modifica e se transforma rapidamente.
subdesenvolvidos além de matéria-prima exportam também
produtos industrializados. Fato esse ocorrido principal- 4 B
mente após a 2ª guerra mundial. A segurança no mundo globalizado está, em constante
ameaça, uma vez que as organizações criminosas se
8 D beneficiam do desenvolvimento dos meios de comunicações
Geografia II

O FMI foi criado em 1944 durante uma conferência da que permitem comunicação rápida com qualquer parte do
Liga das Nações Unidas, objetivos básicos: cooperação mundo, sem que se possam contratar tais informações com
monetária, crescimento do comércio. O Bird, mais eficiência total.
conhecido como Banco Mundial tem como papel principal
prestar auxílio ao FMI. Na aplicação dos programas de
5 B
A figura indica o intenso fluxo de tecnologia industrial e de
desenvolvimento econômico. serviço entre empresas japonesas, americanas e européias,
uma das características do paradigma pós-fordistas de
9 C produção, presentes nos chamados países ricos. Na atualidade,
Dentro do quadro energético relacionado à Bacia Platina, marcada pela Terceira Revolução Industrial, esses fluxos formam
o Brasil e o Paraguai firmaram um acordo na construção de extensas redes, possibilitando ligação mais forte inter-empresas
Itaipu, sendo a mesma até o presente momento a maior que englobam o capital empregado e o sistema de transportes.
hidrelétrica do mundo. Tal fato foi possibilitado pelo avanço das comunicações e dos
transportes, especialmente nas duas últimas décadas. Os novos
paradigmas industriais são caracterizados pelo uso intenso de
10 E
novas tecnologias, pela forte descentralização da produção e
O próprio texto da questão já nos fornece todos os
pelo consumo crescente de serviços.
subsídios para resolução da questão, portanto quanto mais
próximo de 1 melhor o IDH.
6 B
De um modo geral podemos afirmar que as particularidades
14 11 A culturais dos povos da Terra tem sofrido um grande impacto
A Terceira Revolução Industrial e a globalização vão criar principalmente nos aspectos tecnológicos, porém certas
novas oportunidades de empregos para a elite. Os dias de tradições culturais ainda se mantém presentes mesmo
oferta de emprego em massa acabaram. Jamais veremos quando se fala em “aldeia mais tradicionalistas”.
milhares e milhares de trabalhadores saídos das fábricas
depois de um dia de trabalho. 7 A
(Rifkim, o fim do emprego. 25 agosto 1997.) Professor ver comentário da questão nº 02 do pensando
em casa, mesma linha de raciocínio.
12 D
O que o jornalista expõe no texto, são as diversas facetas 8 D
negativas, promovidas pela globalização e impulsionadas O recente modelo neoliberal que evolui no contexto atual da
pelo o neoliberalismo. globalização, veio reforçar ainda mais as desigualdades
estruturais na sociedade como um todo sufocada pela idolatria
e espansão pelo lucro facilitada pelo deslocamento de
mercadorias, capitais e vias de informações.

