Você está na página 1de 18

UNIDADE III:

ZEROS DE FUNÇÕES REAIS

Prof. Dr. Denílson Seidel


denilson.seidel@passofundo.ifsul.edu.br

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 1


• Isolamento de raízes

• Método da bissecção

• Métodos iterativos

– Newton
– Secante

• Zeros de polinômios

• Determinações de zeros de funções com Scilab

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 2


• Exemplo
– A pressão máxima P (kg/mm2) que um cabo suporta é dada por

P  d   25d 2  ln d
em que d é o diâmetro em mm.
Determine o valor do diâmetro do cabo capaz de suportar uma
pressão de 1,5 × 10−4 kg/mm2.

• Problema
– Em muitas situações da área da engenharia, torna-se
necessário resolver uma equação de uma variável da forma

f x  0

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 3


• Zeros de uma função
– Um número real ξ é um zero da função 𝑓 𝑥 ou uma raiz da
equação 𝑓 𝑥 = 0 se 𝑓 𝜉 = 0.
– ξ é a solução (se existir) da equação 𝑓 𝑥 = 0.
– Graficamente, a solução é o ponto onde a função 𝑓 𝑥 cruza ou
tangencia o eixo x.

– Quando a equação é simples, o valor de ξ pode ser


determinado analiticamente.
– Quando a solução analítica é impossível, busca-se uma
solução numérica, isto é, uma solução aproximada.
09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 4
• Métodos iterativos para resolver 𝒇 𝒙 = 𝟎
– São métodos que partem de uma aproximação inicial da
solução e, a partir dela, gera-se uma sequência de
aproximações sucessivas até a
precisão desejada da solução. Bissecção

Polinômios Métodos Newton

Fases

I - Isolamento
Secante

II - Refinamento

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 5


• Fase I: Isolamento
– Realiza-se uma análise teórica e gráfica da função a fim de se
obter um intervalo que contém a raiz.
– O sucesso da fase II (refinamento) depende substancialmente
da precisão desta análise.
• Análise teórica (Teorema)
– Seja 𝑓 𝑥 uma função contínua em um intervalo 𝑎, 𝑏 .

– Se 𝑓 𝑎 ∙ 𝑓 𝑏 < 0, então existe


pelo menos um ponto 𝑥 = 𝜉 entre
a e b que é zero de 𝑓 𝑥 .

– Demonstração: Ver Teorema do


Valor Intermediário estudado em
Cálculo I.
09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 6
• Observação
– Sob as hipóteses do teorema anterior, se 𝑓′ 𝑥 existir e
preservar o sinal em 𝑎, 𝑏 , então este intervalo contém um
único zero 𝑓 𝑥 .

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 7


• Análise gráfica
– A análise gráfica da função 𝑓 𝑥 ou da equação 𝑓 𝑥 = 0 é
essencial para darmos uma boa aproximação inicial para a raiz.
• Procedimentos
– A partir da equação 𝑓 𝑥 = 0, obter a equação equivalente
𝑔 𝑥 =ℎ 𝑥 .
– Esboçar os gráficos de f e g no mesmo plano cartesiano.
– Localizar os pontos x onde as duas curvas se interceptam, pois
neste caso,

f    0  g    h  
– Utilizar programas computacionais que traçam gráficos de
funções, se necessário.

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 8


• Exemplo
– Determine, se existir, um intervalo que contém a raiz(es) de
𝑓 𝑥 :
a) 𝑓 𝑥 = 𝑥 + 1 − 𝑥 −2
b) 𝑓 𝑥 = 2𝑒 −𝑥 − sen 𝑥

• Exemplo
– A pressão máxima P (kg/mm2) que um cabo suporta é dada por

P  d   25d 2  ln d
em que d é o diâmetro em mm.
Determine (se existir) um intervalo que contém a raiz da
equação 25𝑑 2 + ln 𝑑 − 1,5 × 10−4 = 0.

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 9


• Método iterativo
– Consiste em uma sequência de passos, alguns dos quais são
repetidos em ciclos (iterações).
– Trata-se de um procedimento que calcula uma sequência de
aproximações 𝑥1 , 𝑥2 , … da solução desejada.
– O cálculo de uma nova aproximação é feito em função das
aproximações anteriores.
• Observação
– Os métodos iterativos fornecem apenas uma aproximação
para a solução exata de 𝑓 𝑥 = 0.
• Critérios de parada

xk está suficientemente próximo da raiz?

