Você está na página 1de 4

Função social da empresa

Pâmela Rodrigues Steinmetz

Na execução da atividade econômica temos a função social da


empresa que se tornou um importante princípio, sabendo que seu
discernimento vem da junção de diversos princípios da ordem econômica
constitucional. Auxilia a atividade empresarial, de modo que considera, além
dos interesses dos sócios, o interesse de todos os que se envolvem com a
empresa, trabalhadores, consumidores, poder público etc.

Assim, a função social da empresa engloba uma indispensável função


sistematizadora do ordenamento jurídico, onde as normas jurídicas têm o
propósito de conciliar os diversos interesses envolvidos na atividade
econômica, ao mesmo tempo em que procura a proteção da empresa e da
atividade lucrativa.

O conceito de função social criou-se sobre outros direitos e sobre a


liberdade de contratar, determinando discussões sobre boa-fé e a justiça
material. Em consequência do reconhecimento da função social da propriedade
e da função social do contrato, a função social da empresa foi ganhando
significância, na medida em que aumentava o reconhecimento da empresa
como instituição fundamental não apenas no âmbito econômico, mas também
nos âmbitos político e social.1

No caput do art. 170 da CF de 1988, diz que a ordem econômica é


“fundada na valorização do trabalho humano e na livre iniciativa, tem por fim
assegurar a todos uma existência digna, conforme os ditames da justiça
social”, onde temos alguns exemplos de seus princípios: l- a soberania
nacional; ll- a propriedade privada; lll- a função social da propriedade; entre
outros.2

1
FRAZÃO, Ana. Função social da empresa: repercussões sobre a responsabilidade civil de
controladores e administradores de S/AS, p.97.
² BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF:
Senado Federal, 1988.

2
Já na Lei 6.404 de 1976, na qual é a lei das Sociedades Anônimas, no
parágrafo único do art.116 dispõe sobre os deveres do acionista controlador,
onde ele tem que usar o seu poder para fazer a companhia realizar o seu
objetivo e cumprir sua função social. Logo no art.154 da mesma lei, é colocado
ao administrador que ele deve exercer as atribuições que a lei e o estatuto lhe
conferem para lograr os fins e no interesse da companhia, satisfeitas as
exigências do bem público e da função social da empresa. 3

A função social da empresa é comprovada através da jurisprudência no


Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul:

Ementa: AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO DE BUSCA E


APREENSÃO. DL911/69. LIMINAR. HIGIDEZ DA COMPROVAÇÃO DA MORA.
FUNÇÃO SOCIAL DA EMPRESA. ADIMPLEMENTO SUBSTANCIAL. Notificada
a  empresa ré mediante carta AR, recebida no endereço declinado pela
fiduciante no contrato, está comprovada a mora, nos termos do artigo 2º,
§2º, do DL911/69. O fato de o caminhão ser utilizado ao exercício da
atividade empresária não autoriza, per se, o reconhecimento da sua
imprescindibilidade à continuidade da pessoa jurídica. Ausência de elementos
probatórios a demonstrar que a saúde financeira da transportadora dependa
da mantença da posse do veículo objeto da ação. Adimplemento substancial
não reconhecido na hipótese. NEGADO PROVIMENTO AO AGRAVO DE
INSTRUMENTO. (Agravo de Instrumento, Nº 70071043293, Décima Terceira
Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Alzir Felippe Schmitz,
Redator: Elisabete Correa Hoeveler, Julgado em: 24-11-2016) 4

Desse modo então, podemos analisar o quão se tornou de alta


importância a função social da empresa na sociedade, com tamanha
progressão, proporcionando uma variedade de “privilégios” para a comunidade
à qual pertence a devida empresa.

3
BRASIL. Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976. Diário Oficial da União: Brasília, DF.
Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6404compilada.htm>
4
BRASIL.TRIBUNAL DE JUSTIÇADO RIO GRANDE DO SUL. Agravo de Instrumento.
N:70071043293. Disponível
em:http://www1.tjrs.jus.br/site_php/consulta/consulta_processo.php?nome_comarca=Tribunal
%20de%20Justi%C3%A7a%20do
%20RS&versao=&versao_fonetica=1&tipo=1&id_comarca=700&num_processo_mask=&num_p
rocesso=70071043293&codEmenta=7706337&temIntTeor=true
REFERÊNCIAS

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do


Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

BRASIL. Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976. Diário Oficial da


União: Brasília, DF. Disponível em:
<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6404compilada.htm>.

BRASIL.TRIBUNAL DE JUSTIÇADO RIO GRANDE DO SUL. Agravo


de Instrumento.N:70071043293. Disponível
em:http://www1.tjrs.jus.br/site_php/consulta/consulta_processo.php?
nome_comarca=Tribunal%20de%20Justi%C3%A7a%20do
%20RS&versao=&versao_fonetica=1&tipo=1&id_comarca=700&num_processo
_mask=&num_processo=70071043293&codEmenta=7706337&temIntTeor=tru
e

FRAZÃO, Ana. Função social da empresa. Enciclopédia jurídica da


PUC-SP. Celso Fernandes Campilongo, Alvaro de Azevedo Gonzaga e André
Luiz Freire (coords.). Tomo: Direito Comercial. Fábio Ulhoa Coelho, Marcus
Elidius Michelli de Almeida (coord. de tomo). 1. ed. São Paulo: Pontifícia
Universidade Católica de São Paulo, 2017. Disponível
em: https://enciclopediajuridica.pucsp.br/verbete/222/edicao-1/funcao-social-da-
empresa