9 A
O Nafta (North American Free Trade Agreement) foi formado
em 1992, sendo membros Canadá, E.U.A. e México.
1 Geopolítica é a forma como o estado pratica a política
num campo espacial. A geoestratégica é uma fração da 10 E
geopolítica na qual os dominantes armam suas formas de O Mercosul foi estabelecido em 1991, através do Tratado de
ataque e defesa visando uma possível guerra. Assunção, tendo como membros permanentes: Brasil,
Argentina, Paraguai, Uruguai e atualmente a Venezuela, Bolívia,
2 Globalização ou mundialização siginifica que todos os Chile, Peru, Colômbia e Equador são chamados de associados.
povos e países estão cada vez mais interdependentes, que
tudo de importante que ocorre num lugar do planeta tem 11 A
repercussões em outros lugares. Trata-se da idéia de Os países do Mercosul, liderados pelo Brasil, vêem com
“aldeia global”, o que significa que, com o desenvolvimento desconfiança a criação da Alca, pois essa zona de livre
dos meios de transporte e comunicação, com o volumoso comércio poderá tornar as suas economias mais
comércio mundial, com as empresas multinacionais etc., a dependentes da norte-americana, o que neutralizaria assim
economia e a sociedade mundiais vão se tornando unitárias, os esforços dos últimos anos para uma integração regional
isto é, as economias nacionais vão perdendo terreno diante no Cone Sul e para uma maior aproximação com a Europa
do crescimento da economia mundial. Mas isso não significa e com o Japão.
que o mundo todo está ficando igual. Pelo contrário, as
diferenças (culturais, por exemplo) continuam a existir ou 12 A Alca – Área de Livre Comércio das Américas – é uma
até, em alguns casos, a se acentuar, e as desigualdades zona de livre comércio a ser criada no continente americano,
sociais e internacionais continuam a existir e também, em tendo sido proposta pelos Estados Unidos e que
alguns casos, a se tornar ainda maiores. teoricamente passará a vigorar em 2005.
Volume 1.A
13 A Alca é importante para os Estados Unidos porque boa parte 21 O novo terrorismo possui uma série de facetas, o mesmo
das economias latino-americanas, especialmente os países apresenta um cuidadoso planejamento, uso de grandes
do Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai), há tempos recursos financeiros, usa a rede de informática e uma
que se vem tornando mais independente da influência norte- matança indiscriminada.
americana e se aproximando mais da Europa, do Japão e até
mesmo umas das outras. Para os Estados Unidos, a criação 22 D
da Alca – que não é um “bloco econômico” (isto é, um No mundo subdesenvolvido no segundo pós-guerra acontece
mercado supranacional integrado) tal como a União Européia, a chamada atração de capital internacional (multinacionais)
mas somente uma área ou zona de livre comércio (isto é, e dentre os fatores atrativos podemos destacar os fatores
onde não haverá integração política, nem mesmo produtiva) locacionais tais como: incentivos fiscais, energia, mão-de-
– poderá ser uma forma de concorrer com a União Européia obra, centro consumidor, vias de comunicações etc.

Geografia II
ou com um hipotético “bloco” asiático, ampliando o mercado
de consumo das empresas norte-americanas. 23 D
O crescimento do desemprego e da miséria é um efeito
14 C extramamente perverso da globalização. Esse processo de
O termo “terra de contrastes” pode ser facilmente analisado modernização do capitalismo implica, na eliminação de
pela relação entre disponibilidades naturais e o seu sub- uma grande quantidade de trabalho menos qualificado, em
aproveitamento (lucros) em prol de várias melhorias favor da entrada de quantidade bem mais qualificada.
socioeconômicas. Obs.: Mais informações ficam a critério (exclusão social).
do professor.
24 A
15 A região mais industrializada (o Centro-Sul) é também a mais As crises econômicas, avanços tecnológicos e o aumento
urbanizada. Embora o Brasil possa ser considerado urbano e do desemprego são fatores que determinam os processos
industrial, ele ainda possui imensas regiões com fraca migratórios. Por isso, os imigrantes passam a ser vistos
industrialização e pouco urbanizadas: cerca de 70% do valor como um novo concorrente, daí as violências e o fechamento
da sua produção industrial concentra-se entre a Grande São das fronteiras para os chamados fluxos migratórios.
Paulo, o Grande Rio e a Grande Belo Horizonte. As cidades
comandam a vida econômica da nação e existe entre elas
uma hierarquia, que vai desde as metrópoles nacionais até as
cidades locais ou pequenas cidades. Essa rede ou hierarquia
urbana é mais densa nas áreas de maior industrialização. 15
16 Porque os artigos que exportam (matérias-primas e gêneros
alimentícios) custam bem menos que os produtos importados 1 C
(manufaturados). Além disso, com o decorrer do tempo, o A organização mundial do comércio foi criada em 1995
valor de suas exportações sobe menos rapidamente que o com a finalidade de substituir o GATT (Acordo geral de
valor de suas importações. tarifa e comércio). A OMC conta atualmente com 142
países com o objetivo maior de promover e regular o
17 A comércio entre as nações.
Comentário dos Falsos
ITEM II FALSO – Sabemos que uma das características sociais 2 D
e econômicas do nosso país é exatamente a concentração de
O projeto ALCA (Área de Livre Comércio das Américas) foi
renda e as desigualdade sociais.
ITEM III FALSO – As mazelas sociais estão nas entre linhas uma proposta levantada na década de 90. O bloco a ser
quando o poeta se expressa: “Sujeira pra todo lado ninguém formado busca uma "integração" comercial de 34 países
respeita (constituição)” (os direitos do cidadão). Que país é ? americanos (exceto Cuba)