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 10


• Critérios de parada
– Em geral, existem duas interpretações para raiz aproximada.
– 𝑥 é a raiz aproximada com precisão ε se:
i) 𝑥 − 𝜉 < 𝜀 ou ii) 𝑓 𝑥 < 𝜀
• Observação
– Como ξ não é conhecido, para utilizar o critério (i) deve-se
reduzir um intervalo 𝑎, 𝑏 que contém a raiz, tal que
se 𝜉 ∈ 𝑎, 𝑏 e 𝑏 − 𝑎 < 𝜀, então ∀𝑥 ∈ 𝑎, 𝑏 , 𝑥 − 𝜉 < 𝜀.
– Os métodos numéricos são desenvolvidos de forma a satisfazer
pelo menos um dos critérios acima.
– Nos programas computacionais, em alguns casos estipula-se
um número máximo de iterações para evitar que o programa
entre em looping.
09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 11
• Os métodos

Bissecção Newton Secante Polinômios

• Método da bissecção
– Seja a função 𝑓 𝑥 contínua no intervalo 𝑎, 𝑏 e tal que
𝑓 𝑎 ∙ 𝑓 𝑏 < 0.
– Vamos supor que no intervalo 𝑎, 𝑏 contenha uma única raiz da
equação 𝑓 𝑥 = 0.
• Objetivo
– Reduzir a amplitude do intervalo que contém a raiz até se
atingir a precisão ε exigida, usando para isto a sucessiva
divisão de 𝑎, 𝑏 ao meio.

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 12


• Graficamente

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 13


• Exemplo
– A pressão máxima P (kg/mm2) que um cabo suporta é dada por
𝑃 𝑑 = 25𝑑 2 + ln 𝑑 em que d é o diâmetro em mm.
Utilize o método da bissecção e a condição de que 𝑏 − 𝑎 < 𝜀
para 𝜀 = 0,05 para determinar o valor do diâmetro do cabo
capaz de suportar uma pressão de 1,5 × 10−4 kg/mm2.
• Exemplo
– A distribuição de temperatura em cada ponto x de um pedaço
de arame de 1,80m está dada por

T  x   8,13 x 3  41,88 x 2  71,99 x  40,23


Utilize o método da bissecção e a condição de que 𝑏 − 𝑎 < 𝜀
para 𝜀 = 0,01 para determinar o ponto no qual a temperatura é
igual a zero.
09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 14
• Estudo da convergência
– Se a função 𝑓 𝑥 é contínua em 𝑎, 𝑏 e 𝑓 𝑎 ∙ 𝑓 𝑏 < 0, então o
método da bissecção gera uma sequência 𝑥𝑘 que converge
para a raiz.

• Observação
– A demonstração deste resultado pode ser encontrada em
Ruggiero e Lopes (1996).

• Estimativa do número de iterações


– Dada uma precisão  e um intervalo inicial 𝑎0 , 𝑏0 , é possível
saber quantas iterações serão efetuadas pelo método da
bissecção até que se obtenha b – a < .

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 15


• Estimativa do número de iterações
– Suponhamos que 𝑎0 , 𝑏0 seja o intervalo inicial e que a raiz ξ
seja única no interior desse intervalo.
– A amplitude de cada intervalo gerado é a metade da amplitude
do intervalo anterior, isto é:
bk 1  ak 1 b0  a0
k : bk  ak  
2 2k
– Buscamos obter o valor de k tal que 𝑏𝑘 − 𝑎𝑘 < 𝜀, ou seja,
b0  a0 b0  a0
 2 
k
 k log2  log  b0  a0   log    
2 k

log  b0  a0   log   
k
log2

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 16


• Exemplo
– Determine o número mínimo de iterações que devemos efetuar
no método da bissecção para encontrar o zero da função
𝑓 𝑥 = 𝑥 ∙ log 𝑥 − 1 no intervalo 2,3 com precisão 𝜀 = 10−2 .

• Considerações finais
– O método da bissecção, satisfeitas as hipóteses de
continuidade de 𝑓 𝑥 em 𝑎, 𝑏 e de troca de sinal em a e b,
sempre gera uma sequência convergente.
– As iterações não envolvem cálculos laboriosos.
– A convergência é muito lenta se o intervalo inicial é tal que
𝑏0 − 𝑎0 ≫ 𝜀 e se ε for muito pequeno, o número de iterações
tende a ser muito grande.

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 17


– CHAPRA, Steven C.; CANALE, Raymond P. Métodos
Numéricos para Engenharia. 5. ed. São Paulo: McGraw-Hill,
2008. 832p.

– GILAT, A.; SUBRAMANIAM, V.; Métodos Numéricos para


Engenheiros e Cientistas: uma introdução com aplicações
usando o MATLAB. Porto Alegre, 2008.

– QUARTERONI, Alfio; SALERI, Fausto. Cálculo Científico com


MATLAB e Octave. Milão: Springer, 2007.

– RUGGIERO, Márcia A. Gomes; LOPES, Vera Lúcia da Rocha.


Cálculo numérico: aspectos teóricos e computacionais. 2. ed.
São Paulo: Pearson Makron Books, 1996.

09/06/2016 Cálculo Numérico Aplicado à Engenharia Mecânica 18