Você está na página 1de 6

Índice

1. Introdução……………………………………………………………………. 1
2. Fechos Centralizados ou Trava Eléctrica……………………………………. 2
3. Como verificar e Identificar Avarias no Fecho Centralizados………………. 3
4. Reparação e Substituição dos Componentes do Fecho Centralizados………. 4
5. Relé…………………………………………………………………………... 5
6. Tipos reles Automotivos……………..………………………………………. 6
7. Conclusão……………………………………………………………………. 7
8. Bibliografia…………………………………………………………………... 8
Introdução
Até o início da década de 90, o sistema de fecho centralizado era apenas mediante pedido
especial com custo extra. Hoje em dia, o sistema de fecho centralizado é parte do
equipamento básico de todos os veículos de passageiros. O sistema permite a protecção
simultânea, bloqueio e desbloqueio de portas, tampas do depósito de combustível, tampas
do porta-malas ou tampas da porta traseira de um só lugar de fecho. Além disso, assume o
controlo da iluminação de conforto interior e exterior, o imobilizador bem como a
activação e desactivação do alarme antirroubo, o fecho dos vidros laterais e, se necessário,
do teto de abrir. Se o sistema de fecho centralizado não estiver integrado, pode ser
adaptado.
Fechos Centralizados ou Trava Eléctrica
Fechos Centralizados ou Trava Eléctrica é um dispositivo que permite trancar ou destrancar
todas as portas a distância sem auxílio das chaves, e é acoplado ao sistema de alarme do veículo.

Como verificar e Identificar Avarias no Fecho Centralizados

O procedimento de diagnóstico do componente é determinado com base nos sintomas da falha.


Se determinados elementos do fecho não reagem, verifique os seus actuadores e os cabos ligados
a eles. Se o sistema não funciona na totalidade, a placa de circuitos integrados principal, pode
estar defeituosa. Além disso, deve assegurar-se que não existem curtos circuitos e que o fusível
está funcional.
Na ausência de sinais do controlo remoto, verifique as pilhas (se estão no seu local e têm carga) e
o sinal propriamente dito. Isto apenas pode ser feito por especialistas.
A vida útil do fecho central de portas não tem limite definido. Se o componente for utilizado
correctamente, e não for exposto a impactos mecânicos que resultem em danos, o fecho não terá
de ser substituído durante toda a vida útil do carro.
Contudo, a cada alguns anos deve verificar cuidadosamente o estado dos cabos eléctricos, dos
actuadores e da placa de circuitos integrados, e limpe os componentes do sistema.

Pode notar que o fecho central de portas necessita de diagnóstico se verificar os sintomas que se
seguem:

 O componente não reage á abertura;


 O componente é despoletado com um atraso superior a cinco segundos;
 Uma ou mais portas não abrem;
 Após o fecho ser despoletado, o atuador não é desactivado.

Reparação e Substituição dos Componentes do Fecho Centralizados

O procedimento de reparação é determinado pelo tipo de falha. Se um dos atuadores está


defeituoso, o estofo tem de ser removido da porta correspondente. Note que os atuadores com
motores funcionamento durante muito mais tempo que os atuadores com solenoides.
Se um atuador está defeituoso, deve ser totalmente substituído. A cablagem eléctrica danificada
pode ser reparada e isolada, contudo, é melhor substituí-la de imediato.
A falha do comando remoto apenas pode ser eliminada numa estação de serviço onde todas as
ferramentas necessárias estão disponíveis.
Em caso de curto-circuito na placa de circuitos integrados principal, ou de danos, o componente
deve ser substituído. Deve notar que este componente é muito pouco dispendioso.
Relé
Relé é um dispositivo que abre e fecha um circuito eléctrico, permitindo ou bloqueando o fluxo
de corrente eléctrica. É semelhante a um interruptor de luz, com diferença de que o relé não e
ligado ou desligado por uma acção manual humana, mais sim electricamente por meio da bobina.

Tipos reles Automotivos


Os reles automotivos são divididos em duas categorias:

 Reles Auxiliares;
 Reles Electrónicos.

Reles Auxiliares

Eles auxiliam na ligação de diversos componentes automotivos, como bomba de combustível,


vidros e travas eléctricas, farol baixo e alto, etc. Sua estrutura e constituída basicamente dos
componentes: bobinas, contactos e terminais.

Reles Electrónicos

São reles que contem um circuito electrónico ligado a um relé electromecânico em seu interior.

Eles são divididos em dois grupos:

 Reles Pisca;
 Reles Temporizadores.

Reles Pisca

Tem como funcionalidade principal o acendimento da luz indicadora de direcção e a luz de


pisca-alerta em determinada frequência.

Reles Temporizadores

São reles que temporizam o accionamento ou desacionamento de algum dispositivo. Geralmente


existem diversos tipos e cada um com uma função diferente.
Conclusão
Conclui-se que o fecho centralizado é um mecanismo conveniente para fechamento automático
simultâneo ou desbloqueio de todas as portas do veículo, as portas automáticas, as tampas para
câmaras de visita e a tampa do tanque de combustível. Esse sistema pode ser chamado de sistema
de conforto, que A gestão centralizada significa que há um controlo electrónico único de todas as
portas.
Bibliografia
Hhps://fórum.motorguia.net/boxes/122375-fecho-centralizo-no-clio-i.html.

www.canaldapeca.com.br/blog/como-funciona-um-rele.

Você também pode gostar