18 A 3 C
Chamamos de economia informal, os trabalhadores que O FMI é uma instituição ligada a ONU formado por 182
não participam do sistema tributário, não possuem carteira países, seus objetivos são estabelecer um equilíbrio Cambial,
assinada. Ex.: camelôs, diaristas urbanos ou rurais etc. No promover empréstimos. Favorecer uma expansão comercial,
Brasil e no mundo periférico a situação tem se agravado
porém o mesmo ainda, não consegui com eficiência um
com a chamada revolução técnico-científica.
equilíbrio de controle globalizado, uma vez que a mesma
19 D ainda se encontra com elevada exclusão social. Esse
Como o próprio texto já explica o processo de terceirização comentário faz referência ao item (3) falso.
no mundo moderno, consiste na contratação de empresas
para prestarem serviços ou tarefas específicas. 4 D
A formação de MEGABLOCOS, constitui uma nova forma
20 Para converter dados e estatísticos em números podemos de regionalização mundial organizada com base em
utilizar as anamorfoses, mapas em que as áreas de um
critérios de pólos de poderio econômico internacional.
país ou de um continente assumem o tamanho proporcional
ao dado que se quer mostrar por exemplo, para que se
possa mostrar o grau tecnológico, o Brasil, Índia, China 5 D
etc, teriam seus tamanhos diminuídos, enquanto que o Japão, A atual configuração do espaço econômico mundial está
Alemanha etc, teriam suas áreas dilatadas de modo baseada na formação dos megablocos, cujo um dos objetivos
proporcional ao seu grau tecnológico. é a livre circulação de fluxos de capital e mercadorias.
Volume 1.A
6 D 8 D
Professor a opção (D) expressa os diferentes blocos da Os fatores de organização espacial são de ordem físicas
multipolaridade. (naturais); histórico-cultural e econômico. O fator
econômico é o verdadeiro determinante das diferentes
7 A organizações espaciais.
Nicarágua, Bolívia, Brasil, Argentina etc. Ainda são
denominados de países subdesenvolvidos. 9 E
De uma forma resumida podemos afirmar que a globalização
8 B consiste em uma crescente interferência da economia de todas
O período colonial é caracterizado como um espaço as nações o que pode ser observado pelo volume constante
"isolado", rural e agrícola com fraca integração espacial. do comércio, turismo, empresas, transportes etc.
Geografia II

Porém, com o recente modelo neoliberal que evolui no


9 A contexto atual da globalização, temos o reforço ainda mais
A crise do socialismo desde o final dos anos 80, deve-se acentuado das forças ainda mais acentuado das desigualdades
tanto às contradições internas, como às rivalidades étnicas estruturais da sociedade sufocada pela idolatria da expansão
pelo lucro, tais como injustiças sociais, questões ambientais,
nacionais, sendo assim a Rússia não está no mesmo
xenofobias, terrorismo etc.
patamar das grandes potências industriais e tecnológicas.
10 B
Até 1990 o mundo viveu o chamado mundo bipolar devido a
dispulta pela hegemonia mundial entre os E.U.A e a U.R.S.S. Em
1991 com o colapso do socialismo e a desintegração soviética
o mundo assiste a uma correlação de forças denominadas de
multipolaridade. Atualmente a organização do poder
econômico internacional está baseado nos países do Norte
1 D (desenvolvidos) e os países do Sul (subdesenvolvidos).
Para melhor compreender geograficamente o mundo no todo
ou em parte devemos entender o modo de organização 11 A
espacial elaborado pelo homem dentro de contexto temporal. No sistema globalizado há interdependência. Atualmente
mais de 85% do comércio mundial é realizado por
2 B intermédio das alianças intermediárias das alianças
16 O espaço geográfico produzido modificado e elaborado internacionais, apoiada pela 3º via ou revolução técnico-
pelo homem, onde o mesmo utiliza a natureza para produzir científica que diminuíram as distâncias do lucro.
suas diversas necessidades.
12 D
As chamadas Regiões geográficas podem ter como base
3 B de estudo diferentes aspectos físicos e sócio-econômicos
O espaço geográfico é também denominado de 2ª natureza, de acordo com critério a ser abordado pelo autor uma vez
ou seja, é tudo aquilo elaborado e transformado pelo que o processo de regionalização não obdece um críterio
homem dentro de um tempo histórico. único de análise.

4 A 13 E
Os elementos físicos da questão são: geossistemas (conjunto Como já foi comentado anteriormente o processo
de ecossistemas); biosfera (conjunto de seres vivos animais e científico-tecnológico, principalmente nos países sub-
vegetais); podzolição (tipo de formação pedologia). desenvolvidos tem aumentado a diferentes formas de
exclusões sociais.
5 A
As diferentes marcas observadas na figura são decorrentes 14 V, F, V, V, V, F e V (Comentários dos itens falsos)
de variadas multinacionais, que se expandiram em função de 02 – Falso, pois os países citados estiveram do lado
vários fatores locacionais tais como: busca de mercado; lucro, oposto no período da guerra A = E.U.A, F = Japão.
mão-de-obra barata, matéria-prima, infra-estrutura etc. 32 – Falso: O setor (E) teve seu momento de intenso
processo de crise a partir de 80. Ex. URSS.
6 C
A periferia privilegiada é formada pelos países
15 C
Alternativa C é a correta porque, mesmo com todo o
subdesenvolvidos-industrializados cujas principais
desenvolvimento dos conhecimentos científicos, um
características são: razoável mercado interno e externo,
resultado científico só é verdadeiro para aquelas condições
grande avanço industrial, formação de uma economia
definidas pela pesquisa e, tratando-se de um sistema de alta
mais dinâmica em relação às outras periferias chamadas complexidade como o sistema climático terrestre, sempre
de intermediárias ou periféricas mais periféricas. restará muito a saber, principalmente no tocante à magnitude,
tempo e impacto das mudanças climáticas.
7 E
O capitalismo se consolida definitivamente no século XVIII 16 D
através de uma profunda transformação socioeconômica A alternativa D está correta porque a terceirização do
conhecida e denominada de Revolução Industrial. O que trabalho é uma prática amplamente utilizada na atual fase
podemos observar na charge é que tudo se transforma do sistema capitalista, na qual as empresas estão cada vez
diretamente ou indiretamente no lucro, esse é o principal mais se desobrigando de suas responsabilidades em
lema do capitalismo. relação aos encargos sociais dos trabalhadores.
Volume 1.A
17 B
A alternativa B é a correta. A revolução técnico-científica nos
setores das telecomunicações e da informática, e o uso da
internet favoreceram a rápida circulação de capitais e
informações, tornando possível a intensificação e a rapidez
dos fluxos financeiros mundiais.

18 B
O modelo soviético segue as características do socialismo real.

19 A
O item (A) é o verdadeiro e aponta algumas características

Geografia II
do subdesenvolvimento.

20 E
. Geologia = Rochas, Minerais
. Pedologia = Solos
. Geomorfologia = Relevo
. Climatologia = Climas
. Biogeografia = Vida
. Hidrografia = Água
. Fitogeografia = Vegetação etc.

17
Volume 1.A

Anotações
Geografia II

18